Você está na página 1de 12

C3BDE_QUIM_Alex_Prof 29/01/11 11:12 Página 25

FRENTE 1 – FÍSICO-QUÍMICA
3. Calcule o calor envolvido na queima de 5 mol de H2.
MÓDULO 11
RESOLUÇÃO:
TERMOQUÍMICA: ENTALPIA – libera
1 mol –––––––––––– 242kJ
REAÇÃO EXOTÉRMICA E ENDOTÉRMICA 5 mol –––––––––––– x
∴ x = 1210kJ

1. Marque com X se o processo é exotérmico e com Y se o processo


é endotérmico.
a) Fe(s) → Fe(l) ( )
b) H2O(v) → H2O(l) ( )
c) Al2O3(s) → 2Al(s) + 3/2O2(g) ( )
ΔH = + 1675kJ
d) C3H8(g) + 5O2(g) → 3CO2 + 4H2O(l) ( )
ΔH = – 2200kJ
4. Calcule o calor envolvido na formação de 1,8kg de H2O(v).
RESOLUÇÃO: (Massa molar da água = 18g/mol).
a) Y b) X c) Y d) X
RESOLUÇÃO:
liberam
18g –––––––––––– 242kJ
1800g –––––––––––– x
∴ x = 24200kJ

O gráfico a seguir representa a combustão do gás hidrogênio:

5. Na decomposição da H2O(v), ocorre liberação ou absorção de


Responda às questões de 2 a 5. calor?

RESOLUÇÃO:
2. A reação indicada no gráfico é exotérmica ou endotérmica?
H2O(v) → H2(g) + 1/2O2(g) ΔH = + 242kJ
absorção de calor
RESOLUÇÃO:
ΔH < 0 reação exotérmica
QUÍMICA BDE

– 25
C3BDE_QUIM_Alex_Prof 29/01/11 11:12 Página 26

3. (FUVEST-SP) – As reações, em fase gasosa, representadas pelas


MÓDULO 12
equações I, II e III, liberam, respectivamente, as quantidades de calor
LEI DE HESS – CÁLCULO DO ΔH Q1 J, Q2 J e Q3 J, sendo Q3 > Q2 > Q1.
I) 2NH3 + 5/2O2 → 2NO + 3H2O .......... ΔH1 = – Q1J
1. (UFPE) – A partir das entalpias-padrão das reações de oxidação do
II) 2NH3 + 7/2O2 → 2NO2 + 3H2O .......... ΔH2 = – Q2J
ferro dadas abaixo:
III)2NH3 + 4O2 → N2O5 + 3H2O ........... ΔH3 = – Q3J
I. Fe(s) + 1/2O2(g) → FeO(s) ΔH0 = – 64kcal
II. 2Fe(s) + 3/2O2(g) → Fe2O3(s) ΔH0 = – 196kcal
Assim sendo, a reação representada por
determine o ΔH da reação cuja equação química é: IV) N2O5 → 2NO2 +1/2O2.........................ΔH4
III.2FeO(s) + 1/2O2(g) → Fe2O3(s) será

a) exotérmica, com ΔH4 = (Q3 – Q1)J.


RESOLUÇÃO:
Para obter o ΔH da reação da equação III, devemos inverter e multiplicar b) endotérmica, com ΔH4 = (Q2 – Q1)J.
por 2 a equação I e somá-la com a equação II.
c) exotérmica, com ΔH4 = (Q2 – Q3)J.
2FeO(s) → 2Fe(s) + 1O2(g) ΔH0 = + 128kcal
2Fe(s) + 3/2O2(g) → Fe2O3(s) ΔH0 = – 196kcal d) endotérmica, com ΔH4 = (Q3 – Q2)J.
–––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––
2FeO(s) + 1/2O2(g) → Fe2O3(s) ΔH0 = – 68kcal e) exotérmica, com ΔH4 = (Q1 – Q2)J.

