Você está na página 1de 77

MANUAL DO USUÁRIO

ELETROCARDIÓGRAFO

CARDIMAX

FX – 2111

FUKUDA DENSHI CO., LTD.


39-4 HONGO 3-CHOME, BUNKYO-KU, TOKYO, JAPAN
DIBMED Distribuidora de Aparelhos Médicos Ltda

Distribuição e Assistência Técnica no BRASIL do

ELETROCARDIÓGRAFO CARDIMAX

FX – 2111

FUKUDA DENSHI CO., LTD


39-4 HONGO 3-CHOME, BUNKYO-KU, TOKYO, JAPAN

Endereço: Alameda dos Guatás, 445 – Saúde – São Paulo – SP


CEP: 04053-041
FONE: (11) 2276-2300
FAX: (11) 2578-4741

C.N.P.J.: 74.366.501/0001-22

M.S.:

Responsável Técnico

Koiti Nakahara
CREA/SP: 0600834682

II FX-2111
Notas ao Usuário
Este manual de operação é destinado ao uso como guia para operação adequada do Eletrocardiógrafo
monocanal FX-2111 da Fukuda Denshi.

Este manual é útil para os primeiros usuários de aparelhos de ECG (eletrocardiograma, bem como usuários já
experientes no uso de equipamentos eletrocardiográfos. Leia este manual atentamente antes de usar o FX-
2111. Guarde-o junto com o aparelho. Tenha sempre este manual disponível durante o uso do FX-2111. Se o
mesmo sofrer danos ou extraviar-se, contate seu representante Fukuda Denshi mais próximo.

Este manual descreve os seguintes itens:


01 – DESCRIÇÃO GERAL
02 – CONTROLES E INDICADORES
03 – PREPARAÇÃO
04 – OPERAÇÃO
05 – PROGRAMAÇÃO
06 – LOCALIZAÇÃO DE PROBLEMAS
07 – MANUTENÇÃO
08 – INSTALAÇÃO
09 – ESPECIFICAÇÕES
10 – ACESSÓRIOS

PRECAUÇÕES DE SEGURANÇA OBSERVAÇÃO


Para se certificar de que o FX-2111 é seguro, é Esses itens precisam ser obedecidos a fim de evitar
Necessário executar a operação apropriada, bem . mal funcionamento do aparelho
Como a manutenção periódica. Só use o Aparelho
depois de ler e entender RESPONSABILIDADE DO FABRICANTE
Completamente as informações contidas neste Como fabricante de instrumentação eletrônica, a
Manual Fukuda Denshi Co., Ltd. Empreende todos os
esforços no sentido de garantir a segurança e
NOTIFICAÇÕES DE SEGURANÇA confiabilidade de cada instrumento que porte seu
O FX-2111 e este manual de operação utilizam nome. Para garantir segurança contínua e Operação
As seguintes descrições para notificação ao confiável, é responsabilidade de rotina do operador
Usuário. certificar-se de que os seguintes itens são
obedecidos
PERIGO: 1. manutenção, reparos e modificações
:Se essas instruções não forem seguidas, o paciente Executadas somente por pessoas autorizadas.
Ou operador podem sofrer danos. 2. Os componentes que poderiam afetar a
segurança ou eficácia do instrumento devem
ADVERTÊNCIA: ser substituídos somente por peças
Se essas instruções não forem seguidas, o sobressalentes recomendadas.
Dispositivo pode danificar-se, apresentar falhas ou 3. Uso da tensão e frequência de linha adequadas,
Provocar danos á outra propriedade. Projetadas para o aparelho.
4. O aparelho é usado somente para as
CUIDADO: finalidades descritas neste manual e não para
Se essas instruções não forem seguidas, o outros objetivos.
dispositivo não irá operar conforme descrito neste
manual.

III FX-2111
SEGURANÇA
Projeto e Produção Quando um marca-passo cardíaco ou outros
O FX-2111 esta de acordo com os requisitos de Estimulantes elétricos estiverem conectados a um
Segurança descritos pela Comissão Eletrotécnica paciente, existe um perigo potencial. Devem ser
Internacional na Publicação No. 601 –1, adotadas medidas apropriadas para garantir que a
“Segurança de Equipamentos Médicos Elétricos”e corrente de fuga do chassis esteja em um nível
é classificado como classe I, Tipo CF. seguro.
Se um sinal não isolado for conectado
Manutenção Preventiva à“ENTRADA DE SINAL”, e a fonte do sinal for
O objetivo da manutenção preventiva é manter o conectada a um diferente terminal de aterramento
Instrumento em condições operacionais seguras e de proteção, pode existir uma diferença
evitar possíveis problemas no futuro. A nopotencial de terra. Esta diferença no potencial
Manutenção preventiva deve ser executada no de terra possivelmente poderia ser aplicada ao
mínimo uma vez a cada 12 meses. Antes de usar o chassis das unidades de ECG numa condição
aparelho, inspecione em termos de danos falha. Devem ser tomadas medidas apropriadas
Físicos. A manutenção imediata deve ser para evitar isto. Somente o equipamento Classe I,
Executada. de acordo com a Publicação IEC relevante pode
• Se o aparelho tiver sido submetido a esforço ser conectado à Unidade. Em caso de dúvida,
mecânico extremo, por exemplo, depois de consulte um Técnico de serviço qualificado.
uma queda pesada.
• Se houver líquido ou fluidos derramados sobre Ensaio Não Explosivo
o instrumento. Não opere o FX-2111 em um ambiente onde
• Se o aparelho não funcionar ou funcionar existe risco de explosão. Não opere na presença de
inadequadamente. anestésicos inflamáveis.
• Se as partes do gabinete do equipamento
estiver rechadas ou quebradas. Proteção Desfibrilação
A unidade só pode permanecer conecta a um
Se o cabo de paciente ou o cabo de força Paciente durante o desfibrilação se o cabo
mostrarem sinais de deterioração. especificado do paciente (*), que contenha
Proteção contra desfibrilação estiver sendo usado.
Corrente de Fuga Este cabo de paciente protegido por desfibrilador
Todos os fios, eletrodos, conectores e é projetado de modo que a Unidade não seja
Amplificadores do ECG estão eletronicamente danificada mesmo se os Eletrodos do desfibrilador
Isolados do resto do dispositivo e do fio terra. Este entrarem em Contato com os eletrodos do ECG.
isolamento limita a corrente através do Paciente a (*) CP-101JD, CP-101TD, CP-101LD.
menos de 10 mA.
Cirurgia de Alta Frequência
Este isolamento, incorporado para garantir a Os resistores são instalados nos plugs de fios de
Segurança do paciente, é desviado se os Eletrodos chumbo do CP-101JD, CP-101TD, CP-101LD.
no cabo do paciente entrarem em resposta a: CP-101JD: 4700 ohm (IEC)
Contato com qualquer outro objeto metálico Ou CP-101TD: 4700 ohm (IEC)
outro objeto eletricamente condutivo (como suas CP-101LD: 4700 ohm (AHA)
mãos). Quando isto acontece, surge um perigo de Esses resistores evitam danos ao instrumento
choque, independente dos objetos estarem provenientes de energia de alta frequência. Eles
aterrados ou não. também reduzem o risco de queimaduras ao
paciente sob eletrodos de ECG se o equipamento
Se os cabos de força de diferentes unidades de alta frequência apresentar um mal
diferentes estiverem conectados juntos em uma funcionamento. Outros cabos do paciente não
caixa de saída múltipla, um perigo potencial pode devem ser usados durante a cirurgia de alta
ser criado aumentando-se a corrente de fuga do frequência.
chassis.

IV FX-2111
SEGURANÇA Advertência

O FX-2111 tem os rótulos de PERIGO (DANGER), ADVERTÊNCIA (WARNING), CUIDADO


(CAUTION) localizados de forma visível ou onde possam ser vistos durante qualquer tentativa de assistência
técnica.

PERIGO – Risco de explosão se usado na presença de


n anestésicos inflamáveis.

ADVERTÊNCIA – Risco de incêndio. Substitua o fusível


o conforme indicado.

CUIDADO – Para reduzir o risco de choque, não retire a


p tampa. Consulte o pessoal qualificado de
serviço.

Painel Inferior

V FX-2111
SÍMBOLOS DE ELEMENTOS

Os símbolos usados no FX-2111 são definidos da seguinte forma:

Equipamento com grau de proteção maior contra choque elétrico do que os equipamentos tipo
CF. Especificamente para correntes de sispersão dentro da tolerância e com uma parte tipo F
aplicada.

Equipamento com grau de proteção maior contra choque elétrico do que os equipamentos tipo
CF. especificamente para correntes de dispersão dentro da tolerância e com uma parte tipo F
aplicada. Proteção contra interferência de sinal devido à desfibrilação.

Corrente Alternada (CA)

Terra equipotencial

Atenção: Consulte o Manual do Usuário

OFF (A força est. desligada da fonte principal)

ON (Força conectada à fonte principal)

Nesta posição, a chave desativa a força da bateria do equipamento.

Força da bateria ativada.

