Você está na página 1de 19

CONCEITOS E PRINCÍPIOS

DE ADMINISTRAÇÃO

Técnico em Segurança do Trabalho Gestão de saúde e segurança do trabalho nas organizações 1


Conceitos e princípios
de administração
YƵĂŶƚŽĂŽĐŽŶĐĞŝƚŽĚĞĂĚŵŝŶŝƐƚƌĂĕĆŽ͕ĂƐĂƟǀŝĚĂĚĞƐĚŝĄƌŝĂƐĚĞƵŵĂŽƌŐĂŶŝnjĂĕĆŽ͕ĐŽŵŽ
ƉůĂŶĞũĂŵĞŶƚŽ͕ŽƌŐĂŶŝnjĂĕĆŽ͕ĚŝƌĞĕĆŽĞĐŽŶƚƌŽůĞ͕ƐĆŽĨƵŶĚĂŵĞŶƚĂŝƐƉĂƌĂƵŵĂĞŵƉƌĞƐĂ͘
WĂƌĂ ĐŽŶŚĞĐĞƌ ƚĂŝƐ ŝŶĨŽƌŵĂĕƁĞƐ͕ ĞƐƚĞ ŵĂƚĞƌŝĂů ĂďŽƌĚĂ ŽƐ ĞƐƚƵĚŽƐ ƐŽďƌĞ ĐŽŶĐĞŝƚŽƐ Ğ
ƉƌŝŶĐşƉŝŽƐĚĂĂĚŵŝŶŝƐƚƌĂĕĆŽ͕ĐƵůƚƵƌĂŽƌŐĂŶŝnjĂĐŝŽŶĂůŶĂƐƌĞůĂĕƁĞƐĚĞƚƌĂďĂůŚŽĂƉůŝĐĂĚĂ
ăƐĞŐƵƌĂŶĕĂĚŽƚƌĂďĂůŚŽĞĂĕƁĞƐĚŽ^^Dd;^ĞƌǀŝĕŽƐƉĞĐŝĂůŝnjĂĚŽĞŵ^ĞŐƵƌĂŶĕĂĞĞŵ
DĞĚŝĐŝŶĂĚŽdƌĂďĂůŚŽͿĞĚŽƐƉƌŽĮƐƐŝŽŶĂŝƐĚĂĄƌĞĂĚĞƐĂƷĚĞĞƐĞŐƵƌĂŶĕĂĚŽƚƌĂďĂůŚŽ
;^^dͿ͘

ƐƐĞƐĂƐƐƵŶƚŽƐƐĆŽŝŵƉŽƌƚĂŶƚĞƐƉĂƌĂŽƚĠĐŶŝĐŽĞŵƐĞŐƵƌĂŶĕĂĚŽƚƌĂďĂůŚŽ͕ƉŽƌƋƵĞ͕ĂŽ
ŝĚĞŶƟĮĐĂƌĂĐƵůƚƵƌĂŽƌŐĂŶŝnjĂĐŝŽŶĂůĚĂĞŵƉƌĞƐĂĞŽŵŽĚĞůŽĚĞŐĞƐƚĆŽĚĂĂĚŵŝŶŝƐƚƌĂĕĆŽ͕
ƚƌŽŶĂͲƐĞŵĂŝƐĨĄĐŝůĚŝƌĞĐŝŽŶĂƌĂƐĂĕƁĞƐĞŵ^^d͘
torna-se

Conceitos e princípios de administração


e seus modelos de gestão
Quando falamos da administração, falamos de ƋƵĞ ĨĂnjĞŵ ƉĂƌƚĞ ĚĂƐ ŽƌŐĂŶŝnjĂĕƁĞƐ ʹ ŝƐƚŽ Ġ͕ Ƶŵ
uma ciência nova, com pouco mais de 100 anos. ƉƌŽĐĞƐƐŽĐŽŶơŶƵŽĞƐŝƐƚġŵŝĐŽĞŶǀŽůǀĞŶĚŽƵŵĂ
Ao longo desse tempo, essa ciência vem sofrendo ƐĠƌŝĞ ĚĞ ĂƟǀŝĚĂĚĞƐ ŶŽƐ ƉƌŽĐĞƐƐŽƐ ĚĞ ĞŶƚƌĂĚĂ͕
ĚŝǀĞƌƐĂƐŵŽĚŝĮĐĂĕƁĞƐĞĂƚƵĂůŝnjĂĕƁĞƐ͘ ƉƌŽĐĞƐƐĂŵĞŶƚŽ Ğ ƐĂşĚĂ͕ ĐŽŵ Ă ĮŶĂůŝnjĂĕĆŽ
do produto ou serviço a que a empresa está
Embora existam diversos conceitos de propondo ao mercado.
administração, aqui iremos abordar os pontos
ƋƵĞŵĂŝƐĂƉĂƌĞĐĞŵŶĞƐƐĂƐĚĞĮŶŝĕƁĞƐ͘KƉŽŶƚŽ No processo da administração, não podemos
que mais aparece nos conceitos é o atendimento deixar de lado o papel das lideranças, pois, em uma
ĂŽďũĞƟǀŽƐ͕ĚĞŝdžĂŶĚŽĐůĂƌŽƋƵĞĂĂĚŵŝŶŝƐƚƌĂĕĆŽ ĂĚŵŝŶŝƐƚƌĂĕĆŽĐŽŶĚƵnjŝĚĂƉĞůĂĂůƚĂĂĚŵŝŶŝƐƚƌĂĕĆŽ
ƐĞŵƉƌĞ ǀĂŝ ƉƌŽĐƵƌĂƌ ĂƟŶŐŝƌ ŽďũĞƟǀŽƐ͕ ƋƵĞ ĚĂ ŽƌŐĂŶŝnjĂĕĆŽ͕ ƚŽĚŽƐ ŽƐ ƌĞƐƵůƚĂĚŽƐ͕ ďŽŶƐ ŽƵ
podem ser os mais diversos, embora o mais ƌƵŝŶƐ͕ǀġŵĚĂƐĐŽŶƐĞƋƵġŶĐŝĂƐĚĞƐƵĂƐĂƟƚƵĚĞƐ͕
mencionado seja o lucro desejado para que a ĚĞĐŝƐƁĞƐĞĞƐƚƌĂƚĠŐŝĂƐ͘
ŽƌŐĂŶŝnjĂĕĆŽƐĞƉĞƌƉĞƚƵĞ͘
KƵƚƌŽƉŽŶƚŽďĂƐƚĂŶƚĞĚŝĨƵŶĚŝĚŽĠƐŽďƌĞƚƌĂďĂůŚĂƌ
ŶŽ ƐĞŶƟĚŽ ĚĞ ĐŽŽƌĚĞŶĂƌ͕ ĐŽŶƚƌŽůĂƌ͕ ŽƌŐĂŶŝnjĂƌ
Ğ ůŝĚĞƌĂƌ ŽƐ ŵĞŵďƌŽƐ ĚĞ ƵŵĂ ŽƌŐĂŶŝnjĂĕĆŽ
empregando adequadamente os recursos
ĮŶĂŶĐĞŝƌŽƐ ĚŝƐƉŽŶşǀĞŝƐ Ğ ŽƐ ƌĞĐƵƌƐŽƐ ŚƵŵĂŶŽƐ

2 Gestão de saúde e segurança do trabalho nas organizações Técnico em Segurança do Trabalho


Para fundamentar os
estudos, veja a seguir
conhecimentos sobre algumas
teorias e alguns teóricos da administração:
dĞŽƌŝĂĚĂĂĚŵŝŶŝƐƚƌĂĕĆŽĐŝĞŶơĮĐĂ
 ĂĚŵŝŶŝƐƚƌĂĕĆŽ ĐŝĞŶơĮĐĂ ƚĞŵ ĐŽŵŽ ĞƐĞŐƵƌĂŶĕĂ͕ƉŽŝƐdĂLJůŽƌƌĞĂůŝnjŽƵŽĞƐƚƵĚŽ
ĞdžƉŽĞŶƚĞ &ƌĞĚĞƌŝĐŬ tŝƐůŽǁ dĂLJůŽƌ Ğ ƐĞƵƐ dos movimentos baseado na anatomia
seguidores, que, preocupados com a Ğ ŶĂ ĮƐŝŽůŽŐŝĂ ĚŽ ƐĞƌ ŚƵŵĂŶŽ͕ ƵƟůŝnjĂĚŽƐ
criação de uma ciência da administração ainda nos dias atuais para os estudos
ĐŽŵ ġŶĨĂƐĞ ŶĂƐ ƚĂƌĞĨĂƐ͕ ĐŽŶƐƟƚƵşƌĂŵ Ă ergonômicos. No entanto, na verdade, o
primeira das teorias de administração. ŽďũĞƟǀŽƉƌŝŶĐŝƉĂůĞƌĂĂƌĞĚƵĕĆŽĚĂĨĂĚŝŐĂ͕
Em um primeiro instante, essa teoria era pois acreditava-se que ela diminuiu a
ǀŽůƚĂĚĂƉĂƌĂĂƌĂĐŝŽŶĂůŝnjĂĕĆŽĚŽƚƌĂďĂůŚŽ͕ ƉƌŽĚƵƟǀŝĚĂĚĞĞĂƋƵĂůŝĚĂĚĞƉĞůĂƉĞƌĚĂĚĞ
fundamentando-se em análise, estudo dos ƚĞŵƉŽ͕ ĂƵŵĞŶƚĂŶĚŽ Ă ƌŽƚĂƟǀŝĚĂĚĞ Ğ ŽƐ
tempos e movimentos, fragmentação das ĐĂƐŽƐĚĞĚŽĞŶĕĂƐĞĂĐŝĚĞŶƚĞƐĚŽƚƌĂďĂůŚŽ͘
ƚĂƌĞĨĂƐ Ğ ĞƐƉĞĐŝĂůŝnjĂĕĆŽ ĚŽ ƚƌĂďĂůŚĂĚŽƌ͘
ƵƐĐĂǀĂͲƐĞĂĞůŝŵŝŶĂĕĆŽĚŽĚĞƐƉĞƌĚşĐŝŽ͕Ă Ɛ ĐŽŶĚŝĕƁĞƐ ĚĞ ƚƌĂďĂůŚŽ ŶŽ ŝŶşĐŝŽ ĚŽ
redução da ociosidade e dos custos, e para ƐĠĐƵůŽ ĞƌĂŵ ĚŝİĐĞŝƐ͗ ĂƐ ĨĄďƌŝĐĂƐ ĞƌĂŵ
ŝƐƐŽĨŽƌĂŵŝŶƚƌŽĚƵnjŝĚŽƐĂƵŵĞŶƚŽƐƐĂůĂƌŝĂŝƐ ŵĂů ŝůƵŵŝŶĂĚĂƐ Ğ ŵĂů ǀĞŶƟůĂĚĂƐ͕ ŶĆŽ
Ğ ƉƌġŵŝŽƐ ĚĞ ƉƌŽĚƵĕĆŽ͘ DĞƐŵŽ ĂƐƐŝŵ͕ ŚĂǀŝĂ ŝŶƐƚĂůĂĕƁĞƐ ƐĂŶŝƚĄƌŝĂƐ͕ ŵĄƋƵŝŶĂƐ
foi estabelecido um sistema de controle eram dispostas de maneira inadequado
Ğ ƐƵƉĞƌǀŝƐĆŽ ƐŽďƌĞ ŽƐ ƚƌĂďĂůŚĂĚŽƌĞƐ͕ Ğ ƐĞŵ ƉƌŽƚĞĕƁĞƐ͕ Ă ũŽƌŶĂĚĂ ĚĞ ƚƌĂďĂůŚŽ
ďĂůŝnjĂŶĚŽ ĂƐ ĂĕƁĞƐ ĚĞ ƚŽĚŽƐ ŽƐ ŶşǀĞŝƐ ĞƌĂ ĞdžƚĞŶƐĂ͕ ŽƐ ĨƵŶĐŝŽŶĄƌŝŽƐ ƚƌĂďĂůŚĂǀĂŵ
ŚŝĞƌĄƌƋƵŝĐŽƐ ŶĂƐ ĞŵƉƌĞƐĂƐ͕ ŶĂ ƚĞŶƚĂƟǀĂ aos domingos e frequentemente eram
ĚĞŵƵĚĂƌŽĐŽŵƉŽƌƚĂŵĞŶƚŽĞŵƉşƌŝĐŽĚŽƐ espancados.
ĞŵƉƌĞŐĂĚŽƐĞƚƌĂnjĞŶĚŽͲŽƐŵĂŝƐƉƌſdžŝŵŽƐ
ĚĂƐ ŝĚĞŝĂƐ ĚĞ dĂLJůŽƌ Ğ ƐƵĂ ĂĚŵŝŶŝƐƚƌĂĕĆŽ WŽĚĞŵŽƐ ĚŝnjĞƌ ƋƵĞ͕ ďĂƐŝĐĂŵĞŶƚĞ͕ ĨŽŝ
ĐŝĞŶơĮĐĂĚŽƚƌĂďĂůŚŽ͘ desse tipo de gestão que surgiram a
ǀĂůŝĂĕĆŽƌŐŽŶƀŵŝĐĂĚŽdƌĂďĂůŚŽʹd͕
WĂƌĂ ƌĞůĂĐŝŽŶĂƌ ĂƐ ŝĚĞŝĂƐ ĚĞ dĂLJůŽƌ ĐŽŵ proposta na Norma Regulamentadora
^^d͕ƐŽŵŽƐƌĞŵĞƟĚŽƐƉĂƌĂŽƐĂƐƉĞĐƚŽƐĚĂ ŶǑ ϭϳ ʹ ƌŐŽŶŽŵŝĂ͕ Ğ Ă ŵĞůŚŽƌŝĂ ĚĂƐ
ŽƌŐĂŶŝnjĂĕĆŽ ƌĂĐŝŽŶĂů ĚŽ ƚƌĂďĂůŚŽ͕ ĚĞŶƚƌĞ ĐŽŶĚŝĕƁĞƐ ƐĂŶŝƚĄƌŝĂƐ ƉƌŽƉŽƐƚĂ ƉĞůĂ
os quais podemos destacar o estudo da EŽƌŵĂ ZĞŐƵůĂŵĞŶƚĂĚŽƌĂ ŶǑ Ϯϰ ʹ
ĨĂĚŝŐĂŚƵŵĂŶĂ͘WŽĚĞŵŽƐĂĐƌĞĚŝƚĂƌƋƵĞĨŽŝ ŽŶĚŝĕƁĞƐ ^ĂŶŝƚĄƌŝĂƐ Ğ ĚĞ ŽŶĨŽƌƚŽ ŶŽƐ
ƵŵĂŵĂŶĞŝƌĂĚĞƉƌĞŽĐƵƉĂƌͲƐĞĐŽŵƐĂƷĚĞ >ŽĐĂŝƐĚĞdƌĂďĂůŚŽ͘