RESOLUÇÃO:
Como foram fornecidas as equações termoquímicas, devemos aplicar a Lei
de Hess para calcular a variação de entalpia da equação IV.
Na determinação do ΔH4, deve-se inverter a equação III, conservando-se a
equação II:

III) N2O5 + 3H2O → 2NH3 + 4O2 ΔH3 = + Q3 J

II) 2NH3 + 7/2O2 → 2NO2 + 3H2O ΔH2 = – Q2 J

––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––
N2O5 → 2NO2 + 1/2O2 ΔH4 = (Q3 – Q2)J

2. Calcular o ΔH de combustão completa de 1 mol de butano. Sendo Q3 > Q2 > Q1, pode-se afirmar que ΔH4 > 0 e, portanto, a reação é
C4H10 + 13/2O2 → 4CO2 + 5H2O ΔH ? endotérmica.
Dadas as equações: Resposta: D
I. C + O2 → CO2 ΔH = – 393kJ
II. H2O → H2 + 1/2O2 ΔH = + 285kJ
III.4C + 5H2 → C4H10 ΔH = – 119kJ

RESOLUÇÃO:
Multiplicar a equação I por 4.
Inverter a equação II e multiplicá-la por 5.
Inverter a equação III.
Somando as três equações, temos:
4C(s) + 4O2(g) → 4CO2(g) ΔH = – 1572kJ
5H2(g) + 5/2O2(g) → 5H2O(l) ΔH = – 1425kJ
C4H10(g) → 4C(s) + 5H2(g) ΔH = + 119kJ
–––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––
C4H10(g) + 13/2O2(g) → 4CO2(g) + 5H2O(l) ΔH = – 2878kJ/mol
QUÍMICA BDE

26 –
C3BDE_QUIM_Alex_Prof 29/01/11 11:12 Página 27

RESOLUÇÃO:
MÓDULO 13 Podemos determinar a entalpia de formação do N2O5 a partir das entalpias
de formação do HNO3(aq) e de formação da H2O fornecidos no enunciado.
ENTALPIA DE FORMAÇÃO 1 N2O5(g) + 1 H2O(l) → 2 HNO3(aq) ΔH = –140kJ
–572

1. (MACKENZIE-SP)
x
( ) ––––
2
kJ (–415kJ)

CH4(g) + H2O(v) ⎯→ CO(g) + 3 H2(g)


O gás hidrogênio pode ser obtido pela reação acima equacionada. Hr Hp
Dadas as entalpias de formação em kJ/mol, ΔH = Hp – Hr
CH4 = – 75, H2O = – 287 e CO = – 108, a entalpia da reação a 25°C e –140 = –415 – (x – 286)
1 atm é igual a x = +11kJ
a) + 254 kJ b) – 127 kJ c) – 470 kJ Outra maneira seria aplicar a Lei de Hess:
d) + 508 kJ e) – 254 kJ
2 HNO3(aq) → N2O5(g) + H2O(l) ΔH = +140kJ
RESOLUÇÃO:
CH4(g) + H2O(v) ⎯⎯⎯→ CO(g) + 3 H2(g) N2(g) +3O2(g) + H2 (g) → 2 HNO3(aq) ΔH = –415kJ

– 75kJ – 287kJ – 108kJ zero 572


H2O(l) → H2 (g) + 1/2O2(g) ΔH = + –––– kJ
2
– 362kJ – 108kJ
––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––
N2(g) + 5/2 O2(g) → N2O5(g) ΔH = +11kJ
ΔH = ∑ΔHf – ∑ΔHf
produtos reagentes

ΔH = – 108kJ – (–362kJ)

ΔH = + 254kJ

Resposta: A

3. (ENEM – EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO) – Nas


últimas décadas, o efeito estufa tem-se intensificado de maneira
preocupante, sendo esse efeito muitas vezes atribuído à intensa
liberação de CO2 durante a queima de combustíveis fósseis para
geração de energia. O quadro traz as entalpias-padrão de combustão a
0
25°C (ΔH25 ) do metano, do butano e do octano.
0
fórmula massa molar ΔH25
composto molecular (g/mol) (kJ/mol)
metano CH4 16 –890
butano C4H10 58 –2.878
octano C8H18 114 –5.471

2. (UNIFESP) – Considere as seguintes equações termoquímicas: À medida que aumenta a consciência sobre os impactos ambientais
relacionados ao uso da energia, cresce a importância de se criar
N2 (g) + 3 O2 (g) + H2 (g) → 2 HNO3 (aq) políticas de incentivo ao uso de combustíveis mais eficientes. Nesse
ΔH0 = – 415 kJ sentido, considerando-se que o metano, o butano e o octano sejam
QUÍMICA BDE

