Você está na página 1de 8

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ

SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DO PARÁ


SECRETARIA ADJUNTA DE ENSINO

EDUCAÇÃO BÁSICA ESTADUAL PARAENSE

CURRÍCULO CONTINUUM 2020/2021

ANO 2020
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DO PARÁ
SECRETARIA ADJUNTA DE ENSINO

APRESENTAÇÃO

O Currículo Continuum, ou o Continuum Currículo, tratado neste documento, destina-se às escolas e aos
professores da rede estadual visando tanto à reorganização do tempo pedagógico escolar quanto o planejamento
de ensino anual dos docentes. Trata-se de um esforço atendendo a necessidade da flexibilização curricular dos
anos letivos de 2020 e de 2021 considerando as seguintes bases legais e normas:

1 O primeiro princípio do Artigo 206 da Constituição Federal, de 1988, dispondo sobre a obrigatoriedade da
“oferta de igualdade de condições para o acesso e permanência na escola” de alunos, principalmente os sem
condições econômicas, sociais e em situação de vulnerabilidades de naturezas diversas;
2 A Medida Provisória 934/2020 ao estabelecer normas excepcionais sobre o ano letivo da educação básica
decorrentes das medidas para enfrentamento da situação de emergência de saúde pública de que trata a Lei nº
13.979/2020;
3 A Lei 10.040/2020, de 18/08/2020, ao estabelecer normas educacionais excepcionais a serem adotadas,
conforme o seu Artigo 2º no qual determina que os estabelecimentos de ensino de educação básica,
observadas as diretrizes nacionais editadas pelo CNE, a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e as normas a
serem editadas pelos respectivos sistemas de ensino, ficam dispensados, em caráter excepcional: para o
cumprimento dos objetivos de aprendizagem e de desenvolvimento, a integralização da carga horária mínima
do ano letivo afetado pelo estado de calamidade pública poderá ser feita no ano subsequente, inclusive por
meio da adoção de um continuum de 2 (duas) séries ou anos escolares;
4 As Resoluções 05/2020, 11/2020 e 15/2020 da CP/CNE tratando respectivamente: da “reorganização do
Calendário Escolar e da possibilidade de cômputo de atividades não presenciais para fins de cumprimento da
carga horária mínima anual, em razão da Pandemia da covid-19”; das “Orientações Educacionais para a
Realização de Aulas e Atividades Pedagógicas Presenciais e Não Presenciais no contexto da Pandemia.”; e das “
Diretrizes Nacionais para a implementação que estabelece normas educacionais excepcionais a serem adotadas
durante o estado de calamidade pública reconhecido pelo Decreto Legislativo nº 6, de 20 de março de 2020”.

Diante dos elementos dispostos, informamos sobre o reordenamento curricular em que os anos letivos
2020/2021 tornam-se um contínuo, no qual as atividades desenvolvidas em 2020 estendem-se ao ano de 2021,
conforme orientações da SAEN. Considera-se o Artigo 4º, do parecer 15/2020-CP/CNE, destacando que “para o
cumprimento dos objetivos de aprendizagem, e observando-se que LDB/1996 (art. 23) e a BNCC admitem
diferentes critérios de organização da trajetória escolar, a integralização da carga horária mínima do ano letivo
afetado pela pandemia pode ser efetivada no ano subsequente, inclusive por meio da adoção de um continuum
curricular em anos escolares contínuos, observadas as diretrizes nacionais do CNE, a BNCC e as normas dos
respectivos sistemas de ensino.
A LDB e a própria BNCC admitem diferentes formas de organização da trajetória escolar, sem que a
segmentação anual seja uma obrigatoriedade. Em caráter excepcional, é possível reordenar a trajetória escolar
reunindo em um continuum o que deveria ter sido cumprido no ano letivo de 2020 com o ano subsequente. Ao
longo do que restar do ano letivo presencial e não presencial de 2020 e do ano letivo seguinte, pode-se reordenar
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DO PARÁ
SECRETARIA ADJUNTA DE ENSINO

