Você está na página 1de 66

Manual de Instalação e Operação do MD4040

Sumário
1. Introdução; ............................................................................................................. 4
1.1. Advertências; .................................................................................................. 4
1.2. Segurança; ...................................................................................................... 4
1.3. Direitos Autorais;............................................................................................ 5
1.4. Modelos de Multimedidores; ......................................................................... 5
2. Instalação; .............................................................................................................. 6
2.1. Descrição do painel frontal; ........................................................................... 6
2.2. Descrição dos led’s; ........................................................................................ 7
2.3. Descrição do painel traseiro; .......................................................................... 8
2.3.1. Descrição dos bornes Superiores; .......................................................... 9
2.3.2. Descrição dos bornes inferiores; ..........................................................10
2.4. Sinal de tensão; ............................................................................................11
2.5. Sinal de Corrente; .........................................................................................12
2.6. Diagramas de ligação;...................................................................................13
2.6.1. Ligação Monofásica; .............................................................................13
2.6.2. Ligação Monofásica; .............................................................................14
2.6.3. Ligação Delta TP V Aberto; ................................................................... 15
2.6.4. Ligação Delta TP V Aberto Aterrado; ....................................................16
3. Interface; ..............................................................................................................17
3.1. Telas de visualização; ...................................................................................17
3.2. Telas de Parametrização; .............................................................................23
4. Entradas Digitais; ..................................................................................................28
5. Saídas para acionamentos;...................................................................................29

79.01.0022 1
Manual de Instalação e Operação do MD4040

6. Comunicando com o equipamento; .....................................................................30


6.1. Informações importantes; ............................................................................30
6.2. Cabo Crossover para (Comunicação Ethernet); ...........................................30
6.3. Preparando o sistema operacional (Comunicação Ethernet); .....................31
6.4. Características (Comunicação RS485); .........................................................32
6.4.1. Cabo e Velocidade de Comunicação ....................................................32
6.4.2. Resistores de Terminação ....................................................................32
6.4.3. Número de rede ...................................................................................32
6.5. Comunicação via 3G4000; ............................................................................32
6.6. Iniciando comunicação com computador; ...................................................33
6.6.1. Comunicação RS485; ............................................................................ 34
6.6.2. Comunicação Ethernet; ........................................................................ 35
6.6.2.1. Alterando IP do Equipamento; .....................................................37
7. Parametrização;....................................................................................................38
7.1. Configurando os relés em função das grandezas (Exceto /D); .....................43
7.2. Configurando os relés em função do horário (Modelos /D); .......................46
8. Conhecendo as ferramentas e utilidades do SP4000; ..........................................47
8.1. Memória de massa; ......................................................................................47
8.2. Funções remotas; .........................................................................................48
8.3. Funções de verificação; ................................................................................48
8.4. Registros; ......................................................................................................51
9. Verificando/Alterando conexões de rede; ........................................................... 52
9.1. Configuração de IP no computador: IP fixo (Windows XP) ..........................52

79.01.0022 2
Manual de Instalação e Operação do MD4040

9.2. Configuração de IP no computador: IP fixo (Windows 7) ............................55


10. Dimensões do equipamento; ...........................................................................58
10.1. Dimensões do TC trifásico: ....................................................................... 59
11. Especificações Técnicas; ...................................................................................60
11.1. Para TC trifásico: .......................................................................................60
12. Cuidados Essenciais e Prováveis Erros; ............................................................61
12.1. Para MD’s com RS485: .............................................................................61
12.2. Para MD’s com Ethernet: ......................................................................... 61
13. Assistência Técnica e Suporte; .........................................................................62
14. Controle de Revisões; .......................................................................................65

79.01.0022 3
Manual de Instalação e Operação do MD4040

1. Introdução;

O multimedidor digital MD4040 foi projetado para medir grandezas elétricas


essenciais para gestão de energia. Possibilitando um alto desempenho, alta
sensibilidade, medição bidirecional nos quatro quadrantes, parametrização via
teclado, visualização de grandezas em display amplo, além da indicação de diversos
parâmetros como FP total e por fase, potências, tensão, corrente, DHT’s e etc., o
MD4040 é uma poderosa ferramenta para coletas de dados, a qual pode ser
integrada a sistemas supervisórios para gestão de energia como o POWER4000 ou
POWERWEB, inserindo um dos módulos de comunicação (EA ou RA).

1.1. Advertências;
Perigo!

Durante a instalação e em operação normal este equipamento apresenta em


seus conectores, nas placas e partes internas, tensões que podem causar sérios
danos às pessoas. O seu manuseio e instalação exigem pessoal treinado e qualificado
na área eletroeletrônica. Para evitar danos ou acidentes além de garantir o melhor
desempenho do equipamento, certifique-se de que todas as instruções descritas
neste manual foram corretamente seguidas. Nunca inicie o uso deste equipamento
enquanto não estiverem estabelecidas plenamente todas as condições de segurança
das pessoas envolvidas nesta operação. É responsabilidade do usuário a correta
instalação e uso deste equipamento.

1.2. Segurança;
Nunca desligue os conectores do Sinal de Corrente, sem antes fechar o
circuito do secundário dos TC’s. A abertura do circuito secundário de um TC com
carga pode provocar sérios acidentes.

Utilize equipamentos de segurança adequados (luvas, óculos, sapatos


isolados de borracha, etc.) sempre que for instalar ou desligar o MD4040, mesmo
que os circuitos estejam isolados, desligados ou desenergizados.

