Você está na página 1de 8

Probabilidades e Estatística (LEIC-A, MEBiol, MEBiom,

MEM, MEEC, MEFT, MEMec, MEQ) — 1o Sem. 2020/21

Informações gerais
• Prof. Responsável (contactos)
Manuel Gonzalez Scotto (Tel. 21-8417056 ou Ext.1056; manuel.scotto@tecnico.ulisboa.pt;
Piso 5 – Sala 5.10 – Pav. Matemática)

• Prof. Regente PE (contactos)


Manuel Cabral Morais (Tel. 21-8417047 ou Ext.1047; maj@math.ist.utl.pt; Piso 5 – Sala
5.49 – Pav. Matemática)

• Docentes práticas (e-mail)


Maria Silva (maria.jose.silva@tecnico.ulisboa.pt)
Sofia Naique (snaique@math.tecnico.ulisboa.pt)

• Página da disciplina
https://fenix.tecnico.ulisboa.pt/disciplinas/PEst2445179577/2020-2021/1-semestre

Aulas
• Teóricas
Realizam-se remotamente por zoom, a partir de 21/09/2020:
– https://videoconf-colibri.zoom.us/j/93122095490 (2a., 8:00–9:30);
– https://videoconf-colibri.zoom.us/j/99864551883 (3a., 9:30–11:00).

• Práticas
Realizam-se presencial e remotamente por zoom, a partir de 28/09/2020:
– https://videoconf-colibri.zoom.us/j/99005419990 (2a. , 9:30-11:00, sala Q4.2);
– https://videoconf-colibri.zoom.us/j/91619866684 (3a., 8:00-9:30, sala C9);
– https://videoconf-colibri.zoom.us/j/96686981871 (3a., 11:00-12:30, sala V1.33);
– https://videoconf-colibri.zoom.us/j/99005419990 (4a., 8:00-9:30, sala V1.08.

• Dúvidas
Os horários de dúvidas realizam-se por zoom, vigoram de 28/09/2020 a 03/02/2021
(com excepção do período de férias de natal: 19/12/2020 a 03/01/2021) e
serão anunciados em https://fenix.tecnico.ulisboa.pt/disciplinas/PEst2445179577/2020-
2021/1-semestre/horarios-de-duvidas.
Nota: Na ausência de alunos, cada período de esclarecimento de dúvidas termina 30
minutos após o seu início.

Programa detalhado
https://fenix.tecnico.ulisboa.pt/downloadFile/1970943312280905/2012-02-09-Programa-PE.pdf

1
Bibliografia
https://fenix.tecnico.ulisboa.pt/disciplinas/PEst24451795/2017-2018/1-semestre/bibliografia

• Principal

– Montgomery, D. e Runger, G.C. (2003). Applied Statistics and Probability for


Engineers (3rd. edition). Wiley & Sons.
– Ross, S.M. (2009). Introduction to Probability and Statistics for Engineers and
Scientists (4th. edition). Elsevier/Academic Press.
– Morais, M.C. (2020). Probabilidades e Estatística: Teoria, Exemplos & Exercícios.
IST Press – Coleção Ensino da Ciência e da Tecnologia. (Como e onde adquirir;
comprar on-line.)
Este livro da IST PRESS encontra-se à venda nas principais livrarias do país
(Bertrand, Fnac, Wook, entre outras), em especial, junto aos estabelecimentos de
ensino universitário e politécnico.1

• Secundária

– Murteira, B., Ribeiro, C.S., Andrade e Silva, J. e Pimenta, C. (2010). Introdução à


Estatística. Escolar Editora, Lisboa.
– Paulino, C.D. e Branco, J. (2005). Exercícios de Probabilidade e Estatística. Escolar
Editora, Lisboa.

Material didáctico base


https://fenix.tecnico.ulisboa.pt/disciplinas/PEst2445179577/2020-2021/1-semestre/material-
didactico-base

• Material básico

– Colectânea de exercícios (com soluções)


– Formulário (idêntico ao que será fornecido nas provas de avaliação)
– Tabelas estatísticas (que os alunos deverão levar para as provas de avaliação).