VI FX-2111
ELETROCARDIÓGRAFOS

INTRODUÇÃO

A Eletrocardiografia é o método de registro dos potenciais elétricos produzidos em associação com


os batimentos cardíacos, através de um aparelho: o eletrocardiógrafo. Este capta, amplia e visualiza esta
atividade, confeccionando o eletrocardiograma. Após tentativas anteriores. Einthoven , considerado o pai da
eletrocardiografia, deu um impulso a este estudo. Desde então, inúmeros pesquisadores ampliaram os
conhecimentos sobre a eletrocardiografia, tanto por trabalhos empíricos , como experimentais. Hoje em dia,
ela constitui um dos métodos mais importantes no diagnóstico das cardiopatias e também de outros estados
mórbidos.

A compreensão dos fenômenos elétricos que dão origem aos vários acidentes registrados no ECG, é
relativamente fácil.Entretanto, deve-se ficar atnto ao fato de que a diferenciacão entre o normal e o
patplógico requer experiência na interpretação dos traçados.
Isto se deve ao fato de que somente uma parte dos conhecimentos eletrocardigráficos se fundamente em
correlações anátomo-clínicas e, nestes casos, a correlação nunca é perfeita.

- Princípio de Funcionamento:

O coração é o único dentre os músculos do corpo que possui a propriedade de contração rítmica
automática. Os impulsos que precedem a contração aumentam no sistema condutor do coração. Estes
impulsos resultam na excitação das fibras por todo o miocárdio. A formação do impulso e sua condução
produzem correntes elétricas fracas que se espalham por todo o organismo. A aplicação de eletrodos em
várias partes do corpo e sua posterior conecção a um aparelho de eletrocarfiografia permite registrar o ECG.

♥ Tipos de Aparelho:

Na eletrocardiografia moderna, dois tipos de aparatos são usados: o galvanômetro de fio e o


amplificador de rádio. O primeiro registra seu padrão em papel fotográfico que precisa ser revelado. O
segundo foi combinado diretamente com um registrador que é uma unidade móvel, compacta, leve e fácil de
operar, de forma que há muito menos chances de danificar o equipamento por erros técnicos de operação.
Também tem a vantagem adicional da produção de registro instantâneo, fornecendo material para análise
imediatada do clínico.

VII FX-2111
A observação osciloscópica do ECG é comumente usada em medicina clinica. Esta produz um
padrão eletrocardiográfico constante numa tela fluorescente que pode ser registrado pela conexão de um
aparato registrador. Estas peças são atualmente rotina em unidades coronárias, de tratamento intensivo e em
salas cirúrgicas.

Gravadores de eletrocardiografia pequenos podem ser conectados a pacientes para obtenção de


registros continuos durante o atendimento ambulatorial ou em repouso por um período de 24 horas.
Posteriormente a fita é revisada pelo médico, sendo de interesse principalmente no estudo de arritmias e
isquemias do miocárdio,.

Os ECGs podem ser transmitidos por telemetria ou via telefônica, permitindo monitoramento e
interpretações constantes ou temporárias por parte do clinico, mesmo a quilômetros de distâncias.

♥ Eletrofisiologia do Coração:

Os seguintes fatores estão envolvidos na geração de um ECG: (1) início da formação do impulso no
marcador de passo primário (nodo sinus); (2) transmissão do impulso através do sistema de condução
especializado do coração; (3) ativação (despolarização) do miocárdio atrial e ventricular e (4) recuperação
(repolarização) de todas as áreas acima. Para se compreender o ECG, é necessário o entendimento dos
potenciais intracelulares e de superficie.

- Potenciais intracelulares:

Se um eletrodo for colocado sobre a superficie de uma célula muscular em repouso e um segundo
eletrodo for colocado em outro local remoto, nenhum potencial elétrico será registrado devido a alta
impedância da membrana celular. Entretanto, se a membrana celular for penetrada por um eletrodo capilar,
um potencial de cerca de 90 milivolts (mV) será registrado. Este é o potencial de repouso da membrana
(PRM). O principal fator que determina o PRM é o gradiente de íons K através da membrana celular. A
concentração intracelular de K é de aproximadamente 150mEq/L. Para contrabalançar existe um gradiente
oposto de íons Na. Há uma concentração extracelular relativamente alta de Na, em comparação com a
intracelular. Este gradiente oposto não altera o PRM significativamente porque a membrana celular é menos
permeável ao sódio do que o potássio.

Quando se inicia a despolarização da célula muscular, ocorre uma mudança abrupta na


permeabilidade da membrana celular. Os íons sódio entram na célula e provocam um aumento súbito do
potencial intracelular para positividade. Este fato é associado com a migração de íons potássio para o
exterior. Em seguida a esta rápida fase de despolarização (fase 0), Há um retorno relativamente lento e
gradual do potencial intracelular ao PRM. Esta. é a fase de repolarização, que pode ser dividida em três
partes.

VIII FX-2111
1 – Um período inicial de repolarização,

2 – Um período platô de repolarização.

3 – O último período de repolarização, caracterizado por um retorno lento e gradual do potencial intracelular
ao PRM (que é a fase 4 ).

Diagrama do Potencial de Ação de Uma Célula Muscular Ventricular

Legenda:

PRM: potencial de repouso da membrana


0: despolarização
1,2,3: fases de repolarização
4: fase diastólica
dPA: duração do potencial de ação
PL: potencial de limite
PRA: período refratário absoluto
PRR: período refratário relativo
SN: período super normal

IX FX-2111
♥ Potenciais Elétricos Produzidos por um Miocárdio Normal:

Podemos chegar a um entendimento básico dos princípios envolvidos na interpretação do ECG, pelo exame
dos eventos fisiológicos e elétricos que ocorrem em experimentos realizados em feixes musculares isolados.
Como citado anteriormente, não há registro elétrico na superfície das células devido à sua alta impedância.
Quando um feixe muscular isolado é estimulado, a superfície da porção estimulada se torna eletricamente
negativa. Durante a passagem do estímulo por todo o feixe muscular, há um avanço progressivo da carga
negativa, enquanto que a parte do músculo ainda não alcançada pela carga é eletricamente positiva.

Potencial de Repouso e Célula Despolarizada:

Célula Muscular em Repouso Célula Muscular Despolarizada

Potencial Elétrico de Um Músculo em repouso e Estimulado:

Músculo em Repouso / Sem Deflexão

Músculo Estimulado

X FX-2111
♥ O Eletrocardiograma

O traçado (eletrocardiograma) dos potenciais elétricos de um feixe muscular estimulado é análogo a


um ECG unipolar. O eletrocardiograma é composto por duas partes: (1) despolarização, que é produzida
durante a passagem do estímulo e(2) repolarização, que é produzida quando o músculo retorna ao estado de
repouso.

- Despolarização:

A distribuição inicial do estímulo através do músculo é conhecida como despolarização. A direção na qual
um estímulo se espalha através do músculo e a posição do eletrodo em relação a distribuição do estímulo
determina a deflexão do traçado.

1- Em um único feixe muscular:

1a – Deflexão para Cima: a deflexão será para cima se o estímulo se espalhar na direção do eletrodo,
que esta colocado no polo positivamente carregado do feixe muscula.

Deflexão para cima

1.b – Deflexão para Baixo: a deflexão será para baixo se o estímulo se espalhar na direção contrária
do eletrodo, que esta colocado no polo negativamente carregado do feixe muscular.

Deflexão para Baixo

1.c – Deflexão Difásica: a deflexão será difásica se o eletrodo estiver colocado sobre a porção
mediana do feixe muscular. A deflaxão inicial será para cima, com o resultado do avanço da carga positiva; a
Segunda deflexão será para baixo, devido a passagem da carga negativa.

XI FX-2111
Deflexão Difásica

2 – Em um feixe muscular duplo:

2.a – Músculos de Mesmo Tamanho – se dois feixes musculares de tamanho aproximadamente igual
forem estimulados num ponto central, irá ocorrer um deflexão, positiva de mesma magnitude em ambas
extremidades.

Dois Feixes Musculares de Igual Tamanho

2.b – Músculos de Tamanhos Diferentes: se dois músculos de tamanhos acentuadamente diferentes


(análogo ao ventrículo direito e esquerdo) são estimulados de um ponto central, uma grande deflexão
positiva resultará da grande massa muscular, enquanto que uma pequena deflexão positiva seguida por uma
profunda deflexão negativa (ou uma total deflexão negativa) ocorrerá com o músculo de pequena massa.

Dois Feixes Muscular de Tamanhos Bem Diferentes

XII FX-2111
- REPOLARIZAÇÃO:

É o retorno do músculo estimulado ao estado de repouso.

1 – Da Direita para Esquerda: se a repolarização ocorrer na direção oposta da despolarização, a deflexão


será na mesma direção da produzida pela despolarização.

Despolarização da Esquerda para Direita

Repolarização Começando da Esquerda para Direita

Repolarização Completa

2 – Da Esquerda para Direita: se a repolarização ocorrer na mesma direção da despolarização, a deflexão será
oposta à produzida pela despolarização.

