Você está na página 1de 11

ORAÇÃO DO CREDO

Creio em um só Deus
Pai todo-poderoso,
criador do céu e da terra
de todas as coisas visíveis e invisíveis.

Creio em um só Senhor, Jesus Cristo,


Filho Unigênito de Deus,
nascido do Pai antes de todos os séculos;
Deus de Deus,
Luz da Luz,
Deus verdadeiro de Deus verdadeiro;
gerado, não criado,
consubstancial ao Pai.

Por ele todas as coisas foram feitas.


E por nós, homens, e para nossa
salvação, desceu dos céus
e se encarnou pelo Espírito Santo,
no seio da Virgem Maria,
e se fez homem.
Também por nós foi crucificado sob
Pôncio Pilatos;
padeceu e foi sepultado.

Ressuscitou ao terceiro dia,


conforme as Escrituras,
e subiu aos céus,
onde está sentado à direita do Pai.

E de novo há de vir, em sua glória,


para julgar os vivos e os mortos;
e o seu reino não terá fim.

Creio no Espírito Santo,


Senhor que dá a vida,
e procede do Pai e do Filho;
e com o Pai e o Filho
é adorado e glorificado:
Ele falou pelos profetas.

Creio na Igreja,
una, santa, católica e apóstolica.
Professo um só batismo
para a remissão dos pecados.
E espero a ressurreição dos mortos
e vida do mundo que há de vir.
Amém.

PAI NOSSO

Pai Nosso, que estais no Céu


Santificado seja o Vosso Nome
Venha a nós o Vosso Reino
Seja feita a Vossa Vontade,
Assim na Terra como no Céu
O Pão-Nosso de cada dia nos daí hoje
Perdoai-nos as nossas ofensas
Assim como nós perdoamos a
Quem nos tem ofendido
E não nos deixeis cair em tentação
Mas livrai-nos do Mal.

Amém

AVE MARIA

Ave-Maria, cheia de graça!


O Senhor é convosco
Bendita sois vóis entre as mulheres
E Bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus
Santa Maria Mãe de Deus,
Rogai por nós os pecadores
Agora e na hora de nossa morte. Amé
SALVE RAINHA

Salve Rainha, Mãe de Misericórdia


Vida, doçura e esperança nossa, Salve!
A Vós bradamos, os degredados filhos de Eva
A Vós suspiramos, gemendo e chorando
neste Vale de Lágrimas.
Eia, pois, advogada nossa
Esses Vossos olhos misericordiosos
A nós volvei!
E depois desse desterro,
Mostrai-nos Jesus, bendito fruto do Vosso Ventre
Ó Clemente,
Ó Piedosa,
Ó Doce Sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus,
Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.
Amém.

ATO DE CONTRIÇÃO

Senhor, eu me arrependo sinceramente de todo mal que


pratiquei e do bem que deixei de fazer. Pecando, eu vos
ofendi, meu Deus e sumo bem, digno de ser amado sobre
todas as coisas. Prometo firmemente, ajudado com a
vossa graça, fazer penitência e fugir às ocasiões de pecar.
Senhor, tende piedade de mim, pelos méritos da paixão,
morte e ressurreição de Jesus Cristo, nosso Salvador.

GLÓRIA AO PAI

Glória ao Pai , ao Filho e ao Espírito Santo.

Assim como era no princípio , agora e sempre.

Amém
ORAÇÃO AO ANJO DA GUARDA

Santo Anjo do Senhor;


meu zeloso guardador,
já que a ti me confiou
a piedade divina,
sempre me rege,
guarda, governa e ilumina.
Amém

REPOUSO ETERNO

Dai-lhes, Senhor, o repouso eterno.


E brilhe para eles a vossa luz.
Descansem em paz. Amém.

NOVENA AO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

1 – Ó meu Jesus, que dissestes: “Em verdade, vos digo,


pedi e recebereis, procurai e achareis, batei e ser-vos-á
aberto!” Eis que bato, procuro e peço a graça...

Pai Nosso, Ave Maria e Glória

Sagrado Coração de Jesus, confio e espero em vós!

2 – Ó meu Jesus, que dissestes: “Em verdade, vos digo,


qualquer coisa que peçais ao meu Pai, no meu nome, Ele
vo-la concederá!” Eis que ao Vosso Pai, no Vosso nome,
eu peço a graça...

Pai Nosso, Ave Maria e Glória

Sagrado Coração de Jesus, confio e espero em vós!


3 – Ó meu Jesus, que dissestes: “Em verdade, vos digo,
passarão o céu e a terra, mas as minhas palavras,
jamais!” Eis que, apoiado na infalibilidade das Vossas
santas palavras, eu Vos peço a graça...

Pai Nosso, Ave Maria e Glória

Sagrado Coração de Jesus, confio e espero em vós!

ORAÇÃO

Ó Sagrado Coração de Jesus, a quem uma única coisa é


impossível, isto é, a de não ter compaixão dos infelizes,
tende piedade de nós, míseros pecadores, e concedei-nos
as graças que Vos pedimos por intermédio do Coração
Imaculado da Vossa e nossa terna Mãe.