2H2 (g) + O2 (g) → 2 H2O (l) representativos do gás natural, do gás liquefeito de petróleo (GLP) e da
gasolina, respectivamente, então, a partir dos dados fornecidos, é
ΔH0 = – 572 kJ possível concluir que, do ponto de vista da quantidade de calor obtido
N2O5(g) + H2O(l) → 2HNO3(aq) por mol de CO2 gerado, a ordem crescente desses três combustíveis é
ΔH0 = – 140 kJ a) gasolina, GLP e gás natural.
b) gás natural, gasolina e GLP.
A entalpia de formação do pentóxido de nitrogênio, em kJ/mol, é igual c) gasolina, gás natural e GLP.
a d) gás natural, GLP e gasolina.
a) – 847 b) – 11,0 c) + 11,0 e) GLP, gás natural e gasolina.
d) + 22,0 e) + 847

– 27
C3BDE_QUIM_Alex_Prof 29/01/11 11:12 Página 28

RESOLUÇÃO 2. (PUC-RJ – MODELO ENEM) – O gás cloro (Cl2), amarelo-es-


Gás natural: CH4 + 2 O2 ⎯→ CO2 + 2 H2O verdeado, é altamente tóxico. Ao ser inalado, reage com a água

existente nos pulmões, formando ácido clorídrico (HCl), um ácido forte
1 mol (são liberados 890 kJ)
capaz de causar graves lesões internas, conforme a seguinte reação:
13
GLP: C4H10 + ––– O2 ⎯→ 4 CO2 + 5 H2O Cl2(g) + H2O(g) → HCl(g) + HClO(g)
2 ↓
4 mol (são liberados 2878 kJ) Ligação Energia média de ligação (kJ/mol; 25°C e 1 atm)
1 mol (são liberados 719,5 kJ) Cl —Cl 243
H—O 464

25 H — Cl 431
Gasolina: C8H18 + ––– O2 ⎯→ 8 CO2 + 9 H2O
2 ↓ Cl — O 205
8 mol (são liberados 5471 kJ)
1 mol (são liberados 683,87 kJ) Utilizando os dados constantes na tabela fornecida, marque a opção
A ordem crescente desses três combustíveis do ponto de vista da quantidade
que contém o valor correto da variação de entalpia verificada, em kJ:
de calor obtido por mol de CO2 gerado é: gasolina, GLP e gás natural. a) + 104 b) + 71 c) + 52 d) – 71 e) – 104
Resposta: A
RESOLUÇÃO:
Cl — Cl + O → H— Cl + H — O — Cl
H H
kJ: + 243 2 (+ 464) – 431 (– 464 – 205)

ΔH = (+ 243 + 928 – 431 – 464 – 205)kJ


ΔH = + 71kJ
Resposta: B
MÓDULO 14
ENERGIA DE LIGAÇÃO

1. (UNIFESP) – Com base nos dados da tabela 3. (MACKENZIE-SP) – A respeito da reação


Ligação Energia média de ligação (kJ/mol) H2C = CH2(g) + Cl2(g) → H2C — CH2(g)
| |
O—H 460 é incorreto afirmar que Cl Cl

H—H 436 Dados:


O=O 490 Energias de ligação em kcal/mol
pode-se estimar que o ΔH da reação representada por C = C → 143,0 C — C → 80,0
2H2O(g) → 2H2(g) + O2(g), Cl — Cl → 58,0 C — Cl → 78,5
dado em kJ por mol de H2O(g), é igual a a) a reação é exotérmica.
a) + 239 b) + 478 c) + 1101 b) tem ΔH = – 36,0kcal.
d) – 239 e) – 478 c) a energia total absorvida para a quebra das ligações é maior do que
a energia total liberada na formação das novas ligações.
RESOLUÇÃO: d) a energia envolvida na síntese de 2 mols de produto é de 72 kcal.
H H e) ocorre a adição de cloro a um alceno (ou alqueno).
2 O ⎯⎯⎯→ 2H—H + O=O
RESOLUÇÃO:
4 (+ 460kJ) 2 (– 436kJ) – 490kJ Cálculo do ΔH:
ΔH = +1840kJ – 872kJ – 490kJ H2C = CH2(g) + Cl2(g) → H2C — CH2(g)
| |
QUÍMICA BDE

