Você está na página 1de 11

ESTATUTO SOCIAL DO BASA

● BASA → instituição financeira pública federal → sociedade anônima aberta de


economia mista.
● Sede e foro em Belém.
● BASA → Agente financeiro do Governo Federal na Região.
● Diretoria Executiva: órgão executivo de administração e representação,
cabendo-lhe assegurar o funcionamento regular do BASA em conformidade
com a orientação geral traçada pelo Conselho de Administração (QUESTÃO).

● Conflito de interesses - +
● Seguro de responsabilidade - +

1. Conselho de Administração - +

2. Diretoria Executiva - +++

- De acordo com o Estatuto Social do Banco da Amazônia, uma das


condições a ser observada para o exercício de cargos na Diretoria
Executiva do Banco da Amazônia é a de ter experiência mínima
de três anos em liderança de equipe.
- Voto de desempate é igual a voto de qualidade.
3. Conselho Fiscal

4. Comitê de auditoria - +

5. Comitê de Pessoas, Elegibilidade, Sucessão e Remuneração - +

6. Comitê estratégico de crédito, riscos e de capital


7. Comitê estratégico de governança e sustentabilidade

8. Comitê estratégico de inovação e tecnologia

● Demonstrações Contábeis
○ Exercício social →
● Auditoria interna do BASA - +
● Área de conformidade e gerenciamento de riscos

● Ouvidoria - +
○ Art. 43. A função de Ouvidor será desempenhada por empregado que
compõe o quadro de pessoal próprio do Banco, mediante comissão
compatível com as atribuições da Ouvidoria, que exercerá mandato
pelo prazo de um ano, renovável por iguais períodos, sendo designado
e destituído, a qualquer tempo, pelo Conselho de Administração, por
proposta da Diretoria Executiva.
● O Banco da Amazônia observará o princípio de segregação de funções dentre os órgãos
de administração e nas unidades administrativas, devendo observar as seguintes regras:
○ I. as unidades responsáveis por funções de controle (Contadoria, Controladoria,
Controles Internos) e Gestão de Risco não podem ficar sob supervisão direta de
Diretor responsável por qualquer outra atividade administrativa;
○ II. a unidade responsável pela proposição de diretrizes para a análise de risco de
crédito não pode ficar sob supervisão direta de Diretor responsável pelas
atividades de concessão de crédito ou de garantias;
○ III. O diretor responsável pela administração de recursos próprios do Banco não
pode administrar recursos de terceiros.

● De acordo com o Estatuto Social do Banco da Amazônia, a indicação de parente


colateral ou afim de membros do Conselho de Administração e da Diretoria
Executiva para integrar o Conselho de Administração e a Diretoria Executiva é
vedada até o terceiro grau. - +

● Presidente do banco → Art. 25.O Presidente do Banco da Amazônia é nomeado


pelo Presidente da República e por ele demissível “ad nutum”. Ocorrendo sua
substituição definitiva poderá o novo titular até sessenta dias após assumir as
funções, solicitar a convocação do Conselho de Administração para decidir sobre o
mandato dos Diretores em exercício. - +

CÓDIGO DE ÉTICA DO BASA

● Perfil corporativo:
○ instituição financeira pública federal, constituída sob a forma de sociedade
anônima de capital aberto, de economia mista.
○ executa a política do Governo Federal na Região Amazônica relativa ao
crédito para o desenvolvimento econômico social.
○ presta serviços e realiza todas as operações inerentes à atividade bancária e
executa as funções de agente financeiro dos órgãos regionais federais de
desenvolvimento.

● Missão → desenvolver uma Amazônia Sustentável com crédito e soluções eficazes.

● Visão → ser o principal Banco de fomento da Amazônia, moderno, com


colaboradores engajados e resultados sólidos.

● Valores → integridade (ética e transparência), meritocracia, desenvolvimento


sustentável, valorização do cliente, decisões técnicas e colegiadas, eficiência e
inovação, comprometimento com o resultado e a gestão de riscos.