79.01.0022 4
Manual de Instalação e Operação do MD4040

1.3. Direitos Autorais;


Este documento é de propriedade da EMBRASUL INDÚSTRIA ELETRÔNICA
LTDA, e seu conteúdo tem caráter exclusivamente informativo. Cópias não
autorizadas não são permitidas, cabendo a EMBRASUL o direito de promover
alterações necessárias, sem aviso prévio.

1.4. Modelos de Multimedidores;

• MD4040: Multimedidor Com display e teclado;


• B: Modelo sem comunicação e sem saídas;
• EA*: Comunicação ethernet (Protocolo MODBUS RTU) (Opcional);
• RA*: Comunicação RS485 (Protocolo MODBUS RTU) (Opcional);
• D: Com entradas digitais (Contador de pulsos) (Opcional). Ex.: MD4040/EA/D;
• T: Com TC trifásico integrado (Opcional). Ex.: MD4040/EA/T;
• *Observação: Os modelos com comunicação e sem entradas digitais são
dotados de três saídas para acionamentos em função de grandezas
registradas na memória (Relé por trigger. Contato seco). Ex.: MD4040/RA.

MD4040 B T
Multimedidor Sem comunicação, sem entradas ou saídas. TC 3f integrado
MD4040 EA D T
Multimedidor Ethernet Entradas Digitais + 1 saída TC 3f integrado
MD4040 RA
Multimedidor RS 485 com três saídas a relé.

*Observação: O Modelo com entradas digitais possui um relé de saída.

• MD4040 RA/D: RS485 + Entradas digitais + 1 saída à relé;


• MD4040 RA: RS485 + 3 Saídas à relé.

79.01.0022 5
Manual de Instalação e Operação do MD4040

2. Instalação;
2.1. Descrição do painel frontal;
O painel frontal do MD4040 é composto de display alfanumérico e teclas.

Tecla de Programação. Acessa as funções programáveis;

Tecla escape. Sai do menu.

Tecla “decremento” dos parâmetros, quando no modo programação;

Tecla “incremento” dos parâmetros, quando no modo programação;

Tecla de rotação de telas (retorna);

Tecla de rotação de telas (avança).

79.01.0022 6
Manual de Instalação e Operação do MD4040

2.2. Descrição dos led’s;

Coluna A Coluna B

V – Volt; A – Fase A;
A – Ampére; Kilo – X 10³ (Multiplicador);
FP – Fator de Potência; B – Fase B;
W – Watt; Kilo – X 10³ (Multiplicador);
Var – Volt ampére reativo; C – Fase C;
VA – Volt Ampére; Kilo – X 10³ (Multiplicador);

Coluna C Coluna D

(-) – indica sinal negativo; DHTU – Distorção harmônica total


(-) – indica sinal negativo; de tensão;
(-) – indica sinal negativo; DHTI – Distorção harmônica total de
corrente;
FREQ – Frequência;
TRIF – Trifásico;
KWh – Consumo Ativo;
KVARh – Consumo Reativo;

79.01.0022 7
Manual de Instalação e Operação do MD4040

2.3. Descrição do painel traseiro;

1. Número de série;
2. Borne superior;
3. Borne Inferior;
4. Comunicação Ethernet (Para clientes que adquiriram o módulo).

79.01.0022 8
Manual de Instalação e Operação do MD4040

2.3.1. Descrição dos bornes Superiores;

• (V+) – Fase da alimentação (Limite de 85 a 300VAC entre fase e neutro);


• (V-) – Neutro da alimentação (Limite de 85 a 300VAC entre fase e neutro);
• (Ground) – Aterramento (Utilizar terra do sistema trifásico);

• (C) – Pino Comum entre os relés;


• (R1) – Saída relé 1;
• (R2) – Saída relé 2;
• (R3) – Saída relé 3;

• (E1+) – Positivo da entrada de pulsos 1;


• (E1-) – Negativo da entrada de pulsos 1;
• (E2+) – Positivo da entrada de pulsos 2;
• (E2-) – Negativo da entrada de pulsos 2;

• (S+) – Positivo do par trançado da RS485;


• (S-) – Negativo do par trançado da RS485.

79.01.0022 9
Manual de Instalação e Operação do MD4040

2.3.2. Descrição dos bornes inferiores;

1. VA → Fase A ou R (Sinal de tensão 85 a 300VAC entre fase e neutro);


2. VB→ Fase B ou S (Sinal de tensão 85 a 300VAC entre fase e neutro);
3. VC → Fase C ou T (Sinal de tensão 85 a 300VAC entre fase e neutro);
4. N → Neutro (Sinal de tensão 85 a 300VAC entre fase e neutro);
5. IA → (s1) do secundário do TC Fase A ou R (Sinal de corrente 0 a 5 A);
6. IB → (s1) do secundário do TC Fase B ou S (Sinal de corrente 0 a 5 A);
7. IC → (s1) do secundário do TC Fase C ou T (Sinal de corrente 0 a 5A);
8. C* →(s2) dos secundários do TC’s de todas as fases (Sinal de corrente 0 a 5A);

*Observação: É necessário colocar em curto todos os (s2) dos secundários dos TC’s.