Despolarização da Esquerda para Direita

XIII FX-2111
Repolarização Começando da Esquerda para Direita

Repolarização Completa

XIV FX-2111
SUMÁRIO

1. DESCRICÃO GERAL .........................01 6 – LOCALIZAÇÃO DE


PROBLEMAS........................................... 28
2 – CONTROLES E INDICADORES
2.1 Parte Superior, Lado Direito / 7 - MANUTENÇÃO
Esquerdo, Painéis inferiores.................02 7.1 Autoteste ..............................................29
2.2 Painel de Operação ..............................05 7.2 Recarregando a Bateria........................32
7.3 Recomendações para Operação
3 – PREPARAÇÃO da Bateria / Substituição do
3.1 Instalação do Papel de Registro ...........07 Fusível de Força...................................33
3.2 Conexão do Cabo de Paciente 7.4 Limpeza e Desinfecção /
Preparação da Pele ...............................08 Precauções para Manuseio
do papel................................................34
3.3 Fixação do Eletrodo .............................09
3.4 Verificando antes
de Ligar o FX –2111............................11 8 - INSTALAÇÃO
3.5 Verificação antes da operação ............12 8.1 Local de Instalação /
Ambiente do Paciente ..........................35
3.6 Ligando e Desligando ..........................13
8.2 Conexão do Cabo de Força..................37

4 - OPERAÇÃO
9 – ESPECIFICAÇÕES ........................... 38
4.1 Operando nos Modos
Automático / Manual ...........................14
4.2 Registro Automático ............................15 10 – ACESSÓRIOS .................................. 40
4.3 Registro Manual...................................16
4.4 Registro de Entrada de Sinal................17 11 – ANEXO
4.5 Controle Automático de (Partes, peças componentes .......................43
Posição e Sensibilidade /
Reset Automático.................................19
4.6 Exemplos de Registro ..........................20

5 - PROGRAMAÇÃO
5.1 Como programar .................................24
5.2 Parâmetros programáveis # 1...............25
5.3 Parâmetro programáveis # 2 /
Iniciando os parâmetros .......................27

XV FX-2111
________________________________________________________________________________________________
1 – DESCRIÇÃO GERAL

O FX-2111 é um eletrocardiógrafo monocanal portátil automático ou manual. O desenho compacto e leve


permite o uso do FX-2111 para exames de ECG não somente no consultório, mas também em qualquer local
que você desejar.

O painel de operação simples permite operação rápida e fácil. A tecnologia de cabeça de impressão térmica
de alta densidade fornece registros de ECG nítidos e claros,

(CARACTERÍSTICAS)

♦ Registro automáticos com operação De um ♦ Operação na rede elétrica (CA) ou bateria


toque recarregável opcional.
Uma vez ajustados os parâmetros Permite portabilidade para qualquer local
Programáveis, você só precisa pressionar A quando Operado com a bateria recarregável
tecla START/STOP para obter um Registro (opcional) O circuito exclusivo de Carga
automático. Rápida no FX -2111 permiteà unidade
recarregar-se dentro de 3 horas
♦ Parâmetros Programáveis.
Diversos parâmetros podem ser Programados ♦ Operação em múltiplos idiomas
de acordo com a Necessidade do usuário (O O FX-2111 pode exibir e registrar em 7
filtro Muscular pode ser ligado ou desligado, idiomas diferentes: Inglês, Alemão, Francês,
a Duração do registro pode ser ajustada Pelo Italiano, Espanhol, Chinês (Pequim,Taipei) E
número de marcas, segundos, Números de Japonês.
batimentos etc.)

♦ Dois tipos de papel de registro podem Ser


usados.
Pode-se utilizar papel tipo Z-fold
(dobrado em Z) ou rolo, com 63 mm ou 50
mm de Largura (opcional)

Aparência Externa

1 FX-2111
________________________________________________________________________________________________
2 – CONTROLES E INDICADORES 2.1 Painéis Superior, da Direita/Esquerda/Inferior

CUIDADO - Para reduzir o risco de choque elétrico, não retire a tampa.


Consulte uma pessoa qualificada para o serviço.

2 FX-2111
________________________________________________________________________________________________
CONTROLES E INDICADORES 2.1 Painéis Superior, da Direita/Esquerda/Inferior

c Visor: Indica as condições de registro. Modo, derivação etc, e as condições do programa.

d Painel de Operação: Teclas de função para operação do instrumento (Veja página 5,6)

e Depósito do Papel: Guarda o papel de registro

ADVERTÊNCIA – Somente equipamentos tipo CF classe I que estiver de acordo com a Publicação
IEC relevante pode Ser conectado ao FX-2111. Em caso de dúvida, contate seu
representante técnico.
A entrada de sinal não é isolada. Leia a “Corrente de Dispersão”na seção de
Segurança, antes de Operá-lo.

f Terminal de entrada de sinal: permite a entrada de sinal externo 10mm/0.5V.

ADVERTÊNCIA – O FX-2111 é projetado para adequar-se aos requisitos da IEC para o tipo CF Classe
I. A proteção contra desfibrilação só é disponivel quando usada com o cabo de
paciente adequado. Certifique-se de usar o cabo opcional CP – 101LD, CP –
101TD ou CP – 101JD ao usar o aparelho com um desfibrilador. Observe os
acessórios na parte posterior deste manual para utilizar o cabo apropriado.

g Conector do Cabo do Paciente: Ligue o cabo de paciente aqui.

ADVERTÊNCIA – O FX-2111 é um aparelho tipo Classe I. A força principal CA deve ser conectada a
uma fonte de energia principal correta.

h Conector do Cabo de Força: O cabo de força CA é conectado aqui.

i Chave de Força: Empurre para o lado “ | “ para ativar a força CA.

ADVERTENCIA – Ao usar o aparelho juntamente com outro aparelho, deve-se Ter cuidado com a
corrente total de dispersão para todos os instrumentos (Veja “Corrente de
Dispersão”na Seção de Segurança”).

3 FX-2111
_______________________________________________________________________________________
CONTROLES E INDICADORES 2.1 Painéis Superior, da Direita/Esquerda/Inferior

j Terminal de Equalização de Terra: Quando usado com outros instrumentos, ligue ao condutor de
terra comum (Veja “Conexão do Cabo de Força”na Seção de Instalação).

k Compartimento da Bateria Recarregável: A bateria recarregável opcional é instalada neste


compartimento.

ADVERTÊNCIA – Para proteção contínua contra perígo de incêndio, substitua os fusíveis somente por
outros do mesmo tipo e classificação.

l Porta Fusível: Os fusíveis para força CA são instalados aqui.

4 FX-2111
_______________________________________________________________________________________
CONTROLES E INDICADORES 2.2 Painel de Operação

5 FX-2111
________________________________________________________________________________________________
CONTROLES E INDICADORES 2.2 Painel de Operação

1 Seleção das Derivações: Seleciona a derivação a ser registrada no modo Automático ou Manual. No
modo de programa, essas teclas são usadas para mudar os ajustes do
programa.

2 Modo Seleciona os modos Automático, manual ou de Programa quando a unidade


não esta registrando. Se esta tecla for mantida pressionada durante o registro
Automático, o condutor de corrente continuará a ser registrado até que esta
tecla seja solta. Se esta tecla for mantida pressionada durante o registro
Manual, a função em operação será registrada até que esta tecla seja solta.

3 Sensibilidade: Seleciona a amplitude do ECG de 5,10, 20mm/mV, AUTO1 ou AUTO2


quando a unidade não estiver registrando. (Veja item “4,5”na seção de
OPERAÇÃO, para descrição de AUTO1 e AUTO2).

4 Start/Stop : Pressione para iniciar o registro no modo Automático ou Manual.


(Iniciar/Parar) Pressione outra vez para parar o registro no modo Automático ou Manual.

5 1mV Aplica um pulso de calibração de 1mV durante o registro Automático ou


Manual. No modo de Programa, esta tecla é usada para mudar o item do
programa.

6 - Reset Volta o ECG instantaneamente para a linha de base de referência quando esta
chave é colocada no modo Automático ou Manual. Se esta tecla for
pressionada no modo Automático, o registro será encerrado.

7 Bateria Desliga a unidade quando ligada à bateria recarregável. Esta tecla também é
Desligada (OFF) usada para Lançar o “Modo de carga”quando a força CA for conectada.

8 Baterial Liga a bateria da unidade a partir da bateria recarregável. Esta chave é usada
Ligada (ON) também para voltar à operação normal do “Modo de Carga”.

6 FX-2111
________________________________________________________________________________________________
3. PREPARAÇÃO 3.1 Instalação do Papel de Registro

O FX-2111 permite selecionar dois tipos de papel de registro. Papel em rolo ou Z-Fold (dobrado em Z) com
63 mm ou 50 mm (opcional) de largura.

CUIDADO:
• É necessário usar adaptador exclusivo (opcional) para papel com 50mm de largura.
Se você pretende usar papel com 50 mm de largura, contate seu Representante Técnico mais
próximo.
• É necessário programar a unidade para o papel correto. (Veja item “5.3”na seção de
PROGRAMAÇÃO).

7 FX-2111
PREPARAÇÃO 3.2 Conexão do Cabo de Paciente / Preparação da Pele

• ..Conexão do Cabo de paciente.......................................................................................................................

