Você está na página 1de 8

Questão 

1
Correto
Atingiu 1,00 de 1,00

Marcar questão

Texto da questão

A que se refere o recuo da curva horizontal


circular?
Escolha uma:
a. Ponto onde termina o segundo ramo da espiral e tem
continuidade o alinhamento seguinte.
b. À distância entre o ponto PI e o ponto TS (ou ST).
c. À distância medida no eixo de simetria da curva, entre a curva
circular primitiva e a deslocada. 
d. À distância retilínea entre os pontos TS e SC ou também
entre CS e ST.
e. Ao ângulo central da espiral entre TS ou ST ao ponto
osculador CS ou SC.
Questão 2
Correto
Atingiu 1,00 de 1,00

Marcar questão

Texto da questão

A que o grau (G) de desenvolvimento de uma


curva horizontal circular simples se refere?
Escolha uma:
a. A um ângulo formado pelos raios que passam pelos
extremos do arco da curva, ou seja, pelos pontos PC e PT.
b. A um ângulo formado pelo primeiro alinhamento reto e a
corda da curva circular.
c. Ao próprio comprimento de raio da curva.
d. A um ângulo central formado pelos raios que passam nos
extremos de uma corda predefinida. 
e. É a distância do centro da curva ao ponto PC ou PT.
Questão 3
Correto
Atingiu 1,00 de 1,00

Marcar questão

Texto da questão

Os pontos extremos de uma rodovia são


imposições de projeto e denominam-se,
tecnicamente, pontos obrigatórios de condição.
O menor caminho entre esses dois pontos seria
uma reta, porém, em engenharia rodoviária isso
quase nunca é possível. A rodovia geralmente
deve passar por pontos de interesse
intermediários, ou por pontos obrigatórios de
passagem. Em relação aos pontos intermediários,
podemos afirmar:
Escolha uma:
a. Regiões muito acidentadas (morros ou depressões) são
pontos obrigatórios de passagem.
b. No caso da rodovia atravessar o leito de um grande rio, o
local onde o rio é mais estreito considera-se um ponto
obrigatório de passagem. 
c. São denominados também de pontos transitórios
passageiros.
d. Regiões com curvas de níveis muito próximas são
consideradas pontos obrigatórios de passagem.
e. Cidades e vilarejos ao longo do percurso não caracterizam
pontos obrigatórios de passagem.
Questão 4
Correto
Atingiu 1,00 de 1,00

Marcar questão

Texto da questão

Em relação ao traçado de uma rodovia,


especificamente seu perfil longitudinal, também
chamado de greide, o que podemos afirmar
sobre as obras de terraplenagem necessárias?
Escolha uma:
a. Deve-se dar preferência sempre aos tuneis a ter que executar
grandes trechos de desvios em regiões montanhosas.
b. O ideal é que a rodovia se desenvolva numa proporção maior
em corte do que em aterro. 
c. Por questões de drenagem, a maior parte da futura rodovia
deve ser construída sobre aterro.
d. Devido à alta demanda de materiais (solo e rochas), a grande
maioria da futura rodovia deve ser construída em corte.
e. O ideal é que a rodovia se desenvolva numa proporção
aproximada de 50% em corte e 50% em aterro.
Questão 5
Correto
Atingiu 1,00 de 1,00

Marcar questão

Texto da questão

Em determinado projeto, cuja velocidade diretriz


é 70 km/h, optou-se por uma curva horizontal
circular simples, com raio de 725 m. Sabendo
que a deflexão entre as tangentes da diretriz é
35º, assinale a alternativa correta.
Escolha uma:
a. A tangente externa é de 260 m.
b. O ângulo central da curva é 12º 30'.
c. O desenvolvimento da curva é de 480 m
d. A flecha é de 45 m.
e. O ângulo central da curva é 35º. 
Questão 6
Correto
Atingiu 1,00 de 1,00

