Você está na página 1de 101

Nome do Treinamento

Manancial a 2

Módulo do Treinamento
Fundamentos para Casais

Autor e Diretor Geral:


Dr. Apóstolo Marcos Antonio

Revisão e Atualizações:
Conselho de Mestres do Centro
Apostólico Manancial

Diretora do CTA:
Pastora Luana Paniago

Capa: Todos os direitos desta edição são reservados ao


Cooperador Renato Louzada Centro de Treinamento Apostólico. Proibida a
cópia da mesma sem prévia autorização.
Diagramação:
Instagram: @ctamanancial
Pastora Brunna Ferraciolli Email: cta@manancial.org

Caro aluno,
Queremos saber sua opinião sobre nosso Treinamento e Apostila.
Após a conclusão do módulo, curta-nos nas redes sociais @ctamanancial e nos envie sua
opinião através do e-mail cta@manancial.org.
Bom treinamento!
APRESENTAÇÃO

“O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se


ufana, não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não
procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do
mal; não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade;
tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. 1 Coríntios 13:4-7

Este é o modelo do amor verdadeiro que o ETERNO estabeleceu para o


casamento entre o homem e sua mulher, uma união fundamentada no Amor de DEUS,
porém vemos a cada dia o mal corrompendo os casamentos, destruindo famílias por
afastarem do proposito para qual DEUS uniu homem e mulher.
O treinamento Manancial a2 elaborado pelos Apóstolos Marcos Antônio e
Virna Griffo tem por objetivo treinar casais fundamentando-os no Amor ágape para
que possam viver uma união feliz, próspera e bem sucedida, para que o casal possa
desfrutar de uma vida plena, uma família abençoada entendendo que, como diz nosso
pai espiritual: “casamento é um ministério”.

Mestre Vinicius Teixeira


Mestre no Centro Apostólico Manancial em Palmas - TO
SUMÁRIO

CAPITULO 01 | VISÃO MANANCIAL A DOIS................................................................. 4

CAPITULO 02 | PERDÃO, A CHAVE PARA UM CASAMENTO ABENÇOADO ............... 10

CAPITULO 03 | ALIANÇA............................................................................................... 15

CAPITULO 04 | O VERDADEIRO AMOR JAMAIS ACABA ............................................. 24

CAPITULO 05 | TORNAR-SE UMA SÓ CARNE .............................................................. 29

CAPITULO 06 | A LEI DA SEMEADURA ........................................................................ 36

CAPITULO 07 | AS PROMESSAS DE DEUS PARA A FAMILIA ..................................... 44

CAPITULO 08 | SEXO NO CASAMENTO ....................................................................... 52

AULA 09 | O DEUS DA FAMILIA/ O DEUS NA FAMILIA/ O DEUS A QUEM SERVIMOS


....................................................................................................................................... 62

CAPITULO 10 | FINANÇAS E PLANEJAMENTO FAMILIAR ......................................... 76

CAPITULO 11 | MALDIÇÕES GERACIONAIS................................................................. 85

CAPITULO 12 | TEMPERAMENTOS .............................................................................. 100


Visão Manancial a dois

CAPÍTULO 01 | VISÃO MANANCIAL A DOIS

O objetivo desse treinamento é reconstruir, restaurar, transformar e


fundamentar para uma nova vida, um novo relacionamento, um novo casamento.
Somos uma benção, chamados por Jesus Cristo, e precisamos viver como UMA SÓ
CARNE abençoados e abençoando aos outros.
Podemos tomar por base para a visão do Ministério Manancial para os casais, o
livro de Neemias, que narra a reconstrução dos muros de Jerusalém e a reforma
espiritual e administrativa estabelecida por este homem de Deus. Portanto, a palavra-
chave, quando se fala desta visão, é RESTAURAÇÃO.
Jerusalém havia sido destruída pelos babilônios em 586 a.C. (II Reis 25:10).
Apesar de ter havido algumas tentativas de reconstruir o muro, a cidade ainda se
encontrava em ruínas e sem o muro como proteção, o povo estava indefeso. Diante
desta situação, os remanescentes (os que não foram levados cativos) haviam perdido
sua identidade como povo e quaisquer valores de soberania e respeito próprio. Este é
o cenário onde Deus levanta Neemias para realizar uma poderosa obra de
restauração, não só dos muros, mas também da dignidade do povo de Judá.
Por meio dos posicionamentos espirituais e naturais de Neemias, podemos
traçar paralelos com aquilo que temos vivido na visão Manancial, visto que também
temos uma grande obra de restauração à nossa frente: em nossas famílias, em nossa
região, em nosso país e no mundo!

Motivação para fazer o curso – Porque você está aqui?

Manancial a Dois nos mostra como é possível sermos e vivermos como um


casal em unidade. Unidade essa reconstruída, restaurada, transformada e
fundamentada por Jesus Cristo.

4
Visão Manancial a dois

♥ Inconformismo
“Disseram-me: Os restantes, que não foram levados para o exílio e se
acham lá na província, estão em grande miséria e desprezo; os muros de
Jerusalém estão derribados, e as suas portas, queimadas.” Neemias 1:3

Estar conformado significa estar passivo diante das situações, não esboçando
nenhuma reação diante do roubo e da destruição do inimigo. Esta é uma das maiores
malignidades que podem roubar um servo de Deus.
Quando permitimos que essa estratégia do inimigo se estabeleça sobre nós,
perdemos oportunidades de crescimento e acima de tudo, perdemos a chance de
viver debaixo de um posicionamento de ousadia e dos grandes milagres e livramentos
que o Senhor já tem preparado para nós. É importante observar as atitudes de
Neemias, diante das situações por ele vividas:
 Neemias 1:4 – Identificação com as necessidades: Intercessão e
ousadia;

 Neemias 4:8-9 – Armas contra a oposição: oração e jejum;

 Neemias 6:15 – Desafios: realizar o impossível;

 Marcos 16:15 – Restauração das portas: alcançando aqueles que


não conhecem a Jesus;

 Restauração dos muros: resgatando os feridos pela religiosidade;

 Visão do Corpo: organização e preservação da visão.

Fazer 1. Ora, quando Sambalate ouviu que edificávamos o muro, ardeu em ira,
renascer indignou-se muito e escarneceu dos judeus; 2. e falou na presença de seus
RECONSTRUIR

das irmãos e do exército de Samaria, dizendo: Que fazem estes fracos judeus?
cinzas Fortificar-se-ão? Oferecerão sacrifícios? Acabarão a obra num só dia?
Vivificarão dos montões de pó as pedras que foram queimadas? (Neemias 4:1 e
2)

5
Visão Manancial a dois

Colocar 24. Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as põe em prática, será
uma comparado a um homem prudente, que edificou a casa sobre a rocha. 25. E
base desceu a chuva, correram as torrentes, sopraram os ventos, e bateram com

FUNDAMENTAR
sólida ímpeto contra aquela casa; contudo não caiu, porque estava fundada sobre a
rocha. 26. Mas todo aquele que ouve estas minhas palavras, e não as põe em
prática, será comparado a um homem insensato, que edificou a sua casa sobre
a areia. 27. E desceu a chuva, correram as torrentes, sopraram os ventos, e
bateram com ímpeto contra aquela casa, e ela caiu; e grande foi a sua queda.
(Mateus 7:24-27)
Restituição 21. Não temas, ó terra; regozija-te e alegra-te, porque o Senhor tem feito
de grandes coisas. 22. Não temais, animais do campo; porque os pastos do
tudo deserto já reverdecem, porque a árvore dá o seu fruto, e a vide e a figueira dão a
que sua força. 23. Alegrai-vos, pois, filhos de Sião, e regozijai-vos no Senhor vosso
foi Deus; porque ele vos dá em justa medida a chuva temporã, e faz descer
roubado abundante chuva, a temporã e a serôdia, como dantes. 24. E as eiras se
RESTAURAR

encherão de trigo, e os lagares trasbordarão de mosto e de azeite. 25. Assim


vos restituirei os anos que foram consumidos pela locusta voadora, a
devoradora, a destruidora e a cortadora, o meu grande exército que enviei
contra vós. 26. Comereis abundantemente e vos fartareis, e louvareis o nome do
Senhor vosso Deus, que procedeu para convosco maravilhosamente; e o meu
povo nunca será envergonhado. 27. Vós, pois, sabereis que eu estou no meio de
Israel, e que eu sou o Senhor vosso Deus, e que não há outro; e o meu povo
nunca mais será envergonhado. (Joel 2:21-27)
Viver 1. Rogo-vos pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos
TRANSFORMAR

uma corpos como um sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto
grande racional. 2. E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela
renovação renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e
perfeita vontade de Deus. (Romanos 12:1 e 2)

“Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim,


eu vo-lo teria dito; vou preparar-vos lugar.” João 14:12

♥ Posicionamento
Posicionamento é ocupar uma posição diferenciada, é ter postura, ter atitudes
que vão produzir transformação, Restauração e bons resultados. Para uma novidade
de vida exige 6 atitudes fundamentais:

6
Visão Manancial a dois

1. Querer ser curado


É necessário estar disposto a morrer para velha vida, e ser transformado.
“Jesus, vendo-o deitado e sabendo que estava assim há muito tempo, perguntou-lhe:
Queres ser curado? Respondeu-lhe o enfermo: Senhor, não tenho ninguém que me ponha
no tanque, quando a água é agitada; pois, enquanto eu vou, desce outro antes de mim.
Então, lhe disse Jesus: Levanta-te, toma o teu leito e anda.” João 5:6-8

2. Se ver curado
É necessário tomar atitudes de alguém já curado, se esforçar e não persistir
nas atitudes do velho homem. Fazer como Neemias, chorar, orar, jejuar e ir à luta,
conhecer a vontade de Deus e executá-la, porque, se temos o corpo e alma curados, o
espírito está em aliança com Deus. “17. Ora, o mundo passa, e a sua concupiscência;
mas aquele que faz a vontade de Deus, permanece para sempre.” 1 João 2:17

3. Obedecer a Deus
Porque “O” amamos incondicionalmente, “O” obedecemos com alegria e
desprendimento. “Deleita-te no SENHOR, e Ele satisfará os desejos do teu coração.
Entrega o teu caminho ao SENHOR, confia nele, e o mais Ele fará.” Salmos 37:4 e 5

4. Perdoar
Transformação depende do arrependimento consciente dos erros existentes.
Neemias arrependeu-se pelo povo, clamou a Deus e pediu perdão. “e disse: Ó Senhor,
Deus do céu, Deus grande e temível, que guardas o pacto e usas de misericórdia para
com aqueles que te amam e guardam os teus mandamentos: Estejam atentos os teus
ouvidos e abertos os teus olhos, para ouvires a oração do teu servo, que eu hoje faço
perante ti, dia e noite, pelos filhos de Israel, teus servos, confessando eu os pecados dos
filhos de Israel, que temos cometido contra ti; sim, eu e a casa de meu pai pecamos; na
verdade temos procedido perversamente contra ti, e não temos guardado os
mandamentos, nem os estatutos, nem os juízos, que ordenaste a teu servo Moisés.
Lembra-te, pois, da palavra que ordenaste a teu servo Moisés, dizendo: Se vós
transgredirdes, eu vos espalharei por entre os povos.” Neemias 1:5-8

7
Visão Manancial a dois

5. Querer viver como um homem espiritual


Ter desprendimento, disposição e posicionamento. Buscar preparar-se para um
novo tempo. “Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque
para ele são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem
espiritualmente. Mas o que é espiritual discerne bem tudo, enquanto ele por ninguém
é discernido.” 1Coríntios 2:14 e 15

6. Conhecer a vontade de Deus para você e para o casamento


Saber qual o papel e atitude de cada um segundo a Verdade da palavra de
Deus.

“Por isso deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á à sua
mulher, e serão os dois uma só carne; assim já não são mais dois,
mas uma só carne.” Marcos.10:7 e 8

“O marido pague à mulher o que lhe é devido, e do mesmo modo a


mulher ao marido. mas quem é casado cuida das coisas do mundo,
em como há de agradar a sua mulher, e está dividido. A mulher não
casada e a virgem cuidam das coisas do Senhor para serem santas,
tanto no corpo como no espírito; a casada, porém, cuida das coisas
do mundo, em como há de agradar ao marido.” 1 Coríntios 7:3, 33,
34

“Pelo que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já


passaram; eis que tudo se fez novo. Mas todas as coisas provêm de Deus,
que nos reconciliou consigo mesmo por Cristo, e nos confiou o ministério
da reconciliação; pois que Deus estava em Cristo reconciliando
consigo o mundo, não imputando aos homens as suas
transgressões; e nos encarregou da palavra da
Renovamo-nos quando reconciliação. Portanto, se alguém está em Cristo, é
somos curados e por meio nova criação; as coisas antigas já passaram, eis
da cura, somos que tudo se fez novo! Tudo isso provém de Deus,
transformados, vivendo a
partir daí a novidade de que nos reconciliou consigo mesmo por intermédio
vida em Jesus Cristo. de Cristo e nos outorgou o ministério da
reconciliação. Pois Deus estava em Cristo
reconciliando consigo mesmo o mundo, não levando

8
Visão Manancial a dois

em conta as transgressões dos seres humanos, e nos encarregou da


mensagem da reconciliação.” 2 Coríntios 5:17-19

9
Perdão, a chave para um
casamento abençoado

CAPÍTULO 02 | PERDÃO, A CHAVE PARA UM


CASAMENTO ABENÇOADO

TEXTO BASE: Mateus 18:23-35 e Lucas 7:47.

Confissão

“Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos


perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.” 1 João 1:9
“Que os teus ouvidos estejam atentos e os teus olhos contemplem
as palavras desta oração que o teu servo está apresentando diante
de ti, dia e noite, em favor de teus servos, o povo de Israel. Sim,
confesso os pecados que nós, os israelitas em geral, temos
cometido contra a tua pessoa. De fato, eu e o meu povo temos
errado sobremaneira.” Neemias 1:6

“Então os escribas e fariseus trouxeram-lhe uma mulher apanhada


em adultério; e pondo-a no meio, disseram-lhe: Mestre, esta mulher
foi apanhada em flagrante adultério. Ora, Moisés nos ordena na lei
que as tais sejam apedrejadas. Tu, pois, que dizes? Isto diziam eles,
tentando-o, para terem de que o acusar. Jesus, porém, inclinando-
se, começou a escrever no chão com o dedo. Mas, como insistissem
em perguntar-lhe, ergueu-se e disse- lhes: Aquele dentre vós que
está sem pecado seja o primeiro que lhe atire uma pedra. E,
tornando a inclinar-se, escrevia na terra. Quando ouviram isto foram
saindo um a um, a começar pelos mais velhos, até os últimos; ficou
só Jesus, e a mulher ali em pé. Então, erguendo-se Jesus e não
vendo a ninguém senão a mulher, perguntou-lhe: Mulher, onde estão
aqueles teus acusadores? Ninguém te condenou? Respondeu ela:
Ninguém, Senhor. E disse-lhe Jesus: Nem eu te condeno; vai-te, e
não peques mais.” João 8:3-11

Assim como o perdão de Deus para o homem é no plano da Redenção, a


disciplina do perdão deve estar bem no centro de nosso viver cristão.

10
Perdão, a chave para um
casamento abençoado

O que é perdão?

Perdoar significa conceder a remissão de qualquer ofensa ou dívida, gerada por


falta ou transgressão e desistir de qualquer reivindicação, ou seja, liberar o ofensor de
qualquer obrigação proveniente de sua falta. Obs.: Não confunda perdão com anistia.

♥ Consequências da falta de perdão

Seguir na direção contrária do plano e da vontade de Deus, fatalmente, nos leva


a um caminho de derrota e destruição. Com o perdão não é diferente. A Palavra nos
mostra que a falta de perdão nos mantém em escravidão, sob jugo do inimigo. Se o
perdão revela a presença do Espírito Santo em nós, a falta deste abre uma grande
brecha para satanás operar. Consequências:
 Somos entregues aos atormentadores (Mateus 18:34);

 Os nossos relacionamentos não prosperam;

 Demônios são habilitados;

 Há contenda e discórdia entre os cônjuges;

 Formação de fortalezas demoníacas;

 A amargura (Hebreus 12:15).

O efeito final da amargura é que muitos serão "contaminados" e se permitirmos


que se enraíze, ela certamente:
 Nos destruirá, muitas vezes se manifestando em doenças físicas e emocionais;

 Atingirá outras pessoas;

 Dará à luz outros pecados;

 Endurecerá e esfriará o nosso coração;

11
Perdão, a chave para um
casamento abençoado

 Esmagará o amor e frequentemente o matará;

 Bloqueará nossa comunhão com Deus;

 Retardarão as promessas de Deus em nossas vidas (Mateus 5:22-26);

 Bloqueará o nosso próprio perdão (Mateus 6:14 e 15).

♥ Como liberar o perdão?

 Se nós ofendemos - devemos iniciar o processo de perdão;

 Se nós fomos os ofendidos - também devemos iniciá-lo.

O justificar-se apenas perpetua o pecado e mantém a separação entre as duas


pessoas. Geralmente julgamos as outras pessoas pelas ações, mas nós mesmos
pelas intenções. Enquanto queremos julgamento para os outros, desejamos
misericórdia para nós. Devemos seguir os padrões bíblicos
para o perdão.
Não há limites para
O arrependimento de nosso cônjuge, ou de qualquer o número de vezes
outra pessoa, não é necessário para que haja o perdão. que devemos
Perdoar libera o ofensor para que ele se arrependa. Tanto o perdoar.
Senhor Jesus (Lucas 23:34), como Estevão (Atos 7:60),
perdoaram seus executores enquanto estavam sendo
mortos, mesmo quando não havia nenhum sinal de arrependimento por parte
daqueles; “Respondeu-lhe Jesus: Não te digo que até sete; mas até setenta vezes sete”
Mateus 18:22
O amor não mantém o registro de erros, mas cobre multidão de pecados (1
Pedro 4:8) e é paciente” 1 Coríntios 13:4. Se o seu cônjuge estiver repetindo o mesmo
pecado perdoe-o como Deus perdoa (Isaías 43:25). O Senhor não se lembra de um
pecado perdoado. Quando perdoamos de verdade não relembramos os pecados
passados. Esquecer significa não ficar pensando no assunto. Cada nova mágoa é
como se nunca tivesse acontecido antes. Nunca mencione novamente uma mágoa
que já havia sido perdoada, não levante defuntos da cova!
12
Perdão, a chave para um
casamento abençoado

Muitos erram por não entender que o perdão é um ato da vontade e não um
sentimento. Precisamos decidir perdoar e os nossos sentimentos seguirão essa
decisão. Devemos fazer com que nossa vontade concorde com a vontade de Deus e
procurarmos ser orientados pelo Espírito Santo. Somente por meio do coração
amoroso e compassivo d'Ele seremos capazes de perdoar aos nossos devedores, pois
os veremos como Ele os vê. Nossos sentimentos de dor e raiva serão sobrepujados
pelo grande amor de Deus por aqueles que nos feriram.

LEMBRE-SE:

Segundo a Palavra de Deus em Provérbios 17:9 não devemos


falar aos outros a respeito da mágoa que sofremos. Muitas vezes isso
acontece nas situações em que se compartilha o acontecido, somente
para obter simpatia e compreensão dos outros, expondo o cônjuge e a
situação, permitindo que outros interfiram; Deus não categoriza os
pecados como grandes e pequenos. Não podemos justificar o nosso
pequeno pecado de justiça própria, por causa do grande pecado de
nosso cônjuge. Para Deus pecado é pecado (“Porque todos pecaram e
destituídos estão da glória de Deus;” Romanos 3:23). Quando
caminhamos em julgamento, frequentemente, nos tornamos iguais
àqueles a quem julgamos. Devemos examinar a nós mesmos e não o
nosso cônjuge (Não julgueis, e não sereis julgados; não condeneis, e
não sereis condenados; perdoai, e sereis perdoados. Lucas 6:37).
“Muitos justificam sua falta de posicionamento por sua
‘incapacidade” de perdoar “Por mais que eu tente não consigo esquecer
o que ele me fez...” Quando se diz “não posso perdoar” na verdade isso
significa "não quero perdoar”. Isso não é possível pela capacidade
humana, mas somente por meio do poder de Deus, pois n'Ele não há
obstáculos para o perdão. Somente com Sua natureza habitando em
nós seremos capazes de perdoar e confiar novamente.

♥ Perdoar a si mesmo

“E o segundo, semelhante a este, é: Amarás ao teu próximo


como a ti mesmo.” Mateus 22:39

13
Perdão, a chave para um
casamento abençoado

Você precisa entender que Deus te ama e te liberta do espírito de acusação:


“Mas Deus dá prova do seu amor para conosco, em que,
quando éramos ainda pecadores, Cristo morreu por nós. Logo
muito mais, sendo agora justificados pelo seu sangue,
seremos por ele salvos da ira.” Romanos 5:8-9

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu


Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça,
mas tenha a vida eterna.” João 3:16

Obs.: Somente quem recebe a justiça de Deus pela graça tem a capacidade de
perdoar o cônjuge. Ele nos amou para sempre e precisamos entender que somos
curados e perdoados por Deus.
“Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e
esmagado por causa das nossas iniquidades; o castigo que
nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos
sarados.” Isaías 53:5

E pela sua promessa, é preciso tomar posse da vida vitoriosa que ELE nos deu,
mesmo pecadores, por amor a nós.
“Levando ele mesmo os nossos pecados em seu corpo
sobre o madeiro, para que mortos para os pecados,
pudéssemos viver para a justiça; e pelas suas feridas fostes
sarados. 25. Porque éreis desgarrados, como ovelhas; mas
agora tendes voltado ao Pastor e Bispo das vossas almas.”
(1 Pedro 2:24-25)
“Antes sede bondosos uns para com os outros,
compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também
Deus vos perdoou em Cristo.” Efésios 4:32.