Técnico em Segurança do Trabalho Gestão de saúde e segurança do trabalho nas organizações 3


Teoria clássica da administração
Em 1916, a teoria clássica, que tem ĨŽŵĞŶƚĂƌĂŵ ĚŝǀĞƌƐĂƐ ŽƌŐĂŶŝnjĂĕƁĞƐ ĚŽ
ĐŽŵŽ ĞdžƉŽĞŶƚĞ ,ĞŶƌLJ &ĂLJŽů͕ ĨŽŝ ƚƌĂďĂůŚŽ Ğ ĚĞ ƉƌŽƚĞĕĆŽ ĚĂƐ ƉĞƐƐŽĂƐ Ă
divulgada, dando ênfase na estrutura exigirem mecanismos para o bem-estar
ƋƵĞ Ă ŽƌŐĂŶŝnjĂĕĆŽ ĚĞǀĞƌŝĂ ƚĞƌ das pessoas dentro e fora das empresas,
para ser eficiente, partindo de um quando estivessem afastadas por motivo
ƚŽĚŽ ŽƌŐĂŶŝnjĂĐŝŽŶĂů Ğ ĐŚĞŐĂŶĚŽ ă ƌĞůĂƚŝǀŽĂŽƚƌĂďĂůŚŽƌĞĂůŝnjĂĚŽ͘
segmentação de toda a estrutura. Isso
ƋƵĞƌ ĚŝnjĞƌ ƋƵĞ Ž ƉƌŽƉſƐŝƚŽ ĞƌĂ ŽďƚĞƌ ŵ ^ĆŽ WĂƵůŽ͕ Ğŵ ϭϵϭϳ͕ ŽĐŽƌƌĞƵ Ă
ŵĄdžŝŵĂ ĞĨŝĐŝġŶĐŝĂ ŶĂƐ ŽƌŐĂŶŝnjĂĕƁĞƐ͕ ŵĂŶŝĨĞƐƚĂĕĆŽ ƉŽůşƟĐĂ ŵĂŝƐ ŝŵƉŽƌƚĂŶƚĞ
analisando desde o operacional até ĚĂ WƌŝŵĞŝƌĂ ZĞƉƷďůŝĐĂ͕ ƋƵĞ ĨŽŝ ƵŵĂ
o gerencial e instituindo a figura do ŐƌĞǀĞ ŐĞƌĂů͘ K ŵŽǀŝŵĞŶƚŽ ƌĞŝǀŝŶĚŝĐĂǀĂ
ŚŽŵĞŵ ĐŽŵŽ Ƶŵ ĂŐĞŶƚĞ ƋƵĞ ĂůŵĞũĂ ũŽƌŶĂĚĂ ĚĞ ƚƌĂďĂůŚŽ ĚŝĄƌŝĂ ĚĞ ŽŝƚŽ
alcançar as recompensas materiais ŚŽƌĂƐ͕ ƉĂŐĂŵĞŶƚŽ ĚĞ ŝŶĚĞŶŝnjĂĕĆŽ ĂŽƐ
ĚĞŶƚƌŽ ĚĂ ŽƌŐĂŶŝnjĂĕĆŽ͘ &ĂLJŽů ƉƌŽƉƀƐ funcionários acidentados, tratamento
que toda empresa deveria ser dividida ĚŽƐ ŝŶǀĄůŝĚŽƐ Ğ ĐĂŵƉĂŶŚĂƐ ĐŽŶƚƌĂ Ž
Ğŵ ƐĞŝƐ ĨƵŶĕƁĞƐ ĞƐƐĞŶĐŝĂŝƐ͗ ƚĠĐŶŝĐĂƐ͕ alcoolismo. Como consequência, o
comerciais, financeiras, segurança, governo brasileiro foi forçado a implantar
contábeis e administrativas. o Decreto n.º 3.724, de 15 de janeiro
ĚĞ ϭϵϭϵ͕ ƋƵĞ ƌĞŐƵůĂ ĂƐ ŽďƌŝŐĂĕƁĞƐ
ŶĂůŝƐĂŶĚŽ ĂƐ ĨƵŶĕƁĞƐ ĞdžƉŽƐƚĂƐ ƉŽƌ ƌĞƐƵůƚĂŶƚĞƐĚŽƐĂĐŝĚĞŶƚĞƐŶŽƚƌĂďĂůŚŽ͘
&ĂLJŽů͕ ƉŽĚĞŵŽƐ ĞŶĐŽŶƚƌĂƌ ŝŶĚşĐŝŽƐ ĚĞ
ƋƵĞĞůĞĞƐƚĂǀĂƉƌĞŽĐƵƉĂĚŽĐŽŵĂƐĂƷĚĞ ŵ ϭϵϮϯ͕ Ă >Ğŝ ůŽLJ ŚĂǀĞƐ ĐƌŝŽƵ Ă
Ğ Ă ƐĞŐƵƌĂŶĕĂ ĚŽƐ ƐĞƵƐ ƚƌĂďĂůŚĂĚŽƌĞƐ͕ WƌĞǀŝĚġŶĐŝĂ ^ŽĐŝĂů͕ ũƵŶƚŽ ĐŽŵ Ă ĂŝdžĂ
ƉŽŝƐ ƵŵĂ ĚĂƐ ĨƵŶĕƁĞƐ Ġ Ă ƐĞŐƵƌĂŶĕĂ͕ ĚĞ ƉŽƐĞŶƚĂĚŽƌŝĂ Ğ WĞĐƷůŝŽ ĚĞ ƵŵĂ
que, na visão dele, está relacionada com ĞŵƉƌĞƐĂ ĨĞƌƌŽǀŝĄƌŝĂ ʹ ĞƐƚƌƵƚƵƌĂ ƋƵĞ
a proteção e a preservação dos bens e posteriormente estendeu-se a outras
das pessoas. ĞŵƉƌĞƐĂƐ͘ KƐ ĂƚĞŶĚŝŵĞŶƚŽƐ ĂŽƐ
acidentados eram feitos nas santas
Basicamente, essas ideias colocaram ĐĂƐĂƐĚĞŵŝƐĞƌŝĐſƌĚŝĂĞŽƐƚƌĂďĂůŚĂĚŽƌĞƐ
em pauta os sistemas de prevenção davam entrada como indigentes, pois
ă ƐĂƷĚĞ Ğ Ž ƚƌĂƚĂŵĞŶƚŽ ĚĂƐ ƉĞƐƐŽĂƐ ĞƌĂ Ă ƷŶŝĐĂ ŵĂŶĞŝƌĂ ĚĞ ƌĞĐĞďĞƌĞŵ
acidentadas e que adquiriram algum atendimento.
ƚŝƉŽĚĞĚŽĞŶĕĂŶŽƚƌĂďĂůŚŽ͘ƐƐĂƐĂĕƁĞƐ

4 Gestão de saúde e segurança do trabalho nas organizações Técnico em Segurança do Trabalho


Teoria das relações humanas
 ƚĞŽƌŝĂ ĚĂƐ ƌĞůĂĕƁĞƐ ŚƵŵĂŶĂƐ͕ ƌĞŐƵůĂŵĞŶƚĂĕƁĞƐ ůĞŐĂŝƐ͕ ĚĞǀŝĚŽ Ă
também denominada de escola ĨŽƌƚĞƐƉƌĞƐƐƁĞƐƉŽƌƉŽůşƟĐĂƐĚĞ^^d
ŚƵŵĂŶşƐƟĐĂ ĚĂ ĂĚŵŝŶŝƐƚƌĂĕĆŽ͕ ƉŽƌƉĂƌƚĞĚŽƐƚƌĂďĂůŚĂĚŽƌĞƐ͘ŽŵŽ
surgiu da consequência das ĞdžĞŵƉůŽĚĞĂǀĂŶĕŽŶĂƐƌĞůĂĕƁĞƐĚĞ
ĐŽŶĐůƵƐƁĞƐ ŽďƟĚĂƐŶĂĞdžƉĞƌŝġŶĐŝĂ ƚƌĂďĂůŚŽ͕ŶĞƐƚĞƉĞƌşŽĚŽ͕ĨŽŝĐƌŝĂĚĂ͕
de Hawtorne, desenvolvida por em 1934, a Inspetoria de Higiene e
ůƚŽŶ DĂLJŽ͕ ƋƵĞ Ġ ĐŽŶƐŝĚĞƌĂĚŽ ^ĞŐƵƌĂŶĕĂ ĚŽ dƌĂďĂůŚŽ͖ Ğŵ ϭϵϯϴ͕
o fundador da escola. A teoria ĨŽŝ ĐƌŝĂĚŽ Ž ^ĞƌǀŝĕŽ ĚĞ ,ŝŐŝĞŶĞ
ĚĂƐ ƌĞůĂĕƁĞƐ ŚƵŵĂŶĂƐ ĨŽŝ Ƶŵ ĚŽ dƌĂďĂůŚŽ͖ Ğŵ ϭϵϯϰ Ğ ϭϵϰϰ͕
movimento de oposição à teoria ƌĞƐƉĞĐƟǀĂŵĞŶƚĞ͕ ĨŽƌĂŵ ĐƌŝĂĚĂƐ Ă
clássica da administração e analisa ƐĞŐƵŶĚĂĞƚĞƌĐĞŝƌĂůĞŝĂĐŝĚĞŶƚĄƌŝĂ͖Ğ͕
Ž ƚƌĂďĂůŚŽ Ğ Ă ĂĚĂƉƚĂĕĆŽ ĚŽ em 1943, foi criada a Consolidação
ƚƌĂďĂůŚĂĚŽƌ ĂŽ ƚƌĂďĂůŚŽ ƌĞĂůŝnjĂĚŽ͕ das Leis do Trabalho – CLT.
com preocupação voltada ao
ŚŽŵĞŵ Ğ ĂŽ ƐĞƵ ŐƌƵƉŽ ƐŽĐŝĂů͕ &ŝĐĂĐůĂƌŽƋƵĞĚƵƌĂŶƚĞĞƐƐĞƉĞƌşŽĚŽ
ĐƌŝĂŶĚŽ Ă ĐŽŶĐĞƉĕĆŽ ĚĞ ͞ŚŽŵĞŵ ĞĐŽŵĞƐƐĞĞƐƟůŽĚĞĂĚŵŝŶŝƐƚƌĂĕĆŽ
social”, deslocando a preocupação ocorreram diversos avanços para a
da tarefa e da estrutura para a ĄƌĞĂ ĚĞ ^^d͘ Žŵ ŝƐƐŽ͕ Ġ ƉŽƐƐşǀĞů
preocupação com as pessoas. perceber que, quando o foco de
uma gestão está nas pessoas e
EĞƐƐĞ ƉĞƌşŽĚŽ͕ ŽƐ ƚƌĂďĂůŚĂĚŽƌĞƐ ŶŽ ĂŵďŝĞŶƚĞ ĚĞ ƚƌĂďĂůŚŽ͕ ĞdžŝƐƚĞ
ĐŽŵĞĕĂƌĂŵ Ă ƌĞĐĞďĞƌ ŵĞůŚŽƌĞƐ uma grande preocupação com o
atendimentos, e essa foi a época bem-estar das pessoas e com as
do nascimento das primeiras ĐŽŶĚŝĕƁĞƐĚĞƚƌĂďĂůŚŽ͘

Técnico em Segurança do Trabalho Gestão de saúde e segurança do trabalho nas organizações 5


