Você está na página 1de 24

Universidade Federal de Pernambuco

Centro de Ciências Sociais Aplicadas


Departamento de Ciências Contábeis e Atuariais

Contabilidade Introdutória
(Reconhecimento e Mensuração dos Elementos das
Demonstrações Contábeis)
Prof. Marcelo Jota Gomes
E-mail: marcelo_jota@uol.com.br ou marcelo.jgomes@ufpe.br
Telefone: (81) 2126-3502 ou (81) 9.9949-0154
Sumário

▪ Reconhecimento e Mensuração dos Elementos das


Demonstrações Contábeis
1) Reconhecimento e Desreconhecimento
a) Processo de reconhecimento
b) Critérios de reconhecimento
c) Desreconhecimento
2) Mensuração
a) Introdução e bases de mensuração
b) Bases de mensuração específicas
c) Fatores considerados na seleção da base de mensuração
▪ Referências
Reconhecimento e Mensuração dos Elementos das
Demonstrações Contábeis (Revisando Conceitos)

▪ Ativo: recurso econômico presente controlado pela entidade como


resultado de eventos passados. Recurso econômico é um direito que
tem o potencial de produzir benefícios econômicos.
▪ Passivo: obrigação presente da entidade de transferir um recurso
econômico como resultado de eventos passados.
▪ Patrimônio Líquido: participação residual nos ativos da entidade após
a dedução de todos os seus passivos (PL = A – P ⇔ A = P + PL).
▪ Receitas: aumentos nos ativos, ou reduções nos passivos, que resultam
em aumento no patrimônio líquido, exceto aqueles referentes à
contri-buições de detentores de direitos sobre o patrimônio.
▪ Despesas: reduções nos ativos, ou aumento nos passivos, que resultam
em reduções no patrimônio líquido, exceto aqueles referentes a
distri-buições aos detentores de direitos sobre o patrimônio.
Reconhecimento e Mensuração dos Elementos das
Demonstrações Contábeis
(Processo de Reconhecimento)
▪ Reconhecimento: processo de captação para inclusão no balanço
patrimonial ou na demonstração do resultado e na demonstração
do resultado abrangente de item que atenda à definição de um
dos elementos das demonstrações contábeis – ativo, passivo,
patrimônio líquido, receita ou despesa.
▪ O processo de reconhecimento envolve refletir o item em uma
dessas demonstrações – seja isoladamente ou em conjunto com
outros itens – em palavras e por meio do valor monetário, e
incluir esse valor em um ou mais totais nessa demonstração.
▪ Valor pelo qual ativo, passivo ou patrimônio líquido é
reconhecido no balanço patrimonial é referido como o seu “valor
contábil”.
Reconhecimento e Mensuração dos Elementos das
Demonstrações Contábeis
(Processo de Reconhecimento)
▪ Os relatórios (BP/DR/DRA) refletem os elementos da entidade
em sumários estruturados que se destinam a tornar as
informações financeiras comparáveis e compreensíveis.
▪ O reconhecimento vincula os elementos e os relatórios contábeis
mencionados conforme o Diagrama mostrado no próximo slide.
DIAGRAMA
Como o Reconhecimento vincula os elementos das
demonstrações contábeis
Balanço Patrimonial no início do período de relatório
[Ativos menos passivos é igual ao Patrimônio Líquido (A – P = PL)]

Demonstração do Resultado (e do RA) financeiro


Receitas menos Despesas = Resultado Líquido
Mutações do
Patrimônio Líquido
Contribuições menos deduções dos detentores
de direitos sobre o patrimônio

