Você está na página 1de 45

Cervical Spine

ALTAF JUSSUB
2021

ALTAF JUSSUB
DISFUNÇÕES CERVICAL
(S) Sintomas – Anamnese

Local da dor?
Tipo de dor?
Irradiações?
Parestesia?
Padrão diário?
Como começou?
O que agrava? o que alivia?
Progressão?
Sintomas associados?
População alvo?
ALTAF JUSSUB
DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL
¡  Disfunção Somática ¡  Patologias do disco

¡  Facetas articulares ¡  Estenose cervical

¡  Estiramento muscular ¡  Anterolistese

¡  Estiramentos ligamentares ¡  Cefaleias

¡  Ossificação do ligamento posterior ¡  ATM


comum
¡  Complexo do ombro
¡  Ossificação do ligamento Amarelo
¡  Cervical/charneira
¡  OA

¡  Plexo braquial

¡  Síndrome do chicote

ALTAF JUSSUB
CURVAS DA COLUNA
VERTEBRAL
¡  4 curvas no plano sagital

Curva Segmentos Orientação Plano Sagital Carga Axial


da curva
cervical C1-C7 lordose C1, C7
dorsal D1-D12 cifose 30-40º D10
lombar L1-L5 lordose 55-65º
sacrum S1-S5 cifose S2

ALTAF JUSSUB
AMPLITUDE DE MOVIMENTOS

FLEXÃO EXTENSÃO INCLINAÇÃ ROTAÇÃO


O
CO-C1 10-15º 10-15 8º mínimo
C1-C2 10º 10º Mínimo/ 45º
nenhum
C3-C7 64º 24º 40º 40º
D1-S1 80º 25º 35º 45º

No geral, flexão, extensão e a inclinação aumenta, do


crânio ao caudal, e a rotação diminui do crânio ao caudal

ALTAF JUSSUB
PLEXO CERVICAL
¡  1. Plexo cervical: (ramo
ventral )

¡  1.1. raizes: C1, C2, C3, C4

¡  1.2. Principais ramos:

¡  1.2.1 – Nervo frênico: m.


diafragma

¡  1.2.2 – Alça cervical:


músculos infra-hioídeos.

Altaf Jussub
PLEXO BRAQUIAL

ALTAF JUSSUB
PLEXO BRAQUIAL

ALTAF JUSSUB
PLEXO BRAQUIAL

ALTAF JUSSUB
PLEXO BRAQUIAL
¡  2.1 – Raízes: C5, C6, C7, C8, T1.

¡  2.2 – Troncos: (one branch)

¡  2.2.1 – Superior: raízes C5 + C6.

¡  2.2.2 – Médio: C7.

¡  2.2.3 – Inferior: raízes C8 + T1.

¡  2.3 – Fascículos: lateral, medial e posterior.

ALTAF JUSSUB
INERVAÇÃO

ALTAF JUSSUB
RAÍZES NERVOSAS

Segmentos Raizes dermátomo miotomo reflexos


nervosas
C2/C3 C3 Pescoço anterior/ Pescoço
posterior lateral

C3/C4 C4 Ombro anterior Elevação do


ombro
C4/C5 C5 Deltoide anterior biceps bíceps

ALTAF JUSSUB
RAÍZES NERVOSAS

ALTAF JUSSUB
ALTAF JUSSUB
LEI DOFRYETTE´S
¡  Occipital roda e inclina para a posição
oposta

¡  Na coluna cervical, inclinação e rotação ocorre


no mesmo lado (C2-C6)

¡  Na dorsal e na lombar, da posição do neutro, à


inclinação e a rotação ocorre na posição oposta
¡  Na verdade, os movimentos da coluna é muito
variável entre indivíduos, e num só individuo a
variação é diferente, nas regiões da dorsal e da
lombar

ALTAF JUSSUB
PADRÕES DA DOR
LOCALIZAÇÃO DA DOR CAUSAS POSSÍVEIS

DOR ü  Distensão muscular


ü  Entorse ligamentar
ü  Degeneração facetaria
ü  Degeneração do disco
ü  Irritação de raiz nervosa
espiral
ü  Impacto do ombro
Região superior do ü  Irritação de raiz nervosa
trapezius espiral(C4)
Região radial do ü  Irritação de raiz nervosa
antebraço e o polegar e espiral(C5/C6)
ocasionalmente/ indicador
ALTAF JUSSUB
PADRÕES DA DOR
LOCALIZAÇÃO DA DOR CAUSAS POSSÍVEIS