Teoria comportamental
A teoria comportamental surgiu ƐĞƵƐƚƌĂďĂůŚĂĚŽƌĞƐ͕ƉŽŝƐŽĐĞŶƚƌŽĚĂ
em 1947 como uma oposição ƚĞŽƌŝĂ ĞƌĂŵ ĂƐ ƌĞůĂĕƁĞƐ ŚƵŵĂŶĂƐ͕
às teorias vistas anteriormente, o que provocou muitos avanços
passando a representar uma da área e no tratamento com as
ƚĞŶƚĂƟǀĂ ĚĞ ƵŵĂ ŶŽǀĂ ƚĞŽƌŝĂ ĚĂ pessoas.
ŽƌŐĂŶŝnjĂĕĆŽ ĨŽƌŵĂů ĐŽŵ ĞŶĨŽƋƵĞ
ŶĂƐ ƌĞůĂĕƁĞƐ ŚƵŵĂŶĂƐ͘ ƐƐĂ ƚĞŽƌŝĂ
é um desdobramento da teoria das
O importante é
ƌĞůĂĕƁĞƐ ŚƵŵĂŶĂƐ͕ ĐŽŵ Ă ƋƵĂů ƐĞ
que cada vez mais,
ŵŽƐƚƌĂ ĐƌşƟĐĂ Ğ ƐĞǀĞƌĂ͕ Ğ ƉƌŽƉƁĞ
a cada nova teoria,
ƋƵĞŽĂĚŵŝŶŝƐƚƌĂĚŽƌĚĞǀĞĐŽŶŚĞĐĞƌ
as pessoas estão se
ŵĞĐĂŶŝƐŵŽƐ ŵŽƟǀĂĐŝŽŶĂŝƐ ƉĂƌĂ
tornando o centro das
poder dirigir pessoas. A base da
atenções, com ações
ƚĞŽƌŝĂ ƚƌĂƚĂ ĚĂ ŵŽƟǀĂĕĆŽ ŚƵŵĂŶĂ
de melhoria para o
e os maiores contribuintes foram
bem-estar de todos.
DĐ'ƌĞŐŽƌ͕DĂƐůŽǁĞ,ĞƌnjďĞƌŐ͘
Em 1960, ocorre a
ZĞĂůŝnjĂŶĚŽ ƵŵĂ ĂŶĄůŝƐĞ ĚŽ ƋƵĞ ƌĞĚĞŵŽĐƌĂƟnjĂĕĆŽ ĚĂ WƌĞǀŝĚġŶĐŝĂ
ƉƌŽƉƁĞ Ă ƚĞŽƌŝĂ ĐŽŵƉŽƌƚĂŵĞŶƚĂů͕ ^ŽĐŝĂů͕ ĐŽŵ Ă ĐƌŝĂĕĆŽ ĚĂ Lei
somos levados a crer que os Orgânica da Previdência Social,
administradores que a seguiam ĞƋƵŝƉĂƌĂŶĚŽ Ğ ƵŶŝĨŽƌŵŝnjĂŶĚŽ
poderiam estar levando em conta ŽƐ ďĞŶĞİĐŝŽƐ ĚŽƐ ŝŶƐƟƚƵƚŽƐ ĚĞ
ĂƐƐƵŶƚŽƐ ĚĞ ^^d ƌĞůĂĐŝŽŶĂĚŽƐ ĂŽƐ ĂƉŽƐĞŶƚĂĚŽƌŝĂƐĞƉĞŶƐƁĞƐ͘

6 Gestão de saúde e segurança do trabalho nas organizações Técnico em Segurança do Trabalho


Teoria do desenvolvimento
organizacional
A teoria do desenvolvimento nessa época. Embora a teoria possa
ŽƌŐĂŶŝnjĂĐŝŽŶĂů ƐƵƌŐŝƵ͕ Ă ƉĂƌƟƌ ĚĞ parecer passageira, é analisada
1962, de um conjunto de ideias a ĐŽŵŽ ƵŵĂ ĂůƚĞƌŶĂƟǀĂ ĚĞŵŽĐƌĄƟĐĂ
ƌĞƐƉĞŝƚŽĚŽŚŽŵĞŵ͕ĚĂŽƌŐĂŶŝnjĂĕĆŽ ĞƉĂƌƟĐŝƉĂƟǀĂƉĂƌĂĂƌĞŶŽǀĂĕĆŽĞĂ
e do ambiente, para propiciar seu ƌĞǀŝƚĂůŝnjĂĕĆŽĚĂƐŽƌŐĂŶŝnjĂĕƁĞƐ͘
crescimento e desenvolvimento.
&ĂnjĞŶĚŽ ƵŵĂ ĂŶĄůŝƐĞ ĚĞ ^^d ĚĞƐƐĂ
A teoria é um desdobramento da ƚĞŽƌŝĂ Ğ ǀĞƌŝĮĐĂŶĚŽ ĂƐ ǀĂƌŝĄǀĞŝƐ
ƚĞŽƌŝĂ ĐŽŵƉŽƌƚĂŵĞŶƚĂů Ă ĐĂŵŝŶŚŽ dos modelos de desenvolvimento
da abordagem sistêmica, e os ŽƌŐĂŶŝnjĂĐŝŽŶĂů͕ ĞŶĐŽŶƚƌĂŵŽƐ ĚƵĂƐ
fatores que a originaram foram a variáveis que nos levam a crer que
ĚŝĮĐƵůĚĂĚĞ ĚĞ ŽƉĞƌĂĐŝŽŶĂůŝnjĂƌ ĂƐ ŚĂǀŝĂ ƵŵĂ ƉƌĞŽĐƵƉĂĕĆŽ ĐŽŵ ĂƐ
ƚĞŽƌŝĂƐ ũĄ ĐŽŶŚĞĐŝĚĂƐ͕ ŽƐ ĞƐƚƵĚŽƐ pessoas, que são o grupo social e o
Ğ Ă ŝŶŇƵġŶĐŝĂ ŶĂ ĚŝŶąŵŝĐĂ ĚĂƐ ŝŶĚŝǀşĚƵŽ͕ ƌĞƐƐĂůƚĂŶĚŽ ŵŽƟǀĂĕƁĞƐ͕
ŽƌŐĂŶŝnjĂĕƁĞƐĚĂŵŽƟǀĂĕĆŽŚƵŵĂŶĂ ĂƟƚƵĚĞƐ͕ ŶĞĐĞƐƐŝĚĂĚĞƐ Ğ ƌĞůĂĕƁĞƐ
e as mudanças ocorridas no mundo interpessoais.

Técnico em Segurança do Trabalho Gestão de saúde e segurança do trabalho nas organizações 7


Teoria estruturalista
A teoria estruturalista representou um desdobramento da
teoria da burocracia com uma leve aproximação com a teoria
ĚĂƐ ƌĞůĂĕƁĞƐ ŚƵŵĂŶĂƐ͕ ƌĞƉƌĞƐĞŶƚĂŶĚŽ ƵŵĂ ǀŝƐĆŽ ĐƌşƟĐĂ ĚĂ
ŽƌŐĂŶŝnjĂĕĆŽ ĨŽƌŵĂů͘ Ɛ ŽƌŝŐĞŶƐ ĚĂ ƚĞŽƌŝĂ ĨŽƌĂŵ Ă ŽƉŽƐŝĕĆŽ
ƐƵƌŐŝĚĂĚĞǀŝĚŽăŝŶĐŽŵƉĂƟďŝůŝĚĂĚĞĞŶƚƌĞĂƚĞŽƌŝĂĚĂƐƌĞůĂĕƁĞƐ
ŚƵŵĂŶĂƐ Ğ ĂƐ ŽƵƚƌĂƐ ƚĞŽƌŝĂƐ ƚƌĂĚŝĐŝŽŶĂŝƐ͕ Ă ŶĞĐĞƐƐŝĚĂĚĞ ĚĞ
ǀŝƐƵĂůŝnjĂƌĂŽƌŐĂŶŝnjĂĕĆŽĐŽŵŽƵŵĂƵŶŝĚĂĚĞƐŽĐŝĂůĞĐŽŵƉůĞdžĂ͕Ă
ŝŶŇƵġŶĐŝĂĚŽĞƐƚƌƵƚƵƌĂůŝƐŵŽŶĂƐĐŝġŶĐŝĂƐƐŽĐŝĂŝƐĞĂƌĞƉĞƌĐƵƐƐĆŽ
ĚĞƐƐĂƐĐŝġŶĐŝĂƐŶŽĞƐƚƵĚŽĚĂƐŽƌŐĂŶŝnjĂĕƁĞƐĞŶŽǀŽƐĐŽŶĐĞŝƚŽƐ
ĚĞĞƐƚƌƵƚƵƌĂ͘ŶĂůŝƐĂŶĚŽĐƌŝƟĐĂŵĞŶƚĞŽĞƐƚƌƵƚƵƌĂůŝƐŵŽĚĞŶƚƌŽ
ĚĂĂĚŵŝŶŝƐƚƌĂĕĆŽĐŽŵƐĞƵƐĂƐƉĞĐƚŽƐƉŽƐŝƟǀŽƐĞŶĞŐĂƟǀŽƐ͕ĞƐƚĂ
é uma teoria de transição para a teoria dos sistemas.

ŶĂůŝƐĂŶĚŽĞƐƐĂƚĞŽƌŝĂ͕ĞůĂŶĆŽĨŽŝƵŵƉĞƌşŽĚŽĐŽŵƉƌŽŐƌĞƐƐŽƐ
ŶĂĄƌĞĂĚĞ^^d͘^ĞŶĚŽĂƐƐŝŵ͕ĞƐƐĞƉĞƌşŽĚŽĨŽŝƌĞŐŝĚŽƉĞůĂƐůĞŝƐ
ĂƉƌŽǀĂĚĂƐ ĂŶƚĞƌŝŽƌŵĞŶƚĞ Ğ ƉĞůĂ ĐŽŶƟŶƵĂĕĆŽ ĚŽƐ ĐŽŶǀġŶŝŽƐ
ĚĞĂƚĞŶĚŝŵĞŶƚŽĞŶƚƌĞĂƐĞŵƉƌĞƐĂƐĞſƌŐĆŽƐĚĞĂƚĞŶĚŝŵĞŶƚŽ
ăƐĂƷĚĞ͘

8 Gestão de saúde e segurança do trabalho nas organizações Técnico em Segurança do Trabalho


Teoria neoclássica
A teoria neoclássica surgiu em 1954, quando os autores não
ƐĞƉƌĞŽĐƵƉĂƌĂŵĞŵĂůŝŶŚĂƌĞŵͲƐĞŶŽƐƐĞƵƐƉĞŶƐĂŵĞŶƚŽƐ͕ŶĞŵ
tampouco divergiram, por isso ela não se torna uma escola
ĚĞĮŶŝĚĂ͘ Ɛ ĐĂƌĂĐƚĞƌşƐƟĐĂƐ ďĄƐŝĐĂƐ ĚĂ ƚĞŽƌŝĂ ŶĞŽĐůĄƐƐŝĐĂ ĚĆŽ
ġŶĨĂƐĞ ĂŽƐ ƉƌŝŶĐşƉŝŽƐ ŐĞƌĂŝƐ ĚĂ ĂĚŵŝŶŝƐƚƌĂĕĆŽ͕ ĂŽƐ ŽďũĞƟǀŽƐ
Ğ ĂŽƐ ƌĞƐƵůƚĂĚŽƐ Ğ ĂŽ ĞĐůĞƟƐŵŽ ;ƚĞƌŵŽ ƋƵĞ ƐĞ ƌĞĨĞƌĞ Ă
ƵŵĂ ƚĞŶĚġŶĐŝĂ ŽƵ Ă ƵŵĂ ĚŽƵƚƌŝŶĂ ƋƵĞ ƐĞůĞĐŝŽŶĂ Ğ ƌĞĐŽůŚĞ
ĞůĞŵĞŶƚŽƐ ĚĞ ŽƵƚƌŽƐ ƟƉŽƐ ĚĞ ƚĞŽƌŝĂƐ ƋƵĞ ƉĂƌĞĐĞŵ ƐĞƌ ŵĂŝƐ
ĂƉƌŽƉƌŝĂĚĂƐͿ͘ ŽĂ ƉĂƌƚĞ ĚŽƐ ƚƌĂďĂůŚŽƐ ŶĞŽĐůĄƐƐŝĐŽƐ ĞƐƚĆŽ
ǀŽůƚĂĚŽƐĂŽƐĨĂƚŽƌĞƐƋƵĞůĞǀĂŵăĚĞĐŝƐĆŽĚĞĚĞƐĐĞŶƚƌĂůŝnjĂĕĆŽĞ
ĞŶĨĂƟnjĂŵĂƐĨƵŶĕƁĞƐĚŽĂĚŵŝŶŝƐƚƌĂĚŽƌ͕ďĞŵĐŽŵŽŽƐĂƐƉĞĐƚŽƐ
relacionados com a direção de pessoas, que o administrador
ĚĞǀĞĐŽŶŚĞĐĞƌƉĂƌĂĞƐƚĂƌĂůŝŶŚĂĚŽĐŽŵĂƚĞŽƌŝĂ͘

ƵƌĂŶƚĞ Ž ƉĞƌşŽĚŽ ĚĞƐƐĂ ƚĞŽƌŝĂ͕ ƐĞƵƐ ƉĞŶƐĂĚŽƌĞƐ ŶĆŽ ĨĂnjĞŵ


ƋƵĂůƋƵĞƌĐŝƚĂĕĆŽĂƌĞƐƉĞŝƚŽĚĞĂĕƁĞƐƋƵĞƚĞŶŚĂŵƐŝĚŽƚŽŵĂĚĂƐ
ŶĞƐƐĞ ƉĞƌşŽĚŽ͘ /ƐƐŽ ŶŽƐ ůĞǀĂ Ă ĐƌĞƌ ƋƵĞ ŶĆŽ ĨŽƌĂŵ ĐƌŝĂĚĂƐ
ŶŽǀĂƐůĞŝƐƉĂƌĂ^^d͕ƉĞƌŵĂŶĞĐĞŶĚŽĞŵǀŝŐŽƌĂƐůĞŐŝƐůĂĕƁĞƐũĄ
implantadas anteriormente.

