Você está na página 1de 6

PENIEL

Tempo: 1h e 30 minutos

Textos: Gênesis 32.30; II Samuel 12


Introdução:
Peniel é um lugar de Encontro com Deus (Gn. 32:30). Lugar
de sentir profunda dor pelos pecados. Lugar de confronto, consigo
mesmo e com Deus. Em Peniel Deus mostrará quem você é. Lugar
de luta, de arrependimento, de guerra, de choro, de pranto. Em
Peniel você irá ouvir claramente a voz de Deus. Jamais você
esquecerá seu Peniel.

Peniel tem como objetivos principais:


1. Levá-lo ao arrependimento
2. Levá-lo ao propósito certo
3. Levá-lo a estar face a face com Deus. Gênesis 32. 30.
Jacó esteve em Peniel e toda a sua vida foi mudada. Seu nome
foi mudado de Jacó para Israel. Seu caráter foi
mudado (ele era usurpador e seu nome de fato significava
USURPADOR, MAU CARÁTER). Jacó sentiu profunda dor
nesse lugar. Você também sentirá essa dor, porem sairá
daqui completamente curado e com uma nova identidade (II Co
5:17). Comente sobre a experiência de Jacó em Peniel.
ATENÇÃO: Você pode achar que a sua vida está bem, mas
Deus irá mostrar se realmente está bem ou não.
Vejamos o que acontece em Peniel:

1. SOMOS CONFRONTADOS
- Quando eu peco, abro uma porta de legalidade para
satanás entrar na minha vida (João 10.10).

30
- Todo confronto, quando há arrependimento genuíno,
gera cura e libertação.
- Em Peniel você será confrontado com os princípios
divinos que você quebrou.

b. SOMOS CONDUZIDOS AO ARREPENDIMENTO (Pv.


28:13)

► Diante da realidade dos nossos pecados, não podemos


nos arrepender pela metade.
► Não podemos pensar que o sangue de Jesus é como um
cartão de credito que usamos sem responsabilidade (I Jo 1:7;
Hb 6:4-6).
► Precisamos ser genuínos e sinceros diante do
arrependimento (I Jo 1:8-9). Nós jamais enganaremos a
Deus (Salmos 139).
► Arrependimento sem dor não é arrependimento.
Precisamos sentir dor pelo pecado que cometemos. Quando
o pecado é lembrado com dor, há cura. Arrepender-se é
reconhecer o erro e decidir não fazê-lo mais (SI 51:2-3).
Quando renunciamos o pecado, arrancamos os argumentos
do diabo (Colossenses 12-15).
c. SOMOS DESMASCARADOS DIANTE DE
ALGUMAS
MENTIRAS NAS QUAIS VIVEMOS

