Você está na página 1de 7

A MENTE

ESQUERDISTA
---

AS CAUSAS PSICOLOGICAS
---

D A LOUCURA POLITICA

ESTE LIVRO É SOBRE A NATUREZA


HUMANA e a liberdade humana, e a
relação entre elas. Seu conteúdo é o resultado
de meu interesse de toda
a vida em saber como funciona a mente. Esse
interesse, iniciado na
idade de 1 2 anos, levou-me às carreiras de
psiquiatria clínica e forense
e ao acesso específico que essas disciplinas
fornecem à psicologia humana.
As desordens da personalidade têm sido um
foco especial desse
interesse. Primeiramente na prática clínica, e
também nas avaliações
forenses, eu tive a oportunidade de estudar a
natureza da personalidade
e os fatores que afetam seu desenvolvimento. A
prática da psiquiatria
forense me permitiu um olhar especialmente
próximo sobre
a maneira com que todas as doenças mentais,
incluindo as desordens
de personalidade, interagem com as regras da
sociedade para a conduta
aceitável . Essas regras, tanto as civis como as
criminais , definem
amplamente os domínios da liberdade humana e
as condições que suportam
a ordem social.
Historicamente, é claro, as idéias ocidentais
sobre liberdade e ordem
social vieram de campos bem distantes da
psiquiatria: filosofia,
ética, jurisprudência, história, teologia,
economia, antropologia,
sociologia, arte e literatura, entre outros. Mas os
trabalhos sobre a
mente humana, no tocante à psiquiatria e à
psicologia, são necessariamente
relevantes a essas disciplinas e às suas
instituições sociais derivadas.
Este livro é uma tentativa de conectar
mecanismos da mente a
certas condições econômicas, sociais e
políticas, aquelas sob as quais
a liberdade e a ordem podem florescer. Embora
eu tenha empreendido
esforços vigorosos para seguir as pistas da
razão, não escrevi este
D R . LYL E H . R O S S I T E R
livro apenas por interesse intelectual. Minha
intenção é mais "geradora
" que isso, fazendo uso aqui de um dos termos
de Erik Erikson. E
algo que, de fato, cresceu a partir de uma
preocupação profunda com
o futuro da liberdade ordenada. Em seus
esforços " para formar uma
União perfeita," os fundadores da América
tinham a intenção, conforme
o Preâmbulo da Constituição, de estabelecer a
justiça, assegurar a
paz, garantir a defesa da nação, promover seu
bem-estar geral e proteger
as bênçãos da liberdade. Mas o século XX
inteiro, e o início do
XXI, têm testemunhado ataques incansáveis do
esquerdismo a todos
esses objetivos e a todos os princípios sobre os
quais as liberdades individuais
e a ordem social racional estão fundamentadas.
Embora eles
sejam contundentemente deficientes em termos
de substância política,
esses ataques têm sido, não obstante, bem-
sucedidos na exploração
da natureza psicológica do homem para
propósitos socialistas. Combater
a destrutividade desses ataques requer uma
compreensão clara
da relação entre a psicologia humana e o
processo social. Espero que
este livro faça uma contribuição, ainda que
mínima, a esse propósito.
L.H. Rossiter

SUMÁRIO
AGRADECIMENTOS .............................................................
.................. 9
/PREFACIO 11
.............................. ................................................................

PARTE!
Capítulo 1 - A NATUREZA BIPOLAR DO
HOMEM ....................... 15
Capítulo 2 - REGRAS E
RAZÃO ........................................................ 2 7
Capítulo 3 - DEPENDÊNCIA E COMPETÊNCIA NA VIDA
EM COMUNIDADE ........................................................ 3 9
Capítulo 4 - POLÍTICA SOCIAL E DESENVOLVIMENTO
INFANTIL . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
...............................45
Capítulo 5 - ALTRUÍSMO E O EGO
COMPETENTE ...................... 53
Capítulo 6 - O CARÁTER INATO DA
ESCOLHA ........................... 61
Capítulo 7 - COMPETÊNCIA E
COLETIVISMO .............................. 69
Capítulo 8 - CRIAÇÃO E
CULTURA ................................................. 77
Capítulo 9 - OS IDEAIS E IMPERATIVOS
DE DESENVOLVIMENTO .................................................
87
Capítulo 10 - SINAIS DO
DECLÍNIO ................................................. 101
Capítulo 11 -RECAPITULAÇÃO DA PARTE
I .................................... 115
PARTE II
PREFÁCIO À PARTE
II .......................................................................... 123
Capítulo 12 - O STATUS CIENTÍFICO DAS
DESCRIÇÕES COMPORTAMENTAIS 125
............. . . ..·. ........