• Provas de avaliação
Na maioria dos casos com resolução detalhada ou abreviada.

– Semestre corrente
– 2019/20, 2018/19, 2017/18, 2016/17, 2015/16, 2014/15, 2013/14, 2012/13.

Material didáctico complementar


https://fenix.tecnico.ulisboa.pt/disciplinas/PEst2445179577/2020-2021/1-semestre/material-
didactico-complementar

• Informações gerais

1
Por forma a diminuir o preço do livro e a promover a disseminação de conhecimento a preços módicos, o
autor não receberá qualquer participação sobre o preço do mesmo.

2
Método de avaliação
https://fenix.tecnico.ulisboa.pt/disciplinas/PEst2445179577/2020-2021/1-semestre/metodos-
de-avaliacao
A avaliação de conhecimentos na UC de Probabilidades e Estatística está articulada para todos
os cursos, estando essa articulação a cargo do seu professor responsável, Prof. Manuel Gonzalez
Scotto.
As provas escritas de avaliação de conhecimentos nesta UC são idênticas para todos os
cursos, ressalvando contudo a eventual existência de mais de um turno para uma mesma
prova e de múltiplos enunciados num turno.

• A avaliação de conhecimentos na UC consiste em dois testes escritos


presenciais, classificados numa escala de 0–20 valores, com igual peso na classificação
final e incidindo sobre partes distintas da matéria:

– a duração de cada teste é de 1 hora e 15 minutos;


– para obter aprovação à UC, um/a aluno/a necessita de obter classificação não
inferior a 9.5 valores;
– o 1o Teste realizar-se-á durante o período lectivo, concretamente no dia 21 de
Novembro de 2020, Sábado (em turnos distintos consoante os cursos);
– o 2o Teste realiza-se durante a Época Normal, no dia 15 de Janeiro de 2021, 6a.
feira (em turnos distintos consoante os cursos);
– o Recurso do 1o Teste realiza-se no dia 4 de Fevereiro de 2021, 5a., às 11h30;
– o Recurso do 2o Teste realiza-se no dia 4 de Fevereiro de 2021, 5a., às 15h;
– na Época de Recurso os alunos podem efectuar recurso do 1o Teste, do 2o Teste,
ou de ambos os testes; sempre que um aluno efectuar recurso de um teste, a nota
obtida nesse recurso releva para a classificação final na UC apenas caso seja superior
à obtida pelo/a aluno/a durante o período lectivo (1o Teste) ou na Época Normal
(2o Teste).

• Nota final
A nota final preliminar (NFP) será a média aritméticas das classificações do 1o e 2o testes.
A nota final (NF) do/a aluno/a será NFP excepto se o seu valor for superior ou igual a
17 valores.
Um/a aluno/a cuja NFP seja superior ou igual a 17 valores e queira defender a sua NFP
terá de se submeter a prova adicional, ficando com NF de 17 valores caso não o faça. A
prova adicional realizar-se-à remotamente, no dia 22 de Fevereiro de 2021, 2a. feira,
às 15h, em moldes a anunciar oportunamente.

• Inscrições para as provas escritas — As/Os alunas/os têm de inscrever-se


para as provas escritas que desejem efectuar, na página da disciplina (inscrição
electrónica) e de acordo com os prazos oportunamente divulgados. A inscrição é
obrigatória, não se garantindo a realização da prova aos alunos que não estejam inscritos.

• Material facultado aos alunos nas provas escritas de avaliação

– formulário (incluído verso da folha de instruções ou enunciado)


– folhas de rascunho

3
• Material permitido que o/a aluno/a deve levar consigo para realizar as provas
escritas de avaliação

– esferográfica/caneta
– máquina de calcular
– tabelas estatísticas
– folhas de prova (cursos do campus da Alameda e Tagus)

Durante a realização das provas, é expressamente proibido manusear telemóveis


ou tê-los em local visível, bem como usar qualquer outro material (incluindo a
resolução de provas a lápis ou em folhas de prova que não as permitidas).
Não é permitido o uso de calculadoras gráficas. São permitidas somente
calculadoras simples, não alfanuméricas, não programáveis, incluindo calculadoras
científicas, desde que satisfaçam cumulativamente as seguintes condições: ter, pelo menos,
as funções básicas +, −, ∗, /, raiz quadrada, raiz cúbica; ser silenciosa; não necessitar de
alimentação exterior localizada; não ter cálculo simbólico (CAS); não ter capacidade de
comunicação à distância; não ter fitas, rolos de papel ou outro meio de impressão.

• Identificação pessoal — Os alunos só podem apresentar-se a provas munidos do Cartão


de Aluno/a do IST.

• Anulação de provas — A utilização ou a mera posse de materiais não


permitidos em qualquer prova de avaliação são razões suficientes para a anulação da
prova, sem prejuízo da posterior instauração de processo disciplinar nos casos em que a
falta for considerada grave.

Questões frequentes
https://fenix.tecnico.ulisboa.pt/disciplinas/PEst2445179577/2020-2021/1-semestre/questoes-
frequentes

1. Posso colocar dúvidas por e-mail acerca dos exercícios?


Não se esclarecem dúvidas por e-mail. Consulte os horários de dúvidas de PE na página
da disciplina.
...

20. A minha questão não é nenhuma dos tópicos acima. O que devo fazer?
Em primeiro lugar deverá verificar se a sua questão não está esclarecida noutro item das
páginas da disciplina. Se de facto não encontrou esclarecimento então deverá contactar o
professor responsável de PE.

4
Exemplos de problemas que requerem conhecimentos de PE
IC. Um robô emite um feixe radiante em direção a uma porta e classifica a porta ou como
aberta ou como fechada em função da intensidade do feixe refletido. Na fase de treino
do robô, constatou-se que este classifica a porta como aberta quando a porta está
efetivamente aberta (respetivamente fechada) em 60% (respetivamente 30%) dos testes
efetuados. Admita que a porta está aberta em 50% dos testes efetuados.

(a) Calcule a probabilidade de o robô classificar a porta como aberta num teste.
(b) Obtenha a probabilidade de a porta ter estado efetivamente fechada num teste em
que o robô classificou a porta como aberta.

IC. O tempo que decorre entre o aproveitamento malicioso de uma vulnerabilidade de software
não conhecida e a altura em que a maior parte dos sistemas vulneráveis já aplicaram
as devidas correções de segurança é conhecido por janela de vulnerabilidade (X, em
dias). Foram recolhidos os seguintes dados relativos a cem vulnerabilidades surgidas
recentemente:

Janela de vulnerabilidade ]0, 20] ]20, 40] ]40, 60] ]60, +∞[
Frequência absoluta observada 40 25 12 23

Avalie a hipótese de X possuir distribuição exponencial com valor esperado igual a 28, ao
nível de significância de 1%.

Biol. Uma engenheira biológica admite que o número de certos parasitas por hospedeiro infetado
é uma variável aleatória X com função de probabilidade dada por

(1 − α)x
P (X = x) = (− ln α )−1 , onde x = 1, 2, . . .
x
e α é um parâmetro desconhecido tal que 0 < α < 1. Seja (x1 , x2 , . . . , xn ) a concretização
de uma amostra aleatória de X.

(a) Calcule a primeira derivada da função de log-verosimilhança e obtenha uma equação


satisfeita pela estimativa de máxima verosimilhança de α, α̂.
(b) Uma amostra (x1 , x2 , . . . , x20 ) conduziu a α̂ ' 0.527804. Calcule a estimativa de
máxima verosimilhança de E(X) = αα−1 ln(α)
.

Biom. Vários estudos têm mostrado que o consumo excessivo de tabaco pode provocar doenças
nos pulmões e na bexiga e que estas doenças se manifestam independentemente uma da
outra, tanto em indivíduos fumadores com em não fumadores. Num grupo de interesse,
verificou-se que 20% dos indivíduos são fumadores, 40% dos indivíduos fumadores são
doentes pulmonares, 25% dos indivíduos não fumadores são doentes pulmonares e 76%
dos indivíduos fumadores não são doentes da bexiga. Tendo sido escolhido, ao acaso, um
indivíduo do referido grupo:

(a) Calcule a probabilidade de o indivíduo selecionado ter doença pulmonar.


