Você está na página 1de 29

MANUAL DE ESTÁGIO

DO CURSO DE
BIOMEDICINA
UNA
2

SUMÁRIO

1 APRESENTAÇÃO ................................................................................................ 04
2 CRITÉRIOS PARA ENCAMINHAMENTO DO ESTÁGIO..................................... 05
2.1 DISCIPLINAS E PRÉ REQUISITOS.............................................................05
3 DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA PARA INÍCIO DO ESTÁGIO................................. 05
4 REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR....................................................... 07
4.1 EQUIPE DE ESTÁGIO CURRICULAR........................................................... 07
4.2 REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR.................................... 09
4.2.1 PRÉ REQUISITOS....................................................................................... 09
4.2.2 REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO NO PERÍODO DE FÉRIAS ......................... 10
4.2.3 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR..................... 10
4.2.4 CRITÉRIOS PARA CORREÇÃO E PRAZOS DE ENTREGA DOS
RELATÓRIOS.......................................................................................... 11
4.2.5 REPROVAÇÃO NO ESTÁGIO CURRICULAR........................................... 11
5 ATIVIDADES DO ESTÁGIO CURRICULAR......................................................... 12
6 ESTÁGIO EXTRACURRICULAR.......................................................................... 13

ANEXOS.................................................................................................................. 16
3

1 APRESENTAÇÃO

A Coordenação juntamente com o colegiado do Curso de Biomedicina estabelece por


meio deste manual, o conjunto de normas e princípios para a realização do ESTÁGIO
CURRICULAR.

O ESTÁGIO CURRICULAR do Curso de Biomedicina do Centro Universitário UNA


objetiva propiciar a complementação do processo de ensino – aprendizagem, integrando
o conteúdo curricular do curso, em termos de treinamento prático, de aperfeiçoamento
técnico-cultural, científico e formação profissional dos acadêmicos e corpo docente /
relacionamento humano; inclusive estabelecendo contatos com empresas privadas e
instituições públicas locais. O Estágio Curricular se trata da inserção do aluno no
mercado de trabalho.

O aluno deverá realizar o estágio em uma área que o possibilite ter o reconhecimento e
habilitação. Abaixo segue as áreas que o aluno poderá ser habilitado pelo Conselho
Regional de Biomedicina

Relação das habilitações do biomédico

1 – Patologia Clínica (O aluno deverá passar por no mínimo 3 setores do laboratório


clínico – hematologia, parasitologia, microbiologia, urinálise, bioquímica, coleta)

2 – Parasitologia

3 – Microbiologia

4 – Imunologia

5 – Hematologia

6 – Bioquímica

7 – Banco de Sangue

8- Docência e Pesquisa: Biofísica, Virologia, Fisiologia, Histologia Humana, Patologia,


Embriologia, Psicobiologia
4

9 – Saúde Pública

10 – Imagenologia

11 – Radiologia

12 – Análises Bromatológicas

13 – Microbiologia de Alimentos

14 – Citologia

15 – Análise Ambiental

16 – Acupuntura

17 – Genética

18 – Reprodução Humana

19 – Biologia Molecular

20 – Farmacologia

21 – Informática de Saúde

22 – Histotecnologia Clínica

23 – Toxicologia

24 – Sanitarista

25 – Auditoria

26 – Perfusão Extracorpórea

27 – Biomedicina Estética

28 – Monitoramento Neurofisiológico Transoperatório

29 – Gestão das Tecnologias de Saúde

30 – Fisiologia do Esporte e da Prática do Exercício Físico

Com esse propósito de contribuir para uma melhoria da qualidade do ensino ministrado,
este manual contém detalhadamente a sistemática a ser desenvolvida por todos os
envolvidos no processo do estágio.
5

2 CRITÉRIOS PARA ENCAMINHAMENTO DE ESTÁGIO

Será encaminhado ao final do semestre que antecede o estágio, um Google Docs onde
os alunos deverão preencher: Nome, CPF, Identidade, RA, Curso, Período, Endereço,
Telefone, Disponibilidade de horário (incluindo finais de semana), assim como 02 áreas
que possui maior interesse em estagiar.
Para seleção de estágio ao início do semestre será solicitado a todos os alunos que
encaminhem um email para a preceptora/coordenação de estágio um currículo com todas
as informações de cursos, simpósios, média de aproveitamento global e disponibilidade
de horários para estágio.
Todos os currículos para áreas específicas são encaminhados para pré-seleção do
campo.
Em caso de poucas vagas em áreas específicas serão adotados os critérios:
Ø Experiências na área: Iniciação Científica, monitorias ou estagio extra curricular
na área
Ø Média de aproveitamento Global

Assim como, nos demais casos, mais de um aluno tenha interesse na mesma vaga o
critério de desempate será a Média de Aproveitamento Global.

