Você está na página 1de 5

A Árvore da Montanha

A árvore da montanha, Olê-li aiô! A árvore da montanha, Olê-li aiô!


Nesta árvore tem uma raiz, ó que raiz, bela raiz! Ai, ai, ai que amor de raiz!
Nesta árvore tem uma raiz!
A árvore da montanha, Olê-li aiô! A árvore da montanha, Olê-li aiô!

Nesta raiz tem um tronco, ó que tronco, belo tronco! Ai, ai, ai que amor de tronco!
Nesta árvore tem uma raiz e nesta raiz um tronco.
A árvore da montanha, Olê-li aiô! A árvore da montanha, Olê-li aiô!

Neste tronco tem um galho, ó que galho, belo galho! Ai, ai, ai que amor de galho!
Nesta árvore tem uma raiz, nesta raiz um tronco e neste troco um galho.
A árvore da montanha, Olê-li aiô! A árvore da montanha, Olê-li aiô!

Neste galho tem uma folha, ó que folha, bela folha! Ai, ai, ai que amor de folha!
Nesta árvore tem uma raiz, nesta raiz um tronco, neste troco um galho e neste
galho uma folha!
A árvore da montanha, Olê-li aiô! A árvore da montanha, Olê-li aiô!

Nesta folha tem um ninho, ó que ninho, belo ninho! Ai, ai, ai que amor de ninho!
Nesta árvore tem uma raiz, nesta raiz um tronco, neste troco um galho e neste
galho um ninho!
A árvore da montanha, Olê-li aiô! A árvore da montanha, Olê-li aiô!

Neste ninho tem um ovo, ó que ovo, belo ovo! Ai, ai, ai que amor de ovo!
Nesta árvore tem uma raiz, nesta raiz um tronco, neste troco um galho, neste
galho um ninho e neste ninho um ovo!
A árvore da montanha, Olê-li aiô! A árvore da montanha, Olê-li aiô!

Neste ovo tem um pássaro, ó que pássaro, belo pássaro! Ai, ai, ai que amor de
pássaro!
Nesta árvore tem uma raiz, nesta raiz um tronco, neste troco um galho, neste
galho um ninho, neste ninho um ovo e neste ovo um pássaro!
A árvore da montanha, Olê-li aiô! A árvore da montanha, Olê-li aiô!

Neste pássaro tem uma pena, ó que pena, bela pena1! Ai, ai, ai que amor de pena!
Nesta árvore tem uma raiz, nesta raiz um tronco, neste troco um galho, neste
galho um ninho, neste ninho um ovo, neste ovo um pássaro e neste pássaro uma
pena!
A árvore da montanha, Olê-li aiô! A árvore da montanha, Olê-li aiô!

@professoraalbamarilia
Nesta pena tem um índio, ó que índio, belo índio! Ai, ai, ai que amor de índio!
Nesta árvore tem uma raiz, nesta raiz um tronco, neste troco um galho, neste galho
um ninho, neste ninho um ovo, neste ovo um pássaro, neste pássaro uma pena e
nesta pena um índio.
A árvore da montanha, Olê-li aiô! A árvore da montanha, Olê-li aiô!

Este índio tem um arco, ó que arco, belo arco! Ai, ai, ai que amor de arco!
Nesta árvore tem uma raiz, nesta raiz um tronco, neste troco um galho, neste galho
um ninho, neste ninho um ovo, neste ovo um pássaro, neste pássaro uma pena, nesta
pena um índio e este índio tinha um arco!
A árvore da montanha, Olê-li aiô! A árvore da montanha, Olê-li aiô!

Este arco tem um flecha ó que fecha, bela fecha! Ai, ai, ai que amor de fecha!
Nesta árvore tem uma raiz, nesta raiz um tronco, neste troco um galho, neste galho
um ninho, neste ninho um ovo, neste ovo um pássaro, neste pássaro uma pena, nesta
pena um índio, este índio tinha um arco e este arco tinha uma flecha!
A árvore da montanha, Olê-li aiô! A árvore da montanha, Olê-li aiô!

E esta flecha foi na árvore, ó que árvore, bela árvore! Ai, ai, ai que amor de árvore
e a árvore da montanha!!!
A árvore da montanha, Olê-li aiô! A árvore da montanha, Olê-li aiô!
A árvore da montanha, Olê-li aiô! A árvore da montanha, Olê-li aiôôôô...

@professoraalbamarilia
@professoraalbamarilia
@professoraalbamarilia
@professoraalbamarilia

Você também pode gostar