São José, Amigo do Sagrado Coração de Jesus, rogai por


nós. – Salve Rainha.

AS NOVE PRIMEIRAS SEXTAS-FEIRAS

Esta Grande Promessa trata-se apenas de uma das "12


Promessas" de Jesus aos devotos de Seu Sagrado
Coração:

"Eu prometo, na excessiva misericórdia do meu


Coração, que meu amor todo-poderoso
concederá a todos aqueles que comungarem,
em nove primeiras sextas-feiras do mês
seguidas, a graça da penitência final, que não
morrerão na minha desgraça, nem sem
receberem seus sacramentos e que o meu divino
Coração será o seu asilo seguro no último
momento."
Para merecer a graça da Grande Promessa, é necessário:
1. Receber a Santa Comunhão na primeira sexta-feira de
cada mês, por nove meses seguidos.
2. Para comungar é INDISPENSÁVEL estar na graça de
Deus.
3. Quem tiver pecado grave, deve fazer voa confissão,
antes de comungar. O dever da CONFISSÃO é uma lei
grave da Igreja, ainda hoje em vigor.

A consagração do dia da primeira sexta-feira de cada


mês deve ser preparada, de véspera, pelo piedoso
exercício da "Hora Santa", prática revelada por Jesus a
Santa Margarida Maria:

"E para me acompanharem na humilde oração


que eu apresentei a meu Pai, no meio de todas
as minhas angústias, todas as quintas-feiras
levantar-te-ás, entre as onze horas e a meia
noite, para comigo te prostrares durante uma
hora, com o rosto em terra, assim para aplacar
a ira divina, pedindo misericórdia para com os
pecadores, como para adoçar, de alguma
maneira, a amargura que eu sentia com o
desamparo em que me deixavam meus
apóstolos, o qual me obrigou a lançar-lhes em
rosto o não terem podido velar uma hora
comigo."

Darei a eles as graças necessárias ao seu estado.


Levarei socorro às famílias que se encontram em
dificuldades e instaurarei a paz nas famílias divididas.
Os consolarei nas suas aflições.
Serei seu seguro refúgio em vida e especialmente na
hora da morte.
Espalharei abundantes bençãos sobre todas as suas
obras.
Os pecadores encontrarão no Meu Coração a fonte e o
oceano da Misericórdia.
As almas mornas se tornarão fervorosas.
As almas fervorosas alcançarão em breve grande
perfeição.
Abençoarei os lugares onde a imagem do meu Sagrado
Coração for exposta e honrada.
A todos aqueles que trabalharem pela salvação das
almas darei o dom de comover os corações mais
endurecidos.
O nome daqueles que propagarem a devoção ao Meu
Sagrado Coração será escrito no Meu Coração e não
será nunca esquecido.
Eu te prometo, no excesso da Misericórdia do Meu
Coração, que o Meu Amor Onipotente concederá a
todos aqueles que comungarem na primeira sexta-feira
do mês, por nove meses consecutivos, a graça da
penitência final. Esses não morrerão em minha
desgraça, nem sem receber os Sacramentos, e o Meu
Coração será o seu abrigo seguro naquela hora
extrema.

OS CINCO PRIMEIROS SÁBADOS

Nossa Senhora no dia 10 de dezembro de 1925, em


Pontevedra, aparecendo à Irmã Lúcia com o Seu
Imaculado Coração cercado de espinhos, disse-lhe:

"Tu, ao menos, vê de Me consolar e diz que todos aqueles


que durante cinco meses, no Primeiro Sábado

se confessarem
receberem a Sagrada Comunhão
rezarem o Terço
e Me fizerem 15 minutos de companhia, meditando nos
Mistérios do Rosário com o fim de Me desagravarem

Eu prometo assistir-lhes na hora da morte com todas as


graças necessárias para a salvação dessas almas".
Esta devoção deve ser feita durante 5 meses seguidos.
Havendo motivo justo, qualquer sacerdote poderá
transferir todas, ou algumas das condições para o
domingo seguinte

ORAÇÃO A SÃO JOSÉ

A vós, São José, recorremos em nossa tribulação e,


depois de ter implorado o auxílio de vossa santíssima
esposa, cheios de confian a solicitamos também o vosso
patrocínio. Por esse laço sagrado de caridade, que vos
uniu à Virgem imaculada, Mãe de Deus, e pelo amor
paternal que tivestes ao Menino Jesus, ardentemente vos
suplicamos que lanceis um olhar benigno para a herança
que Jesus Cristo conquistou com o Seu Sangue e nos
socorrais em nossas necessidades com o vosso auxílio e
poder.

Protegei, ó guarda providente da Sagrada Família a raça


eleita de Jesus Cristo. Afastai para longe de nós, ó Pai
amantíssimo, a peste do erro e do vício.

