Você está na página 1de 26

Nomenclatura das Rochas

Metamórficas
● Critérios + elásticos > Igneas e sedimentares
● Maior número de fatores = A rocha pode ser
nomeada em função de um ou de vários fatores.
● Critérios - químicos, estruturais e mineralógicos
são os mais importantes.
● O critérios genético e também o de natureza
pretérita da rocha são subordinados.
● Universal - Necessita de estudos petrográficos
prévios. E.g. Granada-muscovita-biotita gnaisse
Critério Universal
● Ordena-se a paragênese em ordem crescente de
ocorrência. Assim, a rocha deve ter a seguinte
disposição:
● A nomenclatura deve contemplar os minerais-
índices.
● O nome da rocha será composto por tantos
nomes quantos estiverem na paragênese, do
menos frequente para o mais abundante,
associado ao critério estrutural ou mineralógico.
Ex. Granada-muscovita quartzito.
Nomenclatura das rochas igneas
Nomenclatura das rochas
sedimentares
Classificação Estrutural das rochas
metamórficas

● Xistos - rochas c/ xistosidade porém com granulação média a


grossa
● Filitos - rochas c/ xistosidade com granulação fina
● Ardósias - rochas com clivagem ardosiana.
● Gnaisses - rochas de granulação média a grossa, com
bandamento composicional. Obs. bandas félsicas =
qz+feldspatos
● Granulitos - estrutura maciça ou bandada com textura
granoblástica
● Hornfels - “fels”= ausência de xistosidade
● Cataclasitos e Milonitos - a estutura é fragmentada, com ou
sem recristalização.
Nomenclatura das rochas atingidas por
metamorfismo dinâmico
Níveis Estruturais X Cominuição/ Recristalização.
Classificação química
● Aluminosas - derivadas de sedimentos pelíticos (folhelhos, argilitos -
xistos aluminosos (mus., andal., sill., pirof. Etc)
● Silicosas - derivadas de sedimentos silicosos (arenitos) - pode conter
pequenas quantidades de outros silicatos (feldspatos, granadas,
micas, etc.)
● Básicas - derivadas de igneas básicas e semi-básicas (basaltos, tufos
e margas) - clorita-xistos e anfibolitos.
● Carbonáticas - derivam de sedimentos carbonáticos - calcários e
dolomitos - mármores calcíticos ou dolomíticos.
● Cálcio-silicáticas - derivam de sedimentos compostos (silicoso,
aluminoso e carbonático) - forma silicatos cálcio-aluminosos
(diopsídio, tremolita, plag, escapolita, grossulária, epidoto, quartzo e
carbonatos).
● Magnesianas - derivadas de rochas igneas ultrabásicas
(dunitos, piroxenitos, peridotitos) ou de dolomitos que
sofreram descarbonatização ou silicificação - xistos
magnesianos (serpentina, talco, clorita magnesiana,
tremolita e antofilita). Esteatitos e serpentinitos.
● Quartzo-feldspáticas - derivam-se de arcósios e rochas
ígneas ácidas (gnaisses, xistos feldspáticos e granulitos
ácidos).
● Ferríferas - resultantes do metamorfismo de BIFs
(itabiritos)
● Manganíferas - derivam-se de sedimentos
mangano-carbonáticos, mangano-aluminosos e
mangano-silicosos - gonditos e queluzitos ou
protominério sílico-carbonático de manganês -
rodocrosita, rodonita e piroxmangita, espessartita e
tefroíta.
Composição Mineralógica
● Mármores - constituídas essencialmente de carbonatos (calcita e
dolomita)
● Quartzitos - formadas essencialmente por quartzo (80%) - quartzitos
metamórficos e diagenéticos.
● Serpentinitos - formadas por serpentina e acessórios.
● Esteatitos - formadas por talco
● Anfibolitos - rochas compostas por anfibólio cálcico (hornblenda ou
actinolita) + plagioclásio. Dependendo do grau metamórfico -
epidoto, clorita, granada e piroxênio.
● Eclogito - Rocha composta por 2 minerais : um piroxênio verde
(onfacita) e uma granada vermelho/marron composta por moléculas
de piropo, almandina e grossularia - Ocorre em altas pressões e sua
composição fundamental é do tipo basalto/gabróica.
Natureza Pretérita da Rocha
Metamórfica
● Prefixo “Meta” - Texturas reliquiares. e.g.
metarenitos, metarcósios, metagrauvacas.
Metabasitos - rochas derivadas de rochas
ígneas básicas.
● Prefixo “Orto” - natureza ignea. Ex.
Ortognaisse, ortoanfibolito
● Prefixo “Para” - natureza sedimentar. Ex.
paragnaisse, paranfibolito.
Classificação Genética
● Remete-nos ao tipo de metamorfismo
sofrido. Ex.
● Hornfels
● Milonitos, cataclasitos, etc.
● Granulitos (charnoquitos).
Classificação dos Migmatitos

● Baseia-se frequentemente na relação neossoma/paleossoma. Dessa forma os


migmatitos são subdivididos em dois tipos principais: Homogêneos e Heterogêneos
(Bonorino, 1970) bandado, regular,
● Estromáticos oftalmico
● Heterogêneos amigdalóide
● Diadisitos
● Ptigmático
● Agmatitico

● Embrechito bandado
● Embrechito oftálmico
● Homogêneo Embrechito Irregular
● Embrechito Amigdalóide
● Nebulito
● Dictionítico
Nomenclatura e Estrutura dos
Migmatitos

1- Agmatitica
2 – Dictionitica (Rede)
3 – Schollen (placas)
4 – Flebitica (venosa)
5 – Estromatica
6 – Surrelitica (dilatacao)
Nomenclatura/estrutura dos migmatitos (2)

7 – Dobrada
8 – Ptigmatica
9 – Oftalmica (Augen)
10 – Stictolitica (manchas)
11 – Schillieren
12 - Nebulitica
Nomenclatura dos granulitos
Nomenclatura alternativa das rochas metamórficas com
ênfase no aspecto mineralógico

Composicao de rochas metamorficas de intervalos, com temperatura mais baixa, em termos de certos
constituintes principais.
Nomenclatura alternativa das rochas metamórficas com
ênfase no aspecto mineralógico

Composicao de rochas metamorficas em intervalos com temperaturas


mais elevadas em termos de certos constituintes principais.

Você também pode gostar