Você está na página 1de 9

Disciplina: Biologia

Códigos das Objetos de conhecimentos


Habilidades
(EF09CI08) Associar os gametas à transmissão das características hereditárias, estabelecendo relações entre ancestrais e descendentes.
(EF09CI09) Discutir as ideias de Mendel sobre hereditariedade (fatores hereditários, segregação, gametas, fecundação), considerando-
(EF09CI10 as para resolver problemas envolvendo a transmissão de características hereditárias em diferentes organismos.
(EF09CI11))
(EF09CI12) Comparar as ideias evolucionistas de Lamarck e Darwin apresentadas em textos científicos e históricos, identificando
(EF09CI13) semelhanças e diferenças entre essas ideias e sua importância para explicar a diversidade biológica.
Discutir a evolução e a diversidade das espécies com base na atuação da seleção natural sobre as variantes de uma mesma
espécie, resultantes de processo reprodutivo.
Justificar a importância das unidades de conservação para a preservação da biodiversidade e do patrimônio nacional,
considerando os diferentes tipos de unidades (parques, reservas e florestas nacionais), as populações humanas e as atividades
a eles relacionados.
Propor iniciativas individuais e coletivas para a solução de problemas ambientais da cidade ou da comunidade,
com base na análise de ações de consumo consciente e de sustentabilidade bem-sucedidas
ESCOLA ESTADUAL PROFª DIVA HUGUENEY DE SIQUEIRA BASTOS
Professora: Alexandra Mazei Silva
1º Ano Ensino Médio – REGULAR/EJA – 4º BIMESTRE -2021

Nome do Estudante:...............................................................................Turma____

Módulo 1 Introdução à Biologia

O que a Biologia estuda? Metabolismo


A Biologia (do grego: bios = vida + logos É o conjunto de transformações que
= estudo) é a ciência que estuda a vida. ocorrem nos seres vivos. As substâncias que
Atualmente, o termo designa um conjunto de formam o corpo dos seres vivos estão em contínua
ciências que trata dos seres vivos, catalogando- modificação. Reagem umas com as outras e se
os, descrevendo-os e estudando suas funções. modificam. O metabolismo ocorre quando, por
As características dos seres vivos exemplo, uma molécula de açúcar libera energia
Para ser considerado um ser vivo, esse tem para o ser vivo, moléculas de aminoácidos se
que apresentar certas características como: ser unem para formar as proteínas necessárias para o
constituído de célula; buscar energia para organismo, ou quando as enzimas digerem o
sobreviver; responder a estímulos do meio; alimento no intestino.
reproduzir; evoluir. Ter metabolismo próprio.  O metabolismo pode ser dividido em:
Assim, podemos afirmar que a maioria dos seres  Catabolismo: reações que provocam a
vivos é caracterizada por: quebra de substâncias. Exemplos: respiração
 Estrutura celular aeróbica, fermentação, digestão entre outros.
 Complexidade e organização  Anabolismo: reações que provocam a síntese
 Metabolismo (produção) de substâncias. Exemplos:
 Reprodução fotossíntese, quimiossíntese, fotorredução
 Material genético entre outros.
 Adaptação
1
 Evolução 1
 Homeostase: conjunto de fenômenos que espécie.
garantem o equilíbrio do organismo. Exemplo: o Reprodução assexuada ou agâmica: ocorre em
suor controlando a temperatura. Tanto os um único organismo e pode ser: Cissiparidade ou
organismos autótrofos como os heterótrofos fissão binária ou divisão simples ou bipartição e
necessitam de retirar a energia contida nas Gemiparidade ou Brotamento. Ex.: vírus, bactérias,
moléculas dos açucares. Isso eles fazem através algas unicelulares e em alguns protistas.
da respiração. Essa energia é utilizada pelos seres
vivos em suas várias atividades.
 Excitabilidade
É a capacidade de um ser vivo de responder a um
estímulo. São diversas as formas de um ser vivo
responder a um estímulo, por exemplos: correr,
andar, paralisar, tremer entre outros, porém
depende sempre da participação de um dos
 Reprodução sexuada ou gâmica: ocorre pela
dois fenômenos a seguir: união de duas células (gametas) que originam na
maioria das vezes indivíduos diferentes, ou seja, há
necessidade de dois sexos para haver reprodução
 Sensibilidade: envolve a participação do entre os indivíduos. Ex.: homem x mulher,
sistema nervoso; os organismos que apresentam galo x galinha...

podem responder de forma diferente ao mesmo


tipo de estímulo. Exemplo: quando o estímulo é
um beijo, ele pode ser rejeitado (no caso de um
estranho, feio e de odor desagradável) ou aceito
(no caso de um parente, um namorado ou
namorada, isso se o odor for agradável).
 Evolução
É o processo através do qual ocorrem mudanças ou
 Irritabilidade: não tem a participação do
transformações nos seres vivos ao longo do tempo,
sistema nervoso; são respostas atribuídas, sempre,
dando origem a espécies novas. Os seres vivos são
da mesma forma. Exemplo: o fechamento da folha
capazes de se modificar no decorrer do tempo
da planta, popularmente conhecida como malícia
graças, principalmente, as mutações. Sem essa
ou dormideira, ao ser tocada.
capacidade a vida acabaria no planeta, já que este
está continuamente se modificando. Se os seres
 Reprodução
vivos também não se modificassem, não seriam
é a capacidade de um ser vivo de
capazes de sobreviver às novas condições
produzir descendentes, ou seja, de propagar a sua
ambientais (seleção natural).
2
Subdivisões da Biologia  Diversidade ecológica – refere-se à diversidade

Que tal pesquisar agora de comunidades nos diferentes ecossistemas.

Pesquise quais são as subdivisões da Biologia e seus 2.2. Organização

objetos de estudo. Organize em uma tabela. Níveis de Organização dos Seres Vivos:
Os seres vivos são estudados em
inúmeros aspectos. Podemos enfocar desde a
DIVERSIDADE NA BIOSFERA
constituição da matéria viva e as alterações que
2. A Biosfera
e nela se processam até as relações que os seres
A biosfera pode ser definida como o conjunto de todos
vivos estabelecem entre si com o ambiente em
os ecossistemas da Terra, ou seja, diz respeito às regiões
que vivem. Podemos estudar Biologia em
habitadas do nosso planeta. Geralmente o termo biosfera
diversos níveis desde o mais simples até o mais
relaciona-se com os seres vivos que aqui vivem,
complexo.
entretanto, o termo pode ser ampliado e usado para falar
dos ambientes.
Átomo ---- Molécula ---- Organela ---- Célula ----
Tecido ---- Órgão ---- Sistema ---- Organismo----
2.1 Diversidade
Populações----Comunidade ---- Ecossistemas ----
A vida na Terra pode assumir várias formas, desde as
Bioesfera.
mais simples bactérias, passando pelos fungos, até aos
mais complexos mamíferos ou plantas de grande porte,
A figura abaixo ilustra os níveis de
as diferenças são evidentes. Há, no entanto, algo comum
organização em ordem crescente de
a todas as formas biológicas: todas, sem exceção, são
complexidade
constituídas por células.

A Biodiversidade pode ser analisada sob três


perspectivas diferentes:
 Diversidade genética – refere-se ao fato de cada
indivíduo, ainda que da mesma espécie, ser
geneticamente diferente dos outros, ou seja refere-se à
variabilidade dentro da própria espécie;

 Diversidade de espécies – refere-se à riqueza de


espécies de seres vivos que se podem encontram à escala
local, regional ou global;
Fonte:https://www.biologianet.com/nivelorganizacao-em- biologia.htm