3 DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA PARA INÍCIO DO ESTÁGIO

A seguir estão descritos os documentos necessários para o início das atividades no


campo de estágio.

• Termo de convênio
O setor de estágio dispõe de uma relação das empresas conveniadas com as
informações importantes (endereço, áreas oferecidas, benefícios, etc). Cabe ressaltar
que a UNA preza por alocar todos os seus discentes, no entanto a demanda de alunos
pode ser maior do que as vagas de estágio disponíveis, portanto a instituição não
6

é responsável pelo fato citado, pois a mesma age como uma facilitadora no
processo.
Caso seja de interesse do aluno credenciar empresas para realização do estágio, esta
deve ser incluída no cadastro de conveniados à UNA.
O aluno deve comunicar ao preceptor de estágio com 20 (vinte) dias de antecedência
para que o preceptor possa realizar um contato prévio com o local pleiteado, avaliar a
viabilidade e assim deferir ou indeferir o pedido do aluno. Lembrando que existem
situações burocráticas (avaliações financeiras e/ou jurídicas) que podem ultrapassar o
prazo de 20 dias. O aluno só poderá realizar o estágio em uma nova empresa conveniada
após o deferimento da comissão de estágio. A documentação firmada tem que ter sido
devidamente aprovada pelo setor jurídico da UNA.

FLUXO PARA INCLUSÃO DE CAMPOS A PEDIDO DO ALUNO:


Ø Identificar Campo de Estágio
Ø Buscar Contato do Campo
Ø Repassar via email para o Preceptor de Estágio os Dados do Campo:
(Campo, responsável, Contato – email e telefone)
Ø Aguardar contato da Preceptora com o campo para avaliar a viabilidade do
Convênio. Existem convênios que dependem de avaliações jurídicas, financeiras e/ou
burocráticas que podem não ter o retorno dentro do prazo de 20 dias.
Ø Caso o convênio seja aprovado o aluno será encaminhado para entrevista no
Campo de Estágio para que o Campo avalie se o perfil do aluno é compatível com a
empresa e se o mesmo aceita disponibilizar a vaga para o aluno.
Determinados campos não são necessários a realização de entrevista pelo responsável
técnico da empresa, o estagiário é encaminhado diretamente pela UNA e já inicia seu
estágio diante da indicação pela comissão de estágio. Essa indicação segue os critérios
citados anteriormente:
1. Disponibilidade de Horários
2. Em caso de mais alunos por vaga, o critério de desempate, será o percentual da
Média Global.
7

Termo de Compromisso de Estágio (TCE) em 3 vias


1ª via - Empresa
2ª via - Setor de estágio
3ª via – Aluno

No termo de compromisso deve constar a data de início e término do estágio.

Para solicitação destes documentos os alunos deverão solicitar ao


coordenador/professor/preceptor de estágio. O funcionário responsável pela confecção
dos contratos está autorizada a não liberar os documentos para o aluno caso este
processo não tenha sido feito por intermédio do preceptor/coordenador de estágio.

4 REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR

4.1 Equipe de Estágio Curricular

CONSTITUIÇÃO

• Comissão de estágio: Professor de estágio, Coordenador do Curso e Colegiado


do curso (COLEC);
• Supervisor na empresa;
• Estagiário

COMPETÊNCIAS

a. Comissão de estágio
Será formada uma comissão de estágio, composta pelo Coordenador do curso, Professor
da disciplina de Estágio Supervisionado e o COLEC. A esta comissão caberá analisar os
8

campos de estágio e promover convênios, bem como analisar e resolver questões


omissas a este regulamento.

b. Professor de Estágio Supervisionado:


