Você está na página 1de 2

VALIDADE DA NORMA JURÍDICA

Questões de validade - aspectos:


1 – Técnico-jurídico ou formal:
- Respeitar a hierarquia.
- Ser aprovada (Câmara e Senado).
- Ser promulgada (Poder executivo – autentica a lei e atesta sua
existência).
- Respeitar prazos e quorum.
- Ter conteúdo de acordo com a competência para legislar.
2 – Legitimidade:
- A incidência ética é o que dá valor à norma jurídica tornando-a válida.
-
ASPECTO TÉCNICO-JURÍDICO OU FORMAL
NO ÂMBITO DA VIGÊNCIA DA NORMA JURÍDICA NO
TEMPO E NO ESPAÇO

VIGÊNCIA DAS NORMAS JURÍDICAS NO TEMPO:


- Vigência temporal é uma qualidade da norma relativa ao tempo de sua atuação.

- Vigência = Validade – a norma pode ser válida mas ainda não vigente.

- A vigência implica que a norma seja obrigatória e isso se dá com a sua publicação oficial.
A promulgação torna a norma aprovada e existente, mas não
obrigatória.
Após a publicação a norma jurídica entra em VIGOR, ou seja,
começa a VIGER.

* INÍCIO DA VIGÊNCIA:
- A norma jurídica entra em vigor após a sua publicação oficial.
DOU – Diário Oficial da União.
DOE – Diário Oficial do Estado.
DOM – Diário Oficial do Município.

- Pode entrar em vigor imediatamente após a sua publicação.


- Pode entrar em vigor em data que ela própria determinar.

Decisão do órgão que a elaborou.


Critério = Urgência ou conhecimento amplo e prévio devido à
importância do tema e abrangência do conteúdo.

Se a norma não designar data considera-se vigente em 45 dias


Art. 1º da LICC.
Nos Estados Estrangeiros que admitem a norma jurídica brasileira
como norma – vigência = 3 meses depois de publicada. Art. 1º, §1º.

VACATIO LEGIS - período de tempo entre a publicação e entrada em


vigor

Nova publicação visando corrigir erros materiais e de ortografia


= prazo recomeça. Art. 1º §3º LICC = extensão.
Se houver correção à norma já em vigor, a norma que corrigiu é considerada lei nova.

CONTAGEM DO PRAZO
Inclui-se o dia da publicação, iniciando a contagem por esse dia.
Inclui-se o último dia do prazo, sendo o dia seguinte o primeiro dia de vigência.
Domingos e feriados = irrelevante.
* Exceção = A norma jurídica que institui ou aumenta tributo só tem vigência no exercício
financeiro seguinte àquele em que tenha sido publicada – no dia 1º de janeiro do ano seguinte.
EXCEÇÃO – a norma entra em vigor, imediatamente, se for para extinguir impostos ou diminuir
valores.