Você está na página 1de 67

Tecnologias que educam: Ensinar

e aprender com tecnologias de


informação e comunicação

Profs.: Fábio Câmara Araújo de Carvalho


e Gregorio Bittar Ivanoff
slide 1 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.
Apresentação e objetivos

O objetivo do curso é:
•Identificar práticas de ensino e aprendizagem com
tecnologias de informação e comunicação, como
circunstâncias sempre presentes;
•Explorar casos e experimentos envolvendo utilização de
bases de dados e informações, comunicação e interação,
e, construção de conteúdo;
•Inspirar o ambiente educacional à descoberta de novos
conhecimentos e trabalhar com o conceito de “aula
aberta”.
slide 2 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.
Abordagem

•Revisão dos conceitos de práticas, estratégias e


organização;
•Identificação e confirmação da visão a ser desenvolvida
(o que a instituição / programa deve saber ao longo do
tempo ou em algum momento ou período específico do
futuro);
•Formação e identificação de grupos e dinâmica –
aprendizado e crescimento, processo, partes interessadas
e sustentabilidade;
•Exercício sobre resultados da realização da visão
slide 3 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.
Sumário

•Práticas de ensinar e aprender nas organizações


•As novas práticas de navegação
•A mudança organizacional e o agir de professores e alunos
•Navegando por programas educacionais, sistemas e
organizações
•Práticas de ensinar e aprender: casos e experimentos
•Utilização de bases de dados e informações
•Comunicação e interação
•Construção de conteúdo
•O processo de ação na prática
•Explorando o ambiente educacional: desafios e oportunidades
•A aula aberta
•Inspirando novos conhecimentos
slide 4 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.
Gregorio Bittar Ivanoff

brasileiro, nascido em São Paulo em 1958; atua em


empreendimentos e em redes sociais de pesquisa;
principais interesses são o desenvolvimento e a
organização em tecnologias e estratégias; trabalha como
professor e orientador nas escolas de negócios da PUC SP
e UNISO; graduação em Engenharia Elétrica pela Escola de
Engenharia Mauá em 1980; 2006, concluiu mestrado na
Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, sobre
cultura de segurança em ambientes e organizações
virtuais.
slide 5 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.
slide 6 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.
Roteiro

O curso envolve apresentação em Powerpoint,


apresentação de um vídeo de 20 minutos, disponível na
Internet (exige banda larga e som ambiente ligado ao
micro do professor), conversas sobre o comportamento
em educação com tecnologias de informação e
comunicação (NAGY; MCDONALD, 2007), e realização de
um exercício que combina atividades em grupo e
individuais, produção de mapas estratégicos e registros
para aprimoramento de planos de ensino.

slide 7 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Práticas de ensinar e
aprender nas
organizações

As novas práticas
de navegação

slide 8 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Práticas: circunstâncias,
estratégias, processos e recursos

slide 9 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Práticas

Práticas são mais que rotinas visíveis e atividades


observáveis. São circunstâncias sempre presentes, vitais
para que possamos negociar com o mundo que nos rodeia
e para atribuir sentido às nossas vidas (CHIA, 2004).

slide 10 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Descobrindo a estratégia na
lógica da prática

Practices are ' temporarily unfolding and spatially dispersed nexus of


doings and sayings' organized around 'shared practical
understanding‘ (CHIA; MACKAY, 2007).
Práticas são "temporariamente desdobramento e espacialmente
dispersos nexo de ditos e feitos", organizado em torno de
"entendimento compartilhado prático". (Google Tradutor!)
Práticas são “nexos de fazeres e dizeres espacialmente dispersos e
que se desdobram temporariamente”, organizados em torno de uma
compreensão prática compartilhada. (Professor!)

slide 11 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Estratégia na prática em
perspectiva

Strategy-as-practice [are] the observed historically and


culturally shaped regularities.
Estratégia como prática [são] as regularidades observadas
historicamente e culturalmente moldadas. (Google
Tradutor!)
Estratégia como prática [são] as regularidades histórica e
culturalmente moldadas e observadas. (Professor!)

slide 12 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


A mudança
organizacional e o
agir de professores e
alunos

slide 13 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Formação de professores em
mudança organizacional

slide 14 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Navegando por
programas
educacionais,
sistemas e
organizações

slide 15 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Visão estratégica

Ao ensinar e aprender qual o valor da tecnologia?

Proposta de partida com os seguintes ingredientes:

•resultados imediatos,
•desempenho,
•fazer o óbvio, e
•avaliação da sustentabilidade de ações por 5 anos.

slide 16 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Rota de navegação:
projetando programas educacionais

slide 17 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


slide 18 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.
Organizando as práticas

slide 19 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Organização em programas e
práticas

slide 20 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Quadro 9.2 Perspectivas para
representar e comunicar estratégias

Visões Resultado
Para satisfazer aos acionistas e 6 Para realizar a visão, como
clientes, em que processos devemos parecer aos olhos dos
organizacionais devemos ser clientes?
3
2 excelentes?
5 9 7
Para realizar a visão, como Para sermos bem-sucedidos,
promoveremos nossa como devemos parecer aos
capacidade de mudar e olhos dos acionistas?
melhorar? 4
1 8

Resultados Receitas
slide 21 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.
confronto!

Você pensa em jogos quando promove a aprendizagem?