Balanço Patrimonial no final do período de relatório


[Ativos menos passivos é igual ao Patrimônio Líquido (A – P = PL)]
Reconhecimento e Mensuração dos Elementos das
Demonstrações Contábeis
(Processo de Reconhecimento)
▪ As demonstrações contábeis estão vinculadas porque o
reconhe-cimento de item (ou mudança em seu valor contábil) exige
recon-hecimento ou desreconhecimento de um ou mais itens (ou,
como já mencionado, mudanças no valor contábil de um ou mais
itens).
✔ Reconhecimento de receita ⇒ i) reconhecimento inicial ou aumento no
valor contábil do ativo; ou ii) desreconhecimento ou diminuição no valor
contábil do passivo.
✔ Reconhecimento de despesa ⇒ i) reconhecimento inicial ou aumento no
valor contábil do passivo; ou ii) desreconhecimento ou diminuição no
valor contábil do ativo.
▪ O reconhecimento inicial de ativos ou passivos que decorrem de
transações ou outros eventos pode resultar no reconhecimento
simultâneo tanto de receitas como das respectivas despesas.
Reconhecimento e Mensuração dos Elementos das
Demonstrações Contábeis
(Critérios de Reconhecimento)
▪ Somente itens que atendem à definição de ativo, passivo ou
patrimônio líquido devem ser reconhecidos no balanço patrimonial.
Isso vale também para as receitas e despesas quando reconhecidas
na demonstração do resultado (e na DRA).
▪ O não reconhecimento de um item (que atenda à definição) torna o
BP e a DR (e a DRA) menos completos e pode excluir informações
úteis das demonstrações contábeis.
▪ O ativo ou passivo é reconhecido somente se o reconhecimento
dos mesmos e de quaisquer receitas, despesas ou mutações do PL
resultantes fornece aos usuários das demonstrações contábeis
infor-mações úteis, ou seja: a) informações relevantes do ativo ou
passivo e sobre quaisquer receitas, despesas ou mutações do PL
resultantes; e b) representação fidedigna desses mesmos itens.
Reconhecimento e Mensuração dos Elementos das
Demonstrações Contábeis
(Critérios de Reconhecimento)
▪ Importante!!! Custo também restringe decisões de
reconhecimento, de modo que “O ativo ou passivo deve ser
reconhecido se é provável que os benefícios das informações
fornecidas aos usuários das demonstrações contábeis pelo
reconhecimento justifiquem os custos de fornecer e utilizar essas
informações”.
▪ Não é possível definir precisamente quando o reconhecimento de
um ativo ou passivo fornece informações úteis aos usuários das
demonstrações contábeis, a um custo que não supere os benefícios.
▪ Utilidade aos usuários depende do item e dos fatos e circunstâncias.
Ou seja, é necessário julgamento ao decidir se deve reconhecer um
item, e assim os requisitos de reconhecimento podem precisar
variar entre os pronunciamentos e dentro deles.
Reconhecimento e Mensuração dos Elementos das
Demonstrações Contábeis
(Critérios de Reconhecimento)
▪ Relevância:
✔ As informações sobre ativos, passivos, patrimônio líquido, receitas e
despesas são relevantes para os usuários das demonstrações
contábeis.
✔ Reconhecer ativo ou passivo específico e quaisquer receitas, despesas
ou mutações PL resultantes nem sempre podem fornecer informações
relevantes. Incerteza de existência e probabilidade baixa de E/S.
▪ Representação Fidedigna:
✔ O reconhecimento de ativo ou passivo específico é apropriado se
for-necer não apenas informações relevantes, mas também
representação fidedigna desse ativo ou passivo e de quaisquer
receitas, despesas ou mutações do PL resultantes.
✔ A possibilidade de representação fidedigna ser fornecida pode ser
afetada pelo nível de incerteza na mensuração associado ao ativo ou
passivo ou por outros fatores.
Reconhecimento e Mensuração dos Elementos das
Demonstrações Contábeis
(Desreconhecimento)
▪ Desreconhecimento: é a retirada de parte ou da totalidade do ativo
ou passivo reconhecido do balanço patrimonial da entidade.
▪ Ocorre normalmente quando esse item não atende mais à definição
de ativo ou passivo:
a) para o ativo, o desreconhecimento normalmente ocorre quando a
enti-dade perde o controle da totalidade ou de parte do ativo
reconhecido;
b) para o passivo, o desreconhecimento normalmente ocorre quando a
entidade não possui mais uma obrigação presente pela totalidade ou
parte do passivo reconhecido.
Reconhecimento e Mensuração dos Elementos das
Demonstrações Contábeis
(Desreconhecimento)
▪ Os requisitos de contabilização para o desreconhecimento visam a