Assisti-nos do alto do céu, ó nosso fortíssimo


sustentáculo, na luta contra o poder das trevas. E assim
como outrora salvastes da morte a vida ameaçada do
Menino Jesus, assim também defendei agora a santa
Igreja de Deus das ciladas dos seus inimigos e contra
toda a adversidade.

Amparai a cada um de nós com o vosso constante


patrocínio, a fim de que, a vosso exemplo e sustentados
por vosso auxílio, possamos viver virtuosamente,
piedosamente morrer e alcançar no céu a eterna bem-
aventurança.

Amém

ORAÇÃO PARA AS ALMAS NO PURGATÓRIO


Lembrai-Vos, ó piíssima Virgem Maria,
de que nunca se ouviu dizer que algum daqueles que
tivesse recorrido à vossa proteção,
implorado a vossa assistência, reclamado o vosso
socorro, fosse por Vós desamparado.
Animado eu, pois, de igual confiança, a Vós, Virgem
entre todas singular,
como a Mãe recorro; de Vós me valho, gemendo sob o
peso dos meud pecados, e me prostro a vossos pés.
Não desprezeis minhas súplicas, ó Mãe do Filho de Deus
humanado,
mas dignai-Vos de as ouvir propícia e de me alcançar o
que Vos rogo. Amém

- Refugium peccatorum, Ora pro nobis - Ave Maria


- Consolatrix afflictorum, Ora pro nobis - Ave Maria
- Auxilium Christianorum, Ora pro nobis - Ave Maria

Esta oração concede uma indulgência aplicável de três


anos toda vez às almas do Purgatory, que você diz para
isso. Indulgência está completa se a oração disse
diariamente durante um mês inteiro.

Indulgência plenária para as almas de defuntos

Pode manter-se o costume de celebrar Vésperas de


Defuntos depois das II Vésperas do dia 1 de Novembro,
com participação dos fiéis, assim como outros exercícios
de piedade tradicionais estimados pelos fiéis. «Concede-se
indulgência parcial ao fiel que devotamente rezar Laudes
ou Vésperas do ofício de defuntos».
«Ao fiel que devotamente visitar o cemitério e nele orar,
ainda que só mentalmente, pelos defuntos, concede-se
indulgência aplicável somente às almas do Purgatório;
esta indulgência é plenária em cada um dos primeiros
oito dias de Novembro; nos restantes dias do ano, será
parcial».
«Para ganhar a indulgência plenária, requer-se o
cumprimento da obra indulgenciada e das três condições
seguintes: confissão sacramental, comunhão eucarística e
oração segundo as intenções do Sumo Pontífice. É
necessário, além disso, que não exista nenhum afecto a
qualquer pecado, mesmo venial. Se faltar esta plena
disposição, ou se não se cumprem as condições indicadas
(...) a indulgência será apenas parcial»

A Indulgência plenária da Porciúncula

A Indulgência da Porciúncula somente era concedida a


quem visitasse a Igreja de Santa Maria dos Anjos, entre
à tarde do dia 1 agosto e o pôr-do-sol do dia 2 agosto.
Em 9 de julho de 1910, o Papa Pio X concedeu
autorização aos bispos de todo o mundo, só naquele ano
de 1910, para que designassem qualquer Igreja Pública
de suas Dioceses, a fim de que também nelas, as pessoas
recebessem a Indulgência da Porciúncula. (Acta
Apostolicae Sedis, II, 1910, 443 sq.; Acta Ord. Frat. Min.,
XXIX, 1910, 226). Por último, este privilégio foi
renovado por um tempo indefinido por decreto da
Sagrada Congregação de Indulgências, em 26 março de
1911 (Acta Apostolicae Sedis, III, 1911, 233-4). Significa
dizer, que atualmente, qualquer Igreja Católica de
qualquer país, tem o benefício da Indulgência que São
Francisco conseguiu de JESUS para toda humanidade.
Assim ganharão a Indulgência, todas as pessoas que
estando em "estado de graça", visitarem uma Igreja nos
dias mencionados, rezarem um CREDO, um PAI
NOSSO e um GLÓRIA, suplicando ao CRIADOR o
benefício da indulgência, e rezando também, um PAI
NOSSO, uma AVE MARIA e um GLÓRIA, pelas
intenções do Santo Padre o Papa. Poderão utilizar a
Indulgência em seu próprio benefício, ou em favor de
pessoas falecidas ou daquelas que necessitam de serem
ajudadas na conversão do coração. Por outro lado, a
Indulgência é "toties quoties", quer dizer, pode ser
recebida tantas vezes quanto à pessoa desejar (i.e., em
cada ano, fazendo visitas a diversas Igrejas das 12 horas
do dia 1º de Agosto até o entardecer do dia 2 de Agosto ).
Sem dúvida, foi um precioso presente que São Francisco
intercedeu junto ao SENHOR, em favor de todos os
corações de boa vontade que amam a DEUS e almejam,
com o benefício da indulgência, poderem cumprir
dignamente a sua missão existencial em direção ao
CRIADOR.

Você também pode gostar