ΔH = +478kJ para 2 mol de H2O(g) Cl Cl


ΔH = +239kJ para 1 mol de H2O(g) + 143,0kcal + 58,0kcal – 80kcal – 2 . 78,5kcal
Resposta: A quebra de ligações formação de ligações
ΔH = + 143,0kcal + 58,0kcal – 80kcal – 157kcal
ΔH = – 36,0kcal, reação exotérmica
A energia total absorvida para a quebra das ligações é menor do que a
energia total liberada na formação das novas ligações.
Resposta: C

28 –
C3BDE_QUIM_Alex_Prof 29/01/11 11:12 Página 29

FRENTE 2 – QUÍMICA ORGÂNICA


3. Dê o nome oficial do composto.
MÓDULO 11
NOMENCLATURA DOS
HIDROCARBONETOS DE CADEIA NORMAL

1. (MACKENZIE-SP) – Relativamente ao composto de fórmula


estrutural H3C — CH2 — CH2 — CH3, considere as afirmações:
I. É um alcano.
II. Apresenta somente carbonos primários em sua estrutura.
III.Apresenta uma cadeia carbônica normal.
IV. Tem fórmula molecular C4H10. RESOLUÇÃO:
a) hexano b) hex-2-eno c) hexa-1,3-dieno
São corretas somente:
a) I e II b) I e III c) II, III e IV H2 H2
d) I, III e IV e) I e IV C C CH3
H3C C C
H2 H2
RESOLUÇÃO:
I) Correta. É um hidrocarboneto de cadeia aberta saturada. H H2
C C CH3
P S S P
H3C C C
II) Errada. H3C — CH2 — CH2 — CH3 P:primário, S: secundário
H H2
III) Correta. Cadeia carbônica com apenas duas extremidades livres.
H H
IV) Correta. C C CH3
Resposta: D
H2C C C
H H2

2. Complete com as fórmulas estruturais correspondentes: MÓDULO 12


a) gás natural ____________________________________________
b) gás que acelera o amadurecimento de frutas __________________ NOMENCLATURA DOS
c) GLP _________________________________________________ HIDROCARBONETOS DE CADEIA RAMIFICADA
d) gás do maçarico ________________________________________

1. Dê nomes, segundo a IUPAC, aos seguintes compostos:


RESOLUÇÃO:
H
| CH3
a) H — C — H |
| a) CH3 — C — CH2 — CH3
H |
CH — CH3
b) H2C = CH2 |
CH3
QUÍMICA BDE

c) CH3 — CH2 — CH3 + CH3 — CH2 — CH2 — CH3 b) H2C = C — CH — CH3


| |
d) HC ⬅ CH CH3 CH2
|
CH3
c) HC C — CH2 — CH — CH3
|
CH3
d) H2C = C — CH = CH2
|
CH3

– 29
C3BDE_QUIM_Alex_Prof 29/01/11 11:12 Página 30

RESOLUÇÃO:
MÓDULO 13
NOMENCLATURA DOS
HIDROCARBONETOS CÍCLICOS

1. Quando resultar os mesmos números nas duas possibilidades de


numeração da cadeia, esta deve ser feita obedecendo-se à ordem
alfabética. Dar o nome do hidrocarboneto:

RESOLUÇÃO:

2. Escreva as fórmulas estruturais na forma de linha de ligação ou


bastão dos seguintes compostos:
a) 3-etil-2,2-dimetiloctano
b) 2-metilpent-2-eno

RESOLUÇÃO: 2. Dê nomes, segundo a IUPAC, aos seguintes compostos:


QUÍMICA BDE

RESOLUÇÃO:
a) benzeno
b) metilbenzeno
c) 1,3-dimetilbenzeno

30 –
C3BDE_QUIM_Alex_Prof 29/01/11 11:12 Página 31

3. (VUNESP) – O petróleo, a matéria-prima da indústria petroquí-


mica, consiste principalmente de hidrocarbonetos, compostos conten- MÓDULO 14
do apenas carbono e hidrogênio na sua constituição molecular.
Considerando os hidrocarbonetos I, II, III e IV, ÁLCOOL, FENOL, ALDEÍDO E CETONA

1. (FUVEST-SP) – O bactericida Fomecin A, cuja fórmula estrutural é

a) dê as fórmulas moleculares de cada composto;


b) rotule cada um dos compostos como alcano, alceno, alcino ou
hidrocarboneto aromático.

RESOLUÇÃO:
Os hidrocarbonetos I, II, III e IV são:

apresenta as funções
a) ácido carboxílico e fenol.
b) álcool, fenol e éter.
c) álcool, fenol e aldeído.
d) éter, álcool e aldeído.
e) cetona, fenol e hidrocarboneto.