a programação curricular, aumentando, por exemplo, os dias letivos e a carga horária do ano letivo de 2021, para
cumprir, de modo contínuo, os objetivos de aprendizagem prioritários previstos no ano letivo anterior. Trata-se de
um “ciclo emergencial”, de acordo com o Artigo 23, da LDB/1996, com flexibilização acadêmica. A flexibilização
curricular considera a possibilidade de planejar um Continuum Curricular de 2020-2021, quando não é possível
cumprir os objetivos de aprendizagem previstos no calendário escolar de 2020. É importante que o
replanejamento curricular do calendário ainda de 2020 considere as competências da BNCC e selecione os
objetivos de aprendizagem mais essenciais relacionados às propostas curriculares das redes e escolas, no caso de
opção para continuidade de 2020-2021.
Diante disto, a seguir apresentam-se o sumário e os organizadores com as disposições dos componentes
curriculares (disciplinas) por agrupamentos em pares contínuos de anos/séries escolares. Para facilitar a
compreensão cada agrupamento encontra-se pareado para visualização dos conteúdos (objetos de
conhecimentos) dos anos escolares anteriores e dos posteriores:
- Ensino Fundamental: 1º e 2º ano, 2º e 3º ano, 3º e 4º ano, 4º e 5º ano, 5º e 6º ano, 6º e 7º ano, 7º e 8º e
8º e 9º ano anos;
- Ensino Médio: 9º e 1ª série, 1ª e 2ª série e 2ª e 3ª série;
- Educação de Jovens e Adultos: 1ª e 2ª etapas do ensino fundamental e 1ª e 2ª etapas do ensino médio.

Considerando-se que o cumprimento de cargas-horárias diárias previstas para consecução do currículo


continuum do 1º ao 5º ano do ensino fundamental serão de 6,5/dia, e do 6º ao 9º do ensino fundamental e ensino
médio serão de 7,5/dia, orienta-se os professores e as professoras a planejarem atividades por meio de
metodologias ativas voltadas ao Ensino Híbrido, ou seja à Educação Flexível, considerando os cenário possíveis
para o ano de 2021. Por isto, o planejamento de ensino anual do professor e da professora, para o ano de 2021,
deve prever elaboração de atividades considerando os seguintes elementos:
- Atividades correspondentes as horas regulares (previstas para a sala de aula), assim como para as 2,5 de
atividades complementares, considerando obviamente a carga-horária do seu componente curricular;
- Atividades concebidas para serem realizadas tanto em cenário favorável (em sala de aula), cenário
parcialmente favorável (escala da presença do alunado) ou cenário ainda remoto (com envios/entregas de
atividades aos alunos). O planejamento baseado no ensino híbrido, com atividades preparadas para cenários
variados, logram melhor êxito, visto que teremos de seguir as diretrizes dos órgãos de vigilância sanitária.
Estamos unidos e em conjunto seguiremos para favorecer o desenvolvimento de um trabalho a refletir cada
realidade.
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DO PARÁ
SECRETARIA ADJUNTA DE ENSINO

SUMÁRIO
I ENSINO FUNDAMENTAL
ÁREA LINGUAGEM
Língua Portuguesa - 1º ao 9 ano, Língua Inglesa/Língua Espanhola - 6º ao 9º ano, Educação Física - 1º ao 9 ano e
Arte - 1º ao 9 ano
ÁREA MATEMÁTICA
Matemática - 1º ao 9 ano
ÁREA CIÊNCIAS DA SOCIEDADE
História - 1º ao 9 ano, Geografia - 1º ao 9 ano e Estudos Amazônicos - 6º ao 9º ano
ÁREA ENSINO RELIGIOSO
Ensino Religioso - 1º ao 9 ano
ÁREA CIÊNCIAS DA NATUREZA
Ciências - 1º ao 9 ano

II ENSINO MÉDIO
ÁREA LINGUAGEM
Língua Portuguesa – 1ª à 3ª série, Língua Inglesa/Língua Espanhola - 1ª à 3ª série, Educação Física - 1ª à 3ª série e
Arte - 1ª série
ÁREA MATEMÁTICA
Matemática – 1ª ao 3ª série
ÁREA CIENCIAS DA SOCIEDADE
História – 1ª à 3ª série, Geografia – 1ª à 3ª série, Sociologia – 1ª à 3ª série e Filosofia – 1ª à 3ª série
ÁREA CIÊNCIAS DA NATUREZA
Biologia – 1ª à 3ª série, Física – 1ª à 3ª série e Química – 1ª à 3ª série

III EDUCAÇÃO DE JOVENS, ADULTOS E IDOSOS


ÁREA LINGUAGEM
Língua Portuguesa, Língua Inglesa/Língua Espanhola (ensino médio), Educação Física e Arte
ÁREA MATEMÁTICA
Matemática
ÁREA CIENCIAS DA SOCIEDADE
História, Geografia e Estudos Amazônicos
ÁREA CIÊNCIAS DA NATUREZA
Ciências, Biologia, Física e Química
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO
SECRETARIA ADJUNTA DE ENSINO

9º ANO - 1ª SÉRIE 1ª SÉRIE - 2ª SÉRIE 2ª SÉRIE - 3ª SÉRIE


SOCIOLOGIA E SOCIEDADE SOCIOLOGIA E SOCIEDADE SOCIOLOGIA E SOCIEDADE
O homem como ser social O que é Sociologia A vida em sociedade versus problemas sociais Classes A vida em sociedade versus problemas sociais
SOCIOLOGIA Surgimento e desenvolvimento da Sociologia enquanto sociais e Estratificação Social (principais teorias Classes sociais e Estratificação Social (principais
Ciência A contribuição da Sociologia para compreensão sociológicas) Grupo social e seus mecanismos de teorias sociológicas) Grupo social e seus
da vida social O processo de desnaturalização ou sustentação Sistemas de status e papeis sociais A mecanismos de sustentação Sistemas de status e
estranhamento da realidade Sociologia, sociabilidade e Sociologia na sociedade contemporânea A sociedade papeis sociais A Sociologia na sociedade
socialização. Ciências Sociais e compreensão da vida humana como objeto de estudo Estrutura e contemporânea A sociedade humana como objeto de
social Max Weber, Karl Marx, ação social, classes sociais organização social Outras formas de agregações estudo Estrutura e organização social Outras formas
e indivíduos Comunicação, interação, relações e sociais. de agregações sociais.
processos sociais. A vida em sociedade versus CULTURA, IDENTIDADE E DIVERSIDADE Consciências Coletivas e Consciência Individual ao
problemas sociais Classes sociais e Estratificação Social Cultura e Sociedade O papel da educação na retratar os fatos sociais Historicidade do pensamento
(principais teorias sociológicas) Grupo social e seus transmissão da cultura O aspecto material e não sociológico (surgimento e processo de organização)
mecanismos de sustentação Sistemas de status e papeis material da cultura Diferentes manifestações culturais, Principais métodos de análises utilizados pelos
sociais A Sociologia na sociedade contemporânea A etnias e segmentos sociais. Identidade cultural. sociólogos: o tratamento dos fatos sociais como
