Você está na página 1de 4

Introdução à econometria

Enviado por: 
Claudio Moraesaculdade | 5 comentários
Arquivado no curso de Economia Doméstica na FEST

Download
  
denunciar
Creative Commons

(Parte 1 de 2)

IMPERATRIZ-MA 2012

• Conceito de econometria;

• Objetivos da econometria;

• O que é necessário para realizar uma analise econométrica?

• Metodologia econométrica;

• A econometria no Brasil

• Questões propostas;

1. INTRODUÇÃO

O primeiro contato com qualquer ramo do conhecimento humano exige algumas conceituações iniciais,
além de elementos históricos, que permitam compreender sua evolução.

Tais exigências são ainda mais prementes quando se trata de Econometria, dado seu desenvolvimento
condicionado ao da própria ciência econômica e mesmos ao da ciência em geral.

A palavra “econometria" é derivada do grego oikonomia, economia, e metron, medida. Desta forma a
econometria consiste na aplicação de procedimentos matemáticos e estatísticos a problemas de
economia, logo a “econometria” é o ramo da economia que trata da mensuração de relações econômicas,
isto é, relações entre variáveis de natureza econômica.

A econometria é na verdade, uma combinação de teoria com matemática e estatística., com o objetivo de
dar conteúdo empírico às formulações teóricas da economia.

Em resumo, econometria é um ramo da economia que combina análise econômica, a matemática e a


estatística.

Teoria Econômica
Economia Matemática

ECONOMETRIA Estatística Econômica

Estatística Matemática

3. OBJETIVOS DA ECONOMETRIA

3.1 A verificação de Teorias Econômicas;

3.2 A Avaliação de Políticas Econômicas;

3.3 A Previsão de Valores Futuros de Variáveis de Natureza Econômica;

3.1 A verificação de Teorias Econômicas

Refere-se à analise desenvolvida para obtenção ou não de suas evidencias empíricas, ou seja, confrontá-
las com dados observados, a fim de que seja avaliado seu poder explanatório.

Na verdade, qualquer teoria, independentemente de sua elegância expositiva ou de sua perfeita


consistência lógica, não pode ser estabelecida ou geralmente aceita sem algum teste empírico.

Isso se torna necessário porque as teorias são inicialmente desenvolvidas num plano abstrato.

3.2 A Avaliação de Políticas Econômicas

O propósito é a obtenção de estimativas confiáveis de parâmetros de relações econômicas, como


elasticidades, multiplicadores, custos marginais, coeficientes técnicos etc.

O conhecimento do valor numérico de parâmetros dessa espécie é muito importante no processo


decisório tanto em empresas quanto no âmbito governamental, dado que auxilia a comparação de efeitos
resultantes de decisões alternativas.

3.3 A Previsão de Valores Futuros de Variáveis de Natureza Econômica

Quanto ao emprego da econometria para fins de previsão, é importante analisar que, na formulação de
políticas, sejam conhecidos, com o mínimo de erro possível, o julgamento da necessidade ou não de
alguma medida corretiva.

“Resumidamente podemos dizer que o objetivo principal da econometria é a produção de afirmações


econômicas quantitativas que permitam explicar o comportamento de variáveis que já observamos ou
prever comportamentos ainda não observados, ou ambos.”

4. O QUE É NECESSÁRIO PARA REALIZAR UMA ANALISE ECONOMÉTRICA?

Uma Teoria econômica;


Dados Estatísticos (de natureza econômica);

Algum método que permita expressar a teoria econômica a partir dos dados estatísticos (método de
estimação);

Uma metodologia que diga como aplicar os métodos de estimação aos dados estatísticos, e como avaliar
se tal procedimento foi bem sucedido.

5. METODOLOGIAS ECONOMÉTRICAS

O “sucesso” da analise econométrica depende, evidentemente, do grau em que o modelo estimado


satisfaz os objetivos de explicar e/ou prever o comportamento das variáveis sob análise.

6. A ECONOMETRIA NO BRASIL

FGV e FEA da USP sobre estudo, ensino e aplicação de métodos e técnicas de

Econometria na análise de fenômenos econômicos (+ - 1969).

1970 – tradução de vário livros de autores estrangeiros, iniciando-se, assim, a difusão da matéria nos
diversos centros acadêmicos do país.

Dezembro de1979 – Fundação da SBE.

A partir de 1979 – realização de encontros anuais de econometria.

Abril de 1981 – publicação da Revista de Econometria pela SBE.

1985 – inclusão obrigatória da disciplina no currículo dos cursos de Economia de todas as faculdades do
Brasil.

A partir de então, realização de encontros regionais de Econometria.

1.Pesquise em outras fontes e escreva o que você entende por Econometria.

2.A Econometria surgiu como, como um conhecimento sistematizado, depois do aparecimento de teorias
econômicas estruturadas. Explique por que isso aconteceu.

3.O que contribuiu para o retardamento da aplicação da Econometria?

4.Como se caracterizou o período da história da

Econometria que vai de 1930 a 1954? Quais os principais expoentes desse período?

5.Como evoluiu a Econometria depois de 1954?


6.Faça um comentário sucinto sobre o desenvolvimento da Econometria no Brasil.

Você também pode gostar