Você está na página 1de 3

ATIVIDADES

1. Leia o texto abaixo e complete com artigos, preposições e contrações.

Alô? Tem alguém aí?

A história ___ telefone é tão antiga quanto a de seus bisavós. Faz mais de cem anos que ele foi
criado _____ escocês Alexander Graham Bell (1847-1922), que morava ____ Estados Unidos. O
que ele conseguiu foi ___ jeito de transmitir voz ___ distância. Para isso, ele fez um aparelho que
transforma o som em sinais elétricos. Esses sinais corriam ____ um fio até chegar à outra ponta,
e viravam som outra vez.
Graham Bell se inspirou ___ telégrafo, de 1835, que conseguia transmitir mensagens entre
pontos distantes por meio de sinais. Mas eles vinham como códigos, e não como voz. Por isso
Bell foi tão importante para o mundo ___ tecnologia. Ele virou ___ "pai" do telefone.
O primeiro aparelho, de 1876, era muito rudimentar. Não dava para falar e ouvir ___ mesmo
tempo, como ___ de hoje. Outros cientistas começaram a melhorá-lo. Isso acontece em outros
ramos da tecnologia. Basta alguém inventar alguma coisa, que logo aparecem outras pessoas
que aperfeiçoam a ideia.
Naquele mesmo ano, ____ americano Thomas Alva Edison conseguiu inventar um aparelho
que ouvisse – e falasse. Para isso ele fez dezenas de tentativas. Mas conseguiu.
O que demorou foi ligar a longa distância. Agora parece tão simples, mas ____ em 1914 que foi
realizada ___ ligação telefônica de um continente a outro. É claro que não foi com fios, pois seria
quase impossível fazer um fio atravessar países! Já o telefone sem fio demorou mais ainda: só foi
inventado em 1967. Então o rádio entrou ___ jogada.

www.acessaber.com.br
2. Leia e responda às perguntas:

Ler é se aventurar entre as palavras

Estamos envolvidos num mundo repleto de símbolos, imagens, códigos, textos e contextos
que despertam a nossa curiosidade e imaginação. As diversidades de linguagens são indicadores
fundamentais para nossas crianças, desde o momento ___ que ingressam na escola (na
educação infantil) até o aprimoramento da leitura, da escrita e da interpretação – aspectos que
são o fio condutor para o desenvolvimento e a evolução do ser humano no seu ingresso à vida
adulta. Atualmente, ouvimos falar muito sobre a necessidade de os professores despertarem o
prazer pela leitura e pela escrita nos alunos e, com isso, buscamos diversas maneiras de
incentivar as crianças e jovens a perceberem a riqueza dessa habilidade.

Questão 1 – O título contém uma preposição. Identifique-a:


( ) “se”
( ) “entre”
( ) “as”

Questão 2 – Assinale a alternativa em que a preposição preencheu corretamente a oração:


( ) “[...] desde o momento com que ingressam na escola [...]”
( ) “[...] desde o momento de que ingressam na escola [...]”
( ) “[...] desde o momento em que ingressam na escola [...]”

Questão 3 – No trecho “Atualmente, ouvimos falar muito sobre a necessidade de os professores


[...]”, a preposição “sobre” exprime a ideia de:
( ) assunto
( ) finalidade
( ) instrumento

Questão 4 – Em “[...] o prazer pela leitura [...]”, o termo sublinhado é a contração:


( ) da preposição “per” com o artigo definido “a”.
( ) da preposição “per” com o pronome pessoal “ela”.
( ) da preposição “per” com o pronome demonstrativo “a”.

Questão 5 – Na passagem “[...] buscamos diversas maneiras de incentivar as crianças e jovens a


perceberem a riqueza dessa habilidade.”, o “a” destacado é:
( ) preposição
( ) artigo definido
( ) pronome pessoal oblíquo

www.acessaber.com.br
3. Leia um trecho da crônica “O rádio apaixonado”, de Moacyr Scliar, e complete as
lacunas com pronomes possessivos.

O rádio apaixonado

MINHA QUERIDA DONA, sei que você anda se queixando de mim, publicamente, até. Você
não pode imaginar o sofrimento que isto me causa, mesmo porque você provavelmente acha que
rádios são objetos inanimados, sem vida própria. Ao contrário do que você pensa, tenho
sentimentos, tenho emoções. É em nome desses sentimentos e dessas emoções que lhe falo
agora, tanto em AM como em FM. Na verdade, eu nem tinha tomado conhecimento de ______
própria existência, até que fui instalado em ____ carro.
Você estava muito feliz; tinham lhe dito que minha marca é ótima, e que você contaria com
um som maravilhoso para lhe ajudar no estresse que é esse trânsito [...]. Você fez de mim um ser
vivo. Vivo e apaixonado. Daquele momento em diante, passei a ansiar por ____ presença. Era
para você que eu queria transmitir as melodias que recebia por meio de tantas canções. Você ao
volante, ______ felicidade era completa.
Acontece que você não se deu conta disso, ou fingiu que não se dava conta disso. Você me
ligava, você sintonizava uma emissora qualquer e pronto, voltava à ___ vidinha. Pior: tratava-se
de uma vidinha partilhada. Amigas embarcavam em seu carro. Amigos também. Você
conversando com um homem, aquilo me dava ciúmes, ciúmes terríveis. O Bentinho, do
Machado de Assis, aquele que desconfiava da Capitu, não sofreu tanto. Lá pelas tantas eu tinha
ciúmes até do ____ MP4.
Agora: o que poderia eu fazer? Humanos têm como demonstrar ____ ciúmes, têm como
descarregar a frustração. Mas eu sou um rádio, um bom rádio, mas rádio, de qualquer maneira.
A mim não estava facultado fazer cenas. Recorri, então, àquilo que estava a ____ alcance: o
som.
Quando você estava com alguém de quem eu não gostava, eu aumentava ____ volume -e
volume, você sabe, é coisa que não me falta- até chegar a níveis insuportáveis, uma avalanche
de decibéis. E aí, subitamente me calava. Para lembrar a você que o silêncio também fala,
especialmente o silêncio dos traídos. Ah, sim, e queimei o ____ MP4. Tinha de queimar: era ele
ou eu.
Você foi se queixar com um técnico, achando que eu estava desconfigurado. Num certo
sentido você está certa: estou desconfigurado, estou desfigurado, estou perturbado - mas tudo
isso por causa do sofrimento que você me causou.
Querida dona, estas são ______ derradeiras palavras, antes de sair definitivamente do ar, antes
do silêncio final. ______ última mensagem é esta: nunca brinque com os sentimentos de um
rádio apaixonado. Você vai ter, no mínimo, surpresas desagradáveis.

Atividades adaptadas.

www.acessaber.com.br

Você também pode gostar