sociedade humana como objeto de estudo Estrutura e INSTITUIÇÕES SOCIAIS, POLÍTICA E PODER coisa; método compreensivo e o materialismo
organização social Outras formas de agregações sociais. Conceitos, finalidades e tipos de Instituição social. O dialético.
CULTURA, IDENTIDADE E DIVERSIDADE papel das instituições sociais, associando-as aos CULTURA, IDENTIDADE E DIVERSIDADE
A sociedade e a cultura na qual vivemos o homem e a diferentes grupos, conflitos e movimentos sociais A Natureza humana e o Conceito de Cultura
cultura Os processos de humanização e alienação Grupo social e instituição social O papel do Estado Componentes da cultura O crescimento do patrimônio
Conceitos de Identidade Cultural e diversidade. como instituição na organização das sociedades cultural.
TRABALHO, ESTRUTURA SOCIAL E Valores éticos na estruturação política das instituições INSTITUIÇÕES SOCIAIS, POLÍTICA E PODER
DESIGUALDADES sociais. Grupo social e instituição social: Interdependência
Conceito de trabalho e sociedade Trabalho e classes TRABALHO, ESTRUTURA SOCIAL E entre as instituições Principais tipos de instituições
sociais DESIGUALDADES Estado, regulação social x problemas de ordem
Estrutura social e diferentes tipos de trabalho A base econômica da sociedade A produção Trabalho econômica, social e cultural Instituições sociais, seus
CIDADANIA, DEMOCRACIA E MOVIMENTOS SOCIAIS Estrutura social e instrumento de produção. A papéis e funções nos diferentes espaços sociais.
Conceitos: Comunidade, Sociedade, Cidadania e direitos sociedade não é estática Mudança social e relações TRABALHO, ESTRUTURA SOCIAL E
humanos Aspectos jurídicos, sociológicos e éticos da sociais Causas da mudança social Fatores contrários e DESIGUALDADES
cidadania fatores favoráveis à mudança social Estrutura social e A sociedade não é estática Mudança social e
TECNOLOGIAS E SOCIABILIDADE NA ÉPOCA as transformações na estrutura produtiva relações sociais Causas da mudança social Fatores
CONTEMPORÂNEA Consequências da mudança social contrários e fatores favoráveis à mudança social
Movimentos sociais: conceitos, objetivos O papel dos CIDADANIA, DEMOCRACIA E MOVIMENTOS Estrutura social e as transformações na estrutura
meios de comunicação para o desenvolvimento da vida SOCIAIS produtiva Consequências da mudança social
em sociedade. Características das novas tecnologias x Comunidade, Sociedade e Cidadania Conceito de CIDADANIA, DEMOCRACIA E MOVIMENTOS
modificações que impõem ao mundo do trabalho. comunidade e sociedade, relacionando ética e SOCIAIS
cidadania às ações conjuntas e individuais Cidadania: aspectos jurídicos, sociológicos e éticos
TECNOLOGIAS E SOCIABILIDADE NA ÉPOCA Socialização como processo de aquisição da cultura,
CONTEMPORÂNEA sua possível integração à personalidade e adaptação
Papel e características das novas tecnologias x do indivíduo ao meio sociedade.
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO
SECRETARIA ADJUNTA DE ENSINO