Técnico em Segurança do Trabalho Gestão de saúde e segurança do trabalho nas organizações 9


Teoria de sistemas
A teoria de sistemas iniciou, em um coordenador de áreas.
ϭϵϱϭ͕ ĐŽŵ ŽƐ ƚƌĂďĂůŚŽƐ ĚĞ >ƵĚǁŝŐ
sŽŶ ĞƌƚĂůĂŶīLJ͕ ƌĞƉƌĞƐĞŶƚĂŶĚŽ EĞƐƐĞ ƉĞƌşŽĚŽ͕ ŽĐŽƌƌĞƵ Ă ĐƌŝĂĕĆŽ
ƵŵĂ ĚĂƐ ŵĂŝŽƌĞƐ ĐŽŶƚƌŝďƵŝĕƁĞƐ do adicional de periculosidade,
para a ciência moderna e para a ĐŽŶƐŝƐƟŶĚŽ ŶŽ ƉĂŐĂŵĞŶƚŽ ĂŽ
administração. Essa teoria não busca ƚƌĂďĂůŚĂĚŽƌ ĚĞ Ƶŵ ĂĚŝĐŝŽŶĂů ƐŽďƌĞ
solucionar problemas, mas, sim, o salário-base, como forma de
ƉƌŽĚƵnjŝƌ ƚĞŽƌŝĂƐ ƋƵĞ ƉŽƐƐĂŵ ĐƌŝĂƌ ŝŶĚĞŶŝnjĂĕĆŽ ƉŽƌ ƚƌĂďĂůŚĂƌ Ğŵ
ĐŽŶĚŝĕƁĞƐĚĞĂƉůŝĐĂĕĆŽŶĂƌĞĂůŝĚĂĚĞ͘ ambiente periculoso, sem mencionar
As premissas básicas dessa teoria ĂŵĞůŚŽƌŝĂĚŽĂŵďŝĞŶƚĞĚĞƚƌĂďĂůŚŽ͘
são as de que sistemas existem KƵƚƌŽ ĨĂƚŽ ƌĞůĞǀĂŶƚĞ ĚĞƐƐĞ ƉĞƌşŽĚŽ
dentro de sistemas, sistemas são ĨŽŝĂĐƌŝĂĕĆŽĚŽDŝŶŝƐƚĠƌŝŽĚĂ^ĂƷĚĞ͘
ĂďĞƌƚŽƐ Ğ ĨƵŶĕƁĞƐ ĚĞ Ƶŵ ƐŝƐƚĞŵĂ
ĚĞƉĞŶĚĞŵ ĚĞ ƐƵĂ ĞƐƚƌƵƚƵƌĂ͘ K DĂƐ ĨĂůĂŶĚŽ ĞƐƉĞĐŝĮĐĂŵĞŶƚĞ
conceito de sistemas expressa a sobre a criação do adicional de
ideia de um conjunto de elementos periculosidade, estamos vendo a
interligados para formar um todo, ŝŶŝĐŝĂĕĆŽ ĚŽ ƋƵĞ ƚĞŵŽƐ ŚŽũĞ ŶĂ
apresentando propriedades e EŽƌŵĂ ZĞŐƵůĂŵĞŶƚĂĚŽƌĂ ŶǑ ϭϲ ʹ
ĐĂƌĂĐƚĞƌşƐƟĐĂƐ ƉƌſƉƌŝĂƐ ƋƵĞ ŶĆŽ ƟǀŝĚĂĚĞƐĞKƉĞƌĂĕƁĞƐWĞƌŝŐŽƐĂƐ͘EĂ
ƐĆŽ ĞŶĐŽŶƚƌĂĚĂƐ Ğŵ ŶĞŶŚƵŵ ĚŽƐ atualidade, essa norma determina
ĞůĞŵĞŶƚŽƐ ŝƐŽůĂĚŽƐ͘  ƉĞƌƐƉĞĐƟǀĂ ƋƵĂŝƐƐĆŽĂƐŽƉĞƌĂĕƁĞƐĐŽŶƐŝĚĞƌĂĚĂƐ
ƐŝƐƚġŵŝĐĂĚŝnjƋƵĞĂŽƌŐĂŶŝnjĂĕĆŽĚĞǀĞ perigosas que recebem esse
ser administrada como um todo e o adicional, bem como qual é o valor
ƉƌĞƐŝĚĞŶƚĞ ĚĂ ŽƌŐĂŶŝnjĂĕĆŽ ĚĞǀĞ ƐĞƌ desse adicional.
ƵŵĐŽŶŚĞĐĞĚŽƌĚĂƚŽƚĂůŝĚĂĚĞ͕ĞŶĆŽ

10 Gestão de saúde e segurança do trabalho nas organizações Técnico em Segurança do Trabalho


dĞŽƌŝĂĚĂĐŽŶƟŶŐġŶĐŝĂ
 ƚĞŽƌŝĂ ĚĂ ĐŽŶƟŶŐġŶĐŝĂ ĞŶĨĂƟnjĂ medidas tomadas pelo governo
ƋƵĞŶĆŽŚĄŶĂĚĂĚĞĂďƐŽůƵƚŽ͘dƵĚŽĠ para reverter essa situação foi o
ƌĞůĂƟǀŽ͘dƵĚŽĚĞƉĞŶĚĞ͘ĂďŽƌĚĂŐĞŵ ĚĞƐŵĞŵďƌĂŵĞŶƚŽ ĞŶƚƌĞ Ž DŝŶŝƐƚĠƌŝŽ
ĐŽŶƟŶŐĞŶĐŝĂů Ěŝnj ƋƵĞ ĞdžŝƐƚĞ ƵŵĂ ĚĂ WƌĞǀŝĚġŶĐŝĂ Ğ ƐƐŝƐƚġŶĐŝĂ ^ŽĐŝĂů Ğ
ƌĞůĂĕĆŽĞŶƚƌĞĂƐĐŽŶĚŝĕƁĞƐĚŽĂŵďŝĞŶƚĞ ŽDŝŶŝƐƚĠƌŝŽĚŽdƌĂďĂůŚŽ͕ƐĞŶĚŽƋƵĞŽ
e as técnicas de administração. ƉƌŝŵĞŝƌŽ ĮĐŽƵ ĐŽŵ Ž ƉĂŐĂŵĞŶƚŽ ĚŽƐ
ďĞŶĞİĐŝŽƐ͕ Ğ Ž ƐĞŐƵŶĚŽ ĮĐŽƵ ĐŽŵ Ă
ƐƐĂƚĞŽƌŝĂƐƵƌŐŝƵĂƉĂƌƟƌĚĞϭϵϳϮ͕ƉŽƌ prevenção de acidentes e a segurança
meio de uma série de estudos feitos ĞŵĞĚŝĐŝŶĂĚŽƚƌĂďĂůŚŽ͘
ƉĂƌĂ ǀĞƌŝĮĐĂƌ ŵŽĚĞůŽƐ Ğ ĞƐƚƌƵƚƵƌĂƐ
ŵĂŝƐ ĞĮĐĂnjĞƐ ŶĂƐ ŽƌŐĂŶŝnjĂĕƁĞƐ͘  ŝĂŶƚĞ ĚĞƐƐĞ ĐĞŶĄƌŝŽ͕ ĮĐĂ ĐůĂƌĂ Ă
ênfase é colocada no ambiente e ƌĞĂů ŶĞĐĞƐƐŝĚĂĚĞ ĚĞ ƚƌĂďĂůŚĂƌ ĐŽŵ
nas demandas ambientais sobre a ŽďũĞƟǀŽƐ ĚĞĮŶŝĚŽƐ ƉĂƌĂ Ă ĄƌĞĂ ĚĞ
ĚŝŶąŵŝĐĂ ŽƌŐĂŶŝnjĂĐŝŽŶĂů͕ Ğ ŶĆŽ ĞdžŝƐƚĞ ^^d͘  ƉĂƌƟƌ ĚĞƐƐĂ ĠƉŽĐĂ͕ ĐŽŵĞĕŽƵ Ă
ƵŵĂŵĞůŚŽƌŵĂŶĞŝƌĂĚĞŽƌŐĂŶŝnjĂƌ͕Ğŵ ĐƌŝĂĕĆŽĚĞĚŝǀĞƌƐŽƐſƌŐĆŽƐĞŶĨĂƟnjĂŶĚŽ
ǀĞnj ĚŝƐƐŽ͕ ĂƐ ŽƌŐĂŶŝnjĂĕƁĞƐ ƉƌĞĐŝƐĂŵ a prevenção de acidentes e doenças
ƐĞƌ ƐŝƐƚĞŵĂƟĐĂŵĞŶƚĞ ĂũƵƐƚĂĚĂƐ ăƐ ŶŽ ƚƌĂďĂůŚŽ͘ WŽƐƚĞƌŝŽƌŵĞŶƚĞ͕ ĨŽƌĂŵ
ĐŽŶĚŝĕƁĞƐĂŵďŝĞŶƚĂŝƐ͘ criadas as normas regulamentadoras
com força de lei pela Lei n.º 6.514,
EĞƐƐĞ ƉĞƌşŽĚŽ͕ ĨŽŝ ĐƌŝĂĚŽ Ž &ƵŶĚŽ ĚĞ de 1977, e a regulamentação do
'ĂƌĂŶƟĂƉŽƌdĞŵƉŽĚĞ^ĞƌǀŝĕŽʹ&'d^͕ ƉƌŽĮƐƐŝŽŶĂů ƚĠĐŶŝĐŽ Ğŵ ƐĞŐƵƌĂŶĕĂ
ƋƵĂŶĚŽŽƌĂƐŝůƌĞĐĞďĞƵŽơƚƵůŽŶĂĚĂ ŶŽ ƚƌĂďĂůŚŽ ƉŽƌ ŵĞŝŽ ĚĂ WŽƌƚĂƌŝĂ Ŷ͘Ǒ
interessante de campeão mundial ϯ͘Ϯϳϱ͕ĚĞϮϭĚĞƐĞƚĞŵďƌŽĚĞϭϵϴϵ͘
ĚĞ ĂĐŝĚĞŶƚĞƐ ŶŽ ƚƌĂďĂůŚŽ͘ hŵĂ ĚĂƐ

Técnico em Segurança do Trabalho Gestão de saúde e segurança do trabalho nas organizações 11


