Você está na página 1de 2

Físico-química Experimental - Período 2021-1

Experimento Nº2

Título – Aplicação da Equação de Estado

Objetivos
a) Obter o gás H2 por meio da reação de HCl e Mg°
b) utilizar a Lei de Proust (Ação das massas) e a equação de estado dos gases
ideais para determinar a quantidade de hidrogênio formada pela reação entre
magnésio e ácido clorídrico.
c) treinar cálculos estequiométricos.

Introdução

Nas condições normais de temperatura e pressão, o gás hidrogênio apresenta-


se normalmente em sua forma molecular, formando um gás diatômico (H2). Este
gás é inodoro, incolor, inflamável, insípido, não-metálico e insolúvel em água
(CRUZ, 2010). De acordo com Atkins e De Paula (2002), o estado físico de uma
amostra se define por suas propriedades físicas [...]. O estado de um sistema
gasoso, por exemplo, fica definido pelos valores do volume que ocupa V, da
quantidade de substância (número de moles), n, da pressão, p, e da temperatura,
T. A quantificação do gás obtido a partir de dados da temperatura e pressão
medidos com o uso da montagem experimental, conforme perda de massa por
evaporação do gás H2. Aplicando a Lei de Proust e conceitos da lei dos gases,
e assim obtendo valores de volume do gás hidrogênio obtido e a quantidade de
matéria.

Procedimentos

1-Pesar em balança digital aproximadamente 0,2 g de magnésio em aparas


(reserve).

2-Em seguida, preparar na capela uma solução de HCl 2,4 M em proporção 4:1,
ou seja, 10 mL de HCl concentrado (37%) e 40 mL de água destilada.

3-Escolher o menor béquer possível no laboratório para volume próximo da 50


mL. Muito cuidado no manuseio e tocar com as mãos o béquer interferindo na
massa. Usar papel toalha sempre.

4-Determinar a massa do béquer com a solução HCl 2,4 M nas seguintes


temperaturas: a) Ambiente e 35ºC.

5-Adicionar Mg° na solução de HCl 2,4 mol/L e aguardar a sua decomposição.

6-Pesar o béquer com a solução ácida do metal Mg2+(aq). Por diferença, pode-
se obter a massa do H2 desprendido do sistema na forma de gás.
HCl(aq) + Mgº → Mg2+(aq) + Cl-(aq) + H2(g)

7- Pela Lei da ação das massas, relacionar a massa de Mg° com gás H2, obtendo
o volume de gás desprendido e a quantidade de mols de H2 pela equação de
estado.

Responda:

1) Utilizando este processo poderia determinar o grau de pureza do Mg°?


Explique.
2) O aumento da temperatura provoca alguma alteração no processo?
Explique.
3) Quais as características do gás H2? Quais são suas aplicações?

Instruções para descarte


Devolva os metais que não reagiram (não atacados) para reutilização. Jogue os
metais que reagiram (atacados) na caixa de resíduos sólidos e NÃO NA PIA.

Referências

1. J. C. Kotz e K. E. Purcell, "Chemistry & Chemical Reactivity", Saunders Coll.


Publ., 1987, cap. 6, p. 190 (misturas gasosas, lei de Dalton), cap. 19 (reações
de oxido-redução).
2. P. Atkins e L. Jones, “Chemistry -Molecules, Matter and Change”, Freeman
and Co., 3a ed., 1997, cap. 5. p. 161 e cap. 17 (misturas de gases e
eletroquímica, respectivamente).
3. M. J. Sienko e R. A. Plane, “Experimental Chemistry”, Mc Graw-Hill, 1961, p.
89 (procedimento da reação de metal com ácido).
4. M. D. Joesten, D. O. Johnston, J. T. Netterville e J. L. Wood, "World of
Chemistry", Sauders Coll. Publ., 1991, cap. 10, p. 281 (reatividade de metais).
5. PEQ -“Projetos de Ensino de Química -Técnicas e Conceitos Básicos”,
coordenação E. Giesbrecht, Ed. Moderna -EDUSP, 1982, cap. 14 (reatividade
de metais e pilhas).
6. R. Isuyama et alii., "Experiências sobre equilíbrio químico", GEEQUIM,
IQUSP, 1985, cap. VII, exp. VII.4, p. 218-224 (desoxidação de objetos de
prata).
7. H. Mahan e R. J. Myers, "Química, um curso universitário", tradução da 4a.
edição americana, Ed. Edgard Blücher, 1993, cap. 7 (eletroquímica).
8. J. B. Russell, "Química Geral", McGraw-Hill, 1982, cap. 19 (eletroquímica).

9.ATKINS, Peter; DE PAULA, Júlio. Físico-Química. 7ed. Rio de Janeiro: LTC,


2002.
10.CRUZ, F. E. “Produção de hidrogênio em refinarias de petróleo: Avaliação
exergética e custos de produção”. Dissertação de Mestrado apresentada à
Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. São Paulo, 2010.

Você também pode gostar