79.01.0022 10
Manual de Instalação e Operação do MD4040

2.4. Sinal de tensão;

Esquema Descrição
Sinal de Tensão – Neutro
N
N: deve ser conectado ao neutro do sistema trifásico
Sinal de Tensão – Fase A
A: Monitora o valor de tensão da fase A do sistema. Deve ser
VA conectado à fase do barramento onde está instalado o TC referente à
fase A. É aconselhável o uso de fusíveis (Diazed ou similares) ou
disjuntores (6A).
Sinal de Tensão – Fase B
B: Monitora o valor de tensão da fase B do sistema. Deve ser
VB conectado à fase do barramento onde está instalado o TC referente à
fase B. É aconselhável o uso de fusíveis (Diazed ou similares) ou
disjuntores (6A).
Sinal de Tensão – Fase C
C: monitora o valor de tensão da fase C do sistema. Deve ser
VC conectado à fase do barramento onde está instalado o TC referente à
fase C. É aconselhável o uso de fusíveis (Diazed ou similares) ou
disjuntores (6A).

IMPORTANTE: Nos barramentos trifásicos a disposição física das barras ou suas


cores, nem sempre correspondem à sequência das fases do sistema elétrico.

IMPORTANTE: É fundamental que todos os bornes dos canais de tensão (A, B, C e


Neutro) sejam conectados, mesmo em medições bifásicas ou monofásicas. Caso não
sejam utilizadas algumas das entradas de tensão neste tipo de ligação, ligue os canais
em desuso no neutro ou terra.

79.01.0022 11
Manual de Instalação e Operação do MD4040

2.5. Sinal de Corrente;


Os transdutores possuem três entradas de corrente isoladas uma da outra,
trabalhando na faixa de 300mA à 5A.

Borne Descrição
Sinal de corrente – Fase A
A
IA: Deve ser conectado ao ponto S1 do transformador de corrente da
IA
fase A;
Sinal de corrente – Fase B
B
IB: Deve ser conectado ao ponto S1 do transformador de corrente da
IB
fase B;
Sinal de corrente – Fase B
C
IC: Deve ser conectado ao ponto S1 do transformador de corrente da
IC
fase B;
Sinal de corrente – Comum
C C: Deve ser conectado a todos os pontos S2 dos transformadores de
correntes.

IMPORTANTE: Verificar se a polaridade do TC está correta. Para isto, identifique os


pontos P1 e P2 do TC. Verifique então se o fluxo de energia do barramento segue o
sentido de P1 para P2 (P2 deve estar do lado da carga e P1 do lado da entrada de
energia). Aterrar o S2 do TC.

79.01.0022 12
Manual de Instalação e Operação do MD4040

2.6. Diagramas de ligação;

2.6.1. Ligação Monofásica;

79.01.0022 13
Manual de Instalação e Operação do MD4040

2.6.2. Ligação Monofásica;

79.01.0022 14
Manual de Instalação e Operação do MD4040

2.6.3. Ligação Delta TP V Aberto;

79.01.0022 15
Manual de Instalação e Operação do MD4040

2.6.4. Ligação Delta TP V Aberto Aterrado;

79.01.0022 16
Manual de Instalação e Operação do MD4040

3. Interface;

O MD4040 possui dois estados de operação, sendo eles: Visualização e


parametrização. O equipamento inicia em modo de visualização. Para acessar o
estado de parametrização, pressione a tecla “P” e edite as configurações do
equipamento. As teclas direcionais alternam em sentido horário ou anti-horário as
telas de cada parâmetro, assim como as teclas (+) e (-) editam os valores. Para salvar
um parâmetro, pressione “P”, selecione SIM quando o equipamento perguntar se
deseja salvar, e pressione “P” novamente para confirmar. Para sair da edição e voltar
para o modo de visualização normal, pressione “E” a qualquer momento.

3.1. Telas de visualização;

Tensão das 3 fases. Corrente das 3 fases.

79.01.0022 17
Manual de Instalação e Operação do MD4040

Fator de potência das 3 fases. Potência ativa das 3 fases.

Potência reativa das 3 fases. Potência aparente das 3 fases.

DHT de tensão das 3 fases. DHT de corrente das 3 fases.

79.01.0022 18
Manual de Instalação e Operação do MD4040

Frequência. Grandezas trifásicas (FP, kW e kVAr).

Consumo ativo. Energia gerada.

Consumo reativo indutivo. Consumo reativo capacitivo.

79.01.0022 19
Manual de Instalação e Operação do MD4040

Grandezas da fase A (V, A e FP). Grandezas da fase B (V, A e FP).

Grandezas da fase C (V, A e FP). Grandezas da fase A (kW, kVAr e kVA).

Grandezas da fase B (kW, kVAr e kVA). Grandezas da fase C (kW, kVAr e kVA).

79.01.0022 20
Manual de Instalação e Operação do MD4040

Número de série. Tensão de Linha (VAB).

Tensão de Linha (VBC). Tensão de Linha (VAC).

Consumo ativo horário de ponta. Consumo ativo horário de fora ponta.

79.01.0022 21
Manual de Instalação e Operação do MD4040

Consumo ativo horário reservado. Demanda máxima no horário de ponta.

Demanda máxima no horário fora ponta. Demanda máxima no horário reservado.

Teste de display. Contador digital Ed1 / Ed2

79.01.0022 22
Manual de Instalação e Operação do MD4040

3.2. Telas de Parametrização;

Relação de TP: Primário. Relação de TP: Secundário.

