Aluna: Deyse Aline Dias de Jesus Turma: ADM1B Professor : Alexandre Disciplina: Teoria Geral da Administração

RESENHA CRÍTICA

QUEM MEXEU NO MEU QUEIJO

Maio / 2011

O segundo. O autor tem como objetivo principal levar o leitor a refletir que a mudança virá e que ele precisa estar preparado e disposto a isso . de Spancer Johson . andar com pessoas que sonham com você faz toda a diferença . e então em questão de tempo. O impacto dessa mudança foi grande. se ele mudasse de idéia . nos surpreende e muitas vezes nos param. mas das possíveis reações que podemos tomar e também de como precisamos não só estar dispostos a enfrentar a mudança mas a também nos libertar do medo de mudar. os dois caminhos : O primeiro. Enfim. podem ser levados pelo resto da vida tanto no âmbito profissional como pessoal . o que influencia os passos do leitor. mas acabou por optar pelo novo e depois foi bem recompensado por isso. Os ensinamentos desse livro . a força de vontade e acima de tudo seus sonhos. A história chega a ser tão atraente que nos deparamos dentro do contexto e acabamos esquecendo que ela está sendo narrada por Michael numa reunião de colegas da escola. a velha maneira de ver o mundo e então arriscar sua vida em algo muitas vezes desafiador e incerto. . o que nos tira o conforto . tem um ‘queijo’ . que apesar de simples e objetivo chega a ser eficiente. uma vez que se cansa de agir com a emoção . Haw chegou ao ponto de querer desistir. seguido pelos duendes. substituíram o medo que o acompanhava desde o início. todos nós ou a grande maioria . Ele já estava cansado de esperar por um milagre e sabia ao fundo que os ratos estavam sendo mais espertos em sair a procura do novo queijo após acabar o estoque do Posto C. dois ratinhos e dois duendes. toda mudança traz seus efeitos . Porem . Haw até tentou convencer seu parceiro Hem a acompanhá-lo em busca do novo. Diante disso o autor trata não só da mudança . mas ele não tinha a mesma visão. na maioria das vezes . mas a liberdade . porem não eficaz. que acaba encarando a situação não só direcionada a administração. nem coragem para arriscar. Mas ainda assim ele não esqueceu do amigo. e tinha em seu consciente a certeza de que também era capaz. passa a agir com a razão. o autor usa de uma fábula com quatro personagens . mais cedo ou mais tarde sabia que seu objetivo seria alcançado. Correr riscos é o ponto de partida em buscado sucesso. o queijo. como abandonar o Velho Queijo . ser objetivo. Haw perdeu tempo ao escutar o amigo que não tinha visão . encarando de fato uma nova realidade. o que as vezes poderá custar um alto preço . sonhos. assim como Haw. achasse o caminho ao Novo Queijo. ao cotidiano. seguido pelos ratos através do método de tentativa e erro. protagonista principal. relacionamentos . e de repente diante de algumas mudanças que a vida traz – e infelizmente . No entanto os personagens deixam clara a falta de planejamento e estratégia em busca de seu desejo maior. O duende Haw. podendo ser algo que ama ou um alvo pelo qual sonha e batalha . ter sonhos . um tanto estreito por se tratar de atividades centralizadoras. não estamos preparados pra elas – as coisas deixam de ser como eram. deixar a acomodação e o medo que nos fazem ser um derrotado. persistente. sempre escrevia nas paredes um pouco do seu conhecimento e do que aprendia na caminhada . onde em um labirinto eles vão a busca do seu queijo. com a esperança de que o seu amigo . o que pode incluir também as velhas crenças . Isso nos traz também um outro ensinamento importante de se destacar . ser ambicioso para o bem e para o que é bom . Na vida . e só assim estarmos livres para ir a busca do Novo Queijo. Traçar caminhos. mas direcionada a vida de um modo geral . devemos buscar sempre mais. o labirinto reflete isso na história.RESENHA CRÍTICA DO LIVRO QUEM MEXEU NO MEU QUEIJO O livro ‘Quem Mexeu No Meu Queijo’. trata de uma maneira simples e reflexiva a questão das mudanças . sem o aproveitamento de fato do raciocínio que os mesmos tinham.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful