Você está na página 1de 3

CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA

LABORATÓRIO DE INORGÂNICA
Professora Dr. Severino Araújo

BRENDA FREIRES, BRUNA COSTA E MARIA RÉGINA

  

RELATÓRIO

IGUATU – CE
2022
2. INTRODUÇÃO

O número de oxidação (Nox) corresponde a carga elétrica real do íon, ou seja, é o


número de elétrons que o átomo realmente perdeu ou ganhou durante uma reação
química. Isso ocorre durante as reações de oxirredução, as quais envolvem a
transferência de elétrons entre átomos, íons ou moléculas.

A partir disso, o conceito de número de oxidação possui relação com a


eletronegatividade, isto é, a tendência que o átomo do elemento apresenta para atrair
elétrons quando ligado a outro átomo. Além disso, vale lembrar que os elementos
tendem a ganhar, compartilhar ou perder elétrons com o objetivo de se tornarem
estáveis, ou seja, apresentar oito elétrons na camada de valência.

Com esses aspectos, existem dois conceitos predominantes sobre o assunto, que é
a oxidação: quando ocorre o processo de perda de elétrons e, consequentemente, o
aumento do número de oxidação; e a redução: quando acontece o ganho de elétrons e,
assim, ocasionando a redução do número de oxidação.

Para isso, um exemplo, é o elemento crômio, Cr, um metal lustroso, brilhante e


resistente à corrosão. O nome, que vem da palavra grega para “cor”, lhe foi atribuído
pelo colorido de seus compostos. Es
3. OBJETIVOS
 Observar o funcionamento do bafômetro;
 Efetuar cálculos no preparo de solução;
 Contextualizar os estudos.

4. PARTE EXPERIMENTAL

 MATERIAIS E REAGENTES
 Eerlenmeyer;
 Pipeta;
 Vidro de relógio;
 Bastão de vidro;
 Dicromato de potássio (K2Cr2O7);
 Ácido sulfúrico (H2SO4);
 Álcool etílico (C2H5OH);
 Béquer.

 METODOLOGIA
Em um Becker adicionou-se, com a ajuda de um Erlenmeyer, 50ml de
dicromato de potássio já pronto e, em seguida, atribuiu-lhe 10ml de ácido
sulfúrico para que a reação ocorresse em meio ácido. Depois disso,
fazendo-se o uso da pipeta foi colocado 50ml de gotas de álcool
misturado com água, sendo que os mesmos constituíam, exatamente,
40ml de álcool e 10ml de água.

5. RESULTADOS
A partir da mistura do dicromato de potássio com o ácido sulfúrico, considerado
um ácido forte, observou-se a mudança de cor passando-se de um tom
alaranjado para um avermelhado; liberação de calor, pelo aspecto da fumaça e
recipiente mais quente (processo exotérmico). Logo, quando atribuído as gotas
de álcool misturado com água, novamente, se deu o processo de mudança de cor
passando da vermelha para a cor preta.

Você também pode gostar