Você está na página 1de 7

Exercícios de fixação

1. Transcreva em caracteres latinos:


Sófocles, Antígona, v. 1‒10
1Ὦ κοικὸν αὐηάδελθον Ἰζμήνες κάρα
→ koikòn autádelphon Ism nes kara
2 ἆρ’ ὀζθ' ὅ ηι Ζεὺς ηῶν ἀρ' Οἰδίποσ κακῶν
→ r' osth' ho ti Zeùs t n ar' Oidípou kak n
3 ὁποῖον οὐτὶ νῷν ἔηι ζώζαιν ηελεῖ;
→ ;
4 οὐδε γὰρ οὔη' ἀλγεινὸν οὔη' ἄηης ἄηερ
→ d gàr ú ’ g ò ú ’ á ēs áter
5 οὔη' αἰζτιὸν οὔη' άηιμον ἐζθ' ὁποῖον οὐ
→ ú’ ò ú’á m ’ on ou
6 ηῶν ζῶν ηε καμῶν οὐκ όποπ’ ἐγὡ κακῶν
→t ns k ’m k ’ g kak n
7 καὶ νῦν ηὶ ηοῦη' αὖ θάζι πανδήμῳ πόλει
→k ’ phási pand mo pólei
8 κήρσγμα θεῖναι ηὸν ζηραηηγὸν ἀρηίφς;
→ kérygma the nai tòn strategòn artí s;
9 Ἔτεις ηι κειζήκοσζας; ἤζε λανθάνει
→É k ’ kousas; se lanthánei
10 πρὸς ηοὺς θίλοσς ζηείτονηα ηῶν ἐτθρῶν κακά;
→ pròs toùs phílous steíchonta t n echthr n kaká;
2. Explique as alterações vocálicas nas palavras sublinhadas.
Em ἆρ’ (v. 2), οὔη' (v. 4 e 5), ἐζθ' (v. 5), όποπ’ (v. 6) e ηοῦη' (v. 7) a
alteração ocorrida foi a elisão, onde a última vogal absoluta de uma palavra é
omitida quando precede outra palavra iniciada por vogal.
Em καμῶν (v. 6) e κειζήκοσζας (v. 9) vemos exemplos de crases
indicadas pela presença da corônis, que marca onde duas vogais consecutivas de
timbres iguais, no final e no início de duas palavras conseguintes, se fundiram.

3. Classifique quanto ao acento e acentuação as palavras duplamente


sublinhadas.
κοικὸν – acento grave; barítona
αὐηάδελθον – acento agudo; proparoxítona
κακῶν – acento circunflexo; perispômena
ὁποῖον – acento circunflexo; properispômena
κήρσγμα – acento agudo; proparoxítona
θεῖναι – acento circunflexo; properispômena
ηῶν – acento circunflexo; perispômena

4. Decline em todos os casos, números e gêneros os artigos gregos.

masculino feminino neutro


sing. plural dual sing. plural dual sing. plural dual
nominativo ὁ οἱ ηώ ἡ αἱ η ηό ηά ηώ
vocativo - - - - - - - - -
acusativo ηόν ηούς ηώ ηήν ηάς η ηό ηά ηώ
genitivo ηοῦ ηῶν ηοῖν ηῆς ηῶν ηαῖν ηοῦ ηῶν ηοῖν
dativo ηῷ ηοῖς ηοῖν ηῇ ηαῖς ηαῖν ηῷ ηοῖς ηοῖν
5. Conjugue o verbo εἰμί em todos os tempos do indicativo.

presente imperfeito futuro


singular plural singular plural singular plural
1ª εἰμί ἐζμέν ἦν ἦμεν ἔζομαι ἐζόμεθα
2ª εἶ ἐζηέ ἦζθα ἦηε ἔζῃ ἔζεζθε
3ª ἐζηί(ν) εἰζί(ν) ἦν ἦζαν ἔζηαι ἔζονηαι

6. Decline:
 ἄηη, ‒ης (ἡ): cegueira

singular plural dual


nominativo ἡ ἄηη αἱ ἆηαι ηὰ ἄηα
vocativo ὦ ἄηη ὦ ἆηαι ὦ ἄηα
acusativo ηὴν ἄηην ηὰς ἄηας ηὰ ἄηα
genitivo ηῆς ἄηης ηῶν ἀηῶν ηαῖν ἄηαιν
dativo ηῇ ἄηῃ ηαῖς ἄηαις ηαῖν ἄηαιν