modificações que impõem ao mundo do trabalho. TECNOLOGIAS E SOCIABILIDADE NA ÉPOCA


CONTEMPORÂNEA
Organização do trabalho e as tecnologias no mundo
contemporâneo Sociedade contemporânea e as
novas tecnologias: impactos favoráveis e
desfavoráveis nas relações sociais Globalização e
Tecnologias: Conflitos culturais, sociais, políticos,
econômicos ou a

9º ANO - 1ª SÉRIE 1ª SÉRIE - 2ª SÉRIE 2ª SÉRIE - 3ª SÉRIE


LINGUAGEM FILOSÓFICA LINGUAGEM FILOSÓFICA RELAÇÕES SOCIAIS E CIDADANIA
A origem da filosofia O que é filosofia A atividade A origem da filosofia O que é filosofia A atividade Temas livres visando atender os interesses dos
FILOSOFIA filosófica A utilidade filosófica Filosofia e suas relações filosófica A utilidade filosófica Filosofia e suas relações alunos, as diversidades culturais de cada município e
com literatura, televisão e cinema A experiência da com literatura, televisão e cinema A experiência da o projeto pedagógico da escola; Os temas deverão
condição humana A experiência do mundo: desafios, condição humana A experiência do mundo: desafios, ser definido pelo professor levando em conta as
limites e possibilidades Os filósofos pré-socráticos: limites e possibilidades Os filósofos pré-socráticos: variáveis acima mencionadas.
concepções do universo concepções do universo. O campo da ética e da moral; LINGUAGEM FILOSÓFICA
FILOSOFIA, NATUREZA E ARTE - Liberdade e determinismo; - Felicidade e dever; - . Relação e distinção entre Filosofia e Ciência; -
Estética: o que é Arte. Estética: a arte de pensar o Belo. Ética e ciência; - Ética e política; Ética e violência; Surgimento da Ciência Moderna e suas
ÉTICA E DIVERSIDADE FILOSOFIA, NATUREZA E ARTE características; A questão do método e da
Ética: a criação dos valores Cidadania, Política e Poder Estética: o que é Arte. Estética: a arte de pensar o objetividade nas Ciências Naturais e Humanas.
O poder e suas formas Ideologia, Comunicação e Estado Belo. Arte e realidade : imitação e representação; - O Ciência e ideologia; Conhecimento e linguagem; - O
O público e o privado Cultura e Sociedade Indivíduo x belo e a questão do gosto; - Arte e técnica; -. A função campo da ética e da moral; Liberdade e
Sociedade: o problema da liberdade Rousseau, Locke e social da arte; determinismo; - Felicidade e dever.
Hobbes: concepção de liberdade Ética e Moral: teoria ÉTICA E DIVERSIDADE FILOSOFIA, POLÍTICA, RELAÇOES SOCIAIS E
dos valores Identidade, Alteridade e Diversidade Cultura. Ética: a criação dos valores Cidadania, Política e Poder CIDADANIA
RELAÇÕES SOCIAIS E CIDADANIA O poder e suas formas Ideologia. Questões relativas à Ética e política; Cidadania, povo e democracia
Ciências, Técnica e Tecnologia Ecologia e identidade do sujeito moral, relação do homem com os Ciência e tecnologia hoje Os meios de comunicação
Desenvolvimento Tecnológico. Filosofia, ciências, outros homens e com o mundo. e o desenvolvimento do mundo social. Filosofia,
tecnologia: suas implicações no mundo contemporâneo RELAÇÕES SOCIAIS E CIDADANIA Ciência e Senso Comum Relação homem-natureza:
Ideologia, comunicação e poder: suas implicações no Temas livres visando atender os interesses dos alunos, desafios, limites e perspectivas Sociedade e
mundo contemporâneo. Ciência e Bioética Ética e as diversidades culturais de cada município e o projeto intersubjetividade Ideologia, comunicação e Poder: o
Direitos Humanos. pedagógico da escola; Os temas deverão ser definido papel dos meios de comunicação em massa
pelo professor levando em conta as variáveis acima Sociedade e Cultura A questão da liberdade Ética da
mencionadas. Alteridade Desejo e vontade.
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO
SECRETARIA ADJUNTA DE ENSINO

C. HUMANAS E 1ª ETAPA 2ª ETAPA


SOCIAIS
APLICADAS
HISTÓRIA História História
Diversidade cultural, conflitos e vida em sociedade. Cultura Material e imaterial; Cidadania e democracia na Antiguidade; Estado e direitos do cidadão a partir da
patrimônio e diversidade cultural no Brasil. A Conquista da América. Conflitos Idade Moderna; democracia direta, indireta e representativa. A luta pela conquista
entre europeus e indígenas na América colonial. A escravidão e formas de de direitos pelos cidadãos: direitos civis, humanos, políticos e sociais. Direitos
resistência indígena e africana na América. História cultural dos povos africanos. sociais nas constituições brasileiras. Políticas afirmativas. Diferentes formas de
A luta dos negros no Brasil e o negro na formação da sociedade brasileira. organização da produção: escravismo antigo, feudalismo, capitalismo, socialismo e
História dos povos indígenas e a formação sociocultural brasileira. Formas de suas diferentes experiências. Revolução Industrial: criação do sistema de fábrica
organização social, movimentos sociais, pensamento político e ação do Estado. na Europa e transformações no processo de produção. Formação do espaço
urbano-industrial.