Capítulo 13 -DESAFIOS DO
DESENVOLVIMENTO ......................... 131
Capítulo 14 -AS DICOTOMIAS DO DESENVOLVIMENTO
.............. 139
Capítulo 15 - DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA
E PROCESSO SOCIAL .................................................... 149
Capítulo 16 - CONEXÃO, DESCONEXÃO E
CONFIANÇA ............... 155
Capítulo· 17 - CONFIANÇA, DESCONFIANÇA
E PROCESSO SOCIAL .................................................... 163
Capítulo 18 -AUTONOMIA E PROCESSO
SOCIAL ........................... 171
Capítulo 19 - BIOLOGIA E
AUTONOMIA .......................................... 177
Capítulo 20-AUTONOMIA E O
EGO ................................................ 183
Capítulo 21 -AUTONOMIA, INDNIDUAÇÃO &
INDIVIDUALISMO ... 191
Capítulo 22 -CAUSA, EFEITO E
VONTADE ........................................ 201
Capítulo 23 -AS REGRAS E A
CRIANÇA ........................................... 211
Capítulo 24 -REVENDO A
CONEXÃO .............................................. 217
Capítulo 25 - UMA VISÃO GERAL DO
DESENVOLVIMENTO INICIAL .................................... 223
Capítulo 26 -
INICIATIVA ................................................................... 233
Capítulo 27 -O FRACASSO DA
INICIATIVA ...................................... 239
Capítulo 28 -OS FUNDAMENTOS DA
ATIVIDADE ........................... 249
Capítulo 29 -REALIZAÇÃO NA ERA
JUVENIL ................................. 259
Capítulo 30 -A MORALIDADE NA ERA
JUVENIL ............................. 265
Capítulo 31 -ADOLESCÊNCIA E
IDENTIDADE ................................. 2 71
Capítulo 32 -ADOLESCÊNCIA E
LIBERDADE ................................... 2 77
Capítulo 33 - ADOLESCÊNCIA, SAUDÁVEL E NÃO
SAUDÁVEL ........ 285
Capítulo 34 -ADOLESCÊNCIA E PATOLOGIA
SOCIAL ..................... 295
Capítulo 35 -A ADOLESCÊNCIA E A AGENDA
ESQUERDISTA ......... 301
Capítulo 36 - IDADE ADULTA JOVEM E
IDADE ADULTA MADURA .............................................
319
Capítulo 37 -LIBERDADE E
FAMÍLIA ................................................. 329
Capítulo 38 -FUNÇÕES DA FAMÍLIA E
A AGENDA ESQUERDISTA .......................................... 335
Capítulo 39 -A SOCIEDADE
COMPETENTE .................................... 343
Capítulo 40 -A FORÇA DAS
REGRAS ................................................ 365
PARTE III
PREFÁCIO À PARTE
III ......................................................................... 381
Capítulo 41 - A MENTE ESQUERDISTA
BENIGNA ............................ 383
Capítulo 42 -AS FALÁCIAS DOS DIREITOS
AFIRMATIVOS .............. 393
Capítulo 43 -A MENTE ESQUERDISTA
RADICAL ............................. 403
Capítulo 44 - AS DEFICIÊNCIAS RADICAIS
DA PRIMEIRA INFÂNCIA .............................................. 419
Capítulo 45 -DEFICIÊNCIAS RADICAIS NA
INFÂNCIA .................... 429
Capítulo 46 -DEFICIÊNCIAS RADICAIS NAS FASES
JUVENIL E ADOLESCENTE .......................................... 443
Capítulo 4 7 -IDEAL E REALIDADE NO
ESQUERDISMO RAD 1 CAL .......................................... 4 5
5
Capítulo 48 - INTEGRIDADE E
TRATAMENTO ............................... 483
BIBLIOGRAFIA 495
................................................ . .............................. .....

Você também pode gostar