Ligue o cabo de paciente ao conector do aparelho

ADVERTÊNCIA – O FX-2111 é projetado para adequar-se aos requisitos da IEC para o tipo CF Classe
I. A proteção contra o desfibrilador só é disponível quando usado com o cabo
adequado de paciente. Certifique-se de usar o cabo opcional CP - 101LD, CP –
101TD ou CP – 101JD ao usar com um desfibrilador.

• ..Preparação da pele ........................................................................................................................................

Antes da aplicação dos eletrodos, a pele do paciente deve estar limpa para fornecer uma boa
superficie de contato.

Para limpeza do eletrodo


Limpe as partes dpo eletrodo com uma gaze embebida em álcool para remover o excesso de
poeira e células mortas de pele.

Partes do eletrodo com sujeira aumentarão a resistência de contato e farão uma linha de base
instável para o ECG.

Use Creme (KERATIN CREAM)...

O uso do creme KERATIN promove condutividade ao eletrodo. Esfregue o creme


KERATIN em cada local (na pele) onde os eletrodos serão aplicados. Tome precauções
quanto às posições dos eletrodos no tórax, de maneira que não existam percursos condutivos
proporcionados pelo próprio creme.

ADVERTÊNCIA - Os braços e pernas do paciente não devem estar em contato com as


paredes, outros instrumentos ou quaisquer superfícies condutivas.
Perigo de choque ao paciente.

8 FX-2111
PREPARAÇÃO 3.3 Fixação do Eletrodo

A instalação dos eletrodos é uma das técnicas mais impoetantes para obter bons registros de ECG. Siga as
instruções abaixo para garantir bom contato elétrico e a fixação adequada dos eletrodos.

(1) Fixação dos Eletrodos nos Membros


Os eletrodo dos membros devem ser colocados a Vários
centímetros dos pulsos e tornozelos conforme mostrado
no diagrama à esquerda.

Vários centímentos acima do pulso

Vários centímentos acima do tornozelo

(2) Fixação dos Eletrodos no Tórax


A figura à esquerda indica o posicionamento adequado
dos eletrodos no tórax (V1 a V6). Se estiver usando
eletrodos com copo de sucção, certifique-se de limpa-los
completamente antes e depois de cada uso.

Posição dos Eletrodos no Tórax.

9 FX-2111
PREPARAÇÃO 3.3 Fixação do Eletrodo

(3) Códigos de Cores

A extremidades dos fios condutores, no cabo de paciente, são codificadas em cores e identificadas por letras,
conforme ilustrado na tabela abaixo.

Prenda os fios condutores coloridos corretamente aos eletrodos, nos locais relacionados na seguintes tabela:

Posição do
eletrodo
Braço Braço Perna Perna
V1 V2 V3 V4 V5 V6
Tipo de direito esquerdo esquerda direita
cabo do
paciente
Cor da Marrom/ Marrom/ Marrom Marrom Marrom Marrom
Branco Preto Vermelho Verde
ponta Vermelho Amarelo Azul Azul Laranja Violeta
CP-101LD
Símbolo RA LA LL RL V1 V2 V3 V4 V5 V6

Cor da Branco/ Branco/ Branco Branco Branco Branco


CP-101JD Vermelho Amarelo Verde Preto
Ponta Vermelho Amarelo Verde Marrom Preto Violeta

CP-101TD Símbolo R L F N C1 C2 C3 C4 C5 C6

ADVERTÊNCIA – Certifique-se de que as partes condutivas dos eletrodos, fios de chumbo E quaisquer
outros conectores associados, não estejam em contato com Qualquer superficie
condutiva.
Perigo de choque elétrico.

10 FX-2111
PREPARAÇÃO 3.4 Verificando Antes de Ligar o FX-2111

Antes de ligar o FX-2111, os seguintes itens devem ser examinados para garantir a segurança do paciente e
fornecer um bom registro, livre de interferências.

(1) Verifique o ambiente do exame.


• O ambiente do exame deve ser livre de interferência potencial de outros dispositivos. Equipamento
de raio-X, acessórios de lâmpadas fluorescentes e leitos acionados eletricamente Podem causar
interferências.
• A temperatura ambiente deve ser no mínimo 22oC com umidade relativamente baixa.
• O paciente deve estar confortavelmente quente para evitar calafrios que podem causar interferência
muscular desnecessário.

(2) Verifique o cabo de força


• Certifique-se que o plug esteja preso e sem folgas.
• Certifique-se que outros cabos não estejam em contato com o cabo de força.

(3) Verifique a condição do cabo de paciente


• Certifique-se que o plug esteja preso e sem folgas.
• Certifique-se que o cabo de paciente não esteja em contato com o cabo de força
• Verifique se cada fio de chumbo esta conectado ao eletrodo adequadamente.

(4) Verifique a condição dos eletrodos


• Verifique se os eletrodos estão limpos
• Certifique-se que a pele do paciente esteja preparada e o creme de eletrodo devidamente aplicado.
• Se estiver usando eletrodo de braço, certifique-se que estejam presos e sem folgas.
• Eletrodos velhos e novos, ou de diferentes tipos não devem ser usados.
• os eletrodos de tórax estão colocados na posição devida, sem contato um com o outro.

(5) Verifique a condição do Paciente


• Certifique-se que paciente esteja confortável e em uma posição reclinável.
• Verifique se o paciente esta relaxado e não esta sofrendo nenhum esforço físico.
• Certifique-se que o paciente não esteja falando ou se movimentando.
• Verifique se os braços ou pernas do paciente não estão tocando nas paredes, outros dispositivos ou
qualquer superficie condutiva.

(6) Verifique outros itens


• Se estiver operando com força da bateria, verifique se a bateria esta suficientemente carregada.
• Certifique-se que existe papel de registro, no compartimento, em quantidade suficiente para
completar o teste.

11 FX-2111
PREPARAÇÃO 3.5 Verificação Antes da Operação

(1) Verifique se a marca da bateria no visor esta piscando (quando operado na bateria)

Se a marca da bateria estiver piscando, a força da bateria esta. quase no fim.


Você deve recarregar o mais cedo possível depois que a marca da bateria começar a piscar.

(Veja “Recarregando a bateria”na seção de manutenção).

(2) Verifique se o aparelho esta operando normalmente

Execute a função de TESTE TOTAL no modo de autoteste e verifique se o instrumento esta operando
normalmente.

(Veja “Autoteste” na seção de Manutenção.

(3) Verifique se o Modo, Sensibilidade, Seleção das Derivações e os ajustes do programa são
apropriados para seu objetivo de exame.

A mudança do Modo, Sensibilidade ou Seleção das Derivações é executada pressionando “MODE”,


“SENSITIVITY”e a tecla ½ ou ¾, respectivamente.

A mudança de ajuste do programa é executada no modo de programa.

(Veja capítulo sobre “Programação”).

12 FX-2111
PREPARAÇÃO 3.6 Ligando e Desligando

Ligue ou desligue de acordo com a fonte de força indicada abaixo.

Ligando (ON)

Tomada da Rede Elétrica – CA


Pressione o lado “ / “ da chave de força, na lateral
direita do painel.

Bateria Recarregável (Opcional)


Pressione a tecla da b ateria no painel de operação

Desligando (OFF)

Tomada da Rede Elétrica – CA


Pressione o lado “O “da chave de força no painel direito.

Bateria Recarregável (Opcional)


Desligue a tecla da bateria no painel de operação.

OBSERVAÇÃO :
• Se a tecla de desligamento (OFF) da bateria for
pressionada durante a operação CA, o instrumento
será colocado no modo de carga .(Veja
“Recarregando Bateria”na seção manutenção).
• Ao operar com energia da bateria, o aparelho se
desligará automáticamente depois de
aproximadamente 4 minutos se nenhuma tecla for
acionada ou se o registro não estiver ocorrêndo.

Uma vez ligada a força, as mensagens mostradas à


esquerda à esquerda aparecerão no visor.
Depois de aproximadamente 4 segundos, o aparelho é
colocado no modo Automático ou manual e esta pronto
para registrar.

OBSERVAÇÃO: O modo de registro e a Sensibilidade


são mantidos na memória durante a fase desligada. Esses
Ajustes, com a força ligada, serão os mesmos do último
desligamento.

13 FX-2111
4. OPERAÇÃO 4.1 Operando nos Modos Automático/Manual

1- Modo de Registro O modo de registro atualmente selecionado é indicado.


AUTO = Modo Automático
MANUAL = Modo manual
A mensagem “Auto”ou “Manual”pisca durante o registro

2- Derivação É indicado I, II, III, aVR (-a VR), aVL, aVF, V1 ~V6 ou TEST (STD). O
registro começará com a derivação indicada.

3- Marca de derivação Aparece quando a tecla MODE é mantida pressionada durante o registro
Automático.
O registro da derivação atual continuará enquanto esta marca for exebida.

4- Marca de reset Aparece quando a tecla de RESET é pressionada.

5- Filtro “FILT”aparece para indicar que o filtro CA, ou filtro muscular ou ambos –
estão ativados no programa do sitema.

6- Sensibilidade É indicado 1,2, ½, AUTO 1 ou AUTO2


Quando AUTO1 ou AUTO2 é indicado, a sensibilidade é automaticamente
controlada.
(Veja item “4. 5”da seção de Operação).

