Você está na página 1de 25

Guião de leitura ♥ A Cavalo no Tempo ♥ Luísa Ducla Soares 1

Poema: A cavalo no tempo

Descoberta – primeiros passos:


™ Lê o texto tantas vezes quantas as necessárias para sentires o seu ritmo e os seus
primeiros sentidos.
™ Observa a ilustração que o envolve, aprecia-a e procura ligações entre ela e o
texto.
™ Se não conheces bem alguma palavra ou referência do texto, procura
esclarecer-te, pesquisando.

Descobrir mais a fundo:


™ Informa-te sobre os três andamentos do cavalo e as respectivas velocidades. A
que corresponde o galope no andamento do ser humano?
™ Quem poderá ser o sujeito que enuncia o texto? Descobre características suas a
partir do texto.
™ De que tipo é o tempo de que fala o texto?
™ Relaciona o texto com o título do livro. Confirmas a tua ideia inicial sobre o
tema de que trata o livro?

Apresentação do trabalho:
™ Prepara uma leitura do texto para a turma, de modo que essa leitura proporcione
aos teus colegas um momento muito agradável e os ajude a perceber bem o
sentido do poema.
™ Prepara um comentário teu ao poema, que mostre o que ele significa para ti
depois das descobertas que fizeste.

Descobrir mais além:


™ Podes inventar ou adaptar, ao poema, uma melodia que conheças.
™ Podes apresentar o poema com expressão dramática.
™ Podes usar a expressão plástica para exprimir o que o poema te diz ou faz
sentir.
™ Podes escrever um texto inspirado no poema (alterando-o, imitando-o,
comentando-o, expandindo-o…).
Guião de leitura ♥ A Cavalo no Tempo ♥ Luísa Ducla Soares 2

Poema: Antigamente

Descoberta – primeiros passos:


™ Lê o texto tantas vezes quantas as necessárias para sentires o seu ritmo e os seus
primeiros sentidos.
™ Observa a ilustração que o envolve, aprecia-a e procura ligações entre ela e o
texto.
™ Se não conheces bem alguma palavra ou referência do texto, procura
esclarecer-te, pesquisando.

Descobrir mais a fundo:


™ Procura saber mais sobre as figuras referidas no texto, pesquisando em
enciclopédias ou livros de História: o tempo em que viveram, por que razão são
tão conhecidos, se são figuras históricas ou fictícias, outras curiosidades.
™ Repara na forma como essas figuras são tratadas ao longo do texto. Observando
qual o assunto de cada estrofe, mostra como está organizado o texto. Identifica
as partes e subpartes que o compõem.
™ Qual te parece ser a ideia principal do texto? Como chegaste a essa conclusão?
™ Este texto confirma a tua ideia inicial sobre o tema do livro?

Apresentação do trabalho:
™ Prepara uma leitura do texto para a turma, de modo que essa leitura proporcione
aos teus colegas um momento muito agradável e os ajude a perceber bem o
sentido do poema.
™ Prepara um comentário teu ao poema, que mostre o que ele significa para ti
depois das descobertas que fizeste.

Descobrir mais além:


™ Podes inventar ou adaptar, ao poema, uma melodia que conheças.
™ Podes apresentar o poema com expressão dramática.
™ Podes usar a expressão plástica para exprimir o que o poema te diz ou faz
sentir.
™ Podes escrever um texto inspirado no poema (alterando-o, imitando-o,
comentando-o, expandindo-o…).
Guião de leitura ♥ A Cavalo no Tempo ♥ Luísa Ducla Soares 3

Poema: A pesca

Descoberta – primeiros passos:


™ Lê o texto tantas vezes quantas as necessárias para sentires o seu ritmo e os seus
primeiros sentidos.
™ Observa a ilustração que o envolve, aprecia-a e procura ligações entre ela e o
texto.
™ Se não conheces bem alguma palavra ou referência do texto, procura
esclarecer-te, pesquisando.

Descobrir mais a fundo:


™ O texto refere duas actividades: uma tradicional, outra muito actual.
Compara-as e distingue-as.
™ A voz do texto é singular ou plural? Quais são as características desse(s)
sujeito(s)? Que tipo de relação existe entre a primeira parte e a segunda?
™ Surgem no texto diversas palavras da mesma família. Faz uma lista dessas
palavras. Observa se têm sempre o mesmo sentido exacto ou se esse sentido
varia um pouco ao longo do texto.
™ Relaciona o texto com o título do livro. Confirmas a tua ideia inicial sobre o
tema de que trata o livro?

Apresentação do trabalho:
™ Prepara uma leitura do texto para a turma, de modo que essa leitura proporcione
aos teus colegas um momento muito agradável e os ajude a perceber bem o
sentido do poema.
™ Prepara um comentário teu ao poema, que mostre o que ele significa para ti
depois das descobertas que fizeste.

Descobrir mais além:


™ Podes inventar ou adaptar, ao poema, uma melodia que conheças.
™ Podes apresentar o poema com expressão dramática.
™ Podes usar a expressão plástica para exprimir o que o poema te diz ou faz
sentir.
™ Podes escrever um texto inspirado no poema (alterando-o, imitando-o,
comentando-o, expandindo-o…).
Guião de leitura ♥ A Cavalo no Tempo ♥ Luísa Ducla Soares 4

Poema: Medidas

Descoberta – primeiros passos:


™ Lê o texto tantas vezes quantas as necessárias para sentires o seu ritmo e os seus
primeiros sentidos.
™ Observa a ilustração que o envolve, aprecia-a e procura ligações entre ela e o
texto.
™ Se não conheces bem alguma palavra ou referência do texto, procura
esclarecer-te, pesquisando.

