Você está na página 1de 6

RELATÓRIO

QUÍMICA GERAL E EXPERIMENTAL

TAMPÕES

ALUNO MATRÍCULA
Gustavo Fernandes da Costa 101400011
Fabio Fineto 101419363
Marcelo Queiroz 101400013

Centro Universitário Celso Lisboa


Curso de Engenharia Ambiental
Turma: EA331
Disciplina: Química Geral Experimental
Docente: Michelle Rodrigues
Rio de Janeiro, 01 de Junho de 2011.
SUMÁRIO

1- Introdução

2- Objetivo

3- Material

4- Procedimento e Resultados

5- Conclusão

6- Bibliografia
1- Introdução
A relação entre o pH de uma solução tampão e as concentrações do par ácido/base
que a compõe é dada pela equação de Henderson-Hasselbach. Pode-se preparar uma
solução tampão de duas formas: (1) pesar separadamente os dois componentes de
maneira a obter-se a razão desejada entre eles e dissolvê-los num volume adequado
de água, ou (2) obter ambos os componentes da mistura a partir de uma dada
quantidade de um dos componentes da mistura, sendo o segundo formado pela adição
de uma quantidade especificada de um ácido ou base forte. Nesta aula vamos utilizar o
método indicado em (1).

2- Objetivo
Determinação do pH de soluções ácida, salina e tampão, assim como analisar o efeito
de adição de ácido em solução tampão ácida, utilizando o potenciômetro.

3- Material
Equipamentos: 2 balão volumétrico 100 ml, proveta 100ml, pipeta 10ml, 3 Becker
100ml, bureta, suporte de ferro, espátula, bastão de vidro.
Reagentes: ácido acético glacial, acetato de sódio, soluções tampão de pH 4,00 e pH
7,00, e água destilada.
4- Procedimentos e Resultados
Na medida de pH, ao potenciômetro (ou “peagâmetro”) acopla-se um eletrodo de vidro
(CUIDADO: o eletrodo é extremamente frágil) que deve ser mergulhado na solução
problema. Antes de iniciar as medições, o instrumento deverá ser calibrado com
soluções de valores conhecidos de pH (soluções tampão).

Acetato de sódio 0,1 M - 100 ml.

M= m 0,1 = m
m = 1,3608 g
PM x V 136,08 x 0,1 L

Com o auxílio de espátula e Becker de 80 ml pesou-se na balança de precisão e


verificou-se o valor de 1,361 g de acetato de sódio.
Acrescentou-se a este Becker um pouco de água destilada para poder dissolver, depois
se transferiu esta solução para balão volumétrico e acrescentou água destilada até o
menisco atingir 100 ml.

Medir 40 ml dessa solução em


Medir 40 ml de solução de 5,71
uma proveta, transferir para um
g de ácido acético diluído em
Becker de 200 ml.
100 ml de água destilada,
transferir para um Becker 80 ml.

Calibrou o pHmetro só uma vez.


Verificou-se o PH de cada Becker.
PH do acetato de sódio no Becker maior, de 200 ml = PH de 7,0.
PH do ácido acético no Becker menor, de 80 ml = PH de 2,6.
Ao Becker de 200 ml contendo a solução de acetato de sódio 0,1 mol / L, adicionou-se:
* 4 ml de solução de ácido acético 1 mol / L, agitou-se e o valor do PH foi de 4,7
*16 ml de solução de ácido acético 1 mol / L, agitou-se e o valor do PH foi de 3,9
*20 ml de solução de ácido acético 1 mol / L, agitou-se e o valor do PH foi de 3,6
*40 ml de solução de ácido acético 1 mol / L, agitou-se e o valor do PH foi de 3,3
Ácido acético 0,1 M - 100 ml.

M= m 1M= m = 6 g. 1,05 g _______1 ml


x = 5,71 ml
PM x V 60 x 0,1 L 6 g _______ x

Utilizar pipeta graduada e alíquota 5,71 ml, colocar em um balão volumétrico com água
destilada para diluir, acrescentar mais água destilada até o menisco atingir 100 ml.

Medir 40 ml dessa solução em Medir 40 ml de solução de


uma proveta, transferir para um 1,361 g de acetato de sódio
Becker de 200 ml. diluído em 100 ml de destilada.

Verificou-se o PH de cada Becker.


PH do ácido acético no Becker maior, de 200 ml = PH de 8,1
PH do acetato de sódio no Becker menor, de 80 ml = PH de 2,5
Ao Becker de 200 ml contendo a solução de acetato de sódio 0,1 mol / L, adicionou-se:

* 4 ml de solução de ácido acético 1 mol / L, agitou-se e o valor do PH foi de 4,74


*16 ml de solução de ácido acético 1 mol / L, agitou-se e o valor do PH foi de 3,9
*20 ml de solução de ácido acético 1 mol / L, agitou-se e o valor do PH foi de 3,7
*40 ml de solução de ácido acético 1 mol / L, agitou-se e o valor do PH foi de 3,9
Provavelmente a base excedeu, pois o ultimo PH aumentou.
5- Conclusão

Base forte reage com ácido H AC nº diminui, aumentando do log e aumento do pKa.
Ácido forte tende a consumir acetato nº cai, log diminui e pKa diminui também.

6- Bibliografia

RUSSEL, J. B., Química Geral, McGraw Hill, 1982.


Apostila de tampões, fundamentos teóricos relacionados à aula prática.