• Você tem mentido? (Ef. 4:25; Zc 8:16-17). Contando


piadas indecentes? (I Co 15:33, Pv 26:18-19). Tem omitido
pecado (de roubo, sonegação de imposto, etc.)? (Ef. 4:28).
Tem cobiçado (marido/esposa alheio(a), roupa, casa, bens,
emprego, carro, etc.? (Êxodo 20.17) – Tem se prostituido, se
masturbado, adulterado, tido pensamentos impuros, traído
seu cônjuge, fornicado (imoralidade sexual)? (I Co 6:9-10)
31
• Tem sido grosso, no falar, respondão, falador, maledicente,
brigão?
• Tem sido sensual, indecente, defraudador? (I Co 6:18).
• Tem tratado o cônjuge e os filhos com grosseria, violência,
e com espancamento? (Ef 4:31-32).
• Tem sido glutão, insubmisso, rebelde, desobediente? Não
importa o que você fez Deus lhe aceita em Peniel. Deus vai
mudar a sua situação. Ele é poderoso.
Só conseguiremos ser totalmente curados e libertos se
formos transparentes e confessarmos tudo. Temos que
viver na luz.
OBSERVE: Quando um marido trai uma esposa e chega
em casa confessando o que fez, a reação da esposa é a
melhor possível, não é assim que acontece? Claro que não.
Ela diz: “Como? Com quem? Por quê? onde? Quantas vezes
isso aconteceu?” Você deve sentir dor do seu pecado e
confessar tudo ao Senhor (SL 51:1-4). O verdadeiro
arrependimento acontece quando nos conscientizamos que,
ao pecarmos, perdemos algo, e fazemos tudo para recuperar.
4. SOMOS COMPARADOS COM ALGUNS EXEMPLOS
BÍBLICOS E CONFRONTADO POR CAUSA DE NOSSOS
PECADOS.
4.1. Davi era um homem segundo o coração de
Deus
4.2. Davi tinha uma vida exemplar
Hoje não passamos por batalhas físicas
Muitos líderes caem porque não estão em
guerra constante. Temos um inimigo que não
dorme.
32
4.3. Davi era um homem segundo o coração de
Deus
4.4. Davi ficou em casa dormindo até tarde (II Sm 11:2)
 O diabo aproveitou as férias de Davi e lhe armou
uma cilada de adultério com Bate-seba, mulher de
Urias. Urias pelo contrario se recusava a ficar em
casa, sabendo que seus companheiros estavam no
campo de guerra.
 Enquanto o povo estava em guerra, Davi
estava em férias cobiçando e adulterando. Nesta
“pausa, Davi ficou no palácio. Qual é o seu palácio, o
lugar em que você descansa?
 O pecado é como uma bola de neve; Começa
pequeno e depois causa uma catástrofe. Por causa do
adultério começou a desgraça na vida de Davi. Ele
planejou a morte de Urias, desviou o foco da visão de
Deus e viveu debaixo de miséria. Instalou a maldição
na casa da família real: incesto, homicídio, entre
irmãos, imoralidade. Traição do seu próprio filho.

4.5. Davi esqueceu que deveria estar em


constante guerra
 Satanás trabalha nas nossas preferências
 As preferências vêm pela janela da alma (I Jo
2:15-16).
 Na época de Isaias o povo estava
contaminado (Isaías 6:7).
 Deus só enviou Isaias depois que seus lábios
foram purificados.
 O pecado nunca é instantâneo – Ele é
progressivo.
33
 O Salmo 42:7 (citar) diz que um abismo chama
outro abismo.
Qual a conseqüência do pecado?
“Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom
gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus
nosso Senhor” (Romanos 6:23); II Samuel 12 e 13.
4.6. Davi perdeu a paz. A nossa intranqüilidade é sinal de pecado.
O pecado é perdoado, mas as conseqüências perduram. (Salmo
32:5).
 Pecado tem nome. Não basta dizer: Ah! Eu pequei muito.
Deve-se dizer o pecado pelo nome. O Espírito Santo vai trazer
consciência a você. Peniel é um encontro Face a Face com Deus.

5. Conclusão

No início, talvez o pecado pareça agradável e prazeroso,


mas, concluída a sua trajetória, fica o seu rastro de destruição,
angustia e perdas. O único caminho de livramento é à volta para
Deus, com arrependimento e fé na morte expiatória de Jesus
Cristo.
“Enquanto calei meus pecados, consumiram-se os meus
ossos pelo meu bramido durante o dia todo”. (Salmos 32:3).
5.1. Houve tempo de Aparências. O pecado tira Deus do
centro das decisões.
6. O pecado destrói as nossas finanças
7. Davi se arrependeu! O que é arrependimento? (Pv 28:13).
Arrependimento não é remorso.
8. No arrependimento há entrega total, não há contra
argumentos. Não se tenta argumentar o pecado, se humilha e
se arrepende.

34
9. O arrependimento não é ressentimento, é uma dor profunda que vem
por se reconhecer que pecou contra o Senhor.
10. Jesus se opõe a qualquer pessoa tolerante para com o pecado (I Co 5:2;
Gl 5:21).
11. Somos santos que odiamos e aborrecemos o pecado.

35

Você também pode gostar