Descobrir mais a fundo:


™ As perguntas do texto baseiam-se em expressões que usamos no dia-a-dia.
Quais são elas? Tenta explicar em que consiste a graça deste texto.
™ Imita o texto, construindo perguntas a partir das expressões seguintes ou em
outras semelhantes: pés de chumbo, cabeça no ar, cabeça na lua, morto de
cansaço, roto de cansaço, derretido pelo calor, vermelho como um tomate, roído
de inveja, pé-de-meia, bota-de-elástico, trinca-espinhas, abanar o capacete,
coração de manteiga, perder a cabeça, coração partido. Se não as conheces,
pesquisa sobre elas.
™ Relaciona o texto com o título do livro. Confirmas a tua ideia inicial sobre o
tema de que trata o livro?

Apresentação do trabalho:
™ Prepara uma leitura do texto para a turma, de modo que essa leitura proporcione
aos teus colegas um momento muito agradável e os ajude a perceber bem o
sentido do poema.
™ Prepara um comentário teu ao poema, que mostre o que ele significa para ti
depois das descobertas que fizeste.

Descobrir mais além:


™ Podes inventar ou adaptar, ao poema, uma melodia que conheças.
™ Podes apresentar o poema com expressão dramática.
™ Podes usar a expressão plástica para exprimir o que o poema te diz ou faz
sentir.
™ Podes procurar mais informação sobre expressões idiomáticas (expressões
típicas de um idioma, uma língua) em Português ou numa língua estrangeira
(pede ajuda ao teu professor de língua estrangeira).
Guião de leitura ♥ A Cavalo no Tempo ♥ Luísa Ducla Soares 5

Poema: Na máquina do tempo

Descoberta – primeiros passos:


™ Lê o texto tantas vezes quantas as necessárias para sentires o seu ritmo e os seus
primeiros sentidos.
™ Observa a ilustração que o envolve, aprecia-a e procura ligações entre ela e o
texto.
™ Se não conheces bem alguma palavra ou referência do texto, procura
esclarecer-te, pesquisando.

Descobrir mais a fundo:


™ A partir dos desejos manifestados pela voz do texto podemos tirar conclusões
sobre os gostos e a maneira de ser deste sujeito. Refere essas características
com palavras tuas.
™ Repara na forma como começa cada conjunto de versos – há semelhanças e
diferenças. Com base nessa observação, em que partes te parece estruturado o
texto?
™ Responde à pergunta que te é dirigida na última estrofe.
™ Relaciona o texto com o título do livro. Confirmas a tua ideia inicial sobre o
tema de que trata o livro?

Apresentação do trabalho:
™ Prepara uma leitura do texto para a turma, de modo que essa leitura proporcione
aos teus colegas um momento muito agradável e os ajude a perceber bem o
sentido do poema.
™ Prepara um comentário teu ao poema, que mostre o que ele significa para ti
depois das descobertas que fizeste.

Descobrir mais além:


™ Podes inventar ou adaptar, ao poema, uma melodia que conheças.
™ Podes apresentar o poema com expressão dramática.
™ Podes usar a expressão plástica para exprimir o que o poema te diz ou faz
sentir.
™ Podes escrever um texto inspirado no poema (alterando-o, imitando-o,
comentando-o, expandindo-o…).
Guião de leitura ♥ A Cavalo no Tempo ♥ Luísa Ducla Soares 6

Poema: O computador

Descoberta – primeiros passos:


™ Lê o texto tantas vezes quantas as necessárias para sentires o seu ritmo e os seus
primeiros sentidos.
™ Observa a ilustração que o envolve, aprecia-a e procura ligações entre ela e o
texto.
™ Se não conheces bem alguma palavra ou referência do texto, procura
esclarecer-te, pesquisando.

Descobrir mais a fundo:


™ Consideras que a Leonor tem uma vida saudável e interessante? Porquê?
™ Achas que o “namorado” da Leonor tem mesmo aquelas qualidades referidas no
texto? E a voz do texto acredita nessas qualidades? Ou será uma forma indirecta
de nos dizer outra coisa?
™ Reflecte sobre a forma como distribuis os teus tempos livres.
™ Relaciona o texto com o título do livro. Confirmas a tua ideia inicial sobre o
tema de que trata o livro?

Apresentação do trabalho:
™ Prepara uma leitura do texto para a turma, de modo que essa leitura proporcione
aos teus colegas um momento muito agradável e os ajude a perceber bem o
sentido do poema.
™ Prepara um comentário teu ao poema, que mostre o que ele significa para ti
depois das descobertas que fizeste.

Descobrir mais além:


™ Podes inventar ou adaptar, ao poema, uma melodia que conheças.
™ Podes apresentar o poema com expressão dramática.
™ Podes usar a expressão plástica para exprimir o que o poema te diz ou faz
sentir.
™ Podes escrever um texto inspirado no poema (alterando-o, imitando-o,
comentando-o, expandindo-o…).
Guião de leitura ♥ A Cavalo no Tempo ♥ Luísa Ducla Soares 7

Poema: O bebé-proveta

Descoberta – primeiros passos:


™ Lê o texto tantas vezes quantas as necessárias para sentires o seu ritmo e os seus
primeiros sentidos.
™ Observa a ilustração que o envolve, aprecia-a e procura ligações entre ela e o
texto.
™ Se não conheces bem alguma palavra ou referência do texto, procura
esclarecer-te, pesquisando.

Descobrir mais a fundo:


™ Escreve o que sabes sobre o assunto do texto.
™ Pesquisa sobre ele.
™ Redige um conjunto de perguntas a colocar ao Professor de Ciências da
Natureza de modo a esclareceres dúvidas.
™ Explica o significado de cada estrofe à luz do que aprendeste sobre o tema.
™ Relaciona o texto com o título do livro. Confirmas a tua ideia inicial sobre o
tema de que trata o livro?