Novos caminhos da teoria
geral da administração
EŽƐĚŝĂƐĂƚƵĂŝƐ͕ǀŝǀĞŶĚŽĞŵƵŵĂŐůŽďĂůŝnjĂĕĆŽ ŵĞůŚŽƌĚŽƋƵĞĞƐƚĂŵŽƐĨĂnjĞŶĚŽ͘
ĞŵƋƵĞƚĞŵŽƐĂĐĞƐƐŽĂƚŽĚĂƐăƐŝŶĨŽƌŵĂĕƁĞƐ
Ğ ŶŽơĐŝĂƐ Ğŵ ƚĞŵƉŽ ƌĞĂů͕ Ž ƐŝƐƚĞŵĂ ĚĞ /ƐƐŽƋƵĞƌĚŝnjĞƌƋƵĞĞƐƚĂŵŽƐĞŵƉĞƌŵĂŶĞŶƚĞ
administração também sofre as consequências análise e coleta de dados, encontrando
ĚĞƐƐĞĐĞŶĄƌŝŽ͕ƋƵĞƉŽĚĞŵƐĞƌƚĂŶƚŽƉŽƐŝƟǀĂƐ ƐĞŵƉƌĞ ŵĂŝƐ ŽƉŽƌƚƵŶŝĚĂĚĞƐ ƉĂƌĂ ŵĞůŚŽƌĂƌ
ƋƵĂŶƚŽ ŶĞŐĂƟǀĂƐ͕ ĚĞƉĞŶĚĞŶĚŽ ĂƉĞŶĂƐ ĚĂ os processos e os produtos, implantando as
forma como serão entendidas e aplicadas no ĂĕƁĞƐŶĞĐĞƐƐĄƌŝĂƐƉĂƌĂďƵƐĐĂƌŽƐƌĞƐƵůƚĂĚŽƐ
ĚŝĂĂĚŝĂĚĂƐŽƌŐĂŶŝnjĂĕƁĞƐ͘ ĞƐƉĞƌĂĚŽƐʹĠƵŵĂŵƵĚĂŶĕĂƐƵĂǀĞĞĐŽŶơŶƵĂ
ŶĂ ĐƵůƚƵƌĂ ŽƌŐĂŶŝnjĂĐŝŽŶĂů ĚĂ ĞŵƉƌĞƐĂ͕
Inicia-se, na década de 1990, a era da ƉŽƌĠŵ͕ ƋƵĂŶĚŽ ĞůĂ ĞƐƟǀĞƌ ĂƌƌĂŝŐĂĚĂ ŶĂƐ
ŝŶĨŽƌŵĂĕĆŽĐŽŵƚŽƚĂůŝŶŇƵġŶĐŝĂĚĂƚĞĐŶŽůŽŐŝĂ ƉĞƐƐŽĂƐĚĞŶƚƌŽĚĂŽƌŐĂŶŝnjĂĕĆŽ͕ŽƐƌĞƐƵůƚĂĚŽƐ
da informação. A tecnologia passa a ser uma ƐĞŵƉƌĞƚĞŶĚĞŵĂƐĞƌŽƐŵĞůŚŽƌĞƐ͘
ŝŵƉŽƌƚĂŶƚĞ ĨĞƌƌĂŵĞŶƚĂ ƉĂƌĂ Ž ŚŽŵĞŵ Ğ͕
consequentemente, para o administrador, Žŵ Ž ĂĚǀĞŶƚŽ ĚĂ ŵĞůŚŽƌŝĂ ĐŽŶơŶƵĂ
ƉŽŝƐ ĞůĞ ƉĂƐƐĂ Ă ƚĞƌ ĂƐ ŝŶĨŽƌŵĂĕƁĞƐ ĚĂ ƐƵĂ ĐŚĞŐĂŵŽƐ ĂŽ ƋƵĞ ĐŚĂŵĂŵŽƐ ĚĞ ƋƵĂůŝĚĂĚĞ
ŽƌŐĂŶŝnjĂĕĆŽ Ğ ĚŽ ĂŶĚĂŵĞŶƚŽ ĚĂƐ ŽƉĞƌĂĕƁĞƐ total. Por trás dessa cultura sempre estará
em tempo real. Inclusive, a gestão da Ă ĮŐƵƌĂ ĚŽ ĐůŝĞŶƚĞ͕ ƚĂŶƚŽ ĞdžƚĞƌŶŽ ƋƵĂŶƚŽ
ĞŵƉƌĞƐĂ ƉĂƐƐŽƵ Ă ĮĐĂƌ ŵĂŝƐ ƐſůŝĚĂ Ğ ƌĄƉŝĚĂ
ŶĂƐ ĚĞĐŝƐƁĞƐ͕ ƉŽŝƐ Ă ƚĞĐŶŽůŽŐŝĂ ƉĞƌŵŝƚĞ Ƶŵ
ĐƌƵnjĂŵĞŶƚŽĚĞĚĂĚŽƐƉĂƌĂĂŶĂůŝƐĂƌƵŵĂƐĠƌŝĞ A inovação pode
ĚĞ ŝŶĚŝĐĂĚŽƌĞƐ͕ ŝŶĚŝĐĂŶĚŽ ŶŽǀŽƐ ĐĂŵŝŶŚŽƐ ser um novo produto
ƉĂƌĂĂĞŵƉƌĞƐĂĞŶŽǀĂƐĚĞĐŝƐƁĞƐĂƌĞƐƉĞŝƚŽĚĂ ou um serviço
ŐĞƐƚĆŽĂĚŵŝŶŝƐƚƌĂƟǀĂĞŝŶĚƵƐƚƌŝĂů͘ diferente, um novo
método ou processo
KƵƚƌŽ ƉŽŶƚŽ ŝŵƉŽƌƚĂŶƚĞ Ă ƐĞƌ ĐŽŶƐŝĚĞƌĂĚŽ de trabalho, um
ƉĞůĂƐ ŽƌŐĂŶŝnjĂĕƁĞƐ ĐŽŵ Ă ŐůŽďĂůŝnjĂĕĆŽ Ġ Ă novo modelo de
inovação, que tem um papel muito importante negócio, uma nova
para a sobrevivência das empresas nesse solução, uma cultura
ŵĞƌĐĂĚŽĐŽŵƉĞƟƟǀŽ͘ empreendedora
e criadora e um
Inovação é a capacidade que alguém tem para novo modelo de
estar com permanente atenção no mercado administração.
consumidor para as novas tendências e
ĞdžŝŐġŶĐŝĂƐĚĞƐƚĞŵĞƌĐĂĚŽ͘ŵĞůŚŽƌŝĂĐŽŶơŶƵĂ
ĠƵŵĂĚĂƐĂĕƁĞƐŝŵƉůĂŶƚĂĚĂƐƉĞůĂƐĞŵƉƌĞƐĂƐ
ŶĂ ĂƚƵĂůŝĚĂĚĞ ĚĞŶƚƌŽ ĚĞƐƐĞ ŶŽǀŽ ĐĞŶĄƌŝŽ͘  K
ponto principal dela é a introdução da cultura
ŽƌŐĂŶŝnjĂĐŝŽŶĂů ĚĞ ƋƵĞ ƐĞŵƉƌĞ ƉŽĚĞŵŽƐ ĨĂnjĞƌ

12 Gestão de saúde e segurança do trabalho nas organizações Técnico em Segurança do Trabalho


ŝŶƚĞƌŶŽ͖ ŝƐƐŽ ƋƵĞƌ ĚŝnjĞƌ ƋƵĞ Ă ŽƌŐĂŶŝnjĂĕĆŽ ĞƐƚĄ ƉĞŶƐĂŶĚŽ ŶŽ ĐůŝĞŶƚĞ ƋƵĞ ĂĚƋƵŝƌĞ
o seu produto ou o seu serviço, mas em paralelo também está preocupada com a
ƐĂƟƐĨĂĕĆŽ ĚĂƐ ƉĞƐƐŽĂƐ ƋƵĞ ŝŶƚĞŐƌĂŵ ƚŽĚĂ Ă ƐƵĂ ĐĂĚĞŝĂ ĚĞ ƚƌĂďĂůŚŽ͘ ŝĂŶƚĞ ĚŝƐƐŽ͕
ĨŽƌĂŵĞƐƚĂďĞůĞĐŝĚŽƐŽƐĚĞnjŵĂŶĚĂŵĞŶƚŽƐĚĂƋƵĂůŝĚĂĚĞƚŽƚĂů͕ƋƵĞƐĆŽ͗

ϭ͘^ĂƟƐĨĂĕĆŽĚŽĐůŝĞŶƚĞ
KĐůŝĞŶƚĞĠƉĞĕĂĨƵŶĚĂŵĞŶƚĂůĚĂŽƌŐĂŶŝnjĂĕĆŽ͕ƉŽŝƐďƵƐĐĂƋƵĂůŝĚĂĚĞĞĞƐƚĂďĞůĞĐĞƵŵĂ
ƉĞƌŵĂŶĞŶƚĞƚƌŽĐĂĚĞŝŶĨŽƌŵĂĕƁĞƐĞĂƉƌĞŶĚŝnjĂĚŽĐŽŵƐĞƵƐĐůŝĞŶƚĞƐ͘

Ϯ͘'ĞƌġŶĐŝĂƉĂƌƟĐŝƉĂƟǀĂ
 ƉƌĞĐŝƐŽ ĐƌŝĂƌ Ă ĐƵůƚƵƌĂ ĚĂ ƉĂƌƟĐŝƉĂĕĆŽ Ğ ƉĂƐƐĂƌ ĂƐ ŝŶĨŽƌŵĂĕƁĞƐ ŶĞĐĞƐƐĄƌŝĂƐ ĂŽƐ
ĞŵƉƌĞŐĂĚŽƐ͕ ĨŽƌƚĂůĞĐĞŶĚŽ Ă ƚŽŵĂĚĂ ĚĞ ĚĞĐŝƐĆŽ͕ ŵŽďŝůŝnjĂŶĚŽ ĨŽƌĕĂƐ Ğ ŐĞƌĂŶĚŽ Ž
compromisso de todos com os resultados.

ϯ͘DĞůŚŽƌŝĂĐŽŶơŶƵĂ
ŽŵŽĂǀĂŶĕŽƚĞĐŶŽůſŐŝĐŽ͕ĂƌĞŶŽǀĂĕĆŽĚŽƐĐŽƐƚƵŵĞƐĞĚŽĐŽŵƉŽƌƚĂŵĞŶƚŽƌĞŇĞƚĞŶĂƐ
ŶĞĐĞƐƐŝĚĂĚĞƐĚŽƐĐůŝĞŶƚĞƐ͕ĂƐƋƵĂŝƐƐĞƚŽƌŶĂƌĂŵĚŝŶąŵŝĐĂƐ͘ĞƐƐĂĨŽƌŵĂ͕ĂĐŽŵƉĂŶŚĂƌ
ĞĂŶƚĞĐŝƉĂƌĂƐŵƵĚĂŶĕĂƐƋƵĞŽĐŽƌƌĞŵƐĆŽĨŽƌŵĂƐĚĞŐĂƌĂŶƟƌŵĞƌĐĂĚŽĞĚĞƐĐŽďƌŝƌ
ŶŽǀĂƐŽƉŽƌƚƵŶŝĚĂĚĞƐĚĞŶĞŐſĐŝŽƐ͘

4. Desenvolvimento de pessoas
As pessoas são o maior patrimônio de uma empresa. Elas até podem ser controladas
ƉŽƌŶŽƌŵĂƐƌşŐŝĚĂƐ͕ƐƵƉĞƌǀŝƐĆŽĞĮƐĐĂůŝnjĂĕĆŽ͕ŵĂƐŶĂĚĂƐĞƚŽƌŶĂƚĆŽĞĮĐĂnjƋƵĂŶƚŽŽ
ĞƐƉşƌŝƚŽĚĞĐŽůĂďŽƌĂĕĆŽĞŝŶŝĐŝĂƟǀĂĚĂƋƵĞůĞƐƋƵĞĂĐƌĞĚŝƚĂŵŶŽƚƌĂďĂůŚŽĚĂŽƌŐĂŶŝnjĂĕĆŽ͘

ϱ͘ŝƐƐĞŵŝŶĂĕĆŽĚĞŝŶĨŽƌŵĂĕƁĞƐ
ƚƌĂŶƐƉĂƌġŶĐŝĂĚĂƐŝŶĨŽƌŵĂĕƁĞƐŶĂĞŵƉƌĞƐĂĠĨƵŶĚĂŵĞŶƚĂůƉĂƌĂƋƵĞƚŽĚŽƐĞŶƚĞŶĚĂŵ
ŽŶĞŐſĐŝŽ͕ĂŵŝƐƐĆŽ͕ŽƐƉƌŽƉſƐŝƚŽƐĞŽƐƉůĂŶŽƐĚĂĞŵƉƌĞƐĂ͘

6. Não aceitação de erros


ďƵƐĐĂƉĞůŽĂƉĞƌĨĞŝĕŽĂŵĞŶƚŽĚĞƚŽĚŽƐŽƐĞŶǀŽůǀŝĚŽƐŶŽƉƌŽĐĞƐƐŽĚĞƚƌĂďĂůŚŽĚĞǀĞ
ƐĞƌĐŽŶƐƚĂŶƚĞ͕ĂůŵĞũĂŶĚŽͲƐĞĂƐƐŝŵƵŵƉĂĚƌĆŽĚĞĚĞƐĞŵƉĞŶŚŽĞŵƋƵĞŶĆŽŽĐŽƌƌĂŵ
erros.

7. Constância de propósitos
A adoção de novos valores é um processo lento e gradual que leva em conta a cultura
ĚĂ ŽƌŐĂŶŝnjĂĕĆŽ͘ WŽƌ ŝƐƐŽ͕ ŽƐ ŶŽǀŽƐ ƉƌŝŶĐşƉŝŽƐ ĚĞǀĞŵ ƐĞƌ ƌĞƉĞƟĚŽƐ Ğ ƌĞĨŽƌĕĂĚŽƐ͕
ĞƐƟŵƵůĂĚŽƐĞŵƐƵĂƉƌĄƟĐĂ͕ĂƚĠƋƵĞĂŵƵĚĂŶĕĂĚĞƐĞũĂĚĂƐĞƚŽƌŶĞŝƌƌĞǀĞƌƐşǀĞů͘

8. Delegação
KŵĞůŚŽƌĐŽŶƚƌŽůĞĠĂƋƵĞůĞƋƵĞƌĞƐƵůƚĂĚĂƌĞƐƉŽŶƐĂďŝůŝĚĂĚĞĂƚƌŝďƵşĚĂĂĐĂĚĂƵŵƋƵĞ
ĐŽŵƉƁĞĂĞŵƉƌĞƐĂĚĞŵŽĚŽĂĚĞůĞŐĂƌĂƐĐŽŵƉĞƚġŶĐŝĂƐ͘

Técnico em Segurança do Trabalho Gestão de saúde e segurança do trabalho nas organizações 13


ϵ͘'ĂƌĂŶƟĂĚĞƋƵĂůŝĚĂĚĞ
ŐĂƌĂŶƟĂĚĞƋƵĂůŝĚĂĚĞĠƉŽƐƐşǀĞůĂƉĂƌƟƌĚŽƉůĂŶĞũĂŵĞŶƚŽĞĚĂĨŽƌŵĂůŝnjĂĕĆŽͬĚŽƌĞŐŝƐƚƌŽ
ĚŽƐ ƉƌŽĐĞƐƐŽƐ͕ ŽƐ ƋƵĂŝƐ ĚĞǀĞŵ ĞƐƚĂƌ ĚŝƐƉŽŶşǀĞŝƐ Ğŵ ůŽĐĂů ĚĞ ĨĄĐŝů ĂĐĞƐƐŽ͕ ƉĞƌŵŝƟŶĚŽ
ŝĚĞŶƟĮĐĂƌŽĐĂŵŝŶŚŽƉĞƌĐŽƌƌŝĚŽ͘

10. Gerência de projetos


K ŐĞƌĞŶĐŝĂŵĞŶƚŽ Ğ Ă ŝŶƚĞŐƌĂĕĆŽ ĚŽƐ ƉƌŽĐĞƐƐŽƐ ĚĞǀĞŵ ƐĞƌ ĂůŝĂĚŽƐ ĂŽ ĐŽŶĐĞŝƚŽ ĚĞ ĐĂĚĞŝĂ
cliente-fornecedor.

