Você está na página 1de 2

Parte 1 – Mecânica

Aula 33. Terceira Lei de Newton


1. Ação e Reação
Sabemos que força é fruto da interação, ou seja, uma 3. Exemplos de Interações
força atuante em um corpo representa a ação que este Observe a seguir os pares ação-reação de algumas
corpo recebe de um outro corpo. básicas interações de campo e de contato.
Isaac Newton percebeu que toda ação estava associada a A. Interações de campo
uma reação, de forma que, numa interação, enquanto o
primeiro corpo exerce força sobre o outro, também o
segundo exerce força sobre o primeiro. Assim, em toda
interação teríamos o nascimento de um par de forças: o
par ação-reação.

2. Lei da Ação e Reação


O Princípio da Ação e Reação constitui a Terceira Lei de
Newton e pode ser enunciado assim:
Se um corpo A aplicar uma força sobre um corpo B,
receberá deste uma força de mesma intensidade,
mesma direção e sentido oposto à força que aplicou B . Interações de contato
em B.
Podemos observar essa troca de forças entre dois corpos,
por exemplo, na colisão abaixo.

A força que A exerce em B ( ) e a correspondente força Resumo


Terceira Lei de Newton
que B exerce em A ( ) constituem o par ação-reação “Para cada ação há sempre uma reação oposta e de igual
dessa interação de contato (colisão). Essas forças intensidade.”
possuem mesma intensidade, mesma direção e
sentidos opostos. Ou seja:
Exercícios Resolvidos
01. Uma bola de peso igual a 1 N encontra-se em
Ao aplicarmos a terceira lei de Newton, não podemos repouso, suspensa através de um fio ao teto de uma sala.
esquecer que as forças de ação e reação: Considere que ela esteja sujeita a ação exclusiva de seu
a) estão associadas a uma única interação, ou seja, peso ( ) e da força de tração do fio ( ), como ilustra o
correspondem às forças trocadas entre apenas dois esquema ao lado.
corpos;
b) têm sempre a mesma natureza (ambas de contato ou
ambas de campo), logo, possuem o mesmo nome (o
nome da interação);
c) atuam sempre em corpos diferentes, logo, não se
equilibram.

a) Qual o módulo da força de tração?


b) As forças e constituem um par ação-reação?
Resolução
a) Pelo fato da bola estar em equilíbrio estático (repouso),
temos:

b) Embora e, atuantes na bola, tenham a mesma


intensidade (1 N), a mesma direção (vertical) e sentido

Paulo Victor Araujo Lopes 1


Parte 1 – Mecânica

opostos, as forças peso e tração não contituem um par Resolução


ação-reação, pelo seguinte motivo fundamental: as forças a) As forças que atuam na caixa são: o peso e a força
de ação e reação nunca atuam no mesmo corpo. Outro normal, devido ao contato com o piso do elevador.
motivo: ação e reação devem ser ambas de campo ou Primeiramente, calculemos a intensidade do peso da
ambas de contato, o que não ocorre com as forças peso
caixa:
(de campo) e tração (de contato).
Observação
Na situação apresentada, a bola sofre duas interações: Aplicando-se a Segunda Lei de Newton na caixa, vem:
uma de campo gravitacional com a Terra e uma de
contato com o fio. O esquema ao lado ilustra,
simplificadamente, os pares ação-reação dessas duas
interações.

b) Pela Terceira Lei de Newton, a caixa interage com o


piso do elevador trocando forças normais entre si. Ou
seja, a força que a caixa exerce no piso do elevador
constitui a reação à força normal recebida por ela.
Logo:

02. A figura a seguir mostra uma caixa de massa 50 kg


sendo erguida verticalmente, com aceleração ascendente
de 1,0 m/s2, por um elevador de um prédio. Adote g = 10
m/s2.

: ação do piso sobre a caixa.


: reação da caixa sobre o piso.

a) Quais as intensidades das forças atu- antes na caixa


durante sua elevação ?
b) Qual a intensidade da força exercida pela caixa sobre o
piso do elevador?

Paulo Victor Araujo Lopes 2