(b) Dado que o indivíduo selecionado é fumador, qual é a probabilidade de ter doença
pulmonar ou da bexiga?

5
Mat. A perda percentual de massa (Y ) de uma certa substância metálica (quando exposta a
oxigénio seco a 500o C) depende do período de exposição (x, em hora). Cinco medições
conduziram a:
P5 P5 P5 P5 P5
i=1 xi = 12, i=1 x2i = 32.5, i=1 yi = 0.177, i=1 yi2 = 0.006789, i=1 xi yi = 0.4685,

onde [mini=1,...,5 xi , maxi=1,...,5 xi ] = [1.0, 3.5].

(a) Calcule as estimativas de mínimos quadrados dos parâmetros da reta de regressão


linear simples de Y em x.
(b) Obtenha a estimativa de mínimos quadrados do valor esperado da perda percentual
de massa quando a substância metálica é exposta por um período de 3 horas.
(c) Teste a significância do modelo de regressão linear simples, ao nível de significância
de 5%. Enuncie as hipóteses de trabalho que assumir.
(d) Calcule e interprete o valor do coeficiente de determinação do modelo ajustado.

EC. Um sistema funciona com um par de lâmpadas, uma de tipo A e outra de tipo B. Sejam
X e Y as variáveis aleatórias que descrevem as durações (em milhares de horas) das
lâmpadas do tipo A e B (respetivamente), quando instaladas nesse sistema. Sabe-se que
X (respetivamente Y ) tem distribuição exponencial de valor esperado 1 (respetivamente
0.5) e que X e Y são variáveis aleatórias independentes.

(a) Considere que uma lâmpada de tipo A e outra de tipo B são instaladas
simultaneamente no sistema. Qual é a probabilidade de nenhuma destas lâmpadas
falhar nas 1000 h iniciais?
(b) Suponha que, ao falhar, uma lâmpada de tipo A é substituída instantaneamente por
uma nova lâmpada do mesmo tipo. Calcule um valor aproximado da probabilidade
de terem de ser usadas mais de 40 lâmpadas nas primeiras 40 000 h de funcionamento
do sistema.

FT. Para descrever a relação existente entre o volume de uma massa de um gás ideal clássico e
a respetiva pressão, registaram-se 10 valores do logaritmo de base 10 do volume, x (com o
volume medido em polegadas ao quadrado), e os correspondentes valores experimentais do
logaritmo de base 10 da pressão, Y (com a pressão medida em psi). Pretendendo avaliar-se
a validade do modelo de regressão linear simples para descrever a relação existente entre
o logaritmo da pressão do gás e o logaritmo do seu volume, efetuaram-se os seguintes
cálculos:
P10 P10 P10 P10 P10
i=1 xi = 19.4, i=1 x2i = 38.06, i=1 yi = 14.8, i=1 yi2 = 22.76, i=1 xi yi = 28.12

(a) Obtenha as estimativas de mínimos quadrados dos parâmetros da recta de regressão


linear simples de Y em x e interprete o significado do sinal da estimativa do
parâmetro β1 do modelo.
(b) Indicando as hipóteses de trabalho convenientes, obtenha um intervalo de confiança
a 95% para o parâmetro β1 do modelo de regressão linear simples de Y em x. O que
pode concluir sobre a significância do modelo de regressão ao nível de significância
de 5%?

6
Mec. Seja X (respetivamente Y ) a variável aleatória que descreve a pressão do pneu dianteiro
(respetivamente traseiro) de um motociclo, quando cheio, na unidade psi. Admita que o
par aleatório (X, Y ) possui função de probabilidade conjunta dada por

Y
X 10 12 14
10 11 12
10 108 108 108
11 12 13
12 108 108 108
12 13 14
14 108 108 108

(a) Obtenha a probabilidade de as pressões dos dois pneus, quando cheios, serem
distintas.
(b) Calcule o valor esperado de Y condicional a X = 10.
(c) Averigúe se as variáveis aleatórias X e Y são independentes.