14
Aliança

CAPÍTULO 03 | ALIANÇA

“1. Depois destas coisas veio a palavra do Senhor a Abrão numa


visão, dizendo: Não temas, Abrão; eu sou o teu escudo, o teu
galardão será grandíssimo. 2. Então disse Abrão: Ó Senhor Deus,
que me darás, visto que morro sem filhos, e o herdeiro de minha
casa é o damasceno Eliézer? 3. Disse mais Abrão: A mim não me
tens dado filhos; eis que um nascido na minha casa será o meu
herdeiro. 4. Ao que lhe veio a palavra do Senhor, dizendo: Este não
será o teu herdeiro; mas aquele que sair das tuas entranhas, esse
será o teu herdeiro. 5. Então o levou para fora, e disse: Olha agora
para o céu, e conta as estrelas, se as podes contar; e acrescentou-
lhe: Assim será a tua descendência. 6. E creu Abrão no Senhor, e o
Senhor imputou-lhe isto como justiça. 7. Disse-lhe mais: Eu sou o
Senhor, que te tirei de Ur dos caldeus, para te dar esta terra em
herança. 8. Ao que lhe perguntou Abrão: Ó Senhor Deus, como
saberei que hei de herdá-la? 9. Respondeu-lhe: Toma-me uma
novilha de três anos, uma cabra de três anos, um carneiro de três
anos, uma rola e um pombinho. 10. Ele, pois, lhe trouxe todos estes
animais, partiu-os pelo meio, e pôs cada parte deles em frente da
outra; mas as aves não partiram. 11. E as aves de rapina desciam
sobre os cadáveres; Abrão, porém, as enxotava. 18. Naquele
mesmo dia fez o Senhor um pacto com Abrão, dizendo: Â tua
descendência tenho dado esta terra, desde o rio do Egito até o
grande rio Eufrates;” (Genesis 5:1-11,18)

“E por isso é mediador de um novo pacto, para que, intervindo a


morte para remissão das transgressões cometidas debaixo do
primeiro pacto, os chamados recebam a promessa da herança
eterna.” Hebreus 9:15

O que significa aliança?

De acordo com o dicionário MICHAELIS:


1. Pacto contraído por mútuo acordo, para determinado fim comum; Aliagem.
2. Resultado dessa associação.

15
Aliança

3. Pacto de amizade celebrado entre estados ou povos.


4. Fusão ou união de coisas diferentes.
5. Ligação pelo matrimônio.
6. Liga de metais.
7. Anel usado como símbolo de noivado ou casamento.
8. REL No Velho Testamento, os pactos que Deus firmou com os homens.

Vivemos dias em que a marca dos relacionamentos é a superficialidade, sejam


nas relações comerciais, familiares ou conjugais. O homem tem uma grande
dificuldade de mergulhar fundo, ou seja, comprometer-se integralmente e assumir
todas as responsabilidades que envolvem uma aliança.
No contrato você pode quebra-lo quando alega sair do acordo pré-determinado,
já na aliança, ela se tona inquebrável, pois o seu acordo não é restrito, mas
independente de qualquer circunstância.
Há uma diferença significativa entre um contrato e uma aliança, já que no
primeiro as responsabilidades são limitadas, enquanto que na segunda elas são
ilimitadas.

Viver um compromisso de aliança significa:


1. Lealdade até a morte – não importam as circunstâncias, os problemas ou as
dificuldades, vamos até o fim, até as últimas consequências;

2. Vida individual não é mais prioridade – abre-se mão de valores individuais para
compartilhar sentimentos e objetivos.

Ainda:

 É saber perder algo se necessário para que o outro ganhe. Gênesis 2: 21 e 22.
“21 Então o Senhor Deus fez cair um sono pesado sobre Adão, e este adormeceu;
e tomou uma das suas costelas, e cerrou a carne em seu lugar; 22 E da costela
que o Senhor Deus tomou do homem, formou uma mulher, e trouxe-a a Adão.”

16
Aliança

 Não há uma disputa, mas há uma cumplicidade! (no final a aliança ganha) –
Deus deu ao homem da sua essência, não uma macaca, uma leoa ou uma ursa,
e pra isso foi necessário que Adão “perdesse” a costela;

 É ter convicção que mais do que as características pessoais é o amor de Deus


que nos une (amor Ágape). Vers. 24;
As características pessoais podem sofrer uma variação (mudanças reais ou por
meio de confusões da mente), mas o amor de Deus não muda. Tiago 1:17. “Toda a boa
dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há
mudança nem sombra de variação.”

 É saber que a aliança de Deus não é só para tirar a solidão, mas é para ter
alguém “idôneo”. Vers. 18.
Ser idôneo é ter um sentimento limpo, sem interesses momentâneos, mas com
um amor verdadeiro daquele que é presente em todas as circunstâncias, aquele que é
um com outro.

 É aprender a descansar no Senhor para que Ele cuide do outro e o transforme.


Vers. 21 e 22.
Precisamos crer que a transformação que desejamos e não alcançamos em
nosso cônjuge mediante nossos insistentes pedidos, Deus pode fazer por meio da
nossa perseverança em oração e súplica.
O meu descanso em Deus não significa o abandono da aliança, mas a
confiança em Deus e em Suas promessas.

 É não ter vergonha das deficiências do outro. Vers. 25.


A aliança quebra as minhas inseguranças e o sentimento covarde de críticas ao
cônjuge.

17
Aliança

ABRAÃO – Referencial de fidelidade a uma aliança

♥ O casamento como uma aliança

A palavra de Deus nos mostra claramente que a vontade original


dEle é que o homem e a mulher estivessem unidos numa aliança
que chamamos casamento – “Por isso deixa o homem pai e mãe, e
se une a sua mulher, tornando-se os dois uma só carne.” - Gênesis
2:24

 Obstáculos ao desenvolvimento desse processo:


“E cresceram os meninos, e Esaú foi homem perito na caça, homem
do campo; mas Jacó era homem simples, habitando em tendas. E
amava Isaque a Esaú, porque a caça era de seu gosto, mas Rebeca
amava a Jacó.” Gênesis 25:27 e 28

Nós temos que entender que cada pessoa tem um histórico de vida e
particularidades. Deus não fez para Adão um outro Adão. A riqueza de um
relacionamento está nas diferenças. Mesmo Isaque sendo diferente de Rebeca,
quanto as suas preferências, isso não desgastava a aliança. Isto é maturidade de
relacionamento.

Cultura – Devemos considerar que ambos vem de ambientes distintos com uma
educação diferenciadas, referenciais e parâmetros diferentes que podem gerar
conflitos;

Opiniões – Somos seres criados por Deus providos de inteligência, gostos, habilidades
e conceitos que são muito pessoais e próprios em cada indivíduo;

Personalidade – Nosso caráter e personalidade são formados com base no ambiente


onde fomos gerados, desenvolvidos; o que difere de pessoa para pessoa. Essas
características que vão definir a personalidade que cada indivíduo traz, muitas vezes,
a intolerância e a incompreensão, é o que dificulta e muito o relacionamento a dois;

18
Aliança

Temperamentos – Uns são mais calmos e sensíveis, outros mais barulhentos e


alegres, outros passivos e tem ainda os que são mais
duros e nervosos;
“Nossa aliança deve
Família – Na sua sabedoria Deus já estabeleceu que o sempre ser maior que
as nossas diferenças”.
Homem deixasse pai e mãe, ou seja, o cordão umbilical Dr. Marcos Antonio
precisa ser cortado pois não se pode estabelecer uma
aliança no casamento tendo a interferência e a ingerência
dos familiares. Muitos casamentos têm sido destruídos pela falta
desse posicionamento tanto por parte dos homens como das mulheres;
Nosso coração deve ser condicionado a não andar pelas circunstâncias, mas pela
aliança que temos um para com outro.

♥ Componentes de uma aliança

Uma aliança possui basicamente 03 aspectos:


1. As partes envolvidas
2. Os compromissos das partes
3. Os benefícios adquiridos

 As partes envolvidas

Para uma aliança se estabelecer verdadeiramente cada uma das partes deve
assumir e cumprir o papel que lhe cabe, pois de outra forma essa aliança não se
concretizará.

O papel da mulher – Segundo a palavra o papel destinado a


“A submissão não é mulher é o de ajudadora idônea, ou seja, aquela que caminha
peso para nenhuma em cumplicidade com o marido sendo participante com ele
mulher, quando ela é
em todos os momentos, dando-lhe suporte e apoio. Se
amada e respeitada”.
Apª. Virna Valéria estabelecendo como mulher virtuosa e coluna do lar.

19
Aliança

Segundo a palavra de 1 Pedro 3:1 “Semelhantemente, vós, mulheres, sede sujeitas aos
vossos próprios maridos; para que também, se alguns não obedecem à palavra, pelo
porte de suas mulheres sejam ganhos sem palavra;” a submissão deve ser
característica da esposa, no sentido de que ela caminhe debaixo da mesma missão do
marido, e nunca num sentido de subserviência (humilhação) e anulação. A mulher de
Deus potencializa o seu esposo e, mesmo que ele não seja cristão, o seu testemunho
de vida o ganhará para Cristo.
O papel do homem – A responsabilidade do homem é ter Cristo como seu cabeça, de
modo a ser o cabeça de sua esposa e do seu lar, recebendo do Senhor a
direção, o discernimento e a capacidade para governar
bem a sua casa – 1 Coríntios 11:3. Mas quero que
saibais que Cristo é a cabeça de todo o homem, e o “O marido ama a esposa não
porque ela está sempre
homem a cabeça da mulher; e Deus a cabeça de Cristo.
correta, mas porque ele segue a
Além disso, cabe ao homem AMAR sua esposa Cristo, que nos ama em
como Cristo amou a Igreja, dando a sua vida por ela, qualquer circunstância e
situação”.
tratando-a como parte mais frágil que deve ser Apª Virna Valéria
protegida e coberta por esse amor do mesmo modo
que fomos cobertos pelo amor de Cristo – Efésios
5:25. “Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si
mesmo se entregou por ela,”
Quando ocupamos o papel para o qual fomos criados estamos habilitados a
viver a verdadeira aliança e suas consequências.

♥ Os compromissos das partes

“Qual o lírio entre os espinhos, tal é a minha querida entre as


donzelas. Qual a macieira entre as árvores do bosque tal é o meu
amado entre os jovens; desejo muito a sua sombra, e debaixo dela
me assento, e o seu fruto é doce ao meu paladar.” Cantares de
Salomão 2:2 e 3

20
Aliança

Compromisso fundamental numa aliança é a fidelidade. Vemos no texto acima


uma verdade espiritual que, infelizmente, tem se tornado realidade em muitos
casamentos.
A mulher estranha sempre será um espinho que causa dor e mágoas e machuca
profundamente, mas a esposa é a flor perfumada e agradável que traz alegria e
verdadeira satisfação. Por outro lado a única árvore que tem o fruto doce é o marido,
aquele que produz sombra que protege e traz descanso. Qualquer outro será fruto
amargo que traz destruição e ruína.
Completam esses compromissos o compartilhar dos corpos como uma só
carne, pertencendo o corpo da mulher ao marido e vice-versa. Assim como tudo mais
o que possuem, não existindo mais “o meu” ou “o seu” mas “o nosso” – 1 Coríntios 7:3
e 4. “3 O marido pague à mulher a devida benevolência, e da mesma sorte a mulher ao
marido. 4 A mulher não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no o marido; e
também da mesma maneira o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-
no a mulher.”
Esses compromissos são selados com um juramento, portanto assumem um
aspecto de extrema seriedade, se levarmos em conta aquilo que a palavra nos diz em
Eclesiastes 5:4 e 5: “melhor é não votar do que votar e não cumprir”.
Precisamos entender que uma aliança quebrada pelo adultério, além de ser perdoada
deve ser também desligada, pois no mundo espiritual não se faz uma aliança somente
pelo casamento, mas pelo sexo.
O cônjuge precisa se desligar, receber oração com imposição de mãos, para
cancelar o espírito de adultério que vai tentar tomar o parceiro e levá-lo a fazer a
mesma coisa.

♥ Os benefícios da aliança

Deus instituiu o casamento como uma aliança para que fôssemos abençoados,
pois o que Ele deseja para nós “é bom, perfeito e agradável”.
Os benefícios vêm quando Deus está presente e é parte integrante do
casamento. Sem Deus o casamento é apenas uma aliança entre duas pessoas, sendo
Ele apenas testemunha e não um parceiro ativo.

21
Aliança

“E, se alguém prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; e o


cordão de três dobras não se quebra tão depressa.” Eclesiastes 4:12

O casamento instituído por Deus, é o casamento onde Deus é participante. O


diabo quer que o homem se isole de Deus, e ele assim possa ocupar esse lugar e
trazer roubo, morte e destruição. Mas hoje, Deus estabelece uma aliança com você e
seu cônjuge, quebrando os vínculos com o passado trazendo uma grande colheita
para o teu casamento.
A intervenção de Deus nessa aliança traz para o casal:
 Prosperidade
 Satisfação
 Felicidade
 Realização
 Conquistas
 Amor verdadeiro

“1 E havia fome na terra, além da primeira fome, que foi nos dias de
Abraão; por isso foi Isaque a Abimeleque, rei dos filisteus, em Gerar.
2 E apareceu-lhe o Senhor, e disse: Não desças ao Egito; habita na
terra que eu te disser; 11 E mandou Abimeleque a todo o povo,
dizendo: Qualquer que tocar neste homem ou em sua mulher,
certamente morrerá. 12 E semeou Isaque naquela mesma terra, e
colheu naquele mesmo ano cem medidas, porque o Senhor o
abençoava.” Gênesis 26:1,2,11 e 12.

A habilitação que estava sobre a vida de Isaque, encontrava também em


Rebeca esta mesma porção, e por isso a colheita de cem por um era possível, como
plenitude do que Deus tinha.
Se a minha vida traz uma brecha para o diabo, a minha família inteira sofre as
consequências. Colher vitórias ou derrotas está no poder da aliança. O que você
escolhe?

22
Aliança

Conclusão

Deus estabeleceu uma aliança com homem. A parte dEle foi cumprida na cruz
do Calvário por meio da morte de Seu Filho Jesus. A parte do homem é aceitar este
sacrifício, recebendo e confessando Cristo como seu único Senhor e Salvador.
O benefício desta aliança é a garantia da vida eterna com o Senhor e uma vida
abundante aqui na terra.

ORAÇÃO:
Senhor, eu recebo a Tua Palavra no meu espírito e hoje eu
declaro que Deus faz parte da minha aliança e do meu casamento, por
isso, eu desligo as minhas alianças passadas que fiz no engano e firmo
esta nova aliança debaixo da cobertura do Centro Apostólico
Manancial com o meu cônjuge e com o Senhor que me trará uma
poderosa colheita a cem por um, em nome de Jesus. Amém, amém e
amém!

23
O verdadeiro amor
jamais acaba

CAPÍTULO 04 | O VERDADEIRO AMOR JAMAIS ACABA

“Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não


tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine. E
ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os
mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira
tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria. E
ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos
pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e
não tivesse amor, nada disso me aproveitaria. O amor é sofredor, é
benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade,
não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os
seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; Não folga com a
injustiça, mas folga com a verdade; Tudo sofre, tudo crê, tudo
espera, tudo suporta. O amor nunca falha; mas havendo profecias,
serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência,
desaparecerá;” 1 Coríntios 13:1 a 8

Amor: afeição profunda de uma pessoa a outra; conjunto de fenômenos


cerebrais e afetivos que constituem o Instinto humano; grande amizade; compaixão e
caridade.
O amor é a essência de Deus, e como uma planta que necessita ser cuidada
diariamente, com zelo e carinho, assim também o amor deve ser cultivado para
florescer com perfume de Cristo e ao seu tempo dar seus frutos, frutos do Espírito
Santo de Deus.
Como nós aprendemos o amor igual ao perdão, não é um sentimento, mas uma
opção. No caso conjugal, nos interessamos pela pessoa, depois gostamos de estar
com a ela, nos apaixonamos e só então vem a decisão de amá-la(o), por este motivo
alguns casais pensam que o amor esfria ou acabou. Não é o amor, mas a paixão que
não foi cultivada ou os problemas, lutas, decepções, brigas que sufocaram esse amor
e fizeram por meio da dor você desistir de querer amar.

24
O verdadeiro amor
jamais acaba

Introdução

1. É paciente - Tiago 5:7b “Eis que o lavrador espera o precioso fruto da terra,
aguardando-o com paciência, até que receba a chuva temporã e serôdia.
2 Timóteo 2:24 E ao servo do Senhor não convém contender, mas sim, ser manso
para com todos, apto para ensinar, sofredor;
Paciência: Perseverança tranquila, virtude de suportar com serenidade.
Espere o tempo certo. Não exija de seu companheiro o que não é tempo de
exigir. Você é a coluna do seu relacionamento, se o seu companheiro demora a
entender é porque você é lento para ensinar. Não exija fora do tempo o que você não
ensinou. O seu companheiro será o que você ensinar, em amor. Não se pode forçar
uma flor a se abrir antes do tempo, mas, é possível impedi-la. Se não somos pacientes,
como alcançaremos as promessas do Senhor em nosso matrimônio?
Quando Abraão já com 75 anos recebeu a promessa de um filho, ele perseverou
por mais 25 anos até o cumprimento da palavra de Deus, e sua descendência foi
abençoada pelo Senhor.
E assim, esperando com paciência, alcançou a promessa.
Hebreus 6:15

2. É benigno. Tito 3:4 “Mas quando apareceu a benignidade e amor de Deus, nosso
Salvador, para com os homens.” Não permita que o mal se aloje no teu coração.
É em tudo ver o bem, extrair as qualidades.

3. Não arde em ciúmes - Cantares 8:6 “Põe-me como selo sobre o teu coração,
como selo sobre o teu braço, porque o amor é forte como a morte, e duro como a
sepultura o ciúme; as suas brasas são brasas de fogo, com veementes labaredas.
A possessividade não significa proteção. O ciúme ardente é um ciúme doentio
que revela o problema que está dentro de uma pessoa, porque essa pessoa carrega
consigo deformações como auto baixa-estima, insegurança, pânico e medo de perder
a pessoa amada.
Por outro lado existe o ciúme saudável, o mesmo que Deus sente para conosco
quando Ele diz que tem ciúme de nós. Este é um ciúme que revela qualidades no

25
O verdadeiro amor
jamais acaba

nosso interior como saudades, desejo de estar sempre perto, paz, alegria ao se
encontrar.
“Ou cuidais vós que em vão diz a Escritura: O Espírito que em nós
habita tem ciúmes?” Tiago 4:5

4. Não se ufana, não se ensoberbece - Provérbios 16:19 Melhor é ser humilde de


espírito com os mansos, do que repartir o despojo com os soberbos.
Habacuque 2:4 Eis que a sua alma está orgulhosa, não é reta nele; mas o justo pela sua
fé viverá.
Orgulhoso; envaidecido; soberbo. Só você sabe das coisas, seu companheiro
não sabe nada? Cuidado ninguém consegue viver achatado a vida inteira. Aprenda a
ouvir, aprenda a aprender.
Se abra para aceitar que você não está errado, mas pode existir várias
maneiras de fazer o que você pensa que só teu jeito é o certo. Você pode descobrir
que a vida não é tão difícil quando deixamos de querer ter razão em tudo.

5. Não se conduz inconvenientemente.


Efésios 5:4 Nem torpezas, nem parvoíces, nem chocarrices, que não convêm; mas antes,
ações de graças.
Seja sóbrio. Há pessoas que “amam” tanto seus companheiros e são tão
íntimos deles que já não precisam mais ser educados. Quando as grosserias passam
a fazer parte do relacionamento, é sinal de que há algo errado no amor.

6. Não procura o seu interesse - Provérbios 18:1 Busca satisfazer seu próprio
desejo aquele que se isola; ele se insurge contra toda sabedoria.
Esta é a abnegação de quem tem o amor do Senhor. O mais importante é o que
o outro precisa. Jesus pensou primeiro na Igreja, e não Nele, por isso se entregou.
Será que somos assim? Quando queremos mais fazer o outro feliz em vez de sermos
felizes encontramos o caminho para um casamento feliz.

26
O verdadeiro amor
jamais acaba

7. Não se exaspera - Efésios 4:32 Antes sede uns para com os outros benignos,
misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou
em Cristo.
Exaltado; irritado; irado. Há pessoas que tem o pavio curto, mas há aqueles que
não têm pavio. Facilmente se irritam, parece que estão sempre prontos com duas
pedras na mão. O amor é sereno, analisa antes da explosão. Se você é assim, então
precisa pedir ao Senhor longanimidade e domínio próprio vigie e quando vê que vai
estourar, respire fundo e peça ajuda ao Espírito Santo para te dar paciência e auto
controle.

8. Não se ressente do mal - Romanos 12:19 Não vos vingueis a vós mesmos,
amados, mas dai lugar à ira, porque está escrito: Minha é a vingança; eu
recompensarei, diz o Senhor.
Não há arquivo do passado. Problema resolvido é problema deletado da
memória. Não joga na cara, mas lança fora o passado. Sempre reage segundo um
conserto e não guarda rancores.

9. Não se alegra com a injustiça, mas com a verdade - Mateus 5:6 Bem-
aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos;
O seu companheiro foi enganado no troco ou passado para trás num negócio, e
você diz: “Bem feito!” Qual é a sua alegria? A injustiça? Quem você defende, seu
companheiro ou um estranho? Ainda tem a questão de você avisar, falar que pode dar
errado ou que não concorda e dá errado e você joga em cima dele(a) o não te ouvir e
fica feliz com o erro. O amor se alegra com a verdade e é ajudador e consolador.

10. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta -


Não há nada melhor para explicar isso
“O amor deve ser do que o que já está dito. Tudo sofre, tudo
aprendido, desenvolvido
e cultivado.” crê, tudo espera, tudo suporta. Quando esse
Dr. Marcos Antonio amor é gerado em nós, não abandonamos o
cônjuge por causa de lutas, falta de dinheiro,
enfermidade, traições, mas pagamos um

27
O verdadeiro amor
jamais acaba

preço de oração e jejum para que o Senhor restaure todas as coisas. Ponto
final.
“E, sobre tudo isto, revesti-vos de amor, que é o vínculo da
perfeição.” Colossenses 3:14

“No amor não há temor, antes o perfeito amor lança fora o temor;
porque o temor tem consigo a pena, e o que teme não é perfeito em
amor.” 1 João 4:18

28
Torna-se uma só carne

CAPÍTULO 05 | TORNA-SE UMA SÓ CARNE

E foi a tarde e a manhã, o dia quarto. E disse Deus: Produzam as


águas abundantemente répteis de alma vivente; e voem as aves
sobre a face da expansão dos céus. E Deus criou as grandes baleias,
e todo o réptil de alma vivente que as águas abundantemente
produziram conforme as suas espécies; e toda a ave de asas
conforme a sua espécie; e viu Deus que era bom. E Deus os
abençoou, dizendo: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei as águas
nos mares; e as aves se multipliquem na terra. E foi a tarde e a
manhã, o dia quinto. E disse Deus: Produza a terra alma vivente
conforme a sua espécie; gado, e répteis e feras da terra conforme a
sua espécie; e assim foi. E fez Deus as feras da terra conforme a
sua espécie, e o gado conforme a sua espécie, e todo o réptil da
terra conforme a sua espécie; e viu Deus que era bom. Gênesis
1:19-25

1. Quando se fala em vida sentimental e conjugal, podemos observar que alguns


conceitos distorcidos vêm à tona.