RESOLUÇÃO:
As funções são álcool, fenol e aldeído.

Resposta: C

a) As fórmulas moleculares dos compostos são:


I) C5H10 II) C5H6 III) C8H18 IV)C13H16
b) O composto I é um ciclano (cicloalcano), o II é um cicloalcadieno, o III
é um alcano e o IV é um hidrocarboneto aromático.

QUÍMICA BDE

– 31
C3BDE_QUIM_Alex_Prof 29/01/11 11:12 Página 32

2. Considere o composto de função mista: RESOLUÇÃO:


As funções orgânicas presentes nas substâncias são:
Gingerona: éter, fenol e cetona.
Eugenol: éter e fenol.
p-hidroxifenil-2-butanona: fenol e cetona.
Vanilina: fenol, éter e aldeído.
Resposta: E

A fórmula molecular e os grupos funcionais presentes no composto


são, respectivamente,
a) C11H11O4 grupos: ácido, álcool, cetona e aldeído.
b) C12H12O2 grupos: fenol, álcool, cetona e amina.
c) C11H12O4 grupos: fenol, álcool, cetona e aldeído.
d) C10H12O4 grupos: ácido, álcool, cetona e amida.
e) C11H10O3 grupos: sal orgânico, álcool, cetona e aldeído.

RESOLUÇÃO:

4. (UNESP-SP) – Qual das moléculas apresentadas possui fórmula


Fórmula molecular: C11H12O4 mínima diferente das demais?
Resposta: C a) butan-2-ol. b) but-2-en-1-ol. c) but-3-en-1-ol.
d) butanal. e) butanona.

RESOLUÇÃO:
O butan-2-ol é o único que possui fórmula mínima diferente.

Fórmula Molecular Fórmula Mínima

2-butanol C4H10O C4H10O

but-2-en-1-ol C4H8O C4H8O

but-3-en-1-ol C4H8O C4H8O

butanal C4H8O C4H8O

butanona C4H8O C4H8O


3. (PUC-SP – MODELO ENEM) – Os aromas e sabores dos ali-
Resposta: A
mentos são essenciais para nossa cultura na escolha, no preparo e na
degustação dos alimentos. A seguir, estão representadas algumas das
substâncias responsáveis pelas sensações características do gengibre,
da framboesa, do cravo e da baunilha.
QUÍMICA BDE

A função química presente nas quatro estruturas representadas é


a) éter. b) álcool. c) cetona.
d) aldeído. e) fenol.

32 –
C3BDE_QUIM_Alex_Prof 29/01/11 11:12 Página 33

FRENTE 3 – QUÍMICA GERAL E INORGÂNICA


3. (UNIFEB-SP) – Águas naturais que contêm quantidade apreciável
MÓDULO 11 de íons Ca2+ ou Mg2+, chamadas de águas duras, interferem na ação
dos sabões, impedindo que façam espuma. Esses íons podem ser elimi-
COMPOSTOS INORGÂNICOS (II): nados pela adição de Na2CO3, pois ocorre a precipitação na forma de
SAIS: DEFINIÇÃO E NOMENCLATURA carbonatos.
A fórmula do carbonato de cálcio é:
a) Ca(CO3)2 b) CaCO3 c) Ca2CO3
1. (U.F. VIÇOSA-MG) – Complete o quadro com as fórmulas e os d) Ca3(CO3)2 e) Ca2(CO3)3
nomes corretos correspondentes.
Fórmula do Nome do RESOLUÇÃO:
Cátion Ânion carbonato de cálcio: CaCO3
composto composto Resposta: B
a) NH4+ Cl–
b) Cl– BaCl2
c) Ag+ nitrato de prata
3+
d) Fe S2–
e) Fe2+ OH–

RESOLUÇÃO:
a) NH4Cl cloreto de amônio
b) Ba2+ cloreto de bário
c) NO–3 AgNO3
d) Fe2S3 sulfeto de ferro (III)
e) Fe(OH)2 hidróxido de ferro (II)

