Você está na página 1de 7

Universidade do Sul de Santa Catarina – Unisul

Campus Virtual

Orientações:
 Procure o professor sempre que tiver dúvidas.
 Entregue a atividade no prazo estipulado.
 Esta atividade é obrigatória e fará parte da sua média final.
 Encaminhe a atividade via Espaço UnisulVirtual de Aprendizagem (EVA).

Leia com atenção os enunciados e responda as questões a seguir.

img297.imageshack.us/img297/599/amancionn0.jpg
maryvillano.blogspot.com/.../charge-do-dia.html

1. Nas diversas linguagens de nossa língua temos formas verbais e não verbais de se
expressar. A charge acima representa mais explicitamente um exemplo da forma não
verbal. Sendo assim, efetue duas leituras da representação das imagens apresentadas na
charge. Procure analisar os detalhes expostos para fazer uma leitura o mais crítica
possível, observando, inclusive, o que há por trás desses textos não verbais. (2,0
pontos)

R: Por meio desta charge esta implicito um assunto muito serio,vasto e complexo:a
educação no Brasil,uma necessidade que não recebeu o devido cuidado desde a época
da Colonia, e mesmo hoje com as medidas tomadas ainda apresenta muitos atrasos,pois
a educação não é isolada,ela esta intrinsecamente ligada a outros fatores, como a
desigualdade socioeconomicas,etnico-racial,e na charge temos este exemplo,um
contraste entre a educação publica e privada,alem dos estereotipos,temos a realidade
que envolve as duas,a qualidade da educação e a infraestrutura que tem na rede privada
e que falta na publica.A educação privada historicamente é algo das elites,embora isto
esteja se alterando no Brasil nos ultimos anos(graças a Deus)mas continua em sua
maioria sendo um serviço para classes mais abastadas,de pais que normalmente tem um
curso superior e sabem a importância da educaçao para os filhos,e investem nela desde
o fundamental ate o superior,em escolas preparadas,com professores qualificados e
dispostos a ensinar.As crianças sob este ambiente que já vem de casa,veem a escola
como importante,estudam e aprendem.Com a educação publica temos o inverso,em
geral,sao frequentados por crianças e jovens de baixa renda,onde seus pais estao
preocupados em por comida na mesa,isso quando tem,e uma criança sob diversas
privaçoes dentre elas a fome,não vão se preocupar com educação,em estudar,e vemos a
diferença entre a rede publica e privada,quando são realizados os testes para medir a
educaçao nas escolas,e sempre ficam em primeiro as escolas particulares,esta diferença
na educaçao publica e privada só aumenta a desigualdade entre ricos e pobres no
Brasil.Mesmo com as medidas do governo,uma delas a LDB,aprovada em 1996 pelo
presidente Fernando Henrique,lei esta quec olocou a educaçao centrada nas mãos do
Estado,que o ensino fundamental é obrigatorio e gratuito,deu atençao ao educador,e até
a educaçao a distancia,mas muitos deus objetivos ainda não tiveram efeitos,devido a
educaçao estar interligada a outras circunstancias do país.Prova disso é o relatório da
UNICEF Situação da Infância e da Adolescência Brasileira 2009 –O Direito de
Aprender:Potencializar Avanços e Reduzir Desigualdades,que mostra os avanços,e
quanto precisa ainda ser feito na educaçao brasileira.Alguns numeros abaixo:

Ensino Fundamental

Do total de crianças entre 7 e 14 anos, 97,6% estão matriculadas na escola. O que


representa cerca de 26 milhões de estudantes (Pnad 2007). O percentual de 2,4% de
crianças e adolescentes fora da escola pode parecer pouco, mas representa cerca de 680
mil crianças entre 7 e 14 que têm seu direito de acesso à escola negado. As mais
atingidas são as negras, indígenas, quilombolas, pobres, sob risco de violência e
exploração, e com deficiência. Desse contingente fora da escola, 450 mil são crianças
negras e pardas.

