Você está na página 1de 15

MANUAL

LCS PLUS
(LAMBDA CONTROL SISTEM PLUS)
MÓDULOS VERSÕES 0016, 0017, 0018 OU SUPERIORES
SOFTWARE VERSÃO LCS PLUS 3.2
LCS PLUS
1-Diagrama Elétrico do LCS PLUS

COMUTADORA
Azul-Azul
Preto-Preto
Branco-Branco
Vermelho-Vermelho

(Pós-chave)

1
Fios e Ligações:

Fio azul/amarelo – conectar ao sinal de TPS.

Fio amarelo – ligar ao pino de controle de tempo do


emulador de bico.

Fio violeta – entrada do sinal da sonda lambda.

Fio cinza – saída do sinal de sonda lambda.

Fio vermelho – ligar em ponto de pós-chave e


utilizar fusível de 7,5 A.

Fio marrom – conectar ao ponto de sinal de rotação. Não


deve ser enrolado no cabo de vela
sob risco de danificar o gerenciador.

Fio vermelho/preto – ligar em ponto de alimentação


constante (positivo da bateria) e
utilizar fusível de 7,5A.
Fio preto – conectar ao negativo da bateria.

Fio azul – ligar no positivo da(s) eletroválvula(s) do redutor.

Fio branco – conectar ao sensor de pressão do redutor.

Fio laranja – conectar ao sensor de temperatura de água


do motor. (NÃO UTILIZADO).
2
2 – Interfaces
Estão disponíveis 4 modelos de interfaces para interconexão entre o gerenciador e o
dispositivo de programação, que podem ser utilizadas de acordo com a necessidade do
usuário:
Interface serial: cabo para conexão serial RS232 convencional entre o gerenciador e
PC.

Interface USB: cabo para conexão via porta USB do PC com o gerenciador. O uso
deste cabo requer a instalação prévia de um driver no PC.

Interface RF: este é um modelo de cabo quepermite a conexão sem fio entre o PC e o
gerenciador. São necessários dois equipamentos um dos quais ficará ligado ao
gerenciador e o outro ao PC via porta USB. Antes do uso desta modalidade de conexão,
um driver deverá ser instalado no PC. Esta interface é indicada para conexão com a
assistência técnica através da internet no caso de soluções de problemas à distância.

Interface Infravermelho: Destina-se a conexão do gerenciador e um PC com porta


infravermelho ou a um PALM padrão IrDa. E necessário apen as um cabo ligado ao
gerenciador. No caso do uso de um PALM, um programa especial deverá ser instalado e
poderá ser obtido gratuitamente com a assistência técnica.

3
COMUTADORA COM INDICADOR DE NÍVEL DE GNV
C

D B
D - Led Verde Aceso - funcionamento a GNV.
- Intermitência rápida - partida a gasolina com passagem automática
para GNV.

B - Led Amarelo Aceso - funcionamento a gasolina

C - Indicador de nível de GNV - 5 Leds verdes acesos: Cilindro cheio.


- 4 Leds verdes acesos: 4/5 do cilindro.
- 3 Leds verdes acesos: 3/5 do cilindro.
- 2 Leds verdes acesos: 2/5 do cilindro.
- 1 Led verde aceso: 1/5 do cilindro.
- 1 Led verde piscando: Reserva.

PARTIDA DE EMERGÊNCIA A GNV


C

D B
1º - Girar a chave de ignição até acender o painel de instrumentos

2º - Pressionar o botão até que somente o led amarelo B fique aceso.

3º - Pressionar novamente, mantendo pressionado até que o led


amarelo B se apague e fique somente o led verde D piscando.

4º - Efetuar a partida e o motor partirá diretamente a GNV.


4
PROGRAMAÇÃO LCS PLUS
Assim que se abre o programa LCS PLUS no computador, antes de conectar a interface e escolher a
porta de comunicação correta, se encontrará a seguinte tela:

Com a chave de ignição DESLIGADA, conectando-se a interface e escolhendo em


“COMUNICAÇÃO” a porta de comunicação correta (COM 1,COM 2, COM 3, ......). Na parte inferior
esquerda da tela, o círculo terá que estar verde, indicando que a comunicação está OK, se não estiver
OK (FALHA), selecione outra porta de comunicação ou verifique as conexões da interface. A tela de
programação se abrirá, porém necessitamos “INICIALIZAR OS PARÂMETROS BÁSICOS”
conforme procedimento descrito a seguir.