Analisando todos esses dados e cenários ƉƌŽĮƐƐŝŽŶĂů͕ƵŵĐŽŶŚĞĐŝŵĞŶƚŽĚŽƚŽĚŽĞŵ


ĚĂ ĂĚŵŝŶŝƐƚƌĂĕĆŽ ŶĂ ĂƚƵĂůŝĚĂĚĞ͕ ĮĐĂ ŵĂŝƐ que a empresa está inserida, um grande
ĨĄĐŝů ĨĂnjĞƌ ƵŵĂ ĂŶĂůŽŐŝĂ ĐŽŵ Ă ƐĞŐƵƌĂŶĕĂ ĐŽŶŚĞĐŝŵĞŶƚŽ ĚĂ ĐƵůƚƵƌĂ ŽƌŐĂŶŝnjĂĐŝŽŶĂů Ğ
ĚŽ ƚƌĂďĂůŚŽ ĚĞŶƚƌŽ ĚĞƐƐĞ ƉƌŽĐĞƐƐŽ͘ Žŵ ĚŽƐ ĞƐƟůŽƐ Ğ ƐŝƐƚĞŵĂƐ ĚĞ ŐĞƐƚĆŽ ƋƵĞ ĞƐƚĆŽ
todas as mudanças ocorrendo dentro das implantados nas empresas.
ŽƌŐĂŶŝnjĂĕƁĞƐƉŽƌŵĞŝŽĚĂƐƵĂĂĚŵŝŶŝƐƚƌĂĕĆŽĞ
ĐŽŵĂŝŶŇƵġŶĐŝĂƚŽƚĂůĚĂƚĞĐŶŽůŽŐŝĂ͕ƉŽĚĞŵŽƐ ŽŵŝƐƐŽ͕ĂƐĂƷĚĞĞĂƐĞŐƵƌĂŶĕĂĚŽƚƌĂďĂůŚŽ
entender que os riscos de exposição das pessoas passam a sera ser vistas como uma área
também mudaram juntamente com a visão ĞƐƚƌĂƚĠŐŝĐĂƉĂƌĂŽŶĞŐſĐŝŽĚĂĞŵƉƌĞƐĂ͕ƉŽŝƐ
da empresa sobre esse assunto, pois foram ƉŽĚĞŵ ƐĞƌ ĂůĐĂŶĕĂĚŽƐ ſƟŵŽƐ ƌĞƐƵůƚĂĚŽƐ
ĐƌŝĂĚĂƐŶŽǀĂƐůĞŐŝƐůĂĕƁĞƐĚĞƉƌŽƚĞĕĆŽƉĂƌĂĂƐ diante do mercado quando se entende e
ƉĞƐƐŽĂƐ͕ ĨŽƌĂŵ ŝŶƚƌŽĚƵnjŝĚŽƐ ŶŽǀŽƐ ŵŽĚĞůŽ percebe essa preocupação.
ĚĞŐĞƐƚĆŽĞŵƐĂƷĚĞĞƐĞŐƵƌĂŶĕĂĚŽƚƌĂďĂůŚŽ͕
ŝŶĐůƵƐŝǀĞĐŽŵŵŽĚĞůŽƐĚĞĐĞƌƟĮĐĂĕĆŽ͕ƉŽŝƐĂƐ A atenção também deve estar voltada
ĞŵƉƌĞƐĂƐĞƐƚĆŽƐĞǀŽůƚĂŶĚŽƉĂƌĂĂƐĂƟƐĨĂĕĆŽ͕ Ă Ž ƉƷďůŝĐŽ ŝŶƚĞƌŶŽ Ğŵ ŐĞƌĂů͕ ƉŽŝƐ ŐĞƌĂ
ĂƐĂƷĚĞĞĂƐĞŐƵƌĂŶĕĂĚĂƐƉĞƐƐŽĂƐ͘ ƐĂƟƐĨĂĕĆŽ͕ ĂƵŵĞŶƚŽ ĚĂ ƉƌŽĚƵƟǀŝĚĂĚĞ
e alcance dos resultados operacionais
ŝĂŶƚĞ ĚĞƐƐĞƐ ĨĂƚŽƐ͕ ƚĞŵŽƐ Ž ƉƌŽĮƐƐŝŽŶĂů ĞƐƉĞƌĂĚŽƐ͕ ŵĞůŚŽƌĂŶĚŽ Ă ƉƌĞǀĞŶĕĆŽ ĚŽƐ
ĚĂ ĄƌĞĂ ĚĞ ^^d ƋƵĞ ĞƐƚĄ ĞdžĞƌĐĞŶĚŽ Ž ƉĂƉĞů acidentes e gerando consequente redução
principal dentro desse cenário. Está se ĚĞ ĞǀĞŶƚƵĂůŝĚĂĚĞƐ͕ ŝŶŇƵĞŶĐŝĂŶĚŽ ƚĂŵďĠŵ
ĞdžŝŐŝŶĚŽ ƵŵĂ ĨŽƌŵĂĕĆŽ ŵĞůŚŽƌ ĚĞƐƐĞ ŶŽƐƌĞƐƵůƚĂĚŽƐĚĂƐĂƷĚĞĚĂƐƉĞƐƐŽĂƐ͘

14 Gestão de saúde e segurança do trabalho nas organizações Técnico em Segurança do Trabalho


Cultura organizacional
EŽƐƉƌŝŵſƌĚŝŽƐĚĂĐŝǀŝůŝnjĂĕĆŽĞŶĂŚŝƐƚſƌŝĂĂŶƟŐĂ͕ĂĐƵůƚƵƌĂĞƌĂǀŝƐƚĂĐŽŵŽƵŵƐŝŶƀŶŝŵŽ
ĚĞĂƌƚĞƐ͕ŝŶĐůƵŝŶĚŽĂƉŝŶƚƵƌĂ͕ĂŵƷƐŝĐĂ͕ĂĂƌƋƵŝƚĞƚƵƌĂ͕ĂĮůŽƐŽĮĂĞĚŝǀĞƌƐĂƐŽƵƚƌĂƐĄƌĞĂƐ
ƋƵĞ ĐĂƌĂĐƚĞƌŝnjĂǀĂŵ Ă ŝĚĞŶƟĚĂĚĞ ĚĞ Ƶŵ ƉŽǀŽ ŽƵ ĚĞ ƵŵĂ ĠƉŽĐĂ͘ Žŵ Ž ƉĂƐƐĂƌ ĚŽƐ
ƚĞŵƉŽƐ͕ƉĂƌƟĐƵůĂƌŵĞŶƚĞŶŽƐĂŶŽƐϭϵϴϬĞϭϵϵϬ͕ĐŽŵŽĚĞƐĞŶǀŽůǀŝŵĞŶƚŽĚĂŐůŽďĂůŝnjĂĕĆŽ
ĞĚĂƐĐĞƌƟĮĐĂĕƁĞƐ͕ƉƌŝŶĐŝƉĂůŵĞŶƚĞŶĂĄƌĞĂĚĂƋƵĂůŝĚĂĚĞ͕ĐŽŵĞĕŽƵͲƐĞĂƵƟůŝnjĂƌŽƚĞƌŵŽ
ĐƵůƚƵƌĂŽƌŐĂŶŝnjĂĐŝŽŶĂů͕ƉƌŝŶĐŝƉĂůŵĞŶƚĞƉŽƌĐĂƵƐĂĚŽƐƐĞŐƵŝŶƚĞƐĨĂƚŽƌĞƐ͗

Estudos dos Necessidade de ampliar


comportamentos humanos o papel desempenhado
dentro das organizações pelos empregados nas
organizações
Surgimento de
tecnologias em gestão Necessidade de
entender o homem e o seu
Necessidade de entender comportamento dentro da
as características das organização em função das
organizações em um mudanças ocorridas nas
momento de reestruturação estratégias de mercado
Papel desempenhado
pela cultura nos processos
de fusão das empresas

Ao longo do tempo e de todas as mudanças entendem e obedecem.


observadas nas empresas, podemos
citar alguns elementos básicos da cultura  ĐƵůƚƵƌĂ ŽƌŐĂŶŝnjĂĐŝŽŶĂů ĚĞŶƚƌŽ ĚĂƐ
ŽƌŐĂŶŝnjĂĐŝŽŶĂů͗ ĂƐ ĐƌĞŶĕĂƐ͕ ŽƐ ǀĂůŽƌĞƐ͕ ĂƐ ĞŵƉƌĞƐĂƐ Ġ ĨŽƌŵĂĚĂ ĚĞƐĚĞ Ž ŝŶşĐŝŽ ĚĂ
ŶŽƌŵĂƐ͕ĂƐƐĂŶĕƁĞƐ͕ŽƐƐşŵďŽůŽƐ͕ŽŝĚŝŽŵĂ ŽƌŐĂŶŝnjĂĕĆŽ͘ ůĂ Ġ ŝŵƉůĂŶƚĂĚĂ ĚĞ ĂĐŽƌĚŽ
Ğ Ă ƚĞĐŶŽůŽŐŝĂ͘ EĆŽ ƉŽĚĞŵŽƐ ĂĮƌŵĂƌ com as ideias do seu fundador ou de acordo
que todos eles estejam presentes nas com as ideias da equipe de acionistas, e
ŽƌŐĂŶŝnjĂĕƁĞƐ͕ ƉŽŝƐ ĂůŐƵŵĂƐ ĂƉƌĞƐĞŶƚĂŵ diversos fatores contribuem para a sua
diferenças de cultura e poderão ter inseridos implantação. Além disso, outros itens
outros elementos, não apenas os citados. contribuem para a formação da cultura
ŽƌŐĂŶŝnjĂĐŝŽŶĂů͕ ĐŽŵŽ͕ ƉŽƌ ĞdžĞŵƉůŽ͕ Ž
džŝƐƚĞŵ ŝŶƷŵĞƌŽƐ ĐŽŶĐĞŝƚŽƐ ĚĞ ĐƵůƚƵƌĂ ůŽĐĂů ŐĞŽŐƌĄĮĐŽ ĚĂ ŝŵƉůĂŶƚĂĕĆŽ ĞŵƉƌĞƐĂ͕
ŽƌŐĂŶŝnjĂĐŝŽŶĂů ĞŶĐŽŶƚƌĂĚŽƐ Ğŵ ƵŵĂ a cultura da sociedade instalada ao redor
ƐĠƌŝĞ ĚĞ ďŝďůŝŽŐƌĂĮĂƐ ĚŝƐƉŽŶşǀĞŝƐ͕ ƉŽƌĠŵ ĚĂŝŶƐƟƚƵŝĕĆŽ͕ĂƐĐƌĞŶĕĂƐĞŽƐǀĂůŽƌĞƐĚĂƐ
ƚŽĚĂƐ ĞůĂƐ ƐĞ ƌĞƐƵŵĞŵ Ğŵ ĚŝnjĞƌ ƋƵĞ Ġ ƉĞƐƐŽĂƐ ƋƵĞ ĨĂƌĆŽ ƉĂƌƚĞ ĚĂ ŽƌŐĂŶŝnjĂĕĆŽ͕
Ƶŵ ĐŽŶũƵŶƚŽ ĚĞ ĐƌĞŶĕĂƐ͕ ĂƟƚƵĚĞƐ͕ ƌĞŐƌĂƐ͕ ĂƐ ŝŶƐƚĂůĂĕƁĞƐ İƐŝĐĂƐ͕ ĂƐ ĐŽƌĞƐ ƵƟůŝnjĂĚĂƐ
comportamentos que são seguidos dentro ŶĞƐƐĂƐ ŝŶƐƚĂůĂĕƁĞƐ͕ Ž ƟƉŽ ĚĞ ƉƌŽĐĞƐƐŽ ĚĞ
de uma empresa, sejam eles escritos ƚƌĂďĂůŚŽ ƵƟůŝnjĂĚŽ Ğ͕ ƉƌŝŶĐŝƉĂůŵĞŶƚĞ͕ Ž
Ğ ĚŽƵƚƌŝŶĂĚŽƐ͕ ŽƵ ŝŵƉůşĐŝƚŽƐ ĚĞŶƚƌŽ ĚĂ ĞƐƟůŽ ĚĞ ĂĚŵŝŶŝƐƚƌĂĕĆŽ ŝŵƉůĂŶƚĂĚŽ ƉĞůŽƐ
empresa e, dessa forma, todos os seguem, gerentes responsáveis.