Apresentação do trabalho:
™ Prepara uma leitura do texto para a turma, de modo que essa leitura proporcione
aos teus colegas um momento muito agradável e os ajude a perceber bem o
sentido do poema.
™ Prepara um comentário teu ao poema, que mostre o que ele significa para ti
depois das descobertas que fizeste.

Descobrir mais além:


™ Podes inventar ou adaptar, ao poema, uma melodia que conheças.
™ Podes apresentar o poema com expressão dramática.
™ Podes usar a expressão plástica para exprimir o que o poema te diz ou faz
sentir.
™ Podes escrever um texto inspirado no poema (alterando-o, imitando-o,
comentando-o, expandindo-o…).
Guião de leitura ♥ A Cavalo no Tempo ♥ Luísa Ducla Soares 8

Poema: O hipermercado

Descoberta – primeiros passos:


™ Lê o texto tantas vezes quantas as necessárias para sentires o seu ritmo e os seus
primeiros sentidos.
™ Observa a ilustração que o envolve, aprecia-a e procura ligações entre ela e o
texto.
™ Se não conheces bem alguma palavra ou referência do texto, procura
esclarecer-te, pesquisando.

Descobrir mais a fundo:


™ O que há de semelhante e diferente nas três primeiras estrofes?
™ Com que intenção terá sido tão usada a repetição?
™ Quantas vozes diferentes podemos encontrar no texto? Assim, em que partes de
sentido podemos dividi-lo?
™ Faz uma lista de “produtos” que não podemos comprar/encontrar num
hipermercado.
™ Relaciona o texto com o título do livro. Confirmas a tua ideia inicial sobre o
tema de que trata o livro?

Apresentação do trabalho:
™ Prepara uma leitura do texto para a turma, de modo que essa leitura proporcione
aos teus colegas um momento muito agradável e os ajude a perceber bem o
sentido do poema.
™ Prepara um comentário teu ao poema, que mostre o que ele significa para ti
depois das descobertas que fizeste.

Descobrir mais além:


™ Podes inventar ou adaptar, ao poema, uma melodia que conheças.
™ Podes apresentar o poema com expressão dramática.
™ Podes usar a expressão plástica para exprimir o que o poema te diz ou faz
sentir.
™ Podes escrever um texto inspirado no poema (alterando-o, imitando-o,
comentando-o, expandindo-o…).
Guião de leitura ♥ A Cavalo no Tempo ♥ Luísa Ducla Soares 9

Poema: A lapiseira

Descoberta – primeiros passos:


™ Lê o texto tantas vezes quantas as necessárias para sentires o seu ritmo e os seus
primeiros sentidos.
™ Observa a ilustração que o envolve, aprecia-a e procura ligações entre ela e o
texto.
™ Se não conheces bem alguma palavra ou referência do texto, procura
esclarecer-te, pesquisando.

Descobrir mais a fundo:


™ O texto é composto por uma parte mais afirmativa (o sujeito faz uma
afirmação) e outra mais explicativa (o sujeito explica aquela afirmação).
Distingue essas partes do texto. Identifica a afirmação.
™ A que é que o sujeito compara indirectamente a sua lapiseira? Porquê? Podes
usar a seguinte estrutura frásica: Compara-a a… porque…).
™ Diz por palavras tuas o que faz o sujeito com a sua lapiseira.
™ Tenta associar cada uma das três últimas estrofes a três momentos da vida dos
livros.
™ Relaciona o texto com o título do livro. Confirmas a tua ideia inicial sobre o
tema de que trata o livro?

Apresentação do trabalho:
™ Prepara uma leitura do texto para a turma, de modo que essa leitura proporcione
aos teus colegas um momento muito agradável e os ajude a perceber bem o
sentido do poema.
™ Prepara um comentário teu ao poema, que mostre o que ele significa para ti
depois das descobertas que fizeste.

Descobrir mais além:


™ Podes inventar ou adaptar, ao poema, uma melodia que conheças.
™ Podes apresentar o poema com expressão dramática.
™ Podes usar a expressão plástica para exprimir o que o poema te diz ou faz
sentir.
™ Podes escrever um texto inspirado no poema (alterando-o, imitando-o,
comentando-o, expandindo-o…), por exemplo um texto em que fales da
importância de um determinado objecto ou ser para ti.
Guião de leitura ♥ A Cavalo no Tempo ♥ Luísa Ducla Soares 10

Poema: Quem és tu?

Descoberta – primeiros passos:


™ Lê o texto tantas vezes quantas as necessárias para sentires o seu ritmo e os seus
primeiros sentidos.
™ Observa a ilustração que o envolve, aprecia-a e procura ligações entre ela e o
texto.
™ Se não conheces bem alguma palavra ou referência do texto, procura
esclarecer-te, pesquisando.

Descobrir mais a fundo:


™ Caracteriza psicologicamente o sujeito que enuncia as cinco primeiras estrofes.
™ A quem se dirige a voz da última estrofe? Explica o significado da última
estrofe e, em particular, as expressões “não existes” e “um zero”. Concordas
com o que é aqui dito?
™ Relaciona o texto com o provérbio “A felicidade não é o que temos, é o que
somos.”
™ Responde ao título do texto.
™ Relaciona o texto com o título do livro. Confirmas a tua ideia inicial sobre o
tema de que trata o livro?

Apresentação do trabalho:
™ Prepara uma leitura do texto para a turma, de modo que essa leitura proporcione
aos teus colegas um momento muito agradável e os ajude a perceber bem o
sentido do poema.
™ Prepara um comentário teu ao poema, que mostre o que ele significa para ti
depois das descobertas que fizeste.