Fator de multiplicação do primário do TP. Relação de TC: Primário.

79.01.0022 23
Manual de Instalação e Operação do MD4040

Relação de TC: Secundário. Fator de multiplicação do primário do TC.

Zera consumos. Endereço Modbus (modelo /RA).

Velocidade de comunicação (modelo /RA). Paridade (modelo /RA).

79.01.0022 24
Manual de Instalação e Operação do MD4040

1° Octeto do IP: 10.1.25.100 (EA). 2° Octeto do IP: 10.1.25.100 (EA)

3° Octeto do IP: 10.1.25.100 (EA). 4° Octeto do IP: 10.1.25.100 (EA).

1° Octeto da máscara de rede: 255.0.0.0 (EA). 2° Octeto da máscara de rede: 255.0.0.0 (EA).

79.01.0022 25
Manual de Instalação e Operação do MD4040

3° Octeto da máscara de rede: 255.0.0.0 (EA). 4° Octeto da máscara de rede: 255.0.0.0 (EA).

1° Octeto do gateway: 10.1.25.1 (EA). 2° Octeto do gateway: 10.1.25.1 (EA).

3° Octeto do gateway: 10.1.25.1 (EA). 4° Octeto do gateway: 10.1.25.1 (EA).

79.01.0022 26
Manual de Instalação e Operação do MD4040

Porta UDP (EA)

79.01.0022 27
Manual de Instalação e Operação do MD4040

4. Entradas Digitais;

Tem a função de contagem de pulsos de amplitude entre 10 e 40VCC com


duração de 50ms (mínimo). Esta função permite a leitura de outras grandezas
provenientes de medidores que possuam saídas de pulsos. Segue abaixo um exemplo
de ligação e utilização desta função, que deve ser integrada ao POWER4000 ou WEB,
para medição de água.

79.01.0022 28
Manual de Instalação e Operação do MD4040

5. Saídas para acionamentos;

Os três (ou um) relé(s) podem atuar em qualquer grandeza elétrica medida,
podendo ser configurados para atuar como alarme, ou acionar uma carga, no caso de
alguma grandeza ultrapassar limites (inferior ou superior) ajustados pelo usuário.

Para os modelos sem entradas digitais, os relés podem ser configurados para
serem ativados em função de alguma grandeza registrada na memória de massa.
Para os modelos com entradas digitais, o relé é ativado de acordo com horário
determinado. As configurações dos relés são feitas através do software SP4000 (Ver
item 7.1 e 7.2). Abaixo, alguns exemplos de esquemas de ligações possíveis.

______________________________________________________________________________________________________________________________

79.01.0022 29
Manual de Instalação e Operação do MD4040

6. Comunicando com o equipamento;

6.1. Informações importantes;


A parametrização do MD também pode ser feita através do software SP4000,
o qual acompanha os modelos com comunicação. Caso você possua o software
POWER4000, inicie o SP através das ferramentas auxiliares do POWER4000. Se não,
utilize o software SP4000 como um aplicativo normalmente ignorando esta etapa.

As ferramentas auxiliares encontram-se na parte superior direita da tela


principal do POWER4000. Dentro das ferramentas selecione a opção SP4000.

6.2. Cabo Crossover para (Comunicação Ethernet);


Os cabos crossover são utilizados para conexão direta entre o MD e o
computador ou modem 3G4000. Para identificar um cabo crossover de um normal,
basta observamos as diferenças entre as ordens das cores.

O cabo que acompanha o equipamento é crossover.


Para utilização em uma rede normal conectado a um Hub utilizam-se cabos
de rede convencionais.

79.01.0022 30
Manual de Instalação e Operação do MD4040

6.3. Preparando o sistema operacional (Comunicação Ethernet);

Caso o equipamento seja utilizado junto a um modem 3G4000 não altere o IP


do equipamento, pois ele já está cadastrado ao modem.
Para iniciar comunicação entre o computador e o MD, são necessárias as
seguintes verificações:

• IP do MD. O endereço IP default do MD é 10.1.25.100; (Caso o IP seja


diferente, verifique diretamente no display);
• Verifique o IP do computador. (Veja item 5);
• Caso o software POWER4000 também esteja instalado na máquina, e
o SP4000 seja um aplicativo individual (não aberto através do
POWER4000/Ferramentas auxiliares), certifique-se que o serviço de
comunicação do POWER4000 está desativado (Figura abaixo). Caso
este software não esteja instalado ignore esta etapa.

79.01.0022 31
Manual de Instalação e Operação do MD4040

6.4. Características (Comunicação RS485);

6.4.1. Cabo e Velocidade de Comunicação

A linha de transmissão de dados escolhida para comunicações numa


rede RS485 é o par trançado (opte por cabos blindados). Os cabos
trançados tendem a anular os ruídos em modo comum e cancelar os
campos magnéticos gerados pelo fluxo de corrente através de cada fio,
reduzindo assim a indutância efetiva do par. No MD4040 poderão ser
transmitidos dados desde 4800 bps até 115200 bps, conforme
programação no equipamento. Distância máxima do cabo: 1 km. Utilizar
conversor compatível com a velocidade e computador escolhidos.

6.4.2. Resistores de Terminação

Como em qualquer linha de transmissão de dados, é importante que


as reflexões sejam minimizadas. Isto poderá ser feito conectando
resistores de terminação nos dois extremos da rede RS485. O valor destes
resistores deve ser igual à impedância característica de linha. Os valores
típicos utilizados são de 100 ohms.