7- Marca de ritmo Flashes em sincronização com o complexo ECG

8- Frequência cardíaca Indicação de frequência cardíaca(de 29 a 241 batidas por minuto).


Se nada for exibido, o ritmo é abaixo de 29. ‘HIGH” é exibido se o ritmo for
acima de 241.

OBSERVAÇÃO – O sistema de ECG não pode contar com precisão o ritmo


cardíaco e pode interpretar erroneamente a arritmia dependente do ritmo em
alguns pacientes com marca-passo. Não confie totalmente no ritmo cardíaco
exibido para avaliar a condição de um paciente com marca-passo.

9- Marca da bateria Aparece quando o aparelho é acionado pela bateria recarregável.

CUIDADO – A marca da bateria piscará se a força dela estiver


fraca.Recarregue-a o mais rápido possível.

14 FX-2111
OPERAÇÃO 4.2 Registro Automático

As derivações do ECG no modo Padrão ou cabrera Podem ser


registradas automáticamente de acordo com a condição pré-
ajustada.

c-Pressione a tecla MODE até aparecer a indicação


“AUTO”na parte superior esquerda do visor.

d-Selecione a derivação desejada a registrar com a


Tecla ½ ou ¾.
(Ao selecinar as derivações TESt (ST), você pode registrar
todas as 12 derivações.

e- Pressione a tecla START/STOP


O aparelho começará a fazer o registro e o modo
selecionado começará piscar.
O aparelho cessa o registro automáticamente quando a
última derivação for impressa. Se você quiser parar o
registro antes disto, pressione a tecla START/STOP outra
vez.

OBSERVAÇÃO: • Se você quiser parar de registrar por qualquer razão (derivação desligada ou
excessivo Desvio da linha de base etc.), pressione a tecla START/STOP ou a
tecla RESET. O aparelho para de registrar.
• Para começar a registrar outra vez, pressione a tecla START/STOP
• Se quiser registrar a mesma derivação continuamente (para registrar um caso
arrítmico como no exemplo 3), mantenha a tecla MODE pressionada. A
derivação atual continuará a ser registrada até você soltar a tecla de MODO.
• Você pode mudar manualmente a derivação que esta sendo registrada, com a
tecla ½ ou ¾ em qualquer ocasião.
• Você pode mudar a sensibilidade da derivação que esta sendo registrada com a
tecla SENSITIVITY a qualquer ocasião. (Se o aparelho estiver no modo
AUTO1 ou AUTO2, a sensibilidade não mudará.
• Pode-se aplicar uma forma de onda de calibração com a tecla 1mV a qualquer
tempo durante o registro.

15 FX-2111
OPERAÇÃO 4.3 Registro Manual

Para se obter o registro de uma derivação Específica, tanto no


modo Padrão ou Cabrera, utilize-se da Condição manual
conforme instruções abaixo:

c-Pressione a tecla MODE até aparecer a indicação


“MANUAL” No canto superior esquerdo do visor.

d-Selecione a derivação a ser registrada com a tecla ½ ou ¾

e-Pressione a tecla STAR/STOP


O aparelho começará a fazer o registro e o modo
selecionado Começará a piscar. Para parar de registrar,
pressione a tecla START/STOP outra vez.

OBSERVAÇÃO: • Você pode mudar a derivação que esta. sendo registrada com a tecla ½ ou ¾ em
Qualquer ocasião.
• Você pode mudar a sensibilidade da derivação com a tecla SENSITIVITY em
Qualquer ocasião. A Sensibilidade de 1,2 e ½ pode ser selecionada nesta ordem,
toda Vez que a tecla SENSITIVITY for pressionada. (Você não pode mudar a
sensibilidade Para AUTO1 OU AUTO2 durante o registro).
• Você pode voltar o ECG à linha de base de referência pressionando a tecla
RESET a Qualquer ocasião durante o registro.
• Pode-se aplicar uma forma de onda de calibração com a tecla 1mV a qualquer
tempo Durante o resgistro
• Você pode aplicar um traço, uma linha preta e grossa, na base do papel
termosensível A qualquer ocasião durante o registro, de maneira a fazer uma
identificação no ECG.
O traço será aplicado enquanto se mantiver a tecla MODE pressionada.

16 FX-2111
OPERAÇÃO 4.4 Registro de Entrada de Sinal

ADVERTÊNCIA – Somente equipamentos tipo CF classe I que estejam de acordo com a Publicação
IEC Relevante pode ser conectado ao FX-2111. Em caso de dúvida, contate seu
Representante técnico. A entrada de sinal não é isolada. Leia “Corrente de Fuga”na
Seção de SEGURANÇA antes de usar.

O FX-2111 pode registrar um sinal externo quando conectado


adequadamente ao terminal de Entrada de Sinal.

c-No modo de programa, selecione “10. SIGNAL INPUT


RECORDING = SIG or SIG+R”.
d - Pressione a tecla MODE até aparecer ‘MANUAL” na
parte superior esquerda do visor.
e- Selecione “SIG”ou SIG+R”como derivação de registro
com a tecla ½ ou ¾ (Veja abaixo para definições de SIG e
SIG+R)
f- Pressione a tecla START/STOP. O registro começará e o
modo selecionado piscará.
g-Pressione a tecla START/STOP outra vez para interromper
o registro.

OBSERVAÇÃO: • O ganho da forma de onda da Entrada de Sinal é fixado em 10mm/0.5V.


• O filtro CA e o filtro muscular não são efetivos, embora possam Ter sido ligados
no modo de programa.
• A forma de onda de calibração de 1m V será aplicada à forma de onda do sinal de
entrada.

(1) SIG (Forma de onda de Entrada de Sinal)

O FX-2111 registra apenas a forma de onda de


entrada do sinal. Neste modo, a posição de controle
automático só será aplicada à forma de onda (SIG)
se estiver ajustado para “ON” neste item do
programa. Caso ocorra algum desalinhamento do
ECG, pressione a tecla RESET para corrigir a
posição da linha de base.

17 FX-2111
OPERAÇÃO 4.4 Registro de Entrada de Sinal

(2) SIG+R (Forma de onda de entrada de sinal + Derivação)

O FX-2111 Registrará tanto a forma de onda de


entrada de sinal como a derivação de ritmo
selecionados no modo de programa. Neste modo, o
controle automático de posição não é aplicado
mesmo que ele tenha sido ligado no modo de
programa.

18 FX-2111
OPERAÇÃO 4.5 Controle Automático de Posição e Sensibilidade/ Reset Automático

♦ Controle Automático de Posição e Sensibilidade........................................................................................

O FX-2111 possui uma função que controla automáticamente a posição de registro e a amplitude do ECG.

Conteúdo
Função Ajuste
Modo Automático Modo Manual
Controle Selecione no A posição de linha de base é O registro começa com uma
Automático da modo de ajustada de modo que a forma posição fixa para que a forma de
Posição Programa de onda possa ser registrada onda seja registrada no centro da
no centro da área válida de área válida de registro depois de
registro antes de iniciálo iniciá-lo
Controle Selecione A sensibilidade é ajustada de O registro começa com a
Automático de AUTO1 com a modo que a forma de onda sensibilidade ajustada para 1. Se a
Sensibilidade 1 tecla possa ser registrada dentro da forma de onda for muito grande, a
SENSITIVITY área válida de registro antes de sensibilidade é reduzida de modo
antes de registrar Iniciá-lo que a forma de onda possa ser
Controle Selecione O registro começa com a registrada dentro da área válida de
Automático de AUTO2 com a sensibilidade ajustada para 1. registro depois de iniciá-lo
Sensibilidade 2 tecla Se a forma de onda não puder
SENSITIVITY ser registrada dentro da área
antes de registrar válida de registro, o registro
completará a duração
programada e começará a
registrar outra vez com a
sensibilidade ajustada
automáticamente.

OBSERVAÇÃO – No modo Automático o FX-2111 requer aproximadamente2 segundos para determinar a


posição e a sensibilidade adequadas após acionamento da tecla START/STOP

♦ Reset Automático...........................................................................................................................................

O FX-2111 possui uma função de recomposição (reset) automática para recuperar rapidamente os
registros ECG, caso seja lançado um sinal excessivo. No modo Manual, se a forma de onda estiver fora
da faixa da área válida de registro para um período fixo de tempo. O instrumento se recompõe
automáticamente.

