Você está na página 1de 6

1.

O Jovem e o que Realmente Vale

Um estudo sobre o contexto do mundo que revela a breve volta de Jesus, a necessidade de
perseverar ligados à videira verdadeira e de reconhecer a direção apontada por Cristo como
alvo da sua vontade para a Igreja.

"Se Deus não existe, tudo é permitido"?


("Irmãos Karamazov", Fiódor Dostoiévski)

1. 2 Timóteo 3 – O anúncio dos dias maus

a. 1 – 5 – Paulo adverte Timóteo sobre os tempos que virão

1. SABE, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos.
2. Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a
pais e mães, ingratos, profanos,
3. Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons,
4. Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus,
5. Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te.

b. 6 – 9 – Paulo descreve os inimigos da verdade

6. Porque deste número são os que se introduzem pelas casas, e levam cativas mulheres néscias carregadas de
pecados, levadas de várias concupiscências;
7. Que aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade.
8. E, como Janes e Jambres resistiram a Moisés, assim também estes resistem à verdade, sendo homens
corruptos de entendimento e réprobos quanto à fé.
9. Não irão, porém, avante; porque a todos será manifesto o seu desvario, como também o foi o daqueles.

c. 10 – 15 – Paulo lembra Timóteo do seu próprio exemplo

10. Tu, porém, tens seguido a minha doutrina, modo de viver, intenção, fé, longanimidade, amor, paciência,
11. Perseguições e aflições tais quais me aconteceram em Antioquia, em Icônio, e em Listra; quantas
perseguições sofri, e o Senhor de todas me livrou;
12. E também todos os que piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão perseguições.
13. Mas os homens maus e enganadores irão de mal para pior, enganando e sendo enganados.
14. Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste, e de que foste inteirado, sabendo de quem o tens aprendido,
15. E que desde a tua meninice sabes as sagradas Escrituras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela fé
que há em Cristo Jesus.

d. 16 – 17 – Paulo recomenda uma saída: As escrituras

16. Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para
instruir em justiça;
17. Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra.
2. 1 Timóteo 4 – O abandono da fé nos últimos tempos

a. 1 – 5 – Paulo prediz que nos últimos tempos haverá um abandono da fé

1. MAS o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos
enganadores, e a doutrinas de demônios;
2. Pela hipocrisia de homens que falam mentiras, tendo cauterizada a sua própria consciência;
3. Proibindo o casamento, e ordenando a abstinência dos alimentos que Deus criou para os fiéis, e para os que
conhecem a verdade, a fim de usarem deles com ações de graças;
4. Porque toda a criatura de Deus é boa, e não há nada que rejeitar, sendo recebido com ações de graças.
5. Porque pela palavra de Deus e pela oração é santificada.

b. 6 – 16 – E para que Timóteo não falhasse em cumprir o seu dever, forneceu-lhe diversos
preceitos

6. Propondo estas coisas aos irmãos, serás bom ministro de Jesus Cristo, criado com as palavras da fé e da boa
doutrina que tens seguido.
7. Mas rejeita as fábulas profanas e de velhas, e exercita-te a ti mesmo em piedade;
8. Porque o exercício corporal para pouco aproveita, mas a piedade para tudo é proveitosa, tendo a promessa da
vida presente e da que há de vir.
9. Esta palavra é fiel e digna de toda a aceitação;
10. Porque para isto trabalhamos e somos injuriados, pois esperamos no Deus vivo, que é o Salvador de todos os
homens, principalmente dos fiéis.
11. Manda estas coisas e ensina-as.
12. Ninguém despreze a tua mocidade; mas sê o exemplo dos fiéis, na palavra, no trato, no amor, no espírito, na
fé, na pureza.
13. Persiste em ler, exortar e ensinar, até que eu vá.
14. Não desprezes o dom que há em ti, o qual te foi dado por profecia, com a imposição das mãos do presbitério.
15. Medita estas coisas; ocupa-te nelas, para que o teu aproveitamento seja manifesto a todos.
16. Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina. Persevera nestas coisas; porque, fazendo isto, te salvarás, tanto a ti
mesmo como aos que te ouvem.