5
Sempre que for instalado a primeira vez ou for feita uma reinstalação, os parâmetros
básicos do gerenciador devem ser inicializados. Para isso, carregue o arquivo
“PARÂMETROS BÁSICOS” no gerenciador através da guia (parte superior esquerda da
tela) “Arquivo”, depois “Carregar” então, abrirá uma tela como esta abaixo:

Clique em “Parâmetros básicos 2”, depois em “Abrir” e aparecerá uma tela como esta
abaixo:

Clique em “OK”, clique novamente em “Arquivo”, depois em “Enviar Tudo”. Aparecerá


uma barra de carregamento como esta abaixo que, deverá completar até os 100%. A
mensagem, no canto superior esquerdo da tela, “DADOS NÃO SINCRONIZADOS”,
desaparecerá indicando que já foi feito o sincronismo das informações e que já estará
pronto para iniciar a AJUSTE DOS PARÂMETROS E TAMBÉM A CALIBRAÇÃO DO
SISTEMA.

6
AJUSTANDO OS PARÂMETROS
IMPORTANTE: Sempre que modificar parâmetros com números, clicar
em “ENTER” para que o novo valor seja enviado para o módulo LCS
PLUS.
1 – Tipo de Motor / Tipo de Ignição

Selecione o número de cilindros e o tipo de ignição de acordo com o local onde foi
conectado o FIO MARROM.
MUITO IMPORTANTE: Após selecionar o TIPO de MOTOR e o TIPO DE IGNIÇÂO,
verificar se a rotação lida no conta giros do programa está compatível com a ROTAÇÃO
REAL do motor. Enquanto não estiver compatível, NÃO continuar até resolver o
problema.
OBS: Se o fio marrom foi ligado no sinal do Tacômetro, tem que ser selecionado o nº de
cilindros e sempre Distribuidor, independente do veículo não possuir o distribuidor.
2 – Tipo de Sensor TPS

Selecione o tipo de TPS de acordo com a variação do valor do TPS em aceleração:


0 - 5V : Variação de 0 a 5 Volts durante a aceleração.
5- 0 V : Variação de 5 a 0 Volts durante a aceleração.
MUITO IMPORTANTE: EM VEÍCULOS COM ACELERADOR ELETRÔNICO,
O SINAL DE TPS, FIO AZUL/AMRELO, TEM QUE SER CONECTADO NO
SENSOR DO PEDAL DE ACELERADOR, NUNCA NO CORPO DE
BORBOLETA.

3 - Tipo de Sensor de Sonda Lambda

Selecione o tipo de sinal do sensor Sonda Lambda. NORMALMENTE DE 0 -1V


(de 0 a 1 Volt).

7
4 – Tipo de transferência de combustível

Selecione se a transferência ocorrerá na aceleração ou desaceleração, o


valor de referencia em RPM para troca, o tempo de sobreposição dos dois combustíveis
(apenas válido se o fio amarelo estiver ligado no emulador de bico) e o tempo de espera.
O tempo de espera representa o tempo que será contado a partir da solicitação da troca
do combustível original para o gás natural, o indicador de comutação ficará piscando,
mas não ocorrerá mudança para o gás. Depois de decorrido o tempo de espera, o
combustível poderá ser mudado quando ocorrer aceleração ou desaceleração de acordo
com a regra marcada (opção somente usada em testes em Laboratórios de Emissões).
5 – Simulação de sonda

Selecione o tipo de simulação de sonda. No caso de onda quadrada, é necessário


ainda informar os tempos de alto e baixo da onda simulada.
OBS: Em função da diferença de frequência de simulação, para se manter a mesma
simulação usada no Landi Renzo LCS1, deve-se sempre usar a tabela em Excel de
conversão para os tempos de alto e de baixo que serão usados no LCS PLUS. A Tabela
está no CD LCS PLUS. Clique com o botão direito do mouse e selecione a opção
EXPLORAR. Clique com o botão direito do mouse no Arquivo em Excel (Tabela de
conversão) e ENVIAR PARA - ÁREA DE TRABALHO.