19 FX-2111
OPERAÇÃO 4.6 Exemplos de Registro

• Registro Automático – Exemplo 1

Ajustes de Programa

Sens. = AUTO1 P.Start = ON Modo de Registro = SEC


Veloc. = 25mm/s Form. Derivações = STANDARD (Padrão) Duração do registro = 3
Filtro = OFF (desligado) Formato do registro = NORMAL Título ident = OFF
Posição Automática = ON
(Ligado)

• Registro Automático – Exemplo 2

Ajustes do Programa

Sens = AUTO 2 P.Start = OFF Modo de Registro – SEC


Veloc.= 25mm/s Form. Derivações = STANDARD (Padrão) Duração do registro = 3
Formato do registro = NORMAL Título ident.= OFF
Filtro = OFF (desligado)
Posição Automática = OFF
(desligado)

20 FX-2111
OPERAÇÃO 4.6 Exemplos de Registro

• Registro Automático - Exemplo 3

Ajustes do Programa

Sens. = 1 P.Start = ON Modo de Registro = QRS


Veloc. = 25mm/s Form. Derivações = STANDARD(Padrão) Duração do registro = 3
Filtro = ON (Ligado) Formato do registro = NORMAL Título ident = OFF
Posição Automática = ON
(Ligado)

21 FX-2111
OPERAÇÃO 4.6 Exemplos de Registro

• Registro Automático – Exemplo 4

Ajustes do Programa

Sens = AUTO 1 P. Start = ON Modo de registro = MARK


Veloc. = 25mm/s Form. Derivações = STANDARD (Padrão) Duração do registro = 1
Filtro = ON (ligado) Formato do registro = SPECIAL Título ident = ON
Posição Automática = ON (Especial)
(Ligado)

Dados do Paciente – Tít. De Ident. (ID)

OBSERVAÇÃO – O formato “SPECIAL, onde a sequência de registro muda automáticamente na sequência


acima, garante fácil supervisão sobre o relatório médico. Isto se aplica também as
derivações tipo Cabrera.

22 FX-2111
OPERAÇÃO 4.6 Exemplos de Registro

• Exemplo de Registro Manual

Ajustes do Programa

Sens = AUTO 1 Formato das derivações = STANDARD (Padrão)


Veloc. = 25mm/s Título de ident = ON
Filtro = ON (Ligado)
Posição Automática = ON
(ligado)

Sensibilidade Formato de onda Seleção da derivação Marca de evento com


automática de calibração com a tecla ¾ com a tecla de MODO
E controle de Com acionamento
posição de tecla de 1mV

23 FX-2111
5. PROGRAMAÇÃO 5 .1 COMO PROGRAMAR

O FX-2111 permite a programação de várias funções


Formatando os registros e operações, de maneira a atender
às necessidades específicas do usuário. O equipamento é
fornecido pela fábrica com certas condições de operação
ausentes, já pré-programadas. Siga os passos abaixo para
reprogramar os ítens para seus fins específicos. Uma vez
alterado, o programa é gravado na unidade de memória e
permanecerá desta maneira até o desligamento da força. Os
parâmetros programáveis são classificados em itens gerais e
manutenção.

• Como Programar (Itens Gerais)


c-Apertar a tecla “MODE” até o primeiro item geral
aparecer.

d-Selecionar o item que você deseja alterar pressionando as teclas


“RESET” ou 1mV”.

e- Mudar a seleção com as teclas ½ ou ¾

f-Apertar a tecla “MODE” para sair da programação e o aparelho


ficará no Modo de Operação Automático.

• Como Programar (Itens de Manutenção)


c-Selecionar “MANUTENÇÃO” dos itens gerais e apertar
a tecla “ START / STOP”

d-O aparelho entra no modo de programação para


manutenção com o primeiro item demonstrado. Agora
você pode programar os itens de manutenção da mesma
forma que os itens gerais.
e-Apertar a tecla “MODE”para sair da programação e o
aparelho retornará ao modo de programação para os itens
gerais. Apertar a tecla “MODE “, novamente para
retornar ao Modo de Operação automático.

24 FX-2111
PROGRAMAÇÃO 5.1 Parâmetros Programáveis # 1

 Parâmetros Programáveis 1 (Itens Gerais)

As seleções em negrito são as Condições Ausentes

No. PARÂMETROS SELEÇÃO OBSERVAÇÕES


01 AC FILTER ON OFF Elimina a interferência AC no
(FILTRO AC) ECG
02 MUSCLE FILTER ON OFF Elimina a interferência EMG no
(FILTRO MUSCULAR) ECG
03 AUTO POSITION ON OFF Controla a posição de registro do
(POSIÇÃO AUTOMÁTICA) ECG
04 P-WAVE START ON OFF O registro inicia imediatasmente
(INÍCIO ONDA –P) antes da onda – P
05 LEAD FORMAT STANDARD CABRERA Padrão de 12 derivações ou
(FORMATO DE GRAVAÇÃO) Cabrera
06 ECG RECORDING FORMAT NORMAL SPECIAL Formato padrão ou Especial
(FORMATO DE REGISTRO
DO ECG
07 RECORDING MODE MARK SECOND QRS Marca (página) / Segundos / QRS
(MODO DE REGISTRO POR)
08 RECORDING LENGTH 1 2 3 4 5 6 7 8 9 Comprimento do registro de
(COMPRIMENTO DO acordo com o modo anterior.
REGISTRO
09 RECORDING SPEED 25mm/s 50mm/s Velocidade de impressão
(VELOCIDADE DE
REGISTRO)
10 SIGNAL INPUT OFF SIG SIG+R Seleciona a forma de registro do
RECORDING sinal de entrada.
(REGISTRO DO SINAL
PRODUZIDO)
11 RHYTHM TEST (STD) I ~aVR II Seleciona entre I ~aVR e TEST
(RITMO) (STD)
12 PATIENT DATA ON OFF Imprime os campos: “NAME”
(DADOS DO PACIENTE) (Nome), “ID”(Identificação)
ÄGE”(Idade) e “SEX”. (sexo).
13 PAPER FEED ON OFF A justa o papel para registro do
(ALIMENTAÇÃO DE PAPEL) ECG no início da página
14 QRS BEEP ON OFF Som sincronizado com a onda R
(BIP DO QRS
15 KEY CLICK ON OFF Emite som em cada toque de tecla.
(BIP DA TECLA)
MAINTENANCE Quando selecionado entra no modo de programação para itens de
(MANUTENÇÃO) manutenção, pressionando-se a tecla START / STOP.

25 FX-2111
PROGRAMAÇÃO 5.2 Parâmetros Programáveis # 1

*1 – Veja página 19.

*2

Padrão I II III AVR aVL AVF V1 V2 V3 V4 V5 V6

Cabrera aVL 1 -aVR II aVF III V1 V2 V3 V4 V5 V6

*3 Formato Padrão: Registra de acordo com a sequência da tabela acima.


Formato Especial: Veja página 22.

*4 Se for utilizado papel em rolo com “MARK” (marca) selecionado, a mensagem de erro “CHECK
PAPER”(Verificar papel) aparecerá após o inicio do registro. O registro será feito no modo de registro
“SECOND”(segundo) com o comprimento de gravação “3 “.

*5 Veja página 17 / 18

26 FX-2111
PROGRAMAÇÃO 5.3 Parâmetros Programáveis # 2 / Iniciando os Parâmetros

 Parâmetros Programáveis 2 (Itens de Manutenção).

No. PARÂMETROS SELEÇÃO OBSERVAÇÕES


AC FILTER FREQUENCY 50Hz 60Hz Seleciona a frequência AC
01
(FREQUÊNCIA AC)
PAPER WIDTH 50mm 36mm Seleciona o papel a ser utilizado
02
(LARGURA DO PAPEL)
LANGUAGE Seleciona o idioma a ser
03 (IDIOMA) ∗ utilizado no visor e na
impressão.
PROGRAM Inicializa todos os parâmetros da programação geral para o
INITIALIZATION formato de fábrica, quando a tecla START/STOP é acionada
nesta função (veja página 25)
(INICIANDO O PROGRAMA)
SELF TEST Quando acionada a tecla START/STOP, realiza um auto teste no
(AUTO TESTE) aparelho.

∗ Inglês, Alemão, Francês, Italiano, Espanhol, Chinês (Pekin), Chinês (Taipei), Japonês
*1 Chinês (Pekin e Taipei) e Japonês somente para as anotações no registro. Quando forem selecionados, a
tela estará em inglês.

*2 Refere-se ao item “Auto Teste”da seção de Manutenção.

ADVERTÊNCIA – Quando usar papel de 50mm, verificar-se a seleção “PAPER WIDTH”esta.


corretamente ajustada para 50 mm. Caso não esteja, podem ocorrer falhas ou danos na
cabeça da impressora térmica.

 Inicializando os Parâmetros

c-Entre no modo de programação e selecione MAINTENANCE


(Manutenção).

d-Aperte as teclas “RESET” ou “1mV”até a mensagem “PROGRAM


INITIALIZE” aparecer.

e-Apertar a tecla “START / STOP”.Todos os parâmetros do programa


geral serão inicializados conforme padrão de fábrica (indicados
como seleções sombreadas na página 25) e a tela inicial aparecerá.

27 FX-2111
6. LOCALIZAÇÃO DE PROBLEMAS

O FX-2111 detectará determinados erros e fornecerá uma mensagem de erro no visor. Essas
mensagens e as ações corretivas são descritas abaixo.

Mensagens Causa Provável e Ação Corretiva

Nenhuma marca de papel foi detectada. Altere para papel


tipo “Z-fold” (dobrado em Z) ou altere o modo de
registro para ‘SECOND”ou “QRS” no modo de
programa.

O compartimento de papel esta vazio ou a tampa do


depósito de papel não esta totalmente fechada. Insira um
novo papel termosensível ou feche o depósito de papel
firmemente.

A bateria precisa ser recarregada. Recarregue a bateria


imediatamente. Se a operação continuar, o aparelho
automáticamente será desligado.