Ensino Médio

Segundo uma análise da Pnad feita pelo Ipea, 82,1% dos adolescentes entre 15 e 17
anos frequentam a escola. Entretanto, 44% dos adolescentes ainda não concluíram o
Ensino Fundamental e apenas 48% cursam o Ensino Médio dentro da faixa etária
adequada para esse nível. No Nordeste, apenas 34% dos adolescentes de 15 a 17 anos
frequentam o Ensino Médio. No Norte, 36% dos meninos e meninas de 15 a 17 anos
cursam o Ensino Médio. A média nacional, de acordo com a Pnad, é de 48%. Na Região
Sudeste, esse percentual fica em 58,8% e, no Sul, 55%. (Pnad 2007)

Desigualdade racial

O número de pessoas brancas matriculadas no Ensino Médio é 49,2% maior do que o


mesmo número entre a população negra. Percebe-se uma significativa melhora na
adequação idade-série entre os adolescentes negros.
Anos de estudo

Enquanto a população urbana possui, em média, 8,5 anos de estudo concluídos com
sucesso, a rural tem apenas 4,5. Em relação à população branca, os negros possuem, em
média, dois anos de estudo a menos. A população nordestina acima de 15 anos é a
menos escolarizada do País. Essa parcela da população possui apenas seis anos de
escolaridade, enquanto a média nacional é de 7,3 anos.

Analfabetismo

Do total de crianças com 10 anos de idade no Nordeste, 12,8% não sabem ler. A média
nacional é de 5,5%. Já no Sul o indicador é de 1,2%. Embora importantes conquistas
tenham sido obtidas nos últimos 15 anos, os Estados da Amazônia Legal Brasileira
ainda têm mais de 90 mil adolescentes analfabetos e cerca de 160 mil meninos e
meninas entre 7 e 14 anos fora da escola.Segundo a Pnad de 2007, 82,7% dos
analfabetos de 15 anos ou mais do Norte são pretos ou pardos, o que evidencia a
desigualdade racial.

Infraestrutura escolar

Das mais de 58 mil escolas do Semiárido, 51% não são abastecidas pela rede pública de
água, 14% não dispõem de energia elétrica e 6,6% não têm sanitários. A grande maioria
(80%) não possui biblioteca ou sala de leitura, computador (75,8%) e muito menos
acesso à Internet (89,2%).

2. Leia o texto que segue e resolva os dois questionamentos propostos.

As dificuldades nos grandes centros

Moradores dos grandes centros urbanos, como São Paulo, sofrem com os
problemas diários como: trânsito caótico, grande número de assaltos e alto índice de
poluição.
Embora existam maneiras de contornar as dificuldades causadas pelo trânsito,
não há ainda uma pré-disposição por parte dos órgãos responsáveis e da população em
geral na melhoria deste. Por isso, à medida que o tempo passa torna-se mais difícil
trafegar pelas ruas e avenidas dessas grandes cidades.
Entretanto, são nas cidades grandes que ocorrem muitos assaltos diários, pois
são nelas que encontramos um alto nível de desemprego e uma miséria devastadora, que
muitas vezes leva o indivíduo a perda de valores e princípios...
Sendo assim, entendemos que as pessoas que vivem em cidades como São Paulo
têm um número maior de obstáculos diários a serem superados. Por isso, não podemos
ser levados a crer que estes não possam ser vencidos, pois sabemos que a humanidade
possui um potencial incalculável capaz de transformar este mundo e torná-lo
surpreendentemente muito melhor.
a) Explique o porquê do uso de embora no segundo parágrafo. Em seguida, identifique
as ideias que estão sendo relacionadas por este conector. (2,0 pontos)

R: Este é um conector usado pelo autor para estabelecer uma ideia de oposição em
relação aos fatos que ele apresenta.Ele começa o texto dizendo que moradores de
grandes cidades,e cita o exemplo de São Paulo,enfrentam muitos problemas como o
transito caotico,assaltos e poluiçao,neste momento ele usa o conector “EMBORA”para
demonstrar que o problema do transito tem solução,mas que não há disposição de
órgãos publicos ou da sociedade como um todo na sua melhora.

b) No texto acima, há dois elementos coesivos empregados de forma inadequada. Diga


quais são eles e explique o porquê de não estarem corretos. (2,0 pontos)

R:Os dois conectores são:POIS no 3º paragrafo,e POR ISSO no 4º paragrafo.Com


relaçao ao “pois”,o autor o usa para explicar que acontecem muitos assaltos nas grandes
cidades devido ao alto nivel de desempregos e miseria,o que sabemos não ser um
fenômeno somente das grandes cidades,mas principalemte das pequenas,onde a oferta e
diversidade de trabalho são poucas.No caso do conector “por isso”,o autor o usa para
concluir o raciocinio de que nas metropoles os problemas são maiores,mesmo assim não
devemos perder a fé de resolver os problemas,pois a humanidade tem a capacidade para
isso,ele deveria ter usado um conector de oposição e não de conclusão.