É comum ouvirmos as pessoas falarem a respeito de “encontrar sua alma


gêmea...”,“encontrar sua cara-metade...”, “encontrar a tampa para sua panela...”, “todo pé
cansado encontra um chinelo velho...”, o que transparece a idéia de que somos seres
criados em parte, que precisam encontrar num companheiro ou companheira, a parte
que lhes falta.
A maioria das pessoas hoje vivem em busca do “par perfeito”, mas a verdade é
que Deus criou a união homem e mulher, para que por meio deste relacionamento um
pudesse aperfeiçoar o outro continuamente.
Ao contrário do que muitos imaginam, Adão não foi criado por Deus de maneira
incompleta, como se algo estivesse faltando, mas de forma plena, conforme lemos
em Gênesis 1:27: “Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o
criou...”. Assim como Deus é pleno em Sua existência, Pai, Filho e Espírito Santo, o
homem também o é, corpo, alma e espírito.

29
Torna-se uma só carne

A Palavra nos revela que Deus removeu uma costela de Adão e formou a
mulher que ele chamou de Eva, Gênesis 2:21,22 21 Então o Senhor Deus fez cair um
sono pesado sobre Adão, e este adormeceu; e tomou uma das suas costelas, e cerrou a
carne em seu lugar; 22 E da costela que o Senhor Deus tomou do homem, formou uma
mulher, e trouxe-a a Adão. e 3:20 E chamou Adão o nome de sua mulher Eva; porquanto
era a mãe de todos os viventes. A palavra no original hebraico para costela significa
“câmara”, indicando capacidade, ou seja, Adão e Eva foram criados para serem
complementares e para completarem um ao outro.
Pense: Adão e Eva tinham a natureza de Deus; amar e dar-se um ao outro. Aos dois
que se tornaram um, Deus chamou de Adão: “... homem e mulher os criou, e os
abençoou, e lhes chamou pelo nome de Adão, no dia em que foram criados.” – Gênesis
5:2. É maravilhoso observarmos que na verdade os dois eram Adão, ou seja, Adão e
Eva eram uma só carne, consequência da aliança que possuíam entre si e o Senhor.
Cada um foi criado para satisfazer e completar o outro. Gênesis 2:18 diz que
Eva era para ser uma auxiliadora ou ajudadora idônea para Adão. A palavra hebraica
para ajudadora vem da raiz que significa “circundar”, que nos dá uma ideia mais clara
daquilo que vem a ser o papel da mulher: estar à volta do homem para ajudá-lo em
sua missão.
O resultado de duas pessoas se dando ativamente um ao outro, preferindo um
ao outro totalmente, é a “uma-só-carne” que Deus havia planejado. O resultado disso é
inteireza. É importante salientarmos que não são duas metades se somando para
completar um inteiro, mas dois inteiros que se unem em sinergia, ou seja, o total é
maior que a soma das partes. Eles se fortaleciam um ao outro e criavam uma unidade
mais forte do que cada um deles individualmente. Cada um tinha qualidades e
atributos singulares que aumentavam a unidade dos dois.
Unir-se é um posicionamento ativo e intencional que significa “aderir, grudar, ser
ajuntado, alcançar por perseguição”, por isso “deixa o homem pai e mãe e se une a sua
mulher, tornando-se os dois uma só carne.” – Gênesis 2:24 Portanto deixará o homem o
seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne.
A unidade era a mesma que Adão possuía sozinho, mas pelo projeto de Deus, o
poder e a habilidade deles combinados era maior. Levíticos 26:8 Cinco de vós
perseguirão a um cento deles, e cem de vós perseguirão a dez mil; e os vossos inimigos
cairão à espada diante de vós.
30
Torna-se uma só carne

 Sozinho – Deus ordenara que Adão apenas cultivasse e guardasse o jardim.


Gênesis 2:15. E tomou o Senhor Deus o homem, e o pôs no jardim do Éden para o
lavrar e o guardar.

 Juntos – Adão e Eva deveriam encher a terra, subjugá-la e dominar sobre todos
os seres viventes Gênesis 1:28 E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai
e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar e
sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra.

2. Uma nova dimensão espiritual para o casamento:

Unidos numa Aliança - O bem dos dois devem ser considerados acima dos
desejos egoístas e individuais.
Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade;
cada um considere os outros superiores a si mesmo. Filipenses
2:3 e 4

Não atente cada um para o que é propriamente seu, mas cada qual também para o
que é dos outros. A palavra de Gênesis 2:25: “Ora, um e outro, o homem e sua mulher,
estavam nus, e não se envergonhavam”, nos revela o plano de Deus e o potencial para
as nossas vidas como marido e mulher vivendo em uma só carne. Então:

 Eles estão casados, o homem e sua esposa, unidos numa aliança;

 “Um e outro” indicam a igualdade diante de Deus – “Dessarte não pode haver
judeu nem grego; nem escravo nem liberto; nem homem nem mulher; porque
todos vós sois um em Cristo Jesus – Gálatas 3:28 Nisto não há judeu nem grego;
não há servo nem livre; não há macho nem fêmea; porque todos vós sois um em
Cristo Jesus.
Muitos casais são roubados porque se estabelece uma verdadeira competição
entre os dois, e aí o sucesso e o crescimento do outro incomoda. Não entendem que
se os dois são verdadeiramente uma só carne, o crescimento, o potencializar e o
investir no outro representa o seu próprio crescimento;

31
Torna-se uma só carne

 Nenhuma vergonha ou trevas (pecado) haviam entre eles. Devemos nos


imaginar totalmente despidos em todos os sentidos – física, emocional e
espiritualmente – junto ao nosso cônjuge, sem nenhuma vergonha, sem
nenhuma barreira ou confusão. Muitas situações poderiam ser evitadas se
houvesse entre os casais a liberdade de confessar suas limitações, suas
insatisfações e principalmente suas fraquezas, pois a Palavra nos revela que há
um processo de “gestação” do pecado, que se abortado logo de início, evita
consequências mais graves;
Ex: Um marido confessou para sua mulher que havia em seu trabalho uma
moça que mexeu com ele, os dois orarão juntos. Repreenderão toda seta, todo dardo
e toda investida do diabo em suas vidas, de separá-los, esfriá-los e depois disso o
marido não mais sentiu nada, pois foi blindado pela confiança.

 “Transparentes” no corpo, alma e espírito, livres para sermos nós mesmos, sem
hipocrisia ou fingimento. Não podemos viver como atores, interpretando uma
personagem, trajando vestes que nos descaracterizam e não nos permitem ser
nós mesmos no relacionamento.
Uma coisa é fazer ou procurar fazer aquilo que muitas vezes não gosta ou não
é sua característica para fazer o outro feliz.
Ex: Ser mais carinhoso, mais presente, dar atenção, liberar mais palavras de
afirmação, etc
Esse é o plano de Deus para os nossos casamentos também. Hoje é dia de
recebermos a cura do Senhor para os nossos relacionamentos, e vivermos na
plenitude daquilo que é a vontade de Deus para nós e para o nosso cônjuge!

3. Unidade total – corpo, alma e espírito

Como já vimos anteriormente, fomos criados à semelhança de Deus numa


trindade, ou seja, o homem é corpo, alma e espírito, 1 Tessalonicenses 5:23 E o mesmo
Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam
plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.
Adão e Eva tinham unidade total nestas três partes, e o nosso alvo é também esta
unidade total.
32
Torna-se uma só carne

 Espírito
Tanto Adão como Eva foram criados à imagem de Deus, portanto, eles tinham
o Espírito de Deus. Como membros do Corpo de Cristo, somos automaticamente um
no Espírito. Este é o grande diferencial num casamento, pois é o elo que estabelece a
presença e a interferência de Deus na relação.
Por outro lado quando um ou ambos os cônjuges não tem o Senhor o vínculo
acontece somente em nível do corpo e da alma, ou seja, no plano afetivo e sexual, o
que configura a perda do principal elo que poderia existir entre o casal: o cordão de
três dobras, Eclesiastes 4:12 E, se alguém prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; e
o cordão de três dobras não se quebra tão depressa.
que consiste na liga do próprio Senhor com ambos.

 Alma (intelecto, emoções, vontade)


Esta é certamente a unidade mais difícil de se alcançar, visto que envolve
muitas vezes o abrir mão de valores pessoais, conceitos e referenciais arraigados
profundamente.
O objetivo principal neste aspecto é que os cônjuges possam viver debaixo dos
mesmos objetivos e ideais, tendo sentimentos voltados
sempre ao compartilhar e não ao dividir. O egoísmo e o
egocentrismo têm destruído muitos lares. O respeito é a palavra
chave para que um
O respeito é a palavra chave para que um
relacionamento possa se
relacionamento possa se estabelecer de forma sadia e
estabelecer de forma sadia
equilibrada. Assim como o Senhor nos respeita, não e equilibrada.
invadindo, violando ou desprezando os nossos
sentimentos, nós também devemos respeitar nossos
cônjuges.
Sempre devemos buscar sermos curados dos nossos traumas, dores e perdas do
passado, pois uma alma curada será uma alma livre para viver o melhor de um
relacionamento.

 Corpo (carne)
Este é o aspecto mais fácil de compreendermos dentro do processo de nos
tornarmos uma só carne com nossos cônjuges. O sexo foi criado por Deus para ser
33
Torna-se uma só carne

uma grande benção na vida do ser humano. Desde que praticado debaixo da
cobertura que a aliança do casamento traz para as nossas vidas.
Mesmo dentro do casamento existem parâmetros estabelecidos por Deus para
que a prática sexual se mantenha dentro daquilo que é a vontade perfeita do Senhor.
Uma vida sexual saudável reflete em todas as áreas de nossas vidas, assim como os
problemas nesta área trazem grande dificuldade de entendimento ao casal, mas isso
falaremos em outra aula.
Segundo a palavra de 2 Coríntios 7:4 e 5 Grande é a ousadia da minha fala para
convosco, e grande a minha jactância a respeito de vós; estou cheio de consolação;
transbordo de gozo em todas as nossas tribulações.
Porque, mesmo quando chegamos à macedônia, a nossa carne não teve
repouso algum; antes em tudo fomos atribulados: por fora combates, temores por
dentro. nossos corpos não nos pertencem, mas aos nossos cônjuges. Assim,
precisamos denunciar deformações, tais como a recusa e a abstinência, que vem até
mesmo como herança familiar, e que abrem brechas para o inimigo atuar.

sexo saudável + sentimentos curados + aliança no espírito =


FELICIDADE

Conclusão

Só em Cristo podemos receber tudo o que Deus tem para o casamento, porque
Ele é o único que comprou de volta aquilo que foi perdido por meio de Adão e Eva.
Sem Jesus, o casamento não passa de uma imitação daquilo que Deus deseja, pois
nascemos com naturezas egoístas e egocêntricas. É por isso que precisamos nascer
de novo.
Jesus veio para redimir a humanidade e restaurar o relacionamento original
com Deus que Adão havia perdido. Ele redimiu o que foi perdido na queda, e segundo
Gálatas 3:13 Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós;
porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro; nos resgatou da
maldição da lei. As maldições para o casamento e a família já foram todas levadas por
Cristo na cruz do Calvário.

34
Torna-se uma só carne

O casamento redimido em Cristo não precisa conformar-se aos padrões


mundanos nem ser flagelado pelas coisas que estão destruindo os casamentos ao
nosso redor. Deus providenciou ferramentas que nos capacita a construir nossos
casamentos de acordo com o Seu projeto.
Quando temos a visão de Deus para o casamento e seguimos os princípios de
Sua palavra, nossos lares se tornam em oásis de paz e poder que Ele havia planejado.
O casamento e muito mais que sexo, gerar descendentes, é união de dois
indivíduos, para juntos alcançarem a plenitude.

35
A lei da semeadura

CAPÍTULO 06 | A LEI DA SEMEADURA

“Enquanto a terra durar, sementeira e sega, e frio e calor, e verão e


inverno, e dia e noite, não cessarão.” Gênesis 8:22

“Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o


homem semear, isso também ceifará. Porque o que semeia na sua
carne, da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito, do
Espírito ceifará a vida eterna. E não nos cansemos de fazer bem,
porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido.”
Gálatas 6:7-9 - 7

A lei da semeadura é uma promessa de Deus ao homem. É uma garantia


poderosa de que as boas sementes que lançarmos nunca serão desperdiçadas, e por
outro lado, a certeza de que as más sementes trarão consequências sobre as nossas
vidas.
É importante destacar que a ignorância não faz cessar sua operação, pois
mesmo que alguém desconheça a existência de uma lei, estará sujeito aos seus
efeitos e consequências, e não poderá justificar sua transgressão. Um exemplo claro é
o caso da pessoa que desconhece a lei da gravidade e salta de uma janela, visto que
ela certamente cairá e sofrerá as consequências do seu ato, ou ainda, quem tem
conhecimento das leis que rege o nosso país, mas rouba e
mata, essa pessoa terá que responder mediante a lei.
“Nós somos A palavra de Deus nos revela que a falta de
responsáveis pelo que conhecimento traz a destruição Oséias 4:6 esta
conhecemos, ouvimos e escrito: “O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o
praticamos”
Dr. Marcos Antonio conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento,
também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote
diante de mim; e, visto que te esqueceste da lei do teu
Deus, também eu me esquecerei de teus filhos”

36
A lei da semeadura

Muitos casamentos têm sido destruídos porque os casais não estão cientes de
como a lei da semeadura opera nos relacionamentos. Vamos então entender o
processo da semeadura.

♥ Os tipos de solos – Mateus 13:18-23

“Escutai vós, pois, a parábola do semeador. Ouvindo alguém a


palavra do reino, e não a entendendo, vem o maligno, e arrebata o
que foi semeado no seu coração; este é o que foi semeado ao pé do
caminho. O que foi semeado em pedregais é o que ouve a palavra, e
logo a recebe com alegria; Mas não tem raiz em si mesmo, antes é
de pouca duração; e, chegada a angústia e a perseguição, por causa
da palavra, logo se ofende; E o que foi semeado entre espinhos é o
que ouve a palavra, mas os cuidados deste mundo, e a sedução das
riquezas sufocam a palavra, e fica infrutífera; Mas, o que foi
semeado em boa terra é o que ouve e compreende a palavra; e dá
fruto, e um produz cem, outro sessenta, e outro trinta.” Gálatas 6:7-9
-7

Assim como no mundo natural a qualidade e a natureza do solo onde se


semeia é fator decisivo para uma boa colheita, espiritualmente isso também é
verdade. Nossa vida é um constante semear: semeamos na nossa própria vida, na do
nosso cônjuge, na de nossos filhos e na vida de outros, mas nem sempre a semente
cai num solo que permita o seu germinar e desenvolver.
Vemos por meio do ensinamento de Jesus na parábola do semeador, que o
coração do homem, que representa o solo, muitas vezes é rochoso ou cheio de
espinhos, ou seja, é um coração duro que torna difícil o germinar da semente e
consequentemente a colheita. Têm cônjuges, amigos e até familiares que precisam
ser restaurados em sua alma, para isso é necessário abrir o coração e dar liberdade
para que o Espírito Santo venha alinhá-lo.
O solo necessita ser preparado para receber a semente. Assim como, Jesus
nos ensinou no texto que lemos anteriormente que existem solos diferentes, existem

37
A lei da semeadura

também sementes diferentes, por isso precisamos ter um cuidado especial tanto com
o solo, quanto com a semente.

1. Para si mesmo – dedicando tempo em oração e na Palavra, para que o nosso


coração esteja bem irrigado e seja uma terra fértil. Num terreno preparado as
plantas crescem melhor e a eliminação de ervas daninhas se torna mais fácil;

2. Para os outros – dedicando tempo em jejum e intercessão, ou seja, pagando


um preço para que Deus faça a mudança necessária. Não adianta querermos
“forçar a barra” cobrando algo que o outro não tem para dar, ou algo que não
lhe foi ensinado.

♥ Os tipos de sementes

“O céu e a terra tomo hoje por testemunhas contra ti de que te pus


diante de ti a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe, pois, a
vida, para que vivas, tu e a tua descendência.” Deuteronômio 30:19

Só existem dois tipos de sementes: a boa e a má, aquela que gera vida e aquela
que gera morte. Nenhuma semente é neutra. Ou lançamos as sementes que Deus
deseja que lancemos, ou estamos lançando as de Satanás.
Quando estamos cheios do Espírito Santo, passamos a escolher apenas
sementes que produzem vida, pois Jesus é vida e Ele sempre semeia vida, João 14:6
Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por
mim.
Por outro lado, antigos hábitos e as deformações do velho homem nos levam a
escolher sementes que trazem roubo, morte e destruição, pois este é o objetivo de
Satanás João 10:10 O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para
que tenham vida, e a tenham com abundância.. Precisamos então pedir a Deus que nos
dê as sementes certas para semear 2 Coríntios 9:10 Ora, aquele que dá a semente ao
que semeia, também vos dê pão para comer, e multiplique a vossa sementeira, e
aumente os frutos da vossa justiça;

38
A lei da semeadura

Sempre estamos semeando, consequentemente estamos sempre colhendo. A


nossa semeadura acontece por meio de nossas atitudes e palavras, por isso o inimigo
procura plantar suas sementes em nossos pensamentos. Devemos guardar
nossos pensamentos Filipenses 4:8 Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro,
tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o
que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.E fertilizar a
planta com ações apropriadas à colheita que cremos que iremos receber.
“Porque, assim como o corpo sem o espírito está morto, assim
também a fé sem obras é morta.” Tiago 2:26.

♥ Semeando palavras de vida

“A morte e a vida estão no poder da língua; e aquele que a ama


comerá do seu fruto.” Provérbios 18:21

Precisamos entender que as palavras têm poder, e até mesmo Deus declarou a
palavra para produzir algo, Gênesis 1:3 E disse Deus: Haja luz; e houve luz. E disse Deus:
Haja luz; e houve luz e Isaías 55:11 Assim será a minha palavra, que sair da minha boca;
ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que
a enviei.
Elas têm poder tanto de vida como de morte, e podemos edificar ou destruir nossos
relacionamentos por meio delas. Muitas vezes estamos lançando sentenças sobre
nós mesmos e sobre nossos casamentos:

 “Se arrependimento matasse eu já estava morto!...”

 “Nós não temos mais nada a ver um com o outro...”

 “Maldita hora que eu te conheci...”

 “Bem que minha mãe falou que eu ia comer o pão que o diabo amassou
casando com você!...”

39
A lei da semeadura

 “Vou me separar, não dá mais, vou sair de casa vou abandonar esse
casamento, chega cansei...”

É comum nesses momentos trazermos à tona verdades que possam machucar


o outro, como deformações ou fraquezas – é o famoso “jogar na cara”. Devemos dizer
a verdade em amor, e não usá-la para ferir nosso
cônjuge.
“A sua sinceridade e
Outra “arma” comum são as Falhas seu temperamento, não
cometidas no passado ou “levantar o defunto da te dão o direito de
cova”. Lembramos de situações que deveriam já machucar e magoar as
pessoas com palavras
estar apagadas, mas que o inimigo quer ressuscitar duras e insensíveis.”
para trazer contendas e discórdias. Apª. Virna Valéria

Nosso papel é semear palavras de vida, paz e


prosperidade sobre o nosso cônjuge e família, para que possamos viver
uma colheita poderosa, que é fruto da palavra profética em nossas bocas.

♥ Semeando atitudes guiadas pelo espírito santo

É comum as pessoas pensarem apenas na colheita que elas desejam ter, sem
pensar nas sementes que devem ser lançadas ao solo para que os frutos desejados
venham. Nossos posicionamentos são a chave para nos habilitarmos a viver o que
desejamos. Como diz a palavra: “...aquilo que o homem semear, isto também ceifará”.
Nossas atitudes são as sementes que frutificarão nos nossos casamentos, daí
a importância de sermos guiados pelo Espírito Santo em todas as nossas ações. Não
podemos fugir da verdade espiritual da lei da semeadura. Muitos não colhem o que
esperavam porque:
 Querem colher carinho, mas suas atitudes têm a “delicadeza de um rinoceronte”;

 Querem colher amor, mas só semeiam raiva e amargura;

 Querem colher gratidão, mas falar obrigado não faz parte do seu vocabulário;

40
A lei da semeadura

 Querem colher a disposição e a prontidão em serem ajudados, mas não


conseguem servir ninguém, afinal “ninguém vai me fazer de escravo”;

 Querem colher a compreensão para as suas falhas, mas quando os outros


falham são os primeiros a se levantarem como juízes;

 Querem colher elogios, mas agem com os outros como se fossem “críticos de
cinema”;
Enfim, só querem receber, mas não querem entregar nada em aspecto nenhum –
“...mais bem-aventurado é dar que receber.” – Atos 20:35

Conclusão: entendendo e recebendo a boa colheita

1. Selecionar as boas sementes

Precisamos nos abrir para que Deus restaure as áreas onde obtivemos colheitas
indesejáveis, e para que Ele nos ajude a semear boas sementes. Para isso é
fundamental que haja arrependimento 1 João 1:9 Se confessarmos os nossos pecados,
ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça, pois
este age como um “herbicida”, fazendo com que as más colheitas comecem a morrer
imediatamente.
Haverá um tempo até que as más colheitas acabem por completo, e poderá até
surgir um “broto” inesperado, mas não devemos desanimar e nem aceitar a
condenação do inimigo. Por outro lado precisamos identificar as boas colheitas,
descobrindo quais sementes foram usadas para colher esses bons frutos, e
cuidadosamente selecionarmos mais sementes da mesma espécie para
continuarmos colhendo dessa forma.
Se existem palavras ou frases que irritam ou entristecem o nosso cônjuge, por
que continuar falando? Se existem comportamentos que roubam a comunhão e a paz
do nosso casamento, por que continuar agindo assim?
Por outro lado, se identificamos os gostos e as preferências do outro, e
sabemos como agradá-lo, por que ser roubado muitas vezes pelo orgulho e não ter
uma atitude? Lembremos que existem várias sementes e que precisamos escolher as
41
A lei da semeadura

melhores delas para o nosso casamento, por isso a importância de conhecermos bem
o nosso solo (nosso cônjuge) para discernir qual semente produzirá mais rápido e
mais frutos.

