Você está na página 1de 5

Matemática Financeira

Aplicada

Aula 1 Contextualização

Prof. Nelson Pereira Castanheira

 Juros Juros
 Taxa de juros  Dinheiro pago pelo uso de dinheiro
emprestado
 Capitalização simples
 Remuneração do capital
 Atualização de valores empregado em atividades
 Atualização monetária produtivas
 Remuneração paga pelas
 Descontos simples
instituições financeiras sobre o
 Títulos equivalentes capital nelas aplicado

Todo Empréstimo
Implica em: Atualização de Valores

 satisfação imediata da
necessidade de consumo de uma
pessoa, pagando juros  Por que se paga juros?

 aplicação do dinheiro disponível de


outra pessoa, recebendo juros

1
Atualização Monetária

Instrumentalização
 Por que é necessária?

Capitalização Capitalização Simples

 Regime de pagamento (ou de  Capital ( C ): o que é isso?


recebimento) de juros  Juros simples ( J ): como se
 Se os juros são simples, calcula?
a capitalização é simples  Atenção:

 Se os juros são compostos, • ano civil = 365 dias


a capitalização é composta • ano comercial = 360 dias

E quando os juros Taxa de Juros


são simples?

 Os juros são fixados por meio de


 Quando os juros são calculados
uma taxa percentual ( i ) que
sempre sobre o valor inicial
sempre se refere a uma unidade
(ou valor atual) de uma transação
de tempo: dia, mês, bimestre,
financeira
trimestre, ano etc.

2
Exemplos Período (Tempo ou Prazo)

 i = 0,2 % a. d. = 0,002 a. d.  Período é o tempo sobre o qual


estamos pagando ou recebendo
 i = 1,99 % a. m. = 0,0199 a. m. juros

 i = 12 % a. a. = 0,12 a. a.
 Vamos representá-lo por “n”

Montante Fluxo de Caixa

 É o resultado da soma do capital


(C) aos juros (J) obtidos em uma C M
operação financeira
0 n

M=C+J
 Vamos representá-lo por M

Descontos Simples Títulos Equivalentes

Comercial (Dc)  Observar que “i” é constante


Dc = M . i . n
M M1
Vc = M – Dc
Racional (Dr) 0 n n1
Dr = Vr . i . n
Vr = M M1 = M . (1 – i . n)
1+i.n (1 – i . n1)

3
Fórmula dos Juros Simples

J=C.i.n
Aplicação
 Atenção: a taxa e o tempo
deverão ser sempre considerados
na mesma unidade de tempo

Fórmula Geral Exemplo 1

 Uma dívida de R$1.000,00 será


 Como: M = C + J paga com atraso de 3 meses e 15
dias. Serão aplicados juros simples
 Então: M = C + C . i . n a uma taxa de 2% ao mês
 Qual o valor do montante dessa
 Logo: M = C . (1 + i . n)
operação?

J=C.i.n Exemplo 2
C = 1.000,00
i = 2% a. m. = 0,02 a. m.  Uma aplicação de R$5.000,00
n = 3 m 15 d = 3,5 m resultou em um montante de
R$5.625,00. Sabendo que a taxa
J = 1000 x 0,02 x 3,5 de juro simples da aplicação foi de
J = 70,00 2,5% a. m., por quanto tempo o
capital ficou aplicado?
M = C + J = 1.070,00

4
M = C (1 + i . n)
Temos que:
C = 5.000,00 ; M = 5.625,00
i = 2,5% a. m. = 0,025 a. m.
5625 = 5000 (1 + 0,025 . n) Síntese
5625 = 1 + 0,025 . n
5000
1,125 – 1 = 0,025 . n
n = 5 meses

Juros Simples Capitalização Simples

 Sua utilização no dia a dia


 O cálculo do saldo médio
 Sua importância para a economia
 O cálculo do juro em saldo
 Sua importância em concursos
negativo
públicos

Referências de Apoio
 CASTANHEIRA, Nelson Pereira.
Matemática financeira
aplicada. Curitiba: Ibpex, 2010.
 Site para consulta:
• <http://exame.abril.com.br/carr
eira/quizzes/simulado-de-
matematica-financeira-para-
concurso>.

Você também pode gostar