Você está na página 1de 4

Prática de Ensino: Integração x Escola Comunidade

Com base nos conceitos que integram a prática de ensino, pode se entender que
envolve em si o ambiente escolar e ambiente não escolar, pois é necessário aplicar
medidas socioeducativas, que sejam vinculadas entre a escola e a comunidade que
fazem parte do conjunto para construir uma educação mais sólida. A educação não
se constrói apenas dentro do ambiente escolar, pois pode ser construída e adquirida
também fora dela, o convívio social tem forte influência, significativa, pois a cultura,
costumes, religião e crenças de cada grupo social, tem forte impacto na educação. A escola
atua como base para facilitar, levar conhecimento pedagógico, com o objetivo de um
melhor desempenho do desenvolvimento e aprendizagem, cognitiva, pois a escola
abre um leque de escolhas e caminhos, porém vale lembrar, que a comunidade e
família é tão importante, quanto a escola na questão da educação. Por tanto
todos nós somos responsáveis no papel da educação, pois somente através de boas
iniciativas e projetos sociais é que é possível mudar a educação.

Estrutura e Funcionamento da Educação Básica

A educação no geral requer uma serie de planejamento, pois os anos inicias é


a primeira etapa da educação, é preciso criar uma base sólida e estrutural dentro
do contexto, de Lei das Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB 9 394/96) pois é
preciso compreender os diversos níveis de educação, desde o básico , fundamental,
médio e superior. A modalidade da educação básica requer um destaque, pois é por
meio dela que se inicia e desenvolvimento e aprendizagem cognitiva de várias
habilidades motoras, locomotora, estabilizadoras, manipuladoras e o contato com a
leitura, artes e linguagem de sinais, interpretação por meio de imagens, pois com
base na educação básica a criança se prepara, para o ensino fundamental, no
qualirá desenvolver um aprendizado mais sólido e maduro, somado aos
conhecimento adquiridos n a educação básica. A estrutura e funcionamento da
educação básica tem o papel de organizar em ciclos e series os anos letivos da
educação, que levam em média 9 anos, pois após concluir o os finais do ensino
médio, o aluno poderá

então ingressar em um curso superior, um nível mais avançado que tem o objeti
vode capacitar, profissionalizar o aluno para um tipo de mercado específico ou
atémesmo para atuar na educação. Por tanto a estrutura e funcionamento da
educaçãobásica tem grande importância para assegurar e organizar de forma coe
rente osníveis e modalidades de ensino, sempre atualizando conforme a
necessidade doambiente escolar.

Ar tes Visuais na Idade Média

A idade m édia teve grandes influências para as artes plásticas, nas


produçõescientificas e culturais, pois foi um p eríodo em que a Igreja católica teve
um papel degrande influência nas artes plásticas, pois a Igreja católica atuava por
meio de seuforte poder espiritual e econômico, estimulando o modo de pensar,
pois devido aesse pensamento as obras da Idade Média passavam a ter temáticas
religiosas. Operíodo da Idade Média foi também um período marcada por grandes
feitos naarquitetura medieval, bizantina, e gótica, pois a igreja com o seu grande
capitaleconômico disponibilizava o capital necessário para a construção de
grandesimpérios com incríveis desaines e formas arquitetônicas da Idade Média, os
grandes

templos eram todos decorados por g randes desenhos e pinturas, principalmente nostetos,
pois as artes plásticas de ssa época tinha como principal objeti vo decorar aIgreja
católica com variados temas religiosos. A cultura dessa época foi marcadapela
religiosidade que influenciou a a rquitetura, escultura e a arte e também a formade
ensino que tinham que seguir rigorosamente os conceitos e regras da
Igrejacatólica, tendo como base as artes plásticas e a escultura como influência e
basepara aprender sobre a religiosidade imposta nas escolas monásticas.

Computação Gráfica Ilustração

Na era da tecnologia, os computadores e softwares vem, ganhando cada vez


maisespaço e importância no mu ndo da Ilustração, pois com a ajuda de
ferramentasagregadas a potentes soft wares, ficou fácil e rápido criar ma quetes
digitais comimagens que a tendem a diversos meios de Ilustração gráfica, pois a
Ilustraçãográfica é um grande meio de comunicação visual, pois atende vários
meioscomerciais atra vés de imagens e textos, editorias, logotipos empresariais,
marcas edesenhos de propagandas em geral, tem sua veiculação em os m ais diversos m
eiosde m ídias sociais. A computação gráfica utiliza diversos programas, como o C
AD,porém é preciso além de ferramentas poderosas, contar com um bom Ilustrador
quetenha grande domínio de desenho, técnica, traço, estilo e conhecimento das
cores,pois vale lembrar que para qualquer Ilustração gráfica, há a necessidade de criar
umesboço preliminar no qu al o Ilustrador tem um papel fundamental no projeto
decriatividade, a arte final não depende somente dos computadores e soft wares,
mástambém do profissional que está por trás de todo o processo de criação.

Percepção e Representação

A percepção e representação faz parte dos estudos que nos permite compreender
oprocesso psi cológico em relação aos vários meios, que a m ente e ncontra
paracaptar, perceber através da representação que envolve o ambiente físico, natureza
etodas as características que ligam o homem e a natureza, onde a mente i nterage
einterpreta por meio de diversos aspectos. Através da percepção somos capazes
deabsorver informações diversas por meio d e diversas formas de representação,
comoauditiva, tátil, olfativa, gustativa e visual, ou seja n osso organismo, mente e visão
seconectam de forma eficaz captando dessa forma, sensações, paladar,
sentimentos,emoções e e xpressões de acordo com o momento, situação e objetivo
proposto nomomento. A mente organiza todas as informações absorvidas e
interpreta asinformações, que são vistas e sentidas pelo indivíduo, pois a i
nterpretação variatambém do nível intelectual de cada indivíduo, uma mesma obra
de arte pode serinterpretada de forma diferente quando observada por vários
observadores.

