Você está na página 1de 2

PROBLEMAS CAUSADOS PELA POLUIÇÃO

Efeitos Tóxicos e Irritações - Poluição do ar

As substâncias tóxicas contidas nos gases e fumaças que poluem as cidades não
agem apenas sobre a saúde das pessoas e dos animais que as habitam, mas sobre as
plantas. Algumas dessas substâncias provocam clorose, uma espécie de doença dos
vegetais que torna suas folhas amareladas. Outros causam necrose ou manchas escuras
como se fossem queimaduras.

Esses efeitos podem ser tão severos a ponto de provocar a morte dos vegetais ou,
às vezes, até de grandes áreas de floresta, de acordo com a direção dos ventos
predominantes que arrastam poluentes.

No estado de SP grande parte de mata foi destruída por gases e matérias tóxicas
provenientes das indústrias localizadas na cidade de Cubatão. A morte da vegetação, por
sua vez provocou o deslizamento do solo em várias partes da serra, o que resultou em
avalanches que soterraram vales e rios.

Efeitos da Poluição

O primeiro é sobre o próprio ar, na alteração de sua composição e na perda de


sua transparência. A partir daí, danifica os materiais pela corrosão enfraquecimento a
perda da coloração. As plantas sofrem o efeito em suas folhas. Nas cidades poluídas, as
plantas vão-se definhando até morrer.

A ONU prevê, para cada habitante de uma cidade, pelo menos 12m2 de área
verde. São Paulo possui 1,5m2 . A saúde humana e animal, entretanto, é a maior vítima
da poluição. A poluição pode ocasionar: a irritação dos olhos doenças crônicas do
aparelho respiratório, insuficiência no transporte do oxigênio pela hemoglobina,
perturbações nervosas e outros. Em casos de inversão térmica demorada foram
registrados casos de morte na Inglaterra e Estados Unidos.

Os efeitos econômicos são representados pelos gastos dos Poderes Públicos e da


População com remédios e pelos prejuízos à produtividade, ocasionados pela ausência
ou mudanças de comportamento dos empregados. Os efeitos sociais são a irritabilidade
e o mau humor, que dificulta o relacionamento entre as pessoas.
Poluição Prejudica o Desenvolvimento dos Pulmões

As crianças que cresceram na área mais poluída tinham uma probabilidade cinco
vezes maior de ter pulmões com funcionamento prejudicado, de acordo com estudos.
Isto faz com que aumente o risco de doenças pulmonares, ataque cardíaco e morte,
disseram as autoras dessa pesquisa ao “New England Jornal of Medicine”. Segundo os
cientistas, este foi o estudo mais longo já feito sobre o impacto da poluição do ar na
saúde infantil.

Desenvolvimento Prejudicado

A equipe da escola de Medicina Keck, da universidade do Sul da Califórnia,


descobriu que crianças expostas desde o nascimento ao ar poluído tinham desempenho
pior em testes respiratórios. As doenças respiratórias como bronquite e rinite levam
milhares de pessoas aos hospitais todos os anos.

Poluição Atmosférica

A Organização Mundial de Saúde (OMS) divulgou que três milhões de pessoas


morrem anualmente devido aos efeitos da poluição atmosférica. Isto representa o triplo
de pessoas que morrem em acidentes automobilísticos. Um estudo publicado na revista
inglesa “The Lancet”, em 2000, concluiu que a poluição atmosférica na França, Áustria
e Suíça, é responsável por mais de 40.000 mortes anuais, nesse três países. Cerca de
metade dessas mortes deve-se à poluição causada pelas emissões dos veículos.

Entre os poluentes atmosféricos estão o monóxido de carbono, ozônio, dióxido de


carbono, óxido de nitrogênio e os particulados. Alguns destes poluentes surgem
principalmente da queima de combustíveis fósseis, particularmente das usinas elétricas
a carvão e automóveis. Os óxidos de nitrogênio podem levar a formação de nível de
ozônio ao nível do solo.

Doenças causadas pela poluição da água

Amebíase ou desinteria amebiana, ascaradíase ou lombriga, ancilostomose,


cólera, desinteria bacilar, esquistossomose, febre amarela, febre paratifóide, febre
tifóide, hepatite A, malária, peste bubônica, poliomelite, salmonelose, teníase ou
solitária. Todas essas doenças são causadas pela falta de saneamento básico.