3
EXTINÇÃO E CONSERVAÇÃO Seres pluricelulares: Seres formados por muitas
O desequilíbrio causado a um Ecossistema, que células. Ex.: Plantas e animais. Em relação à
coloque em causa a perfeita harmonia entre os fatores organização celular: Os seres vivos podem ser
bióticos e abióticos e a as trocas de energia e de divididos em dois grupos: procariontes e os
matéria que ocorrem entre estes, pode levar à extinção eucariontes. Seres procariontes: São seres que não
de espécies ou à destruição do próprio Ecossistema. possuem em sua célula uma membrana nuclear
Ao longo da história da vida na Terra, um sem- (carioteca). O código genético (DNA) fica espalhado
número de espécies terão surgido, evoluído e ter- se- no citoplasma. Ex.: Bactérias. Seres eucariontes:
ão adaptado às alterações do meio, no entanto, outras São seres que possuem em sua célula o código
tantas terão sido extintas. Atualmente, a interferência genético (DNA) dentro de uma membrana nuclear
humana nesse ciclo natural, através da sobre (carioteca). Ex.: Animais e plantas.
exploração (pesca e caça intensivas), agricultura
Hora de Pesquisar!
intensiva, excesso de urbanização, poluição e
desflorestação, entre outros, acelera cada vez mais o Pesquise e desenhe em seu caderno uma célula
procarionte e eucarionte.
processo de extinção.
TIRA DÚVIDAS
3 A CÉLULA
Escreva quais foram suas principais dúvidas em
3.1Unidade estrutural e funcional
relação ao contéudo apresentado nesta apostila.
A célula é a unidade básica estrutural e funcional de Assim conseguiremos retomar o conteúdo, através de
novos textos ou atividades.
todos os seres vivos. É a unidade mais simples em que
existe vida (no caso dos seres unicelulares).
4. EVOLUÇÃO
A Teoria Celular defende que:
Você já deve ter ouvido falar que há cerca
 A célula é a unidade básica estrutural e
milhões de anos os dinossauros foram extintos. Para
funcional dos seres vivos;
muitos cientistas, um grupo de dinossauros modifi-
 Todas as células têm origem unicamente a
cou-se com o tempo e, a partir desse grupo, ao longo de
partir de outras células pré-existentes;
muitos milhões de anos, surgiram as espécies de aves
 A célula é a unidade de reprodução,
atuais. As aves seriam, então, descendentes de
desenvolvimento e hereditariedade dos seres vivos.
dinossauros. Esse processo pelo qual as populações de
3.2 CONSTITUINTES BÁSICOS
seres vivos se transformam ao longo do tempo é
Do ponto de vista morfológico, existem dois grupos
chamado evolução.
de células, com características distintas entre si:
Dois fenômenos importantes para explicar a evo-
Os seres vivos podem ser formados por uma ou mais
lução das populações são a mutação e a seleção natu-
células.  Seres unicelulares: Seres formados por
ral (no volume 3 você estudará outros fenômenos im-
uma única célula. Ex.: Bactérias e protozoários. 
portantes para a evolução das populações).
4
Mutação Seleção natural

O mecanismo da hereditariedade garante que os Quando é vantajosa para o ser vivo, isto é, quando
filhos sejam semelhantes aos pais. Se esse mecanismo aumenta sua chance de sobrevivência ou sua proba-
5fosse infalível, as espécies não se modificariam ao bilidade de gerar maior quantidade de filhotes, a mu-
longo do tempo; seriam sempre iguais, geração após tação tende a se espalhar lentamente pela popula ção.
geração. Entretanto, não é isso que acontece na natu- Caso seja prejudicial, ela tende a desaparecer.
reza. As espécies existentes hoje resultaram de trans- O processo pelo qual são preservadas as mutações que
formações nas espécies que existiram no passado. favorecem a sobrevivência ou reprodução de or-
O que ocorre é que, às vezes, o DNA produz cópias ganismos de uma população e eliminadas as muta-
com erro. Esse erro pode ser causado tanto por uma ções prejudiciais é chamado seleção natural.
falha durante a duplicação quanto pela exposição do Desenvolvida pelo cientista inglês Charles Darwin
organismo à radioatividade ou a certos produtos quí- (1809-1882), a ideia da seleção natural foi um marco na
micos. Essa modificação na estrutura do DNA chama-se história da Biologia.
mutação. Um exemplo de seleção natural é a resistência de
insetos a inseticidas. Em uma população de insetos, a
alta taxa de reprodução por via sexuada fornece po-
pulações extremamente variadas, nas quais a quanti-
dade de genes mutantes diferentes é alta. Quando essa
população é submetida a determinado inseticida por
um período prolongado, os indivíduos sensí- veis
morrem e os mutantes resistentes sobrevivem.
Gradativamente, geração após geração, diminui a
quantidade de insetos sensíveis e aumenta a de resis-
tentes (figura 1.16).
Figura 1.16 Após o uso de inseticidas, o número de insetos resistentes A teoria da evolução explica por que os seres
(representados em cor mais escura) aumenta, visto que os insetos sensíveis
vivos possuem adaptações – características que
são eliminados. (O tamanho dos gafanhotos depende da espécie, variando em
torno de 1 cm a 8 cm de comprimento. O DNA é microscópico. Os elementos facilitam sua sobrevivência e reprodução no
da figura não estão na mesma escala. Cores fantasia ambiente em que vivem. Por exemplo, peixes
Surge, assim, uma molécula diferente da original, e isso possuem brânquias (que retiram o oxigênio
pode significar uma nova característica. dissolvido na água) e nadadeiras (que os auxiliam na
. Mutações que ocorrem nas chamadas células germi- natação). Mas essas estruturas não funcionam para
nativas (células que originam gametas) podem ser a vida terrestre, na qual os pulmões são mais
passadas às gerações seguintes adequados à respiração, e as pernas à locomoção.