Geografia Geografia
GEOGRAFIA As características climáticas do território brasileiro. Os grandes domínios da Transformações na estrutura produtiva no século XX: o fordismo, o Toyotismo, as
vegetação no Brasil e no mundo. Transformações na estrutura produtiva no novas técnicas de produção e seus impactos. A industrialização brasileira, a
século XX: o fordismo, o Toyotismo, as novas técnicas de produção e seus urbanização e as transformações sociais e trabalhistas. A globalização e as novas
impactos. A industrialização brasileira, a urbanização e as transformações sociais tecnologias de telecomunicação e suas consequências econômicas, políticas e
e trabalhistas. Relação e distinção entre filosofia e ciência. Ciência e Ideologia. sociais. Produção e transformação dos espaços agrários. Modernização da
Karl Marx e as Classes sociais, A questão do método e da objetividade nas agricultura e estruturas agrárias tradicionais. O agronegócio, a agricultura familiar,
Ciências Naturais e Humanas, O campo da ética e da moral, As Novas os assalariados do campo e as lutas sociais no campo. A relação campo-cidade.
Tecnologias e as Relações de Trabalho. Os domínios naturais e a relação do ser humano com o ambiente. Relação
homem-natureza, a apropriação dos recursos naturais pelas sociedades ao longo
Filosofia: Eixo que é filosofia: acepção da palavra filosofia, o surgimento da
do tempo. Impacto ambiental das atividades econômicas no Brasil. Recursos
filosofia na Grécia, mito e razão;
minerais e energéticos: exploração e impactos. Recursos hídricos; bacias
Eixo filosofia e ciência: relação e distinção entre filosofia e ciência, surgimento da hidrográficas e seus aproveitamentos. As questões ambientais contemporâneas:
ciência moderna e suas características, a questão do método e da objetividade mudança climática, ilhas de calor, efeito estufa, chuva ácida, a destruição da
nas ciências naturais e humanas, ciência e ideologia, conhecimento e linguagem camada de ozônio. O Mundo do Trabalho (do trabalho escravo ao trabalho
Eixo filosofia e interdisciplinaridade: questões de natureza interdisciplinar: temas assalariado), Estado e Relações de Poder, Os problemas socioambientais na
livres visando atender a interdisciplinaridade com outras disciplinas do currículo e região Amazônica, Os Grandes Projetos e as Políticas Públicas na Amazônia,
as especificidades do projeto pedagógico de cada escola ou município. Os temas Liberdade e Determinismo.
deverão ser definidos pelo professor levando em conta as variáveis acima Filosofia: Eixo Ética e Cidadania: o campo da ética e da moral; liberdade e
mencionados. determinismo; felicidade e dever, ética e ciência; ética e política; ética e violência.
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO
SECRETARIA ADJUNTA DE ENSINO

Sociologia: O surgimento da sociologia: formação do pensamento sociológico, Eixo Estética: Arte e realidade: imitação e representação; o belo e a questão do
Comte e o positivismo, Karl Marx e as classes sociais, Émile Durkheim e os Fatos gosto; arte e técnica; a função social da arte.
Sociais, Max Weber e a Ação Social. Eixo Identidade moral e cultural do homem: questões relativas e identidade do
Cultura e Dominação: diversidade cultural, Estado e relações de poder; sujeito moral, relação do homem com os outros homens e com o mundo. Temas
Trabalho e as novas tecnologias: o mundo do trabalho (do trabalho escravo ao livres visando atender os interesses dos municípios e o projeto pedagógico da
trabalho assalariado); trabalho e diversidade ( a desigualdade racial e a diferença escola. Os temas deverão ser definidos pelo professor levando em conta as
de sexo); as novas tecnologias e as relações de trabalho. variáveis acima mencionados.
Sociologia: Formação do pensamento social brasileiro: contribuição de
importantes pensadores: Florestan Fernandes, Darcy Ribeiro, Paulo Freire,
Fernando Henrique Cardoso, Celso Antunes;
Movimentos sociais e os processos de mudanças social no Brasil: o processo de
transição democrática, a questão ético racial (preconceito e discriminação), as
redes internacionais na atualidade;
A Amazônia e o processo de mundialização: os problemas socioambientais na
região amazônica, a desigualdade social e o trabalho escravo, os grandes projetos
e as políticas públicas na Amazônia.

Você também pode gostar