Você está na página 1de 6

EAD

TEOLOGIA

IGREJA LOCAL EVANGELISMO E MISSÕES


Semana 01 – Segunda feira

“Ide portanto, fazei discípulos de todas as nações batizando-os em nome do Pai do


Filho e do Espirito Santo” Mt 28.19

Igreja de Deus no Brasil


SEID – Seminário Evangélico da Igreja de Deus
www.eadteologia.com.br
COPYRIGHT EADTEOLOGIA – DIREITOS RESERVADOS
A CÓPIA OU UTILIZAÇÃO SEM PRÉVIA AUTORIZAÇÃO CONSTITUI EM CRIME FEDERAL DE ACORDO COM A LEI FEDERAL
9610 DE 19/02/1998.
EAD TEOLOGIA SEID 2

Igreja Local Evangelismo e Missões / Dr. Kleber Spirandeli – Uberlândia: EAD


Teologia, 2019.

75p.; 43cm.

2ª Edição: Janeiro / 2019

Superintendente Nacional: Bp. Divino Eterno Silva


Diretor Nacional de Educação: Bp. Reinaldo Moraes de Souza
Direção Regional de Educação: Dr. Kleber Spirandeli
Diretor Geral: Dr. Kleber Spirandeli
Projeto Gráfico: Elielda Soares
Capa: Elielda Soares
Impressão: Gbex Editora e Gráfica.

Todos os direitos em língua portuguesa reservado por:

EAD TEOLOGIA
Av. Vasconcelos Costa, 1299, Martins, Uberlândia – MG

Módulo - Igreja Local Evangelismo e Missões


EAD TEOLOGIA SEID 3

SEMANA 01
UNIDADE 01 (segunda)

1. Introdução

1.1. Etimologia (origem da palavra)

a. Evangelho: “Porque, se eu anuncio o evangelho, não é para mim motivo de glória, é


antes uma obrigação que me foi imposta: Ai de mim, se eu não evangelizar!” I Co 9:16.
O termo evangelho deriva da palavra grega euangélion, que significa
literalmente boas novas; Portanto, evangelizar significa anunciar boas novas.
A Evangelização compreende o testemunho de vida, o anúncio explícito, a
liturgia da Palavra, a utilização dos meios de comunicação social, o contato pessoal e a
religiosidade popular.

b. Evangelismo e Evangelização: O sufixo “ção” exprime a idéia de ação. Ex. Oração,


ação de orar. O sufixo “ismo” exprime a idéia de ciência, sistema, crença. Ex.:
socialismo. Então evangelização é a ação de anunciar o Evangelho. E o evangelismo é
o sistema baseado no evangelho ou conjunto de doutrinas baseadas neste.

“A evangelização abrange todos os esforços no sentido de declarar as boas novas de


Jesus Cristo, com o objetivo de que as pessoas entendam a oferta de salvação de
Deus, tenham fé e tornem-se discípulos”. Billy Graham.

1.2. Idéias errôneas acerca do evangelismo

a. O evangelho Social

Aconselha ação definida e resoluta na solução dos problemas políticos,


econômicos e sociais, deixando em plano secundário os interesses espirituais de cada
indivíduo como ser isolado da comunidade. O seu apelo e por um mundo socialmente
melhor e não por um mundo redimido pelo sacrifício da cruz. Afirma que agora cabe
fazer trabalho educacional e filantrópico, pois a mensagem social é mais oportuna que
a mensagem evangélica.
O Evangelho Social afirma que o homem é produto do meio e tem o objetivo
utópico de estabelecer o reino de Deus entre os homens pela transformação do
ambiente, por meio da ação social do Evangelho.
1 . O Evangelho Social é uma degradação do verdadeiro Evangelho, por que:
 Abole o sangue de Cristo.
 Contradiz o arrependimento.
 É apenas terrena.
2 . O Evangelho Social contradiz a Escatologia (profecias futuras):
 A Bíblia diz que o mundo será destruído por pestes, fome e guerra.
 O Evangelho Social espera um mundo com um fim glorioso por meio da ação
social dos Evangelhos.

Módulo - Igreja Local Evangelismo e Missões


EAD TEOLOGIA SEID 4

3 . O Evangelho Social contradiz a Hamartiologia (doutrina do pecado).


 O Evangelho Social afirma que o mal que aflige o homem cessará com a
mudança do meio.
 A Bíblia afirma que o grande mal que oprime as nações é o pecado. e que é no
coração do homem que ele nasce – Lv. 26.28; Jr 2.25.
4. No entanto temos a consciência de que cada crente tem uma responsabilidade
social, porém não devemos esquecer o nosso principal alvo.

b. O Ecumenismo
Tenta estabelecer no mundo uma nova ordem social, para que, pela união de
todos os credos religiosos, protestantes, católico romano, ortodoxo oriental, o judaico, o
islamismo, e budistas, e os que quiserem, implantar o reino de Deus na terra. O
Concílio Mundial de Igrejas (CMI) é seu grande defensor. (Só para esfriar o
evangelismo).
O C.M.I. nasceu em Amsterdã, em 1948 e inclui em seu rol igrejas protestantes,
modernistas, quase todos os ramos da Igreja Católica Ortodoxa Grega, que não é
protestante e a Igreja Ortodoxa Russa tem sido admitida no C.M.I .
O C.M.I. está empregando todas as forças para efetuar um retorno ás trevas de
Roma. Em 1961 deram uma bênção em nome de Jesus e de Maria .
O alvo do C.M.I. é a edificação de uma super Igreja, uma igreja Mundial única,
na qual todas as igrejas da terra – protestantes e católicas (Romana e Ortodoxa ), e
finalmente todas as religiões do mundo venha a fundir-se. Citam João 17.21.

c. O Proselitismo
Os adeptos desta filosofia do Evangelismo crêem que “Evangelismo” é aumentar
o número de membros, fazer crescer a denominação, não importando os meios que se
empregue para alcançar o seu objetivo. Leia Rm 15:20.
“Evangelismo não é apenas ganhar pecadores para Cristo. É também ganhar ou
roubar membros de outras igrejas”.
 O Proselitismo aplica a visitação e convites a pessoas já crentes visando tirá-las
de suas denominações.
 Geralmente mostra e aumenta as falhas das outras igrejas, realçando o que tem
de bom na sua.
 È falta de amor e respeito para com as igrejas co-irmãs.
 É falta de escrúpulo ministerial.

2. Conceitos Bíblicos a cerca de evangelismo


“Ação que visa ganhar almas para Cristo através da presença, proclamação e
persuasão”.

a . Presença
Presença no sentido bíblico:
 É a presença pessoal.
 Os meios de comunicação de massa não satisfazem a todos os requisitos
exigidos pela idéias bíblicas de presença. Pela TV e rádio semeia-se, mas não
se batiza, cuida, ensina ou ajuda.

Conceitos errados acerca da presença:


 Presença é evangelizar: Qualquer atividade é evangelização. Isto significa que
não é preciso falar de Cristo. A simples presença do crente já é ação
evangelizadora.

Módulo - Igreja Local Evangelismo e Missões


EAD TEOLOGIA SEID 5

 Maximizar uma pequena obra em uma grande região ou cidade e dá-la por
evangelizada.

Conclusão – presença é essencial como o primeiro passo na evangelização, mas


temos que fazer muito mais para realmente evangelizarmos.

b . Proclamação
A proclamação é realmente a pedra fundamental da evangelização – I Cor 1.18,21;
Rm10.14, porém:
 Alguns têm a proclamação como o tudo na evangelização – “Proclamou ?
acabou !” Parecem ter uma aversão aos números, ás estatísticas.
 Conversões, crescimento e implantação de novas congregações são coisas
secundárias.
Mas realmente a medida do sucesso por quantas vezes, anos ou de quantas
maneiras temos proclamado o Evangelho é: “Houve ou não resultados visíveis ?”
Ninguém pode diminuir a importância da proclamação, mas a evangelização não se
completa totalmente com ela .

c. Persuasão
O verdadeiro imperativo da grande comissão é “Fazer discípulos”. Fez
discípulos? – Evangelizou!
A ênfase no livro de Atos não era, quantos lares visitaram ou quantos sermões
pregaram mais sim quantas almas se converteram e quantas igrejas locais foram
plantadas.
 Muitos pensam que persuadir uma pessoa a mudar de religião é anátema, falta
de amor e respeito.
 Jesus não veio a um mundo sem religião.
 Jesus afirmou ser Ele o único caminho.
 Samaria era centro religioso. Felipe foi pregar lá.
Persuasão era uma parte legítima e natural da evangelização no livro de Atos dos
Apóstolos, como se vê claramente pelo emprego da palavra “persuasão” no referido
livro (a edição atualizada é mais clara na tradução das palavras em Atos).
 A palavra usada é “pathos”, que significa “ganhar outra pessoa ao nosso ponto
de vista”.
 A palavra é usada várias vezes em relação á evangelização no livro de At 13.43;
17.4; 18.4; 26.28; 28.23,24.
Persuadir as pessoas a aceitarem a Cristo como salvador é o alvo da
evangelização.

d. Vocábulos empregados no livro de Atos.

 Laleo (4.1) – Falar.


o Resultados – muitos ... aceitaram (4.4)
 Didasko (4.2) – Ensinar.
o Resultado – muitos ...... aceitaram (4.4).
 Evangelizado ( 8.4;11.19) – anunciar as boas novas .
o Resultados – muitos......... se converteram ( 11.21).
 kerusso ( 8.5 ) – proclamar
o Resultado - ....... iam sendo batizados (8.12).
 Katangello (17.3) – anunciar publicamente .
o Resultados – foram persuadidos e unidos ....... numerosa multidão ( 17.4).
 Diamaturamai ( 2.40 ) – testificar .
Módulo - Igreja Local Evangelismo e Missões
EAD TEOLOGIA SEID 6

o Resultado – foram batizados ..........quase três mil pessoas ( 2.41).


 Dialegomai ( 18.4) – arrazoar, discorrer .
o Resultado – muitos ............ criam e eram batizados (18.8).
 Pathos – ganhar outra pessoa ao nosso ponto de vista.

e. Conclusão
Evangelismo é a proclamação do Evangelho a todos os povos em todos os
lugares, independente de raça, língua, classe ou condição social.
O uso das palavras para a evangelização no livro de Atos demonstra que o fim de todo
tipo de proclamação é a persuasão de almas a aceitarem a Cristo ou seja, fazer
discípulos.
A evangelização bíblica inclui presença, proclamação e persuasão, é não pode
considerar-se um sucesso até que discípulos sejam feitos e congregações sejam
plantadas.

Módulo - Igreja Local Evangelismo e Missões

Você também pode gostar