A resistência elétrica entre o paciente e os eletrodos é


muito grande para fornecer os sinais adequados.
Verifique se os eletrodos estão fazendo bom contato com
a pele e substitua se necessário.

Se as seguintes mensagens aparecer no visor, desligue o


aparelho, e entre em contato com seu representante
técnico mais próximo.

CAUSAS

A bateria interna que fornece a memória de reserva para


os parâmetros do programa esta esgotada (sem carga), ou
o aparelho pode Ter uma falha na memória.

A impressão térmica esta superaquecida, ou um


problema fatal pode ter ocorrido no aparelho.

28 FX-2111
7. MANUTENÇÃO 7.1 Auto Teste

O FX-2111 contém um modo de auto teste embutido para verificar as funções do aparelho, dentro dos limites
normais

O AUTOTESTE contém os seguintes itens:

1. TESTE TOTAL CUIDADO – As funções de teste 8 e 9 são


2. TESTE DE SENSIBILIDADE principalmente para serviço pessoal. A
3. TESTE DA CONSTANTE DE TEMPO inicialização desses itens fará com que
4. TESTE DE IMPRESSÃO a programação retorne às configurações
5. TESTE DO REGISTRADOR de fábrica não recomendamos que esse
6. TESTE DO LCD testes sejam executados, exceto pelo
7. TESTE DE TECLA serviço de assistência técnica.
8. TESTE DE ESTADO
9. TESTE DE DESLIGAMENTO
AUTOMÁTICO

Depois de ligar a força, execute o TOTAL TEST para certificar-se de que o aparelho funciona dentro dos
limites especificados. Se houver qualquer item que esteja fora dos limites especificados, contate o seu
representante técnico mais próximo.

♦ Auto teste........................................................................................................................................................

c- Selecione MAINTENANCE (Manutenção) no Modo de


programa.
d- Use a tecla RESET ou 1mV para selecionar o modo SELF
TEST (Auto teste).
e- Pressione a tecla START/STOP para acionar o modo
SELF TEST. O primeiro item de teste será exibido
f- Use a tecla RESET ou 1mV, para selecionar o item a
executar no Auto teste
g- Pressione a tecla START/STOP no item Requerido para
iniciá-lo.
h- Os itens de 1 a 6 irão automáticamente para a conclusão
do auto teste.
Quando a tecla START/STOP é pressionada durante um
autoteste, a função de teste Cessa.
Para o item 7, KEY TEST, é necessário pressionar a tecla
START/STOP duas vezes para encerrar o teste.

29 FX-2111
MANUTENÇÃO 7.1 Auto Teste

Cada item de teste te um critério de julgamento. Esses itens examinados e confirmados no autoteste
são descritos abaixo.

No. Item de Teste Critério de Julgamento


1 TOTAL TEST Os itens de teste de 2 a 6 são executados automáticamente
(TESTE TOTAL)
SENSITIVITY TEST Uma forma de onda é registrada numa sensibilidade de ½, I e 2. Verifique a
altura do pulso de teste conforme mostrado abaixo. A tolerância é de +- 5%.

2 (TESTE DE
SENSIBILIDADE)

TIME CONSTANT Uma curva da constante de tempo é iniciada no amplificador e é registrada


TEST por 5 Segundos. A tolerância é para o aparelho estar dentro da faixa de 3.2
segundos + 20%, -O%. Verifique o diagrama abaixo. Verifique as marcas
3 (TESTE DA de tempo. A medição de 3.7mm (amplitude) da linha de base representa
CONSTANTE DE uma queda de 63% da amplitude máxima de 10mm. Esta é uma constante
TEMPO) de tempo.

Marca de tempo

PRINT TEST Conforme indicado na figura abaixo, o teste de impressão usa os caracteres
usados neste aparelho. Verifique a qualidade da impressão. Olhe
4 (TESTE DE atentamente para quaisquer pontos ou espaços perdidos.
IMPRESSÃO)

30 FX-2111
MANUTENÇÃO 7.1 Auto Teste

No. Item de Teste Critério de Julgamento


RECORDER TEST A forma de onda do teste mostrado abaixo é registrada a uma velocidade
de 25mm/Seg. e 50mm/Seg. Verifique se a forma de onda est. dentro das
5 (TESTE DO tolerâncias indicadas.
REGISTRADOR)

LCD TEST Os caracteres e símbolos usados para o visor são mostrados na sequência.
6 TESTE DO LCD) Certifique-se de que cada caractere ou símbolo é exibido corretamente.
KEY TEST À medida que cada tecla é pressionada, no nome da tecla é mostrado no
visor (Isso não inclui a chave de força). Verifique cada nome que é
7 (TESTE DE TECLA) exibido à medida Que a tecla é pressionada.

31 FX-2111
MANUTENÇÃO 7.2 Recarregando a Bateria

Esta seção se refere-se à utilização da bateria recarregável. Se


o aparelho não possuir a bateria recarregável, o modo de carga
não poderá ser acessado

A bateria pode ser totalmente recarregada em menos de 3


horas com o circuito embutido de carga rápida do FX-2111

A unidade entrará no modo de carga quando a força CA


estiver ligada e você desligar a tecla da bateria.

Há 4 estágios e mensagens exibidas no modo de carga.

1. CHARGE CHECK (Verificação da Bateria) o aparelho


verifica a condição da bateria antes de começar a
Recarregar . (O tempo para isto usualmente é 1 minuto).

2. QUICK CHARGE (Carga Rápida)


Se a condição da bateria for normal, a unidade começará o
ciclo de carga. (O tempo para isso usualmente é 3 horas.

3. CHARGE COMPLETE (Carga Completa)


A carga cessa automáticamente quando a bateria estiver
totalmente recarregada.

4. CANNOT CHAGE (Não Pode Carregar)


Se a condição da bateria for anormal, esta mensagem será
exibida (veja NOTA abaixo).

• Se você acionar a tecla da bateria (ON) durante Qualquer dos 4 estágios do FX-2111, o
aparelho voltará à operação CA normal.

OBSERVAÇÃO – Se a mensagem “CANT CHARGE” aparecer, deixe o aparelho na


temperatura ambiente por um curto período de tempo com a força CA
ligada (ON) Se a mensagem persistir depois de várias tentativas, contate
seu representante técnico mais próximo.

32 FX-2111
MANUTENÇÃO 7.3 Recomendações para Operação da Bateria/Substituição do Fusível de Força

♦ Recomendações para Operação da Bateria

Leia esta seção se o seu FX-2111 possuir uma batria regarregável (opcional) instalada.

• Recomenda-se que recarregada da bateria seja feita em uma temperatura ambient de 10 a 30oC.

• A bateria emite um sinal luminoso intermitente no visor quando a bateria estiver fraca.
Recomenda-se a utilização de toda a carga, antes de recarregá-la. Visando a preservação da vida
útil da mesma.

• Sem pre recarregue a bateria depois de esgotar a carga, mesmo que ela não seja usada numa
ocasião futura, pois, caso contrário, ela descarregará naturalmente a um nível abaixo do normal.

• Se a bateria for guardada em alta temperatura ambiente (40oC) a capacidade irá diminuir
rapidamente.

• Se a bateria não for usada por um longo período de tempo, deve-se recarregá-la. Recarregue a
bateria no minimo a cada seis meses.

Quando a bateria estiver completamente descarregada, ou a capacidade for notoriamente prejudicada,


a mensagem “CANT CHARGE” é exibida. Se isto ocorrer, siga as orientações na página 32.

♦ Reposição do fusível de força

Sempre desligue o cabo de força antes de substituir os fusíveis

Retire o porta-fusível da unidade no painel inferior conforme


ilustrado no desenho sempre substitua pelo mesmo tipo de
classificação do fusível

Se o fusível de reposição queimar imediatamente outra vez,


contate seu representante técnico FUKUDA DENSHI mais
próximo.

Tipo de fusível ADVERTÊNCIA – Para proteção continua contra perigos


No 239001 (1A) (para 115 VCA) de incêndio, substitua somente por fusível do mesmo tipo e
No 239500 (0.5A) (para 230 VCA) classificação.

33 FX-2111
MANUTENÇÃO 7.4 Limpeza e Desinfecção / Precauções para Manuseio do Papel

♦ Limpeza e Desinfecção

Eletrodos e Cabos dos Eletrodos

CUIDADO – NÃO Esterilize com água, vapor ou ar. NÃO faça esterilização com éter.

Para desinfecção, os eletrodos reutilizáveis e os canos de eletrodo devem ser limpos com um
esfregão ou pano umedecido com uma solução desinfectante, como Cidex.

Em nenhuma circunstância os cabos dos eletrodos devem ser imersos em qualquer fluido de limpeza

Aparelho

O gabinete externo do FX-2111 pode ser limpo e desinfectado da seguinte forma.

Limpeza Usar um pano umedecido com um agente de limpeza doméstica comum,


diluído em água. NÃO use éter ou benzina, pois podem danificar o
gabinete.
Desinfecção: Pulverize totalmente o gabinete com Cidex ou um produto similar

♦ Precauções com o manuseio do papel

• O FX-2111 utiliza um papel térmo-sensível. As seguintes precauções precisam ser observadas.

• Não exponha o papel à luz solar direta em um ambiente de alta temperatura.