Técnico em Segurança do Trabalho Gestão de saúde e segurança do trabalho nas organizações 15


Cultura organizacional
nas relações de trabalho
 ƉĂƌƟƌ ĚŽ ŵŽŵĞŶƚŽ Ğŵ ƋƵĞ Ă ĐƵůƚƵƌĂ ŶŽƌŵĂƐĞŵƋƵĞĂŚŝĞƌĂƌƋƵŝĂĠƉƌŝǀŝůĞŐŝĂĚĂ
ŽƌŐĂŶŝnjĂĐŝŽŶĂů ĞƐƚĄ ďĞŵ ĚŝƐƐĞŵŝŶĂĚĂ Ğ em detrimento da operação propriamente
bem implantada dentro de uma empresa dita.
Ğ ƚŽĚŽƐ ŽƐ ĞŶǀŽůǀŝĚŽƐ Ă ĐŽŶŚĞĐĞŵ͕
ĞŶƚĞŶĚĞŵ Ğ Ă ƉƌĂƟĐĂŵ͕ ĂƐ ƌĞůĂĕƁĞƐ ĚĞ ĞŶƚƌŽ ĚĂ ĐƵůƚƵƌĂ ŽƌŐĂŶŝnjĂĐŝŽŶĂů͕ ŽƵƚƌŽ
ƚƌĂďĂůŚŽĚĞŶƚƌŽĚĂŝŶƐƟƚƵŝĕĆŽĮĐĂŵŵĂŝƐ ĨŽĐŽŝĚĞŶƟĮĐĂĚŽĠƉĂƌĂĂƚĂƌĞĨĂ͕ŶŽƋƵĂů
ĨĄĐĞŝƐ͕ƉƌŝŶĐŝƉĂůŵĞŶƚĞŶĂƐƌĞůĂĕƁĞƐĞŶƚƌĞ Ġ ǀĂůŽƌŝnjĂĚĂ Ă ĞdžƉĞƌŝġŶĐŝĂ ĚĞ ǀŝĚĂ Ğ Ă
ĂƐ ƉĞƐƐŽĂƐ Ğ ŶĂƐ ƌĞůĂĕƁĞƐ ĚĂƐ ƉĞƐƐŽĂƐ capacidade para resolver problemas, em
para com a empresa. ƋƵĞĂƉƌŝŶĐŝƉĂůǀĂůŽƌŝnjĂĕĆŽƐĆŽŽƐƌĞƐƵůƚĂĚŽƐ
alcançados independentemente da forma
Logo, se acontecer algo relacionado de como isso é conseguido.
ĂŽ ƐŝƐƚĞŵĂ ĚĞ ƚƌĂďĂůŚŽ ŽƵ ăƐ ƌĞůĂĕƁĞƐ
ŝŶƚĞƌƉĞƐƐŽĂŝƐ͕ Ġ ƉŽƐƐşǀĞů ŝĚĞŶƟĮĐĂƌ KƵƚƌŽ ĨŽĐŽ ĚĂ ĐƵůƚƵƌĂ ŽƌŐĂŶŝnjĂĐŝŽŶĂů Ġ
quais serão os desencadeamentos e o foco no processo, em que todas as
ĂƐ ĐŽŶĚƵƚĂƐ Ă ƐĞƌĞŵ ƌĞĂůŝnjĂĚĂƐ ĚŝĂŶƚĞ ƉƌŝŽƌŝĚĂĚĞƐĚĞƚƌĂďĂůŚŽƐĆŽĐŽůŽĐĂĚĂƐŶŽ
dessas ocorrências, o que torna o ƉƌŽĐĞƐƐŽĚĞƚƌĂďĂůŚŽ͕ĂƐƉĞƐƐŽĂƐŶĆŽƐĆŽ
ƉƌŽĐĞƐƐŽ ĚĞ ĂĚŵŝŶŝƐƚƌĂĕĆŽ ĞŶƚĞŶĚşǀĞů Ğ consideradas parte do todo e recebem
ĚĞĐŽŶŚĞĐŝŵĞŶƚŽŐĞƌĂů͘ um tratamento secundário, privilegiando
ŽƌĞƐƵůƚĂĚŽĚŽƉƌŽĐĞƐƐŽƉƌŽĚƵƟǀŽ͘
ĐƵůƚƵƌĂŽƌŐĂŶŝnjĂĐŝŽŶĂůĚĞƵŵĂĞŵƉƌĞƐĂ
K ĨŽĐŽ ƉĂƌĂ ĂƐ ƉĞƐƐŽĂƐ ĞƐƚĄ ŐĂŶŚĂŶĚŽ
ƉŽĚĞ ƚĞƌ ĚŝǀĞƌƐŽƐ ĨŽĐŽƐ͕ ŽƵ ĂƉĞŶĂƐ Ƶŵ ʹ
isso dependerá muito de como foi criada. ŵƵŝƚŽĞƐƉĂĕŽŶŽƐƷůƟŵŽƐƚĞŵƉŽƐĚĞǀŝĚŽ
à implantação dos sistemas de gestão
hŵ ĚŽƐ ĨŽĐŽƐ Ġ Ž ƉŽĚĞƌ͕ ƋƵĞ Ġ ĞdžĞƌĐŝĚŽ
pela administração da empresa, em que ĚĞŶƚƌŽ ĚĂƐ ŽƌŐĂŶŝnjĂĕƁĞƐ͕ Ğŵ ƋƵĞ Ă
será exercido um poder absoluto e de ĞƐƚƌƵƚƵƌĂ ĚĂ ŽƌŐĂŶŝnjĂĕĆŽ ĞƐƚĄ Ă ƐĞƌǀŝĕŽ
benevolência para com todas as pessoas dos seus membros e a individualidade é
ĚĂŽƌŐĂŶŝnjĂĕĆŽ͘ ǀĂůŽƌŝnjĂĚĂĂŽĞdžƚƌĞŵŽ͕ŽĐĂƐŝŽŶĂŶĚŽƵŵĂ
ĐŽŵƉĞƟƟǀŝĚĂĚĞǀĞůĂĚĂĞŶƚƌĞĂƐƉĞƐƐŽĂƐ
KƵƚƌŽĨŽĐŽĠƉĂƌĂĂĨƵŶĕĆŽ͕ĞŵƋƵĞƚŽĚĂƐĂƐ envolvidas nos processos em questão.
ĨƵŶĕƁĞƐ ĚĂ ĞŵƉƌĞƐĂ ĞƐƚĆŽ ƉĞƌĨĞŝƚĂŵĞŶƚĞ
ĚĞĮŶŝĚĂƐĞĐŽŽƌĚĞŶĂĚĂƐƉŽƌƵŵĂƐĠƌŝĞĚĞ WŽƌĠŵ͕ Ă ĐƌŝĂƟǀŝĚĂĚĞ͕ Ă ŽƌŝŐŝŶĂůŝĚĂĚĞ

16 Gestão de saúde e segurança do trabalho nas organizações Técnico em Segurança do Trabalho


e o esforço para contribuir com as ĨŽĐŽĚĂƐĂƷĚĞĞĚĂƐĞŐƵƌĂŶĕĂŶŽƚƌĂďĂůŚŽ͘
mudanças são bem diferentes das demais
ŽƌŐĂŶŝnjĂĕƁĞƐ͘ ĞŶƚƌŽ ĚĞƐƐĂƐ ĞŵƉƌĞƐĂƐ͕ Atualmente, em muitas empresas esse
ƚŽĚĂ ǀĞnj ƋƵĞ ŽĐŽƌƌĞŵ ŵƵĚĂŶĕĂƐ͕ Ġ ĨŽĐŽ ƐĞ ĮƌŵŽƵ ŶĂ ĐƵůƚƵƌĂ ŽƌŐĂŶŝnjĂĐŝŽŶĂů͕
necessário tratar com as pessoas de forma tornando-se parte integrante de todas
individual para que sejam preservadas das ĂƐ ĂĕƁĞƐ Ğ ĚĞĐŝƐƁĞƐ ƚŽŵĂĚĂƐ ƉĞůĂ
consequências que podem ocorrer. administração, possibilitando cada
ǀĞnj ŵĂŝƐ Ƶŵ ĂŵďŝĞŶƚĞ ĚĞ ƚƌĂďĂůŚŽ
KĨŽĐŽŶĂŝŶŽǀĂĕĆŽĠŵĂŝƐƵŵĂĂďŽƌĚĂŐĞŵ ĞdžƚƌĞŵĂŵĞŶƚĞ ƐĂƵĚĄǀĞů Ğ ƉĂƌƟĐŝƉĂƟǀŽ͕
ĚĂ ĐƵůƚƵƌĂ ŽƌŐĂŶŝnjĂĐŝŽŶĂů ĚĞŶƚƌŽ ĚĂƐ ĞŵƋƵĞĂǀĂůŽƌŝnjĂĕĆŽĚĂƐƉĞƐƐŽĂƐĠĂďĂƐĞ
ŽƌŐĂŶŝnjĂĕƁĞƐ Ğŵ ƋƵĞ Ă ŚŝĞƌĂƌƋƵŝĂ Ġ ŵĂŝƐ ĚĂŽƌŐĂŶŝnjĂĕĆŽ͘
ĂĐŚĂƚĂĚĂ Ğ Ă ĂƵƚŽƌŝĚĂĚĞ Ġ ĚŝůƵşĚĂ ĞŶƚƌĞ
ĂƐ ƉĞƐƐŽĂƐ͘ Ɛ ƉĞƐƐŽĂƐ ƐĆŽ ŝŶĐĞŶƟǀĂĚĂƐ Ă WĂƌĂǀĂůŽƌŝnjĂƌĂƐƉĞƐƐŽĂƐĞŽƐƐĞŶƟŵĞŶƚŽƐ
ĂƐƐƵŵŝƌĞŵƌŝƐĐŽƐŶŽƐĞƵƚƌĂďĂůŚŽ͕ƐĂďĞŶĚŽ delas, é preciso avaliar o clima
que podem ocorrer muitos erros e muitos ŽƌŐĂŶŝnjĂĐŝŽŶĂů͘ K ĐůŝŵĂ ĚĂ ĞŵƉƌĞƐĂ Ġ Ž
acertos, que serão comemorados da mesma conjunto de propriedades mensuráveis
forma, pois se acredita em um processo de ĚŽ ĂŵďŝĞŶƚĞ ĚĞ ƚƌĂďĂůŚŽ ƵƟůŝnjĂĚŽ ĐŽŵŽ
ĂƉƌĞŶĚŝnjĂĚŽĐŽŶơŶƵŽĐŽŵĞƐƐĂƐĂĕƁĞƐ͘ ƵŵŝŶĚŝĐĂĚŽƌĚĞƐĂƟƐĨĂĕĆŽĚŽƐ ŵĞŵďƌŽƐ
ƋƵĞĐŽŵƉƁĞŵƵŵĂĞŵƉƌĞƐĂ͕ĂďƌĂŶŐĞŶĚŽ
͕ƉŽƌƷůƟŵŽ͕ƚĞŵŽƐŽĨŽĐŽƉĂƌĂĂĞƋƵŝƉĞ͕Ğ os aspectos de cultura e a realidade da
as empresas têm uma cultura orientada para ŽƌŐĂŶŝnjĂĕĆŽ͘
ŐƌƵƉŽƐ ĚĞ ƉĞƐƐŽĂƐ ĐŽůĂďŽƌĂƟǀĂƐ Ğŵ ƋƵĞ Ž
principal é a colaboração entre as pessoas. dĂů ŝŶĚŝĐĂĚŽƌ ŝŶŇƵĞŶĐŝĂ ĚŝƌĞƚĂŵĞŶƚĞ
ƐƐĂƐ ŽƌŐĂŶŝnjĂĕƁĞƐ ƚĞŶĚĞŵ Ă ĐŽŶƚƌĂƚĂƌ Ă ŵŽƟǀĂĕĆŽ Ğ Ž ĐŽŵƉŽƌƚĂŵĞŶƚŽ ĚĂƐ
ƉĞƐƐŽĂƐƋƵĞĨĂnjĞŵƉĂƌƚĞĚĞŐƌƵƉŽƐǀĂƌŝĂĚŽƐ ƌĞůĂĕƁĞƐ ŶŽ ƚƌĂďĂůŚŽ͕ ĨĂnjĞŶĚŽͲƐĞ ĂƐƐŝŵ
ĨŽƌĂĚŽĂŵďŝĞŶƚĞĚĞƚƌĂďĂůŚŽ͕ƉŽŝƐƚĞŶĚĞŵ ƉĞƌƟŶĞŶƚĞƋƵĂŶĚŽŵĞůŚŽƌŝĂƐĚĞƐĞŐƵƌĂŶĕĂ
ĂƌĞůĂĐŝŽŶĂŵĞŶƚŽƐƉŽƐŝƟǀŽƐĞŶƚƌĞƐŝĞĐŽŵ ŶŽƐƉƌŽĐĞƐƐŽƐĚĞƚƌĂďĂůŚŽƐĆŽƉůĂŶĞũĂĚĂƐ͘
as pessoas responsáveis pela administração,
ŐĞƌĂŶĚŽ Ƶŵ ĂŵďŝĞŶƚĞ ĚĞ ƚƌĂďĂůŚŽ WŽƌƚĂŶƚŽ͕ ĂƐ ŽƌŐĂŶŝnjĂĕƁĞƐ ĞƐƚĆŽ ĐĂĚĂ
ƉĂƌƟĐŝƉĂƟǀŽĞŵƚŽĚĂƐĂƐĚĞĐŝƐƁĞƐ͘ ǀĞnj ŵĂŝƐ ƉƌĞŽĐƵƉĂĚĂƐ ĐŽŵ Ă ĐƵůƚƵƌĂ Ğ Ž
ĐůŝŵĂŽƌŐĂŶŝnjĂĐŝŽŶĂů͕ƌĞĂůŝnjĂŶĚŽƉĞƐƋƵŝƐĂƐ
Com o passar dos anos e principalmente com as pessoas sobre esses temas
Ă ƉĂƌƟƌ ĚŽƐ ĂŶŽƐ ϮϬϬϬ͕ ƚĞŵŽƐ ǀŝƐƚŽ ŶĂƐ ǀŝƐĂŶĚŽĂŵĂŝŽƌƉĂƌƟĐŝƉĂĕĆŽĚĂƐƉĞƐƐŽĂƐ͕
ŽƌŐĂŶŝnjĂĕƁĞƐ Ă ŝŵƉůĂŶƚĂĕĆŽ ĚĞ Ƶŵ ŶŽǀŽ ŐĞƌĂŶĚŽ ƌĞƐƵůƚĂĚŽƐ ƉŽƐŝƟǀŽƐ ƉĂƌĂ Ž
ĨŽĐŽŶĂƐƐƵĂƐĂĚŵŝŶŝƐƚƌĂĕƁĞƐ͕ǀŝƐƚŽĐŽŵŽŽ engrandecimento das empresas.

