Você está na página 1de 8

INSTITUTO TEOLÓGICO REVIVER- ITR

Curso de Métodos Científicos

EVERTON ROBERTO SANTOS

A IMPORTANCIA DA ALIANÇA NO CASAMENTO CRISTÃO

ITAJAÍ-SC
2020
2

EVERTON ROBERTO SANTOS

A IMPORTANCIA DA ALIANÇA NO CASAMENTO CRISTÃO

Pré-Projeto da Monografia apresentada


ao Curso de Teologia do Instituto
Teológico Reviver de Itajaí como
requisito parcial para obtenção do
título de Teologia Livre.

Prof. Orientador: Ivonei Rocha de


Souza.

ITAJAÍ-SC
2020
3

1. TEMA

A IMPORTANCIA DA ALIANÇA NO CASAMENTO CRISTÃO


2. OBJETIVO GERAL

Demonstrar a importância da aliança dentro de um relacionamento entre


casais cristão. Mostrando os seus benefícios e as promessas de Deus através da
aliança do casamento.

3. OBJETIVOS ESPECÍFICOS

 A origem da palavra aliança;


 O significado da aliança;
 A aliança no casamento cristão
 Dupla aliança no casamento em Cristo;

4. JUSTIFICATIVA

Atualmente vivemos num tempo de altos índices de divórcios entre casais


cristão, pois muitos desses casais não entendem a real importância e o significado
da aliança no casamento.
É importante entender que a aliança é um compromisso firmado entre os
cônjuges e principalmente com Deus, pois o casamento é algo de grande valor.
A quebra da aliança no casamento não afeta apenas o casal, porem afeta
toda a sua família, filhos e amigos próximos.
Devido a essa triste realidades de muitos casais cristãos é fundamental que
esse assunto seja de forma pratica e objetiva parte do ensinamento de cada casal,
pois quando houver as dificuldades que acontecem dentro de um relacionamento, os
mesmos possam entender que essa aliança não foi apenas feita entre o casal, mas
acima de tudo feito com Deus.
O casal que entende aquilo que Deus quer através da aliança no casamento,
tem enormes possibilidades de ter o ser o seu matrimonio prospero e feliz seguindo
conforme a vontade de Deus.
Proporcionando para a suas futuras gerações (filhos) o ensinamento na
pratica daquilo que Cristo deseja no casamento.
5

5. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

A origem da aliança

O uso da aliança como símbolo vem de origens muito antiga nas mais
diversas civilizações.
No Egito antigo: Os faraós usavam aliança como forma de união e para
eternidade. O uso servia como algo ou alguma promessa para se cumprir ou algum
acordo entre pessoas.
Na Grécia: Nesse país também são usadas as alianças de noivado e
casamento como símbolo de riqueza. Outro significado da aliança na Grécia se dar
através do acordo de divisão das posses entre o casal.
Império Romano: A aliança no Império Romano era usada como símbolo de
poder e autoridade. Para as relações de casamentos acreditava-se que no dedo
anular passava uma veia chamada de veia do amor que ligava esse dedo
diretamente ao coração.
China: O uso da aliança no quarto dedo da mão esquerda vem de uma cultura
que eles acreditam que cada dedo representa um membro da família. Os polegares
representam (os pais), os indicadores (os irmãos) o dedo médio é a própria pessoa,
o dedo mínimo representa (os filhos) e o dedo anelar (o companheiro) e devido a
isso a aliança é usada no anelar.
Cristão: A origem do anel de noivado se deu pelo Papa Nicolau I como o
objetivo principal de afirmação publica dos noivos em se casarem. Com isso a
aliança passou da mão direita para a mão esquerda.

Significado da Aliança

A palavra aliança vem da origem no Latim, chamado alligare, cujo significado


vem da palavra “ligar-se” ou “compor”.
Nos dias atuais a palavra “aliança” acabou se perdendo no meio de vários
relacionamentos matrimoniais dos casais, ocasionando a quebra desse
compromisso/pacto gerando grandes consequências que não afeta apenas o próprio
casal, mas todos a sua volta.
6

A aliança tem como significado principal: compromisso, pacto, lealdade,


fidelidade, muitas vezes colocar o desejo do outro acima do desejo individual devido
ao um compromisso já firmado.