2. Aguardar o tempo certo

Devemos ter consciência que a ceifa ocorre numa época diferente da


semeadura. Depois de preparar o solo e plantar a semente, deve-se irrigá-la com a
palavra e fertilizá-la com as suas ações. A ansiedade é um sentimento que nos rouba.
Não podemos desistir ou perder a esperança mesmo quando o que está nascendo
não parece ser aquilo que semeamos.
Da mesma forma nos nossos casamentos haverá o tempo de colhermos
as novas e boas sementes. Assim como temos na agricultura, a semente do milho,
que colhemos em três meses, a semente do alface que colhemos em 1 mês, a
semente de café que se colhe em até cinco anos e ainda a semente da oliva que leva
até 20 anos para ser colhida, precisamos entender que no nosso casamente não é
diferente, colheremos alguns resultados em um mês, em seis meses, alguns em um
ano e outros até mais, por isso não podemos desanimar, nem desistir.
Um grande segredo espiritual na lei da semeadura é a perseverança. Deus tem
um tempo para todas as coisas e o tempo dEle é bom, é perfeito e é agradável.

3. O fator multiplicação

Se é verdade que colhemos sempre a mesma espécie que semeamos, também


é verdade que colhemos sempre muito mais do que foi semeado. Cada nova
multiplicação da colheita fornece sementes para futuras semeaduras, e isso é muito
importante para entendermos como criamos situações difíceis em nosso casamento:

 Tudo começa com uma única semente que Satanás nos dá para plantar
(geralmente a semente é um pensamento);

 Aceitamos a semente, plantamos e ceifamos uma colheita;

42
A lei da semeadura

 Como resultado, surge uma nova semente e faz-se uma nova semeadura e isso
produz um retorno ainda maior.

Como as boas sementes se multiplicam e geram uma grande colheita


satisfatória, o que você semear de bom no seu casamento vai gerar os melhores
frutos.

JESUS: a semeadura de DEUS

“Em verdade, em verdade vos digo: Se o grão de trigo caindo na


terra não morrer, fica ele só; mas se morrer, dá muito fruto.” – João
12:24

43
As promessas de Deus
para a Família

CAPÍTULO 07 | AS PROMESSAS DE DEUS PARA A


FAMÍLIA

“1 E sucedeu que, nos dias em que os juízes julgavam, houve uma


fome na terra; por isso um homem de Belém de Judá saiu a
peregrinar nos campos de Moabe, ele e sua mulher, e seus dois
filhos; 2 E era o nome deste homem Elimeleque, e o de sua mulher
Noemi, e os de seus dois filhos Malom e Quiliom, efrateus, de Belém
de Judá; e chegaram aos campos de Moabe, e ficaram ali. 3 E
morreu Elimeleque, marido de Noemi; e ficou ela com os seus dois
filhos, 4 Os quais tomaram para si mulheres moabitas; e era o nome
de uma Orfa, e o da outra Rute; e ficaram ali quase dez anos. 5 E
morreram também ambos, Malom e Quiliom, ficando assim a
mulher desamparada dos seus dois filhos e de seu marido.” Rute
1:1-5

“Ora, o SENHOR disse a Abrão: Sai-te da tua terra, da tua parentela


e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei. E far-te-ei uma
grande nação, e abençoar-te-ei e engrandecerei o teu nome; e tu
serás uma bênção. E abençoarei os que te abençoarem, e
amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas
as famílias da terra”. Gênesis 12:1-3.

Introdução – As fatalidades na vida familiar

Vemos aqui a história de seis pessoas: Elimeleque e Noemi, seus filhos Malom
e Quiliom, e suas duas noras Rute e Orfa – mulheres moabitas. Porém antes de
qualquer coisa, temos neste texto a história de uma família, a qual, em função das
“fatalidades do destino”, aliadas à posicionamentos errados diante dessas fatalidades,
tinha tudo para se transformar em uma história triste e de insucesso.
O conceito de família hoje é algo bastante diluído diante de tantos ataques do
inimigo. Grande parte da sociedade não crê na família, mesmo quando uma nova
família começa, parece começar sentenciada à durar pouco, porém a promessa de

44
As promessas de Deus
para a Família

Deus para a família é bem diferente: “...Serão benditas todas as famílias...”, inclusive a
tua!
Nós cremos que o casamento deve ser totalmente alinhado aos princípios
bíblicos. E um princípio claro que Deus deixou é: que o casamento deve ser a união
entre um homem e uma mulher

As atitudes que nos impedem de viver as bênçãos familiares

1. ATITUDE (DO MARIDO):


Envolvidos pelas circunstâncias momentâneas, agimos de forma individualista,
não levando em conta as consequências para a nossa família – Rute 1: 1-2, 5 – “1 E
sucedeu que, nos dias em que os juízes julgavam, houve uma fome na terra; por isso um
homem de Belém de Judá saiu a peregrinar nos campos de Moabe, ele e sua mulher, e
seus dois filhos; 2 E era o nome deste homem Elimeleque, e o de sua mulher Noemi, e os
de seus dois filhos Malom e Quiliom, efrateus, de Belém de Judá; e chegaram aos
campos de Moabe, e ficaram ali. 5 E morreram também ambos, Malom e Quiliom, ficando
assim a mulher desamparada dos seus dois filhos e de seu marido”.
No momento da necessidade material, a primeira reação de Elimeleque foi a de
buscar uma alternativa financeira melhor para ele e sua família – sua opção foi ir para
a Moabe. Porém ele não levou em conta alguns fatores importantes: Seus filhos
estavam se desenvolvendo e logo mais iriam casar-se. Com quem se casariam? Com
moabitas? O Senhor reprovava casamentos mistos, pois sua descendência estaria
privada de comunhão com Deus, Deuteronômio 23:2-3 “2 Nenhum bastardo entrará na
congregação do Senhor; nem ainda a sua décima geração entrará na congregação do
Senhor. 3 Nenhum amonita nem moabita entrará na congregação do Senhor; nem ainda
a sua décima geração entrará na congregação do Senhor eternamente”.
Além do mais não havia orientação de Deus para que eles fossem para lá, e
pior, Moabe era um local de prostituição, Gênesis 19: 36-38 “36 E conceberam as duas
filhas de Ló de seu pai. 37 E a primogênita deu à luz um filho, e chamou-lhe Moabe; este é
o pai dos moabitas até ao dia de hoje. 38 E a menor também deu à luz um filho, e
chamou-lhe Ben-Ami; este é o pai dos filhos de Amom até o dia de hoje”.

45
As promessas de Deus
para a Família

Muitas vezes, levados por momentos que atravessam, membros da família


tomam atitudes isoladas “em nome da família”, movidas em alguns casos por
impulsos, e não levam em conta alguns fatores que, no final desagregam ainda mais a
família: ausência paterna, falta de referenciais para os filhos, a herança espiritual que
os nossos estão recebendo, que testemunho temos dado em nosso próprio lar, dentre
outros fatores. Hoje está sendo cada vez mais comum a mulher educar sozinha seus
filhos, e com isso, a figura paterna tem perdido o seu referencial e devido valor na
família.

2. ATITUDE (DA ESPOSA):


Amargurados pelas fatalidades, usamos de boas desculpas e não lutamos para
manter os nossos principais vínculos – Deus e a família – Rute 1: 11-13, 20-21 – “11
Porém Noemi disse: Voltai, minhas filhas. Por que iríeis comigo? Tenho eu ainda no meu
ventre mais filhos, para que vos sejam por maridos? 12 Voltai, filhas minhas, ide-vos
embora, que já mui velha sou para ter marido; ainda quando eu dissesse: Tenho
esperança, ou ainda que esta noite tivesse marido e ainda tivesse filhos, 13 Esperá-los-
íeis até que viessem a ser grandes? Deter-vos-íeis por eles, sem tomardes marido? Não,
filhas minhas, que mais amargo me é a mim do que a vós mesmas; porquanto a mão do
Senhor se descarregou contra mim. 20 Porém ela lhes dizia: Não me chameis Noemi;
chamai-me Mara; porque grande amargura me tem dado o Todo-Poderoso. 21 Cheia
parti, porém vazia o Senhor me fez tornar; por que pois me chamareis Noemi? O Senhor
testifica contra mim, e o Todo-Poderoso me tem feito mal”.
Agora a culpa era de Deus, e a melhor solução era “cada um por si”. As pessoas
fazem isso – trocam completamente os referenciais e não levam em conta aqui que
Deus disse: “...o que Deus uniu, não separe o homem” – Mateus 19:6b. Se Deus uniu, Ele
mesmo tem poder para trazer a restauração em momentos de perda. A pior coisa que
pode acontecer com uma família é a desagregação.
Precisamos entender que no casamento e dentro de uma família deve ser
gerado um convívio de confiança, unidade, fidelidade e compromisso, independente
das circunstâncias, lutas ou perdas que tenham passado.

46
As promessas de Deus
para a Família

3. ATITUDE: (DA NORA/FILHA):


Mesmo Noemi liberando suas noras da responsabilidade para com ela, |Rute
não conseguiu deixar Noemi sozinha. Ela teve uma atitude contrária ao desespero de
sua sogra que decidiu deixar tudo e ir embora. O individualismo e egoísmo de Noemi
não contagiou Rute, ela tomou para si a reponsabilidade de sua sogra.
Nós precisamos chamar à responsabilidade para nós, concernente nossa
família. Rute 1:16 “Disse, porém, Rute: Não me instes para que te abandone, e deixe de
seguir-te; porque aonde quer que tu fores irei eu, e onde quer que pousares, ali pousarei
eu; o teu povo é o meu povo, o teu Deus é o meu Deus”;
Debaixo dessa carga de individualismo, assumimos nosso próprio caminhar,
não levando em conta a desagregação familiar – Rute 1:14-15 – “14 Então levantaram
a sua voz, e tornaram a chorar; e Orfa beijou a sua sogra, porém Rute se apegou a ela.
15 Por isso disse Noemi: Eis que voltou tua cunhada ao seu povo e aos seus deuses;
volta tu também após tua cunhada”.
Orfa resistiu até certo ponto, chorou, chorou, mas no fim foi embora, e por quê?
Porque sua fidelidade estava baseada tão somente em seu lado humano, não
conseguiu entender a seguinte verdade: antes de qualquer coisa, a nossa família é
espiritual, e nossa aliança deve ser nesse nível com ela, espiritual e, portanto,
inquebrável no sentido de não desistirmos dela até vermos cumprido o desejo de Deus
– a Bênção!

Como viver a liberação das bênçãos familiares

Ao que tudo indicava, aquilo que um dia fora uma família, estava agora fadada
a ser apenas ruínas, porém nas atitudes de Rute, vemos a liberação de um novo
tempo em família. É isso que você vai viver – um grande liberar das bênçãos de Deus
para a sua família!

1. Posicionamento:
Entender que no resgate da nossa aliança com Deus está também o resgate
para a nossa família – Rute 1:16 – “Disse, porém, Rute: Não me instes para que te
abandone, e deixe de seguir-te; porque aonde quer que tu fores irei eu, e onde quer que
pousares, ali pousarei eu; o teu povo é o meu povo, o teu Deus é o meu Deus”.
47
As promessas de Deus
para a Família

Se a tua família é algo espiritual, então o que determina a sua condição não são
os fatores emocionais, econômicos ou sociais, mas sim os espirituais. A tua família
está debaixo de que jugo? O do mundo do pecado e do inimigo, ou o de Jesus que é
leve e suave? Se você é um servo do Senhor e mantém firme a tua aliança com Deus,
então a tua família está debaixo das promessas de Deus, e embora hoje eles ainda
não sejam servos de Deus, o Senhor os preserva por causa do teu posicionamento e
da aliança que Ele tem com você.
Noemi estava amargurada, já a ponto de romper sua aliança, porém Rute – a
moabita trouxe à tona a aliança com o Deus de Israel, o Deus de Noemi – “O teu Deus
será o meu Deus”.

2. Posicionamento:
Não abrir mão de andar em família, ainda que haja um preço inicial muito
grande à ser pago – Rute 1:15,17 e 18 - “15 Por isso disse Noemi: Eis que voltou tua
cunhada ao seu povo e aos seus deuses; volta tu também após tua cunhada. 17 Onde
quer que morreres morrerei eu, e ali serei sepultada. Faça-me assim o Senhor, e outro
tanto, se outra coisa que não seja a morte me separar de ti. 18 Vendo Noemi, que de todo
estava resolvida a ir com ela, deixou de lhe falar”.
Continuar andando com Noemi era “uma grande furada”. Por que Orfa entendeu
dessa forma e Rute não? Porque Rute enxergava com olhos espirituais –
espiritualmente, ainda que de forma inconsciente, Rute buscava aquilo que Deus tinha
para ela e sua família (a sogra), e não o destino, ainda que isso implicasse em deixar
sua terra, sua família, seus deuses e suas “certezas” para, por algum tempo, passar
por aperto junto.
As pessoas têm se tornado egoístas e insensíveis até mesmo no contexto de
família:
 É mais fácil deixar pra lá do que tratar as situações;
 É mais fácil virar de lado e dormir do que abordar certas questões;
 É mais fácil deixar que se perca do que dar mais uma chance, caminhar mais
uma milha;
 É mais fácil quebrar uma aliança, do que lutar por uma restauração.

48
As promessas de Deus
para a Família

3. Posicionamento:
Não ficar mais parado diante da destruição familiar, mas ir à luta para trazer as
bênçãos de Deus ao teu lar – Rute 2:1-3 - “1 E tinha Noemi um parente de seu marido,
homem valente e poderoso, da família de Elimeleque; e era o seu nome Boaz. 2 E Rute, a
moabita, disse a Noemi: Deixa-me ir ao campo, e apanharei espigas atrás daquele em
cujos olhos eu achar graça. E ela disse: Vai, minha filha. 3 Foi, pois, e chegou, e apanhava
espigas no campo após os segadores; e caiu-lhe em sorte uma parte do campo de Boaz,
que era da família de Elimeleque”.
Elimeleque não ficou parado, mas longe da orientação de Deus, foi buscar
refúgio onde sua família seria roubada, a partir daí não houve mais o que fazer. A
tendência do ser humano, após lutar e não ver resultados é de abrir mão e até abater-
se na situação.
Homens que desistem de trazer uma condição melhor para o lar, mulheres que
abrem mão da casa e dos filhos, filhos que continuam insensíveis mesmo diante das
situações de aperto no lar.
Rute saiu à luta, Israel era pra ela uma terra estranha, porém ela não usou disso
para ficar acomodada, pelo contrário, foi buscar alternativas práticas para ela e sua
sogra, e o Senhor lhes preparou o terreno certo – as terras de Boaz. Se Rute ficasse
chorando em casa com sua sogra, ela não viveria a dupla honra do Senhor, mas ela foi
à luta, se levantou, se posicionou, reagiu diante das circunstâncias e alcançou a
mudança de sorte tanto para ela, com para sua sogra.
Rute 2:2-7 – “2 E Rute, a moabita, disse a Noemi: Deixa-me ir ao campo, e
apanharei espigas atrás daquele em cujos olhos eu achar graça. E ela disse: Vai, minha
filha.
3 Foi, pois, e chegou, e apanhava espigas no campo após os segadores; e caiu-lhe em
sorte uma parte do campo de Boaz, que era da família de Elimeleque. 4 E eis que Boaz
veio de Belém, e disse aos segadores: O Senhor seja convosco. E disseram-lhe eles: O
Senhor te abençoe. 5 Depois disse Boaz a seu moço, que estava posto sobre os
segadores: De quem é esta moça? 6 E respondeu o moço, que estava posto sobre os
segadores, e disse: Esta é a moça moabita que voltou com Noemi dos campos de Moabe.
7 Disse-me ela: Deixa-me colher espigas, e ajuntá-las entre as gavelas após os
segadores. Assim ela veio, e desde pela manhã está aqui até agora, a não ser um pouco
que esteve sentada em casa”.
49
As promessas de Deus
para a Família

Deus não quer que você fique acomodado, Ele já tem o escape preparado, mas
você tem que se habilitar e ir adiante.

4. Posicionamento:
Entender que o Resgatador não tem somente porções para você, porém à toda
a tua família também – Rute 2: 11-13, 19 – “11 E respondeu Boaz, e disse-lhe: Bem se
me contou quanto fizeste à tua sogra, depois da morte de teu marido; e deixaste a teu pai
e a tua mãe, e a terra onde nasceste, e vieste para um povo que antes não conheceste.
12 O Senhor retribua o teu feito; e te seja concedido pleno galardão da parte do Senhor
Deus de Israel, sob cujas asas te vieste abrigar. 13 E disse ela: Ache eu graça em teus
olhos, senhor meu, pois me consolaste, e falaste ao coração da tua serva, não sendo eu
ainda como uma das tuas criadas. 19 Então disse-lhe sua sogra: Onde colheste hoje, e
onde trabalhaste? Bendito seja aquele que te reconheceu. E relatou à sua sogra com
quem tinha trabalhado, e disse: O nome do homem com quem hoje trabalhei é Boaz”.
Rute foi elogiada por haver cuidado de sua família (sogra), e agora, na primeira
oportunidade em que foi abençoada por Boaz, Rute preocupou-se em trazer a porção
para a sua sogra.
Jesus já está fazendo uma obra em sua vida, mas e quanto à sua família? Saiba
que Aquele que tem te dado da Sua porção tem também porções para os seus –
porção de salvação, porção de alegria, de livramento, de restauração e de restituição!

Oração de concordância – As bênçãos familiares a serem liberadas

1. BÊNÇÃO FAMILIAR: Os meus filhos serão benditos e justos sobre a terra –


Salmo 112:2 “A sua semente será poderosa na terra; a geração dos retos será
abençoada. ”

2. BÊNÇÃO FAMILIAR: Na minha casa haverá prosperidade e riqueza em todos os


sentidos – Salmo 112:3 “Prosperidade e riquezas haverá na sua casa, e a sua
justiça permanece para sempre.”

50
As promessas de Deus
para a Família

3. BÊNÇÃO FAMILIAR: Não haverá fatalidades ou más notícias que abalem à mim
e ao meu lar – Salmo 112:6 “Porque nunca será abalado; o justo estará em
memória eterna. ”

4. BÊNÇÃO FAMILIAR: Minha esposa/esposo será como a videira frutífera –


Salmo 128:3a “A tua mulher será como a videira frutífera aos lados da tua casa”.

5. BÊNÇÃO FAMILIAR: Meus filhos estarão ao redor de minha mesa e eu me


alegrarei com eles – Salmo 128:3b “...os teus filhos como plantas de oliveira à
roda da tua mesa”.

6. BÊNÇÃO FAMILIAR: Eu serei honrado em família – Salmo 128:4 “Eis que assim
será abençoado o homem que teme ao Senhor”.

7. BÊNÇÃO FAMILIAR: Toda a minha casa servirá ao Senhor – Josué 24:15b


“Porém, se vos parece mal aos vossos olhos servir ao Senhor, escolhei hoje a
quem sirvais; se aos deuses a quem serviram vossos pais, que estavam além do
rio, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra habitais; porém eu e a minha casa
serviremos ao Senhor”.

Conclusão

“Ora, as promessas foram feitas a Abraão e à sua descendência. Não


diz: E às descendências, como falando de muitas, mas como de uma
só: E à tua descendência, que é Cristo. Mas digo isto: Que tendo sido
a aliança anteriormente confirmada por Deus em Cristo, a lei, que
veio quatrocentos e trinta anos depois, não a invalida, de forma a
abolir a promessa. E, se sois de Cristo, então sois descendência de
Abraão, e herdeiros conforme a promessa”. Gálatas 3:16-17,29

51
O Deus da família/O Deus na
família/O Deus a quem
servimos

CAPÍTULO 08 | SEXO NO CASAMENTO

“E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos,


e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar e
sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a
terra”. Gênesis 1:28
“3 O marido pague à mulher a devida benevolência, e da mesma
sorte a mulher ao marido. A mulher não tem poder sobre o seu
próprio corpo, mas tem-no o marido; e também da mesma maneira
o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no a
mulher. Não vos priveis um ao outro, senão por consentimento
mútuo por algum tempo, para vos aplicardes ao jejum e à oração; e
depois ajuntai-vos outra vez, para que Satanás não vos tente pela
vossa incontinência.” 1 Coríntios 7:3-5

Para que haja verdadeira intimidade é necessário que se estabeleça uma


aliança. Portanto a base para vivermos uma verdadeira intimidade com Deus é
estarmos em aliança com Ele. Quando caminhamos nessa dimensão com o Senhor
recebemos vida em abundância em nosso espírito, corpo e alma, Romanos 8:11 “E, se
o Espírito daquele que dentre os mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que
dentre os mortos ressuscitou a Cristo também vivificará os vossos corpos mortais, pelo
seu Espírito que em vós habita”.
Para que haja intimidade espiritual é necessário que haja pureza espiritual. Isso
só se obtém por meio do sangue derramado por Jesus Cristo, Hebreus 9:22 “E quase
todas as coisas, segundo a lei, se purificam com sangue; e sem derramamento de
sangue não há remissão”, que providenciou o único meio para que possamos ter
intimidade com Deus, pois somente por meio d´Ele temos acesso ao Santo dos
Santos.
A estratégia de Satanás sempre foi distorcer as verdades espirituais com o
intuito de fazer o homem se afastar de Deus, pois os planos do Senhor não podem ser
copiados. O diabo oferece então todo tipo de falsidade para que o homem alcance
uma suposta intimidade com o Criador.

52
O Deus da família/O Deus na
família/O Deus a quem
servimos

Por outro lado, a aliança é também a base para a intimidade entre o marido e a
esposa. Esse é o modelo de Deus: para que haja intimidade é necessário estarmos
debaixo da cobertura da aliança, pois o comprometimento e a proteção que nela
existem, permitem ao casal serem totalmente vulneráveis um ao outro, Gênesis
2:24,25 “24 Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher,
e serão ambos uma carne. 25 E ambos estavam nus, o homem e a sua mulher; e não se
envergonhavam”, a primeira benção colocada por Deus sobre o ser humano o
habilitava a multiplicar-se e encher a terra. De que forma? Por meio do sexo é claro!
Este é o aspecto do casamento que o torna diferente de todos os demais
relacionamentos. Tanto o homem quanto a mulher foram feitos física e
emocionalmente para experimentarem grande prazer e satisfação na união sexual.
EDEN = LUGAR DE PRAZER E O PRAZER É FRUTO DA INTIMIDADE
Ao contrário do que muitos dizem o sexo não surgiu em decorrência do pecado,
mas já existia na aliança entre Adão e Eva como um presente de Deus para a
satisfação de ambos. É também o Seu presente especial de casamento para cada
casal que entra no Seu plano de aliança matrimonial.
No contexto correto, a intimidade sexual também produz vida, sendo algo
refrescante e vitalizante. Basta lermos o livro de Cantares de Salomão para nos
depararmos com referências a frutas, jardins e vinhas, que são associadas com a
relação entre o amado e sua amada.
Hoje é dia de nos apropriarmos da grande benção que é o sexo no contexto da
aliança do casamento, denunciando todas as estratégias que satanás usa para
distorcer e deformar aquilo que Deus criou de forma perfeita para nossa alegria e
prazer.

