Você está na página 1de 3

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO,

CIÊNCIA E TECNOLOGIA

SEDE: MARACANAÚ

LICENCIATURA EM QUÍMICA
BIOLOGIA GERAL I

TRANSPORTE

ATIVO E PASSIVO

ANDRÉA ALMEIDA DE SOUSA

MAT.: 201116060108

FORTALEZA

28ABR11
As membranas biológicas permitem a passagem de algumas substâncias,
mas, impedem o trânsito de outras. Essa característica é definida como
permeabilidade seletiva, esta permite que a membrana determine
quais substâncias poderão penetrar ou sair de uma célula ou organela.

São dois os processos que através deles as substâncias podem atravessar


membranas biológicas, os processos de transporte passivo e os
processos de transporte ativo.

 Processo de Transporte PASSIVO

Não necessita de qualquer energia externa para ocorrer;

A energia desse processo encontra-se nas próprias substâncias e na força


motora gerada pela diferença de concentração da substância entre as
duas faces da membrana.

Incluem dois tipos de difusão: a difusão simples e a difusão facilitada;

Difusão é um processo de movimento aleatório que tende a um estado


de equilíbrio;

Assim diz-se que é o somatório do movimento a partir de regiões de maior


concentração para regiões de menor concentração;

A velocidade de difusão de uma substância depende de fatores, tais como:


o diâmetro de uma molécula ou íon, a temperatura da solução, a carga
elétrica (caso exista), o gradiente de concentração no sistema;

Difusão Simples

Acontece através da bicamada fosfolimpidica da membrana, onde


pequenas moléculas atravessam;

Osmose é um exemplo de difusão simples, pois não utiliza energia


metabólica e pode ser compreendido em termos de concentração de
solutos.

Três termos são usados para comparar a concentração de solutos entre


duas soluções separadas por uma membrana:

Soluções isotônicas apresentam iguais concentrações de solutos;

Soluções hipertônicas possuem maior concentração de solutos do que a


solução com a qual esta sendo comparada;

Soluções hipotônicas possuem menor concentração de solutos do que a


solução com a qual esta sendo comparada;
Difusão Facilitada

Acontece através dos canais protéicos ou via transportadores


intermediários protéicos;

Formas de difusão facilitada:

As Proteínas integrais de membrana podem formar canais através dos


quais essas substâncias passam;

A ligação a uma proteína de membrana denominada de proteína


carreadora pode acelerar a difusão dessas substâncias;

Canais protéicos de membrana possuem poro central revestido com


aminoácidos polares a água e aminoácidos não-polares ma parte exterior
da proteína. O poro central pode abrir-se quando estimulado, permitindo
que substâncias polares hidrofílicas passem pelo canal;

 Processo de Transporte ATIVO

É o movimento de qualquer substância através de uma membrana


biológica contra um gradiente de concentração;

Necessitam de aporte de energia química a partir de uma fonte externa;

Três tipos de proteínas estão envolvidas no transporte ativo:

Uniportes transportam uma única substância,ou soluto, em uma direção;

Simportes transportam dois solutos na mesma direção;

Antiportes transportam dois solutos em direções opostas, um para o


interior e outro para o exterior da célula;

São dois os tipos de transporte ativo:

O transporte ativo primário que requer a participação direta da


molécula de ATP, rica em energia;

A energia liberada pela hidrolise de ATP direciona o movimento de íons


específicos contra um gradiente de concentração;

O transporte ativo secundário não usa ATP diretamente; ao invés


disso, a energia é fornecida por um gradiente de concentração iônico
estabelecido pelo transporte ativo primário.

O movimento de soluto contra seu gradiente de concentração é obtido


através do uso de energia “recuperada” de íons que se moveram na
direção de seus gradientes de concentração;

Auxilia a incorporação de aminoácidos e açúcares, matérias-primas


essenciais para a manutenção e crescimento celulares;