Você está na página 1de 2

ASPECTOS METODOLÓGICOS DA PESQUISA

O público estudado compreende um grupo de pessoas iniciadas na Religião


de Culto aos Orixás, que se possuem vivências religiosas e de sociabilidades em
torno da crença. No conjunto são 15 integrantes que se reúnem regularmente para
atividades religiosas. O cotidiano dessa vivência religiosa ocorre em suas casas,
onde estão os símbolos sagrados, comumente denominados na religião como
assentamentos.
Nesse contexto religioso, buscou se observar o grupo de mulheres negras
que a compunha, tangenciando o individual e coletivo, na dinâmica das devotas dos
Orixás. E, a partir disso, aprofundar a relação dos sujeitos da pesquisa com a
tradição e as questões identitárias. Sobre os impactos da mesma na construção
identitária étnica e gênero para as mulheres negras, possibilitam melhor
compreensão do contexto religioso das pessoas em questão, observadas.
O recorte da pesquisa com as mulheres negras integrantes da Religião de
base cultural Yorùbá presente no segmento afro-brasileira (Candomblé Ketú) e
Religião Tradicional Yorùbá (Culto à Ifá), todas localizadas na cidade de Cuiabá-MT.
A pesquisa buscar entender as possíveis relações sociológicas existentes no
cruzamento do feminino sagrado (na afro-religião de culto aos Orixás) e gênero com
a possibilidade de impactar positivamente a construção de identidades femininas
negras.
Na construção deste projeto, estão problematizadas questões como: Existe
um processo socioeducativo a partir das representações das divindades femininas
para a percepção de gênero das mulheres negras? As mulheres negras constroem
positivamente e/ou relacionam a sua identidade negra a partir das existe uma
relação entre do sagrado feminino e a representação mulher negra na afro-religião?
Para tanto busca fazer um estudo sociológico referente às dimensões do
feminino na religião de culto aos Orixás, considerando as vivencias das mulheres
negras no grupo religioso para saber se existe impactos na construção na identidade
da mulher negra, considerando ser a religião em questão, de uma cultura afro-
religioso.
Através de variadas fontes bibliográficas, entrevistas e observação participante o
estudo dessa relação feminino sagrado a partir da percepção das
mulheres negras na construção de suas identidades de gênero e racial.
Investigar as dimensões do feminino sagrado na religião na percepção
dessas mulheres negras, participantes de uma afro-religião, na busca de
perceber os impactos disso na identidade racial das mesmas,
apresentam questões importante no grupo estudado sobre as questões
religiosa, raça e gênero.

1.1 Objetivos da Pesquisa

De maneira geral, é objetivo de este trabalho evidenciar a


relação de indivíduos no espaço social de um grupo afro-religioso.
Especificamente, os esforços serão no sentido de:
 Realizar entrevistas com as mulheres negras do grupo, objetivando
encontrar indícios que apontem buscando compreender melhor da
dimensão feminina sagrada na afro-religião.
 Tratar sobre o sagrado feminino na religião de culto aos Orixás;
 Refletir sobre a construção da identidade da mulher negra no
contexto afro- religioso.

Você também pode gostar