Acompanhe em aprendizagem em metáforas,
confronto! jogo sério educacional entre 11 e 21 jun.
2011, Jornada Virtual ABED de EAD, JOVAED 2011.
Chamada disponível a partir de <
https://docs.google.com/document/pub?id=1_6sioCClyj
_b9MUvxEczvlXaT7aiFhLKotwGGVtsEPk >. Programação
completa disponível a partir de <
http://www.abed.org.br/jovaed2011/programacao.asp
>. Acesso em 30 mai. 2011.

slide 22 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Práticas de ensinar e
aprender:
casos e experimentos

Utilização de bases
de dados e
informações

slide 23 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Realizando boas buscas e
encontrando bons resultados

1º Experimento

slide 24 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Ensinando e aprendendo a
respeito de temas
emergentes por meio de
vídeos
2º Experimento

slide 25 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Comunicação e
interação

slide 26 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Redes de relacionamento

slide 27 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


slide 28 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.
Ensinar e aprender por meio
de blogs
3º Experimento

slide 29 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


slide 30 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.
4º Experimento

slide 31 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


slide 32 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.
TV pela Internet

slide 33 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Construção de
conteúdo

slide 34 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Desenvolvimento de texto
por meio do Google Docs
Experimento

slide 35 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Construção colaborativa de
conteúdo

slide 36 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Compartilhamento de documentos

slide 37 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


O que fazer com a
Wikipédia?
2º Experimento

slide 38 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Orientando sobre temas que podem
ser melhorados

slide 39 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Auto-avaliação

Práticas, estratégias e organização na instituição


de ensino / no programa educacional.

slide 40 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Áreas / Disciplinas

slide 41 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Utilização de bases de
dados e informações

slide 42 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Comunicação e
interação

slide 43 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Construção de conteúdo

slide 44 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Auto-avaliação: valor
institucional / programa
Indique práticas e estratégias valiosas no dia-a-
dia da instituição de ensino / do programa
educacional. Indique seu perfil.

slide 45 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Auto-avaliação: suas
impressões de valor
Indique práticas e estratégias que você considera
valiosas para a instituição de ensino / para o
programa educacional.

slide 46 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Auto-avaliação: processos e
organização
Indique detalhes de processos, de organização e
de partes interessadas na instituição de ensino /
no programa educacional.

slide 47 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Auto-avaliação: indivíduos
/ identidades
Indique informações sobre indivíduos e grupos
específicos e descreva suas iniciativas.

slide 48 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Auto-avaliação: resultados

Descreva os resultados de práticas, de


estratégias e da organização que você
identificou, comentando sobre suas opiniões
iniciais e o que acabou descobrindo ao longo do
exercício.

slide 49 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Auto-avaliação:
informações adicionais
Indique outros detalhes que considerar
importantes.

slide 50 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


O processo de ação na
prática

Explorando o
ambiente
educacional:
desafios e
oportunidades
slide 51 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.
slide 52 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.
slide 53 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.
A aula aberta

slide 54 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


O Master Business Information
Systems (MBiS) da PUC -SP

slide 55 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Materiais e textos disponíveis em
ambiente restrito aos participantes

slide 56 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Grupos criados pelos
participantes

slide 57 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Rede social apoiada e
administrada pelo programa

slide 58 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Monitoramento eventual de atuação em
redes sociais

slide 59 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Inspirando novos
conhecimentos

slide 60 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Sugestões de caminhos para obter
resultados

slide 61 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Professores, alunos e agentes no
centro de um processo de ações e
decisões

slide 62 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Sugestões para o professor

slide 63 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


O contexto das instituições
de ensino
 estratégias para a integração de produtos e
serviços em soluções;
 dificuldades na transição de ofertas de
produtos stand-alone para soluções;
 necessidade de criar uma unidade ou unidades
centradas no cliente e de integrar essa(s)
unidade(s) na organização existente;
 a tarefa da liderança é criar processos de
gestão para gerir o conflito resultante
inevitável (GALBRAITH, J.R., 2002).
slide 64 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.
Cinco processos
fundamentais

(1) estratégia de “clientes”;


(2) planejamento de portfólio de produtos;
(3) desenvolvimento de soluções;
(4) preços e atendimento de pedidos de
soluções;
(5) montagem e desmontagem de equipes.
slide 65 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.
Questões importantes

 necessidade de redesenho de sistemas de


recompensa;
 desenvolvimento e seleção de talentos;
 gerenciamento de projetos;
 administrar circunstâncias, estratégias,
processos e recursos para ensinar e aprender
com tecnologias de informação e comunicação.

slide 66 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Bibliografia
CARVALHO, F.C.A.; IVANOFF, G.B. Tecnologias que educam: Ensinar e aprender com
tecnologias de informação e comunicação. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2010.
Disponível em <
http://mdlweb.pearson.com.br/sitepearson/produtos_detalhes.asp?id_p=0&livro_cod=978
8576053675&pag_id=3&area_pai=21 >. Acesso em 10 out. 2009.
CHIA, Robert; MACKAY, Brad. Post-processual challenges for the emerging strategy-as-
practice perspective: Discovering strategy in the logic of practice. Human Relations, Vol.
60(1): 217-242, The Tavistock Institute, SAGE Publications, 2007.
GALBRAITH, Jay R. Organizing to Deliver Solutions. Center for Effective Organizations,
Organizational Dynamics, Marshall School of Business, University of Southern California,
Los Angeles, CA, May 2002. Available from <
http://www.moderntimesworkplace.com/good_reading/GRLearn/Hybrid.Product.Custome
r.Org.pdf >. access on 1 August 2010.
NAGY, Judy; MCDONALD, Jacquelin. New models for learning flexibility: Negotiated choices
for both academics and students. Available from <
http://eprints.usq.edu.au/3897/1/Nagy_McDonald_Ascilite__2007_Publ_version.pdf >.
access on 22 January 2011.
slide 67 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.

Você também pode gostar