MÓDULO 12
2. (UNESC-SC – MODELO ENEM) – Muitas impurezas contidas
ÓXIDOS: DEFINIÇÃO, NOMENCLATURA,
na água são de natureza coloidal, ou seja, ficam dispersas uni-
ÓXIDOS BÁSICOS E ÓXIDOS ÁCIDOS
formemente, não sofrendo sedimentação pela ação da gravidade. Esse
fenômeno pode ser explicado pelo fato de as partículas possuírem
praticamente a mesma carga elétrica, sofrendo repulsão mútua. Para 1. Complete as equações químicas
promover o choque entre as partículas, é utilizado um processo a) H2O + CO2 →
b) H2O + SO3 →
denominado floculação ou coagulação. O sulfato de alumínio é o
c) H2O + CO →
floculante mais usado nesse procedimento. Conhecendo-se o cátion
d) Na2O + H2O →
alumínio Al3+ e o ânion sulfato SO42– , a fórmula molecular do sulfato e) CaO + H2O →
de alumínio é:
a) Al3(SO4)2 b) Al2SO4 c) Al2(SO4)3 RESOLUÇÃO:
a) H2O + CO2 → H2CO3
d) Al(SO4)2 e) Al(SO4)3 b) H2O + SO3 → H2SO4
c) H2O + CO → não reage
RESOLUÇÃO: d) Na2O + H2O → 2NaOH
QUÍMICA BDE

Al3+ SO2–
4 e) CaO + H2O → Ca(OH)2
Al2(SO4)3

Resposta: C

– 33
C3BDE_QUIM_Alex_Prof 29/01/11 11:12 Página 34

2. (FUVEST-SP – MODELO ENEM) – No seguinte trecho (adapta- RESOLUÇÃO:


do) de uma peça teatral de C. Djerassi e R. Hoffmann, as esposas de três Uma alternativa viável para combater o efeito estufa é reduzir o
desmatamento, mantendo-se, assim, o potencial da vegetação em absorver
químicos do século XVIII conversam sobre um experimento feito com
o CO2 da atmosfera, processo esse chamado de fotossíntese.
uma mistura de gases. Resposta: C
“SENHORA POHL – Uma vez o farmacêutico Scheele estava
borbulhando [a mistura gasosa] através de uma espécie de água.
MADAME LAVOISIER – Deve ter sido água de cal.
SENHORA PRIESTLEY – A água ficou turva, não ficou?
MADAME LAVOISIER – É o mesmo gás que expiramos... o gás que
removemos com a passagem através da água de cal.
SENHORA POHL – Depois ele me pediu que colocasse no gás
remanescente um graveto já apagado, apenas em brasa, numa das
extremidades. Já estava escurecendo.
SENHORA PRIESTLEY – E o graveto inflamou-se com uma chama
brilhante... e permaneceu aceso!”
MÓDULO 13
Empregando símbolos e fórmulas atuais, podem-se representar os
referidos componentes da mistura gasosa por REAÇÃO DE DUPLA-TROCA
a) CO2 e O2 b) CO2 e H2 c) N2 e O2 – TABELA DE SOLUBILIDADE
d) N2 e H2 e) CO e O2
RESOLUÇÃO
O gás CO2 (gás expirado) reage com água de cal, de acordo com a equação 1. (MODELO ENEM) – Água. O que é exatamente a água?
química
Em termos simples, a molécula de água é formada por dois átomos de
Ca(OH)2 + CO2 → CaCO3 + H2O hidrogênio atraídos e unidos a um átomo de oxigênio. Ainda que a
água de cal sólido branco superfície da Terra seja composta por aproximadamente 75% de água,
O graveto inflama-se por causa do gás oxigênio (O2), que é comburente. apenas 3% é de água doce; por isso, são necessárias as ETAs (estações
Conclusão: a mistura gasosa é constituída de CO2 + O2. de tratamento de água); assim, a água que sai das torneiras de nossas
Resposta: A casas passa por um longo tratamento físico e químico. O tratamento
físico consiste na separação de folhas de árvores, pedras, pedaços de
3. (ENEM – EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO) – A at- galhos e outros objetos, já o tratamento químico consiste na retirada
mosfera terrestre é composta pelos gases nitrogênio (N2) e oxigênio das partículas em suspensão por adição de sulfato de alumínio
(O2), que somam cerca de 99%, e por gases traços, entre eles o gás [Al2(SO4)3] e barrilha [Na2CO3]; em seguida, é adicionado cloro
carbônico (CO2), vapor de água (H2O), metano (CH4), ozônio (O3) e (função bactericida) e flúor (prevenção de cáries).
o óxido nitroso (N2O), que compõem o restante 1% do ar que
respiramos. Os gases traços, por serem constituídos por pelo menos Indicar a opção que apresenta a equação balanceada entre sulfato de
três átomos, conseguem absorver o calor irradiado pela Terra, alumínio e carbonato de sódio.
aquecendo o planeta. Esse fenômeno, que acontece há bilhões de anos,
a) Al2(SO4)3 + Na2CO3 → Al2(CO3)3
é chamado de efeito estufa. A partir da Revolução Industrial (século
XIX), a concentração de gases traços na atmosfera, em particular o b) Al2(SO4)3 + Na2CO3 → Na2SO4
CO2, tem aumentado significativamente, o que resultou no aumento
da temperatura em escala global. Mais recentemente, outro fator c) Al2(SO4)3 + 3Na2CO3 → Al2(CO3)3 + 3Na2SO4
tornou-se diretamente envolvido no aumento da concentração de CO2 d) Al2(SO4)3 + Na2CO3 → Al2(CO3)3 + H2O
na atmosfera: o desmatamento.
BROWN, I. F.; ALECHANDRE, A. S. Conceitos básicos sobre clima, carbono, e) Al2(SO4)3 + Na2CO3 → Na2(CO3) + Al3(SO4)2
florestas e comunidades. A G. Moreira & S. Schwartzman. As mudanças climáticas
globais e os ecossistemas brasileiros. Brasília: Instituto de Pesquisa Ambiental da RESOLUÇÃO:
Amazônia, (adaptação).
Considerando o texto, uma alternativa viável para combater o efeito
QUÍMICA BDE