Técnico em Segurança do Trabalho Gestão de saúde e segurança do trabalho nas organizações 17


Cultura organizacional, segurança no
trabalho e o técnico em segurança
:Ą ǀŝŵŽƐ ƋƵĞ Ă ĐƵůƚƵƌĂ ŽƌŐĂŶŝnjĂĐŝŽŶĂů ƉŽĚĞ ƐĞƌ ŝŵƉůĂŶƚĂĚĂ
em uma empresa, dessa forma a cultura da segurança do
ƚƌĂďĂůŚŽ ŶĆŽ ĨŽŐĞ Ă ĞƐƐĂ ƌĞŐƌĂ͘  ĐƵůƚƵƌĂ ĚĂ ƐĞŐƵƌĂŶĕĂ ĚŽ
ƚƌĂďĂůŚŽ ĚĞƉĞŶĚĞ ĚĂ ǀŽŶƚĂĚĞ ĚĂ ĂůƚĂ ĂĚŵŝŶŝƐƚƌĂĕĆŽ ĚĞŶƚƌŽ
ĚĂ ƐƵĂ ǀŝƐĆŽ ĚĞ ŶĞŐſĐŝŽƐ ĨƵƚƵƌŽƐ Ğ ĚĂ ƐƵĂ ƐŽďƌĞǀŝǀġŶĐŝĂ ŶŽ
ŵĞƌĐĂĚŽ ĐŽŵƉĞƟƟǀŽ͘  ƐƵĂ ŝŵƉůĂŶƚĂĕĆŽ ƉŽĚĞ ƚĞƌ ĚŝǀĞƌƐŽƐ
fatos geradores, sendo o principal deles a necessidade de
ƵŵĂ ĐĞƌƟĮĐĂĕĆŽ ŶĂ ĄƌĞĂ ĚĞ ^^d͘ EĞƐƐĞ ĐĂƐŽ͕ Ă ĐƵůƚƵƌĂ ĚĂ
ƐĞŐƵƌĂŶĕĂƉĂƐƐĂĂƚĞƌƵŵĐĂƌĄƚĞƌŽďƌŝŐĂƚſƌŝŽ͕ƉŽŝƐƉĂƐƐĂĂƐĞƌ
Ƶŵ ƌĞƋƵŝƐŝƚŽ ĞƐƐĞŶĐŝĂů Ğ ĂƵĚŝƚĄǀĞů ƉĂƌĂ ĂƐ ĐĞƌƟĮĐĂĕƁĞƐ͕ Ğŵ
ƋƵĞĂƐƵĂŝŵƉůĂŶƚĂĕĆŽĚĞǀĞƐĞƌǀŝƐşǀĞůĞĞŶƚĞŶĚŝĚĂƉŽƌƚŽĚĂƐ
ĂƐƉĞƐƐŽĂƐĚĂŽƌŐĂŶŝnjĂĕĆŽ͘

YƵĂŶĚŽ ĂƐ ĞŵƉƌĞƐĂƐ ƌĞƐŽůǀĞŵ ŶĆŽ ƉĂƌƟĐŝƉĂƌ ĚĞ ƵŵĂ


ĐĞƌƟĮĐĂĕĆŽ͕ ŶĆŽ ƋƵĞƌ ĚŝnjĞƌ ƋƵĞ Ă ĐƵůƚƵƌĂ ĚĞ ƐĞŐƵƌĂŶĕĂ ŶĆŽ
ƉŽƐƐĂƐĞƌŝŵƉůĂŶƚĂĚĂ͘/ŶĚĞƉĞŶĚĞŶƚĞŵĞŶƚĞĚĂƐĐĞƌƟĮĐĂĕƁĞƐ͕
a empresa pode implantar um processo de gestão que atenda
às suas necessidades e gerem os resultados esperados. Esta
ŝŵƉůĂŶƚĂĕĆŽ ƉŽĚĞ ƐĞ ĚĂƌ ƉŽƌ ŝŶƷŵĞƌŽƐ ŵĞŝŽƐ ĐŽŶŚĞĐŝĚŽƐ Ğ
ĚŝƐƉŽŶşǀĞŝƐ ŶĂ ĄƌĞĂ͕ ƉŽĚĞŶĚŽ ƐĞƌ ŝŶĐůƵƐŝǀĞ ƉĞůŽƐ ƉƌŽŐƌĂŵĂƐ
ĚĞƐĂƷĚĞĞƐĞŐƵƌĂŶĕĂĚŽƚƌĂďĂůŚŽ͘

EĞƐƐĞŵŽŵĞŶƚŽ͕ŽƉĂƉĞůĚŽƉƌŽĮƐƐŝŽŶĂůĚĂƐĂƷĚĞĞƐĞŐƵƌĂŶĕĂ
ĚŽ ƚƌĂďĂůŚŽ Ġ ƉƌŝŵŽƌĚŝĂů͕ ƉŽŝƐ ĚĂƐ ĂĕƁĞƐ ĚĞůĞ ĚĞƉĞŶĚĞƌĄ Ž
sucesso da implantação, da evolução, da manutenção e dos
ƌĞƐƵůƚĂĚŽƐ ĂůĐĂŶĕĂĚŽƐ͘ /ŶŝĐŝĂůŵĞŶƚĞ͕ Ġ ŶĞĐĞƐƐĄƌŝŽ ǀĞƌŝĮĐĂƌ Ž
ŐƌĂƵĚĞĞŶƚĞŶĚŝŵĞŶƚŽĚĞƚŽĚĂƐĂƐƉĞƐƐŽĂƐ͕ĚĞƐĚĞĂĂůƚĂĐƷƉƵůĂ
ĂƚĠĂƐƉĞƐƐŽĂƐĚŽĐŚĆŽĚĞĨĄďƌŝĐĂĞĚĞĂƟǀŝĚĂĚĞƐŽƉĞƌĂĐŝŽŶĂŝƐ͕
ŽďƚĞŶĚŽͲƐĞƵŵďŽŵĚŝĂŐŶſƐƟĐŽĚĂĐƵůƚƵƌĂŽƌŐĂŶŝnjĂĐŝŽŶĂůĚĂ
ĞŵƉƌĞƐĂŶŽƋƵĞƐĞƌĞĨĞƌĞĂ^^d͘

18 Gestão de saúde e segurança do trabalho nas organizações Técnico em Segurança do Trabalho


Posteriormente, é preciso elaborar um plano ĂĐƵůƚƵƌĂũĄŝŶƚƌŽĚƵnjŝĚĂŽƵŝŵƉůĂŶƚĂŶĚŽƵŵĂ
para a implantação da cultura, estabelecendo ŶŽǀĂĐƵůƚƵƌĂƌĞĨĞƌĞŶƚĞĂ^^d͘
ƚŽĚĂƐĂƐĂĕƁĞƐĂŽůŽŶŐŽĚŽƚĞŵƉŽŶĞĐĞƐƐĄƌŝŽ
para começar a obter os resultados Esse ponto deve ser visto pelo técnico em
desejados. Esses resultados não serão ƐĞŐƵƌĂŶĕĂ ĚŽ ƚƌĂďĂůŚŽ ĐŽŵŽ ƵŵĂ ŐƌĂŶĚĞ
imediatos, porque até que todos entendam oportunidade de atuação, principalmente o
e assumam essa cultura leva um tempo, que ĚĞƐĞŶǀŽůǀŝŵĞŶƚŽĚĞĞƐƚƌĂƚĠŐŝĂƐĐƌŝĂƟǀĂƐƉĂƌĂ
ĠĚŝĨĞƌĞŶƚĞĚĞŽƌŐĂŶŝnjĂĕĆŽƉĂƌĂŽƌŐĂŶŝnjĂĕĆŽ͘ ƋƵĞ ƉŽƐƐĂ ĐŽůŽĐĂƌ Ğŵ ƉƌĄƟĐĂ ƐƵĂ ƉƌŝŶĐŝƉĂů
Porém, para o sucesso dessa empreitada, os ĂƟǀŝĚĂĚĞ͕ ƋƵĞ Ġ njĞůĂƌ ƉĞůĂ ƐĂƷĚĞ Ğ ƉĞůĂ
primeiros a comprarem esse projeto devem ƐĞŐƵƌĂŶĕĂĚŽƐƚƌĂďĂůŚĂĚŽƌĞƐ͘
ser a alta administração, pois sem esse apoio
o resultado poderá ser um fracasso total. WĂƌĂ ŝƐƐŽ͕ ĂŽ ŝŶŝĐŝĂƌ Ž ƐĞƵ ƚƌĂďĂůŚŽ Ğŵ
uma empresa, é preciso entender como
Porém, caso o técnico em segurança do Ă ŝŶƐƟƚƵŝĕĆŽ ĨƵŶĐŝŽŶĂ Ă ƌĞƐƉĞŝƚŽ ĚĞƐƐĞƐ
ƚƌĂďĂůŚŽĨĂĕĂƉĂƌƚĞĚĞƵŵĂŽƌŐĂŶŝnjĂĕĆŽŽŶĚĞ ĂƐƐƵŶƚŽƐ ʹ Ġ ƉƌĞĐŝƐŽ ĞŶƚĞŶĚĞƌ Ğ ƉĞƌĐĞďĞƌ Ă
a cultura da segurança já esteja implantada, ĐƵůƚƵƌĂ ŽƌŐĂŶŝnjĂĐŝŽŶĂů͕ ĞŶƚĞŶĚĞƌ Ğ ƉĞƌĐĞďĞƌ
ele irá pular a etapa da disseminação. Porém, Ž ĞƐƟůŽ ĚĞ ĂĚŵŝŶŝƐƚƌĂƌ ĚĂ ĂůƚĂ ĐƷƉƵůĂ ĚĂ
Ġ ƉƌĞĐŝƐŽ ĨĂnjĞƌ Ă ŵĂŶƵƚĞŶĕĆŽ ĚĂ ĐƵůƚƵƌĂ͕ empresa, entender e perceber o modelo de
ƉŽŝƐ Ž ĐƵŝĚĂĚŽ ŶĂƐ ƌĞůĂĕƁĞƐ Ğ Ă ŵĞůŚŽƌŝĂ ŐĞƐƚĆŽĚĂĞŵƉƌĞƐĂĞ͕ĐŽŵĞƐƐĂƐŝŶĨŽƌŵĂĕƁĞƐ͕
ĐŽŶơŶƵĂ ĚĞǀĞƌĄ ƐĞƌ ƉĞƌŵĂŶĞŶƚĞŵĞŶƚĞ ƵŵĂ ĞůĂďŽƌĂƌ Ƶŵ ƉůĂŶŽ ĚĞ ƚƌĂďĂůŚŽ ĂĚĞƋƵĂĚŽ
ƉƌĞŽĐƵƉĂĕĆŽĚĞƐƐĞƉƌŽĮƐƐŝŽŶĂů͘ para a área dentro da empresa.

WĂƌĂ ĐŽŶĐůƵŝƌ ĞƐƐĞ ŝƚĞŵ͕ Ġ ƉƌĞĐŝƐŽ ĚŝnjĞƌ ĂŽ K ŽďũĞƟǀŽ ĚŽ ƉůĂŶŽ ĚĞ ƚƌĂďĂůŚŽ Ġ Ă
ƉƌŽĮƐƐŝŽŶĂů ĚĞ ^^d Ž ƋƵĂŶƚŽ Ġ ŶĞĐĞƐƐĄƌŝŽ ŝŵƉůĞŵĞŶƚĂĕĆŽ ĚŽƐ ƉƌŽŐƌĂŵĂƐ ĚĞ ^^d
e importante entender o que é a cultura necessários para a empresa, principalmente
ŽƌŐĂŶŝnjĂĐŝŽŶĂůĚĞƵŵĂĞŵƉƌĞƐĂ͕ƉŽŝƐĠĂƉĂƌƟƌ ŶŽ ĂƚĞŶĚŝŵĞŶƚŽ ĚĂ ůĞŐŝƐůĂĕĆŽ ƉĞƌƟŶĞŶƚĞ
dela que ele pode alcançar o sucesso total das e na prevenção de acidentes e doenças do
ƐƵĂƐ ĂƟǀŝĚĂĚĞƐ͕ ĞdžƉůŽƌĂŶĚŽ ĂĚĞƋƵĂĚĂŵĞŶƚĞ ƚƌĂďĂůŚŽ͘

Técnico em Segurança do Trabalho Gestão de saúde e segurança do trabalho nas organizações 19

Você também pode gostar