Descobrir mais além:


™ Podes inventar ou adaptar, ao poema, uma melodia que conheças.
™ Podes apresentar o poema com expressão dramática.
™ Podes usar a expressão plástica para exprimir o que o poema te diz ou faz
sentir.
™ Podes escrever um texto inspirado no poema (alterando-o, imitando-o,
comentando-o, expandindo-o…).
Guião de leitura ♥ A Cavalo no Tempo ♥ Luísa Ducla Soares 11

Poema: Ser pente ou serpente

Descoberta – primeiros passos:


™ Lê o texto tantas vezes quantas as necessárias para sentires o seu ritmo e os seus
primeiros sentidos.
™ Observa a ilustração que o envolve, aprecia-a e procura ligações entre ela e o
texto.
™ Se não conheces bem alguma palavra ou referência do texto, procura
esclarecer-te, pesquisando.

Descobrir mais a fundo:


™ Neste poema, é fácil identificar as vozes que o dizem. Quais são? O que há de
comum entre essas figuras?
™ Explica por palavras tuas o que as distingue e lhes causa estranheza.
™ Identifica os versos que não são ditos por nenhuma dessas figuras.
™ Achas que as duas estrofes têm uma forma semelhante? Descreve a forma como
são compostas (tipos de frase, rimas…).
™ À semelhança do que acontece no texto, às vezes encontramos palavras mais
pequenas dentro de outras. Dentro das palavras que se seguem, encontrarás
outras: sorridente, clarabóia, pontapé, corredor. Brinca com elas, construindo
pequenos textos a propósito.
™ Relaciona o texto com o título do livro. Confirmas a tua ideia inicial sobre o
tema de que trata o livro?

Apresentação do trabalho:
™ Prepara uma leitura do texto para a turma, de modo que essa leitura proporcione
aos teus colegas um momento muito agradável e os ajude a perceber bem o
sentido do poema.
™ Prepara um comentário teu ao poema, que mostre o que ele significa para ti
depois das descobertas que fizeste.

Descobrir mais além:


™ Podes inventar ou adaptar, ao poema, uma melodia que conheças.
™ Podes apresentar o poema com expressão dramática.
™ Podes usar a expressão plástica para exprimir o que o poema te diz ou faz
sentir.
™ Podes escrever um texto inspirado no poema (alterando-o, imitando-o,
comentando-o, expandindo-o…).
Guião de leitura ♥ A Cavalo no Tempo ♥ Luísa Ducla Soares 12

Poema: P de Porto

Descoberta – primeiros passos:


™ Lê o texto tantas vezes quantas as necessárias para sentires o seu ritmo e os seus
primeiros sentidos.
™ Observa a ilustração que o envolve, aprecia-a e procura ligações entre ela e o
texto.
™ Se não conheces bem alguma palavra ou referência do texto, procura
esclarecer-te, pesquisando.

Descobrir mais a fundo:


™ A palavra principal do texto pode ter vários sentidos. Regista os que conheces.
Pesquisa sobre outros. Refere aquele que é utilizado no texto.
™ Pesquisa sobre o Porto de modo a perceberes melhor o que sobre ele o texto nos
diz.
™ Com o apoio de livros de História ou do Professor dessa disciplina, procura
informação sobre a formação do nome “Portugal” e explica por palavras tuas
como ela surgiu.
™ Como reparaste, há uma repetição intencional de um som ao longo do texto.
Descobre o nome desse recurso de estilo num manual ou dicionário
aconselhado pela professora de Língua Portuguesa.
™ Relaciona o texto com o título do livro. Confirmas a tua ideia inicial sobre o
tema de que trata o livro?

Apresentação do trabalho:
™ Prepara uma leitura do texto para a turma, de modo que essa leitura proporcione
aos teus colegas um momento muito agradável e os ajude a perceber bem o
sentido do poema.
™ Prepara um comentário teu ao poema, que mostre o que ele significa para ti
depois das descobertas que fizeste.

Descobrir mais além:


™ Podes inventar ou adaptar, ao poema, uma melodia que conheças.
™ Podes apresentar o poema com expressão dramática.
™ Podes usar a expressão plástica para exprimir o que o poema te diz ou faz
sentir.
™ Podes escrever um texto inspirado no poema (alterando-o, imitando-o,
comentando-o, expandindo-o…). Por exemplo, podes escrever um texto sobre a
tua terra, ou outra, utilizando o mesmo recurso de estilo – a repetição do
primeiro som da palavra.
Guião de leitura ♥ A Cavalo no Tempo ♥ Luísa Ducla Soares 13

Poema: L de Lisboa

Descoberta – primeiros passos:


™ Lê o texto tantas vezes quantas as necessárias para sentires o seu ritmo e os seus
primeiros sentidos.
™ Observa a ilustração que o envolve, aprecia-a e procura ligações entre ela e o
texto.
™ Se não conheces bem alguma palavra ou referência do texto, procura
esclarecer-te, pesquisando.

Descobrir mais a fundo:


™ Pesquisa sobre Lisboa de modo a conheceres melhor o que caracteriza esta
cidade e a perceberes melhor o que sobre ela o texto nos diz. (Além de
consultares livros, se tiveres oportunidade, conversa com pessoas que morem
nesta cidade.) Explica alguns versos à tua escolha, acrescentando informação
pertinente para a sua compreensão.
™ Selecciona e apresenta imagens (fotografias, pinturas, desenhos…) que ilustrem
aspectos referidos no texto.
™ Como reparaste, há uma repetição intencional de um som ao longo do texto.
Descobre o nome desse recurso de estilo num manual ou dicionário
aconselhado pela professora de Língua Portuguesa.
™ Relaciona o texto com o título do livro. Confirmas a tua ideia inicial sobre o
tema de que trata o livro?