estufa é
a) reduzir o calor irradiado pela Terra mediante a substituição da
produção primária pela industrialização refrigerada. Resposta: C
b) promover a queima da biomassa vegetal, responsável pelo aumento
do efeito estufa devido à produção de CH4.
c) reduzir o desmatamento, mantendo-se, assim, o potencial da
vegetação em absorver o CO2 da atmosfera.
d) aumentar a concentração atmosférica de H2O, molécula capaz de
absorver grande quantidade de calor.
e) remover moléculas orgânicas polares da atmosfera, diminuindo a
capacidade delas de reter calor.

34 –
C3BDE_QUIM_Alex_Prof 29/01/11 11:12 Página 35

2. (FATEC-SP – MODELO ENEM) – Relatos históricos contam A partir desses experimentos, conclui-se que são pouco solúveis em
que, durante a Segunda Guerra Mundial, espiões mandavam água somente os compostos
mensagens com uma “tinta invisível”, que era essencialmente uma a) Ba(IO3)2 e Mg(ClO3)2 .
solução de nitrato de chumbo. Para tornar a escrita com nitrato de
chumbo visível o receptor da mensagem colocava sobre a “tinta b) PbCrO4 e Mg(ClO3)2.
invisível” uma solução de sulfeto de sódio, Na2S, bastante solúvel em c) Pb(IO3)2 e CaCrO4.
água e esperava pela reação: d) Ba(IO3)2, Pb(IO3)2 e PbCrO4.
Pb(NO3)2 + Na2S → PbS + 2NaNO3 e) Pb(IO3)2, PbCrO4 e CaCrO4.

RESOLUÇÃO:
Com base nas informações, afirma-se que
• A reação química do experimento 1 é:
I. Essa reação formava o nitrato de sódio e sulfeto de chumbo.
II. O sulfeto de chumbo PbS, que precipitava e possibilitava a leitura Ba(ClO3)2 + Mg(IO3)2 → Mg(ClO3)2 + Ba(IO3)2 ↓
da mensagem. clorato de iodato de clorato de iodato de
III.O sulfeto de chumbo por ser muito solúvel em água possibilitava a bário magnésio magnésio bário
leitura da mensagem. O precipitado branco é o sal iodato de bário.
IV. O nitrato de sódio, que precipitava e possibilitava a leitura da • A reação química do experimento 2 é:
mensagem. Mg(IO3)2 + Pb(ClO3)2 → Mg(ClO3)2 + Pb(IO3)2 ↓
iodato de clorato de clorato de iodato de
É correto o que se afirma em apenas magnésio chumbo (II) magnésio chumbo (II)
a) I e II. b) II e III. c) III e IV. O precipitado branco é o sal iodato de chumbo (II).
d) I e III. e) II e IV.
• A reação química do experimento 3 é:
MgCrO4 + Pb(ClO3)2 → Mg(ClO3)2 + PbCrO4 ↓
RESOLUÇÃO:
I. Correta. cromato de clorato de clorato de cromato de
PbS: sulfeto de chumbo (II) magnésio chumbo (II) magnésio chumbo (II)
NaNO3: nitrato de sódio
O precipitado amarelo é o sal cromato de chumbo (II).
II. Correta. • Na reação 4, não há formação de precipitado.
PbS: precipitado preto Resposta: D