• Não exponha à luz fluorescente por longos períodos.

• Não use plásticos ou “folders”de PVC para arquivo.

• Não guarde um registro oposto a outro registro. Os traços podem desvanecer uns contra os
outros.

34 FX-2111
8. INSTALAÇÃO 8.1 Local de Instalação / Ambiente do Paciente

♦ Local de Instalação

CUIDADO – Este recinto deve ser instalado o mais distante possível de fontes de ruído elétrico. O
ruído elétrico externo pode distorcer as formas de onda e comprometer o
desempenho do aparelho.

1) Pode ocorrer interferência elétrica criada pelas ondas de rádio (correntes de fuga, indução estática,
campos eletromagnéticos etc) gerados no ambiente local. Isto pode causar degradação no sinal de ECG à
medida que é registrado . Instale e opere o aparelho longe de cabos de alta tensão ou linha de força
portadoras de grande corrente.

2) Evite instalação do aparelho perto das unidades de raio X, equipamentos de ultra-som, iluminação
fluorescente excessiva, leitos de acionamento elétrico ou dispositivos similares. Se não for possível, pode
ser necessário desligar outros equipamentos enquanto estiver tirando o ECG.

3) Certifique-se de que a força CA fornecida para o FX-2111 est. dentro da faixa de 110 a 120 VCA (230
VCA, se selecionado).

35 FX-2111
INSTALAÇÃO 8.1 Local de Instalação / Ambiente do Paciente

Ambiente do Paciente

A figura ilustrada á esquerda mostra uma área onde pode


ocorrer um contato intencional ou não intencional entre o
paciente e outras partes do sistema elétrico médico, ou
algumas outras pessoas que toquem as partes.

ADVERTÊNCIA – O FX-2111 e outros dispositivos conectados a ele, devem ser usados fora do
ambiente do paciente de maneira a evitar exposição a qualquer perigo elétrico.

36 FX-2111
INSTALAÇÃO 8.2 Conexão do Cabo de Força

O FX-2111 pode operar a partir de uma rede de força CA


ou uma bateria recarregável. Se você pretende operá-lo A
partir da fonte de energia CA, é necessáio conectar o
cabo de força.
Primeiramente, ligue uma extremidade do cabo de força
ao conector de força do FX-2111. Em seguida, ligue a
outra extremidade à saída (tomada) da parede.

Quando conectado o cabo de força CS-18 ou CS-24 à


saída de força, o pólo de aterramento automaticamente
aterra o aparelho.

Para outro instrumento


Equalização do Terra
O cabo de força na figura acima é o CS-24
Quando usado em conjunto com outros aparelhos
médicos o cabo de força na figura acima é o CS-24
conecte o fio-terra de cada instrumento ao mesmo
terminal de aterramento. Isto reduzirá o risco de choque
elétrico para o paciente equalizando o potencial de terra
entre as unidades.

Uma extremidade do cabo de terra opcional (CE-12) deve


ser conectada ao terminal de aterramento e a outra
extremidade ao terminal de aterramento de cada unidade.

CUIDADO – Ao usar o FX-2111 em conjunto com outros aparelhos, preste muita atenção à corrente
de fuga combinada de todos os aparelhos. Veja “Corrente de Fuga”na seção de
Segurança. Siga sempre as instruções de operação do fabricante para cada aparelho.

37 FX-2111
9-ESPECIFICAÇÕES

Eletrocardiógrafo

Circuito de entrada: Entrada isolada


Derivações: Padrão 12 derivações ou Cabrera
Impedância de entrada 20M ohm ou mais
Corrente de entrada do circuito 5 x 10 A ou menos
Proteção do circuito de entrada Proteção contra desfibrilação, cabo original do paciente incluso.
Nível de entrada +- 10mV
Rejeição do modo comum 10mm ou menos por método de teste IEC 62D CO6
Tensão de polarização +- 300 mV ou mais
Tensão de calibração 1mV, +- 5%
Constante de tempo 3.2 segundos (0 a + 20%)
Sensibilidades ½, 1,2 cm/mV +- 5%
Resposta de freqüência 0.05 ~150 Hz (-3dB)
Filtros Filtro CA, 50/60 Hz, -20dB ou menos
Filtro muscular, 35 ~45 Hz, -3dB (-6dB/oct).
Entrada do sinal externo 10mm/0.5V, extremidades simples, 100 k ohm ou mais.
Velocidade de amostragem 1000 amostras por segundo.
Conversão A/D 12 bits
Visor Visor de cristal líquido (LCD), somente alfanumérico
Sistema de Impressão Cabeça de impressão em disposição térmica (formas de ondas e
caracteres).
Densidade de Impressão Eixo de deflexão @ 8 pontos/mm, eixo de tempo @ 1 ms/ponto
Tamanho do caractere 3 x 2.4mm (24 x 16 pontos)
Velocidades do registro 25 e 50mm/segundo, +- 3%
Papel Tipo rolo, 63mm x 30m ou 50mm x 30m (opcional)
Tipo dobra-Z 63mm x 75 mm x 20m ou 50mm x 75mm x 20m
(opcional)

38 FX-2111
9-ESPECIFICAÇÕES

GERAIS

Padrão de Seguança De acordo com a Classe I, tipo CF/IEC 601 I


Equipamento tipo CF acionado internamente
Requisitos de força 115 VCA 50/60 Hz ou
230 VCA 50/60 Hz
Consumo de energia 19VA ou menos
Bateria Ni-MH Recarregável 9.6V DC
Consumo de energia 7W ou menos
Tempo de operação contínua aproximadamente 2 horas (20ºO C por IEC 62D)
Tempo de recarga Dentro de 3 horas.
Dimensões 26.0 (L) x 18.2 (P) x 6.3 (A) cm
10.2 (L) x 7.2 (P) x 2.5 (A) pol.
Peso Aproximadamente 1.7 kg 3.8 lbs. (sem bateria)

Ambientes operacionais

Temperatura +10 a +40oC (50 a 104oF)


Umidade 25 a 95% Umidade Relativa (sem condensação)
Pressão atmosférica 70 a 106kPa (700 a 1060 mbar).

OBSERVAÇÃO – Especificações sujeitas a mudança sem prévio aviso.

39 FX-2111
10. ACESSÓRIOS

Para garantir que o FX-2111 trabalhe de acordo com as especificações, use somente acessórios especificados
pela FUKUDA DENSHI. Ao encomendar peças sobressalentes, sempre indique o número de modelo para a
peça e o número de pecas.

(Acessórios Padrões)

No NOME MODELO CATEGORIA


(1) (2) (3) (4)
1 Cabo de força CS-18 - 1 1 1
CS-24 1 - - -
2 Cabo de paciente CP-101J-1 (o 3mm)
- - 1 1
3 Cabo do paciente CP-101LD (o 3mm) 1 - - -
(Protegido contra
CP-101TD (o 4mm) - 1 - -
desfibrilação)
4 Eletrodo de braço TE – 43 (3mm) - - 1 conj. 1 conj.
(Garras)
TE – 43 U (4mm) - 1conj. - -
(4 peças/conj.)
5 Eletrodos de tórax TE – 01 (3mm) - - 6pçs 6 pçs
(Peras) TE – 01U (4mm) - 6 pçs - -
A
6 Fusíveis de força No.239001 (1 ) 2 - 2 -
A
No 239500 (0.5 ) - 2 - 2
7 Creme Keratin OJ-02 - 1 1 1
8 Papel termosensível OP – 119TE 1 1 1 1

(1) exportando para os EUA


(2) exportando para a Europa
(3) exportando para outros países, exceto EUA e Europa (115V)
(4) exportando para outros países, exceto EUA e Europa (230V)

40 FX-2111
ACESSÓRIOS

(Acessórios Opcionais)

No. NOME MODELO COMENTÁRIOS


9 Protetor de garras OJ–09 Caixa com 25 envelopes x 4 pçs
10 Protetor de peras OJ-06 Caixa com 25 envelopes x 6 pçs
11 Fio Terra CE-12
3 Cabo do paciente CP-101JD Tipo com proteção contra
desfibrilação (o 3mm).
12 Bateria Ni-MH 8-HRAAFD Bateria recarregável
13 Cabo de conexão A OP-122TE Para entrada de sinal
14 Conj. Adaptador de 50 mm AO-106 Adaptador do depósito para papel
termosensível de 50mm (L).
AO-107 Adaptador de papel para papel
termosensível de 50mm (L)
15 Papel termosensível OP-122TE Tipo dobra-Z 63mm (L)
OP-123TE Tipo dobra-Z 50mm (L)
16 Papel termosensível OP-18TE Tipo rolo – 50mm (L)

41 FX-2111
ACESSÓRIOS

42 FX-2111
ANEXO

PARTES, PEÇAS E
COMPONENTES

43 FX-2111
44 FX-2111
45 FX-2111
46 FX-2111
47 FX-2111
48 FX-2111
49 FX-2111
50 FX-2111
51 FX-2111
52 FX-2111
53 FX-2111
54 FX-2111
55 FX-2111
56 FX-2111
57 FX-2111
58 FX-2111
59 FX-2111
60 FX-2111
61 FX-2111
62 FX-2111

Você também pode gostar