3. Oseias 4 – A resposta de Deus para um povo em plena degradação

a. 1 – 11 – Deus denuncia julgamentos sobre Israel, por suas impiedades e iniquidades


agravadas

1. OUVI a palavra do SENHOR, vós filhos de Israel, porque o S ENHOR tem uma contenda com os habitantes da
terra; porque na terra não há verdade, nem benignidade, nem conhecimento de Deus.
2. Só permanecem o perjurar, o mentir, o matar, o furtar e o adulterar; fazem violência, um ato sanguinário
segue imediatamente a outro.
3. Por isso a terra se lamentará, e qualquer que morar nela desfalecerá, com os animais do campo e com as
aves do céu; e até os peixes do mar serão tirados.
4. Todavia ninguém contenda, ninguém repreenda, porque o teu povo é como os que contendem com o
sacerdote.
5. Por isso tropeçarás de dia, e o profeta contigo tropeçará de noite; e destruirei a tua mãe.
6. O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu
te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; e, visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também
eu me esquecerei de teus filhos.
7. Como eles se multiplicaram, assim pecaram contra mim; eu mudarei a sua honra em vergonha.
8. Comem da oferta pelo pecado do meu povo, e pela transgressão dele têm desejo ardente.
9. Por isso, como é o povo, assim será o sacerdote; e castigá-lo-ei segundo os seus caminhos, e dar-lhe-ei a
recompensa das suas obras.
10. Comerão, mas não se fartarão; entregar-se-ão à luxúria, mas não se multiplicarão; porque deixaram de
atentar ao SENHOR.

11. A luxúria, e o vinho, e o mosto tiram o coração.

b. 12 – 19 – ELE avisa Judá para que não imite os crimes de Israel, que são ainda mais
reprovados

15. Ainda que tu, ó Israel, queiras prostituir-te, contudo não se faça culpado Judá; não venhais a Gilgal, e não
subais a Bete-Áven, e não jureis, dizendo: Vive o SENHOR.
16. Porque como uma novilha obstinada se rebelou Israel; agora o S ENHOR os apascentará como a um cordeiro
num lugar espaçoso.
17. Efraim está entregue aos ídolos; deixa-o.
18. A sua bebida se foi; lançaram-se à luxúria continuamente; certamente os seus governadores amam a
vergonha.
19. Um vento os envolveu nas suas asas, e envergonhar-se-ão por causa dos seus sacrifícios.

4. 2 Pedro 3 – Jesus é quem virá julgar as nações

a. 1 – 7 – Ele lhes assegura a certeza da vinda de Cristo ao julgamento, contra aqueles


escarnecedores que disputam contra ele

1. AMADOS, escrevo-vos agora esta segunda carta, em ambas as quais desperto com exortação o vosso ânimo
sincero;
2. Para que vos lembreis das palavras que primeiramente foram ditas pelos santos profetas, e do nosso
mandamento, como apóstolos do Senhor e Salvador.
3. Sabendo primeiro isto, que nos últimos dias virão escarnecedores, andando segundo as suas próprias
concupiscências,
4. E dizendo: Onde está a promessa da sua vinda? porque desde que os pais dormiram, todas as coisas
permanecem como desde o princípio da criação.
5. Eles voluntariamente ignoram isto, que pela palavra de Deus já desde a antiguidade existiram os céus, e a
terra, que foi tirada da água e no meio da água subsiste.
6. Pelas quais coisas pereceu o mundo de então, coberto com as águas do dilúvio,
7. Mas os céus e a terra que agora existem pela mesma palavra se reservam como tesouro, e se guardam para o
fogo, até o dia do juízo, e da perdição dos homens ímpios.

Hedonismo
O hedonismo é um sistema filosófico com origem na Grécia, na época pós-socrática. Este sistema
filosófico hedonista afirma ser o prazer o supremo bem para vida humana e que todo fim
último da ação é a busca pelo prazer (enquanto a dor seria o supremo mal).

No hedonismo se compreende que todo prazer individual e imediato deve ser


motor para cada ato humano pois  neste ato que cada indivíduo encontraria o seu único  e
sumo bem, sua felicidade, tendo então o prazer como o princípio e fim da vida moral. Logo a
dor seria o mal a ser evitado. O sábio seria aquele homem que sabe evitar os prazeres que
mais tarde poderiam lhe gerar dor

Protágoras (Abdera 490 a.C.) - O homem é a medida de todas as coisas

Epicuro (341 – 270 a.C.) – Recomenda pôr medida ao desejo, pois viver em prol do desejo conduz
à loucura. “Alguns dos desejos são naturais e necessários, outros são naturais e não
necessários; outros nem naturais nem necessários, mas nascidos apenas de uma vã opinião.