Marcar questão

Texto da questão
As características técnicas das vias ou os
parâmetros pré-estabelecidos para determinada
classe de rodovia são determinantes no estudo
do traçado e no projeto definitivo. Entre vários
elementos geométricos, pode-se apontar como
intrínsecos à classe da via:
Escolha uma:
a. Raio mínimo de curvas horizontais, declividade máxima e
abaulamento. 
b. Tangente mínima entre curvas reversas, distâncias de
visibilidade e comprimento do acostamento.
c. Número mínimo de curvas horizontais, raio mínimo de curvas
verticais e superelevação.
d. Comprimento das transições, raio máximo em curvas verticais
e superlargura.
e. Raio mínimo de curvas horizontais, extensão máxima de
rampa e largura da pista.
Questão 7
Correto
Atingiu 1,00 de 1,00

Marcar questão

Texto da questão

Uma curva rodoviária circular simples possui raio


equivalente a 260 metros e ângulo central de
30º. Determine as suas tangentes externas.
Escolha uma:
a. 91,85 m.
b. 85,25 m.
c. 69,70 m. 
d. 100,00 m.
e. 64,01 m
Questão 8
Correto
Atingiu 1,00 de 1,00

Marcar questão

Texto da questão

Em um projeto de estrada, para concordar duas


tangentes, foi escolhida uma curva horizontal
com transição. Como se chama a estaca que
define o ponto de passagem do trecho em curva
circular para o trecho de transição, caracterizado
por uma espiral?
Escolha uma:
a. TS.
b. ST.
c. AC.
d. SC.
e. CS 
Questão 9
Correto
Atingiu 1,00 de 1,00

Marcar questão
Texto da questão

Sobre o traçado em planta de uma rodovia,


assinale a alternativa correta:
Escolha uma:
a. Regiões topograficamente favoráveis acarretam grandes
movimentos de terra e, consequentemente, altos custos para a
execução da infraestrutura da estrada.
b. Muitas vezes, determinados traçados não valorizam a região
nem os imóveis atravessados.
c. A existência de benfeitorias não é problema, já que os custos
de desapropriação são insignificantes se comparados ao custo
de projeto e execução da rodovia.
d. Uma análise hidrológica mal feita resulta na escolha de um
traçado ruim, acarretando a necessidade de obras de arte e
obras de drenagem a um custo elevado. 
e. Obras em regiões de solos coesos acarretam na necessidade
de obras adicionais de estabilização de cortes e aterros, o que
representa custos adicionais.
Questão 10
Correto
Atingiu 1,00 de 1,00

Marcar questão

Texto da questão

Para o dimensionamento e disposição das


características geométricas espaciais do corpo
estradal, algumas fases devem ser cumpridas até
o projeto definitivo. Sobre essas fases, é correto
afirmar:
Escolha uma:
a. O resultado da exploração é chamado projeto da exploração
e oferece um retrato detalhado de toda área / região para se
definir o melhor projeto à futura estrada. As condições do
terreno orientam os projetistas sobre as pretensas
características da estrada, bem como sobre estimativas de custo
para comparações. 
b. A locação deve ser feita antes do projeto de exploração
totalmente definido, ou seja, deve-se locar os seus pontos
justamente para verificar se o que está sendo previsto e
projetado é adequado às expectativas.
c. O reconhecimento da área territorial de trabalho, quando
executado por meio de levantamentos topográficos ou
aerofotogramétricos, acompanhados de informações
geológicas e hidrológicas precisas, pode cobrir apenas uma
faixa da região que tenha condições de acomodar a referida
estrada.
d. É praticamente impossível obter-se coincidência de dados
levantados nas fases de exploração e locação, por isso, a linha
denominada diretriz é uma aproximação da realidade, tendo-se
que fazer inúmeros ajustes na fase de execução.
e. A exploração não possui nenhuma ligação com a fase de
reconhecimento; trata-se da coleta de amostras de solo para
identificação de materiais servíveis à obra.

Você também pode gostar