● Conflito de interesses:
○ a ocorrência de conflito de interesses independe de recebimento de ganho
ou retribuição.
○ as situações que configuram conflito de interesse ou uso indevido de
informação privilegiada se aplicam ainda que a pessoa se encontre em gozo
de licença ou em período de afastamento regulamentar de suas funções no
Banco da Amazônia.

● As sanções:
○ A pena aplicável aos membros estatutários, empregados e colaboradores
pelo descumprimento dos preceitos deste Código de Conduta Ética é a de
censura ética.
● Art. 7º. → Segundo princípios e valores éticos que regem a atuação profissional e
pessoal constantes deste Código de Conduta Ética as seguintes condutas são
inaceitáveis, sendo objeto de investigação por parte da Comissão de Ética:
○ V – Desenvolver negócios particulares ou acumular atividades conflitantes,
que concorram ou interfiram no tempo de trabalho dedicado ao Banco da
Amazônia, incluindo, mas não se limitando a prestação de serviços,
assessorias ou negócios com clientes, fornecedores de produtos e
prestadores de serviço; (esse inciso é o mais cobrado)

LEI 7.827/89

● A Lei 7.827/89 institui os seguintes fundos:


○ Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO).
○ Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE).
○ Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO).
● Objetivo do FNO, FNE e FCO: contribuir para o desenvolvimento econômico e social
das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, através das instituições financeiras
federais de caráter regional, mediante a execução de programas de financiamento
aos setores produtivos, em consonância com os respectivos planos regionais de
desenvolvimento.
○ FNE → inclui ainda a finalidade específica de financiar atividades
econômicas do semi-árido.
● Na aplicação dos seus recursos, os Fundos ficarão a salvo das restrições de
controle monetário de natureza conjuntural e deverão destinar crédito diferenciado
dos usualmente adotados pelas instituições financeiras, em função das reais
necessidades das regiões beneficiárias.
● São beneficiários dos recursos dos fundos:
○ Produtores e empresas, pessoas físicas e jurídicas, e cooperativas de
produção que, de acordo com as prioridades estabelecidas nos planos
regionais de desenvolvimento, desenvolvam atividades produtivas nos
setores agropecuário, mineral, industrial, agroindustrial, de empreendimentos
comerciais e de serviços das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.
○ Estudantes regularmente matriculados em cursos superiores e de educação
profissional, técnica e tecnológica não gratuitos que contribuirão para o
desenvolvimento do setor produtivo das regiões Norte, Nordeste e
Centro-Oeste, de acordo com as prioridades estabelecidas nos planos
regionais de desenvolvimento
● São fontes de recursos dos Fundos:
○ 3% do produto da arrecadação do imposto sobre renda e proventos de
qualquer natureza e do imposto sobre produtos industrializados, entregues
pela União.
■ 0,6% -> Fundo Constitucional de Financiamento do Norte.
■ 1,8% -> Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste.
■ 0,6% -> Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste.
○ Retornos e resultados de suas aplicações.
○ Resultado da remuneração dos recursos momentaneamente não aplicados.
○ Contribuições, doações, financiamentos e recursos de outras origens,
concedidos por entidades de direito público ou privado, nacionais ou
estrangeiras.
○ Dotações orçamentárias e outros recursos previstos em lei
● Os Fundos têm isenção tributária, estando os seus resultados, rendimentos e
operações de financiamento livres de qualquer tributo ou contribuição, inclusive o
imposto sobre operações de crédito, imposto sobre renda e proventos de qualquer
natureza e as contribuições do PIS, Pasep e Finsocial.
○ Exceção: Entre 01/01/2021 e 31/12/2025 haverá cobrança de IOF sobre as
operações de crédito praticadas com recursos do FCO.
● Administradores dos Fundos Constitucionais:
○ Fundo Constitucional de Financiamento do Norte -> Banco da Amazônia S.A.
(BASA) - Área abrangida: Amazonas, Amapá, Pará, Roraima, Rondônia e
Tocantins;
○ Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste -> Banco do Nordeste
do Brasil S.A. (BNB): região abrangida pelos Estados do Maranhão, Piauí,
Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e
Bahia, além das partes dos Estados de Minas Gerais e Espírito Santo
incluídas na área de atuação da Sudene;
○ Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste -> Banco do Brasil
S.A. (BB)
● Cada Fundo terá contabilidade própria.
● As instituições financeiras federais de caráter regional devem publicar
semestralmente os balanços dos respectivos Fundos.
● As Superintendências de Desenvolvimento da Amazônia, do Nordeste e do
Centro-Oeste são responsáveis pelo funcionamento de ouvidorias.
● As entidades representativas dos produtores rurais poderão assistir aos tomadores
na obtenção de informações sobre as pendências em suas operações de crédito e
promover reuniões de conciliação entre os agentes econômicos e os bancos
administradores.
● Os recursos não podem ser aplicados “a fundo perdido”, ou seja, sem a pretensão
de recebimento do financiamento concedido.
● Os planos regionais de desenvolvimento devem definir as prioridades na distribuição
dos recursos.