6.4.3. Número de rede


Todos os MD’s com comunicação RS485 saem de fábrica com n° 1.

6.5. Comunicação via 3G4000;

Para facilitar o acesso à web, a Embrasul envia o MODEM e MD’s


previamente configurados entre si, ou seja, não é necessária a alteração do IP do
equipamento, entretanto, as configurações de funcionamento como relações TP e
TC, feriados, relés e etc., devem ser configuradas normalmente. Caso você possua
diversos equipamentos, verifique os endereços IP’s destes equipamentos. Eles são
necessários para a comunicação.

79.01.0022 32
Manual de Instalação e Operação do MD4040

6.6. Iniciando comunicação com computador;

Inicie o software de parametrização SP4000 e aguarde a tela inicial.

Marque o tipo de comunicação (Serial = RS485 ou Ethernet), e clique na


opção “configurações” selecionando o tipo de comunicação desejada.

79.01.0022 33
Manual de Instalação e Operação do MD4040

6.6.1. Comunicação RS485;

Selecione a porta a qual o conversor está conectado, a velocidade e a


paridade (Caso precise alterar) adequadas.

Para verificar a porta correta, vá até o gerenciador de dispositivos do


Windows e procure pela porta COM correta.
Verifique as velocidades compatíveis com o seu conversor.
Caso não exista nenhuma configuração específica para a paridade, utilize a
opção Sem, 2 Stop Bits.
Depois de selecionadas todas as opções clique em fechar e localize a opção
abaixo na tela inicial do SP4000.

Como cada equipamento possui seu número de rede, selecione o


equipamento que deseja através de seu número, ou habilite a opção “Ciclar” para
alterna-los gradativamente. Para alterar um número de rede de um equipamento,
entre na parametrização via teclado e altere manualmente.

79.01.0022 34
Manual de Instalação e Operação do MD4040

6.6.2. Comunicação Ethernet;

Selecione a opção “Ethernet”

79.01.0022 35
Manual de Instalação e Operação do MD4040

Para comunicar com um equipamento, basta inserir o IP do Equipamento e


fechar a janela.

O campo IP do computador é preenchido automaticamente e a porta


normalmente é 1001. Caso você possua alguma configuração diferente de porta,
altere-a nessa opção.

É importante observar se os IP’s do computador e do equipamento


pertencem à mesma família. Ex.: 10.1.25.100 e 10.1.25.150.

Observações: Não preencha com zeros os espaços em branco e não utilize o


mesmo IP para equipamento e computador para não gerar nenhum conflito de rede.

Depois de configurados os parâmetros, você pode utilizar os botões “Ping”


para realizar um rápido teste de rede na opção desejada.

Caso haja resposta do IP correto, há comunicação. Qualquer outro IP


respondendo ou tempo esgotado é indício de que a comunicação não é efetiva.

79.01.0022 36
Manual de Instalação e Operação do MD4040

6.6.2.1. Alterando IP do Equipamento;

Para que o serviço do POWER4000 não impossibilite a utilização do SP4000,


deixe habilitada a opção “Reiniciar o Serviço do Power4000, ao sair do SP4000”.

As opções Endereço IP, Máscara de IP, Gateway IP, 1°DNS IP, 2°DNS e Porta,
são para alterar o endereço do equipamento. Após editar todos os campos com o
endereço que o equipamento irá utilizar normalmente clique em “Alterar Agora!”
Para salvar o novo endereço no equipamento.

O botão “Ler Atual Config.” lê as configurações atuais do equipamento.

Observação: Após salvo o novo endereço, o equipamento irá perder conexão


até seu novo IP ser chamado como descrito nas instruções da página interior, item
3.6.2.

Para editar ou salvar um novo endereço, certifique-se que a conexão foi


estabelecida com o endereço atual, através dos botões Ping.

79.01.0022 37
Manual de Instalação e Operação do MD4040

7. Parametrização;

Para parametrizar o equipamento seleciona a opção Configurações >


Configurações do Equipamento.

A seguinte tela será mostrada;

O botão Ler irá mostra a atual configuração gravada na memória do MD.

O botão Programar envia e salva a nova configuração na memória do MD.

O botão fechar fecha a janela e retorna a tela inicial sem alterar nada.

79.01.0022 38
Manual de Instalação e Operação do MD4040

Essa tela é crucial na parametrização do equipamento, pois a programação e


atualização do relógio são necessárias para o armazenamento dos dados na memória
de massa do equipamento.

Essa tela parametriza a relação de TP e TC do equipamento, sempre que for


usada uma relação de 1/1 (Ex.: 0220/0220, 0127/0127) o MD mostrará o valor real
de sua entrada seja a tensão 220/127/254 ou os 5A da entrada de corrente. Para
alterar para outra relação basta editar e programar. Dessa forma o MD mostrará o
valor do Primário do Trafo (Ex.: TP13800/115, TC2500/5).

79.01.0022 39
Manual de Instalação e Operação do MD4040

O período de integração padrão é de 15 minutos, mantendo esta


configuração a memória de massa pode ter uma autonomia de até 60 dias. Passando
deste período, os registros são sobrepostos sobre o primeiro dia em diante.
Diminuindo o período de integração do equipamento, a autonomia também se
reduz.