1. Denunciando as “falsificações” do sexo

Podemos saber quão importante é algo para o coração de Deus, pelo tempo
que o inimigo gasta pervertendo-o. Vemos que satanás tem gasto muito tempo
tentando falsificar a intimidade da união sexual, exatamente porque é algo muito
importante para que sejamos felizes em nossos casamentos.

53
O Deus da família/O Deus na
família/O Deus a quem
servimos

Assim como Satanás fabricou falsificações espirituais para imitar a intimidade


espiritual, ele também tem fabricado falsificações sexuais para imitar e deformar o
verdadeiro relacionamento sexual criado por Deus. Essas deformações acabam
trazendo consequências desastrosas àqueles que as praticam.
“24 Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus
corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si; 25
Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e
serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito
eternamente. Amém. 26 Por isso Deus os abandonou às paixões
infames. Porque até as suas mulheres mudaram uso natural, no
contrário à natureza. 27 E, semelhantemente, também os homens,
deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua
sensualidade uns para com os outros, homens com homens,
cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que
convinha ao seu erro”. Romanos 1:24-27

 Masturbação;
 Homossexualidade (masculino e feminino);
 Fornicação (sexo entre solteiros);
 Adultério (sexo extraconjugal);
 Incesto (sexo entre familiares);
 Bestialidade (sexo com animais);
 Exibicionismo;
 Pedofilia (sexo com crianças);
 Perversões: sadomasoquismo, fetiches, etc.
 Orgias sexuais: troca de casais, sexo grupal, etc.

2. As consequências dos pecados sexuais

A união sexual sem a cobertura da aliança permite a vulnerabilidade sem a


proteção. Retira a habilidade de ser íntimo. Em vez de edificar e agradar, acaba
destruindo e desagradando. Em vez de aprimorar, empobrece, Provérbios 6:32,33 “32
Assim, o que adultera com uma mulher é falto de entendimento; aquele que faz isso
destrói a sua alma. 33 Achará castigo e vilipêndio, e o seu opróbrio nunca se apagará”.
54
O Deus da família/O Deus na
família/O Deus a quem
servimos

É por esta razão que as Escrituras dizem que aquele que comete pecado
sexual, peca contra seu próprio corpo, 1 Coríntios 6:18 “Fugi da fornicação. Todo o
pecado que o homem comete é fora do corpo; mas o que fornica peca contra o seu
próprio corpo”.
Muitos não são capazes de experimentar intimidade sexual como Deus planeja
pelas consequências seus pecados sexuais anteriores.

 Consequências sobre o homem


Assim como Jesus é o exemplo do marido íntimo, que ama ilimitadamente sua
noiva, o homem foi criado para ser terno e compreensivo com sua esposa, 1 Pedro 3:7
“Igualmente vós, maridos, coabitai com elas com entendimento, dando honra à mulher,
como vaso mais fraco; como sendo vós os seus co-herdeiros da graça da vida; para que
não sejam impedidas as vossas orações”.
Quando um homem peca sexualmente, seu coração endurece e ele já não pode
amar sua mulher da maneira que Deus deseja. No matrimônio, o coração calejado ou
endurecido do homem, frequentemente se manifesta em luxúria, ao invés de amor
pela sua esposa. Ele passa a só mostrar afeição ou interesse quando quer ter relações
sexuais, enquanto a mulher se sente impura quando ele a olha ou toca, ou ainda, a
prática sexual se torna para ele o momento “dele” se satisfazer e com isso pouco se
importa com a satisfação da sua esposa.
Uma vez que o homem tenha endurecido o seu coração pelo pecado sexual
somente Deus pode torná-lo sensível novamente, Ezequiel 36:26 “E dar-vos-ei um
coração novo, e porei dentro de vós um espírito novo; e tirarei da vossa carne o coração
de pedra, e vos darei um coração de carne”. Nenhuma falsificação de Satanás o
capacitará a amar como Deus planejou.

 Consequências sobre a mulher


A mulher foi criada para corresponder ao amor do homem com quem ela está
casada, Efésios 5:22 Vós, mulheres, sujeitai-vos a vossos maridos, como ao Senhor;
Em resposta ao amor do marido ela se entrega totalmente. Normalmente uma
mulher que é apreciada não tem problema em corresponder com amor e entrega. O

55
O Deus da família/O Deus na
família/O Deus a quem
servimos

que ela dá retorna em maior medida e isso faz com que ela corresponda com maior
amor ainda.
Quando uma mulher peca sexualmente o que ela dá não lhe é devolvido. Em falsos
relacionamentos não há retorno daquilo que ela deu, e dentro dela então começa a
desenvolver-se um vazio, que faz com que ela vá em busca de maior satisfação. O
sexo se torna um analgésico para a dor da sua alma e em casos mais avançados, o
sexo se torna uma forma de controle e manipulação.
Isso se manifesta com frequência em insegurança e autoimagem negativa.
Possivelmente ela não será capaz de corresponder fisicamente ao seu esposo, e
continuará esperando que ele preencha seu profundo vazio interior. Ela passa a sentir
que ele não a ama e que não satisfaz suas necessidades.

 Consequências sobre homens e mulheres


Homens e mulheres feridos pelo pecado sexual buscarão satisfação em
condutas compulsivas tais como álcool, drogas, comidas, jogos ou compras, ou
múltiplos parceiros sexuais. A frustração ou desilusão é cada vez maior e a satisfação
se distância mais e mais, Provérbios 14:12 “Há um caminho que ao homem parece
direito, mas o fim dele são os caminhos da morte”.
Assim como a pureza espiritual é a base para a intimidade espiritual, a pureza
sexual é a base para a intimidade sexual. Se você perdeu essa pureza, Jesus deseja
restaurá-la.

3. Recebendo a cura para as marcas de pecados sexuais

“Digno de honra entre todos seja o matrimônio, bem como o leito


sem mácula” Hebreus 13:4
O mesmo Deus que planejou a intimidade sexual nos redimiu da maldição do
pecado e da morte. Se sentimos que o sexo é sujo ou se tememos desfrutá-lo, Jesus
também deseja sarar essas feridas. Ele deseja que desfrutemos a satisfação
planejada para cada um de nós. Alguns passos a serem tomados para a cura das
feridas de pecados sexuais:

56
O Deus da família/O Deus na
família/O Deus a quem
servimos

 Arrependimento
É necessário que haja arrependimento de todos os pecados sexuais que
cometemos, como: lascívia (sensualidade), pornografias, masturbação, adultério,
prostituição, etc.
 Antes do casamento;
 Durante o casamento;
 Ou qualquer atividade de perversão sexual antes ou durante o casamento.
A justificação do pecado somente perpetua suas consequências, mas o sangue
de Jesus nos purifica de toda a corrupção trazida por ele. Quando nos arrependemos
e confessamos recebemos não somente o perdão, mas também a purificação pelo
Seu sangue, 1 João 1:9 “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos
perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça”.
Devemos pedir a Deus que nos ensine como amar verdadeiramente o nosso
cônjuge, e receber de Jesus a restauração de nossa inocência, Salmo 51:10 “Cria em
mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto”.

 Perdão
Devemos liberar perdão a qualquer pessoa que nos tenha ferido ou nos usado
sexualmente, com o nosso consentimento ou não, por meio de incesto, estupro, sexo
pré-marital, adultério, carícias, exibicionismo, etc. Seja um amante, um ex-cônjuge, um
parente, um amigo ou mesmo nosso cônjuge, que se relacionou conosco em luxuria e
não em amor. Perdoe-os, libere-os e entregue-os a Jesus.
Precisamos perdoar a nós mesmos, ainda que tenhamos consentido ou sido
vítimas inocentes, e nos amarmos como Jesus nos ama, pois somos preciosos para
Ele. Em Cristo nos tornamos novas criaturas e quando isso acontece em nosso
coração, o peso do passado se apaga com o nosso pecado perdoado.

 Quebra de vínculos
Precisamos cortar todos os laços e vínculos com o passado.
Um laço de alma se forma toda vez que a mente, a vontade e as emoções estão
profundamente envolvidas em um relacionamento. Esses laços acabam nos ligando
mental e emocionalmente a pessoas e relacionamentos anteriores.
57
O Deus da família/O Deus na
família/O Deus a quem
servimos

É necessário que os rompamos em relação a todas as pessoas com as quais


tivemos algum envolvimento sexual, seja com o nosso consentimento ou não,
inclusive ex-cônjuges.
Cortar os laços de alma não implica necessariamente terminar com o
relacionamento. Podemos continuar convivendo por exemplo com um ex-cônjuge,
mas os laços emocionais, mentais, sexuais e espirituais serão quebrados.

 Libertação e quebra de maldições hereditárias


Devemos assumir nossa autoridade sobre os espíritos demoníacos que
obtiveram acesso pelo pecado e que possivelmente criaram áreas de domínio em
nossas vidas, que são áreas nas quais simplesmente não podemos manter vitória.
O inimigo intenta nos aprisionar por meio da luxúria, vergonha, promiscuidade,
impotência, frigidez e muitas coisas mais. Muitas vezes também por meio de laços
que atravessam gerações, malignidades que vimos em nossos pais e antepassados, e
que querem agir em nós.
O Espírito Santo vai nos revelar hoje qualquer um desses espíritos imundos, que
quando denunciados, terão que sair da nossa vida sexual, na autoridade do nome de
Jesus. Muitos poderão dizer: precisamos passar por uma libertação nesta área. Se
esse for o seu caso, procure-nos em particular para darmos uma direção.

Conclusão

Quando tratamos cada uma dessas áreas somos libertos em nome de Jesus, e
estamos no caminho da cura de nossa união sexual como marido e mulher, mas é
preciso nos conscientizarmos de alguns pontos importantes:

♥Precisamos que Deus abençoe a nossa união, assim como Ele fez com Adão e Eva;

♥A cura não acontece da noite para o dia, pois as feridas levam algum tempo para
cicatrizar, pois amnésia é uma doença, mas a verdadeira cura é a cicatrização;

♥Precisamos ser pacientes um com o outro durante o período de restauração;

58
O Deus da família/O Deus na
família/O Deus a quem
servimos

♥Devemos recusar a condenação a respeito de relações sexuais anteriores, porque


agora elas estão debaixo do sangue de Jesus;

♥Devemos nos proteger da imagem mundana do sexo promíscuo, não nos


alimentando por meio da pornografia, telenovelas, romances, internet, etc.;

♥Deus nos deu um impulso sexual para satisfação do nosso cônjuge e não somente a
nossa, por isso precisamos tirar o enfoque de “eu e minhas necessidades” e nos
concentrarmos em nosso cônjuge;

♥Não devemos ficar tão ocupados de modo que não haja tempo para nos
relacionarmos sexualmente, pois o casamento fica vulnerável ao ataque do inimigo
quando não há união sexual;

♥Não devemos nos tornar tão espirituais a ponto de não termos relacionamento
físico;

♥No ato sexual, você deve se preocupar se o seu cônjuge está se satisfazendo;

A união sexual da forma como Deus a criou não é egocêntrica, nem busca
satisfazer-se a si mesmo, mas tem o desejo de dar mais do que receber.

Os papéis de cada um na vida sexual

O papel feminino:

1. Caráter e comportamento – 1 Pedro 3:4 “Mas o homem encoberto no coração; no


incorruptível traje de um espírito manso e quieto, que é precioso diante de Deus”
e Provérbios 11:22 “Como jóia de ouro no focinho de uma porca, assim é a mulher
formosa que não tem discrição”.

2. Cuidar de si mesma – Provérbios 31:22 “Faz para si cobertas de tapeçaria; seu


vestido é de seda e de púrpura”.
59
O Deus da família/O Deus na
família/O Deus a quem
servimos

 Linho fino = seda = auto-estima - positiva;

 Púrpura = vestes reais = investir na aparência (vestir como rainha);

 Higiene bucal = Cantares 7:8 “Dizia eu: Subirei à palmeira, pegarei em seus
ramos; e então os teus seios serão como os cachos na vide, e o cheiro da tua
respiração como o das maçãs”.

 Dentes tratados = Cantares 4:2 “Os teus dentes são como o rebanho das
ovelhas tosquiadas, que sobem do lavadouro, e das quais todas produzem
gêmeos, e nenhuma há estéril entre elas”.

 Andar cheirosa = Cantares 4:11 “Favos de mel manam dos teus lábios, minha
esposa! Mel e leite estão debaixo da tua língua, e o cheiro dos teus vestidos é
como o cheiro do Líbano”. 1:12, 13 “Enquanto o rei está assentado à sua
mesa, o meu nardo exala o seu perfume. O meu amado é para mim como um
ramalhete de mirra, posto entre os meus seios”.

3. Cuidar do ambiente
 Cobertas = Provérbios 31:22 “Faz para si cobertas de tapeçaria; seu vestido é de
seda e de púrpura”. Provérbios 7:16 “Já cobri a minha cama com cobertas de
tapeçaria, com obras lavradas, com linho fino do Egito”.

 Quarto em ordem, bonito, limpo;

 Roupa intima nova e limpa.

4. Vencer a timidez no ato sexual = Provérbios 5:18 e 19 “18 Seja bendito o teu
manancial, e alegra-te com a mulher da tua mocidade. Como cerva amorosa, e
gazela graciosa, os seus seios te saciem todo o tempo; e pelo seu amor sejas
atraído perpetuamente”.
 Busque conhecer os gostos do seu marido para agradá-lo.

60
O Deus da família/O Deus na
família/O Deus a quem
servimos

O papel masculino
“18 Seja bendito o teu manancial, e alegra-te com a mulher da tua
mocidade.” Provérbios 5:18

“Goza a vida com a mulher que amas, todos os dias da tua vida vã,
os quais Deus te deu debaixo do sol, todos os dias da tua vaidade;
porque esta é a tua porção nesta vida, e no teu trabalho, que tu
fizeste debaixo do sol.” Eclesiastes 9:9

 Aparência:
 Higiene;

 Desejo sexual da mulher está diretamente ligado a intimidade do


relacionamento conjugal (afetividade e comunicação);

 Valorização, elogios, reconhecimento, cuidado, cooperação. Ela faz parte da


sua vida.

 Promover tempo a SÓS;

 Demonstrar claramente que o seu interesse por ela não é somente sexual.
Para as mulheres o mais importante não é o orgasmo e sim o tempo juntos,
as carícias e o amor envolvidos.

 No momento sexual, ser paciente. Começar com toques leves, conversar,


ter uma pitada de humor, carícias leves, massagens, etc. Seja criativo;

 Ser sensível, perceber as reações, e fazê-la acreditar que realmente se


importa com a satisfação dela.

 Aprender a viver a emoção do casamento dia a dia;

 Incentivar a esposa a cuidar de si. Eu disse incentivar e não criticar e


acusar.
Obs.: Vivam tão intensamente como se fosse o último dia de sua vidas.
Que Deus os una a cada dia!

61
O Deus da família/O Deus na
família/O Deus a quem
servimos

CAPÍTULO 09 | O DEUS DA FAMÍLIA / O DEUS NA


FAMÍLIA / O DEUS A QUEM SERVIMOS

“Também disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem,


conforme a nossa semelhança; tenha ele domínio sobre os peixes
do mar, sobre as aves dos céus, sobre os animais domésticos, sobre
toda a terra e sobre todos os répteis que rastejam pela terra. Criou
Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou;
homem e mulher os criou. E Deus os abençoou e lhes disse: Sede
fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre
os peixes do mar, sobre as aves dos céus e sobre todo animal que
rasteja pela terra. 31 Viu Deus tudo quanto fizera, e eis que era
muito bom. Houve tarde e manhã, o sexto dia” Gênesis 1: 26-28, 31

“Não quis Davi retirar para junto de si a arca do SENHOR, para a


Cidade de Davi; mas a fez levar à casa de Obede-Edom, o geteu.
Ficou a arca do SENHOR em casa de Obede-Edom, o geteu, três
meses; e o SENHOR o abençoou e a toda a sua casa. Então,
avisaram a Davi, dizendo: O SENHOR abençoou a casa de Obede-
Edom e tudo quanto tem, por amor da arca de Deus; foi, pois, Davi e,
com alegria, fez subir a arca de Deus da casa de Obede-Edom, à
Cidade de Davi” 2 Samuel 6: 10 a 12

Introdução – Deus se move por meio de alianças

“Ora, disse o SENHOR a Abrão: Sai da tua terra, da tua parentela e


da casa de teu pai e vai para a terra que te mostrarei; de ti farei uma
grande nação, e te abençoarei, e te engrandecerei o nome. Sê tu
uma bênção! Abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os
que te amaldiçoarem; em ti serão benditas todas as famílias da
terra.” Gênesis 12: 1 a 3

62
O Deus da família/O Deus na
família/O Deus a quem
servimos

O nosso Deus é um Deus de aliança, e quando Ele nos chama, Seus propósitos
são muito mais amplos e não dizem respeito somente a nós, mas a toda nossa família
e parentela. Obede-Edom provou disso, recebendo bênçãos imensuráveis ao acolher a
Arca (a presença de Deus) em sua casa. Fato que chamou a atenção até mesmo de
Davi, do rei de Israel à época.
Quando Deus fez o homem (Adão e Eva, e posteriormente seus descendentes),
Ele o fez para que vivesse feliz em família – Deus fez uma aliança com Adão e sua
família: a humanidade;
Posteriormente com Abraão, o seu chamado incluía diretamente a sua família,
ao qual também fomos alcançados por essa promessa.
Por causa de Adão, sua família (o ser humano perdeu a condição primária de
bênção delegada por Deus). Por meio de Jesus Cristo temos acesso e herança às
bênçãos prometidas a Abraão.

As bênçãos familiares, bênçãos de Abraão são:

1. O Senhor tomará para si a defesa dos teus familiares por causa da tua aliança
com Ele – Gênesis 12:3,17 3 “E abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei
os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias da terra. 17
Feriu, porém, o Senhor a Faraó e a sua casa, com grandes pragas, por causa de
Sarai, mulher de Abrão.”

2. A aliança do Senhor estará sobre os nossos descendentes por causa da nossa


aliança – Gênesis 13:14-16. 14 E disse o Senhor a Abrão, depois que Ló se
apartou dele: Levanta agora os teus olhos, e olha desde o lugar onde estás, para o
lado do norte, e do sul, e do oriente, e do ocidente; 15 Porque toda esta terra que
vês, te hei de dar a ti, e à tua descendência, para sempre. 16 E farei a tua
descendência como o pó da terra; de maneira que se alguém puder contar o pó da
terra, também a tua descendência será contada.

3. Por meio de você, o Senhor trará livramento àqueles que optaram por
caminhos errados – Gênesis 14: 12-16. 12 Também tomaram a Ló, que habitava
em Sodoma, filho do irmão de Abrão, e os seus bens, e foram-se. 13 Então veio
63
O Deus da família/O Deus na
família/O Deus a quem
servimos

um, que escapara, e o contou a Abrão, o hebreu; ele habitava junto dos carvalhais
de Manre, o amorreu, irmão de Escol, e irmão de Aner; eles eram confederados de
Abrão. 14 Ouvindo, pois, Abrão que o seu irmão estava preso, armou os seus
criados, nascidos em sua casa, trezentos e dezoito, e os perseguiu até Dã. 15 E
dividiu-se contra eles de noite, ele e os seus criados, e os feriu, e os perseguiu até
Hobá, que fica à esquerda de Damasco. 16 E tornou a trazer todos os seus bens, e
tornou a trazer também a Ló, seu irmão, e os seus bens, e também as mulheres, e
o povo.

4. O Senhor nos trará ciência dos momentos difíceis afim de que saibamos que a
Sua aliança não falhou – Gênesis 15:13 “Então disse a Abrão: Saibas, de certo,
que peregrina será a tua descendência em terra alheia, e será reduzida à
escravidão, e será afligida por quatrocentos anos,”

5. O Senhor trará a nós e aos nossos amados a bênção da prosperidade – Gênesis


15:14
“Mas também eu julgarei a nação, à qual ela tem de servir, e depois sairá com grande
riqueza.”

6. O Senhor será o Deus dos nossos familiares – Gênesis 17:7 “E estabelecerei a


minha aliança entre mim e ti e a tua descendência depois de ti em suas gerações,
por aliança perpétua, para te ser a ti por Deus, e à tua descendência depois de”;
Atos 16:31 “E eles disseram: Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua
casa;”

7. Ver a promessa de Deus se cumprindo, agora não somente em nossas vidas,


mas também na vida dos nossos amados – Gênesis 26:1-6 .“1 E havia fome na
terra, além da primeira fome, que foi nos dias de Abraão; por isso foi Isaque a
Abimeleque, rei dos filisteus, em Gerar. 2 E apareceu-lhe o Senhor, e disse: Não
desças ao Egito; habita na terra que eu te disser; 3 Peregrina nesta terra, e serei
contigo, e te abençoarei; porque a ti e à tua descendência darei todas estas terras,
e confirmarei o juramento que tenho jurado a Abraão teu pai; 4 E multiplicarei a
tua descendência como as estrelas dos céus, e darei à tua descendência todas
64
O Deus da família/O Deus na
família/O Deus a quem
servimos

estas terras; e por meio dela serão benditas todas as nações da terra; 5 Porquanto
Abraão obedeceu à minha voz, e guardou o meu mandado, os meus preceitos, os
meus estatutos, e as minhas leis. 6 Assim habitou Isaque em Gerar.”