Região post do braço, reg. ü  Irritação de raiz nervosa


Dorsal(ocasional Ventral) espiral(C6-C7)
do antebraço, dedos
indicador e médio

Região medial do braço, ü  Irritação de raiz nervosa


reg. cubital do antebraço, espiral(C8-D1)
dedo anular e mínimo ü  SDT
ü  Neuropatia cubital
Reg. Escapular ü  Raízes nervosas
cervicais inferiores,
disco, lig. Longitudinal,
FA, SDT.
Membros superior
ALTAF JUSSUB
ü  Mielopatia cervical
ORIENTAÇÃO DAS FA
Occipital

¡  A articulação Atlanto-


occipital articula entre os
côndilos do osso occipital
e a faceta superior do
atlas(C1).

¡  Membranas Anterior/


posterior do occipital e a
cápsula suporta esta
articulação

ALTAF JUSSUB
ORIENTAÇÃO DAS FA
Atlanto-axial

¡  50% da rotação cervical.

¡  Rotação axial é associado


com translação vertical e
inclinação contra lateral.

¡  C1-C2, são alinhadas


horizontalmente mas
biconvexa. Da posição
neutra, a rotação do C1,
verticalmente eleva-se e
baixa na rotação máxima a
esquerda ou a direita.

ALTAF JUSSUB
ORIENTAÇÃO DAS FA
Cervical

¡  FA C2-C7, tem uma


angulação de 45º na
vertical do plano sagital

¡  Esta orientação permite um


aumento de mobilidade em
comparação com a dorsal
ou a lombar.

¡  Incluindo os movimentos


associados da rotação
axial com a inclinação

ALTAF JUSSUB
TORCICOLO
Queixas comum

¡  A severidade do torcicolos é relacionado com a


idade e as causas

¡  Durante o parto, o pescoço fica numa posição


fixa por algumas horas(as vezes semanas), este
incidente pode provocar lesões no futuro

¡  Na fase adulta o paciente apresenta sintomas de


espasmos na SCM, causando o pescoço fica
preso na rotação ou na flexão.

ALTAF JUSSUB
FACETAS ARTICULARES

ALTAF JUSSUB
FACETAS ARTICULARES

¡  As FA na Cervical tensas podem causar dores referidas


para o crânio, cervical, ou ombros e dores na dorsal, as
vezes é difícil diferenciar sobre outras causas da dor do
pescoço.

¡  Queixas frequente são: movimentos súbitos da cabeça,


acidentes de viação, traumas com inicio de dores do
pescoço e dores de braço

¡  Pode acontecer dores sem indícios de trauma

¡  Dor localizada

¡  O braço e o dermátomo, por vezes não coincide com o


especifico dermátomo

ALTAF JUSSUB
FACETAS ARTICULARES
Causas
¡  compressão das FA ou os músculos profundos da
cervical causam dores referidas até o braço
¡  O local comum é dor na parte lateral do braço
até as mãos, neste caso especifico as facetas
envolvidas seriam a C5-C7
Investigação

¡  Reflexos estariam normal


¡  Não haveria perca de forças

ALTAF JUSSUB
FACETAS ARTICULARES
DDX

¡  Lesões do disco da cervical

¡  Radiculopatia Cervical( raízes nervosas)

¡  Coluna cervical com estiramentos e torções

¡  Angular da omoplata

¡  SCM

ALTAF JUSSUB
FACETAS ARTICULARES
Etiologia

¡  Demográficos

¡  34% da população com dores no pescoço

¡  14% com dores crónicas no pescoço com


duração de 6 meses

¡  26-65% facetas articulares após a lesão do


“chicote"

¡  60% normalmente na C2-C3 & C5-C6

ALTAF JUSSUB
LIGAMENTOS
¡  Na face anterior da medula encontra-se o
ligamento transverso

¡  Ruptura deste lig.(ou laxidão) comum com a AR,


pode provocar um contacto do dens com a
medula, causando deficit neurológico

ALTAF JUSSUB
ESPONDILITE CERVICAL
Etiologia

¡  Degeneração e achatamento dos discos intervertebrais

¡  Osteofitose e as anomalias do osso da parte anterior/posterior dos


corpos vertebral

¡  As anomalias ósseas que crescem posteriormente junto dos buracos


de conjugação (IVD), causam pressão nas raízes nervosas

S&S

¡  Acima dos 40, dores na Cervical e rigidez matinal, sintomas


agravados quando se levanta da cama, dores com radiações difusas,
no occipital aos músculos escapulares, parestesia, fraqueza
musculares e movimentos descoordenados