O equipamento interpreta que em um feriado não há período de ponta, ou


seja, um dia inteiro de consumo no posto fora ponta. Isto influencia no cálculo de
simulação da fatura nos softwares supervisórios POWER4000 e POWERWEB. Para
programar um feriado, clique em novo, edite a data e programe. Para apagar um
feriado, clique em eliminar.

Esse item permite ajustar para que em um determinado dia e horário, ocorra
um fechamento de valores no menu “Demandas Máximas”, para programar a data e
a hora coloque as informações nas lacunas e clique em Programar, já para visualizar
qual o valor implementado clique em Ler.

79.01.0022 40
Manual de Instalação e Operação do MD4040

Informativo que verifica a quantidade de pulsos registrados nas entradas.


Para verificação de gráficos de outros insumos é necessária integração entre o
equipamento e software supervisório (POWER4000/POWERWEB).

Nessa tela é possível parametrizar os horários de ponta, fora ponta e


reservado de acordo com a concessionária local. Para programar, insira as
informações nas lacunas e em seguida habilite a opção “Ativo”, após ter preenchido
o horário respectivo clique em Programar para salvar os dados.

Informativo que verifica o status dos relés. Habilitado significa relé


acionando, portanto, caixinha em branco, desabilitada, significa relé desativado.

79.01.0022 41
Manual de Instalação e Operação do MD4040

• eG1 - endereço da grandeza 1: é onde se configura qual grandeza será


utilizada para a comparação.
• eG2 - endereço da grandeza 2: é onde se configura qual grandeza será
utilizada para a comparação.
• eG3 - endereço da grandeza 3: é onde se configura qual grandeza será
utilizada para a comparação.
• eSp1 - endereço do setpoint 1: é o endereço da constante de usuário que
recebeu o valor para ser usado na comparação com a grandeza selecionada.
• eSp2 - endereço do setpoint 2: é o endereço da constante de usuário que
recebeu o valor para ser usado na comparação com a grandeza selecionada.
• eSp3 - endereço do setpoint 3: é o endereço da constante de usuário que
recebeu o valor para ser usado na comparação com a grandeza selecionada.
• Tempo: é o tempo, em segundos, que a condição deve ficar verdadeira, para
que o relé acione.
• Comparação: é a forma de comparação. Neste caso, se a tensão da fase A for
menor que o valor da constante de usuário por um tempo maior de 10s, o
relé acionará.

79.01.0022 42
Manual de Instalação e Operação do MD4040

7.1. Configurando os relés em função das grandezas (Exceto /D);


Para esta configuração é necessário ter em mãos o “Mapa de memória”
atualizado do equipamento para identificarmos os endereços das grandezas e
compara-las. Solicite-o ao suporte técnico da EMBRASUL através do fone 51 3358-
4000.

Exemplo:

Programar um relé para que esse seja acionado quando a tensão atingir um
valor pré-determinado. Esse valor deverá ser configurado em um endereço de
memória específico.

O equipamento fará uma comparação do valor configurado pelo usuário com


o valor da grandeza a ser monitorada, no caso dessa prática, a tensão da fase A.
Quando o valor da tensão dessa fase for inferior ao valor configurado, e essa
condição permanecer verdadeira por um tempo determinado (também configurado),
o relé se ativará.

Então:

se((valorGrandeza < valorConfigurado) e (tempoCondiçãoVerdadeira > tempoConfigurado)) então


relé = ativado
caso contrário
relé = desativado

Dados:

• Tensão de rede: 127V;


• Tensão para acionamento do relé: 90% do Valor nominal (114,3V);
• Tempo mínimo da condição verdadeira para acionamento do relé: 10 segundos;
• Endereço da tensão da fase A no mapa de memória: 68 - 69 (float);
• Constantes de usuário: são seis floats ao total: 288 – 289, 290 – 291, 292 – 293,
294 – 295, 296 – 297 e 298 – 299.

79.01.0022 43
Manual de Instalação e Operação do MD4040

Passo a Passo:

Na tela inicial do SP4000, definir o valor da constante de usuário, que é onde


será definida a tensão para o acionamento do relé um. Informe a constante e clique
em “Preset registers”.

79.01.0022 44
Manual de Instalação e Operação do MD4040

A tela mostrada nos permite configurar o valor para a constante de usuário


selecionada. Note que há a possibilidade de gravar float e int.

Antes de tudo, deve-se clicar no botão [Limpa], entrar com o valor no campo
correspondente (no nosso caso 114.3 em “Ponto flutuante”), clicar no botão [<=] e
depois em [Envia múltiplos]. Dessa forma o valor é repassado para a constante de
usuário.

Depois de configurada a constante de usuário, o próximo passo é configurar


o relé. Para isso, selecione o menu Configurações > Configurações do equipamento >
Programação dos relés (Ver página 42).

79.01.0022 45
Manual de Instalação e Operação do MD4040

7.2. Configurando os relés em função do horário (Modelos /D);

• Clique no botão “Horários Relé”, presente na tela inicial para visualizar a


seguinte tela;

• Ative os dias e configure os horários para o relé ligar e desligar.