Como receber as bênçãos familiares:

A promessa de Deus no chamado de Abraão tinha como foco principal a


família, a partir daí Abraão caminhou se posicionado para que essa promessa se
cumprisse.
Atitudes para viabilizar a promessa da bênção familiar:
1. Obedecer ao Senhor e caminhar em sua presença mesmo que aparentemente isso
esteja custando o convívio com a tua família – Gênesis 12: 1-3. “1 Ora, o SENHOR
disse a Abrão: Sai-te da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, para a terra
que eu te mostrarei. 2 E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei e engrandecerei
o teu nome; e tu serás uma bênção. 3 E abençoarei os que te abençoarem, e
amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias da
terra.”
Abraão estava aparentemente seguro e resolvido habitando com sua parentela
e na terra de seu pai. Aparentemente era arriscar alto começar uma nova empreitada
pela fé, além disso era aparentemente duro ter que deixar a parentela.
Tudo era apenas aparentemente, pois o ponto principal da promessa de Deus a
Abraão é que Ele cuidaria de sua família dali para frente.
O inimigo quer nos restringir à afetos humanos afim de que não abramos
espaços para que Deus trate e abençoe nossa família.
Ele cria uma aparência de que estamos abandonando os nossos amados (e aí
vêm as chantagens emocionais), de que estamos passando pouco tempo com nossos
familiares, e coisas assim. Muitas vezes somos dissuadidos das coisas de Deus por
causa das pressões familiares (Davi viveu essa pressão quando trazia a Arca para a
sua casa – 2 Samuel 6: 20,21 20 “E, voltando Davi para abençoar a sua casa, Mical, a
filha de Saul, saiu a encontrar-se com Davi, e disse: Quão honrado foi o rei de Israel,
descobrindo-se hoje aos olhos das servas de seus servos, como sem pejo se descobre
qualquer dos vadios. 21 Disse, porém, Davi a Mical: Perante o Senhor, que me escolheu

65
O Deus da família/O Deus na
família/O Deus a quem
servimos

preferindo-me a teu pai, e a toda a sua casa, mandando-me que fosse soberano sobre o
povo do Senhor, sobre Israel, perante o Senhor tenho me alegrado.”

2. Caminhar cada passo que o Senhor orientar e esforçar-se para que a bênção sobre
os teus amados seja grande – Gênesis 17:1,7,8 “1 Sendo, pois, Abrão da idade de
noventa e nove anos, apareceu o SENHOR a Abrão, e disse-lhe: Eu sou o Deus Todo-
Poderoso, anda em minha presença e sê perfeito. 7 E estabelecerei a minha aliança
entre mim e ti e a tua descendência depois de ti em suas gerações, por aliança
perpétua, para te ser a ti por Deus, e à tua descendência depois de ti. 8 E te darei a ti
e à tua descendência depois de ti, a terra de tuas peregrinações, toda a terra de
Canaã em perpétua possessão e ser-lhes-ei o seu Deus.”

3. Não trazer para o teu lar nada que venha para comprometer a tua família, pelo
contrário, consagrar o teu lar a Deus por meio da tua entrega – Gênesis 14: 18-
23.“18 E Melquisedeque, rei de Salém, trouxe pão e vinho; e era este sacerdote do
Deus Altíssimo. 19 E abençoou-o, e disse: Bendito seja Abrão pelo Deus Altíssimo, o
Possuidor dos céus e da terra; 20 E bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou os
teus inimigos nas tuas mãos. E Abrão deu-lhe o dízimo de tudo. 21 E o rei de Sodoma
disse a Abrão: Dá-me a mim as pessoas, e os bens toma para ti. 22 Abrão, porém,
disse ao rei de Sodoma: Levantei minha mão ao Senhor, o Deus Altíssimo, o
Possuidor dos céus e da terra, 23 Jurando que desde um fio até à correia de um
sapato, não tomarei coisa alguma de tudo o que é teu; para que não digas: Eu
enriqueci a Abrão;”
Abraão era um homem espiritual e ninguém discerne um homem espiritual, 1
Coríntios 2: 15, – ele recusava tomar os recursos de Sodoma que lhes eram
oferecidos ao mesmo tempo que sem haver lei que o obrigasse entregava o dízimo de
tudo ao Senhor.
A bênção de Deus entra em nosso lar por meio de nós, por isso tenha uma vida
verdadeira com Deus, ore e abençoe os teus familiares, jejue por eles, seja dizimista
para que o devorador não entre em sua casa, faça um voto, um carnê do Projeto PIR,
em nome dos teus amados ainda que eles não conheçam ao Senhor e consagre-os a
Deus. Jó 1:5 “Assim que passava o período das festas e banquetes, Jó os mandava
chamar e fazia com que se santificassem por meio dos ritos de purificação. Jó
66
O Deus da família/O Deus na
família/O Deus a quem
servimos

levantava-se ao romper da aurora e oferecia holocaustos, isto é, sacrifícios


completamente queimados, em nome de cada um de seus filhos, pois pensava: Talvez
meus filhos tenham pecado, ainda que no íntimo de cada um, e assim blasfemado contra
Deus em seus corações! E era assim que Jó vivia e procedia.”

4. Esteja preparado para ajudar aqueles que te deixaram sem se importar, sabendo
que Deus te constituiu para isso – Gênesis 13: 10,12 “10 E levantou Ló os seus
olhos, e viu toda a campina do Jordão, que era toda bem regada, antes do Senhor ter
destruído Sodoma e Gomorra, e era como o jardim do Senhor, como a terra do Egito,
quando se entra em Zoar. 12 Habitou Abrão na terra de Canaã e Ló habitou nas
cidades da campina, e armou as suas tendas até Sodoma.”
“E tornou a trazer todos os seus bens, e tornou a trazer também a
Ló, seu irmão, e os seus bens, e também as mulheres, e o povo.”
Gênesis 14:16
Muitas vezes somos deixados de lado por causa da nossa opção em andar com
o Senhor, porém temos que entender contra quem é a nossa verdadeira luta, Efésios
6:12 “Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os
principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as
hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.”
Deus nos constituiu para abençoar, mesmo aqueles que zombam, que
ridicularizam, que perseguem, que desprezam e põe de lado. Se nós fecharmos a
porta, impediremos a bênção de Deus pelos nossos limites e afetos, mas se nos
dispusermos, Deus fará uma grande obra

5. Aprenda a nunca dizer “não” ao Senhor, mesmo quando isso parece trazer perdas
familiares (andando com Jesus não há perdas!) – Gênesis 22:1 e 2, 12, 16-19 “1 E
aconteceu depois destas coisas, que provou Deus a Abraão, e disse-lhe: Abraão! E ele
disse: Eis-me aqui. 2 E disse: Toma agora o teu filho, o teu único filho, Isaque, a quem
amas, e vai-te à terra de Moriá, e oferece-o ali em holocausto sobre uma das
montanhas, que eu te direi. 12 Então disse: Não estendas a tua mão sobre o moço, e
não lhe faças nada; porquanto agora sei que temes a Deus, e não me negaste o teu
filho, o teu único filho. 16 E disse: Por mim mesmo jurei, diz o Senhor: Porquanto

67
O Deus da família/O Deus na
família/O Deus a quem
servimos

fizeste esta ação, e não me negaste o teu filho, o teu único filho, 17 Que deveras te
abençoarei, e grandissimamente multiplicarei a tua descendência como as estrelas
dos céus, e como a areia que está na praia do mar; e a tua descendência possuirá a
porta dos seus inimigos; 18 E em tua descendência serão benditas todas as nações
da terra; porquanto obedeceste à minha voz. 19 Então Abraão tornou aos seus
moços, e levantaram-se, e foram juntos para Berseba; e Abraão habitou em Berseba.”
Deus não é de confusão, mas de paz, quando Ele nos pede algo (nosso tempo,
recurso, trabalho...) não é para nos subtrair – Deus não subtrai, Ele multiplica sempre
que entregamos a Ele em sacrifício de amor. Entregue ao Senhor a tua família – cuide
bem deles, mas faça a Obra de Deus com todas as tuas forças e o Senhor fará uma
grande obra!

Servindo a Deus e a família

Quando o Senhor está em nossa família, é nítida Sua disposição em nos servir
com toda sorte de bênçãos. De Adão até hoje, sempre que estamos conectados com o
Deus de nossa família, Ele se conecta com ela. Portanto, escolher a Deus é optar por
tê-Lo em nossa família.
Espiritualmente nós sabemos que o futuro é o resultado das nossas decisões
presente, assim como a colheita é fruto das respectivas sementes. Aquilo que o
Senhor Jesus falou partiu do princípio da semeadura, em Marcos 4:26-29 E dizia: “26 O
reino de Deus é assim como se um homem lançasse semente à terra. 27 E dormisse, e se
levantasse de noite ou de dia, e a semente brotasse e crescesse, não sabendo ele como.
28 Porque a terra por si mesma frutifica, primeiro a erva, depois a espiga, por último o
grão cheio na espiga. 29 E, quando já o fruto se mostra, mete-se-lhe logo a foice, porque
está chegada a ceifa”
Ele nos disse que:
No mundo espiritual “...o reino de Deus é semelhante ao agricultor que lançou sua
semente e depois foi dormir. E quando ele acordou o campo já tinha florescido...”
Então tudo aquilo que fazemos, nós estamos plantando para o futuro. Em Gálatas 6:7,
o Apóstolo Paulo diz, “Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o
homem semear, isso também ceifará”. Ainda, o Profeta Isaías é usado pela boca do

68
O Deus da família/O Deus na
família/O Deus a quem
servimos

Senhor quando diz: “Dizei aos justos que bem lhes irá; porque comerão do fruto das suas
ações”. (Isaías 3:10 ).
A Palavra de Deus constitui uma série de princípios que regem a relação
“Criador e criatura”. Sendo um manual perfeito, a disposição em segui-lo faz com que
haja harmonia entre o plano do Senhor e Seu sonho para a humanidade.
Deus nos serve gratuitamente com Suas infinitas e imensuráveis dádivas. Isso
Ele faz pela graça. Entretanto, há uma questão ignorada e esquecida pelo homem,
qual seja, se somos feitos à Sua imagem e semelhança, do mesmo modo que Ele nos
serve devemos servi-Lo.
Quando lemos o livro de Gênesis, observamos que Deus havia preparado um
futuro maravilhoso para Adão e Eva. “Eu vou dar á vocês toda a terra. Vocês vão
governar sobre os animais, sobre tudo”.
Esse era o propósito do Senhor para sua criação mais especial. Acontece que
satanás investiu para roubar o futuro de Adão e Eva, ou seja, o futuro da humanidade.
Se Deus sempre investirá na família para que ela jamais saia de seu destino profético
e propósito original, de igual modo satanás sempre buscará roubar, matar e destruir
esse futuro.
Vejamos:
Da mesma maneira como Esaú teve o seu futuro roubado quando ele vendeu a
sua primogenitura por um prato de lentilhas, de igual modo, Saul foi roubado e
entregou o seu futuro quando ele se precipitou e sacrificou no lugar de Samuel.
Sansão é outro exemplo de roubo que a Palavra nos mostra. Ele foi roubado no
seu futuro de continuar com o seu voto um Nazireu, de um homem cheio do Espírito
de Deus, por se entregar a uma vida de prostituição e de miséria, então satanás
roubou o seu destino profético, cegando-lhes os olhos naturais, pois os espirituais
estavam cegos a muito tempo. Uma das coisas mais lamentáveis que há é alguém
não ter perspectiva de futuro.

69
O Deus da família/O Deus na
família/O Deus a quem
servimos

Como o Diabo rouba o futuro do homem

1. Pelas ilusões carnais


“1 Ó gálatas insensatos! Quem vos fascinou a vós outros, ante
cujos olhos foi Jesus Cristo exposto como crucificado? 2 Quero
apenas saber isto de vós: recebestes o Espírito pelas obras da lei ou
pela pregação da fé? 3 Sois assim insensatos que, tendo começado
no Espírito, estejais, agora, vos aperfeiçoando na carne?” Gálatas
3:1-3.
Satanás tem roubado o futuro das pessoas por causa das ilusões carnais.
Usando muitas vezes uma paixão, um rosto bonito, uma
atração sexual, bebidas, drogas, etc.
O inimigo tem roubado o futuro das pessoas por ofertas Guarde bem o que
o Espírito de Deus
que motivam a carne; agora nós temos que entender qual fala ao seu
é o objetivo de satanás que é exatamente trazer estas coração!

ilusões.
Centenas de pessoas já foram iludidas e perderam seu
casamento, família, vida financeira e espiritual e até o seu ministério.

2. Por meio de promessas carnais e atrativas.


“9 E disse-lhe: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares. 10
Então disse-lhe Jesus: Vai-te, Satanás, porque está escrito: Ao
Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás. 11 Então o diabo o
deixou; e, eis que chegaram os anjos, e o serviam”. Mateus 4:9-11
Jesus veio resgatar o homem, cumprir o plano que Deus havia lhe dado e
satanás astuto foi tentar o próprio filho de Deus com promessas carnais: “Se você me
adorar eu vou te dar todos os reinos”.
É assim que satanás rouba o futuro de um homem, de uma família, é assim
que ele rouba o futuro ministerial, oferecendo promessas que são totalmente
mentirosas, ilusórias, que infelizmente são acolhidas pelas nossas e carências e
deformações.
O discurso do mundo agora é: você tem direito a ser feliz, mas para que você
viva essa felicidade prometida, ele manipula e distorce princípios.

70
O Deus da família/O Deus na
família/O Deus a quem
servimos

Satanás trabalha sempre na insatisfação do ser humano, nós somos


insatisfeitos com tudo o que temos e sempre culpamos as circunstâncias ou as
pessoas e não entendemos que essa felicidade é momentânea e passageira, porque a
verdadeira realização encontramos em Jesus Cristo.

3. Por meio do imediatismo


“4 Ou não vê ele os meus caminhos, e não conta todos os meus
passos? 5 Se andei com falsidade, e se o meu pé se apressou para o
engano”. Jó 31:4-5.

“Será que Deus não sabe tudo que está acontecendo comigo? Será que eu não posso
esperar na grandiosidade do plano de Deus?”
Ao invés de agir confiando em Deus, temos pressa na solução de problemas. Satanás
rouba o futuro manipulando a deformação que temos do imediatismo.

Existem pessoas que falam: Puxa, mas eu estou orando, orando e não acontece
nada! No tempo de Deus tudo vai acontecer na sua vida, mas não será no seu tempo.
Você já parou para pensar que antes de Deus mudar o seu cônjuge, Ele quer na
verdade mudar você?
Um casamento sempre será 100% de cada um, então, da mesma maneira que
você quer que o Senhor seja rápido em te responder, seja rápido em mudar a si
mesmo. O Senhor é um Deus de processos. A ação nunca virá sem a preparação.

Pense nisso: o Diabo quer que você abra mão da sua família, ele quer
o seu éden, o jardim que Deus reservou para você, portanto, cuide
dele, semeie, cultive-o e vença essa serpente!

Como garantir o destino profético da nossa família

Você precisa abrir o seu coração para que você não seja uma pessoa tomada
por essas malignidades, para que satanás não roube o seu destino ministerial, seu
destino conjugal, seu destino familiar, etc. E para que eu possa começar a entrar

71
O Deus da família/O Deus na
família/O Deus a quem
servimos

nesta grande visão de ter um futuro apostólico é necessário, que como Neemias eu
possa enxergar.

1. Enxergue que o teu trabalho para o Senhor nunca será em vão, mais garantirá o
seu destino profético.
“1 Sucedeu, pois, no mês de Nisã, no ano vigésimo do rei Artaxerxes,
que estava posto vinho diante dele, e eu peguei o vinho e o dei ao
rei; porém eu nunca estivera triste diante dele. 2 E o rei me disse:
Por que está triste o teu rosto, pois não estás doente? Não é isto
senão tristeza de coração; então temi sobremaneira. 3 E disse ao
rei: Viva o rei para sempre! Como não estaria triste o meu rosto, estando a
cidade, o lugar dos sepulcros de meus pais, assolada, e
tendo sido consumidas as suas portas a fogo? 4 E o rei me
“Quando
trabalhamos
disse: Que me pedes agora? Então orei ao Deus dos céus, 5 E
para o Senhor, disse ao rei: Se é do agrado do rei, e se o teu servo é aceito
ele trabalha em tua presença, peço-te que me envies a Judá, à cidade dos
para nós!” sepulcros de meus pais, para que eu a reedifique. 6 Então o
rei me disse, estando a rainha assentada junto a ele: Quanto
durará a tua viagem, e quando voltarás? E aprouve ao rei enviar-
me, apontando-lhe eu um certo tempo”. Neemias 2:1-6

Nessa perspectiva Neemias se manteve firme no desafio que havia sido


colocado em seu coração pelo próprio Deus. Ao encontrar no homem a disposição o
Senhor trabalha a solução.

2. Enxergue que o teu trabalho em benefício da tua família nunca será em vão,
mais garantirá o seu destino profético

12 E sucedeu que, vindo os judeus que habitavam entre eles, dez


vezes nos disseram: De todos os lugares, tornarão contra nós. 13
Então pus guardas nos lugares baixos por detrás do muro e nos
altos; e pus ao povo pelas suas famílias com as suas espadas, com
as suas lanças, e com os seus arcos. 14 E olhei, e levantei-me, e

72
O Deus da família/O Deus na
família/O Deus a quem
servimos

disse aos nobres, aos magistrados, e ao restante do povo: Não os


temais; lembrai-vos do grande e terrível Senhor, e pelejai pelos
vossos irmãos, vossos filhos, vossas mulheres e vossas casas”.
Neemias 4:12-14.“

Enquanto Neemias enxergou o presente ele chorou, mas quando ele começou a
enxergar o futuro ele se levantou, se reanimou e realizou. Nós temos uma semente
divina que é o nosso destino, que é o nosso dia de
amanhã. Somente os que estão em Cristo podem crer
no amanhã. Portanto, nosso destino profético está Assumir seu destino
diretamente ligado a como reagimos ao Senhor Jesus. profético é tomar os
olhos de Deus para
Reflita: Ninguém pode matar alguém que nossas vidas.
enxerga o seu destino profético.
“Porque deveras haverá bom futuro; não
será frustrada a tua esperança”. Provérbios 23:18.

3. Enxergue que o teu trabalho pelo bem do povo do Senhor nunca será em vão,
mas garantirá o seu destino profético.

.“13 Também sacudi as minhas vestes, e disse: Assim sacuda Deus


todo o homem da sua casa e do seu trabalho que não confirmar
esta palavra, e assim seja sacudido e vazio. E toda a congregação
disse: Amém! E louvaram ao Senhor; e o povo fez conforme a esta
palavra. 14 Também desde o dia em que me mandou que eu fosse
seu governador na terra de Judá, desde o ano vinte, até ao ano
trinta e dois do rei Artaxerxes, doze anos, nem eu nem meus irmãos
comemos o pão do governador. 15 Mas os primeiros governadores,
que foram antes de mim, oprimiram o povo, e tomaram-lhe pão e
vinho e, além disso, quarenta siclos de prata, como também os seus
servos dominavam sobre o povo; porém eu assim não fiz, por causa
do temor de Deus. 16 Como também na obra deste muro fiz
reparação, e terra nenhuma compramos; e todos os meus servos se
ajuntaram ali à obra. 17 Também dos judeus e dos magistrados,
cento e cinquenta homens, e os que vinham a nós dentre as nações
73
O Deus da família/O Deus na
família/O Deus a quem
servimos

que estão ao redor de nós, se punham à minha mesa. 18 E o que se


preparava para cada dia era um boi e seis ovelhas escolhidas;
também aves se me preparavam e, de dez em dez dias, muito vinho
de todas as espécies; e nem por isso exigi o pão do governador,
porquanto a servidão deste povo era grande. 19 Lembra-te de mim
para bem, ó meu Deus, e de tudo quanto fiz a este povo”. Neemias
5:13-19

Neemias trabalhou para que a miséria, o opróbrio e assolação, que eram


marcas evidentes no povo de Jerusalém fossem transformadas em prosperidade,
honra e alegria.
Quando trabalhamos e lutamos para desfazer os enganos, mentiras e
destruições do inimigo, colhemos um destino glorioso. Neemias foi reconhecido como
um homem de Deus, porque semeou os princípios espirituais, vida, paz, restauração,
salvação, restituição em cada coração. Assim seremos nós também em nossa
colheita.

Conclusão

“9 E Neemias, que era o governador, e o sacerdote Esdras, o


escriba, e os levitas que ensinavam ao povo, disseram a todo o
povo: Este dia é consagrado ao Senhor vosso Deus, então não vos
lamenteis, nem choreis. Porque todo o povo chorava, ouvindo as
palavras da lei. 10 Disse-lhes mais: Ide, comei as gorduras, e bebei
as doçuras, e enviai porções aos que não têm nada preparado para
si; porque este dia é consagrado ao nosso Senhor; portanto não vos
entristeçais; porque a alegria do Senhor é a vossa força. 11 E os
levitas fizeram calar a todo o povo, dizendo: Calai-vos; porque este
dia é santo; por isso não vos entristeçais. 12 Então
todo o povo se foi a comer, a beber, a enviar porções
e a fazer grande regozijo; porque entenderam as
SER UM CASAL APOSTÓLICO É
palavras que lhes fizeram saber”. Neemias 8:9-12
SER UM
CASAL INTENSO. INTENSO COM
DEUS, INTENSO COM SUA
.“57 Mas graças a Deus que nos dá a vitória por
FAMÍLIA E INTENSO COM SEU
nosso Senhor Jesus Cristo. 58 Portanto, meus
MINISTÉRIO. amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre

74
O Deus da família/O Deus na
família/O Deus a quem
servimos

abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é


vão no Senhor”. 1 Coríntios 15:57,58

“10 Todavia, ao SENHOR agradou moê-lo, fazendo-o enfermar;


quando der ele a sua alma como oferta pelo pecado, verá a sua
posteridade e prolongará os seus dias; e a vontade do SENHOR
prosperará nas suas mãos. 11 Ele verá o fruto do penoso trabalho
de sua alma e ficará satisfeito; o meu Servo, o Justo, com o seu
conhecimento, justificará a muitos, porque as iniquidades deles
levará sobre si”. Isaías 53:10-11

75
Finanças e planejamento
familiar

CAPÍTULO 10 | FINANÇAS E PLANEJAMENTO


FAMILIAR

Princípios espirituais para abençoar sua vida financeira

 Dízimo

“10 Trazei todos os dízimos à casa do Tesouro, para que haja


mantimento na minha casa; e provai-me nisto, diz o SENHOR dos
Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu e não derramar
sobre vós bênção sem medida. 11 Por vossa causa, repreenderei o
devorador, para que não vos consuma o fruto da terra; a vossa vide
no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos. 12 Todas
as nações vos chamarão felizes, porque vós sereis uma terra
deleitosa, diz o SENHOR dos Exércitos”. Malaquias 3:10-12

O dízimo e as ofertas são um dos assuntos mais controversos existentes entre


as pessoas, tanto entre aquelas que estão de fora, como também, infelizmente, entre
muitos cristãos mal informados. Não obstante, a questão de ofertar a Deus é uma das
mais tratadas ao longo de toda a Palavra.
Além de a natureza humana ser egoísta quando não tratada por Deus, há
também a questão da desinformação e do preconceito quanto a esse importantíssimo
princípio espiritual; além disso, há uma ordem e uma lei que não apenas regulam esta
matéria da contribuição para o sustento da Causa, como também todas as relações
humanas: é a “lei do amor”. O dízimo é, também, um desafio à fé.

