PROCEDIMENTOS PARA FORMAÇÃO DE EMPRESAS EM MOÇAMBIQUE – SOCIEDADE POR QUOTAS

O presente documento, visa facilitar as formalidades a cumprir para criação de uma empresa na República de Moçambique.
O processo de registo deve obedecer a ordem abaixo, e todos os documentos devem ser requeridos na província, distrito ou localidade onde pretende instalar a empresa. 1. Reserva da denominação da empresa (2 Dias) 1.1. Requerimento 1.2. Cópia do B.I / DIRE / Passaporte N: Esta reserva é pedida na Conservatória do Registo das Entidades Legais; 2. Preparação do estatuto ou Contrato da Sociedade N: O estatuto e ou contrato de sociedade devem respeitar a legislação em vigor na República de Moçambique; 3. Pedido do NUIT da empresa (7 Dias) 3.1. Formulário devidamente preenchido (M/06 das Finanças) 3.2. NUIT dos Sócios 3.3. Estatutos ou Contrato da Sociedade N: NUIT – (Número Único de Identificação Tributária) Este pedido é feito nas Direcções das Finanças; 4. Abertura das Contas Bancárias da empresa 4.1. Formulários do Banco devidamente preenchidos 4.2. Estatutos ou Contrato da Sociedade 4.3. Certidão da Reserva da Denominação da Empresa 4.4. Declaração de Atribuição do NUIT da Empresa 4.5. Valor a depositar para o capital social (capital mínimo 20.000,00Mt) N: Nesta fase as contas serão abertas provisoriamente até a empresa apresentar ao banco todas autorizações necessárias para iniciar actividades, (nomeadamente: o Alvará, a certidão definitiva, o BR e a Declaração de Inicio de Actividades); 5. Celebração da Escritura ou Contrato de Sociedade 5.1. Escritura 5.1.1. Estatutos 5.1.2. Cópia da Certidão de Reserva da Denominação 5.1.3. Cópia do Talão de depósito N: A escritura é preparada e celebrada em Cartórios Notariais, 5.2. Contrato de Sociedade 1
Preparado por Firmino B. Mandlate Cell: +258 82 408 9080 Email: firmino@sapo.mz

Documento de Identificação do Assinante (com visto de negócios caso seja Passaporte) 8.2. Escritura ou Contrato da Sociedade 7. 6. Publicação da Escritura ou Contrato no Boletim da República (15 a 30 Dias) 6.2.2. Prova de publicação da Escritura ou Contrato no BR N: A inscrição do nome é o pedido da Certidão Definitiva. Declaração de Inicio de Actividades (7 a 15 Dias) 9.3.4. Planta e a respectiva memória descritiva das instalações N: O Alvará é uma das principais autorizações para o arranque das actividades e é requerida nas Direcções subordinadas ao Ministério que tutela a actividade que pretende exercer. Extracto da escritura.2.2. Inscrição da Sociedade na Conservatória do Registo das Entidades Legais (2 Dias) 7. Cópia autenticada do contrato 7. (veja a lei 5/2009 de 12 de Janeiro). e é pedido na Direcção da Ária fiscal onde a empresa pertence. Mandlate Cell: +258 82 408 9080 Email: firmino@sapo.1. Publicação do Contrato da Sociedade 6. Certidão Definitiva 8. Publicação da escritura 6.5. uma excelente alternativa para pequenos negócios. Recentemente foi criado o ISPC .1. Pedido do Horário de Trabalho (15 a 30 Dias) 2 Preparado por Firmino B. Pedido de Alvará (15 a 30 Dias) 8.1.2. NUIT da empresa N: Conforme a sua denominação este documento declara que a empresa iniciou as suas actividades. Preencher o formulário de Registo 8.2.5.mz . N: O extracto é preparado no Notário e é extraído da escritura para efeitos de publicação.6. 8.7. 9. Boletim da República 8.1. 6.1. Cópia do Talão de depósito N: O Contrato de Sociedade é preparado pelas partes e pode ser celebração em Cartórios Notariais ou em Conservatórias do Registo das Entidades Legais. Alvará 9.1. Formulário devidamente preenchido 9.1. Cópia da Certidão de Reserva da Denominação 5. Contrato de Arrendamento ou Titulo de Propriedade das instalações onde funcionará a empresa 8.3.2. Requerimentos devidamente reconhecidos 8.Imposto Simplificado para Pequenos Contribuinte. 10.1.

Preparado por: Firmino Benjamim Mandlate Cell: +258 82 408 9080 Email: firmino@sapo. Comunicação do Início de Actividades (MINISTÉRIO DO TRABALHO) 11. 11. Identificação do Representante da empresa 11.2. Escritura Notarial ou Boletim da República 12. Boletim de Identificação de Contribuinte 12.1. Folhas de Relação Nominal devidamente preenchidas (em quadruplicado) 13.3. Alvará 10. é obrigatório na República de Moçambique que a empresa e seus trabalhadores estejam registados no INSS. Declaração de Início de Actividade 12. Documento de Identificação do representante da empresa N: INSS – (Instituto Nacional de Segurança Social).mz .4.5. Registo de Trabalhadores no Ministério do Trabalho 13. 13. Mapas do Horário de Trabalho 10.1. Mandlate Cell: +258 82 408 9080 Email: firmino@sapo. Carta de Comunicação de Início de Actividades 11.3. 12. Estes são os procedimentos para o registo duma empresa (Sociedade Por Quotas) na República de Moçambique.2.3.3. Alvará N: É tarefa do empregador registar seus trabalhadores no Ministério do Trabalho. Alvará N: A carta deve conter de entre outras informações a data de início de actividades e o número de trabalhadores.1. Alvará 12.mz Maputo .4. Requerimento 10. Dados estatísticos da Empresa N: Os dados estatísticos aqui referidos são relativos ao número de trabalhadores por sexo e os ordenados mínimo e máximo que serão pagos pela empresa.10.2.Moçambique 3 Preparado por Firmino B. Registo da Empresa e Trabalhadores no INSS 12. Declaração de Início de Actividades 13.1.2.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful