Você está na página 1de 3

c   


    
      
Muitos acidentes nas estradas são provocados pela demora na reação dos
motoristas a situações inesperadas. Estudos internacionais demonstram que a
capacidade humana de reagir a uma situação de perigo, quando estamos
dirigindo, requer um intervalo de, no mínimo, 0,5 segundo. Mas fatores como a
sonolência e a ingestão de bebidas alcóolicas aumentam perigosamente este
tempo; um atraso que pode fazer a diferença entre a vida e a morte.

 
A sonolência atinge a pessoa quando o relógio biológico indica que chegou a
hora de dormir. Neste momento, a atenção e os reflexos diminuem; um fenômeno
perfeitamente natural, mas que pode ser fatal se você estiver ao volante.

Como identificar um estado de sonolência ao volante?


- Olhos insistindo em fechar.
- Perceber que dirigiu por instantes sem ter consciência do que estava fazendo.
- Sentir a cabeça tombar.
- Dificuldade em manter o carro na pista.
- Dificuldade em acompanhar a sinalização.
- Bocejar com frequência.

Se você notar as circunstâncias acima, pare o carro assim que possível em um


local seguro e tente dormir por algumas horas. Só um sono restaurador é
realmente capaz de reverter o estado de sonolência.

Como evitar a sonolência na estrada?


- Faça apenas refeições leves, antes e durante sua viagem.
- Quando for dirigir, nunca faça uso de bebidas alcóolicas ou remédios que
interfiram na capacidade de controlar o carro.
- Faça paradas para descansar a cada duas horas ou 160 km.
- Em dias ensolarados, use óculos escuros, pois a luz excessiva também causa
sonolência.
 
Tempo
de
Velocidade reação 0,50 0,75 1,00 1,50 2,00 2,50
em
segundos

30 km/h 4,16 6,25 8,33 14,57 16,60 20,82


45 km/h 6,25 9,37 12,50 18,75 25,00 31,25
60 km/h 8,33 12,49 16,60 24,90 33,20 41,50
75 km/h 10,41 15,62 20,83 31,24 41,60 52,70
90 km/h 12,50 18,75 25,00 37,50 50,00 62,50
v    

c 
Atuando diretamente no cérebro do motorista, o álcool dá uma falsa sensação de
segurança, fazendo com que a pessoa se arrisque mais do que o habitual, ao
mesmo tempo em que prejudica drasticamente a capacidade de avaliar distância e
velocidade e de reagir a uma situação inesperada.

Limite legal
Pelo menos um terço dos motoristas e motociclistas mortos são encontrados com
níveis de álcool acima do limite legal.
De acordo com o Código Nacional de Trânsito, considera-se que o motorista não
reúne mais condições para dirigir com segurança a partir de 0,6 gramas de álcool
por litro de sangue.
Apesar deste limite variar de pessoa para pessoa, o ideal é evitar qualquer
quantidade de bebida alcóolica antes de dirigir.

Punições
Os bafômetros usados pela polícia são capazes de determinar o estado de
embriaguez de um motorista em apenas um minuto.
Dirigir sob a influência de álcool em um nível superior ao permitido é
considerado como infração gravíssima, que implica penalidade de multa
equivalente a 900 UFIR, suspensão do direito de dirigir, recolhimento da carteira
de habilitação e retenção do veículo.
Além disto, trata-se de um crime de trânsito, com pena prevista de seis meses a
três anos de prisão.

Como evitar a pior das ressacas


- Se você vai a uma festa e pretende consumir bebidas alcóolicas, procure outra
alternativa de transporte, como táxi e ônibus.
- Ao sair da festa não aceite carona de quem bebeu, mesmo que se considera
apto. Nesta hora, os mais confiantes são os que correm maiores riscos.
- Não se engane. Café e banho gelado não conseguem eliminar os efeitos do
álcool. Apenas podem deixá-lo mais desperto.

Enfim, se você gosta de beber, deixe sempre o carro em casa. Beber com
responsabilidade é a única forma de prolongar seu prazer, sem a terrível ressaca
que um acidente pode provocar.

Tabela de dosagem alcóolica


Taxas de álcool Efeitos no motorista
De 0,1 a 0,3 g/l* Zona de tolerância. Não há constatação de problemas.
Não há sinal clínico aparente, porém os gestos
De 0,3 a 0,5 g/l*
começam a sofrer perturbações.
Os problemas começam a aparecer. Os tempos de
reação são mais longos e as reações motrizes tornam-
De 0,5 a 0,8 g/l*
se problemáticas. O motorista passa por um estado de
euforia.
Os reflexos vão ficando problemáticos. A condução é
De 0,8 a 1,5 g/l*
extremamente perigosa.
Condução titubeante. Motorista vê os objetos
De 1,5 a 3,0 g/l*
dobrados.
De 3,0 a 5,00 g/l* Embriaguez total, condução impossível.
De 5,00 g/l* em diante Coma alcóolico. Grande risco de vida.

* gramas por litro de sangue

Interesses relacionados