ALTAF JUSSUB
ESTENOSE DA CERVICAL
¡  estreitamento da medula pode comprimir o canal neural

¡  Anomalias ósseas contribuem para a estenose, tal como as


instabilidade com pressões inclinado da translação

¡  Disco cervical pode sofrer uma protusão posterior sobre a


medula

¡  Distúrbios vascular produz sintomas neural

¡  oclusão provocada por uma trombose

¡  A artéria pode se danificar entre a foramina intervertebral e


junto a Atlas

¡  Estudos arteriograficos demostram que extensão e rotação


da occipital produz a oclusão funcional da artéria vertebral
oposta

ALTAF JUSSUB
MIELOPATIA
¡  Queixas do paciente difere consoante o grau da
compressão.

¡  Paciente queixa-se de sintomas bilaterais,


movimentos descoordenados das mãos,
dificuldade em andar, possibilidades de uma
disfunção urinaria, e possivelmente com
choques eléctricos nas mãos.

ALTAF JUSSUB
MIELOPATIA
Etiologia

¡  Varias causas da compressão(mielopatia) da


medula, inclui tumor, hérnia do disco, espondilite.

¡  Os sintomas depende muito do sitio da compressão


ou do, envolvimento das raízes nervosas. Pressão
posterior da medula é comum com a espondilite
de mielopatia, causando distúrbios na percepção
vibratória e na propriocepção.

¡  Na compressão de raiz nervosa sinais de LNMI é


comum

ALTAF JUSSUB
COMPRESSÃO DA RAIZ
NERVOSA
¡  Irritação das raízes da cervical ou compressão pela
osteofitose ou disco produz sintomas parecidas
com o disco nos membros superiores, tais como:

¡  dor, dormência ou fraqueza muscular. Importante


fazer os testes neurológicos.

¡  Relembrem que o polegar é inervado pela porção


superior do plexo braquial,

¡  o dedo mindinho pela porção inferior.

¡  Por vezes a irritação nervosa é intermitente e


insuficiente para provocar um deficit neurológico

ALTAF JUSSUB
PROTUSÃO DISCAL-
CERVICAL
¡  Trauma ou degeneração óssea pode predispor
para um estiramento (stress) do disco

¡  Numa protusão, tecidos envolvidos:

¡  Ligamento posterior comum, provoca dor na


cervical e rigidez

¡  Raízes nervosas, causa parestesia em um/ambos


braços

¡  N.B.- descanso: é um sintoma de alivio para o disco

¡  Compressão nervosa: doí no descano

ALTAF JUSSUB
PROTUSÃO DISCAL-
CLASSIFICAÇÃO
¡  Protusão discal e o anel fibroso intacto:
¡  Protusão-núcleos envolvido dentro das camadas
mais sem protusão
¡  Protuberância local: normalmente lateral
¡  Protuberância difusa: normalmente posterior e
bilateral
¡  Herniação do Disco: fibras anulares em ruptura
¡  Extrusão: núcleos dentro das camadas do anel
¡  Sequestração: núcleos c/ruptura no disco, medula
e canal intervertebral

ALTAF JUSSUB
Espondilose Mielopatia Estenose SDT Hérnia do disco
Cervical/OA cervical espinal posto-lateral

Dor unilateral Em geral não Unilateral ou Dor/ ou sem Unilateral(comum)


dolorosa, a bilateral dor ou bilateral
menos que
haja uma
Radiculopatia
associada
Distribuição Dentro do MS, não Em geral, MS, não Dentro dos
da dor dermáto- corresponde vários corresponde dermátomos
mo ao dermátomo ao afectados
afectados dermátomo afectados dermátomo Flexão cervical
Extensão
cervical

Agrava Extensão Extensão Extensão vários Flexão cervical


cervical cervical cervical

Dor aliviada Posicionam Posiciona- Repouso Posiciona- posicionamento


por ento mento Flexão mento
Flexão cervical Depende da
cervical compressão
idade >45 anos >40 30-60 N/A N/A