• O professor da disciplina de estágio obrigatoriamente deverá ser um
biomédico;
• Coordena, acompanha e orienta o desenvolvimento do estágio curricular,
auxiliando o estagiário e a comissão de estágio, durante todo o período de duração
dos trabalhos.
Cabe ao professor supervisor responsável pelo estágio:
- Proceder à avaliação final do aluno quando do término do estágio, providenciando a
transcrição das notas;
- Comunicar à Comissão eventuais acontecimentos extraordinários;
- Observar a ética profissional e zelar pela Instituição de Ensino;
- Supervisionar o aluno durante o estágio no período letivo.
- Participar das reuniões da comissão de estágio e da coordenação do curso.
- Supervisionar e garantir o cumprimento integral da carga horária determinada pela
grade curricular do curso;

c. Coordenador do curso
- Encaminhar a solicitação de pedido de convênio para campo de estágio, à Instituição
de interesse da Universidade ou aluno, obedecendo aos prazos corretos para este
encaminhamento;
- Fazer a análise prévia do campo de estágio, juntamente com o professor da disciplina,
submetido ao convênio e providenciar o contato com o responsável pelo local;
- Solicitar o termo de convênio e de compromisso de estágio o coordenador administrativo
(N2).

d. Supervisor do estágio na Empresa:


O supervisor direto do aluno na empresa, deverá ser de nível superior e ser
qualificado para a área de atuação.
9

Possibilita a integração do aluno com o campo de estágio


Cabe ao supervisor do estágio na Empresa:
- Introduzir o aluno estagiário na empresa;
- Orientar, acompanhar e organizar as atividades práticas do estagiário na empresa,
zelando pela ética profissional;
- Oferecer ao estagiário os meios necessários à realização de seus trabalhos;
- Auxiliar o estagiário nas suas dificuldades;
- Manter contato com a Instituição quando necessário;
- Ler e avaliar o relatório final das atividades do estagiário;
- Realizar avaliação final do aluno estagiário referente ao aproveitamento do estágio.

e. Estagiário:
Cabe ao estagiário:
- Identificar a empresa onde irá desenvolver o estágio;
- Providenciar documentação exigida pela empresa;
- Comparecer aos encontros com seu professor orientador/ Responsável, cumprindo as
tarefas que lhe forem atribuídas;
- Cumprir as normas internas da empresa;
- Cumprir as normas estabelecidas pela comissão de estágio;
- Apresentar ao professor orientador de estágio o Relatório final de acordo com o
cronograma a após avaliação do supervisor na empresa.
-Comunicar qualquer intercorrência, divergência, acidente pessoal imediatamente a
qualquer um dos integrantes da comissão do Estágio (Professor de Estágio, Coordenador
de Curso ou Preceptor).
- Formalizar ausências justificadas ou injustificadas ao professor via email.
- Cumprir as normas de Biossegurança.

4.2 Regulamentação do Estágio Curricular

4.2 1 Pré-requisitos
10

Para realização dos estágios curriculares torna-se necessário acatar os seguintes pré-
requisitos:

4.2.2 Período de realização do estágio.


Os Estágios supervisionados do curso de Biomedicina deverão ser impreterivelmente
realizados durante o semestre da disciplina em curso.
4.2.3 Critérios de Avaliação do Estágio Curricular

A aprovação do aluno no estágio fica condicionada:


• Ao cumprimento da carga horária mínima exigida pela disciplina de estágio
• À entrega do relatório final nos prazos estabelecidos por este manual
o O relatório deverá conter as folhas de ponto com as descrições de atividades
diárias.
• Avaliação do supervisor de estágio que deverá ser anexada ao relatório
• Aos critérios de avaliação definidos pela comissão de estágio (pontuação a ser
distribuída pelo professor de estágio em sala de aula)
11

QUADRO 1 – Carga Horária a ser Cumprida de Estágio Curricular.

Matriz BIO0001E2A

8º PERÍODO – MÍNIMO DE 660 HORAS ASSIM DISTRIBUIDAS:


20 horas – atividades em sala de aula – debate de casos clínicos, seminários e
avaliações
640 horas – atividades desenvolvidas em empresas conveniadas em uma das áreas
de atuação do biomédico a critério do aluno.

Observações:
• É obrigatório a frequência de 75% nas atividades em sala de aula para
aprovação do aluno.
• É obrigatório para a habilitação perante o CRBM que o acadêmico de
Biomedicina conclua no mínimo 500 horas em apenas uma das áreas de atuação.