Apresentação do trabalho:
™ Prepara uma leitura do texto para a turma, de modo que essa leitura proporcione
aos teus colegas um momento muito agradável e os ajude a perceber bem o
sentido do poema.
™ Prepara um comentário teu ao poema, que mostre o que ele significa para ti
depois das descobertas que fizeste.

Descobrir mais além:


™ Podes inventar ou adaptar, ao poema, uma melodia que conheças.
™ Podes apresentar o poema com expressão dramática.
™ Podes usar a expressão plástica para exprimir o que o poema te diz ou faz
sentir.
™ Podes escrever um texto inspirado no poema (alterando-o, imitando-o,
comentando-o, expandindo-o…). Por exemplo, podes escrever um texto sobre a
tua terra, ou outra, utilizando o mesmo recurso de estilo – a repetição do
primeiro som da palavra.
Guião de leitura ♥ A Cavalo no Tempo ♥ Luísa Ducla Soares 14

Poema: Negra

Descoberta – primeiros passos:


™ Lê o texto tantas vezes quantas as necessárias para sentires o seu ritmo e os seus
primeiros sentidos.
™ Observa a ilustração que o envolve, aprecia-a e procura ligações entre ela e o
texto.
™ Se não conheces bem alguma palavra ou referência do texto, procura
esclarecer-te, pesquisando.

Descobrir mais a fundo:


™ Recolhe do texto todas as informações que nos permitem compor o retrato
físico da figura que enuncia o texto.
™ Recolhe as expressões do texto em que este sujeito se compara a algo para se
descrever a si próprio. Explica-as por palavras tuas.
™ Separa em duas colunas as comparações explícitas (com a palavra “como”) das
comparações abreviadas (sem a palavra “como”) – metáforas. Quais te parece
ter mais força expressiva? Porquê?
™ Explica o sentido de “Só meu sorriso é branco / Como as velas de um navio”.
Conheces a expressão “sorriso amarelo”? Procura o seu significado.
™ Como se sente este sujeito em relação a si próprio? O que pensa de si? Justifica
com palavras do texto.
™ Relaciona o texto com o título do livro. Confirmas a tua ideia inicial sobre o
tema de que trata o livro?

Apresentação do trabalho:
™ Prepara uma leitura do texto para a turma, de modo que essa leitura proporcione
aos teus colegas um momento muito agradável e os ajude a perceber bem o
sentido do poema.
™ Prepara um comentário teu ao poema, que mostre o que ele significa para ti
depois das descobertas que fizeste.

Descobrir mais além:


™ Podes inventar ou adaptar, ao poema, uma melodia que conheças.
™ Podes apresentar o poema com expressão dramática.
™ Podes usar a expressão plástica para exprimir o que o poema te diz ou faz
sentir.
™ Podes escrever um texto inspirado no poema (alterando-o, imitando-o,
comentando-o, expandindo-o…). Podes, por exemplo, escrever um texto
poético, descrevendo-te a ti próprio ou descrevendo outra pessoa (de modo a
dar pistas para a turma adivinhar, ou não).
Guião de leitura ♥ A Cavalo no Tempo ♥ Luísa Ducla Soares 15

Poema: A mina

Descoberta – primeiros passos:


™ Lê o texto tantas vezes quantas as necessárias para sentires o seu ritmo e os seus
primeiros sentidos.
™ Observa a ilustração que o envolve, aprecia-a e procura ligações entre ela e o
texto.
™ Se não conheces bem alguma palavra ou referência do texto, procura
esclarecer-te, pesquisando.

Descobrir mais a fundo:


™ Procura, num dicionário e numa enciclopédia, os significados da palavra
“mina”. Cruza essa informação com o texto e identifica os tipos de minas
referidos nas várias estrofes.
™ O texto parece apresentar uma parte feliz e alegre, e uma outra infeliz e trágica.
Identifica-as e explica a afirmação anterior.
™ A palavra “sonho” surge na primeira e na última estrofe. Parece-te que
apresenta o mesmo sentido nos dois momentos? Se tiveres dúvidas, recorre ao
dicionário.
™ Recolhe imagens que ilustrem as realidades retratadas no poema.
™ Relaciona o texto com o título do livro. Confirmas a tua ideia inicial sobre o
tema de que trata o livro?

Apresentação do trabalho:
™ Prepara uma leitura do texto para a turma, de modo que essa leitura proporcione
aos teus colegas um momento muito agradável e os ajude a perceber bem o
sentido do poema.
™ Prepara um comentário teu ao poema, que mostre o que ele significa para ti
depois das descobertas que fizeste.

Descobrir mais além:


™ Podes inventar ou adaptar, ao poema, uma melodia que conheças.
™ Podes apresentar o poema com expressão dramática.
™ Podes usar a expressão plástica para exprimir o que o poema te diz ou faz
sentir.
™ Podes escrever um texto inspirado no poema (alterando-o, imitando-o,
comentando-o, expandindo-o…). Podes, por exemplo, escrever um texto sobre
as impressões que as imagens te provocaram.
Guião de leitura ♥ A Cavalo no Tempo ♥ Luísa Ducla Soares 16

Poema: Heróis

Descoberta – primeiros passos:


™ Lê o texto tantas vezes quantas as necessárias para sentires o seu ritmo e os seus
primeiros sentidos.
™ Observa a ilustração que o envolve, aprecia-a e procura ligações entre ela e o
texto.
™ Se não conheces bem alguma palavra ou referência do texto, procura
esclarecer-te, pesquisando.