 As bênçãos do dízimo na vida daquele que é fiel:


Malaquias 3:10-12
1. Bênção: “Se eu não vos abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós bênção
sem medida.”

76
Finanças e planejamento
familiar

2. Benção: “Por vossa causa, repreenderei o devorador, para que não vos consuma o
fruto da terra”

3. Bênção: “A vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos”

4. Bênção: “Todas as nações vos chamarão felizes”

5. Bênção: “vós sereis uma terra deleitosa, diz o SENHOR dos Exércitos.”

 Oferta - O princípio da semeadura

“6 E digo isto: Que o que semeia pouco, pouco também ceifará; e o


que semeia em abundância, em abundância ceifará. 7 Cada um
contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por
necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria. 8 E Deus é
poderoso para fazer abundar em vós toda a graça, a fim de que
tendo sempre, em tudo, toda a suficiência, abundeis em toda a boa
obra; 9 Conforme está escrito:Espalhou, deu aos pobres;a sua
justiça permanece para sempre. 10 Ora, aquele que dá a semente ao
que semeia, também vos dê pão para comer, e multiplique a vossa
sementeira, e aumente os frutos da vossa justiça; 11 Para que em
tudo enriqueçais para toda a beneficência, a qual faz que por nós se
dêem graças a Deus”. 2 Coríntios 9:6-11

“Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e


transbordando, vos deitarão no vosso regaço; porque com a mesma
medida com que medirdes também vos medirão de novo”. Lucas
6:38

“Em vindo a soberba, virá também a afronta; mas com os humildes


está a sabedoria”. Provérbios 11:2

Ofertar é semear e quem semeia, colhe! A colheita de benção financeira é feita


na mesma proporção da semeadura: quem semeia pouco, pouco colherá, quem
semeia muito, muito colherá. Além disso, na lei da semeadura, colhemos não só de

77
Finanças e planejamento
familiar

acordo com a quantidade (aquilo que disponibilizamos) de sementes, mas também de


acordo com a qualidade (como disponibilizamos nossa fidelidade e motivações)
dessas sementes. Sementes boas têm mais chance de frutificar e, nesse caso, seus
frutos serão também de melhor qualidade.

 A promessa da multiplicação
“dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida e
transbordante, generosamente vos darão; porque com a medida
com que tiverdes medido vos medirão também.” Lucas 6:38

 Desafio
Os desafios, sejam eles quais forem, não são um fim em si mesmos, porém,
sempre um meio de nos levar à alguma conquista.
No caso de um desafio financeiro, ele sempre nos levará à conquista de mais
portas de salvação para o Reino de Deus, além, é claro, das portas que abrem em
nossas próprias vidas quando nos envolvemos na conquista; os desafios de caráter
pessoal, como a oração, o evangelismo, as obras sociais, sempre resultam na
conquista de vidas que estavam nas garras do inimigo e que são libertas, além de
edificar as nossas próprias vidas e nos proporcionar um crescimento com bases
sólidas.
Por todas essas razões, os desafios jamais acabarão no Centro Apostólico
Manancial, pois sempre haverá algo mais para conquistarmos para o Senhor e para o
Seu Reino. Somos a igreja dos desafios, mas antes de tudo, somos a igreja da
conquista!

 Ofertas de primícias

“3 E aconteceu ao cabo de dias que Caim trouxe do fruto da terra


uma oferta ao Senhor. 4 E Abel também trouxe dos primogênitos
das suas ovelhas, e da sua gordura; e atentou o Senhor para Abel e
para a sua oferta”. Gênesis 4: 3 e 4

Hebraico=mincal=oferta

78
Finanças e planejamento
familiar

v.3: E Abel também trouxe dos primogênitos das suas ovelhas e da gordura: e
atentou o Senhor para Abel e para sua oferta (hebraico=teryman=a oferta).
v.4: Deus não está dizendo que não recebeu, mas voltou sua atenção, não para
a oferta, mas para a pessoa.
E a primeira parte de um todo, é uma colheita que amadurece fora da época,
antes do tempo, a oferta de primícias acelera o crescimento. Neemias 10:35-39 “35
Que também traríamos as primícias da nossa terra, e as primícias de todos os frutos de
todas as árvores, de ano em ano, à casa do Senhor. 36 E os primogênitos dos nossos
filhos, e os do nosso gado, como está escrito na lei; e que os primogênitos do nosso gado
e das nossas ovelhas traríamos à casa do nosso Deus, aos sacerdotes, que ministram na
casa do nosso Deus. 37 E que as primícias da nossa massa, as nossas ofertas alçadas, o
fruto de toda a árvore, o mosto e o azeite, traríamos aos sacerdotes, às câmaras da casa
do nosso Deus; e os dízimos da nossa terra aos levitas; e que os levitas receberiam os
dízimos em todas as cidades, da nossa lavoura. 38 E que o sacerdote, filho de Arão,
estaria com os levitas quando estes recebessem os dízimos, e que os levitas trariam os
dízimos dos dízimos à casa do nosso Deus, às câmaras da casa do tesouro. 39 Porque
àquelas câmaras os filhos de Israel e os filhos de Levi devem trazer ofertas alçadas do
grão, do mosto e do azeite; porquanto ali estão os vasos do santuário, como também os
sacerdotes que ministram, os porteiros e os cantores; e que assim não desampararíamos
a casa do nosso Deus”;
“Os primeiros frutos de tudo que houver na terra, que trouxerem ao
Senhor, serão teus; todo o que estiver limpo na tua casa os comerá”
Números 18:13

“10 Fala aos filhos de Israel, e dize-lhes: Quando houverdes entrado


na terra, que vos hei de dar, e fizerdes a sua colheita, então trareis um
molho das primícias da vossa sega ao sacerdote; 11 E ele moverá o
molho perante o Senhor, para que sejais aceitos; no dia seguinte ao
sábado o sacerdote o moverá” Levítico 23:10, 11

“E as primícias de todos os primeiros frutos de tudo, e toda a oblação


de tudo, de todas as vossas oblações, serão dos sacerdotes; também
as primeiras das vossas massas dareis ao sacerdote, para que faça
repousar a bênção sobre a tua casa”. Ezequiel 44:30

79
Finanças e planejamento
familiar

É a oferta que representa os primeiros frutos do nosso sustento (nosso


melhor). Deve- se consagrar e entregar o equivalente a um dia de trabalho do mês.
Segundo a bíblia, não entregar é roubar ao Senhor.
“Os primeiros frutos de tudo que houver na terra, que trouxerem ao
Senhor, serão teus; todo o que estiver limpo na tua casa os comerá.”
Números 18:13

 Voto

“9 Então Ana se levantou, depois que comeram e beberam em Siló; e Eli,


sacerdote, estava assentado numa cadeira, junto a um pilar do templo do
Senhor. 10 Ela, pois, com amargura de alma, orou ao Senhor, e chorou
abundantemente. 11 E fez um voto, dizendo: Senhor dos Exércitos! Se
benignamente atentares para a aflição da tua serva, e de mim te
lembrares, e da tua serva não te esqueceres, mas à tua serva deres um
filho homem, ao Senhor o darei todos os dias da sua vida, e sobre a sua
cabeça não passará navalha. 12 E sucedeu que, perseverando ela em orar
perante o Senhor, Eli observou a sua boca. 13 Porquanto Ana no seu
coração falava; só se moviam os seus lábios, porém não se ouvia a sua
voz; pelo que Eli a teve por embriagada. 14 E disse-lhe Eli: Até quando
estarás tu embriagada? Aparta de ti o teu vinho. 15 Porém Ana
respondeu: Não, senhor meu, eu sou uma mulher atribulada de espírito;
nem vinho nem bebida forte tenho bebido; porém tenho derramado a
minha alma perante o SENHOR. 16 Não tenhas, pois, a tua serva por filha
de Belial; porque da multidão dos meus cuidados e do meu desgosto
tenho falado até agora. 17 Então respondeu Eli: Vai em paz; e o Deus de
Israel te conceda a petição que lhe fizeste. 18 E disse ela: Ache a tua
serva graça aos teus olhos. Assim a mulher foi o seu caminho, e comeu, e
o seu semblante já não era triste. 19 E levantaram-se de madrugada, e
adoraram perante o Senhor, e voltaram, e chegaram à sua casa, em
Ramá, e Elcana conheceu a Ana sua mulher, e o Senhor se lembrou dela.
20 E sucedeu que, passado algum tempo, Ana concebeu, e deu à luz um
filho, ao qual chamou Samuel; porque, dizia ela, o tenho pedido ao
Senhor.” 1 Samuel 1:9-20

80
Finanças e planejamento
familiar

24-28 “24 E, havendo-o desmamado, tomou-o consigo, com três


bezerros, e um efa de farinha, e um odre de vinho, e levou-o à casa
do Senhor, em Siló, e era o menino ainda muito criança. 25 E
degolaram um bezerro, e trouxeram o menino a Eli. 26 E disse ela:
Ah, meu senhor, viva a tua alma, meu senhor; eu sou aquela mulher
que aqui esteve contigo, para orar ao SENHOR. 27 Por este menino
orava eu; e o Senhor atendeu à minha petição, que eu lhe tinha feito.
28 Por isso também ao Senhor eu o entreguei, por todos os dias que
viver, pois ao Senhor foi pedido. E adorou ali ao Senhor”; 2:18-21 “18
Porém Samuel ministrava perante o Senhor, sendo ainda jovem,
vestido com um éfode de linho. 19 E sua mãe lhe fazia uma túnica
pequena, e de ano em ano lha trazia, quando com seu marido subia
para oferecer o sacrifício anual. 20 E Eli abençoava a Elcana e a sua
mulher, e dizia: O Senhor te dê descendência desta mulher, pela
petição que fez ao Senhor. E voltavam para o seu lugar.
Visitou, pois, o Senhor a Ana, que concebeu, e deu à luz três filhos e
duas filhas; e o jovem Samuel crescia diante do Senhor;

“1 E tu, ó filho do homem, toma uma faca afiada, como navalha de


barbeiro, e a farás passar pela tua cabeça e pela tua barba; então
tomarás uma balança de peso, e repartirás os cabelos. 2 Uma terça
parte queimarás no fogo, no meio da cidade, quando se cumprirem
os dias do cerco; então tomarás outra terça parte, e feri-la-ás com
uma faca ao redor dela; e a outra terça parte espalharás ao vento;
porque desembainharei a espada atrás deles. 3 Também tomarás
dali um pequeno número, e atá-los-ás nas bordas do teu manto. 4 E
ainda destes tomarás alguns, e os lançarás no meio do fogo e os
queimarás a fogo; e dali sairá um fogo contra toda a casa de Israel.
5 Assim diz o Senhor DEUS: Esta é Jerusalém; coloquei-a no meio
das nações e das terras que estão ao redor dela. 6 Ela, porém,
mudou em impiedade os meus
juízos, mais do que as nações, e
os meus estatutos mais do que
as terras que estão ao redor dela; A QUESTÃO NÃO É
QUANTO DO MEU
porque rejeitaram os meus
DINHEIRO DOU PARA
juízos e os meus estatutos, e DEUS, MAS QUANTO
não andaram neles. 7 Portanto DO DINHEIRO DELE
RESERVO PARA MIM.

81
Finanças e planejamento
familiar

assim diz o Senhor DEUS: Porque multiplicastes mais do que as


nações, que estão ao redor de vós, e não andastes nos meus
estatutos, nem guardastes os meus juízos, nem ainda procedestes
segundo os juízos das nações que estão ao redor de vós”
Eclesiastes 5:1-7

Os votos trazem a existência o que não existe, libera a realização do nosso


sonho. Como Ana você deve entregar o teu sonho para realizar o sonho de Deus, e isto
irá te habilitar a viver o sobrenatural de Deus. O voto é coisa séria e traz resultados
maravilhosos na vida daquele que o cumpre, como aconteceu com Ana.

Mantenha o equilíbrio financeiro

A má gestão dos recursos financeiros da família compromete o bem estar no


relacionamento. Para proteger sua família deste desgaste é preciso obedecer
criteriosamente os princípios fundamentais da economia doméstica. 2 Reis 4:7 “Então
veio ela, e o fez saber ao homem de Deus; e disse ele: Vai, vende o azeite, e paga a tua
dívida; e tu e teus filhos vivei do resto”; Salmo 1:1,3 “Bem-aventurado o homem que não
anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se
assenta na roda dos escarnecedores. 3 Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros
de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto
fizer prosperará. E leia também o capítulo 6 do evangelho de João.

 Quem deve administrar as finanças na família?


Quem tem o talento para isso, necessariamente não precisa ser o marido, mas
se for a esposa, deve-se sempre consultá-lo nas decisões.

Cinco princípios básicos para uma boa administração familiar

1. CONHECER;
Precisamos reconhecer as áreas a serem administradas, não se pode governar o
que não conhece.

82
Finanças e planejamento
familiar

2. PLANEJAR;
Requer tempo, diálogo, anotações, estabelecer prioridades e necessidades,
estabelecer uma programação de receitas e despesas.

3. EXECUTAR;
É colocar em prática o que foi decidido, esforçar para criar um novo hábito.

4. AVALIAR;
É comparar as realizações com o planejamento Sonhar é
necessário, faz bem
5. FAZER AJUSTES; e nos motiva a
Adequar a realidade ao planejamento. conquistar.

Planejamento financeiro para a tua família

1. Aprenda a viver com menos do que pode ganhar.

2. Aprenda a aconselhar-se junto daquele cuja competência deriva de sua própria


experiência.

3. Aprenda a multiplicar os seus rendimentos.

4. Aprenda a não investir no que é improvável.

5. Aprenda a não se precipitar, faça tudo com segurança e garantia.

6. O SER tem que vir antes do TER;

7. Aprenda a sonhar grande com humildade para começar do pequeno. Uma vida
de sucesso, é uma vida com propósitos.

8. Procure andar em acordo com o planejamento financeiro, sempre juntos, para


que não haja surpresas.
83
Finanças e planejamento
familiar

Sete soluções para a falta de dinheiro

1. Comece a fazer seu dinheiro crescer.

2. Controle seus gastos.

3. Multipliquem seus rendimentos.

4. Proteja seu tesouro contra a perda.

5. Faça do seu lar um investimento lucrativo.

6. Assegure-se uma renda para o futuro (poupe).

7. Aumente a sua capacidade para ganhar.

 “O desejo é a condição para a realização, os desejos devem ser fortes e


definidos.”
 “A oportunidade não perde tempo com os que não estão preparados.”
 “Uma parte de tudo que você ganha pertence a você.”
 “Os homens de ações sempre serão favorecidos.”
 “Onde há determinação o caminho pode ser encontrado.”

84
Finanças e planejamento
familiar

CAPÍTULO 11 | MALDIÇÕES GERACIONAIS

“27 Eis que dias vêm, diz o Senhor, em que semearei a casa de
Israel, e a casa de Judá, com a semente de homens, e com a
semente de animais. 28 E será que, como velei sobre eles, para
arrancar, e para derrubar, e para transtornar, e para destruir, e para
afligir, assim velarei sobre eles, para edificar e para plantar, diz o
Senhor. 29 Naqueles dias nunca mais dirão: Os pais comeram uvas
verdes, e os dentes dos filhos se embotaram. 30 Mas cada um
morrerá pela sua iniqüidade; de todo o homem que comer as uvas
verdes os dentes se embotarão. 31 Eis que dias vêm, diz o Senhor,
em que farei uma aliança nova com a casa de Israel e com a casa
de Judá. 32 Não conforme a aliança que fiz com seus pais, no dia
em que os tomei pela mão, para os tirar da terra do Egito; porque
eles invalidaram a minha aliança apesar de eu os haver desposado,
diz o Senhor. 33 Mas esta é a aliança que farei com a casa de Israel
depois daqueles dias, diz o Senhor: Porei a minha lei no seu interior,
e a escreverei no seu coração; e eu serei o seu Deus e eles serão o
meu povo. 34 E não ensinará mais cada um a seu próximo, nem
cada um a seu irmão, dizendo: Conhecei ao Senhor; porque todos
me conhecerão, desde o menor até ao maior deles, diz o Senhor;
porque lhes perdoarei a sua maldade, e nunca mais me lembrarei
dos seus pecados”. Jeremias 31:27-34

“Porque eis que tu conceberás e terás um filho sobre cuja cabeça


não passará navalha; porquanto o menino será nazireu de Deus
desde o ventre; e ele começará a livrar a Israel da mão dos filisteus.;
14:8,9 “8 E depois de alguns dias voltou ele para tomá-la; e,
apartando-se do caminho para ver o corpo do leão morto, eis que
nele havia um enxame de abelhas com mel. 9 E tomou-o nas suas
mãos, e foi andando e comendo dele; e foi a seu pai e a sua mãe, e
deu-lhes do mel, e comeram; porém não lhes deu a saber que
tomara o mel do corpo do leão.” Juízes 13:5

85
Finanças e planejamento
familiar

Tudo o que o diabo precisa para comprometer uma família por muitas
gerações, é encontrar uma porta aberta, ainda que seja pequena a princípio, para
então entrar e estabelecer uma plataforma na qual começará um processo de
dominação, possessão e destruição no lar.

De que forma um espírito familiar pode destruir famílias

“1 E havia um homem da montanha de Efraim, cujo nome era Mica.


2 O qual disse à sua mãe: As mil e cem moedas de prata que te
foram tiradas, por cuja causa lançaste maldições, e de que também
me falaste, eis que esse dinheiro está comigo; eu o tomei. Então lhe
disse sua mãe: Bendito do Senhor seja meu filho. 3 Assim restituiu
as mil e cem moedas de prata à sua mãe; porém sua mãe disse:
Inteiramente tenho dedicado este dinheiro da minha mão ao Senhor,
para meu filho fazer uma imagem de escultura e uma de fundição;
de sorte que agora to tornarei a dar. 4 Porém ele restituiu aquele
dinheiro à sua mãe; e sua mãe tomou duzentas moedas de prata, e
as deu ao ourives, o qual fez delas uma imagem de escultura e uma
de fundição, que ficaram em casa de Mica. 5 E teve este homem,
Mica, uma casa de deuses; e fez um éfode e terafins, e consagrou
um de seus filhos, para que lhe fosse por sacerdote” Juízes 17:1-5

“19 E eles lhe disseram: Cala-te, põe a mão na boca, e vem conosco,
e sê-nos por pai e sacerdote. É melhor ser sacerdote da casa de um
só homem, do que ser sacerdote de uma tribo e de uma família em
Israel? 20 Então alegrou-se o coração do sacerdote, e tomou o
éfode, e os terafins, e a imagem de escultura; e entrou no meio do
povo. 24 Então ele disse: Os meus deuses, que eu fiz, me tomastes,
juntamente com o sacerdote, e partistes; que mais me resta agora?
Como, pois, me dizeis: Que é que tens? 29 E chamaram-lhe Dã,
conforme ao nome de Dã, seu pai, que nascera a Israel; era, porém,
antes o nome desta cidade Laís. 30 E os filhos de Dã levantaram
para si aquela imagem de escultura; e Jônatas, filho de Gérson, o
filho de Manassés, ele e seus filhos foram sacerdotes da tribo dos
danitas, até ao dia do cativeiro da terra. 31 Assim, pois,
estabeleceram para si a imagem de escultura, que fizera Mica, por

86
Finanças e planejamento
familiar

todos os dias em que a casa de Deus esteve em Siló”. Juízes


18:19,20,24,29-31

Deus tem a bênção de Abraão, sobre todas as famílias da terra, mas Satanás,
por meio da iniquidade (que são pecados repetitivos) trabalha para gerar maldição
familiar, com o objetivo de destruir o plano original do Pai. Vejamos como ele age.

Como a entidade traz as maldições geracionais

1. Impedindo as bênçãos e o agir de Deus por meio do pecado, roubando o nosso


direito legal, por haver contaminação na família – Gênesis 35:1-5 “1 Depois
disse Deus a Jacó: Levanta-te, sobe a Betel, e habita ali; e faze ali um altar ao
Deus que te apareceu, quando fugiste da face de Esaú teu irmão. 2 Então disse
Jacó à sua família, e a todos os que com ele estavam: Tirai os deuses estranhos,
que há no meio de vós, e purificai-vos, e mudai as vossas vestes. 3 E levantemo-
nos, e subamos a Betel; e ali farei um altar ao Deus que me respondeu no dia da
minha angústia, e que foi comigo no caminho que tenho andado. 4 Então deram a
Jacó todos os deuses estranhos, que tinham em suas mãos, e as arrecadas que
estavam em suas orelhas; e Jacó os escondeu debaixo do carvalho que está junto
a Siquém. 5 E partiram; e o terror de Deus foi sobre as cidades que estavam ao
redor deles, e não seguiram após os filhos de Jacó”.
Fortalece os espíritos territoriais contra a nossa família;
Ex.: Cidade ou bairros onde tem muita prostituição, alcoolismo, drogas, divórcios,
pornografia, etc.
O pecado familiar e as contaminações alimentam e fortalecem as entidades
demoníacas, quanto mais fortes elas estão, menos autoridade nós temos contra elas
por causa do pecado.

2. Promove a desagregação e desgraças à toda a família que é influenciada por


eles. Jeremias 44:7,15,17 “7 Agora, pois, assim diz o Senhor, Deus dos Exércitos,
Deus de Israel: Por que fazeis vós tão grande mal contra as vossas almas, para
vos desarraigardes, ao homem e à mulher, à criança e ao que mama, do meio de
Judá, a fim de não deixardes remanescente algum; 15 Então responderam a
87
Finanças e planejamento
familiar

Jeremias todos os homens que sabiam que suas mulheres queimavam incenso a
deuses estranhos, e todas as mulheres que estavam presentes em grande
multidão, como também todo o povo que habitava na terra do Egito, em Patros,
dizendo: 17 Mas certamente cumpriremos toda a palavra que saiu da nossa boca,
queimando incenso à rainha dos céus, e oferecendo-lhe libações, como nós e
nossos pais, nossos reis e nossos príncipes, temos feito, nas cidades de Judá, e
nas ruas de Jerusalém; e então tínhamos fartura de pão, e andávamos alegres, e
não víamos mal algum”.
Ex.: Separações, brigas, contendas, divórcios, enfermidades, miséria...
Uma característica em muitos lares brasileiros é essa: A mulher que domina o
lar, indo à frente de tudo, com a anuência do marido omisso, ou quando é anulado
dentro do próprio lar por mulheres autoritárias, ele então se ajunta com outra mulher,
e deixa sua casa, sendo isso um resultado da insubmissão feminina.
O principado chamado “Rainha do Céu” promove tudo isso sob o disfarce de
emancipação feminina, trazendo uma capa de modernidade e liberalidade, mas que na
verdade, resultará na infelicidade e na destruição dos lares, como vemos acontecer no
lar de Acabe quando Jezabel, sua esposa, numa atitude de rebeldia, governa em seu
lugar.

