Você está na página 1de 6

EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA

CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM ENSINO MÉDIO INTEGRADO

P LANO DE ESTÁGIO
CONCEDENTE: HOSPITAL MUNICIPAL DE CARIRÉ
SETOR: Recepção, Classificação de Risco, Emergência, Ambulatório,
Clinica, Sala de Parto, CME.
ORIENTADOR(A) DE Elisângela de Jesus Macêdo Araújo.
ESTÁGIO: Enfermeira: COREN/CE: 502474
PERÍODO: 02/02/2022 à 30/06/2022

RESUMO:
O Programa da Educação Profissional constitui proposta educacional diferenciada,
mediante entrelaçamento de ciência, cultura e profissionalização. É um programa de educação
integral, destinado a jovens que concluíram o ensino fundamental, tem como missão integrar a
formação escolar de nível médio com uma habilitação profissional técnica através de educação
acadêmica de excelência, visando à elevação da escolaridade, à formação para a cidadania, à
preparação para o trabalho e ao prosseguimento dos estudos. Dentre os cursos ofertados o de nível
técnico de enfermagem tem como atribuições assistir o enfermeiro no planejamento das atividades
de assistência, no cuidado ao paciente em estado grave, na prevenção e na execução de programas
de assistência integral à saúde, participação em programas de higiene e segurança do trabalho,
além obviamente, de assistência de enfermagem, excetuadas as privativas do enfermeiro, conforme
a lei do exercício profissional (lei 7.498/86).

No campo de estágio os alunos desenvolverão os cuidados integral de enfermagem aos


pacientes clínicos e cirúrgicos, além disso realizarão curativos, aprazamento e administração de
medicamentos, sob supervisão direta do orientador de estágio. Prestará cuidados de higiene e
conforto ao paciente zelando por sua segurança, executará prescrições médicas e de Enfermagem,
prestará atendimento integral a saúde da criança, da mulher, do homem e do idoso, realizará
orientações sobre cuidados gerais e enfocará a importância do aleitamento materno exclusivo e
higienização do recém-nascido.
Espera-se ao final do estágio que o aluno tenha compreendido as rotinas do serviço,
possua destreza técnica nos procedimentos, tenha sensibilidade na implementação de uma
assistência humanizada, respeite o Código de Ética Profissional, e possua capacidade de
relacionamento interpessoal com a equipe, acompanhantes e pacientes.

2. OBJETIVOS:
2.1 Geral:
Proporcionar aos alunos a relação teórica, associando a prática durante a assistência
prestada de enfermagem, desenvolvendo técnicas específicas de atuação na Clínica Médica e
Emergência, com acompanhamento diário do orientador de estágio, momento que oportunizará ao
aluno a compreensão da realidade, o desenvolvimento das habilidades técnicas e de
relacionamentos interpessoais.

2.2 Específicos:
Conhecer a rotina do serviço de enfermagem.
Conhecer as premissas e operacionalizações da Sistematização da Assistência de
Enfermagem;
Atuar na assistência de enfermagem frente aos aspectos da promoção, prevenção e
recuperação da saúde de acordo com as normas e rotina do hospital;
Desenvolver habilidades para realizar os procedimentos básicos técnicos de enfermagem,
a partir das necessidades do setor e do cliente;
Identificar sinais e sintomas que indiquem distúrbios patológicos e complicações,
intervindo quando necessário;
Orientar os pacientes na alta hospitalar quanto ao cumprimento das prescrições médicas
e de enfermagem;
Operar equipamentos próprios da unidade (eletrocardiógrafo, oxímetro de pulso
desfibrilador; cilindro de oxigênio; montagem de equipamento.);
Proporcionar a interação entre a teoria e a prática de enfermagem possibilitando ao aluno
uma visão holística, humanista e interdisciplinar;
Estabelecer bom relacionamento interpessoal com a equipe de Enfermagem da
Instituição, com o paciente/cliente e com o orientador.
Formar profissionais humanos com postura ética, moral, com compromisso e
responsabilidade.

3. O HOSPITAL MUNICIPAL DE CARIRÉ


Inaugurado em 16 de junho de 2012. Dispõe de 15 leitos, sendo 01 enfermaria pediátrica
com 05 leitos, 01 enfermaria adulta feminina com 05 leito, 01 enfermaria adulta masculina com
05 leito, Sala de Observação/Urgência, dois alojamento conjunto, 02 sala de pré-parto, parto e pós-
parto humanizado, incubadora, sala de pequena cirurgia, sala de estabilização de Urgência e
Emergência com equipamento disponível para atender a população em caráter de emergência,
desfibrilador, bolsa válvula mascara (BVM), eletrocardiográfico dentre outros equipamentos.
Serviço laboratorial, acolhimento com classificação de risco realizada por um profissional de nível
superior enfermeiro. Sala de medicamentos, sala para realização das nebulizações, Sala de
Curativo. Farmácia, Refeitório. O hospital dispõe de 04 ambulância Semi- UTI móvel. Equipe
composta por profissionais multidisciplinares. HMC dispõe de boa estrutura Organizacional,
Profissionais Treinados, Capacitados e Humanos.

4. JUSTIFICATIVA

O estágio permite ao aluno desenvolver suas habilidades unindo saberes durante a sua
formação teórico-prática com uma visão de realidade vivenciada e aplicada a assistência prestada
ao paciente e/ou cliente durante as vivencias. O campo de estágio é que irá prepará-lo para vida
profissional e pessoal com ética e profissionalismo, empatia e humanização, atuando sobre a
realidade buscando transformá-la.
Para que isso seja possível, o aluno deverá compreender como seu trabalho se insere no
conjunto das relações sociais, como a enfermagem se insere na questão da saúde sob vários
aspectos e qual a sua relação com a sociedade. O Hospital Municipal de Cariré por sua estrutura
física e humana, permitirá um amadurecimento profissional aos alunos do Curso Técnico em
Enfermagem da EEEP Francisca Castro de Mesquita (Reriutaba/Ce).

5. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS

O procedimento metodológico no acompanhamento de estágio será baseado na


metodologia da Aprendizagem Baseada em Problemas e na Teoria do Aprender Fazendo. A
Aprendizagem Baseada em Problemas proporciona um exercício pessoal de reflexão, mediante o
qual o estudante elabora e interioriza conhecimentos, capacidades e habilidades, a partir de
experiências anteriores relacionadas com os seus próprios interesses e necessidades, contribui para
uma aprendizagem significativa, produzida, em espiral, a partir de práticas de análise,
questionamento e reflexão. E a Teoria do Aprender Fazendo, defende a educação como um
processo de reconstrução e reorganização das experiências adquiridas que irão influenciar as
experiências futuras. Dessa forma, todas as experiências e possibilidades gera movimento e
interação do educando no processo aprendizagem. O estágio é orientado e supervisionado
diretamente pelo professor orientador. É indicado aos alunos referencial bibliográfico para nortear
o conhecimento sobre a Clínica, Emergência, Pré-parto, parto e pós-parto e os demais setores.

5.1 CONTRIBUIÇÕES ESPERADAS:

O estágio proporcionará para a CONCEDENTE melhorias na sua assistência de saúde


por meio da troca de conhecimentos técnicos atuais com seus funcionários, redução da sobrecarga
de serviço dos seus profissionais e sugestões de melhorias de sua rotina de serviço, e proporcionará
para o aluno conhecimento sobre a dinâmica do serviço e desenvolvimento de habilidades na
realização dos procedimentos técnicos.

5.2 CRONOGRAMA DE DESENVOLVIMENTO:

Habilidade P r o c e d i m e n t o s D i d á t i c o s Cronograma
Acolhimento
Conduzir o aluno a explorar a estrutura das aluno no
Identificar a estrutura e serviço.
enfermarias, ambulatório e emergência, e
dinâmica do serviço.
explicar a dinâmica do serviço 02/02/2022 à
30/06/2022
Orientar e acompanhar o aluno durante a
assistência de enfermagem aos pacientes nas Continuo.
Realizar procedimentos de
enfermarias, emergência, ambulatório de forma 02/02/2022 à
Enfermagem
a satisfazer suas necessidades e de acordo com a 30/06/2022
rotina do serviço e a prescrição médica.
Orientar e conduzir o aluno a utilização correta
Utilizar Equipamentos de 02/02/2022 à
dos Equipamentos de Proteção Individual em
Proteção Individual (EPIs) 30/06/2022
todas as ações desenvolvidas no hospital
Orientar e acompanhar o aluno durante a
Desenvolver habilidade na realização de punção venosa periférica com Continuo
realização de punção Scalp ou Jelco, preparação e administração de 02/02/2022 à
venosa periférica medicamentos pelas vias: VO, IM, SC, IV, SL 30/06/2022
ou via retal.

5.3 FORMA DE ACOMPANHAMENTO:

Será realizado por meio de orientação e supervisão direta do professor orientador de


estágio com a colaboração dos profissionais do serviço de enfermagem da concedente, e a
proporção de estagiários será no máximo 08 alunos por grupo de estágio, sendo distribuídos
conforme escala previamente determinada, em duplas dois Salas de Medicação, 01 nos Curativos
dois na recepção, dois na clínica médica, um na classificação de risco e emergência. Caso ocorra
necessidade será realizado remanejamento dos alunos nos demais setores. Dentre os critérios de
avaliação, o que terá maior peso será a fundamentação técnico-científica do aluno na execução das
atividades do Estágio. Esta medida se justifica pela importância de o aluno proceder a relação
teórico/prática. Ainda nessa questão, ele será avaliado na sua capacidade de analisar criticamente
o paciente alvo da sua atuação e a forma como está organizada a Instituição campo de Estágio,
bem como a característica do processo de trabalho que nela se desenvolve. A partir dos critérios
acima, serão considerados também o desempenho do aluno na execução das atividades, seu
relacionamento com os demais alunos, com a equipe multiprofissional da instituição e com o
paciente.
Será utilizado um instrumento padronizado pela Coordenadoria da Educação Profissional
da SEDUC, que norteará a geração da nota, sendo esse instrumento composto por duas partes,
sendo a primeira referente a análise de conhecimentos e habilidades (Avaliação Prática) e a
segunda, referente a análise de atitudes (Avaliação de Atitudes).
Quando o aluno apresentar deficiência em alguma área, o professor orientador o
acompanhará mais diretamente, proporcionando-lhe novas oportunidades para que possa superá-
las. Dessa forma as atividades desse aluno serão dosadas pelo professor não permitindo que ele
avance para atividades mais complexas, enquanto não tiver superado as etapas anteriores. Caso ele
não consiga evoluir, o orientador de estágio deverá analisar especificamente tal situação.
EEEP Francisca Castro de Mesquita
Hospital Municipal de Cariré
Modelo da Escala Utilizada.
Orientadora de Estágio: Elisângela Araújo
LOCAL SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA
13 ÀS 17H 13 ÀS 17H 13 ÀS 17H 13 ÀS 17H 13 ÀS 17H

Recepção
(SSVV)

Classificação de Risco
+emergência
Ambulatório
(Preparação de
medicamentos, administração)

Sala de curativos
OBS: quando não houver
curativos ajudar na medicação.

Clínica (enfermarias)

OBS: ASSISTENCIA NA
SALA DE PARTO:
CME

Você também pode gostar