representar fidedignamente tanto:
a) quaisquer ativos e passivos retidos após a transação ou outro evento
que levou ao desreconhecimento (incluindo qualquer ativo ou passivo
adquirido, incorrido ou criado como parte da transação ou de outro
evento); como
b) a mudança nos ativos e passivos da entidade como resultado dessa
transação ou outro evento.
▪ O detalhamento dos aspectos mencionados acima são mostrados do
item 5.28 ao item 5.33 da estrutura conceitual (CPC-00 – R2).
Reconhecimento e Mensuração dos Elementos das
Demonstrações Contábeis
(Mensuração)
▪ Sabe-se que os elementos reconhecidos nas demonstrações
contá-beis são quantificados em termos monetários, e isso exige a
seleção de uma base de mensuração.
▪ Base de Mensuração: é uma característica identificada de um item
mensurado (custo histórico, valor justo ou valor de cumprimento).
▪ Aplicação das características qualitativas de informações financeiras
úteis e da restrição de custo resulta na seleção de diferentes bases
de mensuração para diferentes ativos, passivos, receitas e despesas.
▪ No item 6.3 do capítulo sobre Mensuração é explicado que um
pro-nunciamento pode precisar descrever como implantar uma
base de mensuração no mesmo.
Reconhecimento e Mensuração dos Elementos das
Demonstrações Contábeis
(Bases de Mensuração)
▪ Custo Histórico:
✔ A mensuração ao custo histórico fornece informações monetárias
sobre ativos, passivos e respectivas receitas e despesas, utilizando
informações derivadas, pelo menos em parte, do preço da transação
ou outro evento que deu origem a eles.
✔ Diferentemente do valor atual, não reflete as mudanças nos valores,
exceto na medida em que essas mudanças se referirem à redução ao
valor recuperável de ativo ou passivo que se torna onerosa.
✔ O custo histórico de ativo quando é adquirido ou criado é o valor dos
custos incorridos na aquisição ou criação do ativo, compreendendo a
contraprestação paga para adquirir ou criar o ativo mais custos de
transação.
Reconhecimento e Mensuração dos Elementos das
Demonstrações Contábeis
(Bases de Mensuração)
▪ Custo Histórico:
✔ O custo histórico de passivo quando é incorrido ou assumido é o valor
da contraprestação recebida para incorrer ou assumir o passivo menos
custos de transação.
✔ Quando o ativo é adquirido ou criado, ou o passivo é incorrido ou
assumido, como resultado de um evento que não seja uma transação
em termos de mercado (ver item 6.80), pode não ser possível
identificar o custo, ou o custo pode não fornecer informações
relevantes sobre o ativo ou passivo.
✔ Em alguns desses casos, o valor atual do ativo ou passivo é utilizado
como custo atribuído no reconhecimento inicial, e esse custo atribuído
é então utilizado como ponto de partida para mensuração
subsequente ao custo histórico.
Reconhecimento e Mensuração dos Elementos das
Demonstrações Contábeis
(Bases de Mensuração)
▪ Como o custo histórico do ativo ou passivo é atualizado ao longo
do tempo?
✔ Ativo:
a) o consumo da totalidade ou parte do recurso econômico que
constitui o ativo (depreciação, amortização ou exaustão);
b) pagamentos recebidos que extinguem a totalidade ou parte do
ativo;
c) o efeito de eventos que fazem com que a totalidade ou parte do
custo histórico do ativo não seja mais recuperável (redução ao
valor recuperável); e
d) provisão de juros para refletir qualquer componente de
financia-mento do ativo.
Reconhecimento e Mensuração dos Elementos das
Demonstrações Contábeis
(Bases de Mensuração)
▪ Como o custo histórico do ativo ou passivo é atualizado ao longo
do tempo?
✔ Passivo:
a) o cumprimento da totalidade ou parte do passivo, como efetuar os
pagamentos que extinguem a totalidade ou parte do passivo ou
sa-tisfazendo a obrigação de entregar produtos;
b) o efeito de eventos que aumentam o valor da obrigação de
transferir os recursos econômicos necessários para cumprir a
obrigação em tal medida que o passivo se torna oneroso (se o custo
histórico não é mais suficiente para refletir a obrigação de satisfazer
o passivo); e
c) provisão de juros para refletir qualquer componente de
financia-mento do passivo.
Reconhecimento e Mensuração dos Elementos das
Demonstrações Contábeis
(Bases de Mensuração)
▪ Ativos e Passivos Financeiros
✔ Uma forma de aplicar a base de mensuração ao custo histórico a
ativos financeiros e passivos financeiros é mensurá-los ao custo
amortizado.
✔ Reflete estimativas de fluxos de caixa futuros, descontados a uma