 μοῦζα, ‒ης (ἡ): musa

singular plural dual


nominativo ἡ μοῦζα αἱ μοῦζαι ηὰ μούζα
vocativo ὦ μοῦζα ὦ μοῦζαι ὦ μούζα
acusativo ηὴν μοῦζαν ηὰς μούζας ηὰ μούζα
genitivo ηῆς μούζης ηῶν μοσζῶν ηαῖν μούζαιν
dativo ηῇ μούζῃ ηαῖς μούζαις ηαῖν μούζαιν

 υάληρια, υαληρίας (ἡ): harpista

singular plural dual


nominativo ἡ υάληρια αἱ υάληριαι ηὰ υαληρία
vocativo ὦ υάληρια ὦ υάληριαι ὦ υαληρία
acusativo ηὴν υάληριαν ηὰς υαληρίας ηὰ υαληρία
genitivo ηῆς υαληρίας ηῶν υαληριῶν ηαῖν υαληρίαιν
dativo ηῇ υαληρίᾳ ηαῖς υαληρίαις ηαῖν υαληρίαιν
 ἀρτή, ‒ῆς (ἡ): princípio

singular plural dual


nominativo ἡ ἀρτή αἱ ἀρταί ηὰ ἀρτά
vocativo ὦ ἀρτή ὦ ἀρταί ὦ ἀρτά
acusativo ηὴν ἀρτήν ηὰς ἀρτάς ηὰ ἀρτά
genitivo ηῆς ἀρτῆς ηῶν ἀρτῶν ηαῖν ἀρταῖν
dativo ηῇ ἀρτῇ ηαῖς ἀρταῖς ηαῖν ἀρταῖν

 ζιγή, ‒ῆς (ἡ): silêncio

singular plural dual


nominativo ἡ ζιγή αἱ ζιγαί ηὰ ζιγά
vocativo ὦ ζιγή ὦ ζιγαί ὦ ζιγά
acusativo ηὴν ζιγήν ηὰς ζιγάς ηὰ ζιγά
genitivo ηῆς ζιγῆς ηῶν ζιγῶν ηαῖν ζιγαῖν
dativo ηῇ ζιγῇ ηαῖς ζιγαῖς ηαῖν ζιγαῖν

 δέζποινα, δεζποίνης (ἡ): senhora

singular plural dual


nominativo ἡ δέζποινα αἱ δέζποιναι ηὰ δεζποίνα
vocativo ὦ δέζποινα ὦ δέζποιναι ὦ δεζποίνα
acusativo ηὴν δέζποιναν ηὰς δεζποίνας ηὰ δεζποίνα
genitivo ηῆς δεζποίνης ηῶν δεζποινῶν ηαῖν δεζποίναιν
dativo ηῇ δεζποίνῃ ηαῖς δεζποίναις ηαῖν δεζποίναιν

 θάλαζζα, θαλάζζης (ἡ): mar

singular plural dual


nominativo ἡ θάλαζζα αἱ θάλαζζαι ηὰ θαλάζζα
vocativo ὦ θάλαζζα ὦ θάλαζζαι ὦ θαλάζζα
acusativo ηὴν θάλαζζαν ηὰς θαλάζζας ηὰ θαλάζζα
genitivo ηῆς θαλάζζης ηῶν θαλαζζῶν ηαῖν θαλάζζαιν
dativo ηῇ θαλάζζῃ ηαῖς θαλάζζαις ηαῖν θαλάζζαιν
 μοῖρα, μοίρας (ἡ): Moira, destino, fatalidade

singular plural dual


nominativo ἡ μοῖρα αἱ μοῖραι ηὰ μοίρα
vocativo ὦ μοῖρα ὦ μοῖραι ὦ μοίρα
acusativo ηὴν μοῖραν ηὰς μοίρας ηὰ μοίρα
genitivo ηῆς μοίρας ηῶν μοιρῶν ηαῖν μοίραιν
dativo ηῇ μοίρᾳ ηαῖς μοίραις ηαῖν μοίραιν