Video – Princípios e técnicasOs vídeos são grandes possibilidades de entretenimento


dos mais variados tipos deconteúdo que são assistidos diariamente, pois os vídeos
tem vários re cursos,princípios e técnicas, pois são esses conceitos que justificam os
princípios de ética,cidadania, aprendizagem e desenvolvimento que faz parte de um
dos principaisrecursos, seja em um filme que assistimos, um comercial de tv e
demais tipos de vídeos. Todo vídeo tem um princípio básico de edição como
organização, efeitosvisuais e efeitos sonoros, para criar um vídeo é preciso um esboço com o
objetivo deorganizar o vídeo em cada quadro estático que formam um filme nas seguintes
fasesdurante a produção como cadência frequência de cada quadro reproduzido,
pósprodução é responsável pelo processo audiovisual, durante a edição do
vídeo,produção, faz todo o processo anterior á pós produção. Com base em
vídeos,princípios e técnicas pode se concluir que a criação de um vídeo é
traçada deacordo com o p úblico alvo e que é um processo que trabalha com
diversoselementos artísticos, expressivos durante todo o processo de edição, cortes
eenquadramento.

Didática Geral

Na educação o professor se utiliza de diversas possibilidades ao aplicar técnicas


eformas de ensinar, pois aprende o que se ensina e se dispor de diversas formas quea
didática nos permite é uma forma de agregar, somar e enriquecer o
conhecimentodentro e fora do ambiente escolar. O conhecimento e experiência no
ambiente so ciale exterior tem grande influência na escolha da didática aplicada ao
ensino, pois oensino e aprendizagem atua em conjunto com diversos conceitos sociais
e culturais,pois o processo pedagógico na área da educação é extenso e possui
diversasformas de representação, n o entanto a didática de ensino é usada de
acordo com oobjetivo a ser alcançado e o tipo de so ciedade, ou seja a didática
pode seradaptada, pois há diversas formas de ensinar e de aprender.

A didática procura umabase, fund amento, formas e maneiras de aprimorar técnicas


de ensino cada vezmais apropriadas dentro da pedagogia de ensino. No ambiente
educativo em suasvárias áreas da educação e suas fases, a didática acaba sendo
uma formadiversificada de se trabalhar, pois a forma em que se aplica a didática
varia deprofessor para professor, más também vale lem brar que é importante
analisar, asdificuldades dos alunos individualmente, para que dessa forma o
profissionalalcance melhores formas de ensino e na grade curricular no
desenvolvimento eaprendizagem, que por sua vez liga todas as disciplinas
necessárias para seconstruir uma educação estruturada, que absorva criatividade
rica em di versidadescultural, artística e conhecimentos gerais, para que se possa
formar um indivíduo nomínimo preparado dentro do que a ciência pedagógica
exige. É necessário umambiente que favoreça o aprendizado levando em consideração
cada situação socialligada ao ambiente escolar, divisão de classe social, política
empregada, situaçãofinanceira, pois é importante que o educador também
compreenda os interessesentre as relações sociais de cada grupo social, para que haja
uma transformação deforma compreensiva no meio político, cultural, educacional e
social. Para que sejacriado projetos que melhorem a política de educação, é
preciso im plantar questõesdidáticas com uma pedagogia que en volva o educador,
aluno e escola versoscomunidade, pois de forma democrática todos são responsáveis
para construir umaeducação com uma m elhor didática e de forma a organizar em
vários aspectos quevisa interesses sociais
Plano de Aula
Tem a da aula: Cor: Emoção e Sensação
Público alvo: Ensino fundamental II

Objetivo:
Fazer com que o aluno desenvolva a percepção e a representação através da
observação de determinadas obras de artes, determinar elementos na composição,
suas cores, formas, emoção e sensações. Criar uma pintura ou um desenho,
explicar seu propósito.

Resumo do Plano de Atividade


A criança consegue interpretar aquilo que é visto, tocado e sentido, quando a criança
tem o contato visual no caso de uma obra de arte, pintura ou desenho
ela poderá
interpretar e representar suas características, cores, emoções e sensações de
acordo com a sua percepção. É de extrema importância, estimular as
capacidades
neurais da criança nesse estágio de desenvolvimento de várias habilidades,
estimular seus sentidos, criati vidade, pois os desenhos ou pinturas de uma
criança
são representados de forma espontânea, porem ela tenta representar o seu
mundo
em sua volta de forma simples e ingênua, ou seja de forma abstrata. repete segundo
um modelo que já foi presenciado, acaba por não criar nada.
Pesquisa
Para Piaget a criança constrói o espaço de estruturas perceptivas e percepção, com
base em representações espaciais na infância e na adolescência.
Desenvolvimento
Interagir com os alunos de forma coletiva e descobrir que é possível ap
render e
desenvolver ainda mais as habilidades cog nitivas, despertar nos alunos o
pensamento, a cu riosidade, os elementos que incorporam em uma obra d e
arte e
estimular as várias sensações, leitura e interpretação visual, criar com de
forma
espontânea com base na observação e interpretação. No final apresentar um
trabalho e discutir o trabalho de cada aluno.
At i vidade
Com as pinturas e desenhos prontos pedir para que cada colega faça uma
interpretação visual, dizendo o que achou do trabalho um do outro.
04
Referências Bibliográficas

hps://www.jrmcoaching.com.br/blog /psicologia-desenvo lvimento-e-da-


aprendizagem/

Você também pode gostar