Você está na página 1de 39

SISTEMA DE COTAGEM

Desenho Técnico – Prof. Tecg° Elton Ricardo


Desenho Técnico

Cotagem

A cotagem e a escolhas das vistas que irão compor um desenho,


são os dois itens que mais exigem conhecimentos e experiência do
técnico. Influenciam na forma de cotar e na seleção das vistas: o
processo de fabricação, a montagem, o controle de qualidade, a
manutenção, além das normas técnicas específicas do Desenho
Técnico. Na cotagem de peças mecânicas, deve-se preferencialmente
cotar as arestas e detalhes visíveis, para isto deve-se utilizar as
vistas, os cortes e as seções.
Desenho Técnico

Cotagem

No Brasil os Desenhos Técnicos Mecânicos devem ter suas cotas


expressas em milímetro, não necessitando portanto indicar esta
unidade nas cotas dos desenhos.
Desenho Técnico

Cotagem
Desenho Técnico

Cotagem
Desenho Técnico

Cotagem
Desenho Técnico

Cotagem
Desenho Técnico

Cotagem

A distância da linha de cota para o desenho deve ser aproximadamente


10mm, salvo em algumas exceções onde não houver essa possibilidade.
Linhas auxiliares devem ser perpendiculares ao elemento dimensionado,
entretanto se necessário, pode ser desenhado obliquamente a este,
(aproximadamente 60°), porém paralelas entre si.
Desenho Técnico

Cotagem

Em desenho mecânico, normalmente a unidade de medida usada é o


milímetro (mm), e é dispensada a colocação do símbolo junto à cota.
Quando se emprega outra distinta do milímetro (por exemplo, a polegada),
coloca-se seu símbolo.
Desenho Técnico

Cotagem

• As cotas devem ser colocadas de modo que o desenho seja lido da


esquerda para direita e de baixo para cima, paralelamente à dimensão
cotada.
• Sempre que possível é bom evitar colocar cotas em linhas tracejadas.
• Deve-se evitar também colocar a cota dentro do desenho.
A construção da intersecção de linhas auxiliares deve ser feita como
prolongamento desta além do ponto de intersecção.
Desenho Técnico

Cotagem

• Linhas auxiliares e cota, sempre que possível, não devem cruzar com
outras linhas.
Desenho Técnico

Cotagem
Desenho Técnico

Cotagem de peças simétricas


Desenho Técnico

Sequência de cotagem
Desenho Técnico

Sequência de cotagem
Desenho Técnico

Sequência de cotagem
Desenho Técnico

Cotagem de diâmetro
Desenho Técnico

Cotagem de raios
Desenho Técnico

Cotagem de raios
Desenho Técnico

Cotagem de elementos esféricos


Desenho Técnico

Cotagem de elementos angulares


Desenho Técnico

Cotagem de elementos angulares


Desenho Técnico

Cotagem de ângulos em peças cilindricas


Desenho Técnico

Cotagem de ângulos em peças cilíndricas


Desenho Técnico

Cotagem de chanfros
Desenho Técnico

Cotagem em espaços reduzidos


Desenho Técnico

Cotagem por faces de referência


Desenho Técnico

Cotagem por faces de referência


Desenho Técnico

Cotagem aditiva
Desenho Técnico

Cotagem por linhas básicas


Desenho Técnico

Cotagem de furos espaçados igualmente


Desenho Técnico

Cotagem de furos espaçados igualmente


Desenho Técnico

Cotagem fora de escala


Desenho Técnico

Cotagem com faces e elementos inclinados


Desenho Técnico

Cotagem com faces e elementos inclinados


Desenho Técnico

Cotagem de peças cônicas ou com elementos cônicos


Desenho Técnico

Cotagem de peças cônicas ou com elementos cônicos


Desenho Técnico

Cotagem de conjuntos

Normalmente não se cota em conjunto, porém, quando for cotado, o


grupo de cotas especificado para cada objeto deve permanecer, tanto
quanto possível separados.

Você também pode gostar