Descobrir mais a fundo:


™ Define “herói”. Tenta identificar os possíveis heróis a que o texto se refere
implicitamente. (Pista: lê o conto popular “Dom Caio” e alguns episódios da
História de Portugal, aconselha-te com o Professor de História.)
™ A estrutura que compõe cada estrofe é sempre a mesma. Descreve-a,
distinguindo as partes em que cada estrofe se subdivide.
™ Se consideras que o sujeito do texto é um herói, explica porquê.
™ Refere alguém que conheças e que consideres um herói. Explica porquê.
™ Relaciona o texto com o título do livro. Confirmas a tua ideia inicial sobre o
tema de que trata o livro?

Apresentação do trabalho:
™ Prepara uma leitura do texto para a turma, de modo que essa leitura proporcione
aos teus colegas um momento muito agradável e os ajude a perceber bem o
sentido do poema.
™ Prepara um comentário teu ao poema, que mostre o que ele significa para ti
depois das descobertas que fizeste.

Descobrir mais além:


™ Podes inventar ou adaptar, ao poema, uma melodia que conheças.
™ Podes apresentar o poema com expressão dramática.
™ Podes usar a expressão plástica para exprimir o que o poema te diz ou faz
sentir.
™ Podes escrever um texto inspirado no poema (alterando-o, imitando-o,
comentando-o, expandindo-o…). Podes, por exemplo, reescrever o texto na
primeira pessoa do singular, revelando as tuas proezas.
Guião de leitura ♥ A Cavalo no Tempo ♥ Luísa Ducla Soares 17

Poema: O testamento do gato

Descoberta – primeiros passos:


™ Lê o texto tantas vezes quantas as necessárias para sentires o seu ritmo e os seus
primeiros sentidos.
™ Observa a ilustração que o envolve, aprecia-a e procura ligações entre ela e o
texto.
™ Se não conheces bem alguma palavra ou referência do texto, procura
esclarecer-te, pesquisando.

Descobrir mais a fundo:


™ Achas que o gato retratado no texto representa bem o modo de ser dos gatos?
Justifica.
™ No texto encontramos alguns pedidos explícitos do gato, dirigidos a alguém.
Encontra esses pedidos. Descobre o tempo ou modo verbal em que se
encontram. (Para este efeito, podes consultar um dicionário de verbos.) Numa
gramática, descobrirás ou confirmarás uma das funções desse tempo ou modo
verbal.
™ Na última estrofe, encontramos um ditado popular. Descobre-o. Explica o que
significa.
™ Pesquisa sobre o significado de “testamento” e explica o que tem o título a ver
com o texto.
™ Relaciona o texto com o título do livro. Confirmas a tua ideia inicial sobre o
tema de que trata o livro?

Apresentação do trabalho:
™ Prepara uma leitura do texto para a turma, de modo que essa leitura proporcione
aos teus colegas um momento muito agradável e os ajude a perceber bem o
sentido do poema.
™ Prepara um comentário teu ao poema, que mostre o que ele significa para ti
depois das descobertas que fizeste.

Descobrir mais além:


™ Podes inventar ou adaptar, ao poema, uma melodia que conheças.
™ Podes apresentar o poema com expressão dramática.
™ Podes usar a expressão plástica para exprimir o que o poema te diz ou faz
sentir.
™ Podes escrever um texto inspirado no poema (alterando-o, imitando-o,
comentando-o, expandindo-o…). Podes, por exemplo, escrever o teu testamento
ou o que farias de diferente se pudesses voltar a nascer.
Guião de leitura ♥ A Cavalo no Tempo ♥ Luísa Ducla Soares 18

Poema: Diz o avô

Descoberta – primeiros passos:


™ Lê o texto tantas vezes quantas as necessárias para sentires o seu ritmo e os seus
primeiros sentidos.
™ Observa a ilustração que o envolve, aprecia-a e procura ligações entre ela e o
texto.
™ Se não conheces bem alguma palavra ou referência do texto, procura
esclarecer-te, pesquisando.

Descobrir mais a fundo:


™ Quem “dialoga” neste texto? Que pistas do texto nos ajudam a diferenciar essas
vozes?
™ As perguntas presentes no texto fazem lembrar um conto tradicional muito
conhecido. Consegues descobri-lo?
™ As primeiras quatro estrofes terminam com o mesmo verso. Como o
interpretas? Que estrada é esta?
™ Que diferenças encontras entre as primeiras quatro estrofes e a última?
™ Encontra no texto palavras que te pareçam estar a ser utilizadas com um
segundo sentido e explica-o.
™ Refere a tua estrofe preferida e justifica.
™ Relaciona o texto com o título do livro. Confirmas a tua ideia inicial sobre o
tema de que trata o livro?

Apresentação do trabalho:
™ Prepara uma leitura do texto para a turma, de modo que essa leitura proporcione
aos teus colegas um momento muito agradável e os ajude a perceber bem o
sentido do poema.
™ Prepara um comentário teu ao poema, que mostre o que ele significa para ti
depois das descobertas que fizeste.

Descobrir mais além:


™ Podes inventar ou adaptar, ao poema, uma melodia que conheças.
™ Podes apresentar o poema com expressão dramática.
™ Podes usar a expressão plástica para exprimir o que o poema te diz ou faz
sentir.
™ Podes escrever um texto inspirado no poema (alterando-o, imitando-o,
comentando-o, expandindo-o…).
Guião de leitura ♥ A Cavalo no Tempo ♥ Luísa Ducla Soares 19

Poema: A velha

Descoberta – primeiros passos:


™ Lê o texto tantas vezes quantas as necessárias para sentires o seu ritmo e os seus
primeiros sentidos.
™ Observa a ilustração que o envolve, aprecia-a e procura ligações entre ela e o
texto.
™ Se não conheces bem alguma palavra ou referência do texto, procura
esclarecer-te, pesquisando.

Descobrir mais a fundo:


™ Classifica as palavras do título quanto às classes a que pertencem.
™ Propõe um outro título que te pareça adequado.
™ Escolhe o verso ou versos: mais estranho(s), mais divertido(s), mais bonito(s),
menos interessante(s), mais interessante(s), que melhor caracteriza(m) o
sujeito, mais ternurento(s)… (Podes acrescentar categorias.) Justifica.
™ Identifica a classe de palavras dominante no texto. Prolonga cada verso,
acrescentando uma expressão com função adjectival que acrescente informação
ao segundo grupo nominal de cada verso.
™ Distingue gramaticalmente as palavras “leve” e “leve”, que se encontram na
última estrofe.
™ Em que sentido surge a palavra “Primavera”?
™ O texto parece ter duas partes com ritmos ou andamentos diferentes. Além
disso, uma parece mais contemplativa e a outra mais nostálgica. Explica
melhor.
™ Relaciona o texto com o título do livro. Confirmas a tua ideia inicial sobre o
tema de que trata o livro?

Apresentação do trabalho:
™ Prepara uma leitura do texto para a turma, de modo que essa leitura proporcione
aos teus colegas um momento muito agradável e os ajude a perceber bem o
sentido do poema.
™ Prepara um comentário teu ao poema, que mostre o que ele significa para ti
depois das descobertas que fizeste.

Descobrir mais além:


™ Podes inventar ou adaptar, ao poema, uma melodia que conheças.
™ Podes apresentar o poema com expressão dramática.
™ Podes usar a expressão plástica para exprimir o que o poema te diz ou faz
sentir.
™ Podes escrever um texto inspirado no poema (alterando-o, imitando-o,
comentando-o, expandindo-o…). Podes reescrever o texto, substituindo a
segunda parte de cada verso por sentimentos, estados de espírito e
comportamentos (nomes mais abstractos) que se associam à velha.
Guião de leitura ♥ A Cavalo no Tempo ♥ Luísa Ducla Soares 20

Poema: Tourada

Descoberta – primeiros passos:


™ Lê o texto tantas vezes quantas as necessárias para sentires o seu ritmo e os seus
primeiros sentidos.
™ Observa a ilustração que o envolve, aprecia-a e procura ligações entre ela e o
texto.
™ Se não conheces bem alguma palavra ou referência do texto, procura
esclarecer-te, pesquisando.

Descobrir mais a fundo:


™ Compara o poema com a seguinte lengalenga e identifica algumas semelhanças
na composição dos textos.

Lengalenga
«Lá vem o tio José Godinho
A cavalo no burrinho.
O burrinho é fraco
A cavalo no macaco.
O cavalo é valente
A cavalo numa trempe.
A trempe é de ferro
A cavalo num martelo.
O martelo bate a sola
A cavalo numa bola.
A bola é vermelha
A cavalo numa telha.
A telha é de barro
A cavalo num chocarro.
O chocarro é de cortiça
A cavalo numa chouriça.
A chouriça é preta
A cavalo numa boleta.
A boleta é doce
O burrinho deu um coice.
E acabou-se a papa doce…»

™ Tenta associar o ritmo do poema a algum movimento que se assemelhe com ele.
™ Extrai do texto as palavras do campo lexical de “tourada”.
™ Identifica no texto os sujeitos respectivos dos predicados “Não quer ser
escravo” e “que ganha dinheiro”; identifica o complemento directo da forma
verbal “divertir”.
™ Parece-te que este poema pretende ser uma crítica? Se sim, identifica a quê, a
quem e porquê.
™ Relaciona o texto com o título do livro. Confirmas a tua ideia inicial sobre o
tema de que trata o livro?

Apresentação do trabalho:
™ Prepara uma leitura do texto para a turma, de modo que essa leitura proporcione
aos teus colegas um momento muito agradável e os ajude a perceber bem o
sentido do poema.
™ Prepara um comentário teu ao poema, que mostre o que ele significa para ti
Guião de leitura ♥ A Cavalo no Tempo ♥ Luísa Ducla Soares 21

depois das descobertas que fizeste.

Descobrir mais além:


™ Podes inventar ou adaptar, ao poema, uma melodia que conheças.
™ Podes apresentar o poema com expressão dramática.
™ Podes usar a expressão plástica para exprimir o que o poema te diz ou faz
sentir.
™ Podes escrever um texto inspirado no poema (alterando-o, imitando-o,
comentando-o, expandindo-o…). Podes, por exemplo, escrever sobre o tema do
texto, manifestando a tua opinião e defendendo-a com argumentos e razões.
Guião de leitura ♥ A Cavalo no Tempo ♥ Luísa Ducla Soares 22

Poema: Pedido de casamento

Descoberta – primeiros passos:


™ Lê o texto tantas vezes quantas as necessárias para sentires o seu ritmo e os seus
primeiros sentidos.
™ Observa a ilustração que o envolve, aprecia-a e procura ligações entre ela e o
texto.
™ Se não conheces bem alguma palavra ou referência do texto, procura
esclarecer-te, pesquisando.

Descobrir mais a fundo:


™ Quantas vozes falam no texto? Quem são?
™ Divide o texto em partes lógicas e resume-as.
™ Pergunta aos teus familiares mais idosos e ao teu Professor de História quem e
como se decidiam antigamente os casamentos nas famílias ricas e nobres,
principalmente na realeza, e qual era a liberdade da mulher relativamente a
estas decisões.
™ Compara o poema com o seguinte romance tradicional. Parece-te que as
semelhanças terão ocorrido por mero acaso? Que semelhanças encontras? E que
diferenças? (Observa a forma e o significado.)