taxa determinada no reconhecimento inicial.
✔ No caso de instrumentos de taxa variável, a taxa de desconto é
atualizada para refletir mudanças na taxa variável.
✔ O custo amortizado é atualizado ao longo do tempo para refletir
mudanças subsequentes (tais como provisão de juros, redução ao
valor recuperável de ativo financeiro e recebimentos ou
pagamen-tos).
Reconhecimento e Mensuração dos Elementos das
Demonstrações Contábeis
(Bases de Mensuração)
▪ Valor Atual:
✔ As mensurações ao valor atual fornecem informações monetárias
sobre ativos, passivo e respectivas receitas e despesas, utilizando-se
de informações atualizadas que refletem condições na data de
mensuração.
✔ Devido à atualização, os valores atuais de ativos e passivos refletem
as mudanças, desde a data de mensuração anterior, em estimativas
de fluxos de caixa e outros fatores refletidos nesses valores atuais
(ver itens 6.14, 6.15 e 6.20).
✔ Diferentemente do custo histórico, o valor atual de ativo ou passivo
não resulta, mesmo em parte, do preço da transação ou outro
evento que deu origem ao ativo ou passivo.
Reconhecimento e Mensuração dos Elementos das
Demonstrações Contábeis
(Bases de Mensuração)
▪ Quais são as bases de mensuração do Valor Atual?
a) valor justo (ver itens de 6.12 a 6.16);
b) valor em uso de ativos e valor de cumprimento de passivos (ver
itens de 6.17 a 6.20); e
c) Custo corrente (ver itens de 6.21 a 6.22).
▪ Valor Justo: é o preço que seria recebido pela venda de ativo ou
que seria pago pela transferência de passivo em transação
orde-nada entre participantes do mercado na data de
mensuração.
▪ Ou seja, reflete a perspectiva dos participantes do mercado, ao
qual a entidade tem acesso. São utilizadas as mesmas premissas
que eles utilizariam para precificar o ativo ou passivo se esses
participantes agirem em seu melhor interesse econômico.
Reconhecimento e Mensuração dos Elementos das
Demonstrações Contábeis
(Bases de Mensuração)
▪ Como o valor justo não deriva do preço da transação ou de outro
evento que deu origem ao ativo ou passivo, o valor justo não é
aumentado/diminuído pelos custos de transação incorridos (ativo
adquirido e passivo incorrido ou assumido).
▪ Também não reflete os custos de transação que seriam incorridos
na alienação final do ativo ou na transferência ou liquidação do
passivo.
▪ Valor em Uso: é o valor presente dos fluxos de caixa, ou outros
benefícios econômicos, que a entidade espera obter do uso de
ativo e de sua alienação final.
Reconhecimento e Mensuração dos Elementos das
Demonstrações Contábeis
(Bases de Mensuração)
▪ Valor de Cumprimento: é o valor presente do caixa, ou de outros
recursos econômicos, que a entidade espera ser obrigada a
trans-ferir para cumprir a obrigação.
▪ Custo Corrente de Ativo: é o custo de ativo equivalente na data
da mensuração, e compreende a contraprestação que seria paga
na data da mensuração mais os custos de transação que seriam
incorridos nessa data.
▪ Custo Corrente de Passivo: é a contraprestação que seria
recebida pelo passivo equivalente na data da mensuração menos
os custos de transação que seriam incorridos nessa data.
Reconhecimento e Mensuração dos Elementos das
Demonstrações Contábeis
(Bases de Mensuração)
▪ Informações fornecida por bases de mensuração específica –
Ativos, Passivos e respectivas Receitas e Despesas
✔ Sobre essa temática sugere-se a leitura atenta da Tabela 6.1 do
CPC-00 (R2) e os itens 6.24 a 6.42 para uma discussão
adicional.
▪ Fatores considerados na seleção da base de mensuração:
✔ Na escolha da base de mensuração para ativo ou passivo, e as
respectivas receitas e despesas, é necessário considerar a
na-tureza das informações que essa base produzirá tanto no
BP, como na DR (e na DRA), bem como outros fatores.
✔ Sobre outros fatores, ver itens 6.44 a 6.86.
Referências

▪ Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC). Pronunciamento técnico


CPC 00 (R2): estrutura conceitual para relatório financeiro. NBC TG,
2019.
▪ FEA/USP. Contabilidade introdutória. 11. ed. São Paulo: Atlas, 2010.
▪ Ferreira, R.J. Contabilidade básica. 10. ed. Rio de Janeiro: Editora
Ferreira, 2013.
▪ Gonçalves, E.C.; Baptista, A.E. Contabilidade Geral. 7. ed. São Paulo:
Atlas, 2011.
▪ Lagioia, U.C.T. Pronunciamentos contábeis na prática. 2. ed. São
Paulo: Atlas, 2012 (Série pron. contábeis, v. 1).

Você também pode gostar