ENTREGA DO RELATÓRIO

Ao término do estágio do curso de Biomedicina, o aluno deverá entregar um relatório


impresso, na data informada pelo professor da disciplina.

4.2.5 Reprovação no Estágio Curricular

O não cumprimento do estágio segundo as normas estabelecidas pela faculdade


descritas neste manual acarreta na REPROVAÇÃO na disciplina de estágio.

Os trabalhos serão classificados como se segue (QUADRO 2), sendo parte da avaliação
o atendimento das tarefas nos prazos requeridos no Cronograma de Estágio Curricular,
definido com o professor de estágio no início do semestre, alinhado ao cronograma da
instituição de ensino.
12

QUADRO 2 – Critério de Pontuação para Cumprimento do Estágio Curricular

PONTUAÇÃO AVALIAÇÃO
De 70 a 100 pontos Aprovado
Abaixo de 70 pontos Reprovado

5 ATIVIDADES DO ESTÁGIO CURRICULAR

No ambiente físico onde se realiza o estágio, o estudante se submete a tarefas


diversificadas e especificadas pelo campo de estágio. Estas tarefas devem trazer a
experiência necessária a seu preparo profissional e uma visão concreta do meio e das
condições de trabalho, permitindo assim, o enriquecimento da sua formação como
Biomédico generalista.
Portanto, o estágio curricular tem como abrangência:

1. Proporcionar ao acadêmico, condições de desenvolver suas habilidades e analisar


criticamente situações, dentro dos critérios éticos profissionais;
2. Consolidar o processo ensino-aprendizagem, por meio da conscientização das
deficiências individuais e incentivar a busca do aprimoramento pessoal e profissional;
3. Facilitar a transição acadêmico-profissional, oferecendo ao estagiário,
oportunidades de conhecer a filosofia, diretrizes, organização e funcionamento das
instituições em situação e tempo reais;
4. Possibilitar o processo de atualização dos conteúdos disciplinares, permitindo
adequar aqueles de caráter profissionalizantes às constantes inovações tecnológicas,
políticas, sociais e econômicas a que estão sujeitos;
5. Promover a integração Universidade, Comunidade e Empresa. Como estagiário, o
estudante terá sempre o acompanhamento de um profissional experiente, para orientar
suas observações, comentários, pesquisas, tarefas e desenvolvimento do trabalho.
Todos esses dados se transformando em um Relatório Final de Estágio Curricular que
faz parte do quadro específico de avaliação do estudante.
13

6 ESTÁGIO EXTRACURRICULAR
O aluno poderá realizar o estágio extracurricular a partir do momento que ingressar no
curso. Portanto o aluno que pretende, requerer a declaração de realização do estágio
para fins de comprovação desse estágio extracurricular para o Conselho Regional de
Biomedicina deverá seguir os seguintes pré-requisitos:
1. Realizar o estágio a ser comprovado a partir do 3 ciclo do curso, estagio realizado
anterior ao 3 ciclo, poderá ser validado como atividade complementar.
2. Realizar no mínimo 500 horas no campo de estágio na mesma área.
3. Entregar toda a documentação necessária para fins de comprovação do estágio
(carta da empresa com descrição das atividades realizadas, relatório de frequência diária,
avaliação do campo de estágio).
Vale ressaltar que será feita uma declaração de realização de estágio extracurricular para
o aluno que cumprir os pré-requisitos supracitados, porém é de responsabilidade do
Conselho de Biomedicina o aceite desse estágio para inclusão de habilitação.
14

7 – ANEXOS

ANEXO 1 - Modelo de relatório de estágio.

Todos os itens, incluindo Relatório de frequência, Avaliação final do Supervisor


local, Termos Aditivos e Carta de Conclusão de Estágio devem ser encadernados
juntamente com o relatório. Todos os documentos devem ser entregues em
encadernação única. Não serão aceitas folhas soltas ou entregas posteriores.

