Você está na página 1de 2

A divindade Yemọja (Iemaja)

Na tradição yorùbá é a senhora do rio. Eepa Omi oo! Eepa Yemọja!

Tem seu culto originário no grupo egbá, na região entre Ifé e Ibadan, onde
está o rio Yemojá. Em decorrências de conflitos entre os grupos étnicos iorubas, na
̀ gùn, que atravessa a região, passou a ser o rio de culto a
direção oeste. E o rio Ọ
Yemọja (VERGER).

Cântico

Àwa ààbò a yó Yemonja, àwa ààbò a yó


Yemonja

Estamos protegidos, nossa satisfação é completa,


Yemonja protege-nos e nos enche de satisfação
É Yemonja.
Ìyáàgbà ó dé iré sé a kíì e Yemonja,
A koko pè ilé gbè a ó yó odò ó fí a sà
Wè rè ó.

A velha mãe chegou fazendo-nos felizes, nos vos


Cumprimentamos Yémanja, a primeira que chamamos para
Abençoar a nossa casa e nos encher de satisfação, usar o rio que
Escolhemos para nos banharmos,
Pois o rio que escolhemos é o que usas para o seu banho.
A sà wè lé, a sà wè lé ó odò fí ó a sà wè lé,
A sà wè lé, a sà wè lé ó odò fí ó a sà wè lé.
Nós escolhemos nos banharmos em casa, em casa nós escolhemos,
Nos banharmos em casa e ela costumar banhar-se
no seu rio,
Nós escolhemos nos banharmos em casa, em casa nós escolhemos,
Nos banharmos em casa e ela costumar banhar-se
em seu rio.

Ìyá kòròba ó kòròba ní sábà,


Nìyá kòròba ó kòròba ní sábà.

Mãe que enfeita os cabelos dividindo-os no meio,


Da cabeça, ela tem o hábito de enfeitas os cabelos
Dividindo-os no meio da cabeça.
̀ gùn ó Yemonja, Ògùn ó Yemonja e lódò e lódò,

Sà wè a Ògùn ó Yemonja ! Ìyá àwa sé wè, Yemonja dò
Ó rere Yemonja Ìyá àwa sé wè, Yemonja dò ó rere
Yemonja.

O Rio Ogum é de Yemanja, o Rio Ogum é de Yémanja


Ela tem o rio, tem o rio que escolhemos para nos banharmos,
O Rio Ogum é de Yemanja, Mãe, vamos nos banhar,
Yémanja que o rio esteja bom, Yémanja.
Em todas cantigas refere a Yemanja como a grande protetora, que é
motivo de satisfação em ser protegido por ela. Aclamada como a mãe velha
que chega fazendo todos felizes. Sendo a primeira a ser chamada para
abençoar e encher a casa de satisfação, sendo o seu rio o escolhido para
banhar-se. Da mesma forma que as demais Orixás possui relação com a
água. No Brasil relacionam a divindade com o mar.