5
Sistema ABO de grupos sanguíneos
Genética do Sistema ABO
Os tipos sanguíneos ABO são definidos por três alelos
de um único gene, sendo eles: IA, IB e I, sendo eles
responsáveis pela preservação dos quatro fenótipos na
espécie humana, que são o sangue A, sangue B,
sangue AB e sangue O.
Os grupos de fenótipos são caracterizados pela
presença ou ausência de aglutinogênios nas
hemácias e aglutininas no plasma sanguíneo. Vamos
entender cada uma das características:
 Alelo IA é responsável em assegurar que o sangue
possua aglutinogênio A;
 Alelo IB tem a função de se responsabilizar pelo
aglutinogênio B;
 Alelo I a produção de aglutinogênio não é
responsabilidade desse alelo.
A tabela a seguir esclarece quais são os genótipos de
cada tipo sanguíneo: Determinação dos grupos sanguíneos utilizando soros
anti-A e anti-B.

Amostra 1- sangue tipo A.


Amostra 2 - sangue tipo B.
Amostra 3 - sangue tipo AB.
Amostra 4 - sangue tipo O.

Aglutinogênios e aglutininas Como ocorre a Herança dos Grupos Sanguíneos no


 Aglutinogênios: substâncias presentes na membrana Sistema ABO?
plasmática das hemácias.
 Aglutininas: anticorpos encontrados no plasma A produção de aglutinogênios A e B são determinadas,
sanguíneo que trabalham contra alguns respectivamente, pelos genes I A e I B. Um terceiro
aglutinogênios. gene, chamado i, condiciona a não produção de
Doação de sangue – Sistema ABO aglutinogênios. Trata-se, portanto de um caso de alelos
 Tipo sanguíneo O pode doar para todos, múltiplos. Entre os genes I A e I B há co-
A B
dominância (I = I ), mas cada um deles domina o
são doadores universais, porém só recebem sangue
do tipo O. gene i (I A > i e I B> i).
 Tipo sanguíneo AB recebe doação de todos os tipos
sanguíneos, são receptores universais e podem doar Fenótipos Genótipos
sangue apenas para pessoas com o sangue AB. A I AI A ou I Ai
 Tipo sanguíneo A não doa sangue para o sangue B, B I BI B ou I Bi
porém pode doar para o tipo A e AB. O sangue A AB I AI B
recebe doação do tipo sanguíneo A ou O. O ii
 Tipo sanguíneo B não pode doar sangue para o tipo
A, mas podem doar para o tipo sanguíneo B e AB. A partir desses conhecimentos fica claro que se uma
Recebem doação do sangue B ou O. pessoa do tipo sanguíneo A recebe sangue tipo B as
Referências utilizadas na elaboração da Apostila.
https://beduka.com/blog/exercicios/biologia-exercicios/exercicios-sobre-sistema-abo/
13/02/2021
Acesso em hemácias contidas no sangue doado seriam
Paulo, Wilson Roberto. Biologia Atual - Citologia, Histologia. Vol. 1. 20ª Edição. São Paulo. Ática. 2008.
LINHARES, Sérgio. Gewandsznajder, Fernando. Biologia hoje. Volume I,II,III. São Paulo. Ática, 2003.
aglutinadas pelas aglutininas anti-B do receptor e vice-
Portal Objetivo. Disponível em: www.portal.objetivo.br Portal Educação. Disponível em: versa.
https://siteantigo.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/ biologia/extincao-e-
conservacao/19357
https://www.sobiologia.com.br/conteudos/Genetica/leismendel11.php

6
Aplique seus conhecimentos
1. Coloque em ordem de complexidade, da célula até a bios- Que tipo de reprodução a figura representa?
fera, os diferentes níveis de organização do mundo vivo. a) Os indivíduos produzidos nesse tipo de reprodução
2. Em relação à fotossíntese e à respiração celular aeróbia, são geneticamente iguais? Por quê?
responda quais as matérias-primas e quais os produtos b) Que diferenças existem entre esse tipo de reprodu-
de cada um desses processos. ção e a reprodução da maioria dos animais?
3. Quando uma pessoa cresce ou engorda, predominou em 10. Explique o que essa frase significa: “Todas as células
seu organismo o anabolismo ou o catabolismo? de nosso corpo se originam de uma única célula”.
Justifique. 11. Muitas lagartas que vivem sobre as folhas são
4. O fenômeno da respiração celular é um exemplo de verdes. Que vantagem essa cor traz para a lagarta?
anabolismo ou catabolismo? E o da fotossíntese? 12. Se lhe perguntassem por que os filhos são parecidos
5. Os animais continuariam a existir se todos os seres au- com os pais, o que você diria? Responda usando as
totróficos morressem? Por quê? palavras: DNA, cromossomos, gametas, fecundação
6. Por que se pode dizer que a energia que um atleta usa e célula-ovo (não necessariamente nessa ordem).
durante uma corrida vem, em última análise, do Sol? 13. Utilizando os conceitos de “mutação” e “seleção
7. Um estudante afirmou que a principal diferença entre natu- ral”, explique como uma população de insetos
plantas e animais está no tipo de nutrição. Explique pode se tornar resistente a um inseticida.
com suas palavras o que ele quis dizer com isso. 14. João e José são gêmeos idênticos (possuem o mesmo
8. Outro estudante afirmou que plantas não reagem a es- conjunto de genes), mas foram criados em cidades
tímulos, que apenas os animais fazem isso. Esse estu- diferentes e nunca se conheceram. Ambos
dante está certo? Justifique sua resposta. começaram a fumar na mesma época (um hábito que
9. A figura abaixo mostra um organismo unicelular (um prejudica a saúde). Pode-se afirmar que o ato de
protozoário) dividindo-se em dois. fumar depende ape- nas dos genes de João e José?
k Justifique sua resposta.
15. A construção e a renovação do corpo estão sempre