No lado direito (celulas amarelas), coloque os valores de tempo de alto e de tempo de


baixo usados no sistema LCS A1 V05-E e nas celulas verdes, a planilha em excel calculará
o valor correspondente para o LCS PLUS, os quais deverão ser colocados no tempo de alto
e no tempo de baixo na tela de programação da onda quadrada do LCS PLUS.
8
7 - Limite do Motor de Passo

Parâmetro relacionado a posição mínima e máxima que o motor de passo vai trabalhar. Só
usado quando se tem problema de perda de leitura do sensor sonda lambda.
Ex: Alguns veículos FLEX com injeção DELPHI.
OBS: Nestes veículos FLEX com injeção DELPHI, só se vai modificar o limite
MÁXIMO para 5 a 10 passos acima do DEFAULT 3500-4500 RPM. Nunca modificar o
limite MÍNIMO, sempre deverá ser 25 passos.

8 – Cut - Off

Se estiver habilitado, o PASSO MIN (passo mínimo) representa a posição de recuo onde o
motor de passo vai parar, quando for detectado um CUT-OFF (borboleta em posição de
repouso e motor em desaceleração). A saída do cut-off ocerrerá quando a rotação cair
abaixo do valor preestabelecido em “RPM SAÍDA” ou se ocorrer uma aceleração
novamente.
OBS: Em veículos dotados de acelerador eletrônico (sem cabo de acelerador ou drive
by wire) é sempre recomendável HABILITAR O CUT-OFF deixando o PASSO MIN
com valor entre o default 3500 a 4500 e o default de lenta e com RPM SAÍDA com
1300 RPM. (LEMBRANDO SEMPRE QUE, EM VEÍCULOS COM ACELERADOR
ELETRÔNICO, O SINAL DE TPS, FIO AZUL/AMRELO, , TEM QUE SER
CONECTADO NO SENSOR DO PEDAL DE ACELERADOR, NUNCA NO
CORPO DE BORBOLETA).

9 – Plena carga

Utilize este recurso para indicar que, acima desta rotação, o motor voltará a operar com o
combustível original, onde existe a estratégia de limite máximo de rotação. No gás, como
estamos sempre com os injetores desligados, não há limite máximo de rotação.

9
IDENTIFICANDO A VERSÃO DO MÓDULO LCS PLUS
Assim que se conecta a interface ao módulo LCS PLUS e ao computador, abrirá a tela
principal (considerando que a comunicação está OK).
Clique na barra guia superior em “Resumo” e aparecerá:

Logo abaixo da barra guia superior, você encontrará :


“# Serial ECU” e 10 sequências de 4 dígitos, onde a segunda sequência de 4 dígitos
indica a versão do módulo LCS PLUS.

IMPORTANTÍSSIMO: O PROCEDIMENTO DE CALIBRAÇÃO A


SEGUIR SÓ É VALIDO PARA MÓDULOS LCS PLUS
VERSÕES 0016, 0017, 0018 OU SUPERIORES

10
CALIBRANDO O SISTEMA
( VÁLIDO SOMENTE PARA MÓDULOS LCS PLUS VERSÕES 0016, 0017, 0018 OU SUPERIORES)
Após os passos 1 a 9 terem sido executados, ligue o motor no combustível original e deixe
aquecer e enquanto isso verifique principalmente:
-Se a rotação lida na tela está compatível com a rotação do motor.
-Se o sinal de TPS está compatível com a variação em aceleração.
-Se o sinal de sonda lambda, está sempre ciclando de verde(pobre) a vermelho(rico).
OBS: Se qualquer um dos três sinais acima não estiver correto, verifique e acerte antes de
entrar no procedimento de “CALIBRAÇÃO”.

PRÉ-REGULAGEM DA MARCHA LENTA


Com o motor já aquecido, ANTES DE ENTRAR NA CALIBRAÇÃO, passe para o
GNV, dê três aceleradas leves e deixe o motor cair lentamente na marcha lenta. Neste
momento, verifique se o sinal de sonda lambda está travado em rico, travado em pobre ou
se está ciclando verde(pobre) e vermelho(rico).
1-) SE ESTIVER CICLANDO, visualize a barra de posição do atuador (motor de passo)
e com

pequenos toques na regulagem de marcha lenta do redutor, abrindo ou fechando, faça com
que o atuador trabalhe passando para cima e para baixo de 55 passos então:
Se o atuador estiver variando acima de 55 passos, dê um leve toque abrindo a
regulagem de marcha lenta do redutor, dê uma leve acelerada, aguarde alguns instantes e
visualize se está passando acima e abaixo de 55 passos.
Se o atuador estiver variando abaixo de 55 passos, dê um leve toque fechando a
regulagem de marcha lenta do redutor, dê uma leve acelerada, aguarde alguns instantes e
visualize se está passando acima e abaixo de 55 passos.