79.01.0022 46
Manual de Instalação e Operação do MD4040

8. Conhecendo as ferramentas e utilidades do SP4000;

8.1. Memória de massa;


Além da configuração remota o software de parametrização SP4000 permite
que acessemos os dados registrados na memória de massa do equipamento. Na tela
inicial, clique em Leitura de memória de massa que a seguinte tela se abrirá:

• Ler toda a informação Armazenada/Ler dados recentes: Leitura dos dados;


• Baixar dados: Permite configurar a faixa de memória a ser lida;
• Limpar memória de massa: Apaga a memória de massa;
• Exportar CSV: Exporta o registro de grandezas no formato .txt;
• Destacar informações na tabela: Permite destacar as linhas;
• Ordenar (lento): Organiza os registros em ordem cronológica, caso estes não
estejam organizados. (Esta opção pode tornar a leitura lenta);
• Desconectar: Sai do módulo de leitura da memória de massa.

79.01.0022 47
Manual de Instalação e Operação do MD4040

8.2. Funções remotas;


Na opção Funções remotas é possível realizar via software, algumas
funcionalidades compatíveis com o transdutor. Para executa-las, basta seleciona-las
na lista e clicar “Executa Função”.

• (1) Zera Consumos Absolutos:


• (4) Limpa memória de Massa: Apaga a memória de massa;
• (6) Zera medições horárias: Wh, VArh, W e Var.
• (9) Force Power-Down: Reinicia o transdutor;
• (10) Zera Contador de Pulsos 1: Zera a contagem de pulsos da entrada 1;
• (11) Zera Contador de Pulsos 2: Zera a contagem de pulsos da entrada 2.

8.3. Funções de verificação;

• Informa o modelo, versão de firmware e n° de série do equipamento.

79.01.0022 48
Manual de Instalação e Operação do MD4040

• Informa os pacotes enviados e recebidos durante a comunicação.

• Permite visualização on-line de diversas grandezas.

• Selecione a grandeza no botão ao lado dos valores.

79.01.0022 49
Manual de Instalação e Operação do MD4040

• Lista os registros com as maiores demandas por horário do mês atual e


passado.

79.01.0022 50
Manual de Instalação e Operação do MD4040

8.4. Registros;

Permite exportar dados registrados pelo multimedidor;

Esta função permite selecionar o período medido e exportá-lo no formato


CSV.

79.01.0022 51
Manual de Instalação e Operação do MD4040

9. Verificando/Alterando conexões de rede;


9.1. Configuração de IP no computador: IP fixo (Windows XP)

Para a configuração do IP fixo no Windows XP:

• Clique no menu Iniciar, Configurações, Painel de controle;


• Dentro do Painel de controle, entre em Conexões de rede;
• Clique com o botão direito do mouse em Conexão local e clique em
Propriedades:

79.01.0022 52
Manual de Instalação e Operação do MD4040

• Clique em Protocolo TCP/IP e clique em Propriedades:

• Na tela de Propriedades de Protocolo TCP/IP, selecione o item Usar o


seguinte endereço de IP e, caso necessário, insira um endereço de IP da
mesma família do cadastrado no MD4040:

79.01.0022 53
Manual de Instalação e Operação do MD4040

Observação 1: Ao configurar o endereço IP no Windows, não usar zeros à


esquerda.

Observação 2: Exemplo de IP’s da mesma família (Apenas o último octeto


varia, não podendo ser o mesmo):

• 10.1.1.240 e 10.1.1.200
• 192.168.1.100 e 192.168.1.150

Observação 3: Utilizar Máscara de sub-rede: 255.255.255.0

79.01.0022 54
Manual de Instalação e Operação do MD4040

9.2. Configuração de IP no computador: IP fixo (Windows 7)


Para configurar um IP fixo no Windows 7, siga os seguintes passos:

• Clique no menu Iniciar, Painel de controle;


• Clique em Central de rede e compartilhamento;
• Na barra lateral esquerda da Central de rede e compartilhamento, clique
em Alterar as configurações do adaptador:

• Clique com o botão direito do mouse em Local Area Connection, e clique


em Propriedades:

79.01.0022 55
Manual de Instalação e Operação do MD4040

• Clique em Protocolo TCP/IP versão 4 (TCP/IPv4) e clique em


Propriedades:

79.01.0022 56
Manual de Instalação e Operação do MD4040

• Na tela de Propriedades de Protocolo TCP/IP, selecione o item Usar o


seguinte endereço de IP e, caso necessário, insira um endereço de IP da
mesma família do cadastrado no MD4040:

Observação 1: Ao configurar o endereço IP no Windows, não usar zeros à


esquerda.

Observação 2: Exemplo de IP’s da mesma família (Apenas o último octeto


varia, não podendo ser o mesmo):

• 10.1.1.240 e 10.1.1.200
• 192.168.1.100 e 192.168.1.150

Observação 3: Utilizar Máscara de sub-rede: 255.255.255.0

79.01.0022 57
Manual de Instalação e Operação do MD4040

10.Dimensões do equipamento;

Tolerâncias não indicadas: 0,5mm para mais ou para menos.

