Você está na página 1de 5

Movicel lança nova oferta para os seus

clientes

A Movicel, uma das operadoras de


telecomunicações móveis em Angola,
começou, esta segunda-feira, 23, a
disponibilizar um tarifário inovador que
permite aos seus clientes fazer chamadas
ilimitadas durante o dia todo por apenas 100
kwanzas

José Zangui

A operadora oferece duas modalidades de preçário:


“Dia Livre Movicel” e “Dia Livre Angola”, que
deverão revolucionar o mercado das
telecomunicações em Angola.
O tarifário “Dia Livre Movicel” foi concebido para
clientes que falam frequentemente para a Movicel.
Por apenas 100 kwanzas, o cliente poderá efectuar
chamadas ilimitadas durante o dia inteiro para
outros clientes dentro da rede Movicel. As
chamadas efectuadas para as outras redes
nacionais custam 17,3 kwanzas por minuto.
Esta oferta, foi criada a pensar nos clientes que
gostam e têm necessidade de falar para todas as
redes nacionais. Por apenas 100 kwanzas por dia, o
cliente Movicel poderá falar livremente para todas
as redes em Angola.
“Enquanto empresa Angolana, sabemos que os
nossos clientes gostariam de comunicar
intensamente através dos seus telemóveis, sem
terem de se preocupar com o seu saldo. A nossa
oferta “Dia Livre” pretende, exactamente, dar
resposta às necessidades dos nossos clientes tais
como, comunicar sem limites e ter sempre saldos”
referiu o director-geral adjunto da empresa, Carlos
Brito.
De acordo ainda com o responsável, esta nova
oferta permitir igualmente a todos os clientes
Movicel, controlar melhor os seus gastos em
chamadas ao mesmo tempo que ficam livres para
falar com as pessoas que mais amam, sem terem
receio de esgotar o seu saldo.
“Com estas duas ofertas inovadoras, os clientes
Movicel tornar-se-ão livres para fazerem as
chamadas que quiserem, para quem quiserem ao
preço de uma gasosa. Este tarifário deverá melhorar
a vida dos nossos clientes, acabando com as
preocupações de saldo e tornando a comunicação
entre pessoas mais acessível”, acrescentou, o
director-geral adjunto da Movicel.
A empresa, que conta com mais de 3 milhões de
clientes em Angola, de acordo com dados que nos
foram fornecidos pela mesma, está confiante que
esta oferta única, irá aumentar ainda mais a sua
base de clientes num dos mercados de
telecomunicações mais promissores em África,
como é o mercado angolano.
A nova oferta estará disponível até ao final de 2014.
Para adquirir um dos tarifários desta nova oferta os
interessados deverão dirigir-se a uma loja Movicel
ou revendedor autorizado. Segundo Carlos Britos, a
Movicel conta com lojas distribuídas pelas diversas
províncias do País e ainda de uma rede de agentes
e revendedores autorizados.
gggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggg

Castel Larger começa a ser produzida no


país

O mercado nacional de bebidas conta a partir


de hoje, sexta-feira, 20, com a produção da
marca de cerveja Castle Lager, fabricada pela
empresa N'gola Norte (ECNN), em parceria
com o grupo internacional SABMiller

José Zangui

O lançamento de mais uma cerveja da SABMiller


aconteceu na noite de sexta-feira, 20, no Centro de
Convenções de Talatona, em Luanda.
Ao falar à imprensa, o gerente nacional para o
marketing da SABMiller, Marco Jardim, disse que a
cerveja está a ser produzida na comuna da Funda,
município de Cacuaco, em Luanda, onde se localiza
a fábrica, cujo investimento da sua construção ficou
orçado em 60 milhões de dólares.
Numa primeira fase de acordo com o responsável, a
unidade fabril vai produzir cerca de 20 mil caixas de
cerveja por mês, número que pode variar de acordo
com a demanda dos clientes.
De acordo ainda com Marco Jardim, a fábrica, para
entrar em funcionamento, passou por um processo
de avaliação rigoroso, na qual passou com distinção
nos exigentes padrões de qualidade da produção de
cerveja, a ser vendida a preço de mercado.

Explicou que para se proceder o arranque da linha


da produção da cervejeira foi necessário passar-se
por um processo longo de avaliação das equipas
técnicas, maquinaria e infra-estruturas da unidade
fabril, que culminou com a obtenção da licença para
se produzir a Castel Larger em Angola.
Fez saber que os grandes investimentos realizados
pela SABMiller na produção da Castel Larger no país
tem como objectivo garantir que os angolanos
apreciem uma bebida fabricada com os mais altos
padrões de qualidade produzida inteiramente no
seu próprio território.
Entre as vantagens da produção da Castle Larger no
país, Marcos Jardim apontou a possibilidade de
garantir a criação de novos postos de empregos
directos e indirectos, assim como contribuir no
desenvolvimento da economia nacional, através da
arrecadação de impostos.
A troca de experiência entre técnicos nacionais e
especialistas da SABMiller, o segundo maior grupo
cervejeiro do mundo, foi outros dos ganhos
enumerado pela fonte.
Estiveram presentes no evento de lançamento da
marca, realizado no Centro de Convenções de
Talatona, empresários, agentes revendedores de
bebidas, proprietários de restaurantes e similares,
entre outras individualidades.
Fabricada desde 1895, na África do Sul, a Castel
Larger é considerada a marca de cerveja mais
antiga e popular de África, vendida em mais de 37
países do mundo.
Actualmente, a Castel Larger é fabricada na África
do Sul, Botswana, Lesoto, Suazilândia, Zimbabué,
Zâmbia, Tanzânia, Uganda e Angola.