O texto abaixo fornece informações para responder à questão 3, leia-o


atentamente.

PRAZER.
Essa é a palavra sobre a qual construímos uma empresa. Independente e compromissada
com apenas uma pessoa, o motorista. Não construímos carros. Construímos emoções.
Nós somos os guardiões do puro sentimento, da adrenalina e dos arrepios, dos risos e
sorrisos e das demais palavras não encontradas nos dicionários. Nós somos o prazer de
dirigir. Nenhuma outra montadora rivaliza com a nossa história ou consegue reproduzir
a nossa paixão. Ou a nossa visão. Inovação é nossa espinha dorsal, porém o prazer é
nosso coração. Nós não nos afastaremos jamais do prazer. Vamos alimentá-lo. Vamos
deixá-lo mais inteligente, testá-lo ao limite, rompê-lo e, então, construí-lo novamente.
Mais eficiente, mais dinâmico. Daremos ao mundo as chaves do prazer, e o mundo vai
dar uma volta com ele. Enquanto outros prometem tudo, nós prometemos apenas uma
coisa: a mais pessoal, celebrada e humana de todas as sensações. Essa é a história da
BMW. Essa é a história do prazer. PRAZER É BMW. (Manifesto BMW do Brasil -
publicado no Jornal O Estado de SP -03/10/2009)

3.Ao se escrever um texto, pressupõe-se sempre uma intenção. Essa intenção está
relacionada com os objetivos que pretendemos alcançar. Então, para que o ato
comunicativo tenha êxito, utilizamos certas funções de linguagem, pois elas norteiam as
nossas intenções. Sendo assim, cite e explique qual a função de linguagem que
predomina no texto acima e comente sobre qual é a intenção de quem fez circular um
texto como esse, fique atento(a) ao contexto. (2,0 pontos).

R: A função predominante é a conotativa,esta se caracteriza quando a intenção do


emissor é influenciar,envolver,persuadir o destinatario,e quando a mensagem se
oragniza em forma de ordem,chamamento,apelo ou súplica.O texto acima é um anuncio
publicitario da BMW publicado em jornal,o objetivo da montadora é persuadir os
consumidores a comprar o carro,e para isso ela apelou para um desejo e uma
necessidade que nós humanos temos de sentir prazer,neste caso o prazer de dirigir.
4. Analise o trecho que segue, em seguida destaque e explique pelo menos duas
informações implícitas nele encontradas (2,0 pontos).

Os líderes oposicionistas que votaram a favor da cassação do mandato do deputado


corrupto, mas não o afastaram da Câmara, ainda pretendem reverter a situação, pois
continuam a crer que é possível fazer justiça.

R:Dentre as informações implicitas,podemos destacar algumas.1º Há muita corrupção


na politica nacional,são diversos exemplos que comprovam isso:mafia das
sanguessugas,panetone dos democratas envolvendo o então governador Jose Roberto
Arruda e etc.2º Fazer o que é correto em politica,e em um monte coisas no Brasil dá
bastante trabalho,principalmente quando envolve pessoas poderosas da esfera
politica,economica,etc,e considero o melhor exemplo,o caso do banqueiro Daniel
Dantas,pego em flagrrante corrupção de agentes da lei,na operação
Satiagraha,corrupção tamanha que envolve nomes da politica,do judiciario,e mercado
financeiro.Sobrou pra todo mundo,o juiz Fausto De Santis,o delegado Protogenes
Queiroz,mas de menos para Dantas que continua em liberdade até hoje.

Bibliografia

http://www.unicef.org/brazil/pt/media_14931.htm

DOMINGUES, Chirley; TRINDADE, Monica Mano.Leitura e produção


textual.3ª Palhoça: Unisul Virtual, 2008. 158 p.
D
O
M
I
N
G
U
E
S
,
C
h
ir
l
e
y
;
T
R
I
N
D
A
D
E
,
M
o
n
ic
a
M
a
n
o
.
L
e
it
u
r
a
e
p
r
o
d
u
ç
ã
o
t
e
x
t
u
a
l.
3
ª
P
a
l
h
o
ç
a
:
U