LEI 10.177/2001

● Trata a respeito dos encargos.


● Crédito Rural:
○ São definidos pelo CMN por proposta do Ministério da Integração Nacional.
○ Poderão ser diferenciados ou favorecidos em função da finalidade do crédito,
do porte do beneficiário, do setor de atividade e da localização do
empreendimento.
○ Poderão ser reduzidos no caso de operações de crédito destinadas a:
■ Financiamento de projetos para conservação e proteção do meio
ambiente, recuperação de áreas degradadas ou alteradas,
recuperação de vegetação nativa e desenvolvimento de atividades
sustentáveis.
■ Financiamento de projetos de ciência, tecnologia e inovação.
● Crédito não Rural:
○ Os encargos financeiros poderão ser reduzidos no caso de operações de
crédito destinadas a financiamento de projetos:
■ I - para conservação e proteção do meio ambiente, recuperação de
áreas degradadas ou alteradas, recuperação de vegetação nativa e
desenvolvimento de atividades sustentáveis; e
■ II - de ciência, tecnologia e inovação.”

LEI 9.126/95

● A lei trata da aplicação da Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) sobre empréstimos
concedidos com recursos dos FNO, FNE e FCO.
● Os saldos diários dos recursos dos FNO, FNE e FCO, enquanto não desembolsados
pelos bancos administradores e operadores, são remunerados com base na taxa do
Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic) divulgada pelo Banco Central
do Brasil.
● Os bancos administradores devem aplicar 10% dos recursos dos FNO, FNE e FCO
para financiamento a assentados e a colonos nos programas oficiais de
assentamento, colonização e reforma agrária, aprovados pelo Instituto Nacional de
Colonização e Reforma Agrária (INCRA), bem como a beneficiários do Fundo de
Terras e da Reforma Agrária.
● Os financiamentos com recursos dos Fundos Constitucionais de Financiamento
podem ser contratados com associações e cooperativas de produtores rurais,
podendo estas repassarem a seus associados e cooperativados, bens, produtos e
serviços.
● Os financiamentos para investimentos agropecuários e agroindustriais, contratados
ao amparo das Operações Oficiais de Crédito - Recursos sob Supervisão do
Ministério da Fazenda, constantes do Orçamento Fiscal da União - têm como custo
básico a Taxa de Juros de Longo Prazo - TJLP.
Glossário de siglas
● FNO: Fundo Constitucional de Financiamento do Norte.
● FNE: Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste
● FCO: Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste
● TJLP: Taxa de Juros de Longo Prazo
● Finsocial: Fundo de Investimento Social.

Você também pode gostar