D
ocor- rendo. Por exemplo, muitas células morrem e
es
ig
n/
S
são subs- tituídas por células novas, em um processo
que, em cer- tos casos, continua por toda a vida.
Apesar disso, o organismo mantém suas
Foto ao microscópio de luz ou óptico, com uso de características básicas; como um rio, cuja água é
corante; aumento de cerca de 100 vezes. sempre renovada, embora ele pareça o mesmo. De
que processo estamos falando e por que ele é
importante para a sobrevivência dos organismos?

7
16 (Acafe-SC) São afirmações sobre os seres vivos, ambiente interno estável, mesmo quando as
quanto à obtenção do alimento: condições ambien- tais externas apresentarem
I. Os seres heterotróficos têm capacidade de sintetizar variações. Essa estabilida- de, denominada I, é
seu próprio alimento, pois realizam a fotossíntese. garantida por um conjunto de rea- ções químicas
II. Os seres autotróficos obtêm matéria orgânica a par- tir ordenadas, que constituem o II. Assim, cada ser
da energia luminosa e moléculas simples. vivo mantém a sua própria vida e, através do
III. Os seres heterotróficos dependem dos autotróficos. processo de III, garante a sobrevivência de sua
Todas as afirmações acima que estão corretas se encon- espécie. Assinale a alternativa que contém os termos
tram na alternativa: que preen- cham, corretamente, as lacunas I, II e
a) II – III. III.
b) II. a) I = metabolismo; II = homeostase; III = reprodução.
c) I – II. b) I = metabolismo; II = reação a estímulos do ambien-
d) I – II – III. te; III = reprodução.
e) III. c) I = reação a estímulos do ambiente; II = reprodução;
17- (FMABC-SP) Considere a seguinte frase, a ser completa- III = adaptação.
da: “Sem I não há variabilidade, sem variabilidade não d) I = homeostase; II = metabolismo; III = reprodução.
há II e, consequentemente, não há III”. Os termos que, e) I = homeostase; II = reprodução; III = adaptação.
substituindo as lacunas, tornam essa frase logicamente 20. (Fuvest-SP) As substâncias orgânicas de que uma
correta são: planta necessita para formar os componentes de suas
a) I – evolução, II – seleção e III – mutação. células são:
b) I – evolução, II – mutação e III – seleção. a) sintetizadas a partir de substâncias orgânicas retira-
c) I – mutação, II – evolução e III – seleção. das do solo.
d) I – mutação, II – seleção e III – evolução. b) sintetizadas a partir de substâncias orgânicas reti-
e) I – seleção, II – mutação e III – evolução. radas do solo e de substâncias inorgânicas retiradas
do ar.
18- (UFC-CE) Existem inúmeras características que nos per- c) sintetizadas a partir de substâncias inorgânicas reti-
mitem diferenciar a matéria viva da inanimada. A radas do solo e do ar.
carac- terística “o ser vivo é capaz de manter a d) extraídas de bactérias e de fungos que vivem em as-
constância do meio interno” é identificada como: sociação com suas raízes.
a. homeostase. 20- Cite os quatro principais tipo de sangue que
b. metabolismo. encontramos na espécie humana?
c. irritabilidade. _______________________________________
d. nutrição. 21-Quais são os requisitos para poder ser um doador
19- Fatec-SP) Todos os seres vivos mantêm um de sangue?_____________(pode responder no verso)
8
9

Você também pode gostar