2-) SE ESTIVER TRAVADO EM POBRE, abra um pouco a regulagem de marcha lenta


do redutor até que a sonda comece a trabalhar rico/pobre então:
Se o atuador estiver variando acima de 55 passos, dê um leve toque abrindo a
regulagem de marcha lenta do redutor, dê uma leve acelerada, aguarde alguns instantes e
visualize se está passando acima e abaixo de 55 passos.
Se o atuador estiver variando abaixo de 55 passos, dê um leve toque fechando a
regulagem de marcha lenta do redutor, dê uma leve acelerada, aguarde alguns instantes e
visualize se está passando acima e abaixo de 55 passos.

3-) SE ESTIVER TRAVADO EM RICO, feche um pouco a regulagem de marcha lenta


do redutor até que a sonda comece a trabalhar rico/pobre então:
Se o atuador estiver variando acima de 55 passos, dê um leve toque abrindo a
regulagem de marcha lenta do redutor, dê uma leve acelerada, aguarde alguns instantes e
visualize se está passando acima e abaixo de 55 passos.
Se o atuador estiver variando abaixo de 55 passos, dê um leve toque fechando a
regulagem de marcha lenta do redutor, dê uma leve acelerada, aguarde alguns instantes e
visualize se está passando acima e abaixo de 55 passos. 11
CALIBRAÇÃO
(PROCEDIMENTO VÁLIDO SOMENTE PARA MÓDULOS SERIAL 0016, 0017, 0018 OU SUPERIORES)

Com o motor já aquecido e já executada a PRÉ-REGULAGEM DE MARCHA LENTA,


clique na guia superior em “CALIBRAÇÃO”, depois “INÍCIO”, selecione o tipo de
motor mais próximo do motor que está sendo calibrado , clique em “Selecionar” no canto
direito inferior e espere o quadro “PARÂMETROS” ser todo preenchido de VERMELHO
para VERDE.

Acelere o motor e mantenha fixo entre 3500 e 4500 RPM aguardando o quadro de
“CONFIGURAÇÃO 3500-4500 RPM” ser todo preenchido de VERMELHO para
VERDE.

OBS 1: Esta etapa só será concluída se o sinal de sonda lambda estiver “CICLANDO” de
vermelho (rico) a verde (pobre). Caso esteja travado em rico ou pobre, verifique o
misturador.

OBS 2: Existe uma faixa recomendada (70 a 100 PASSOS) de default 3500-4500 RPM,
que através de inúmeros testes em dinamômetro, se mostrou ideal para um excelente
desempenho/consumo. Procure ajustar seu misturador para que sempre esteja dentro ou o
mais próximo possível desta faixa. Após a conclusão da calibração 3500-4500 RPM, a
barra de default, se estiver dentro da faixa 70 a 100 PASSOS, ficará verde. Se o default
encontrado estiver acima de 100 PASSOS, a barra de default ficará vermelha e aparecerá
uma mensagem abaixo pedindo para que diminua o diâmetro do misturador e repita a
calibração. Se o default encontrado estiver abaixo de 70 PASSOS, a barra de default
ficará vermelha e aparecerá uma mensagem abaixo pedindo para que aumente o diâmetro
do misturador e repita a calibração.

OBS 3: As etapas de calibração poderão ser canceladas a qualquer momento clicando em


“FIM”, mas lembre-se que a calibração só será válida se for completada integralmente.
Não é possível apenas calibrar a alta rotação (3500-4500 RPM) ou a marcha lenta
individualmente.
12
Na etapa seguinte, o sistema calibrará a marcha lenta. Se o procedimento de PRÉ-
REGULAGEM DE MARCHA LENTA foi executado conforme as instruções, a
calibração de marcha lenta será concluída muito rapidamente.
Deixe o motor entrar em regime de marcha lenta, quando solicitado pelo programa, isto é,
assim que finalizar a CONFIGURAÇÃO 3500-4500 RPM (QUADRO TODO VERDE).
Aguarde até que o quadro CONFIGURAÇÃO DE MARCHA LENTA fique
completamente verde.