ANEXO 2 – Normas de Biossegurança


ANEXO 3 – Documentações e Seguros
ANEXO 4 – Os 10 Normas Gerais.
15

ANEXO 2
LOGO DA IES
NOME DA IES:
CAMPUS
CURSO

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS DURANTE O


ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA AREA XXXXXXXXXXXXXXXX

ALUNO:

CIDADE
MÊS / ANO
16

LOGO DA IES
NOME DA IES:
CAMPUS
CURSO

NOME:_________________________________________________________

RA____________________________________________________________

ÁREA DO ESTÁGIO:______________________________________________

LOCAL:___________________________________ em _______________/MG

PERÍODO: ____/____/____ à ____/____/____

CARGA HORÁRIA: ________________horas

RESPONSÁVEL: __________________________________________________
REGISTRO CONSELHO: ____________________________________________

PROFESSORA RESPONSÁVEL PELO ESTÁGIO:


_______________________________________________________________

Cidade / Estado – Brasil


Mês / Ano
17

Auto avaliação

Nome do aluno: Data:


Campo de estágio:
Local de realização do estágio: Auto avaliação:
O que eu tentei realizar:

O que eu fiz:

O que eu aprendi:

O que eu mais gostei desse estágio:

O que eu preciso melhorar ou faria diferente da próxima vez:


18

Comentários do professor:

Nome do professor: Data:


19

Declaração de Conclusão do Estágio

Declaro, para os devidos fins, que o acadêmico _________________________


__________________________________________, RG: ________________,
RA:__________________ realizou estágio nessa empresa, no período de
______________ à _______________, perfazendo _________________horas na área
de ________________________________________________________.

Cidade, _____ de _________________ de ________

____________________________________
Responsável técnico

Nome: ______________________________
20

Ficha de Avaliação das Atividades do Estágio


À Coordenadoria de Estágios do Curso de Biomedicina

Organização / Empresa:
Nome do Supervisor (a):
Setor:
Período: _____/_____/____a_____/_____/_____Total de horas no período: ________horas
Estagiário (a):
RA:
Avaliação a ser preenchida pelo supervisor de estágio na empresa
Pontuação
Aspectos Considerados 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
1. Conhecimento demonstrado no desenvolvimento
das atividades programadas
2. Cumprimento das atividades programadas
3. Qualidade do trabalho dentro de um padrão de
desempenho aceitável
4. Disposição para atender prontamente as
solicitações (cooperação)
5. Iniciativa na solução de problemas (independente
do supervisor)
6. Capacidade de sugerir, projetar ou executar
inovações ou modificações na empresa
7. Assiduidade e pontualidade no cumprimento de
horários
8. Responsabilidade e zelo pelos bens da empresa
9. Disciplina quanto às normas e regulamentos
internos
10. Facilidade de contatos e interação no ambiente de
trabalho
Obs.:

Assinatura do (a) supervisor (a) Carimbo da empresa

Recebido em Professor Orientador


21

Ficha de Acompanhamento Mensal de Estágio Curricular


Nome do aluno: Número da matrícula:
Semestre letivo: Mês:

CARGA
DATA RESPONSAVEL TÉCNICO
ATIVIDADE DESENVOLVIDA HORÁRIA DIÁRIA
(SUPERVISOR LOCAL)

TOTAL DE HORAS:__________

Belo horizonte, _____ de ______________ de _________

_____________________________ ______________________________
Supervisor Local - Campo de estágio Estagiário (a)

______________________________
Responsável técnico Empresa (a) Carimbo e Assinatura
Parecer sobre o estágio
22

Aluno: _________________________________________________________

Estágio em: _____________________________________________________

Parecer da Comissão:
Aprovado ( )
Reprovado ( )

Nota:

Observação:
23

1. DESCRIÇÃO DO CAMPO DE ESTÁGIO


Deve abranger o local, instalações, equipamentos, laboratórios, fazer escâner reduzido
da planta original ou fazer Layout (não precisa especificar medidas), organograma e
fluxograma. (1 Lauda)
24

2. DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS


O relatório das práticas que constituíram o estágio deverá ser feito de forma clara.
Poderão ser utilizadas tabelas, gráficos, etc. Em qualquer situação, é recomendável
que se faça uma análise pessoal das atividades desenvolvidas, baseada nos
conhecimentos do estagiário e revisão de literatura e na legislação pertinente. (1 Lauda)
25

3. CONCLUSÕES, CRÍTICAS E SUGESTÕES


A apresentação de conclusões sobre o estágio deverá ser o mais sincera possível,
podendo ter sugestões, que poderão ser utilizadas como alternativas para possibilitar
capacitação para o exercício de uma efetiva prestação de assistência farmacêutica e
proporcionar oportunidade de retroalimentação aos docentes, buscando atualização
dos conteúdos programáticos do Curso. (1 Lauda)
26

4. REFERÊNCIAS
27

ANEXO 2
Normas do estágio

• Fica vetado ao estagiário qualquer registro ou divulgação a cerca do campo de


estágio seja: fotográfico ou áudio.