Frases comuns hoje em dia:

O que importa na vida é ser Feliz!


Já que não há Sentido para a Vida, que ela tenha Gosto!
Minha meta é ser feliz, não perfeito.
Vivendo o hoje, que é onde a vida acontece!
Você é o único responsável pela sua felicidade!

"Se Deus não existe, tudo é permitido"? ("Irmãos Karamazov", Fiódor


Dostoiévski)

Efésios 6 - Dardos inflamados do Maligno – Estratégias do Inimigo para Enganar a


Deus
A luta é pela mente, pela consciência, pelo que nos identifica como filhos de Deus,

Ou seja, o inimigo pode muito bem te preservar saudável, bonito e rico

A Bíblia adverte muito mais contra falsos profetas do que contra os Demônios

Verdadeiro inimigo da Igreja é o ERRO, o ENGANO, a MENTIRA


Astutas Ciladas.
Roubar, Matar e Destruir

Plantar Dúvidas

Plantar Distrações

Carpe diem, quam minimum credula póstero - “aproveite o dia de hoje e confie o
mínimo possível no amanhã”. Horácio Flaco (65 a.C.- 8 a.C.)

Existencialismo – O importante é que emoções eu vivi!!! (CARLOS, R.)

Afeta a Igreja = Culto – Entretenimento => Antropocêntrico


A igreja como lugar agradável

“Deus quer que todos sejam felizes” – Confissão Positiva – Ninguém quer
sofrer/Rejeita o sofrimento

Sobre o sofrimento - Salmo 88

Sl 88:1-18 (KJA)
1. Umhino dos coraítas para o mestre de música. Em melodia para o coração aflito: para responsório. Salmo didático de
Hemã, o ezraíta. Ó Eterno, Deus de minha salvação, dia e noite clamo a ti!

Hemã, o ezraíta – 1RS 4:31 – Um sábio, rico, temente a Deus – e ainda assim, um sofredor

Doente, condenado e apartado dos amigos – Provavelmente lepra. Todavia, ele pode bem não ter
doença alguma, mas usa a enfermidade como analogia à sua dor e sofrimento.

2. Chegue à tua presença minha oração, presta ouvido ao meu clamor!

3. Minha alma está saturada de desgraças, minha vida está à beira das profundezas da morte.

4. Já sou contado entre os que baixam à sepultura, sou como uma pessoa absolutamente alquebrada;

5. Sinto-meabandonado à minha própria sina, entre os mortos. Sou como os trucidados, que jazem na região dos
mortos, dos quais já não te lembras, pois estão apartados de tua mão.

6. Tu me depositaste nas profundezas do fosso, nos lugares tenebrosos e abismais.

7. Sobre mim pesa a tua cólera; com todas as tuas grandes ondas do mar me afligiste.

8. Afastaste de mim os meus conhecidos, fizeste de mim um horror para eles. Enclausurado,

9. meus olhos anuviam-se de preocupação. Todo dia te invoquei, SENHOR, estendendo para Ti minhas mãos.
10. Farás,entretanto, um milagre para aqueles que já se despediram da vida? Porventura os mortos virão a se levantar
e te louvar?

11. Será que teu amor é também proclamado no túmulo, e a tua fidelidade no Abismo da Morte?

12. Será teu sinal milagroso conhecido na região das trevas, e tua justiça, na dimensão do esquecimento?

13. Contudo, eu, ó SENHOR, clamo a ti por socorro; já ao romper da alvorada a minha oração chega à tua presença.

14. Por que, SENHOR, me rejeitas e escondes de mim a tua face?

15. Desde muito jovem tenho sofrido e ando próximo da morte; os teus terrores levaram-me ao desespero.

16. Sobre minha existência se abateu a tua ira; os pavores que me causas me consumiram.

17. Cercam-me o dia todo como uma inundação; fazem-me submergir em agonia.

18. Afastaste de mim os meus amigos e todos os meus conhecidos de jornada; as trevas são a minha única
companhia.

Falar da nossa Experiência

Você também pode gostar