Você está na página 1de 3

DIRETRIZES DE AVALIAÇÃO EM CAMPO E LIBERAÇÃO DE

CTI - 275
SUBSTITUIÇÃO DE SENSORES MAGNÉTICOS Índice Página
ThyssenKrupp Elevadores
01 1 de 3
Data de Elaboração: 27.11.2012 Data da Última Revisão: 04/07/2013

1. OBJETIVO:
Esta instrução tem como objetivo informar aos colaboradores da TKE quanto aos procedimentos
a serem adotados para análise e substituição do SENSOR MAGNÉTICO HALL (sensor de
nivelamento do elevador) de códigos:

Descrição Código Peça


SEM CONECTOR X08.075.003 44949.2
C/ CONECTOR DE 6 VIAS 3Z.6152.CS.1 45604.6
C/ CONECTOR DE 9 VIAS 3Z.6152.CS.2 49024.8

2. MOTIVO:

Foi verificada que grande quantidade de substituições de Sensores Magnéticos Hall é indevida,
ou seja, ele é substituído mesmo não possuindo defeito.

3. PROCEDIMENTO:

3.1. Falsos Diagnósticos de Defeitos em Sensores

Algumas falhas no elevador podem ser causadas por falta de ajuste mecânico no conjunto do
sensor ou até mesmo por problemas que não tem relação alguma com o sensor. Casos já
encontrados pelo DECA:

Defeitos encontrados Reais causas


- Imã deslocado de sua posição original. Pode ocorrer
Timeout entre pavimentos
quando o técnico efetua a manutenção.
- Cabos do elevador com escorregamento excessivo
na polia de tração podem causar esse tipo de falha.
- Taragem da cabina e CP. A taragem errada pode
Timeout de parada ocasionar diferença no ajuste quando o elevador está
subindo ou descendo ocasionando essa falha.
- Ajuste dos parâmetros de TPcurv e velocidades na
MCINV.
Timeout de partida - Sinal “start” da MCP7S não chegando na MCINV5SL.
Cabina parando sempre com mesmo degrau em
- Ajuste do parâmetro POSLA incorreto.
todos os pavimentos.
- Um ou mais imãs instalados com a polaridade invertida.
Elevador não para ou não conta corretamente os
Ou seja, as marcas brancas (marca que indica polaridade)
andares
destes imãs não estavam voltadas para o lado do sensor.
- Quando o elevador partir de um dos extremos, se o limite
de redução de uma 1Vel (P40 ou P42) estiver falhando, ou
Elevador esporadicamente só para nos extremos
seja, acionando e desacionando, o display de cabina
congela e só se atualiza quando chega no outro extremo.
Elevador parte e reduz em seguida parando entre
- Limite de redução de 1Vel sempre acionado.
pavimentos
Elevador anda muito tempo em velocidade de
nivelamento em um sentido e no sentido contrário - Cabos do elevador com escorregamento excessivo
para bruscamente podendo até parar pelo limite de na polia de tração podem causar esse tipo de falha.
parada e com degrau
Jefferson Oliveira Victor Spinelli
Revisor: Aprovador:
DECA DECA
Copyright © 2013 ThyssenKrupp Elevadores S.A
Proibida a reprodução ou divulgação sem consentimento prévio da ThyssenKrupp Elevadores S.A
DIRETRIZES DE AVALIAÇÃO EM CAMPO E LIBERAÇÃO DE
CTI - 275
SUBSTITUIÇÃO DE SENSORES MAGNÉTICOS Índice Página
ThyssenKrupp Elevadores
01 2 de 3
3.2 Retirada de Sensores Novos no Almoxarifado da Filial:

A partir de 05/12/2012 o sensor só será liberado para retirada no almoxarifado perante diretrizes
abaixo e relatório em anexo:

Verificar primeiramente se o problema não está relacionado aos casos citados


no item 3.1.

• Ter sempre em mãos o relatório de teste (anexo 1 desta CTI) e efetuar todas a verificações e
medições presentes no relatório.
• Se constatar que o sensor possui realmente defeito, entrar em contato com o DECA local para
comunicar que está sendo substituído um sensor. Neste instante o técnico que constatou
defeito no sensor deverá solicitar suporte técnico ao DECA local. Se necessário o DECA
deverá visitar a obra junto ao técnico.
• Se o DECA entender que o sensor realmente possui defeito deverá liberar junto ao
almoxarifado da filial a entrega do sensor ao técnico para substituição.
• O sensor danificado deve ser entregue junto com o relatório (anexo 1). A peça deve estar em
bom estado.
• O sensor ao ser substituído não deverá ter seu cabo cortado (figura 1).

Figura 1 – Sensor com cabo cortado

• O Almoxarifado deve providenciar saco plástico para armazenamento do sensor substituído e


do relatório devidamente preenchido (Figura 2).

Jefferson Oliveira Victor Spinelli


Revisor: Aprovador:
DECA DECA
Copyright © 2013 ThyssenKrupp Elevadores S.A
Proibida a reprodução ou divulgação sem consentimento prévio da ThyssenKrupp Elevadores S.A
DIRETRIZES DE AVALIAÇÃO EM CAMPO E LIBERAÇÃO DE
CTI - 275
SUBSTITUIÇÃO DE SENSORES MAGNÉTICOS Índice Página
ThyssenKrupp Elevadores
01 3 de 3

Figura 2 – Sensor com defeito bem acondicionado que será enviado a fábrica

• O Almoxarifado semanalmente ou dependendo do volume deverá enviar o material ao DSUP


da fábrica pelo movimento Y41.
• A área de triagem da SERVICENTER deverá direcionar os sensores que tiverem
acondicionados corretamente para o DIGQ poder realizar as avaliações no produto.
• O DIGQ deverá emitir relatório das análises periodicamente.

4. REVISÕES:

Ind0: Liberação.

Em caso de dúvida, consultar o DECA.

Jefferson Oliveira Victor Spinelli


Revisor: Aprovador:
DECA DECA
Copyright © 2013 ThyssenKrupp Elevadores S.A
Proibida a reprodução ou divulgação sem consentimento prévio da ThyssenKrupp Elevadores S.A

Você também pode gostar