 πηγή, ‒ῆς (ἡ): fonte

singular plural dual


nominativo ἡ πηγή αἱ πηγαί ηὰ πηγά
vocativo ὦ πηγή ὦ πηγαί ὦ πηγά
acusativo ηὴν πηγήν ηὰς πηγάς ηὰ πηγά
genitivo ηῆς πηγῆς ηῶν πηγῶν ηαῖν πηγαῖν
dativo ηῇ πηγῇ ηαῖς πηγαίς ηαῖν πηγαῖν

7. Explique:
a) Lei das properispômenas.
A properispômena sempre ocorrerá na penúltima sílaba longa e tônica
quando a última sílaba for breve. Caso, durante a declinação, a última sílaba
se tornar longa, o acento circunflexo da penúltima sílaba se tornará agudo, e
a properispômena se tornará uma paroxítona.
b) Lei das proparoxítonas.
Para que uma palavra possa receber o acento agudo em sua
antepenúltima sílaba, a última sílaba obrigatoriamente será breve. Caso,
durante a declinação, a última sílaba torne-se longa, o acento agudo passará
da antepenúltima para a última sílaba, e a proparoxítona se tornará uma
paroxítona.
c) Lei das oxítonas/barítonas.
Uma palavra recebe o acento agudo em sua última sílaba quando esta for
tônica. Caso a oxítona venha a preceder outra palavra acentuada, o acento
agudo torna-se grave, e ela passará a ser uma barítona.
8. Liste as alterações vocálicas/consonantais e explique-as.
Elisão – É a omissão da vogal final absoluta de uma palavra quando esta
precede outra palavra iniciada por vogal. No local da vogal elidida, escreve-se
uma apóstrofe. O σ é a única vogal que nunca se elide.
Crase – É a fusão de duas vogais de timbre igual, uma final e uma inicial,
em palavras consecutivas semanticamente conectadas. A crase será marcada pela
corônis, e seu resultado sempre será uma vogal longa.
Contração – Algumas vezes, vogais em formação de hiato dentro de uma
palavra vão se fundir e criar ou uma vogal longa ou um ditongo.
Metátese – É quando ocorre uma troca entre duas vogais ou uma vogal e
uma líquida dentro de uma mesma palavra. A metátese pode ser qualitativa
(quando as vogais de timbre diferente ou a vogal e a líquida trocam de posição
na palavra) ou quantitativa (quando as duas vogais intercambiam suas durações).
Apofonia – Muito comum na língua grega, consiste em mudanças nas
vogais entre palavras de um mesmo radical. A apofonia pode ser qualitativa
(quando a vogal muda de timbre entre vocábulos) ou quantitativa (quando a
vogal muda de duração entre vocábulos).
Vocalização – Foi um processo que ocorreu com as letras obsoletas no
grego, o ϳ (iode) e o Ϝ (digamma). Nas palavras em essas duas letras estavam
adjacentes a vogais, elas também tornaram-se vogais, ι e σ, respectivamente.
Assimilação parcial – É quando, em um encontro consonantal, atributos
fonéticos de uma consoante são passados para outra, tornando assim as duas
mais semelhantes.
Assimilação total – Foi um processo que ocorreu com as letras obsoletas
no grego, o ϳ (iode) e o Ϝ (digamma). Nas palavras em que essas duas letras
estavam adjacentes a consoantes, elas caem e a consoante sofre geminação, isto
é, se duplica.
9. Classifique sintaticamente os termos sublinhados e indique o caso em que
tais estariam em grego.
O menino comprou o bolo da doceira para a mãe do
menino, ele ama a menina para quem dará o bolo. O menino,
João, está apaixonado. Ó, mães! Elas sempre sabem tudo. O
menino deu o bolo para a menina.

O menino – Nominativo.
o bolo – Acusativo.
da doceira – Genitivo.
para a mãe – Dativo.
do menino – Genitivo.
ele – Nominativo.
a menina – Acusativo.
o bolo – Acusativo.
João – Genitivo.
Ó, mães – Vocativo.
O menino – Nominativo.
o bolo – Acusativo.
para a menina – Dativo.