Investigação RX RM, TAC RMI RX RMI


Mielografia TAC
ALTAF JUSSUB
Síndrome vertebro basilar

ALTAF JUSSUB
TESTES ORTOPÉDICOS

ALTAF JUSSUB
TESTES ORTOPÉDICOS
¡  L´hermite ¡  VBI

¡  TESTE DE COMPRESSÃO ¡  HAUTANT´S TEST (VBI)

¡  TESTE DE DISTRAÇÃO ¡  VALSAVA

¡  TESTE DE SPURLING´S ¡  TESTE TORNADO

¡  TESTE DO LIGAMENTO


ALAR

¡  TESTE DO LIGAMENTO


TRANSVERSO

ALTAF JUSSUB
L´hermite
¡  Procedimento: Paciente
sentado ou em pé, a cervical
é fletido passivamente, o
Osteopata aplica uma ligeira
pressão

¡  Interpretação: (+) sintomas


radiculares , choque
eléctricos pela coluna ou
pela extremidades,
radiculopatia cervical

¡  ** mielopatia cervical pode


ser causado por um tumor,
Esclerose Múltipla,
aderências no meninges ou
uma irritação. Estenose,
Hérnia do disco.

ALTAF JUSSUB
Jackson S &S VBI (tonturas, vertigo,
¡  Posição : Paciente sentado, a radiculopatia)
cervical roda para um lado e o
Osteopata pressiona em
direção caudal, o mesmo se
aplica para o lado oposto=
Bilateralmente

¡  Interpretação

¡  (+) dor local (!) degeneração


articular, meniscoide
pinçado( capsular), ou
estiramento muscular.

¡  (+) (!) dor periférica- (!) na


pressão das raízes nervosas
Teste do Ligamento ALAR

¡  Posição: sentado

¡  Técnica: pressione levemente


a AE da C2 e incline a
cabeça

¡  Interpretação: o normal será


que a Rot &Inclinação
tenciona o lig Alar. A AE
move na direção
contralateral da inclinação

¡  (+)= a demora do movimento


da AE pode indicar uma
patologia do lig. É Comum
com AR

ALTAF JUSSUB
TESTE DO LIGAMENTO
TRANSVERSO
¡  Posição: Decúbito dorsal

¡  Técnica: Osteopata segura


na arcada anterior da
C2,estabiliza arcada com os
polegares e o tenar. O
osteopata eleva a occipital
que desliza anteriormente. A
occipital e a C1 desliza sobre
o C2. mantenha nesta
posição por uns 15-30
segundos

¡  Interpretação:

¡  ( +)= vertigem, nistagmo,


paraestesia na face

ALTAF JUSSUB
Hautant´s teste
¡  Posição: paciente sentado

¡  Procedimento: ombros


fletidos a 90º, cotovelos em
extensão, punhos neutros
(fig), Osteopata pede ao
paciente para fechar os
olhos, e rodar e estender a
cervical para um lado.

¡  Interpretação: (+) queda do


braço, braço em adução
horizontal, pré-sincope,
vertigens, alteração visual,
VBI
REFERÊNCIAS
¡  David J. Magee,(1997), Orthopedic Physical Assessment,
Fourth Edition, Saunders, Elsevier.

¡  Gulick, D.,(2005), Ortho Notes, clinical examination Pocket


Guide, Philadelphia , F. A. Davis Company

¡  Placzek, J., D., And Boyce, D.A., ( 2006) ortophaedic


Physical Theraphy Secrets, second edition, MOSBY; elsivier.

¡  Souza, A. Thomas, (2009) differential diagnosis and


management for the chiropractor , Protocols and
Algorithms, third edition, Jones and Bartelett Publisheres,
Massachussetts.

¡  Vizniak, N, & Carnes, M, ( 2012) Quick reference Evidence-


Based, conditions Manual. Third Edition, Professional
Health System inc. Canada

ALTAF JUSSUB
ABREVIATURAS
¡  AE-Apófise Espinhosa

¡  Cerv- cervical

¡  FA- Facetas articular

¡  Lig- Ligamentos

¡  LNMI- Lesão do neurónio do Motor Inferior

¡  Mov- Movimento

¡  MS- Membros superior

¡  MI- Membros inferior

¡  Ocas- ocasional

¡  Reg- região

¡  Rot- Rotação

ALTAF JUSSUB

Você também pode gostar