Você está na página 1de 8

UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS – UNISINOS

P.A. CULTURA, DIFERENÇA E EDUCAÇÃO


PROFESSORA: ÉDINA VERGARA FAGUNDES

DEMITREO DUARTE MACHADO


ELISANDRO MELLO
MARCOS AURELIO GASPERIN MACHADO
RITA DAIANA DA SILVA

ANALISE E COMPREENSÃO DAS PEDAGOGIAS E CURRICULOS


CIRCULANTES NA RELAÇÃO QUE SE ESTABELE ENTRE PROPAGANDA E A
VIDA FAMILIAR/SOCIAL

SÃO LEOPOLDO – RS
2008

2
SUMÁRIO

SÃO LEOPOLDO – RS........................................................................................1


INTRODUÇÃO......................................................................................................3
OBJETIVO............................................................................................................4
DESCRIÇÃO DA PROPAGANDA.......................................................................4
DESENVOLVIMENTO..........................................................................................6
CONCLUSÃO.......................................................................................................6

INTRODUÇÃO

Este presente trabalho visa analisar e compreender os currículos e


pedagogias circulantes bem como as dinâmicas de posicionamento de sujeito
que existe na relação entre a propaganda da pomada Nebacetin e vida familiar/
social.
Sendo assim, primeiramente iremos analisar a propaganda
detalhadamente identificando os principais marcadores culturais constantes na
mesma. Depois de feita esta analise pretendemos estabelecer as influências
que atuam nesta relação. Sustentando com embasamento teórico a
importância da analise dos artefatos culturais bem como o quanto a mídia esta
fragmentada na cultura social e por conseguinte na educação escolar.
Este trabalho foi produzido coletivamente com exceção do
desenvolvimento onde cada integrante discorreu suas idéias separadamente
conforme sumário.

OBJETIVO

Entender as dinâmicas de posicionamento de sujeito que se


estabelecem entre a propaganda e a vida familiar, compreendendo as
pedagogias e currículos circulantes nesta relação.

DESCRIÇÃO DA PROPAGANDA

O Artefato Cultural analisado refere-se a uma publicidade da


Nebacetin®, uma pomada que previne e trata infecções causadas por cortes,
feridas, queimaduras e espinhas em qualquer parte do corpo e que está no
mercado há muito tempo. Tem como Direção Geral a Agência Santa Clara e a
anunciante, neste caso titulada como “Dona do Produto”, a Nycomed.
A propaganda relata os arranjos familiares, onde cada família explica o
“seu jeito” de usar Nebacetin. Caracterizando assim a expressão que é
utilizada como (slogan) nesta propaganda, sendo ele: “As famílias mudam. O
jeito de cuidar não”.
A mesma ocorre em um parque de uma grande cidade, iniciando-se com
uma bola de futebol parada na tela e sendo dita a frase “As famílias mudam. O

4
jeito de cuidar não”. Assim que termina de ser dita a frase começa a rodar a
propaganda. Um garoto vem e busca a bola e em direção aonde ele corre é
apresentado a primeira família. Esta é composta por uma mãe e um pai e dois
filhos (um menino e uma menina) – família tradicional - onde estão sentados no
chão fazendo um piquenique, no momento que é apresentada a família, ou
seja, é identificado através de “setas” indicando quem é quem na família (mãe
e pai), a mãe diz: - A gente usa Nebacetin para cortes, machucadinhos. A
câmera vai passando e mostra a segunda família composta por um pai, mãe e
dois filhos (um menino negro, e uma menina oriental) - família com filhos
adotados - fazendo um lanche em uma das mesas do parque o pai com o filho
e a mãe com a menina no colo, após serem “apresentados” a mãe diz: - Uma
vez a Ana queimou o dedo e eu passei Nebacetin. Em seguida mostra três
mulheres fazendo exercício (caminhando), uma das mulheres é “apresentada”
como mãe e pai - família de pais separados e/ou mãe independente, uma é a
filha e a outra “amiga” da família, a filha diz: - Eu uso quando infecciona
espinha e a “mãe/pai’ completa: - Cutícula. Mudando de cena aparece dois
homens de mãos dadas também caminhando em outra parte do parque, um
deles com um bêbê sendo carregado numa bolsa tipo “canguru“, e indicando
pai para um deles e pai para o outro – pais homossexuais – o que não esta
carregando o bêbê diz: - Nebacetin acaba com as bactérias , e o outro
complementa: odeio bactérias. Encaminhando-se para o final aparece a
pomada, a seguinte frase na tela: Nebacetin socorro para sua pele! E após a
mesma é falada.

Analisando com criticidade a propaganda podemos perceber que o fato


de se passar em um parque passa uma aparência de vida saudável, tranqüila e
feliz. Ao fundo toca uma música instrumental calma e ao mesmo tempo com
“um toque” de felicidade. Todas as famílias nos passam a impressão de
estarem felizes e bem resolvidas. Os publicitários utilizaram muito bem o
espaço do parque, demonstrando as famílias com crianças pequenas se
divertindo em um espaço mais tranqüilo, onde observávamos mesas, bancos e
áreas gramadas. E as outras duas famílias mostram o espaço onde se
praticam exercícios físicos como corridas e caminhadas.

5
DESENVOLVIMENTO

1.1 DESENVOLVIMENTO DEMITREO

1.2 DESENVOLVIMENTO EVANDRO

1.3 DESENVOLVIMENTO MARCOS

1.4 DESENVOLVIMENTO RITA

CONCLUSÃO

A exploração do mercado consumidor através dos diferentes marcadores


culturais, sem se preocupar com os impactos na sociedade consumidora.
Tendo como conseqüência a consolidação de modelos de famílias fabricados
pela mídia. Do mesmo modo sociedade influencia o mercado a investirem e
validarem estes currículos ditos ¨não convencionais¨. O que corrobora um
processo cíclico entre sociedade e mercado.
A sociedade por sua vez, consome avidamente a informação veiculada na
mídia, tentando reproduzir no seu cotidiano o que vê na tv como forma de ser
posicionado com destaque na sociedade.
Esta relação sociedade mídia, é interdependente onde os estereótipos criados
pela propaganda se materializam na sociedade, com força e propriedade de
uma cultura imediatista que valida tais posturas e as discrimina com a mesma
rapidez de uma próxima moda que se institui no mercado. Desta forma
currículos destituem-se com tanta velocidade que a identidade cultural da
população se mistura e dilui-se neste calderão de informações.

- Que existem muitas pedagogias e currículos circulantes nas relações


estabelecidas entre a mídia e a sociedade.

6
- O principal foco é que o mercado de trabalho midiatico trabalha nas
possibilidades da sociedade para vender seu produto!
- Cabe a sociedade e nos educadores compreendermos esses currículos
circulantes, saber analisa-los e identificar o que eles “querem” e como eles nos
influenciam tanto.
- Compreendendo estas relações, estabelecer estratégias de analises e como
podemos trabalhar com isto em sala de aula.
-

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICASi

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10520:


informação e documentação: apresentação de citações em documentos. Rio
de Janeiro, 2002.

KATZ, Helen. Media handbook: um guia completo para eficiência em mídia.


São Paulo: Nobel, 2004. 207 p.

KELLNER, Douglas. Cultura da mídia: estudos culturais: identidade e política


entre o moderno e o pós-moderno. Bauru: EDUSC, 2001. 452 p.

http://br.youtube.com/watch?v=C1wA3jRZ6Gk

http://www.portaldapropaganda.com.br/portal/index.php?
option=com_content&task=view&id=3002&Itemid=50

7
i