• Da mesma forma o aluno se compromete a manter sigilo e confidencialidade a


cerca de fatos, dados, funcionários ou acontecimentos presenciados ou que sejam de
conhecimento do aluno enquanto estagiário.

• O aluno se compromete a não mencionar críticas ou comentários pejorativos


referentes a empresa, assim como postagem de fotos ou vídeos que remetam a empresa
em redes sociais ou a terceiros.

• O aluno se compromete a não utilizar para outras finalidades jalecos ou uniformes


fornecidos para uso exclusivo na instituição cedente do estágio.

• O aluno deverá comparecer sempre de calça branca, sapato fechado (sem o dorso
do pé aparente) e jaleco, cabelos presos e unhas bem cuidadas seguindo os requisitos
básicos da biossegurança. O aluno deverá usar roupa branca como uma exigência da
UNA, independente da liberação do Campo de Estágio.

• O deverá se alimentar somente nas áreas específicas para o tal.

• O aluno não deverá utilizar Celular, seja para ligações, ou uso de aplicativos
durante o estágio ou nas áreas comuns ao campo.
28

Documentações e Seguros

Todas as documentações e Seguros relacionados ao aluno são redigidos e de


responsabilidade da UNA.
É dever do aluno estar ciente de todos os itens que constam em seu termo de
compromisso, que inclusive são assinados pelo aluno que fica de posse de uma via.
Nesse documento constam seus direitos, responsabilidades e deveres.
Antes de iniciar o estágio o aluno receberá via e-mail uma via digitalizada de sua Apólice
Individual de Seguro, no seu termo de Compromisso consta o número da apólice de seu
seguro. Em caso de qualquer acidente pessoal em qualquer campo de estágio o aluno
está segurado. Desde que, comunique imediatamente a Instituição de Ensino (UNA),
através da Comissão de Estágio (Coordenador do Curso, Preceptor ou Professor de
estágio). Caso entre em contato na Faculdade e não consiga falar com alguém
correspondente a comissão de seu curso, peça para comunicar ao coordenador de
qualquer outro curso que entrará em contato com o coordenador do seu curso.
Caso a comunicação não seja feita imediatamente após o acidente, a seguradora fica
desobrigada de qualquer cobertura contratada pela instituição.
Vale ressaltar que mesmo que o campo de estágio também tenha seguro e o acione a
instituição tem que ser acionada e o seguro contratado pela UNA tem que ser acionado
concomitantemente.

Existem 03 tipos de Acidente de trabalho:

• acidente típico – decorrente da característica da atividade profissional que o


indivíduo exerce;
• acidente de trajeto – acontece no trajeto entre a residência do trabalhador e o local
de trabalho, ou vice-versa;
• doença profissional ou do trabalho – desencadeada pelo exercício de determinada
função, característica de um emprego específico.
29

NORMAS GERAIS

1. Respeitará o Campo de Estágio acima de todas as coisas

2. Honrará o nome da UNA como honra teu próprio nome

3. Agirá com discrição e respeito com relação a tudo que cerca sua atividade de
estagiário

4. Não faltará, mas se eventualmente acontecer comunicará seu preceptor e


supervisor local via email no mesmo dia

5. Não utilizará o celular no ambiente de estágio

6. Utilizará calça branca, jaleco, cabelo preso e sapato fechado e cumprirá todas as
normas de biossegurança

7. Não postará fotos e comentários acerca de seu estágio em sua Rede Social

8. Comunicará a Faculdade todo e qualquer inconveniente ocorrido no campo


imediatamente

9. Buscará fazer do estágio uma troca de experiências

10. Fará do estágio sua inserção no mercado do trabalho, nunca deixando de estudar
e aprimorar seus conhecimentos, aproveitando todas as oportunidades de crescimento,
sem medir esforços para se formar um profissional diferenciado.

Você também pode gostar