III.Errada.
PbS: insolúvel em água
MÓDULO 14
IV. Errada.
NaNO3: solúvel em água
Resposta: A REAÇÃO DE DUPLA-TROCA:
FORÇA E VOLATILIDADE

1. (FUVEST-SP) – A chuva ácida pode transformar o mármore das


3. (FUVEST-SP) – Uma estudante de química realizou quatro
estátuas em gesso (CaSO4).
experimentos, que consistiram em misturar soluções aquosas de sais
a) Escreva a equação balanceada que representa essa transformação.
inorgânicos e observar os resultados. As observações foram anotadas
b) Explique como se forma a chuva ácida.
em uma tabela:
Solutos contidos RESOLUÇÃO:
Experi-
inicialmente nas soluções Observações
mento que foram misturadas a) → H2CO3 + CaSO4
instável
formação de
1 Ba(ClO3)2 Mg(IO3)2 precipitado branco CaCO3+ H2SO4 → CO2+ H2O + CaSO4
QUÍMICA BDE

b) Combustíveis fósseis (derivados do petróleo e carvão) apresentam


formação de enxofre como impureza.
2 Mg(IO3)2 Pb(ClO3)2 precipitado branco S + O2 → SO2

1
SO2 + –– O2 → SO3
formação de 2
3 MgCrO4 Pb(ClO3)2 precipitado amarelo
SO3 + H2O → H2SO4
nenhuma
4 MgCrO4 Ca(ClO3)2 transformação
observada

– 35
C3BDE_QUIM_Alex_Prof 29/01/11 11:12 Página 36

2. (ENEM – EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO) – O 3. (FGV) – A figura representa o esquema de um experimento
processo de industrialização tem gerado sérios problemas de ordem realizado em um laboratório de química para produção e posterior
ambiental, econômica e social, entre os quais se pode citar a chuva identificação de uma substância. No frasco I, foram adicionados
ácida. Os ácidos usualmente presentes em maiores proporções na água NH4Cl(s) e solução de NaOH (aq). O frasco II foi preenchido com uma
da chuva são o H2CO3, formado pela reação do CO2 atmosférico com substância secante, sílica-gel. No frasco III, foram adicionados água
a água, o HNO3, o HNO2, o H2SO4 e o H2SO3. Esses quatro últimos destilada e indicador ácido-base fenolftaleína. A identificação da subs-
são formados principalmente a partir da reação da água com os óxidos tância é feita após mudança da coloração da solução contida no frasco
de nitrogênio e de enxofre gerados pela queima de combustíveis III.
fósseis.
A formação de chuva mais ou menos ácida depende não só da
concentração do ácido formado, como também do tipo de ácido. Essa
pode ser uma informação útil na elaboração de estratégias para
minimizar esse problema ambiental. Se consideradas concentrações
idênticas, quais dos ácidos citados no texto conferem maior acidez às
águas das chuvas?
a) HNO3 e HNO2. b) H2SO4 e H2SO3.
c) H2SO3 e HNO2. d) H2SO4 e HNO3.
e) H2CO3 e H2SO3.

RESOLUÇÃO:
Os ácidos sulfúrico (H2SO4) e nítrico (HNO3) são ácidos fortes, isto é, Com base no experimento, a substância identificada no frasco III foi
ionizam de maneira intensa produzindo grande quantidade de íons H+, o
que confere maior acidez às águas das chuvas. Quanto maior a
a) H2 b) O2 c) N2
concentração de íons H+, maior a acidez. d) NH3 e) Cl2
Nota: De acordo com a Regra de Linus Pauling, quanto maior o número de
RESOLUÇÃO:
átomos de oxigênio não ligados a hidrogênio, maior a força.
+ – +
NH4 Cl + Na OH– → NaCl + H2O + NH3
––– ––– ––– –––
Na+Cl–

NH4+ OH–

Resposta: D
QUÍMICA BDE

36 –

Você também pode gostar