3. Acaba com a soberania da geração que vem à frente pela falta de um


compromisso nosso hoje (assumir compromisso com Deus e o seu Reino é
assumir pela tua própria família!) – Juízes 8:24,27; “24 E disse-lhes mais Gideão:
Uma petição vos farei: Dá-me, cada um de vós, os pendentes do seu despojo
(porque tinham pendentes de ouro, porquanto eram ismaelitas). 27 E fez Gideão
dele um éfode, e colocou-o na sua cidade, em Ofra; e todo o Israel prostituiu-se ali
após ele; e foi por tropeço a Gideão e à sua casa”.
“4 E deram-lhe setenta peças de prata, da casa de Baal-Berite; e
com elas alugou Abimeleque uns homens ociosos e levianos, que o
seguiram. 5 E veio à casa de seu pai, a Ofra, e matou a seus irmãos,
os filhos de Jerubaal, setenta homens, sobre uma pedra. Porém
Jotão, filho menor de Jerubaal, ficou, porque se tinha escondido”.
Juízes 9:4,5.

88
Finanças e planejamento
familiar

O diabo quer isso, deixar resquícios escondidos que venham comprometer o


futuro da tua família. Comece a assumir hoje compromisso com a obra de Deus e
você estará preparando gerações abençoadas a frente e naquilo que faltar, o Senhor
transformará toda a maldição familiar em bênção familiar!

4. É potencializado pelos costumes e pelas deformações que vão passando de


geração a geração. 2 Crônicas 11:21-23 “21 E amava Roboão mais a Maaca, filha
de Absalão, do que a todas as suas outras mulheres e concubinas; porque ele
tinha tomado dezoito mulheres, e sessenta concubinas; e gerou vinte e oito filhos,
e sessenta filhas. 22 E Roboão designou Abias, filho de Maaca, para ser chefe e
líder entre os seus irmãos, porque queria fazê-lo rei. 23 E usou de prudência, e de
todos os seus filhos, alguns espalhou por todas as terras de Judá, e Benjamim,
por todas as cidades fortes; e deu-lhes víveres em abundância; e lhes procurou
muitas mulheres”. [Salomão ensinou seus filhos a terem muitas mulheres, que
foi o motivo de derrota de Davi. 1 Crônicas 14:3 “E Davi tomou ainda mais
mulheres em Jerusalém; e gerou Davi ainda mais filhos e filhas”, que também foi
a derrota de muitos homens. 1 Reis 11:1a “E o rei Salomão amou muitas
mulheres estrangeiras, além da filha de Faraó”
Uma coisa naturalmente aceita nas famílias brasileiras é a prostituição e o
adultério entre os homens. Essa é incentivada pelos próprios pais, que em certa idade
levam seus filhos à prostíbulos, incentivando-os a terem muitas mulheres. Nada mais
é do que demônios agindo desde cedo para minar uma futura família. Porém uma
coisa é certa: quando nos habilitamos em Cristo e nos desligarmos desses espíritos,
começamos a escrever a partir de nós uma nova história para a nossa família!
Obs.: Em alguns casos é necessário de libertação pessoal.

Como vencer os espíritos malignos que dominam as famílias e trazem a maldição


geracional

1. Derrubar os altares de contaminação: Não alimentá-los mais com os maus


costumes e pecados do passado. (levar ao pó aquilo que potencializa o
principado) – 2 Reis 23: 11,12 e 15 “11 Também tirou os cavalos que os reis de
Judá tinham dedicado ao sol, à entrada da casa do Senhor, perto da câmara de
89
Finanças e planejamento
familiar

Natã-Meleque, o camareiro, que estava no recinto; e os carros do sol queimou a


fogo. 12 Também o rei derrubou os altares que estavam sobre o terraço do
cenáculo de Acaz, os quais os reis de Judá tinham feito, como também o rei
derrubou os altares que fizera Manassés nos dois átrios da casa do Senhor; e
esmiuçados os tirou dali e lançou o pó deles no ribeiro de Cedrom. 15 E também o
altar que estava em Betel, e o alto que fez Jeroboão, filho de Nebate, com que
tinha feito Israel pecar, esse altar derrubou juntamente com o alto; queimando o
alto, em pó o esmiuçou, e queimou o ídolo do bosque”.
Precisamos nos conscientizar do pecado e do engano para vencê-los. Satanás
é cíclico, vem de geração em geração, e por isso, precisamos romper com estes ciclos,
rejeitando toda remontação de deformações, inaugurando um novo ciclo, um ciclo
apostólico, limpo, puro, sem contaminação, mas em santidade.

2. Valorizar a Palavra de Deus, os Seus princípios e os bons costumes, para


promover um bom exemplo para as próximas gerações – 2 Reis 23:1-3,16-18; “1
Então o rei ordenou, e todos os anciãos de Judá e de Jerusalém se reuniram a ele.
2 O rei subiu à casa do Senhor, e com ele todos os homens de Judá, e todos os
moradores de Jerusalém, os sacerdotes, os profetas e todo o povo, desde o menor
até ao maior; e leu aos ouvidos deles todas as palavras do livro da aliança, que se
achou na casa do Senhor. 3 E o rei se pôs em pé junto à coluna, e fez a aliança
perante o Senhor, para seguirem o Senhor, e guardarem os seus mandamentos,
os seus testemunhos e os seus estatutos, com todo o coração e com toda a alma,
confirmando as palavras desta aliança, que estavam escritas naquele livro; e todo
o povo apoiou esta aliança. 16 E, virando-se Josias, viu as sepulturas que estavam
ali no monte; e mandou tirar os ossos das sepulturas, e os queimou sobre aquele
altar, e assim o profanou, conforme a palavra do Senhor, que profetizara o homem
de Deus, quando anunciou estas palavras.
17 Então disse: Que é este monumento que vejo? E os homens da
cidade lhe disseram: É a sepultura do homem de Deus que veio de
Judá, e anunciou estas coisas que fizeste contra este altar de Betel.
18 E disse: Deixai-o estar; ninguém mexa nos seus ossos. Assim
deixaram estar os seus ossos com os ossos do profeta que viera de
Samaria”.

90
Finanças e planejamento
familiar

“Ensina a criança no caminho em que deve andar, e ainda quando


for velho não se desviará dele”. Provérbios 22:6

3. Repreender, quebrar e batalhar contra toda a influência demoníaca que trouxe


maldição à sua família – 2 Reis 23:24,25 “24 E também os adivinhos, os
feiticeiros, os terafins, os ídolos, e todas as abominações que se viam na terra de
Judá e em Jerusalém, os extirpou Josias, para confirmar as palavras da lei, que
estavam escritas no livro que o sacerdote Hilquias achara na casa do Senhor. 25
E antes dele não houve rei semelhante, que se convertesse ao Senhor com todo o
seu coração, com toda a sua alma e com todas as suas forças, conforme toda a
lei de Moisés; e depois dele nunca se levantou outro tal”.

Conclusão
“28 Nisto não há judeu nem grego; não há servo nem livre; não há
macho nem fêmea; porque todos vós sois um em Cristo Jesus. 29 E,
se sois de Cristo, então sois descendência de Abraão, e herdeiros
conforme a promessa”. Gálatas 3:28,29

“ENTRAR EM BATALHA ESPIRITUAL POR MEIO DA ORACÃO CONTRA A ENTIDADE


QUE DOMINA E TRAZ MALDIÇÃO À SUA FAMÍLIA E QUEBRAR TODA SUA INFLUÊNCIA
NA FAMÍLIA”
Principado: Rainha do Céu (na vida do casal) / Moloque (na vida dos filhos)

Relacionamentos familiares

O relacionamento dentro do lar deve ser sempre debaixo da unção do amor,


sincero, transparente e verdadeiro. Os pais devem ser um referencial para os filhos e
os filhos flechas nas mãos de seus pais.
Há um modelo que Deus deixou para a família. Em Gênesis, Deus diz que o
homem deixará pai e mãe e se unirão os dois em uma só carne; a questão é que os

91
Finanças e planejamento
familiar

valores de Deus para a família que se haviam perdido nos dias de Paulo, Pedro, ou
seja, na igreja de Atos, precisou ser alicerçado nos princípios que Cristo resgatou.
Da mesma forma hoje, muita dos padrões estabelecidos por Deus para a
família se perderam e precisam ser resgatados por nós, que somos luz do mundo e sal
da terra.
Bem, precisamos 1º entender o que constitui uma cadeia familiar.
Família: Pais e filhos
Parentela: Irmãos, tios, primos, avós, sobrinhos.
Vejamos, na Palavra de Deus, o que o Senhor estabeleceu para a família:
Então quando nos casamos deixamos a nossa família para constituir uma nova
família. O que era nossa família se tornou agora a nossa parentela. Gênesis 12:1 “Ora, o
SENHOR disse a Abrão: Sai-te da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, para a
terra que eu te mostrarei”.

Casamento recomendado

O novo casal deve entender que o seu primeiro compromisso é de servir um ao


outro e com a chegada dos filhos, eles deixam de ser casal e se tornam uma família.
Um casal ou uma família não tem como crescer saudavelmente com a interferência
ou dependência dos seus pais paternos e maternos.
Se não houver esse desligamento de ambos os lados, a probabilidade ao
fracasso será grande. Por mais centrados e corretos que os pais possam ser, sempre
serão tendenciosos a se inclinar ao seu filho(a) e não darão um conselho imparcial.
Quando um dos cônjuges procuram seus pais e relatam problemas decorrentes
de sua vida conjugal, eles podem quebrar laços afetivos, produzindo mágoas,
ressentimentos para com o genro ou nora.
Da mesma forma quando eles interferem nas decisões, criticando atitudes ou
desvalorizando o seu genro ou sua nora, causam contendas, divisões, e feridas entre
sogros e cônjuge.
Ex: Sua esposa não cuida de você, não cozinha bem, não arruma a casa, etc.
Seu marido é preguiçoso, não cuida de você direito, mole, etc.
Marido, seu compromisso prioritário agora é com sua esposa, depois seus filhos.
Esposa, seu compromisso prioritário agora é com seu marido, depois seus filhos.
92
Finanças e planejamento
familiar

Marido e esposa, seu compromisso prioritário agora é com o seu cônjuge, depois os
filhos e em seguida, sua parentela.
“Aquele que encontra uma esposa, acha o bem, e alcança a
benevolência do Senhor”. Provérbios 18:22

Aquele que achar o seu companheiro ou companheira, recebeu o favor do


Senhor.
 Gênesis 2:18a – “Não é bom que o homem esteja só”;

 1 Timóteo 5:14 – “Quero, pois, que as noivas se casem, tenham filhos, sejam
boas donas de casa e não deem brecha ao adversário para maldizer”;

 Casamento foi feito para ser eterno;

 O que Deus ajuntou, não separe o homem;

 Precisamos tomar cuidado com a nova onda de separações e destruição de


casamentos que está tomando conta da sociedade “moderna”;
Hoje em dia, o casamento é desfeito por motivos fúteis e frívolos – Gênesis
2:24 “Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e
serão ambos uma carne”; Mateus 5:32 “Eu, porém, vos digo que qualquer que repudiar
sua mulher, a não ser por causa de fornicação, faz que ela cometa adultério, e qualquer
que casar com a repudiada comete adultério”; Marcos 10:9 “Portanto, o que Deus ajuntou
não o separe o homem”.

 Haja Amor:As muitas águas não poderiam apagar este amor. Assim, os
maridos devem amar as suas próprias mulheres. Vós, maridos, amai a vossas
mulheres, e não as trateis asperamente.
“E Isaque trouxe-a para a tenda de sua mãe Sara, e tomou a
Rebeca, e foi-lhe por mulher, e amou-a. Assim Isaque foi consolado
depois da morte de sua mãe”; Gênesis 29:20 “Assim serviu Jacó
sete anos por Raquel; e estes lhe pareceram como poucos dias, pelo
muito que a amava”; Efésios 5:28 “Assim devem os maridos amar as
suas próprias mulheres, como a seus próprios corpos. Quem ama a
93
Finanças e planejamento
familiar

sua mulher, ama-se a si mesmo”; Cantares 8:7 “As muitas águas não
podem apagar este amor, nem os rios afogá-lo; ainda que alguém
desse todos os bens de sua casa pelo amor, certamente o
desprezariam”; Colossenses 3:19 “Vós, maridos, amai a vossas
mulheres, e não vos irriteis contra elas”. Gênesis 24:67

Aos Maridos

 1 Timóteo 3:2 e Tito 1:6 – “Marido de uma só mulher”

 Provérbios 5:18 – “Alegra-te com a mulher da tua mocidade”.

 Eclesiastes 9:9 – “Goza a vida com a mulher que amas”.

 1 Timóteo 3:4,12 – “Governe bem a sua própria casa”.

 1 Pedro 3:7 – “Vivei com ela com entendimento, dando honra à mulher, como
vaso mais frágil, e como sendo elas herdeiras convosco da graça da vida, para
que não sejam impedidas as vossas orações”.

 Efésios 5:25 – “Vós, maridos, amai a vossas mulheres como Cristo amou a
Igreja”.

Pense: Se sua esposa, mãe e filhos estiverem morrendo afogados, quem você
tem que salvar primeiro?

 Características do marido que ama

 E líder na família - 1 Coríntios 11:3 “Mas quero que saibais que Cristo é a cabeça
de todo o homem, e o homem a cabeça da mulher; e Deus a cabeça de Cristo”. –
gera estabilidade, é firme em qualquer circunstância;

94
Finanças e planejamento
familiar

 Provedor – Deuteronômio 6: 6 a 9 “6 E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão


no teu coração; 7 E as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua
casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te. 8 Também as atarás
por sinal na tua mão, e te serão por frontais
entre os teus olhos. 9 E as escreverás nos
umbrais de tua casa, e nas tuas portas”. –
Nutre sua esposa em todos os aspectos; O marido que ama,
sempre dará a sua vida
pela a esposa, pelo seu
 Conciliador – Filipenses 2:4 “Não atente cada bem-estar, felicidade e
realização.
um para o que é propriamente seu, mas cada
qual também para o que é dos outros”. –
Capacidade de perdoar e curar as feridas;

 Intercessor – Tiago 4:7 “Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de
vós”; 5:16 “Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros,
para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos”. – Você
é responsável por garantir em oração a proteção para sua família.

Às Esposas

 Ester 1:20 “E, ouvindo-se o mandado, que o rei decretará em todo o seu reino
(porque é grande), todas as mulheres darão honra a seus maridos, desde a maior
até à menor”. – Dê honra a seu marido.

 Provérbios 31:27 – “Olha pelo governo da tua casa, e não coma o pão da
preguiça”.

 Efésios 5:22 – “Vós mulheres submetei-vos a vossos maridos como ao Senhor”.

 1 Timóteo 3:11 – ”...respeitáveis, não maldizentes, sóbrias e fiéis em tudo”.

95
Finanças e planejamento
familiar

 1 Pedro 3:1 “Semelhantemente, vós, mulheres, sede sujeitas aos vossos próprios
maridos; para que também, se alguns não obedecem à palavra, pelo porte de suas
mulheres sejam ganhos sem palavra”;

A mulher que não tem o seu marido convertido, evangelize-o com um


comportamento de submissão, sabedoria e amor.
A mulher deve submissão ao seu esposo, deve cuidar dele. Lembre-se, uma
rainha, deve sempre ter um rei.

 Características da esposa submissa

 Apoiadora – 1 Pedro 3:1,2 “1 Semelhantemente, vós, mulheres, sede sujeitas aos


vossos próprios maridos; para que também, se alguns não obedecem à palavra,
pelo porte de suas mulheres sejam ganhos sem palavra; 2 Considerando a vossa
vida casta, em temor”. – Quando o marido decide por algo, ela apoia, sonha e
soma com ele;

 Auxiliadora – Provérbios 31:10-12 “10 Mulher virtuosa quem a achará? O seu


valor muito excede ao de rubis. 11 O coração do seu marido está nela confiado;
assim ele não necessitará de despojo. 12 Ela só lhe faz bem, e não mal, todos os
dias da sua vida”. – Coloca todas as qualidades que Deus lhe deu para ajudar
seu marido;

 Administradora – Provérbios 31:13-27 “13 Busca lã e linho, e trabalha de boa


vontade com suas mãos. 14 Como o navio mercante, ela traz de longe o seu pão.
15 Levanta-se, mesmo à noite, para dar de comer aos da casa, e distribuir a tarefa
das servas. 16 Examina uma propriedade e adquire-a; planta uma vinha com o
fruto de suas mãos. 17 Cinge os seus lombos de força, e fortalece os seus braços.
18 Vê que é boa a sua mercadoria; e a sua lâmpada não se apaga de noite. 19
Estende as suas mãos ao fuso, e suas mãos pegam na roca. 20 Abre a sua mão
ao pobre, e estende as suas mãos ao necessitado. 21 Não teme a neve na sua
casa, porque toda a sua família está vestida de escarlata. 22 Faz para si cobertas
de tapeçaria; seu vestido é de seda e de púrpura. 23 Seu marido é conhecido nas
96
Finanças e planejamento
familiar

portas, e assenta-se entre os anciãos da terra. 24 Faz panos de linho fino e vende-
os, e entrega cintos aos mercadores. 25 A força e a honra são seu vestido, e se
alegrará com o dia futuro. 26 Abre a sua boca com sabedoria, e a lei da
beneficência está na sua língua. 27 Está atenta ao andamento da casa, e não
come o pão da preguiça”. – Administra o tempo, os sentimentos, os afazeres de
casa, seus filhos;

 Sabedoria no lar – Provérbios 18:21 “A morte e a vida estão no poder da língua; e


aquele que a ama comerá do seu fruto”. – Usa as palavras para alimentar, nunca
para destruir;

 Intercessora – Efésios 6:18 “Orando em todo o tempo com toda a oração e


súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos
os santos”,
 e 1 Tessalonicenses 5:17 “Orai sem cessar”. –Sempre esta em consagração
para ver a realização da família.

Quem ama, corrige

 Provérbios 22:6 – “Instrua a criança no caminho em que deve andar”.

 Provérbios 22:15 “A estultícia está ligada ao coração da criança, mas a vara da


correção a afugentará dela”; Provérbios 29:15 “A vara e a repreensão dão
sabedoria, mas a criança entregue a si mesma, envergonha a sua mãe”. – Corrija
com a vara, se necessário e afaste a rebeldia do coração da criança.

 Hebreus 12:5,6 “5 E já vos esquecestes da exortação que argumenta convosco


como filhos: Filho meu, não desprezes a correção do Senhor, E não desmaies
quando por ele fores repreendido; 6 Porque o Senhor corrige o que ama,E açoita a
qualquer que recebe por filho”. – Deus corrige a quem ama e a todos que Ele
recebe como filhos.

 Não confunda correção com palavras de maldição.

97
Finanças e planejamento
familiar

 Gênesis 27:27-29 “27 E chegou-se, e beijou-o; então sentindo o cheiro das suas
vestes, abençoou-o, e disse: Eis que o cheiro do meu filho é como o cheiro do
campo, que o Senhor abençoou; 28 Assim, pois, te dê Deus do orvalho dos céus, e
das gorduras da terra, e abundância de trigo e de mosto. 29 Sirvam-te povos, e
nações se encurvem a ti; sê senhor de teus irmãos, e os filhos da tua mãe se
encurvem a ti; malditos sejam os que te amaldiçoarem, e benditos sejam os que
te abençoarem”. – maldição.

 Gênesis 27:39-40 “39 Então respondeu Isaque, seu pai, e disse-lhe: Eis que a tua
habitação será nas gorduras da terra e no orvalho dos altos céus.
 40 E pela tua espada viverás, e ao teu irmão servirás. Acontecerá, porém, que
quando te assenhoreares, então sacudirás o seu jugo do teu pescoço”. – benção.

 Efésios 6:4 “E vós, pais, não provoqueis à ira a vossos filhos, mas criai-os na
doutrina e admoestação do Senhor”. – Não gere a ira em seus filhos, mas crie-os
na disciplina do Senhor.

 1 Timóteo 3:4 “Que governe bem a sua própria casa, tendo seus filhos em
sujeição, com toda a modéstia”. – Discipline os filhos com respeito.

A correção dos filhos, é uma responsabilidade de ambos, portanto não deixe o


seu cônjuge sozinho.
Importante: Nunca tire a autoridade do seu cônjuge na frente dos seus filhos.
Se você não concordou com a disciplina, converse em particular, mas nunca
repreenda sua esposa(o) no momento da correção.

Filhos

 Provérbios 10:1 “O filho sábio alegra a seu pai, mas o filho insensato é a tristeza
de sua mãe”. – O filho sábio alegra o pai, mas o louco entristece a mãe.

 Provérbios 23:22 – “Ouve a teu pai e não despreze a mãe na sua velhice”.

98
Finanças e planejamento
familiar

 Marcos 7:10 “Porque Moisés disse: Honra a teu pai e a tua mãe; e quem
maldisser, ou o pai ou a mãe, certamente morrerá”. – Honra teu pai e tua mãe.

 Efésios 6:1-3 “1 Vós, filhos, sede obedientes a vossos pais no Senhor, porque isto
é justo. 2 Honra a teu pai e a tua mãe, que é o primeiro mandamento com
promessa; 3 Para que te vá bem, e vivas muito tempo sobre a terra”. – Seja
obediente aos pais, honra-os e te irás bem.

Importante: Os filhos nunca podem estar acima do casal, nunca deixe seus
filhos entrar no meio do seu relacionamento. Se deixarmos, eles consciente ou
inconscientemente governarão a casa e não respeitarão as regras.
Não deixe eles dormirem na cama de vocês, não saia do seu quarto. Sejam
prudentes e vigilantes. Afinal, vocês são modelo.

QUE DEUS OS ABENÇOE!!!

99
Temperamentos

CAPÍTULO 12 | TEMPERAMENTOS

100
Temperamentos

101

Você também pode gostar