Você está na página 1de 2

Reflexão

DE
Recursos Humanos e Processamentos de Salários

No módulo de Recursos Humanos e Processamentos de Salários leccionado pelo


formador José Luís Banha com uma duração de 25 horas abordamos os seguintes
conceitos: a diferença entre salário e remuneração, outros abonos, assiduidade,
comissões, outros abonos sujeitos ou isentos a IRS e S.Social; remuneração base, e
remuneração bruta, trabalho suplementar, regime de férias, faltas e feriados, contratos,
regime de contribuição para a Segurança Social, impostos, descontos, remuneração
líquida, emissão de cheques.
Para as empresas, um dos aspectos que mais conta são as relações estabelecidas
e desempenhadas nas empresas com base na gestão de recursos humanos, para de modo
atingir os objectivos estimulando e recompensando.
Uma das características de um bom sistema de remuneração é ser competitivo e
motivar o trabalho de equipa, contribuindo para o desempenho das competências.
A proposta de valor pretende que a função a desenvolver seja um desafio de
autonomia própria, responsabilizando o colaborador a atingir objectivos de liderança
para ser reconhecido no sistema, dando significado á sua formação, pelo seu
desempenho e valorizando a remuneração financeira, equilibrando a família e a
profissão pelo nível de oportunidades, pela dedicação etc.…
Outras noções importantes de que falamos nas aulas foram diferença salário e
remuneração.
Nos termos do Código do trabalho considera-se retribuição a prestação que nos
termos de contrato, e das normas que o regem ou dos usos, que o colaborador tem
direito em contrapartida do trabalho, estas prestações poderão ser feitas em espécie ou
dinheiro.

ESCOLA PROFISSIONAL DA APRODAZ


Rua dos Mercadores nº 76, 9500-092 Ponta Delgada
Telefone 296 285 461  Fax 296 285 463
E-mail: geral@aprodaz.com
A retribuição pode ser certa, variável ou mistas (constituída por uma parte certa
e outra variável). As importâncias recebidas a titulo de ajudas de custo, abonos de
viagem, despesas de transporte devidas ao colaborador por deslocações (essas
importâncias, na parte que não exceda os respectivos montantes acordados, previstas em
contrato).
Considera-se retribuição o subsídio de refeição (que não ultrapasse o valor
anualmente estipulado pela lei) a remuneração base, diuturnidades, comissões, subsidio
de ferias, de natal entre outros estão sujeitos a descontos para o IRS e S/S.
O absentismo é usado para designar ausências dos colaboradores no processo de
trabalho devido a qualquer motivo, assim sendo serão descontadas nas ferias a que têm
direito no período de 25 dias úteis.
O trabalho suplementar é todo aquele que for prestado fora do horário de
trabalho, ou seja quando a entidade empregadora o determinar.
Considero todos estes conhecimentos abordados importantes, porque são a base
de um processo contínuo de desenvolvimento na área de recursos humanos, no
processamento de uma melhor proposta de valor no e de melhores condições de vida.
Este módulo foi o que mais senti á vontade, porque é umas das funções que
gostaria de desempenhar. Quem sabe se num futuro próximo terei a oportunidade de lá
chegar!

Formador: José Luís Banha


Formada: Carla Araújo

Ponta delgada, 7 de Janeiro de 2011.

ESCOLA PROFISSIONAL DA APRODAZ


Rua dos Mercadores nº 76, 9500-092 Ponta Delgada
Telefone 296 285 461  Fax 296 285 463
E-mail: geral@aprodaz.com