Você está na página 1de 3

Lista de Exercícios sobre Sensores

1. Para que são utilizados os sensores e chaves nos processos de fabricação?


a. Para monitorar, regular e controlar a automação das máquinas envolvidas nos processo de
fabricação.
2. O que são chaves eletromecânicas e quais os dois principais usos nos processos de fabricação?
a. São componentes electromecânicos usados para ligar, desligar ou direcionar a corrente
elétrica, por meio de um acionamento mecânico, manual ou automático.
São usadas para o operador como entrada para enviar instruções ao circuito de controle e para
instalação em partes móveis da máquina para fornecer retorno automático para o sistema de
controle.
3. Quanto ao uso e capacidade de condução de corrente, quais são os tipos de contato existentes
nas chaves?
a. Contatos de alta capacidade de corrente, são chamados de contados de carga, força ou
principais;
b. Contatos destinados aos próprios comandos denominam-se auxiliares.
4. O que são chaves fim de curso e quais suas principais funções?
a. São dispositivos auxiliares de comando e de acionamento que atuam em um circuito com
função de comando de contatores e comando de circuitos de sinalização para indicar a posição de
um determinado elemento móvel.
b. Sinalizam os pontos de início ou de parada de um determinado processo e desligam
equipamentos quando há abertura de porta ou equipamento e alarme.
5. Cite as principais vantagens e desvantagens no uso de chaves fim de curso.
a. Operação visível e simples;
b. Alto poder de repetição;
c. Imunes a interferência eletromagnética;
d. Vida útil menor dos contatos em comparação com a tecnologia de estado sólido;
e. Nem todas as aplicações industriais podem utilizar sensores de contato.
6. Defina relé. a. É uma chave comandada por uma bobina eletromagnética.
7. Quais são as denominações dos terminais (numeração/letras) das bobinas de um relé, de um
contato aberto e de um contato fechado?
a. Bobina: A1 e A2; contato NA 3 e 4; contato NF 1 e 2.
8. O que são sensores de proximidade?
a. São componentes que verificam a presença de objetos quando há aproximação da face do
sensor.
9. Com relação ao tipo de saída como os sensores podem ser classificados?
a. Discretos e analógicos.
10. Como o tamanho do alvo influencia o alcance de detecção do sensor indutivo?
a. Alvos menores que a face ativa tipicamente reduzem o alcance e os maiores que ela podem
aumentar o alcance.
11. Qual a diferença entre os sensores indutivos blindados e não blindados?
a. Nos sensores blindados há um campo magnético mais direcionado, o que contribui para o
aumento da precisão. A construção blindada inclui uma faixa metálica que envolve o conjunto
núcleo de ferrite/bobina.
12. Cite uma vantagem e uma desvantagem do sensor indutivo.
a. Vantagem: não são afetados por poeira ou ambientes que contenham sujeira;
b. Desvantagem: podem ser afetados por fortes campos magnéticos.
13. Qual o princípio de funcionamento do sensor capacitivo?
a. Esse sensor consiste em um oscilador interno que não oscila até que um material seja movido
nas proximidades da face do sensor. O alvo varia a capacitância de um capacitor na face do
sensor, que é parte de um oscilador.
14. Defina “Fator de redução” para o sensor capacitivo. a. É um valor que varia segundo o tipo
de material do alvo, que é multiplicado pela distância sensora.
15. Está correto aplicar um sensor capacitivo para monitorar Flúor dentro de um recipiente de
vidro? Explique.
a. Está incorreto, pois a constante do flúor é 1,5 e do vidro é 3,7, muito próximas. A detecção
ocorre com materiais de grande constante dielétrica que podem ser detectados entre barreiras que
possuam materiais com pequenas constantes dielétricas.
16. Qual a aplicação dos sensores capacitivos blindados?
a. São indicados para a detecção de materiais de constantes dielétricas baixas (difíceis de
detectar).
17. Qual a principal aplicação para sensores ópticos?
a. Detecção de objetos em longas distâncias.
18. O que deve ser feito para que possamos colocar vários sensores ópticos sem que um interfira
no outro? a. Utilizar feixes focados (lentes).
19. Por que o feixe de luz de um sensor óptico é emitido de forma pulsada?
a. Para evitar que o receptor confunda o sinal com a luz ambiente.
20. Por que os LEDs infravermelhos são os mais utilizados em sensores ópticos?
a. Geram mais luz e menos calor que qualquer outro tipo de LED.
21. Explique de forma sucinta o funcionamento do sensor barreira.
a. Consiste em duas unidades separadas, cada uma montada em lados opostos do objeto a ser
detectado. Quando o receptor não recebe sinal do sensor comuta a sua saída.
22. Explique de forma sucinta o funcionamento do sensor difuso-refletido.
a. Possui o emissor e o receptor de luz alocados na mesma unidade. A luz do emissor do objeto
alvo reflete no próprio objeto a ser detectado, sendo espalhada pela superfície do alvo em todos
os ângulos possíveis. Uma parte é reflectida e captada pelo receptor, o que ocasiona a comutação
da saída do sensor.
23. Cite uma vantagem e uma desvantagem do sensor óptico difuso refletido.
a. Vantagem: não é necessário um refletor;
b. Desvantagem: para menores distâncias é requerida menor reflexão das superfícies dos
materiais.
24. Explique de forma sucinta o funcionamento do sensor ultrassônico.
a. Um sinal de ultrassom é enviado da face do sensor. Se um alvo é colocado na frente do sensor
e está dentro da sua escala, o sinal é refletido pelo alvo e retorna ao sensor. O retorno desse sinal
é denominado eco, sendo utilizado pelo sensor para calcular a distância entre o sensor e o alvo.
25. O que vem a ser a “zona cega” no sensor ultrassônico.
a. É uma pequena área próxima ao sensor que não é usada.
26. Por que o sensor ultrassônico não pode ser aplicado em produtos que formem espumas?
a. Porque a espuma absorve o som.
27. Cite uma vantagem e uma desvantagem do sensor ultrassônico.
a. Vantagem: podem detectar objetos a distâncias de até 15 metros;
b. Desvantagem: têm mínima distância sensora.

Você também pode gostar