EQ. Amostras de solo de certa região têm acidez descrita por uma variável aleatória X cuja
função de densidade de probabilidade é dada por
(  2
2x
θ
exp − xθ , x ≥ 0
fX (x) =
0, x < 0,

onde θ é um parâmetro positivo desconhecido.

(a) Deduza o estimador de máxima verosimilhança de θ com base numa amostra


aleatória (X1 , . . . , Xn ) proveniente da população X.
Tendo-se recolhido a amostra (x1 , . . . , x5 ) = (2.9, 8.3, 3.6, 8.9, 3.9) para a qual
(b) P
5 2
i=1 xi = 184.68, obtenha a estimativa de máxima verosimilhança da probabilidade
de a acidez de uma amostra de solo da região pertencer ao intervalo [5.5, 6.5].
 2
Nota: A função de distribuição de X é dada por FX (x) = 1 − exp − xθ , para
x ≥ 0.

Exemplos de disciplinas que requerem conhecimentos de PE


Por ordem alfabética:

• Algoritmos e Modelação Computacional (LMAC, MEBiom) — Simulação


estocástica.

• Análise e Síntese de Algoritmos (LEIC-A, MEIC-A) — Introdução à complexidade


(Algoritmos de aproximação para problemas NP-díficeis).

• Biologia Computacional (MEBiom, MEBiol, MEEC, MEIC-A, MBiotec, MBioNano)


— Modelos de Markov e HMMs. Previsão de genes. Modelos probabilísticos. Data
mining para bioinformática. Clustering e Biclustering. Árvores de decisão. Tecnologias
de microarrays.

7
• Estatística Biomédica (MEBiom) — I) Modelos Lineares Generalizados:
Caracterização geral e análise estatística. Regressão binomial (logística e outras),
Regressão Poisson e Modelos Log-lineares como casos especiais. II) Análise de
Sobrevivência: Modelos de falha e tipos de censura. Inferência em modelos paramétricos.
Comparação de curvas de sobrevivência. O modelo de hazards proporcionais de Cox.
Modelos de taxa de falha acelerada. Métodos de ajustamento. Dimensionamento de
amostras para estudos de análise de sobrevivência. III) Ensaios Clínicos: Generalidades
sobre EC. Problemas na condução do EC. Tipos de delineamento experimental em EC.
Métodos estatísticos para o EC. Procedimentos Mantel-Haenszel. EC crossover. EC
sequenciais. Análise de preferências.

• Física Estatística (MEFT) — II) Estatística clássica de sistemas em equilíbrio Teoria


cinética dos gases. Distribuição de Maxwell. Distribuição de Boltzmann. Distribuição
de Gibbs. Significado estatístico da entropia. IV) Estatísticas Quânticas. Estatística de
Fermi-Dirac. Estatística de Bose-Einstein. VI) Movimento Browniano. Difusão. Eq. de
Langevin. Eq. de Fokker Planck. Teorema de Boltzmann. Equação de Boltzmann.

• Geomatemática (LEGM) — Discussão dos métodos da estatística unidimensional e sua


aplicação nas Ciências da Terra. Métodos unidimensionais e bidimensionais da Análise
Exploratória de Dados. Métodos não paramétricos. Métodos Factoriais de Análise de
Dados. Análise em Componentes Principais e Análise Factorial. Regressão Múltipla e
Superfícies de Tendência. Introdução à Estatística Circular e Esférica.

• Interfaces Pessoa Máquina (LEIC-A, MEIC-A) — Análise dos Dados da Avaliação.

• Mecânica Estatística e Transições de Fase (MEFT) — Teoria da informação. Função


de partição e correlações.

• Processamento de Imagem e Visão (MEBiom, MEEC, MEIC-A) — Análise em


Componentes Principais (Imagens Próprias). Métodos de classificação e de inferência
estatística.

• Sistemas Distribuídos (LEIC-A, MEIC-A) — Fiabilidade, Disponibilidade.

• Termodinâmica e Estrutura da Matéria (LEGM, LMAC, MEFT, MEBiom) —


Física Estatística e Termodinâmica. Entropia e desordem. Postulados da Física
Estatística. Distribuição de velocidades de Maxwell-Boltzmann.

Você também pode gostar