Você está na página 1de 2

Parte 1 – Mecânica

Aula 23. Movimento Circular Uniforme (II) Podemos determinar a velocidade angular (w) em função
do período (T) ou da freqüência (f) do MCU. Para isso,
Introdução basta lembrar que, num período, o móvel completa uma
Acrescentaremos neste módulo algumas grandezas mais volta, ou seja, gira 2 radianos (360°). Logo,
adequadas ao estudo do movimento circular uniforme: as
chamadas grandezas angulares, isto é, grandezas
escalares definidas a partir de medidas de ângulos.
Quando o período for dado em segundos (s) ou a
Embora a medida de um ângulo possa ser expressa em
freqüência em hertz (Hz), a velocidade angular terá
graus (°), interessa-nos principalmente sua medida em
unidade em radianos por segundo (rad/s).
radianos.

3. Relação entre v e w
Vamos, agora, relacionar a velocidade linear (v) e a
velocidade angular (w) de um móvel num trajeto circular
de raio R, através de suas definições:

Um radiano (rad) é o ângulo central de uma


circunferência, associado a um arco desta de
comprimento ( l ) igual ao raio (R). Um radiano
corresponde a aproximadamente 57°.

Em resumo, observe o quadro comparativo abaixo.

Pela definição acima, podemos conceber a medida de um


ângulo em radianos através da razão entre o 4. Função Horária da Posição Angular
comprimento ( l ) do arco de circunferência e o raio (R)
correspondente.

1. Deslocamento Angular
Considere uma partícula executando um certo
deslocamento linear ( s), ao longo de uma circunferência
de raio R. Nesse evento, dizemos que a partícula cumpriu
um deslocamento angular ( ) definido pelo ângulo
central, associado ao arco ( s) deslocado.
A figura representa uma partícula em MCU numa
circunferência de raio R, sendo s0 seu espaço inicial (em t
Em radianos, temos: = 0) e s sua posição num instante t. Em correspondência
a esses arcos de circunferências, podemos definir em
2. Velocidade Angular radianos sua posição angular inicial ( 0) e a final ( ) do
Sabemos que um corpo em movimento circular uniforme seguinte modo:
mantém velocidade linear (v) constante. Dessa forma, o
móvel gira ângulos centrais iguais em intervalos de tempo
iguais, ou seja, ele possui uma velocidade angular (w) Assim, ao dividirmos a função horária do espaço do MU (s
constante. = s0 + v.t) pelo raio R, obtemos a função horária da
Definimos a velocidade angular constante de um posição angular do móvel em MCU. Vejamos:
movimento circular uniforme como sendo a razão entre o
deslocamento angular ( ) ocorrido e o correspondente
intervalo de tempo ( t). Assim,

Paulo Victor Araujo Lopes 1


Parte 1 – Mecânica

Resumo a) Nesse momento, qual o menor ângulo, em graus, entre


Deslocamento Angular os ponteiros das horas e dos minutos?
b) Qual a velocidade angular, em graus por minuto, de
cada ponteiro?
c) O ponteiro das horas e o ponteiro dos minutos estarão
Velocidade Angular
superpostos às 5 horas, x minutos e y segundos. Obtenha
x e y.
Resolução
Relação entre Velocidades a) Como o círculo do relógio tem seus 360° fracionado em
12 partes (horas), o ângulo entre dois marcos
Funções Horárias consecutivos é 30°. Assim, o menor ângulo entre os
ponteiros, às 5 horas, vale:

Exercícios Resolvidos
01. O disco da figura gira em torno do centro O,
completando uma volta a cada 2s. Considere dois pontos
A e B do disco dispostos, respectivamente, a 1m e a 0,5m = 5 · 30º
do centro O. Determine:
b) Sabemos que o ponteiro das horas (H) completa uma
volta a cada 12 h (720 min) e o ponteiro dos minutos (M),
a cada 1 h (60 min).Lembrando que em cada período (T)
tem-se 360° de giro, vem:
wH = (360°/T) = (360°/720 min) = 0,5°/min
wM = (360°/T) = (360°/60 min) = 6°/min
c) Até à superposição, se o ponteiro das horas girar ,o
a) as velocidades angulares de A e B; ponteiro dos minutos terá que girar + 150°. Assim,
b) suas velocidades lineares.(Use = 3).
Resolução
a) Como os pontos A e B pertencem ao disco, o período
desses pontos é o período do próprio disco, ou seja, eles
completam uma volta a cada 2 s. Assim, suas velocidades
angulares coincidem com a do disco.

b) vA = w · RA = · 1
04. A função horária da posição angular de uma partícula,
vB = w · RB = · 0,5 em tráfego numa circunferência de raio 1 m, é dada por:

02. Um carro trafega numa estrada circular, de raio 250 m Pede-se:


com velocidade escalar constante de 90 km/h (ou seja, 25 a) a posição angular inicial e a velocidade angular da
m/s). partícula;
a) Qual o deslocamento angular do carro num intervalo de b) a sua velocidade linear;
10 s? c) o período e a freqüência de seu movimento.
b) Qual a velocidade angular do carro? Resolução
Resolução a) Por comparação, temos:
a) Em 10 s, o carro desloca linearmente:
s = v t = (25m/s) · (10s) = 250m

Logo b) v = w · R = 4 ·1

b) c)

ou

03. O relógio analógico de uma igreja, em perfeito estado


de funcionamento, marca exatamente 5 horas.

Paulo Victor Araujo Lopes 2