_Ó Condessa, ó condessa
Ó Condessa de Aragão
Venho pedir-te uma filha
Das mais lindas que aqui estão

_Minha filha não a dou


Nem por ouro nem por prata
Nem por sangue do dragão
Nem por rabo de lagarto

_Ai que tão contente eu vinha


Tão triste me vou achar
Pedi a filha à Condessa
Condessa não ma quis dar

_Tornai atrás cavaleiro


Entrai por esses portais
Escolhei a mais bonita
Essa que gostardes mais

_Não te quero por seres rosa


Nem a ti por açucena
Quero-te por seres formosa
E por seres a mais morena.

™ Relaciona o texto com o título do livro. Confirmas a tua ideia inicial sobre o
tema de que trata o livro?

Apresentação do trabalho:
™ Prepara uma leitura do texto para a turma, de modo que essa leitura proporcione
aos teus colegas um momento muito agradável e os ajude a perceber bem o
Guião de leitura ♥ A Cavalo no Tempo ♥ Luísa Ducla Soares 23

sentido do poema.
™ Prepara um comentário teu ao poema, que mostre o que ele significa para ti
depois das descobertas que fizeste.

Descobrir mais além:


™ Podes inventar ou adaptar, ao poema, uma melodia que conheças.
™ Podes apresentar o poema com expressão dramática.
™ Podes usar a expressão plástica para exprimir o que o poema te diz ou faz
sentir.
™ Podes escrever um texto inspirado no poema (alterando-o, imitando-o,
comentando-o, expandindo-o…). Faz uma reflexão sobre toda a informação
lida e recolhida e redige um texto no qual defendas a tua opinião sobre este
tema.
Guião de leitura ♥ A Cavalo no Tempo ♥ Luísa Ducla Soares 24

Poema: Os meninos educados

Descoberta – primeiros passos:


™ Lê o texto tantas vezes quantas as necessárias para sentires o seu ritmo e os seus
primeiros sentidos.
™ Observa a ilustração que o envolve, aprecia-a e procura ligações entre ela e o
texto.
™ Se não conheces bem alguma palavra ou referência do texto, procura
esclarecer-te, pesquisando.

Descobrir mais a fundo:


™ Em quantas partes com sentido próprio poderemos dividir o texto? Atribui-lhes
um nome, um resumo, um comentário…
™ Qual será a grande diferença entre a segunda e a terceira estrofe? Faz uma lista
de palavras (ideias, sentimentos, comportamentos) que traduza bem cada uma
delas.
™ Achas que a terceira estrofe faz muita falta no poema? Porquê?
™ Em que é que os meninos educados se podem comparar a andorinhas?
™ Tenta descobrir o nome que se dá à repetição de palavras no início de versos
consecutivos, como neste poema. Qual será a intenção desta repetição?
™ Relaciona o texto com o título do livro. Confirmas a tua ideia inicial sobre o
tema de que trata o livro?

Apresentação do trabalho:
™ Prepara uma leitura do texto para a turma, de modo que essa leitura proporcione
aos teus colegas um momento muito agradável e os ajude a perceber bem o
sentido do poema.
™ Prepara um comentário teu ao poema, que mostre o que ele significa para ti
depois das descobertas que fizeste.

Descobrir mais além:


™ Podes inventar ou adaptar, ao poema, uma melodia que conheças.
™ Podes apresentar o poema com expressão dramática.
™ Podes usar a expressão plástica para exprimir o que o poema te diz ou faz
sentir.
™ Podes escrever um texto inspirado no poema (alterando-o, imitando-o,
comentando-o, expandindo-o…). Podes reescrever o texto, substituindo a
segunda parte de cada verso por sentimentos, estados de espírito e
comportamentos (nomes mais abstractos) que se associam à velha.
Guião de leitura ♥ A Cavalo no Tempo ♥ Luísa Ducla Soares 25

Poema: O tempo

Descoberta – primeiros passos:


™ Lê o texto tantas vezes quantas as necessárias para sentires o seu ritmo e os seus
primeiros sentidos.
™ Observa a ilustração que o envolve, aprecia-a e procura ligações entre ela e o
texto.
™ Se não conheces bem alguma palavra ou referência do texto, procura
esclarecer-te, pesquisando.

Descobrir mais a fundo:


™ Em quantas partes com sentido próprio poderemos dividir o texto? Atribui-lhes
um nome, um resumo, um comentário…
™ As três primeiras estrofes apresentam uma estrutura repetitiva. Identifica essas
repetições e semelhanças. O que pode significar esta tendência repetitiva do
ponto de vista do objectivo e da atitude do sujeito?
™ O sujeito do texto parece não ter sido muito feliz na sua procura. Como
poderemos explicar esse insucesso?
™ Na última estrofe, encontramos uma comparação abreviada (uma metáfora).
Aprecia essa associação de ideias e comenta-a.
™ Com a ajuda do Professor de Música, encontra uma canção popular formada
por quadras, como este poema, e adapta essa melodia a este texto.
™ Relaciona o texto com o título do livro. Confirmas a tua ideia inicial sobre o
tema de que trata o livro?

Apresentação do trabalho:
™ Prepara uma leitura do texto para a turma, de modo que essa leitura proporcione
aos teus colegas um momento muito agradável e os ajude a perceber bem o
sentido do poema.
™ Prepara um comentário teu ao poema, que mostre o que ele significa para ti
depois das descobertas que fizeste.

Descobrir mais além:


™ Podes inventar ou adaptar, ao poema, uma melodia que conheças.
™ Podes apresentar o poema com expressão dramática.
™ Podes usar a expressão plástica para exprimir o que o poema te diz ou faz
sentir.
™ Podes escrever um texto inspirado no poema (alterando-o, imitando-o,
comentando-o, expandindo-o…). Podes, por exemplo, escrever um texto sobre
algo que procures ou sobre o crescimento/envelhecimento.