79.01.0022 58
Manual de Instalação e Operação do MD4040

10.1. Dimensões do TC trifásico:

79.01.0022 59
Manual de Instalação e Operação do MD4040

11.Especificações Técnicas;

• Alimentação: 85 a 300VAC entre fase e neutro;


• Sinal de tensão: 30 a 300VAC entre fase e neutro;
• Erro máximo de tensão: 0,5%;
• Sobrecarga de tensão: 1.5 x Vn;
• Sinal de corrente: 100mA a 5A;
• Erro máximo de corrente: 0,5%;
• Sobrecarga de corrente: 1.5 x In;
• Erro máximo de ângulo de fase: < 5 graus;
• Erro máximo de potência 1.0%;
• Defasagem tensão/corrente: -90° a 90°;
• Frequência: 50 a 50Hz (0.1Hz);
• Isolação: 2kV;
• Display: Led 7 segmentos;
• Autonomia: Memória 60 dias (integração 15mim);
• Conectores: Bornes 1,5mm² para os pontos de entrada/saída e alimentação;
• Temperatura de operação: 0º a 50ºC;
• Conectividade: Ethernet, 3G (via 3G4000), Wi-Fi (via WIFI4000);
• Fixação: porta de painel;
• Consumo: 6VA;
• Peso: 0,3kg
• Comunicação (Opcional): RS485 Modbus RTU ou Ethernet;
• Capacidade de contatos (saída a relé): 10A/250V;
• Consumo kWh (Opcional da comunicação): Ponta, fora ponta e reservado;
• Demanda ativa e reativa (Opcional da comunicação): P, FP e Reservado.

11.1. Para TC trifásico:


• Medição de corrente: Até 100A;
• Classe, Exatidão: 0,5%;
• Temperatura de operação: -25 a 55°C;
• Tensão de isolamento: 2500Vrms por 1 minuto;
• Resistência dielétrica: 1000MΩem 500VDC;
• Isolamento Interior: Encapsulado em epóxi;
• Resistência de carga: 100KΩ;
• Frequência: 50 a 400Hz.

79.01.0022 60
Manual de Instalação e Operação do MD4040

12.Cuidados Essenciais e Prováveis Erros;


Para garantir o pleno funcionamento do equipamento, a EMBRASUL indica
que após todas as configurações, sejam observados os seguintes detalhes:

• Verifique se o FP é coerente e se a corrente não está negativa, isto pode ser


indício de TC invertido;
• Jamais deixe o TC instalado com o circuito secundário aberto;
• Respeite os limites dos equipamentos e atente-se quanto às posições das
conexões, ou seja, onde é fase, onde é neutro, onde é corrente, onde é
tensão...;
• Erros nos valores das grandezas podem estar associados ao fato de o sinal de
tensão não estar casado ao sinal de corrente, ou seja, derive o sinal de
tensão da mesma fase onde se encontra o TC. Ex.: TC na fase A, sinal de
tensão vem do mesmo barramento da fase A onde está o TC.

12.1. Para MD’s com RS485:


• Verifique se todos os bornes e cabos estão bem conectados;
• Verifique se o conversor é compatível com a velocidade escolhida;
• Verifique se o conversor está funcionando corretamente;
• Verifique se não há dois equipamentos com mesmo n° de rede;
• Verifique se o resistor de terminação está corretamente instalado;
• Verifique se o cabo par trançado é blindado para não haverem ruídos;
• Verifique se a blindagem do cabo está aterrada,
• Verificar se o cabo não está invertido + pelo – (ou Rx/Tx ou S+/S-) ou vice
versa.

12.2. Para MD’s com Ethernet:


• Verifique se todos os bornes e cabos estão bem conectados;
• Verifique se os IP’s dos equipamentos e PC estão corretamente configurados;
• Verifique se o serviço do POWER4000 está rodando junto ao SP4000.

79.01.0022 61
Manual de Instalação e Operação do MD4040

13.Assistência Técnica e Suporte;

Antes do envio, consulte nosso Suporte Técnico através do telefone: (51)


3358-4000 para verificar a necessidade de assistência técnica. Dependendo da
ocorrência, uma medida remota pode solucionar o problema.

Observações:

• Para evitar que o equipamento seja prejudicado pelo transporte, este deve
ser cuidadosamente embalado. Aconselha-se o uso de embalagem dupla
caixa com algum tipo de enchimento que proteja o equipamento de choques
e vibrações.
• A fim de aperfeiçoar o trabalho de assistência, solicitamos enviar anexo a NF,
um relatório contendo o problema apresentado, e as possíveis causas.
• A legislação existente proíbe o fluxo de mercadorias sem a respectiva nota
fiscal. O correto preenchimento da NF facilitará o trabalho de recebimento
do equipamento, diminuindo o tempo de entrega do mesmo e evitando
possíveis transtornos.
• O envio do correto endereço para devolução assim como telefone e nome da
pessoa de contato são também de extrema importância.
• A Embrasul não oferece garantia aos produtos cujo lacre seja violado.
• Preencha o relatório a seguir e envie junto com o equipamento.

79.01.0022 62
Manual de Instalação e Operação do MD4040

79.01.0022 63
Manual de Instalação e Operação do MD4040

79.01.0022 64
Manual de Instalação e Operação do MD4040

14. Controle de Revisões;

Elaborado: Lucas Dernitz Neres

Revisado: Eng. Guilherme Soares Wojichowski

Editado: Caroline Schneider / Lucas Dernitz Neres

Aprovado: Eng. Fernando Gork Woiciekovski

Data: julho/2013

Revisão: A0

EMBRASUL INDÚSTRIA ELETRÔNICA LTDA.

Av. Bahia, 684 - Porto Alegre - RS – Brasil.

90240-551 - Fone (51) 3358-4000 - Fax (51) 3358-4022

E-mail: embrasul@embrasul.com.br

www.embrasul.com.br

79.01.0022 65

Você também pode gostar