IMPORTANTE 1: Durante o procedimento de calibração de marcha lenta, o motor


de passo só irá trabalhar dentro do intervalo de 25 a 85 PASSOS.

OBS 1: Se a Pré-Regulagem de Marcha Lenta foi bem feita, a calibração se concluirá de


forma muito rápida e o DEFAULT DE LENTA encontrado será entre 50 e 65 PASSOS,
que é o ideal.

OBS 2: Se durante a calibração de lenta, o sinal de sonda TRAVAR EM RICO (vermelho)


OU TRAVAR EM POBRE (verde), isto é, o motor de passo estará no limite mínimo de 25
PASSOS(RICO) ou no limite máximo de 85 PASSOS(POBRE) aparecerão dois tipos de
mensagem, na parte inferior da tela, como estas:

Pedindo para fechar(RICO) ou abrir (POBRE) a regulagem de marcha lenta do redutor


levemente e aguardar para ver se o sinal de sonda volta a CICLAR. Assim que volte a
CICLAR, desde que não encoste nem em 25 PASSOS, nem em 85 PASSOS (pode
trabalhar de 26 a 84 passos), o quadro CONFIGURAÇÃO DE MARCHA LENTA
começará a ficar verde e o default de marcha lenta começará a ser calculado abaixo da
barra de marcha lenta. Se o valor calculado do default de marcha lenta for menor ou maior
que o intervalo de 50 a 65 PASSOS, dê pequenos toques na regulagem de marcha lenta do
redutor, abrindo ou fechando, faça com que o atuador trabalhe passando para cima e para
baixo de 55 passos então:
Se o atuador estiver variando acima de 55 passos, dê um leve toque abrindo a
regulagem de marcha lenta do redutor, dê uma leve acelerada, aguarde alguns instantes e
visualize se esta passando acima e abaixo de 55 passos.
Se o atuador estiver variando abaixo de 55 passos, dê um leve toque fechando a
regulagem de marcha lenta do redutor, dê uma leve acelerada, aguarde alguns instantes e
visualize se esta passando acima e abaixo de 55 passos.

IMPORTANTÍSSIMO: SEMPRE QUE HOUVER A NECESSIDADE DE MOVER A


REGULAGEM DE MARCHA LENTA DO REDUTOR DURANTE A CALIBRAÇÃO
LENTA, AGUARDE A FINALIZAÇÃO DA CALIBRAÇÃO DE LENTA CLIQUE EM
“FIM” E FAÇA UMA CALIBRAÇÃO COMPLETA NOVAMENTE.
13
EXEMPLO DE UMA CALIBRAÇÃO PERFEITA

Veículo utilizado: GM Zafira 2.0 Flex Power


1- Barra de Default 3500-4500 verde com valor 98 dentro da faixa de 70 a 100 passos.
2- Barra de Default de marcha lenta verde com valor 51 dentro da faixa de 50 a 65 passos.
3- Tanto com ar condicionado ligado ou desligado o sinal de sonda sempre ciclando.

RESUMO RÁPIDO DO PROCEDIMENTO DE CALIBRAÇÃO


1 -Conectar a interface ao computador e ao módulo LCS PLUS.
2 -Verificar se a comunicação está OK, senão TROQUE a porta em “COMUNICAÇÃO”.
3 -Entrar “Resumo” e verificar a VERSÃO DO MÓDULO(0016, 0017, 0018 ou superior).
4 -Clicar em “Arquivo”-”Carregar”-”Parâmetros básicos 2”- “Abrir”.
5 -Clicar em “Arquivo”-”Enviar Tudo” e agauardar a barra chegar aos 100%.
6 -Ajustar os parâmetros de acordo com o motor do veículo instalado.
7 -Passar para o GNV e executar a PRÉ-REGULAGEM DE MARCHA LENTA.
8 -Entrar em “Calibração”-”INICIO”-selecionar o tipo de motor mais próximo.
9 -Manter o motor entre 3500 e 4500 RPM e verificar se o default está dentro da faixa.
10-Deixar cair em marcha lenta e verificar se o default está dentro da faixa 50 a 65 passos.
11-Habilitar e calibrar o cut-off principalmente em veículos com aceleradores eletrônicos.
12-Testar o veículo parado e em movimento para sentir o comportamento.

14

Você também pode gostar