Aliança no casamento cristão

O significado da aliança dentro de um casamento cristão é um relacionamento


de pacto naquilo que foi estabelecido por Cristo. Com o objetivo de não apenas fazer
o casal feliz, mas glorificar a Deus fazendo que as gerações possam ver e desfrutar
daquilo que o Senhor deseja através do matrimonio.
O autor Eberle declara que:
[...] os cônjuges que se casaram são os únicos que tem chances de
receber a benção total de Deus.
A união de duas pessoas requer uma exposição pessoal e um
compromisso profundo e sincero. Nessa ligação, cada indivíduo despoja-se
de toda pretensão, proteção, de sua couraça de ser humano solteiro e de
todo isolamento. Assim, ele estará arriscando tudo. (EBERLE, 2003, p. 55-
56)

A aliança no casamento é sinônimo de unidade, tornar-se um, não existindo


aquele que é melhor ou pior “De modo que já não são mais dois, porém uma só
carne – (Mt 19.6)”.
Para que esse relacionamento se torne algo prospero e abençoado é
fundamental que a aliança dentro do casamento não seja quebrada, pois foi
estabelecida por Deus e vivida diante dele, como forma de expressar a união de
Deus com o seu povo.
De acordo com Eberle,
O ato de fazer um voto - um pacto conjugal – significa o
reconhecimento e até mesmo o nascimento de uma nova entidade. Assim
sendo, o acordo deve ser selado não só perante Deus, como também diante
dos familiares e entes queridos, que, unidos, permanecerão ao lado do
casal, apoiando-o em suas decisões na vida. (EBERLE, 2003, p. 59)
7

Dupla aliança no casamento em Cristo

Deus sempre teve a intenção de fazer parte dessa aliança no casamento,


desde o jardim do Éden tendo como o pacto inicial no matrimonio do homem com a
mulher.
Para que essa aliança no relacionamento seja bem sucedida é fundamental
que Deus esteja dentro dessa aliança.
Os benefícios de uma aliança dupla no casamento está disponível somente
para aqueles que estão em aliança com Deus.
Como parte da aliança do casamento Deus testemunha no dia das bodas,
porem se nenhum dos cônjuges não aceitarem Deus com parte dessa aliança, Ele
não terá participação ativa no casamento.
“E perguntais: Por quê? Porque o SENHOR foi testemunha da aliança entre ti
e a mulher da tua mocidade, com a qual tu foste desleal, sendo ela a tua
companheira e a mulher da tua aliança – (Ml 2.14)”.
Quando o casal entregam o seu casamento para Cristo, sendo Deus o centro
da sua vontade, os mesmos poderão experimentar a plenitude daquilo que Deus tem
preparado e desejado para os seus filhos. “Melhor é serem dois do que um, por que
têm melhor paga do seu trabalho. Porque se caírem, um levanta o companheiro [...]
– (Ec 4.9-12).
Esse relacionamento ficará mais forte e não se abalaram com os dias ruim,
pois terão um grande potencial para experimentarem juntos o poder Deus.
De acordo com o Eberle (2003, p. 130) “Um casal unido nas ações e nas
emoções representa Deus mais completamente na Terra. Juntos, homem e mulher
receberão as bênçãos do Altíssimo para governarem a própria vida”.
REFERÊNCIAS

EBERLE, Harold R. In: PAPER Dois tornam-se Um: Liberando o poder divino por
meio do romance da liberação sexual e das bênçãos de Deus no matrimônio. Rio de
Janeiro: Graça Artes gráficas e editora ltda. 2003.

ESTUDO BIBLICOS ULTIMATO –


https://ultimato.com.br/sites/estudos-biblicos/assunto/vida-crista/casamento-e-
alianca/ - Acesso em 29/10/2020.

REVISTA NOVA FAMILIA - https://revistanovafamilia.com.br/origem-alianca/


Acesso em 29/10/2020.

BÍBLIA. N. T. Mateus: In: BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada: contendo o antigo e o


novo testamento. Tradução Omar de Souza. Santo André, 2009. p. 1109.

BÍBLIA. A. T. Malaquias: In: BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada: contendo o antigo e


o novo testamento. Tradução Omar de Souza. Santo André, 2009. p. 1076.

BÍBLIA. A. T. Eclesiastes: In: BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada: contendo o antigo e


o novo testamento. Tradução Omar de Souza. Santo André, 2009. p. 760.

Você também pode gostar